.

.
.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Futebol Popular - Sub 13: Paços vence Armil (6-1) e arrecada a Taça


.
Texto e fotos: João Carlos Lopes 
.
Pacenses fizeram a dobradinha
.
O GD Paços venceu a Taça Cidade de Fafe ao bater o GCD Armil por 6-1 na categoria de Sub 13, fazendo a dobradinha neste escalão, em prova organizada pela Associação de Futebol Popular de Fafe. O jogo disputou-se em duas parte de trinta minutos, no campo de futebol de sete do Parque Municipal de Desportos.
.
Os pacenses dominaram o jogo em toda a linha e acabam por ser um justo vencedor desta competição mas sobre regras internas rígidas para os atletas impostas pelo seu presidente Monsieur Rogério, que apesar de estar ausente em França deixou escrito que só jogariam os atletas que cumpriram com as suas tarefas escolares dentro do que era minimamente exigível. Isso fez com que atletas que habitualmente são titulares ficassem no banco de suplentes até faltarem dois minutos para concluir a partida.
.
O Paços entrou a mandar no jogo e beneficiou de duas desatenções defensivas do Armil para chegar ao golo, tendo inaugurado o marcador através do patrão da equipa Hugo Carvalho, ainda aos dois minutos de jogo. O segundo golo surgiu cinco minutos depois por Alexandre Oliveira e o terceiro apareceu aos 19 minutos por Francisco Silva.
.
O Armil reagiu bem e apesar de se acercar da baliza pacense não conseguiu armar o remate, o que só veio a fazer na parte final do primeiro tempo com Carlos Ferreira a enviar a bola ao poste e no desenvolvimento da jogada a fazer o golo, levando alguma esperança da sua equipa para o intervalo.
.
No segundo tempo o Armil não reagiu como estava previsto pelo que o guarda-redes do Paços Alexandre Ribeiro foi praticamente um espectador do jogo. Na outra baliza, Bruno Rodrigues tinha trabalho de sobra, tendo feito algumas boas defesas, não sendo responsável pela derrota da sua equipa.
.
O Paços acentuou a superioridade no jogo e foi dando expressão ao marcador com mais três golos. Hugo Carvalho bisou aos 41 minutos, fazendo uso do seu pontente remate num livre directo e Rui Castro, fez dois golos de rajada aos 43 e 44 minutos fechando a contagem do jogo.
.
Apesar de perder a equipa do Armil mostrou boa disposição na parte final onde reinou o fair-play e onde foram entregues as medalhas e as taças a vencedores e vencidos, contando para isso com o Vereador do desporto Pompeu Martins e com o presidente da AFP Fafe Iazalde Martins.
.
O público afluiu em número considerável, na sua maioria familiares dos atletas emprestando um bom ambiente ao piso sintético do Parque Municipal de Desportos, em Fafe. 
.
A arbitragem deste jogo esteve a cargo de Paulo Costa e Paulo Pereira, que tiverem em Carlos Freitas o terceiro árbitro. 
.

Futsal Feminino - AF Braga: AD Jorge Antunes, 1 - Nun'Álvares, 3




Texto: Vera Gonçalves / Foto: GNA

Terminar o ano a vencer 

Disputou-se no passado sábado a 11ª jornada do Campeonato Distrital da A. F. Braga em Seniores Femininos e a equipa do G. C. R. Nun’ Álvares deslocou-se a Vizela para defrontar a equipa da A. D. Jorge Antunes e regressou às vitórias, vencendo as comandadas de Estela Torres por 1-3.

As “Alvarinhas” entraram confiantes no jogo e a dominar os primeiros 30’ com bastantes situações de finalização, porém a bola não queria entrar na baliza defendida por Liliana. Já a equipa da casa teve apenas dois lances de perigo para a baliza fafense, contudo o resultado chegaria ao intervalo empatado a zero. 

Na 2ª parte a equipa fafense continuou aguerrida e com vontade de marcar e foi o que aconteceu nos minutos iniciais quando Cátia coloca a equipa do Nun’ Álvares em vantagem. A equipa de Vizela respondeu logo de seguida por intermédio de Catarina que empatou a partida. Mas as pupilas de João Nuno não baixaram os braços e “mataram” o jogo com dois golos seguidos através de Cátia e Patrícia.

A equipa fafense disputa no próximo sábado a 12ª jornada do Campeonato Distrital da A. F. Braga frente à equipa do C. D. Lousado. O jogo terá início às 21h no Pavilhão do Grupo Nun’ Álvares, Fafe.

Equipa de Arbitragem: Rui Carvalho e João Rodrigues.
  
G. C. R. Nun’ Álvares: Marisa (GR), Ana (CAP.), Joana M., Mariana, Ju, Cindy, Kelly, Verinha (GR), Patrícia e Cátia.
Treinador: João Nuno Sousa.

A. D. Jorge Antunes: Liliana (GR), Rafaela, Catarina (CAP.), Flávia, Helena, Marlene, Solange (GR), Sara Mendes, Sara Moura, Andreia, Letícia e Sofia.
Treinadora: Estela Torres.

Golos:  Cátia (2), Catarina e Patrícia.
.

sábado, 29 de dezembro de 2012

Nac. 2.ª Div. B: AD Fafe, 2 - Padroense FC, 1

Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes

Muito melhor o resultado que a exibição

Sem ter feito um grande jogo de futebol a AD Fafe levou de vencida a formação do Padroense FC e acabou o ano a vencer, sendo verdade que vinha de dois resultados menos positivos, empate em casa com o Vilaverdense e derrota em Vizela. Com necessidade de vencer valeu a conquista dos três pontos, num jogo que teve uma grande penalidade para cada lado e que esteve longe de ser fácil pois o Padroense cresceu na parte final da partida. De resto, a salientar que Agostinho Bento seis jogadores no banco, um deles o jovem júnior Vasco Cruz, o único daquele escalão a merecer ser chamado aos séniores. Como é sabido, Silvestre e xavi estão lesionados e João Carneiro e Zé Brochado foram expulsos em Vizela.
O Fafe entrou determinado no jogo aproveitando o bom estado do terreno para praticar o futebol que gosta e conseguiu chegar ao 1-0 quando estavam decorridos sete minutos. Uma jogada que passou pelos pés de Tiago André, Filipe e Ricardo Valente, com este a finalizar com um remate cruzado, já dentro da área, sem hipóteses para o guardião Marco.
Tudo indicava que o Faria um grande jogo mas na verdade não foi isso que sucedeu, ainda que tivesse várias oportunidades para ganhar tranquilidade.

Aos 15 minutos num canto apontado por Filipe, Mike desviou e depois Zé Nanel, junto do primeiro poste, tentou o remate por mais que uma vez mas a bola não entrou por oposição dos homens de Padrão da Légua.

O velho treinador Augusto Mata começou a fazer correcções ao seu esquema dentro e campo e aos poucos foi anulando a intensidade atacante do Fafe, obrigando o jogo a ser mastigado a meio campo.

Aos 32 minutos nova oportunidade de golo para o Fafe com Bruno a cruzar na esquerda e Filipe, de cabeça, a tentar colocar a bola ao poste mais distante mas a vê-la passar pelo lado de fora da baliza.
O Padroense tentava o remate de quando em vez, ou então na sequência de bolas paradas mas sem obrigar Pedro Freitas a grande esforço.
Aos 36 minutos Mike fez um raid entre os adversários junto da linha da grande área ganhou espaço para o remate mas ao querer colocar a bola fora do alcance do guarda-redes esta saiu ao lado do poste, perdendo uma oportunidade nítida para fazer o 2-0.
Aos 42 minutos, novamente Mike, esteve muito activo no jogo, mas nem sempre bem esclarecido, isolou-se ficou com Marco pela frente, perdeu tempo para rematar, contornou o guardião, sentiu o mínimo toque deste e caiu, ganhando uma grande penalidade. Tiago André encarregou-se de a transformar em golo e de dilatar o resultado para 2-0.
O Padroense entrou bem no segundo tempo e andou a cheirar o golo. Dois minutos após o reatamento Nuno Paulo driblou dois defesas fafenses mas perdeu forças para o remate, o qual fez em esforço e desenquadrado, quando tinha colegas a pedir a bola em melhor situação de o fazer.

Mais dois minutos e Nuno Paulo cruzou ao segundo poste onde Manuel Paulo perdeu a oportunidade de fazer golo ao chegar um pouco atrasado ao lance.
O Fafe andava um pouco perdido nesta fase do jogo e o Padroense ia acreditando e, de mansinho, criando oportunidades de golo. Aos 57 minutos, Miguel cruzou, Zé Manel deu de raspão na bola que caiu nas suas costas onde Areias apareceu a rematar de cabeça mas sem contar com o lance acabou por atirar por cima.     
No Fafe, Ferrinho rematou aos 60 minutos de fora da área mas saiu ao lado. Na jogada seguinte, Vinicius, um dos mais buliçosos do Padroense, também rematou de fora da área, tendo alcançado um canto. Mais meia dúzia de minutos e Fabu entregou a Paulinho e este na área atirou por cima da baliza de Pedro Freitas.

O Fafe voltou a mostrar serviço aos 70 minutos, quando Traquina cruzou ao segundo poste para Valente rematar e ver o golo a ser negado por Marco.
Aos 73 minutos, um cruzamento de Pedro transformou-se em remate e Pedro Freitas teve que se aplicar para negar o golo e ceder canto. Mais dez minutos e Miguel, tentou colocar a bola ao segundo poste, mas esta saiu para fora.
Aos 86 minutos Bruno Monteiro rematou de fora da área mas ao lado.
Vasco Cruz
De tanto porfiar o Padroense chegou ao golo mas através de uma grande penalidade. Areias em luta com Miguel Mendes na área sentiu um pequeno encosto e deixou-se cair, originando que o árbitro assinalasse uma grande penalidade que Paulinho se encarregou de marcar.
Nos três minutos de compensação o Fafe ainda podia ter marcado quando Pedro castro entregou a bola a Traquina na área e este não foi suficientemente rápido para efectuar o remate.

Nos instantes finais o Fafe teve que jogar feio para evitar o empate pois o Padroense acreditou sempre até ao apito final.

Jogo realizado no Parque Municipal de Desportos, em Fafe.
Árbitro, André Gralha (CA Santarém), auxiliado por Gonçalo Freire e Pedro Sousa.
AD FAFE: Pedro Freitas; Mike, Zé Manel, Miguel Mendes e Ferrinho; Bruno Monteiro, João Nogueira (João Traquina, 56) e André, Ricardo Valente (Pedro Castro, 77), Filipe (Badará, 65) e Tiago André. Treinador, Agostinho Bento.
PADROENSE FC: Marco; Vítor Lobo, Manuel Paulo, Nuno Paulo (Pedro, 61), João Amaral (Areias, 54), Fabú (Gazela, 75), Miguel, Chico, Paulinho, Vinícius e Ricardo. Treinador, Augusto Mata.
DISCIPLINA: Amarelos: Marco, 42; Mike, 61; Ferrinho, 78; Miguel Mendes, 87 e Tiago André, 90+2.

MARCADORES: Ricardo Valente, 7; Tiago André, 43 (g.p) e Paulinho, 88 (g.p).
.

Taça AF Braga: GCD Regadas, 1 - Pica, 0 (6-5 g.p.)

Texto e foto (de arquivo): João Carlos Lopes 

Regadas foi tomba gigantes 
.
- Houve festa nas Cerdeirinhas 
.
- Golo de Samu levou o decisão para os penaltis 
.

O GCD Regadas, da 2.ª Divisão Distrital, liderado por António Águia, eliminou a ACD Pica, da Divisão de Honra, ao vencer o jogo da 2.ª mão da 2.ª eliminatória da Taça AF de Braga por 1-0 e, depois, levar a decisão para as grandes penalidades, após um prolongamento sem golos. Samu foi o autor do golo do Regadas que igualou a eliminatória a dois golos, pois o Pica havia vencido em casa por 2-1. Foi o delírio total em Regadas com esta vitória da equipa que já na primeira mão tinha deixado claro que apesar de ser de um escalão inferior não ia estender a passadeira nem prestar vassalagem mas sim lutar pela eliminatória. Assim o fez e teve sucesso. 

Começou melhor o Pica mas o Regadas equilibrou à passagem da meia horas e regressou confiante do descanso. Nos primeiros minutos da segunda parte Samú isolou-se e perante Pimenta não hesitou em fazer golo. 

Reagiu o Pica mas esbarrou num Rafa muito atento na baliza a negar os intentos aos seus jogadores. 

O Regadas não se contentou a ver o adversário jogar e também podia ter chegado ao golo por duas ocasiões, numa delas Samu atirou mesmo ao ferro na marcação de um livre. 

Apesar da pressão do Pica o jogo foi para prolongamento e na primeira parte deste, Peixoto foi expulso ficando a equipa de Carlos Salgado a jogar com dez. 

Na cobrança do livre que originou a expulsão Nando obrigou Pimenta a grande defesa,l com a bola ainda a bater na barra. 

Até final do prolongamento as duas equipas reclamaram uma grande penalidades que o árbitro não assinalou mas, seria através delas, já após o prolongamento que a eliminatória se decidiria. 

O Regadas esteve melhor na roleta russa, com um jogador seu a falhar um lance da linha de onze metros mas o Pica não esteve melhor com dois homens a falharem na hora da verdade. 

Houve taça nas Cerdeirinhas entre duas equipas de extremos opostos do campeonato mas no final quem fez a festa foi a do escalão mais baixo o que muito orgulhou as gentes de Regadas que festejou o feito que teve ainda mais emoção por se tratar de um dérbi quase só possível nestes últimos anos através desta competição. Um feito para os regadenses mais tarde recordarem.    
.

Benjamins - AF Braga: AD Fafe, 10 - FC Vizela, 3

Texto e foto (de arquivo): João Carlos Lopes 

Penta de Júnior e póker de João

- AD Fafe tem o melhor ataque da série 

Os Benjamins da AD Fafe receberam o FC Vizela em jogo de acerto de calendário relativo à primeira jornada do Campeonato Distrital da categoria, Série J, tendo vencido por expressivos 10-3, num jogo quase de sentido único. 

Os comandas de Zé Armando chegaram ao intervalo a vencer por 6-2 e no segundo tempo ainda marcaram mais quatro sofrendo apenas mais um, o que demonstra que tiveram o jogo sempre controlado. 

Quem esteve em grande neste jogo foi Ricardo Júnior e João Pedro ao apontar cinco e quatro golos, respectivamente. O outro pertenceu a Jota, jogador que ainda enviou duas bolas aos ferros da baliza vizelense. 

Com este golo os fafenses subiram ao segundo lugar, com os mesmos pontos do 3.º, Vitória de Guimarães e com menos três que o líder, Taipas. A equipa de Zé Armando tem ainda o melhor ataque desta série com 58 golos marcados. 
. 

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Agenda Desportiva de fim-de-semana


.
ANDEBOL – JUVENIS
.
Torneio de Natal
 
Jogos a 27 e 28 e 29 no Pavilhão Municipal
 
Com a participação de: AC Fafe, FC Porto, Espinho, Fermentões, ABC e Xico Andebol
 
SÁBADO
 
Jogo de atribuição do 5.º e 6.º lugar pelas 10 horas
 
Jogo de atribuição do 3.º e 4.º lugar pelas 15 horas
 
Jogo de atribuição do 1.º e 2.º (final ) lugar pelas 18 horas
 
.
FUTEBOL NACIONAL
.
2.ª DIVISÃO B
.
AD Fafe – Padroense / Sábado 15 horas / Parque Municipal de Desportos
 
FUTEBOL DISTRITAL
.
TAÇA AF BRAGA .
.
GCD Regadas – AC D Pica / Sábado, 14:30 horas no Campo das Cerdeirinhas, em Regadas
 
FUTEBOL DISTRITAL – FORMAÇÃO
.
CAMPEONATO DISTRITAL INFANTIS “B” - FUTEBOL 7
 
Amigos Urgeses - A. D. Fafe - Sábado 29/12 – 10h00 - Prque Desp. Amigos
 
Urgeses – Urgeses - Guimarães
 
CAMPEONATO DISTRITAL BENJAMINS “A” - SERIE J
 
A. D. Fafe - F, C, Vizela - Sábado 29/12 – 09h30 - Campo Nº. 2 Parque
 
Municipal Desportos - Fafe
 
CAMPEONATO DISTRITAL BENJAMINS “B” - SERIE K
 
A. D. Fafe - Pevidem S. C. - Sábado 29/12 – 11h00 - Campo Nº. 2 Parque
 
Municipal Desportos - Fafe
 
FUTEBOL POPULAR – SUB 13
 
Domingo, 30 de Dezembro de 2012, pelas 15h00, no Campo N.º 2 do parque Municipal de Desportos, disputa-se a final da Taça de Sub-13, entre as equipas do GCD Paços e do GCD Armil.
 
FUTSAL – TAÇA CIDADE DE FAFE
 
Taça Cidade de Fafe: Oitavos-de-final
 
Jogos para Sexta-Feira, 28 Dezembro:
 
PAVILHÃO MULTIUSOS
 
21h00 -  Rumo ao Futuro X J.F. Estorãos
 
22h30 - A.S.C. Sol Poente X G.D. Silvares
 
PAVILHÃO MUNICIPAL
 
22h00 - Arões S.C. X Ases S. Jorge
 
23h30 - Leões do Ferro/Fafedry X J.F. Moreira de Rei
 
Jogos para Sábado, 29 Dezembro
 
PAVILHÃO MUNICIPAL
 
21h00 - C.D. Vinhós X G.D. Travassós
 
22h30 - A.D. Revelhe X G.R. Ardegão
 
PAVILHÃO MULTIUSOS
 
21h00 - Futsal Clube de Fafe X A.R.A. Bugio
 
22h30 - A.R.C.O. Stº Ovídio X G.D.C. Fornelos/Dentalfafe
.

Gijo é o novo reforço do Arões SC

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Rui Silva
.
Ocupa a posição e o cargo de Romeu

O Arões SC tem um novo jogador, de nome de guerra Gijo, o qual já fez a sua estreia pelos aronenses, porquanto o técnico Miguel Paredes introduziu-o em campo aos 70’ do último jogo, contra o S. Paio de Vizela a contar para a Taça AF de Braga.
Trata-se de um médio que vem substituir Romeu no meio campo dos aronenses e que, apesar dos seus 23 anos já tem algum rodagem mesmo a nível de campeonatos nacionais. Fez a sua formação a escola Fair-Play e no Moreirense FC, tendo passado depois pelo GD Joane, onde esteve duas temporadas, na 3.ª Divisão Nacional, ingressou depois no Louro da Divisão de Honra da AF Braga, para regressar ao Joane em 2011/2012. Iniciou a presente temporada no Mondinense FC, ingressando agora no Arões. Gijo, que mede 1,78 metros e pesa 77 quilos, não tem as mesmas características do seu antecessor mas é um jogador de enorme utilidade para o técnico Miguel Paredes.  
.
De salientar que o jogador, de nome verdadeiro João Carlos Ferreira, licenciado em Educação Física, vai acumular funções no Arões SC, pois assumiu também o comando técnico da equipa de iniciados a qual era liderada por Romeu Monteiro.
.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

XII Festival de Patinagem artística - Natal Disney - foi um sucesso



Texto: Marta Gonçalves / Foto: GNA
.
Fafe viveu uma noite de magia

- "O cenário e os fatos apresentados, neste festival, foram projetados e executados pelos pais e mães dos atletas"
O Grupo Nun’Álvares de Fafe apresentou, no passado sábado, dia 22 de Dezembro, pelas 21H00, no Pavilhão Multiusos, o seu XII Festival de Patinagem Artística.
A secção de Patinagem Artística do Grupo Nun’Álvares ofereceu a Fafe um espetáculo memorável, normalmente só ao alcance daqueles que vivem nas grandes cidades.
O tema central do festival deste ano foi “Natal da Disney”, escolhido em consonância com a época natalícia em que nos encontramos.
O público foi presenteado com os “101 Dálmatas”, “Família Disney”, “Reino da Fantasia”, “Fábrica dos Brinquedos” e ainda com os “Smurfs”, esquemas apresentados pelos atletas deste clube fafense. Tiveram também a oportunidade de assistir aos esquemas de patinagem de grupo, “Bom Petisco” e “Flamingos”, que obtiveram, respetivamente, o 2º lugar na especialidade de  Grupos Juvenis e o 5º lugar na especialidade de Grupos Pequenos, no Campeonato Nacional de Show e Precisão da época desportiva que agora finda.
Não faltou a homenagem às atletas Vice-Campeãs Nacionais de Grupos Juvenis que, com o esquema “Bom Petisco”, competiram no Campeonato Europeu de Show e Precisão em Abril de 2012, em Blanes, Espanha, levando assim, o nome de Fafe além-fronteiras. Uma referência muito especial para o esquema de abertura que, como sempre, é emocionante, pela música escolhida e pela grandiosidade, uma vez que todos os atletas o desempenham, desde os mais pequeninos até aos mais experientes. Este ano, o esquema pretendeu homenagear os 80 anos da coletividade através dos escudos que simbolizaram as diversas lutas e conquistas do D. Nun’Alvares Pereira.
As treinadoras mimaram e surpreenderam, não só o público, como também os seus atletas, executando um esquema surpresa com as personagens do Mickey, da Minnie e do Pateta. Durante o festival, foram também homenageadas pela Associação de Patinagem do Minho e pelo Grupo Nun’Álvares, as atletas Campeãs Regionais de Patinagem Livre e de Solo Dance e ainda as atletas vencedoras do Torneio de Verão.
Este evento contou com a participação de cerca de 400 atletas de 17 clubes pertencentes a quatro Associações de Patinagem (Minho, Porto, Aveiro e Coimbra). Contou ainda com a participação de um convidado muito especial, um dos melhores patinadores do mundo, Paulo Santos, Campeão Nacional de Solo Dance Sénior que, recentemente, obteve o 3º lugar no Campeonato Mundial de Juniores e Seniores de Patinagem Artística, na Nova Zelândia.
Numa época em que tanto se fala de crise económica e de valores, não se podia deixar de referir o facto de que quando o sonho é apoiado por todos, tudo se consegue concretizar. Assim, o cenário e os fatos apresentados, neste festival, foram projetados e executados pelos pais e mães dos atletas que, durante dois meses dispensaram todo o tempo livre, toda a arte e boa vontade de que dispunham para proporcionar a todos esta noite tão especial. Um bem-haja muito especial aos pais e amigos dos atletas que tornaram possível este “Natal na Disney”. 
.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Boas Festas para todos os leitores e amigos

.

Para os leitores do Montelongo Desportivo e todos os agentes desportivos que de qualquer modo colaboram no mesmo desejamos um Santo Natal
.
 

Natação: Diana Durães é Campeã Nacional de Clubes

Texto: João Carlos Lopes / Foto: a bola.pt 

Mais um título para esta fafense

A nadadora fafense Diana Durães está à pouco tempo no FC Porto mas não pára de conquistar títulos com a touca dos dragões na cabeça, muito recentemente conquistou mais um, o de Campeã Nacional de Clubes. De salientar que a atleta só esta época ingressou nos dragões e não pára de surpreender ao vencer títulos e bater recordes.
A prova realizou-se na Piscina Municipal de Santo António dos Cavaleiros, em Lisboa, onde as meninas do FC Porto levaram a melhor sobre a concorrência. Já no sector masculino o título foi para o Sporting.
O FC Porto conseguiu alcançar o penta campeonato tendo totalizado 125 pontos e a nadadora fafense fica ligada a este feito.
De referir que esta competição foi organizada pela Federação Portuguesa de Natação e pela Associação de Natação de Lisboa.
.

Taça AF Braga: Longos, 1 - GD Travassós, 2

Texto: João Carlos Lopes / Foto: (arquivo) Gil Soares
.
Passagem confirmada
.
O  GD Travassós foi a Longos vencer a equipa local e carimbar a passagem da eliminatória pois tinha vencido também o jogo da primeira mão por 5-0, pelo que, os números, no conjunto das duas eliminatórias, não deixam qualquer tipo de dúvida.
.
Em Longos registava-se uma igualdade a uma bola ao intervalo, tendo Belmiro marcado para o Travassós. Na segunda parte a equipa de Paulo Soares chegou à vantagem na transformação de uma grande penalidade convertida por Pablo.
 
.

Taça AF Braga: Pevidém, 6 - GD Silvares, 0

Texto: João Carlos Lopes
 
Uma tarde para esquecer
 
O GD Silvares foi a S. Jorge de Selho perder com o Pevidém SC por expressivos seis a zero e dizer adeus à Taça AF de Braga. Recorde-se que no jogo da primeira mão, jogado em Fafe a pedido dos vimaranenses se havia registado um empate sem golos.
 
O Silvares não esteve bem neste jogo e o descalabro começou ainda na primeira parte que terminou com o Pevidém a ganhar por 4-0. Na segunda pouco ou nada havia a fazer frente a uma equipa do mesmo escalão que está a lutar pelos primeiros lugares, tendo os fafenses sofrido mais dois golos.
 
Não era o resultado que Vítor Pacheco queria para a sua equipa antes do Natal mas é a realidade e agora há que seguir em frente e virar as baterias para o campeonato.
.
 

Taça AF Braga: OFC Atime, 1 - Brito SC, 2

André
Texto: João Carlos Lopes
.
Brito teve que lutar pelo resultado 
.
O Operário de Antime foi eliminado pelo Brito da Divisão de Honra da Taça mas vendeu cara a derrota por 2-1 e discutiu a eliminatória até bem perto do final do jogo, isto apesar do técnico Francisco Castro ter optado por deixar vários jogadores titulares de fora do jogo.
.
Depois de ter perdido em Brito na primeira mão por 1-0  o Antime tentou virar a eliminatoria a seu favor em casa e esteve perto de o fazer.
.
Aos 33 minutos os fafenses colocaram-se na frente do marcador com um grande golo de André e antes do intervalo, após boa jogada de Jonas o Antime desperdiçou literalmente o segundo golo.
.
Na segunda parte André também podia ter feito o 2-0 mas a oportunidade gorou-se mais uma vez.
.
O facto de o Antime não ter concretizado acabou por animar os vimaranenses que chegaram ao golo aos 60 minutos na conversão de uma grande penalidade e pouco depois chegaram ao 2-1.
.
Os fafenses ainda tentaram reagir mas agora estava mais complicado e o Brito acabou por assegurar a vitória e a passagem na eliminatória.
.

Taça AF Braga: Ases Stª Eufémia, 4 - Agrupamento Stª Cristina, 0

Texto: João Carlos Lopes
.
Fafenses eliminados nos pénaltis
.
Depois de ter vencido na primeira mão por 6-2, o Agrupamento de Santa Cristina não soube gerir a vantagem que levou até ao terreno dos Ases de Santa Eufémia onde acabou por perder por 4-0.
 
Ao intervalo a equipa de Marcelo Fernandes já perdia por duas bolas a zero e na segunda parte não conseguiu alvejar a baliza contrária.
 
Depois de se ter registado uma igualdade de seis golos no conjunto das duas mãos foi necessário recorrer às grandes penalidades onde os vimaranenses foram mais felizes.
.

Taça AF Braga: S. Paio, 0 - Arões SC, 4


Texto e Fotos: Rui Silva
 
Emoções fortes e estreias na despedida de Romeu e de 2012
 
O Arões iniciou este jogo com uma vantagem de um golo sobre o São Paio de Vizela, pois na primeira mão desta eliminatória da Taça AF Braga, havia vencido em casa por 1-0, com um golo solitário de Ricardo Costa. A tarde solarenga de inverno, com temperatura bastante agradável para época, em simultâneo com o resultado da 1ª mão, levou até às bancadas do Campo da Covinha em São Paio de Vizela, muitos adeptos, com destaque para o apoio vindo de Fafe.
 
A equipa do Arões entrou forte no jogo, autoritária e rigorosa nos minutos iniciais, e foi com esta atitude que chegou ao golo aos 9 minutos, num lançamento de linha lateral para a área, Raimundo desvia para o 2º poste onde surge Romeu, que com total tranquilidade, domina, ajeita e coloca a bola fora do alcance de Ricardo. Alegria nas bancadas e emoções fortes na face do homem que está de saída do clube, neste final de ano, por motivos profissionais.
 
O Arões dispôs de mais duas oportunidades, nos minutos seguintes após o golo. Primeiro Trinca, depois Romeu, em ambas as ocasiões o esférico foi desviado para canto. O Arões impunha o seu poderio no jogo, frente a uma equipa voluntária que de tudo fazia para contrariar o fulgor Aronense. E na sequência de um livre, aos 16 minutos, chegou mesmo a criar perigo, não fosse Carneiro intervir ao 2º poste evitando o golo, quando sacudiu a bola para canto.
 
Mas foi o Arões de novo a marcar e a ampliar o marcador, aos 26 minutos, Raimundo ganhou a frente a um adversário, em plena área e é posteriormente derrubado. Penalti assinalado, penalti convertido com sucesso por Ricardo Costa, 0-2 para o Arões.
 
A equipa de Juanico (ex-atleta profissional do Belenenses entre outros) nunca baixou os braços mesmo sabendo que no conjunto dos dois jogos perdia por 3-0. Prova disso foi um lance à meia hora de jogo, bela iniciativa de Miguel a passar pelo meio campo Aronense e a rematar de fora da área mas sem assustar Carneiro. Num outro lance, mas aqui com maior perigo, Mário ganha nas alturas a carneiro, mas a bola saiu ao lado.
 
Já em cima do intervalo o Arões acentua a diferença no marcador, canto sobre a esquerda, Zézinho penteia e Brinca encosta para o 3º do Arões, estreando-se a marcar em jogos oficiais pelo Arões. Vantagem pesada para o São Paio de Vizela, perante um Arões lesto na hora do golo. Situação contrária aconteceu na 1ª mão em que foram várias as oportunidades desperdiçadas pelos homens de Miguel Paredes.   
 
No regresso ao jogo, Raimundo saiu entrando André, passado cinco minutos do reatar da partida nova mexida, julgo que por lesão, entra João para o lugar de Trinca. A intensidade de jogo do Arões era outra, mas foram sempre os Fafenses a imporem o ritmo do jogo.
 
Ao minuto 63, Bebeto fura o meio campo da casa, e à entrada da área, faz uma “cueca” ao adversário e remate com pouco efeito, saindo a bola pela linha de fundo. No lance seguinte, numa combinação Zézinho, Brinca criou-se perigo para a baliza de Ricardo.
 
Nesta fase do jogo, Juanico tinha colocado o central, Bruno Sardinha, na frente. Aliás foi da cabeça deste que aos 67minutos, o São Paio poderia ter reduzido.
 
Minuto 70, sai Zézinho e entra Gijo. O ex-atleta do Joane e do Mondinense, é a partir desta semana mais uma opção para Miguel Paredes.
 
O Arões criou novas oportunidades, no último quarto de hora, Romeu e João deram os primeiros sinais e depois foi Brinca e Bebeto no lance do 4º golo. Minuto 78, Brinca investa na esquerda, cruza para Bebeto que só perante Ricardo, com toda a calma, simula por duas vezes e com Ricardo no chão remata para o 0-4.
 
Arões despede-se de 2012 com uma vitória e carimba a passagem à eliminatória seguinte da taça A.F. Braga, com 5-0 no conjunto das duas mãos.
 
 
Jogo realizado no Campo da Covinha em São Paio de Vizela.
Árbitro: Hugo Fernandes, auxiliado por Fernando Alves e Fábio Melo.
 
SÃO PAIO VIZELA: Ricardo, Mário, Bruno Sardinha (cap.), Simão, Fábio, Miguel (Nuno, 57'), André (Juba, 73'), Vitinha, Bruno Tiago, Marco e Vítor Eugénio.
Treinador: Juanico.
 
ARÕES SC: Carneiro, Vítor Beijinhos, Ricardo Costa, Keke, Zezinho (Gijo, 70'), Fernandez, Bruno Cunha, Romeu, Brinca, Trinca (João, 50') e Raimundo (André, 45').
Treinador: Miguel Paredes.
 
Disciplina: Cartões amarelos: Mário, 36’; Zézinho, 37’; Brinca, 50’; Vitinha, 70’; Ricardo, 78’ e Bruno Tiago, 85’.
Marcador: Romeu, 9’; Ricardo Costa, 27’(penalti); Brinca, 46’ e Bebeto, 78’.
 

Futsal Feminino - Taça AF Braga: Nun'Alvares, 2 - Airão Stª Maria, 3

Texto: Vera Gonçalves / Foto: João Carlos Lopes

Sem cheirar as meias
 
Disputou-se no passado sábado os quartos-de-final da Taça A. F. Braga e na receção à equipa da A. C. R. Airão Stª Maria a equipa de Futsal Sénior Feminino do G. C. R. Nun’ Álvares perdeu por 2-3.
 
Numa 1ª parte em que as pupilas de Ana Fernandes chegam à vantagem nos primeiros minutos por intermédio de Mafalda, as “Alvarinhas” tentavam apanhar desprevenida a defesa adversária, contudo sem sucesso. As meninas de Airão chegam ao 0-2 nos minutos finais do primeiro período por intermédio de Nádia e as fafenses vão para o intervalo em desvantagem.
 
As comandadas de João Nuno Sousa entraram aguerridas na 2ª parte e reduzem a desvantagem nos minutos iniciais por intermédio de Ana. Este golo deu mais alento às fafenses que igualam o marcador por intermédio de Cindy.
 
Chegado ao empate o jogo tornou-se emotivo, como deve ser um jogo de taça, pois ambas as equipas mostraram vontade em vencer o jogo. Foi preciso então recorrer ao prolongamento para encontrar a equipa que passaria às meias-finais. As fafenses chegaram à 6ª falta e Nádia chamada a converter o livre de 10 metros envia a bola rente ao poste da baliza de Belinha e sai pela linha final. Ainda no primeiro período do prolongamento as comandadas de Ana Fernandes beneficiariam de outro livre de 10 metros convertido por Paula, livre este que deu o golo da vitória à equipa da A. R. C. Airão Stª Maria.
 
No segundo período do prolongamento as “Alvarinhas” não desistiram de lutar, porém a concentração já falhava e jogavam mais com o coração. A sorte também não estava do lado das fafenses que quando tentavam alcançar o empate voltariam a cometer nova falta e Paula diante a guardiã fafense não levou a melhor.
 
A equipa da A. R. C. Airão Stª Maria chega assim às meias-finais da Taça da A. F. Braga e vai defrontar a equipa do F. C. Vermoim no Pavilhão Aurora Cunha em Ronfe em data ainda a agendar.
 
A equipa fafense disputa no próximo sábado a 11ª jornada do Campeonato Distrital da A. F. Braga frente à equipa da A. D. Jorge Antunes. O jogo terá início às 18h no Pavilhão Municipal de Vizela, Caldas de Vizela.
 
Equipa Arbitragem: Crispim Gonçalves e José Cruz.
  
G. C. R. Nun’ Álvares: Belinha (GR), Ana (CAP.), Joana M., Mariana, Ju, Cindy, Kelly, Verinha (GR), Patrícia, Cátia e Marisa (GR).
Treinador: João Nuno Sousa.
 
A. R. C. Airão Stª Maria: Joana (GR), Lara (CAP.), Mafalda, Paula, Beta, Cláudia, Joana, Lúcia, Nádia, Diana (GR) e Elsa (GR).
Treinadora: Ana Fernandes.
 
Golos:  Mafalda, Nádia, Ana, Cindy e Paula.
.