.

.
.

quinta-feira, 31 de março de 2011

Núcleo Sportinguista de Fafe vai receber visita de Godinho Lopes

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Futebol Portugal

Um dos primeiros Núcleos do país a
receber a visita do novo presidente

O Núcleo Sportinguista de Fafe convida todos os simpatizantes e adeptos do Sporting Clube de Portugal a comparecerem na sua sede, no próximo Domingo, pelas 16 horas, para dar as boas vindas ao novo presidente do Sporting, Engenheiro Godinho Lopes.

A visita surge no âmbito da vinda do Clube de Alvalade ao Minho para defrontar a equipa do Vitória de Guimarães, em jogo a realizar no Domingo por volta das 18 horas.

Os fafenses têm assim o privilégio de serem um dos primeiros Núcleos do país a receber a visita do novo presidente do Sporting Clube de Portugal.
.

Juniores: 2.ª Div. Fase - Final: AD Fafe – Gil Vicente

Texto: João Carlos Lopes

Todos ao Campo n.º 2 este Sábado

para que não falte apoio a esta equipa

- Que seja uma grande onda de calor humano

A quarta jornada da fase final do Campeonato Nacional de Juniores da 2.ª Divisão trás os juniores da AD Fafe novamente a casa depois de vitória sem fumos em Santa Clara, para defrontar a equipa do Gil Vicente, único adversário com quem os fafenses perderam nesta fase.

O Fafe começou mal e o Gil Vicente bem nesta fase, pois foi aos fafenses que os de Barcelos ganharam no primeiro jogo. Porém, a partir daí os papéis inverteram-se. Os gilistas foram aos Açores empatar, enquanto Fafe fazia o mesmo com o Boavista em casa. Depois, na derradeira jornada, o Gil Vicente perdeu no Bessa e o Fafe venceu nos Açores.

A equipa fafense está no trilho certo para vencer este jogo contra uma equipa difícil com uma avançada temível. Porém a motivação e a disponibilidade de jogadores da equipa fafense é outra e os jogadores só pensam na vitória e daquilo que se lhe conhece vão dar tudo o que têm dentro de campo para a conseguirem.

É óbvio que tudo se tornará mais fácil se o público comparecer para ajudar e apoiar a equipa que, ao sentir o calor humano fará ainda mais e melhor do que se possa esperar. Contra o Boavista a assistência foi muito boa. Agora contra o Gil Vicente tem que ser mais que boa, terá de ser excelente, porque estes jogadores merecem todo o apoio.

NÃO FALTEM! TODOS AO CAMPO N.º 2, NO PRÓXIMO SÁBADO, PELAS 16 HORAS!
.

Andebol: AC Fafe – Avanca

.
Texto: João Carlos Lopes

Aproveitar a alavanca

- Vamos encher o Pavilhão Municipal

O AC Fafe recebe o Avança no jogo correspondente à 4.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão em Andebol, sendo certo que lidera a classificação geral.

O AC Fafe vem de uma vitória no recinto do Setúbal por 41-34 e o Avanca também venceu na última jornada, no recinto do Marítimo, por 23-20. Porém os fafenses estão muito fortes nesta fase da época e dificilmente deixarão fugir o triunfo diante do seu público e num pavilhão praticamente cheio como aquele que se viu frente ao Marítimo.

A única maneira de fazer pular e avançar o sonho de subida é aproveitar a alavanca que os próprios fafenses criaram com a motivação de vitória que têm brindado os aficionados de andebol fafenses.
.

Futebol – 2.ª Div. B: AD Fafe – Merelinense

.
Texto: João Carlos Lopes

Aliar as boas exibições aos resultados  

A AD Fafe recebe o Merelinense em mais uma partida em que vencer será sempre o melhor remédio, como garantia de cura de uma eventual doença súbita que possa vir a acontecer. É que o Merelinense está a apenas seis pontos acima da linha de água em relação á descida directa mas, a apenas um acima do lugar da “liguilha” pelo que não vem a Fafe para facilitar. Além disso tem apenas menos quatro pontos que os fafenses.

O Fafe está a fazer uma boa temporada mas, esta divisão, esta temporada, está muito equilibrada e a cinco jornadas do final da época o quinto lugar dos fafenses não lhe dá ainda qualquer garantia. Porém, a esquipa tem vindo a fazer boas exibições nos últimos jogos, ainda que os resultados não tenham estado de acordo essas actuações.

O que se espera nesta partida é sim uma boa exibição mas muito melhor que isso um bom resultado e, esse, só pode ser a vitória. Essa mesma que escapou na última jornada no campo do Tirsense e na jornada anterior a essa, em casa, frente à AD Oliveirense.
.

Divisão de Honra – AF Braga: Martim - Arões SC

.
Texto: João Carlos Lopes

Pontos com pés e cabeça

O Arões Sport Clube desloca-se a Areias, S. Vicente, Barcelos onde jogará com o o Académico Futebol Clube de Martim, em jogo a disputar no parque de Jogos Zé da Nora, no próximo Domingo, pelas 16 horas.

Tanto uma como outra equipa estão a fazer uma época aquém do que se esperava delas, isto em função das prestações mostradas nas épocas anteriores. Mesmo assim a formação barcelense leva ligeira vantagem pois encontra-se no 4.º lugar, com mais três pontos que o Arões que é sexto. Apesar de estarem na parte de cima na tabela tanto uma como outra equipa precisam de vencer para garantir o mais cedo possível a manutenção, sendo certo, como é óbvio que o Arões necessita mais que o seu adversário, com este a ter a vantagem de jogar em casa pelo seu lado.
.

Regionalona – Jogos

.
Texto: João Carlos Lopes

1.ª DIVISÃO – SÉRIE B
.
O GD TRAVASSÓS, de Paulinho, vai receber o Arco de Baúlhe no campo dos Carvalhinhos e tem aqui uma oportunidade de dar um passo grande rumo à subida à Divisão de Honra. O Travassós vem de uma vitória difícil e importante no recinto do Pica mas tem que ter em conta que os de Basto impuseram um empate a uma bola ao Antime na última jornada.

O OFC ANTIME, de Vítor Pacheco, recebe, em casa emprestada, no parque de Jogos da Pica, a formação do Fermilense. O Antime vem de um empate no Arco de Baúlhe e o Fermilense empatou em casa com o Lagense. Apesar da diferença pontual entre as duas equipas, esteve é mais um jogo complicado para os fafenses que, no entanto, já venceram jogos ainda mais complicados que este. 

A ACD Pica desloca-se ao terreno do Bairro Futebol Clube, em Famalicão. O Pica vem de uma derrota caseira com o Travassós mas a visita ao último classificado não deve trazer complicações para os fafenses que necessitam de vencer para manter a esperança de voltar a entrar num lugar de subida. Dessa maneira só mesmo a vitória reina na cabeça dos jogadores do Pica.

O GD SILVARES, de Ténio Tenev, treinador que não esteve presente no último jogo, por ter ido representar a Selecção da Bulgária no Mundialito de Veteranos, disputado no Pavilhão de Coimbra, vai receber o Guilhofrei depois de ter perdido na última jornada com o Campelos. Para manter a esperança de terminar a época nos cinco primeiros vai ter mesmo que vencer este jogo.
.

Futebol – Veteranos: UD Fafe A 60 – Avintes

Texto: João Carlos Lopes

Nada melhor que um “vintage”  

A UD Fafe A 60 prossegue o Campeonato da Amizade com a recepção que vai fazer à sua congénere de Avintes.

Estes “vintages” de Fafe estão a precisar de um retoque na pintura porque do outro “vintage” percebem eles. Será que vão aproveitar a broa de Avintes?  

A partida está agendada para as 17:30 deste Sábado, no Complexo Desportivo de Celorico de Basto.
.

Futsal – ¼ de Final da Taça do Campeonato Concelhio

.
1 DE ABRIL DE 2011 (SEXTA-FEIRA)

21h30 - Ass. Dadores de Sangue - Arões S.C.

22h30 - G. D. Travassós - A. S. C. Sol Poente


2 DE ABRIL DE 2011 (SÁBADO)

21h00 - G.D.C. Fornelos - C. D. Vinhós

22h00 - A.R.C.O St.º Ovídio - Ases S. Jorge
.

Camadas Jovens - AF Braga: Jogos

.
JUNIORES – 2.ª DIV. – SÉRIE C

OFC Antime - GDCR Golães
(Jogo a realizar no Campo de Jogos de Stª Cristina – Domingo, pelas 10 Horas)

GD Vasco da Gama – Bairro FC


JUVENIS - 1.ª DIV. - SÉRIE B

FC Famalicão - AD Fafe


INICIADOS - 1.ª DIV. - SÉRIE B

AD Fafe – ARC Pencelo


INICIADOS - 2.ª DIV. - SÉRIE E

GD Vasco da Gama – Ases S. Jorge (Domingo, 16:00 horas)


INFANTIS FUTEBOL 11 - SÉRIE A

Santa Maria - Ases S. Jorge
.

Futebol Popular – Juvenis: Jogos

.
11.ª JORNADA – 03/04/2011

Regadas – Silvares

Fornelos – Amigos Quinchães  

Seidões - Serafão

Estorãos – Oleiros
.

Campeonato Concelhio de Futsal Feminino - Jogos

.
13.ª JORNADA – 03/04/2011

Todos os jogos no Pavilhão Multiusos

Paços - Regadas

VG Medelo – Estorãos 

Amigos Quinchães – Armil

Centro Saúde Fafe – Golães
.

Juniores AD Fafe 2010 - 2011: Vamos todos apoiar esta Geração de Ouro


QUE NUNCA FALTE APOIO A ESTES RAPAZES!

Montelongo Desportivo apoia esta equipa. Este trabalho tem a adptação da letra de João Carlos Lopes, a imagem de Tiago João Lopes e a voz de Sara Margarida Lopes. Estes jovens Juniores da AD Fafe  merecem o nosso apoio, pois dignificam a camisola como ninguém, deixando a pele em campo. São um exemplo e um orgulho para os adeptos da AD Fafe. Uma geração assim é como o cometa Halley, poucos têm a felicidade de a ver. Não perca a oportunidade de ver esta equipa jogar e contribua com o seu apoio comparecendo já no próximo jogo, Sábado, pelas 16 horas, contra o Gil Vicente, no Campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos, em Fafe.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Camp. Concelhio de Futsal: Nun'Álvares ganha a "pole position"

Texto: João Carlos Lopes / Foto e fonte dos dados: http://www.futsalfafe.com/

Ataque demolidor dá 1.º lugar
na fase regular ao Nun'Álvares

O Grupo Nun'Álvares terminou em primeiro lugar a fase regular do Campeonato Concelhio de Fafe ao vencer 17 dos 18 jogos disputados, tendo ficado à frente do sol poente pela diferença apenas de dois pontos, perfilando-se estas duas equipas como as mais sérias candidatas ao título, embora, na fase final muitas surpresas possam acontecer.

A equipa de Nelo Barros cimentou a sua liderança com uma ataque surpreendentemente demolidor pois conseguiu marcar 117 golos em 18 jogos, o que dá uma bonita média de 6,5 golos por cada partida disputada. Esta é de facto a sua melhor arma, tendo à cabeça o artilheiro Artur para fazer mossa nas redes contrárias.

Mas bem só de golos vive este campeonato e aí, mérito seja dado ao Sol Poente que se cotou, nesta fase, como a equipa menos batida da prova, ao sofrer somente 19 golos, menos dois que os nunalvaristas. Por outro lado o ainda campeões em título marcaram 76 golos, menos 41 que o líder mas chegaram ao final com apenas menos dois pontos.

Se estas duas equipas são, face aos números, os principais candidatos, não se pode esquecer o ARCO Santo Ovídio, que tem uma palavra a dizer quanto ao título, o mesmo se aplicará ao Clube Desportivo Amigos de Fafe, mais que não seja, estas duas equipas, às quais se pode juntar o Arões Sport Clube, vão lutar por um lugar no pódio. 

De salientar aqui a grande recuperação feita pelo Desportivo Ases de S. Jorge, nomeadamente depois de ter mudado de treinador. Daniel Morais, um dos técnicos mais conceituados da modalidade em Fafe, fez um trabalho espectacular e colocou a equipa no "top ten". 

Também o Fornelos, depois das aquisições de Inverno conseguiu subir na tabela e garantir um lugar no lote de elite deste campeonato.

Mas outras equipas merecem destaque, pelo empenho e pela regularidade que lhe permitiu chegar ao patamar das equuipas que vão discutir o título. ARA do Bugio, Clube Desportivo de Vinhós e Sociedade de Recreio Cepanense, mostraram qualidades suficientes para fazerem parte deste prestigiado lote.

É lógico que, para a fase final as equipas vão partir com metade dos pontos conquistados até ao momento e isso vai dar, naturalmente, vantagem aos primeiros classificados, daí termos atribuído o favoritismo aos dois primeiros, pois conseguiram nesta fase regular um pequeno avanço que, faça à sua qualidade, pode fazer toda a diferença.

Uma palavra ainda para os outros clubes que se posicionaram abaixo da chmada linha de água, com o Grupo Desportivo Travassós à cabeça que se bateram dignamente em campo, com as armas que tinham dignificando a modalidade em particular e o desporto em geral.

.
RESULTADOS DA 18.ª JORNADA

C.D. Amigos de Fafe, 0 - A.S.C. Sol Poente, 3
Golos: Roberto Oliveira (0-1); João Fonseca (0-2, 0-3)

Ass. Dadores de Sangue, 0 - G.D. Travassós, 3
(falta de comparência da equipa Dadores de Sangue)

Ases S. Jorge,5 - Club Alfa, 1
Golos: José Magalhães (1-0, 4-0); Carlos Silva (1-1); Miguel Diniz (2-1); Michael Nogueira (3-0, 5-0)

G.D.C. Fornelos, 3 - A.R.A. Bugio, 3

Golos: João Leite (1-0); Tiago Durães (1-1); Jorge Pinto (2-1); Philip Cunha (3-1); Ivo Freitas (3-2); Paulo Sousa (3-3)

S.R. Cepanense, 4 - J.F. Moreira de Rei, 2

Golos: Mário Peixoto (1-0); Ricardo Freitas (2-0); Ângelo Mendes (2-1); Pedro SIlva (3-1); Rui Lopes (4-1); Tiago Peixoto (4-2)

G. Nun'Álvares, 13 - Stª Luzia, 3

Golos: Hugo Moreno (1-0); Arlindo Freitas (1-1); João Sousa (2-1, 3-1, 4-1, 7-1, 8-1, 10-1, 11-3); Fábio Oliveira (5-1); Hélder Pereira 10-2); Cláudio Cunha (10-3); Artur Costa (9-1, 12-3, 13-3); Gonçalo Fernandes (6-1)

A.R.C.O. Stº Ovídio, 3 - Rumo ao Futuro, 0

Golos: Ricardo Cunha (1-0); José Borges (2-0); AG (3-0)

C.D. Vinhós, 1 - G.R. Ardegão, 2

Golos: Francisco Ribeiro (0-1); Vitor Castro (1-1); Joaquim Gonçalves (1-2)

G.D.C.R. Golães, 9 - J.F. Seidões, 2

Golos: José Martins (1-0, 2-0, 3-0, 4-1, 7-1, 9-2); Tiago Ribeiro (3-1, 7-2); José Castro (5-1, 6-1); André Soares (8-2)
.

Natação: Tiago Teixeira é tri-campeão Nacional Juvenil B


Tiago Teixeira

Texto e fotos: ADFafe Natação

Oito recordes pessoais e um colectivo

O Campeonato Nacional de Juvenis em piscina longa (50m) realizou-se nos passados dias 25, 26 e 27 de Março em Oeiras, na piscina do complexo olímpico do Jamor. Numa das edições mais participadas de sempre, competiram nestes campeonatos 355 atletas (239 masculinos e 116 femininos) em representação de 77 clubes.
.
Participaram neste evento pela Associação Desportiva de Fafe oito nadadores do escalão juvenil (A e B): António Oliveira, Carlos Costa, Daniel Steinmaier, Francisco Oliveira, Humberto Silva, Paulo Magalhães, Sofia Ramos e Tiago Teixeira, acompanhados pelo técnico Filipe Carvalho.
.
No conjunto das 13 provas (10 individuais e 3 estafetas) em que os atletas fafenses participaram, verificaram-se 8 recordes pessoais e 1 recorde por equipas nas provas de estafetas.
.
Em termos individuais destacam-se Ana Sofia Ramos com nova marca nos 400 metros Estilos (5:44,77), Carlos Costa com dois novos máximos nos 200 metros Bruços (2:40,68) e 100 metros Bruços (1:13,30), Humberto Silva com um novo máximo nos 100 metros Bruços (1:21,30 em estafeta), Paulo Magalhães também com dois novos máximos nos 100 e 200 metros Livres (0:59,96 e 2:15,95 em estafeta respectivamente) e Stefan Steinmaier com novo recorde pessoal nos 200 metros Livres (2:16,75 também em estafeta).
.
O nadador Tiago Teixeira sagra-se tricampeão Nacional nos 100 metros Livres (0:55,77), 100 metros Costas (1:02,20) e 200 metros Costas (2:17,10) e vice campeão nacional no 200 metros Livres (2:00,52), com todas as provas a serem concluídas com novos máximos pessoais.
.
Nadaram a prova de estafetas 4x100 Estilos com o tempo de 4:33,18 (8º Lugar Geral) Tiago Teixeira, Humberto Silva, Stefan Steinmaier e Paulo Magalhães. O tempo final desta estafeta supera em mais de 7 segundos o melhor registo obtido durante esta época.
.
Em termos de prestação global no conjunto das equipas participantes no que concerne ao escalão juvenil B no somatório de pódios obtidos/equipas mais medalhadas vence o Académico de Viseu com 3 ouro/2 prata/3 bronze, em 2º Náutico/Matobra com 3/2/0 e em 3º Lugar Associação Desportiva de Fafe 3/1/0. Considerando a lista de nadadores multi-medalhados da Federação Portuguesa de Natação destes campeonatos o nadador Tiago Teixeira ocupa por mérito o segundo lugar do escalão Juvenil B.
.

Futebol Popular – Juvenis: Resultados / Classificação

.
11.ª JORNADA 

Oleiros, 6 – Regadas, 0

Silvares, 7 – Fornelos, 6

Amigos Quinchães, 1 – Seidões, 3

Serafão, 1 – Estorãos, 10
.

Campeonato Concelhio de Futsal Feminino - Resultados / Classificação

.
12.ª JORNADA 

Amigos Quinchães, 3 – Centro Saúde Fafe, 0

Regadas, 4 – Golães, 2

Estorãos, 3 – Paços, 1

Armil, 3 – VG Medelo, 1
.

terça-feira, 29 de março de 2011

Pedro Meireles e Mário Castro vencem CPR no Rali de Portugal

Texto PR/PR-MC / Foto: GTI

Entrada de diamante

Pedro Meireles não poderia ter melhor estreia aos comandos do Mitsubishi Lancer pois saiu do Algarve com a vitória entre os concorrentes ao Campeonato de Portugal de ralis.

Sendo um rali em que a adaptação ao novo carro seria primordial, Pedro Meireles tentou fazer um rali inteligente pois seria muito importante fazer o máximo de km para que nas próximas provas possa estar à altura de lutar pela vitória e foi isso que fez durante toda a prova.

Mário Castro, que navegou Pedro Meireles, refere que “foi realmente um excelente rali para nós. Confesso que toda a equipa estava bastante ansiosa e até um pouco nervosa porque era imperativo terminar este rali. Sendo a primeira prova com o Mitsubishi, também nos traria mais dificuldades porque requeria uma adaptação ao carro mas felizmente conseguimos imprimir um bom ritmo logo desde inicio do rali, optando por poupar a mecânica nos troços mais demolidores. No final conseguimos alcançar os nosso objectivos com o primeiro lugar entre os concorrentes ao CPR e ainda a segunda posição entre os Portugueses, o que nos deixa muito felizes e confiantes para o futuro do campeonato”.

O Vodafone – Rali de Portugal foi ganho por Sebastian Ogier em Citroên, repetindo assim a vitória de 2010, seguido do Campeão do Mundo Sebastian Loeb em carro idêntico e Latvala em Ford Fiesta. Quanto ás contas do CPR, Ricardo Moura continua na liderança e Pedro Meireles assume a segunda posição mas contabilizando menos uma prova que o líder do Campeonato.
.

Futsal Feminino - AF Braga: GDCR Vimieiro, 3 - Nun´ Àlvares, 4


Beatriz - "Bea"

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Elsa  

Hat-trick de Bea

A equipa de Futsal feminino do Grupo Nun’Àlvares voltou a estar em destaque ao vencer no recinto do Vimieiro por 4-3.
A equipa do Vimieiro saiu na frente do marcador ao marcar cedo na partida, logo aos quatro minutos, tendo depois ampliado a vantagem para 2-0, aos 22 minutos.
As fafenses reagiram e Bea fez o seu primeiro golo e o da sua equipa aos 29 minutos. Contudo, a equipa da casa viria a marcar novamente sobre o minuto 30.
Na segunda parte as nunalvaristas reforçaram a coesão defensiva e não permitiram qualquer golo ao Vimieiro, tendo Bea aproveitado para fazer mais dois golos napartida aos 2 e 30 minutos. O outro golo das “alvarinhas” foi apontado por Juliana aos 27 minutos.
Mais uma vez as fafenses estiveram a perder mas tiveram a capacidade de dar a volta ao resultado e partiram para mais uma exibição segura como espelha os três golos marcados na segunda parte contra nenhum sofrido.  
Com este resultado o Nun’Alvares passou para o quinto lugar na tabela classificativa com mais um ponto que o S. Pedro, seu próximo adversário na derradeira jornada do campeonato, que termina no próximo Sábado no pavilhão do Nun’Álvares, em Fafe, em jogo que terá inicio às 17:15 horas.
.

Camadas Jovens - AF Braga: Resultados

JUNIORES – 2.ª DIV. – SÉRIE C

GDCR Golães, 3 – NA Tabuadelo, 3

GD Vasco da Gama, 4 - OFC Antime, 2

JUVENIS - 1.ª DIV. - SÉRIE B

AD Fafe, 3 – ARCS Fair-Play, 1

JUVENIS - 2.ª DIV. - SÉRIE D

Ases de S. Jorge, 0 – Pevidém SC, 3

INICIADOS - 1.ª DIV. - SÉRIE B

Amigos Urgeses, 4 - AD Fafe, 2

INICIADOS - 2.ª DIV. - SÉRIE E

AD Fafe, 0 - GD Vasco da Gama, 1

INFANTIS FUTEBOL 11 - SÉRIE A

Ases S. Jorge, 3 – Águias FC, 0

AD Fafe, 5 – FC Marinhas, 2

INFANTIS FUTEBOL 7 - SÉRIE J

Arões SC, 4 – Santa Eulália Vizela, 1

AD Fafe, 2 – FC Gandarela, 1

CAMP. DISTRITAL DE BENJAMINS – Série J

Arões SC, 1 – Santa Eulália Vizela, 6

CD Celoricense - Ases S. Jorge

AD Fafe, 4 - FC Gandarela, 1
.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Cicloturismo: Amigos da Roda foram a S. Bento debaixo de temporal



Texto: João Carlos Lopes / Fotos: MD

Um aventura de loucos 

Uma dezena de cicloturistas da União Desportiva Amigos da Roda de Quinchães desafiou o estado do tempo que se fez sentir no último Sábado e meteu-se à estrada, com bilhete de ida e volta a S. Bento da Porta Aberta, no Concelho de Terras de Bouro, cumprindo assim a 1.ª Clássica do calendário interno para a presente temporada.

Depois de alguma hesitação e com a chuva a cair, os cicloturistas, que se encontraram na sede da colectividade, na antiga Escola do Socorro, fizeram-se à estrada mas ainda não tinham chegado ao centro da Freguesia de Freitas e logo sofriam o primeiro percalço pois a bicicleta de um companheiro de jornada teve um furo. Parar naquelas circunstâncias não foi nada agradável pois o corpo já tinha apanhado alguma água.

Quando foi atingida a localidade de Póvoa de Lanhoso, com sensivelmente trinta quilómetros percorridos, surgiu nova contrariedade pois partiu-se um raio da roda de outra bicicleta tendo a mesma sido reparada numa oficina que havia por ali perto.

Como quem saiu a desafiar o tempo não tinha intenções de voltar para trás, o ponto de destino acabou por ser atingido, ainda que todos tivessem transportado em cima da bicicleta, além do seu peso, alguns quilos de água que ia infiltrada na roupa. De lembrar que a descida das Cerdeirinhas foi feita com todas as cautelas pois o tempo não estava para brincadeiras e, com chuva, os travões não obedecem.

Depois de cumpridas as promessas, naquele santuário que “tem, segundo a tradição, origem numa ermida construída no local, por volta de 1640, cujas portas estavam sempre abertas, para servir de abrigo a quem passava”, os peregrinos de bicicleta tiraram a fotografia da praxe e dirigiram-se a uma unidade hoteleira para comer uma sopa quentinha e almoçar ao gosto de cada um.

Depois do almoço e do são convívio entre todos os participantes, vendo a chuva a cair em cachão pelas vitrinas do restaurante, a vontade de regressar à estrada era pouca, mas depois dos preparativos e de equipamentos secos que tinham seguido na bagagem, foi aproveitada uma aberta para fazer a viagem de regresso.

O azarado do dia andou poucos quilómetros pois, desta vez, o pneu não furou mas rebentou, não tendo outro remédio que não fosse entrar no carro de apoio. Entre a rotunda da saída de S. Bento e Amares, a chuva atacou em força e as dificuldades de progressão na estrada foram proporcionais. Em pouco tempo os ciclistas ficaram todos encharcados e os óculos que levam para se protegerem de areias permitiam uma visibilidade tão diminuta que o medo era meter uma roda num eventual buraco da estrada.

Com uma velocidade moderada mas sem andar a arrastar, chegaram ao desvio para a Póvoa de Lanhoso e a subida já foi feita com menos chuva, atingindo-se assim aquela localidade e depois fazer os 24 quilómetros que faltavam em direcção a Fafe.

Apesar do mau tempo que se fez sentir e das dificuldades sentidas com a chuva e com o frio os aventureiros chegaram a Fafe com um sorriso de satisfação no rosto. Só assim podia ser porque na semana seguinte há novo e grande desafio que levará os Amigos da Roda desde Fafe até Sendim, localidade do Concelho de Tabuaço.
.

Legião Estrangeira / Futebol

Miguel Soares - Mondinense
Texto: João Carlos Lopes / Foto: MS 

2.ª DIVISÃO B - Jornada 25

O GD CHAVES (3.º), de Ricardo Nogueira, recebeu e bateu o Caniçal por duas bolas a zero. Os flavienses aproveitaram o empate do Tirsense em casa com o Fafe para se aproximarem do segundo lugar mas ainda estão a cinco pontos de distância do mesmo.

FC VIZELA (7.º), de Paulo Freitas, deslocou-se a Lousada e perdeu com a Associação Desportiva local por 2-1. Um derrota que travou a ascendência que os vizelenses vinham a fazer na tabela classificativa.


A AD OLIVEIRENSE (9.º), de Pedro Ismael, mostrou mais uma vez que em casa não é qualquer equipa que lhe ganha, bem pelo contrário, arrisca-se a perder. Que o diga o líder, União da Madeira que perdeu com a equipa de Paulo Rafael por 2-1.

O GD BRAGANÇA (15.º), de Tiago André, recebeu o Camacha e perdeu por 2-0. Este Bragança já está conformado com o destino, pois só uma mudança de estatutos nos campeonatos evitará a descida à 3.ª Divisão.


3.ª DIVISÃO – SÉRIE A / FASE MANUTENÇÃO - Jornada 1

O VIEIRA SC (1.º), de Óscar, Pablo e Rambóia, começou bem esta fase ao ir vencer a Valença do Minho por 3-0. É certo que o Valenciano está mais que condenado mas também é verdade que o Vieira fez o que lhe competia.

O MARIA DA FONTE (4.º), de Fredy e Ruizinho, deslocou-se ao vizinho Amares e conseguiu cometer lá duas proezas que podem ser bons indicativos para esta fase. Conquistou um ponto e não sofreu golos, ainda que também não os tenha marcado.


3.ª DIVISÃO – SÉRIE B / FASE SUBIDA - Jornada 1
.
O JOANE (4.º), de Gil e Miguel Lemos, não começou bem a fase final ao perder no dérbi famalicense com o Futebol Clube de Famalicão por uma bola a zero. Foi um passo atrás mas ainda falta cumprir nove jornadas e muita água vai correr debaixo da ponte.

O AMARANTE (2.º), de Ricardo Morais, recebeu os vimaranenses do Serzedelo e venceu por 3-0. Para uma equipa que costumava marcar poucos golos este foi um bom resultado e coloca a equipa com uma boa margem pontual em relação ao 3.º classificado Joane.


3.ª DIVISÃO – SÉRIE B / FASE MANUTENÇÃO - Jornada 1

O MONDINENSE, do treinador Carlitos, Miguel Soares e Mike Cunha, iniciou esta segunda fase com um empate mas a saber a vitória pois foi conseguido no recinto da equipa melhor posicionada, o Candal. A equipa de Mondim está agora quatro pontos abaixo da linha de água e tem nove jogos para poder respirar.


3.ª DIVISÃO – SÉRIE MADEIRA / FASE SUBIDA - Jornada 1

O ESTRELA DA CALHETA (6.º), de Silas e Noré, perdeu em casa com o líder, Ribeira Brava por uma bola a zero. Não foi o melhor começo mas o objectivo principal da época, que era a manutenção, está garantido. A equipa ainda tem muito para mostrar nesta fase final.
.

domingo, 27 de março de 2011

Futebol – 2.ª Div. B: FC Tirsense, 2 - AD Fafe, 2

Hugo Oliveira
Texto e foto: João Carlos Lopes

Fafenses quase papavam os jesuítas
- Golos de Ferrinho e Hugo Oliveira

O Fafe foi ao recinto do vice-comandante Tirsense fazer um grande jogo de futebol e impor um empate a duas bolas numa partida em que, principalmente no segundo tempo, esteve muito perto de vencer. Apesar de ter descido uma posição na tabela, o Fafe deu, neste jogo, uma demonstração do verdadeiro valor da equipa.

Apesar de ter entrado melhor na partida, os fafenses acabaram por ser surpreendidos quando aos dez minutos de jogo Roberto colocou a equipa da cidade dos Jesuítas a vencer por uma bola a zero. Sem ter feito muito para isso, o Tirsense viu-se numa vantagem confortável aos 15 minutos, com um golo obtido por Silvério.

Pelo futebol praticado pelas duas equipas este era um grande revés para o Fafe que se via a perder por dois golos de desvantagem ainda no primeiro quarto de hora da partida. Porém, a equipa de Agostinho Bento não deitou a toalha ao chão e fez da adversidade energia para não deixar em campo a imagem que o resultado espelhava. Mesmo assim o Tirsense podia ter chegado ao 3-0.

Ainda antes do intervalo, aos 32 minutos, o fafense Ferrinho mostrou novamente que está a atravessar um grande momento de forma e marcou para o Fafe, devolvendo a esperança a uma equipa que nunca desistiu de lutar por um resultado melhor.

Quando regressaram aos balneários a diferença de um golo permitia aos fafenses delinear uma estratégia com menos riscos mas que teria de ser assumida.

Não foram precisos muitos minutos para o Fafe igualar a partida, com um golo apontado por Hugo Oliveira, aos 52 minutos. Um golo que devolveu a alegria à equipa a este jogador que andava a precisar de marcar para ganhar confiança e reconquistar a admiração do público fafense.

O Fafe animou com o golo e obrigou o Tirsense a uma segunda parte de sofrimento mas, mesmo assim, não conseguiu chegar à vantagem, apesar de ter andado muito perto da mesma.

Face ao desenrolar dos acontecimentos e ao facto de ter estado a perder por 2-0 e ainda de ter remetido o Tirsense a uma posição inferior na segunda parte, há que dar mérito a esta equipa de Agostinho Bento que realizou aqui uma partida como há muito não se via neste Fafe.
.

Andebol - 2.ª Div. Fase Final: Vitória Setúbal, 34 - AC Fafe, 41

Texto: João Carlos Lopes / Foto (Arquivo) Rui Dario Correia

Grande demonstração de força

O Andebol Clube de Fafe foi a Setúbal vencer de forma categórica os sadinos por 41-34, em jogo correspondente à 3.ª jornada da fase final do campeonato Nacional da 2.ª Divisão, reforçando desta forma a luta pela subida à 1.ª Divisão.
O equilíbrio registado na primeira parte evidenciou a vontade das duas equipas em quererem vencer mas mesmo aí os fafenses foram mais fortes e regressaram aos balneários com uma vantagem de três golos, derivada de um parcial de 17-14.
No segundo tempo o jogo foi ainda mais produtivo com as equipas a darem espectáculo com uma média superior a um golo por minuto de jogo, como aliás se pode verificar pelo resultado final. Neste período os sadinos marcaram mais vinte golos mas a equipa de Óscar Freitas não lhe ficou atrás e obteve mais 24.
Este jogo vai fazer com que, certamente, o Pavilhão Municipal de desportos em Fafe esteja repleto no próximo jogo pois esta vitória concludente reforça o estatuto de candidato que o Andebol Clube de Fafe sempre assumiu e que o levou a vencer a Zona Norte na fase regular.

RESULTADOS DA 3.ª JORNADA

Vitoria FC, 34 - A. C. Fafe, 41
CS Marítimo Madeira, 20 - A. A. Avanca, 23
AC Sismaria, 20-22 - A.D.A. Maia-Ismai, 22
.

Futsal - Juvenis AF Braga: Nun´Ávares, 4 - Piratas Creixomil, 3


Condestáveis batem piratas

O Nun´Álvares recebeu e venceu a equipa dos Piratas de Creixomil, na última jornada do campeonato. O jogo começou com um ritmo não muito alto e com as duas equipas a estudarem-se uma à outra.

A primeira oportunidade do jogo surgiu aos três minutos, com a equipa forasteira a rematar ao poste. A partida continuou com o ritmo calmo, até que aos doze minutos Diogo Rafael remata à baliza, para uma grande defesa do guarda redes dos Piratas e Chico, na recarga, remata com a bola a passar muito perto da baliza.

No minuto seguinte, o guarda redes Nuno isola Diogo Rafael, que remata ao lado, quando tinha apenas o guarda redes pela frente. Aos vinte minutos os Piratas chegam à vantagem, com um potente remate de fora da área.

A equipa do Nun´Álvares sentiu o golo e no último minuto da primeira parte os visitantes chegam ao 0-2, com um remate fraco, mas a bola a entrar caprichosamente na baliza de Nuno. E foi com a equipa de Guimarães em vantagem, por duas bolas, que o intervalo chegou.


A segunda parte foi totalmente diferente da primeira, com grande intensidade e incerteza no resultado até ao apito final. O Nun´Álvares entrou muito forte, na procura do golo. A primeira oportunidade surgiu logo ao minuto um, com Luís Paulo a fazer um grande remate, mas a bola a passar ao lado da baliza.

No minuto seguinte Luís Paulo volta a efectuar um belo remate, mas desta feita a bola passou por cima da trave. Aos sete minutos o Nun´Álvares reduz a diferença no marcador por Chico, na recarga a mais um remate de Luís Paulo.

Aos catorze minutos os Piratas voltam a marcar, num contra ataque, aproveitando da melhor forma um desequilíbrio dos nunalvaristas, que procuravam o golo do empate. No minuto seguinte, Diogo Rafael surge isolado, após tabelar com Luís Paulo, mas permite a defesa do guarda redes, que lança rapidamente um contra ataque que termina com a bola a embater no poste da baliza de Nuno.

Ao minuto dezasseis surge mais uma grande oportunidade para o Nun´Álvares, com Luís Paulo a rematar à barra da baliza adversária. Aos dezoitos minutos a equipa de Creixomil desperdiça uma grande penalidade, com grande mérito de Nuno, que faz uma excelente defesa.

Ao minuto vinte é a equipa da casa que beneficia de uma grande penalidade, convertida por Carlos, que reduzia a desvantagem para um golo de diferença.

Passado um minuto os fafenses empatam a partida, num pontapé de canto, com Carlos a antecipar-se ao guarda redes contrário e a bisar na partida. No último lance da partida o Nun´Álvares chega ao golo da vitória, com Diogo Rafael a surgir isolado, picando a bola fazendo-a passar por cima do guarda redes adversário, mostrando toda a sua frieza e classe na hora de rematar à baliza.
.
Foi um grande jogo de futsal, contra uma equipa boa e muito forte, que demonstrou que o Nun´Álvares também é umas das grandes equipas deste campeonato. A equipa de Fafe terminou o campeonato no quarto lugar, a três pontos do terceiro classificado.
.

2.ª Div. AF Braga: Cavez, 2 - Regadas, 4

Russo
Texto: João Carlos Lopes

Russo bisou mas foi preciso andar da perna
- Regadas recorreu da sanção que lhe foi aplicada

O Grupo Cultural e Desportivo de Regadas foi a Cavez vencer por 4-2, no derradeiro jogo da temporada, terminando a época da melhor maneira mas longe de um lugar de subida de escalão como era suposto ter ficado e tinha valor para isso.

Nesta partida, em Cavez, entrou melhor a equipa da casa que se colocou em vantagem na primeira parte e conseguiu mesmo levá-la até ao descanso.

No segundo tempo o Regadas chegou ao empate através de Diogo Gomes e depois, Russo, colocou os fafenses em vantagem.

Os da casa mostraram ser um osso duro de roer e conseguiram chegaram novamente ao golo, deixando o marcador a assinalar um empate a duas bolas.

Nada melhor que a experiência para desequilibrar e essa saiu de quem tem qualidade, pois Filipe Trinta voltou a por o Regadas à frente no marcador.

A tranquilidade chegou com o quarto golo dos fafenses e novamente através de Russo que, desta forma bisou na partida.

Quarto ou quinto lugar?

A equipa de Alex tinha sido sancionada com derrota no jogo com o S. Nicolau Basto, referente à primeira volta do campeonato a Direcção fez chegar uma mensagem até nós, através de correio electrónico, cujo teor era o seguinte: “na antevisão ao jogo Cavez/GCD Regadas, é referido que a classificação do GCD Regadas tem 3 pontos a mais. Acontece que o GCD Regadas recorreu para o conselho de justiça da AF Braga da decisão de nos punir com derrota. A decisão ainda não saiu pelo que, para todos os efeitos e até decisão condenatória, o GCD Regadas venceu o referido jogo”. Perante isto, resta esperar pela decisão do referido recurso e ainda pela homologação da classificação desta divisão.
.