.

.
.

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Feliz Ano novo para todos os leitores de Montelongo Desportivo


GD Travassós tem mais dois reforços

Bruno Alves
Texto: João Carlos Lopes 

Bruno Alves e Calicas reforçam a defesa

Depois da aquisição recente de Bruno Malhado ex-ACD Pica, o GD Travassós garantiu o concurso de mais dois jogadores que vão ficar às ordens do técnico Paulo Soares para  atacar a segunda volta do campeonato. 

Bruno Alves, é um defesa central de 26 anos, oriundo do Castelo da Maia, Divisão de Honra da AF do Porto e vem rotulado de jogador possante e já com grande experiência. O jogador, natural de S. Martinho do Campo, Santo Tirso, fez a sua formação no Desportivo das Aves, representou o Serzedelo, Rebordosa, Graciosa FC, Pevidem, FC Vilarinho, Bairro FC e Castêlo da Maia.  

O outro reforço é Calicas, proveniente do GD Selho, da Divisão de Honra da AF Braga, que é aposta desta direcção e equipa técnica pois trata-se de um jogador jovem. 
.

Futsal Popular Veteranos - AFPF: Resultados 1/4 FinalTaça

.
.

Futebol Popular - Sub 17: Resultados/Classificação

.
.

Futebol Popular - Sub 13: Resultados/Classificação


.

Arões SC reforçou-se com Gustinho (ex-Porto D'Áve)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Rui Silva 

Meio campo fica mais a "Gostinho"

No sentido de colmatar as baixas que o plantel já sofreu desde o início da temporada com as saídas de Costa, Fernandes e Cris e uma vez que o Arões tem um plantel muito reduzido e está num campeonato muito exigente, contratou um jogador que habitualmente é chamado à Selecção Distrital, Gustinho que tinha rescindido recentemente com o Porto D'Ave. 

Miguel Paredes já contou com o reforço deste médio no jogo da Taça que venceu a ACD Pica, tendo o médio de 24 anos alinhado a titular na partida e participado no lance que deu origem à grande penalidade que decidiu o jogo.  

Este jogador fez toda a sua formação ao serviço do União Torcatense, Clube onde ascendeu á equipa sénior na temporada de 2008/2009, até à época de 2012/13. Na presente temporada assumiu compromisso com o Porto D'Ave mas à cerca de duas semanas rescindiu com este emblema da Póvoa de Lanhoso, ficando livre para assumir compromissos, o que fez com o Arões SC. 
.  

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Marcelo Fernandes rende Luís Carlos como técnico na ACD Pica

Marcelo Fernandes
Texto e foto: João Carlos Lopes 

Pica deixa a porta aberta a Luís Carlos 

Marcelo Fernandes é o novo treinador da ACD Pica rendendo outro fafense no cargo, Luís Carlos, técnico que apresentou a sua demissão a qual acabou por ser aceite pela direcção da equipa fafense que milita na Divisão de Honra da AF Braga.

A Direcção da ACD Pica "agradece todo o trabalho que Luís Carlos desenvolveu esta época no clube, lamentando que o mesmo não tenha tido o sucesso que desejava. Louva ao mesmo tempo a postura do treinador, deixando-lhe a porta aberta para uma nova oportunidade no futuro, desejando-lhe desde já as maiores felicidades". O técnico despediu-se dos jogadores no treino desta segunda-feira. 

Marcelo Fernandes, tem 45 anos e é um treinador também natural de Fafe, que fez um excelente trabalho ao serviço do Agrupamento de Santa Cristina nas últimas temporadas, onde conseguiu uma subida de divisão, trabalhando com plantéis muito limitados. Antes tinha treinado o GD Paços na 1.ª Divisão Distrital e tinha sido técnico adjunto de Fernando Ferreira no GD Travassós. Como jogador fez formação na AD Fafe, que representou também como sénior, passando ainda pelo Vinhais, Vieira SC, Mondinense, GD Paços, terminando a carreira de jogador no Santa Cristina.
.

domingo, 29 de dezembro de 2013

Andebol - Juvenis: AC Fafe venceu Torneio de Natal Cidade de Fafe


Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Campeões invictos

Os juvenis do AC Fafe venceram o ABC, de Braga, por 30-28 na final do Torneio de Natal - Cidade de Fafe, que decorreu entre a última Sexta-feira e este Domingo no Pavilhão Municipal de Desportos em Fafe. Foi um jogo empolgante, equilibrado e bem disputado, entre duas das melhores escolas de formação de jogadores do Distrito de Braga. 


Antes de chegarem à final as duas equipas tinham ganho os dois jogos disputados nas respectivas séries. O AC Fafe bateu a AAPL (Póvoa de Lanhoso) por 30-29 no primeiro jogo e no segundo venceu a AA Águas Santas, por 27-26. Já o ABC venceu o Xico Andebol no primeiro jogo o 31-28 e Fermentões no no segundo, por 34-19. 


No apuramento para o 5.º e 6.º lugar a AAPL perdeu com o Fermentões por 34-35. Já no jogo para o 3.º e 4.º lugar o Águas Santas bateu o Xico Andebol por 33-29.

RESULTADOS DOS JOGOS

1.ª Jornada - 27.12.13
AC Fafe : AAPL 30-29
Xico Andebol : ABC A 28-31

2ª e 3ª Jornadas - 28.12.13
ABC A : CCR Fermentões 34-19
Águas Santas: AC Fafe 26-27
CCR Fermentões : Xico Andebol 22-33
AAPL : Águas Santas 22-34

FASE FINAL - 29.12.13
5º e 6º - AAPL : Fermentões 34-35
3º e 4º - Águas Santas : Xico 33-29
1º e 2º - AC Fafe : ABC A 30-28

CLASSIFICAÇÃO:
1.º - Andebol Clube de Fafe
2.º - ABC
3.º - Águas Santas
4.º - Xico Andebol
5.º - Fermentões
6.º - Póvoa Lanhoso

Div. Pró-Nacional: GD Travassós, 2 - CC Taipas, 1

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: Cidália Henriques e Gil Soares 

Grande resultado contra uma grande equipa 

- Golos de Carlos Martins e Hugo com duas assistências de Pedro Mendes 

O GD Travassós recebeu e venceu o Clube Caçadores das Taipas por 2-1, em jogo que tinha sido adiado desde a semana passada devido ao intenso nevoeiro que se fez sentir no Campo dos  Carvalhinhos, e referente à 17.ª jornada.

A equipa orientada por Paulo Soares apanhou pela frente uma equipa a praticar bom futebol e recheada de bons jogadores, entre eles a antiga estrela do Paços de Ferreira e Sporting de Braga, Zé Manel que esteve como suplente e entrou no jogo. 

A equipa fafense encarou a partida com muita serenidade, sabendo da importância de conquistar pontos em casa e da moral que dá para o resto do campeonato terminar o ano de 2013 a vencer. Como vem sendo hábito fez mais um bom jogo contra uma equipa que no início da temporada se assumia como candidato à subida e que face ao seu valor não deixa de continuar a sê-lo. 

O Travassós marcou ainda na primeira parte, sobre o apito para o intervalo através de Carlos Martins que cabeceou após um cruzamento de Pedro Mendes, regressando do balneário com vontade de marcar novamente para dar mais tranquilidade e margem de manobra à equipa e acabou por o conseguir com novo golo, este assinado por Hugo. Novamente Pedro Mendes na jogada ao marcar o livre que Hugo acabou por emendar de cabeça para a baliza. 

O Taipas tentou reagir e foi já perto dos noventa minutos que conseguiu reduzir mas já era tarde para fazer mais, pelo que a vitória assentou como uma luva aos fafenses. 

A equipa do Travassós fica agora com cerca de meia hora por jogar da partida que também estava a efectuar nos Carvalhinhos contra o Vieira SC e que na altura em que foi interrompida devido ao nevoeiro se encontrava com uma igualdade a uma bola. Para já fica o sabor desta vitória e a certeza de terminar o ano a vencer, com a equipa dentro das expectativas traçadas para a temporada. 
.    

Camp. Nac. Seniores: AD Fafe, 1 - GD Bragança, 2



Texto e fotos: João Carlos Lopes  

Bragança aplica primeira derrota da época ao Fafe
.
- AD Fafe caiu para o 3.º lugar 


A AD Fafe recebeu o GD Bragança e sofreu a primeira derrota da temporada. Depois de ter ido para o intervalo a vencer com um golo de Filipe, a equipa fafense surgiu na segunda parte a jogar na expectativa e foi surpreendida em dois lances de bola parada, num canto e numa grande penalidade.

O Fafe jogou o segundo tempo em contenção e deixou os transmontanos acreditarem e ganharem confiança e isso acabou por custar caro aos fafenses. 



Nem o Fafe jogou para perder nem os transmontanos para ganhar mas o que contará para a estatística são os golos. Ficando ainda a dúvida do lance da grande penalidade que começou fora da área e se prolongou até dentro da mesma, altura em que o árbitro apitou.


Não foi uma grande partida de futebol para a melhor defesa de todos os campeonatos nacionais num jogo que dá novo alento aos brigantinos que ficam com os mesmos pontos da AD Fafe. Além de ter perdido, o Fafe continua sem ganhar a nenhum dos candidatos aos dois primeiros lugares. Com este resultado caiu para o terceiro lugar mais ainda depende só de si para garantir um dos dois lugares da frente, onde estão agora Limianos e Bragança. Nada está perdido e nas últimas três jornadas tudo é possível, por vão haver confrontos directos e já na próxima jornada o Bragança vai receber o Limianos e o Fafe vai ao Vianense outros dos derrotados desta jornada mas ainda na corrida. Dois jogos que podem definir já alguma coisa na tabela, ainda que nada seja definitivo pois ainda falta três jornadas para o final, estando nove pontos em disputa.  


RELATO CRONOLÓGICO DO JOGO 

Dia excelente para a prática de futebol mas com a chuva a ameaçar aparecer. Devido ao amarelo das cores do GD Bragança a AD Fafe vai jogar de branco nesta partida. De salientar que no GD de Bragança vai alinha de início o fafense Miguel Lemos. Também na AD Fafe, não vai jogar mas vai estar no banco, o antigo jogador do Bragança e agora adjunto da equipa técnica da AD Fafe, Frederico Ricardo. 

Sem Ferrinho e Silvestre Agostinho Bento chamou Tiago Ferreira e Adul à equipa. Já se joga. 

4' - Remate frontal de Miguel Lemos, na cobrança de um livre, a poucos metros da linha da área, a bola saiu com violência mas embateu na barreira. 

7' - Livre do capitão transmontano Rui Gil, descaído para a direita, a bola saiu junto ao segundo poste. 

9' - Boa incursão de Gil pela direita, acaba a ganhar canto quando ia fazer o cruzamento. Do canto nada resultou. 

12' - Joga-se mais no meio campo do Bragança. Fafe com mais posse de bola.

13' - Cruzamento/remate de João Nogueira quase surpreendia Ximena. 

16' - Remate de Tony na diagonal obrigou Pedro Freitas a defender por instinto. 

17' - Jogo numa fase monótona mais disputado a meio campo. 

24' - Um director do GD Bragança, foi expulso do banco por ter protestado veementemente com uma decisão do árbitro Pedro Maia.     


28' [1-0 GOLO ]- Bomba de Filipe do lado direito do ataque do Fafe, sobre a linha da área bateu Ximena sem apelo nem agravo, grande golo do jogador mais velho da AD Fafe que aproveitou da melhor maneira um mau passe de um jogador contrário.

29' - Respondeu de imediato o Bragança com Tony a proporcionar uma grande defesa a Pedro Freitas, que com uma palmada cedeu canto. 

36' - Canto para a formação transmontana com Fábio a cabecear ao lado da baliza de Pedro Freitas.

40' - Cartão amarelo para Filipe da AD Fafe e Tony do Bragança. 

44' - Cartão amarelo para Gamito do GD Bragança.

45' Depois do golo e da reacção do GD Bragança a partida perdeu algum interesse. 



[2.ª PARTE]

Iniciou-se a segunda parte sem alterações em quaisquer das equipas.

47' - Remate de Gil de fora da área embateu no corpo de um defensor do Bragança.   

49' - Zé Brochado, Dino e Castro estão em exercícios de aquecimento.

55' - Dez minutos de pouco interesse com as duas equipas a chegar às respectivas áreas contrárias mas sem criar perigo. Já houve inclusive cantos para os dois lados.

60' - Ténue tentativa de reacção do Bragança mas com a defensiva do Fafe muito atenta e sem deixar chegar a bola sequer junto da área. Fafe está a jogar mais na expectativa.

63' - Saiu Adul e entrou Dino na AD Fafe, na tentativa do treinador Agostinho Bento dar outra dinâmica à equipa. 

65' - Saiu Tony e entrou Digas no GD Bragança. 

67' - Cartão amarelo para João Nogueira. Bragança instalou-se no meio campo da AD Fafe que tenta jogar em contra-ataque. 

70' Jogada entre Dino e Raviola, este cruza para a área onde Filipe em remate de tesoura atirou ao lado. 

70' - Saiu Rui Gil e Pedro no GD Bragança. 

72' - Saiu Filipe e entro Pedro Castro na equipa da AD Fafe. Mais um bom jogo do veterano avançado fafense e marcador do único golo do jogo até ao momento. Mais uma tentativa de dar outra dimensão à equipa que apesar de não estar a arriscar no ataque não tem permitido qualquer atrevimento ao ataque transmontano.

77' - O jogo prossegue sem grandes expectativas. O Fafe defende bem e ataca pela certeza e o Bragança pouco faz para chegar à baliza de Pedro Freitas que tem sido um mero espectador. 

80' - Remate enrolado de Miguel Lemos na sequência de um canto foi à figura de Pedro. 

82' [1-1 GOLO]- Canto de Pedro na esquerda do ataque do Bragança e Digas a rematar de cabeça e a fazer o empate. 
   
84' - Saiu Tiago Ferreira e entrou João Leite para dar altura ao ataque do Fafe. 

85' - Cartão amarelo para Karaté do GD Bragança. 

89' - Pedro apareceu solto na área após passe de um colega e obrigou Pedro Freitas a defender com os pés. na sequência do canto apesar do remate de  


90' - [GOLO 1-2] Penalti para o GD Bragança. João Carneiro começou a agarrar Fábio fora da área e este caiu já dentro da mesma. O mesmo Fábio marcou o penalti e pôs o Bragança na frente.  

Terminou o jogo.


Jogo realizado no parque Municipal de Desportos, em Fafe. 

Árbitro: Pedro Maia (CA Porto), auxiliado por Nuno Soares e Jorge Silva.

AD FAFE: Pedro Freitas; Raviola, Ricardo Fernandes, Xavi (c), João Carneiro, André, João Nogueira, Tiago Ferreira (João Leite, 84'), Gil, Adul (Dino, 63') e Filipe (Pedro Castro, 72'). Treinador, Agostinho Bento. 

GD BRAGANÇA: Ximena; Sérgio, Rui Gil (c) (Pedro, 70'), Tony (Digas, 65'), Roman, Borges, Fábio, Karaté, Vítor, Miguel Lemos e Gamito. Treinador, Rui Vilarinho. 

ACÇÃO DISCIPLINAR:Tony, 40'; Filipe, 40'; Gamito, 44'; João Nogueira, 67'; Karaté, 85'; João Carneiro, 92'. 

MARCADOR: Filipe, 28'; Digas, 82' e Fábio, 91' (g.p.).
.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Andebol Juvenis - Torneio Cidade de Fafe: AC Fafe e ABC na final


Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

ACF contra ABC numa final de letras 


Ao vencer os dois jogos da sua série os juvenis do Andebol Clube de Fafe garantiram um lugar na final do Torneio de Natal- Cidade de Fafe que decorre entre a última sexta-feira e este Domingo no Pavilhão Municipal de Fafe.

A equipa fafense vai defrontar o ABC que teve um percurso idêntico na outra série.

No seu trajecto para a final a equipa do AC Fafe bateu a AAPL (Pòvoa de Lanhoso) por 30-29 no primeiro jogo e no segundo venceu a AA Águas Santas, por 27-26. 

Já o ABC venceu o Xico Andebol no primeiro jogo o 31-28 e Fermentões no no segundo, por 34-19. 

A final vai realizar-este Domingo pelas 16:45 horas No pavilhão Municipal de Desportos, em Fafe, com entrada livre. 

De salientar que participam neste torneio as equipas do AC Fafe, ABC, AAPL, CD Xico Andebol, AA Águas Santas e o CCR Fermentões. 
.

Futebol Popular - Taça Federação: URCD Regilde, 0 - FC Marinhão, 1

Texto: CSM 

Melhor jogo da época apenas com onze atletas

- Quarta vitória consecutiva da equipa do Marinhão

- Aos poucos a equipa mostra o que vale  

O FC Marinhão visitou e venceu por uma bola a zero o URCD Regilde, de Felgueiras, a contar para a 4.ª jornada da Taça Federação, organizada pela FFPN.

O FC Marinhão partia para este jogo muito desfalcado, apenas com 11 elementos que  fizeram todo o jogo, mas arrancou uma vitória a ferros, naquele que foi provavelmente o melhor jogo da época para os fafenses.

Contra uma equipa que apresentou um excelente futebol, o FC Marinhão começou o jogo um pouco na expectativa, ocupando bem os espaços.

A primeira ocasião de golo apareceria mesmo para os fafenses, com Ronaldo a aparecer isolado pela direita e a atirar ao poste da baliza adversária. O Marinhão mostrava muita raça a meio campo, mantendo o Regilde longe da sua área.

Albano Costa é o
treinador do FC Marinhão
A meio da primeira parte, apareceu o único golo do encontro. Sílvio bateu um livre a 15 metros da área, com Sandro a matar no peito e à saída do guarda-redes a desviar subtilmente, acabando o golo por ser confirmado pelo defesa do Regilde, já em cima da linha de golo. De notar a intervenção preciosa de Luís que pressionou o defesa adversário de forma a que este não conseguisse tirar a bola da baliza. O golo acabou atribuído, com justiça, ao avançado Luís.

Após o golo, o jogo manteve a toada, com a equipa do Regilde com mais bola, mas sempre longe da área do Marinhão, que ocupava os espaços de forma sublime.

Até ao final da primeira parte, só mais um lance de perigo, e novamente para o Marinhão. Ronaldo a aparecer novamente isolado pela direita, desta vez a desviar a bola do guarda-redes, mas a bola a sair rente ao poste da baliza do Regilde.

Na segunda parte viu-se novamente toda a raça da equipa fafense. O Regilde carregou, com algumas substituições, mas os onze do Marinhão vinham para levar os três pontos, e defenderam a sua baliza de forma espectacular. 

A melhor oportunidade da segunda parte surgiria novamente para o Marinhão, com Ronaldo a ganhar na direita e a cruzar rasteiro para o segundo poste, onde Luís ficou a milímetros de tocar a bola para a baliza adversária. O jogo acabaria minutos depois, sem mais lances de perigo.

O FC Marinhão termina o ano alcançando a 4.ª vitória consecutiva, relançando uma pequena esperança de conseguir o apuramento para a fase seguinte da taça Federação da FPN, dependendo de resultados de terceiros na última jornada.

Mesmo assim fica o jogo quase perfeito da equipa fafense, que uma vez mais mostrou que o arranque de época não condiz com o real valor da equipa. E para a história fica um jogo espectacular, de grande sofrimento, com uma vitória que premeia o grande sacrifício dos fafenses que se bateram espectacularmente.
.

Taça AF Braga: ACD Pica, 0 - Arões SC, 1

Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes 

Resolvido de penalti por Pablo 

Um golo apontado por Pablo aos 83' de grande penalidade colocou o Arões SC na próxima eliminatória da Taça AF de Braga, onde irá defrontar agora o CD Celeirós, precisamente a mesma equipa com quem perdeu no último jogo realizado para o campeonato. O Pica fez uma excelente primeira parte mas baqueou um pouco na segunda. No lance da grande penalidade o remate de Garcia foi praticamente à queima tendo a bola sofrido um desvio e apesar do central, Rampa, afirmar que a mesma lhe bateu no peito e não no braço, acabou expulso. Este jogo teve três equipas de Fafe em campo, porquanto a equipa de arbitragem chefiada por Pedro Costa também era fafense. 

O Pica tentou surpreender o Arões na primeira parte com um bom povoamento do terreno impedindo os aronenses de progredir em velocidade no terreno por falta de espaço, talvez por isso o seu jogador mais criativo, Pablo, jogasse muitas vezes em terrenos muito recuados. 

O primeiro remate pertenceu mesmo à equipa da casa com Edú a rematar para Paulo Jorge defender a dois tempos. Aos 6' o mesmo guarda-redes desviou uma bola com os pés negando o golo ao Pica. Aos 15' a bola sobrou à entrada da área do Arões, onde Tiago disparou com força mas o remate saiu ao lado. 

O Arões só teve um remate de algum perigo aos 23', com André a rematar já dentro da área, tendo Pimenta evitado o golo com os pés. Voltou o Pica à carga, no minuto seguinte, com Edú a rematar cruzado, com força mas sem direcção. 

O Arões marcou um golo aos 29', após lance de muita confusão na área do Pica mas o golo seria anulado. Livre de Pablo para a área, Pimenta disputou a bola com André e esta sobrou para Raimundo que atirou para o golo o qual foi prontamente anulado por carga sobre o guarda-redes. 

O Pica teve mais uma boa situação aos 31'. Vasco apareceu em vantagem em relação a Zezinho mas quando tentou mudar a bola para o pé direito acabou desarmado. 

Sobre o apito para o intervalo, Bruno Cunha rematou de fora da área para Pimenta encaixar. 

O Arões voltou a introduzir a bola na baliza aos 49' mas o golo foi anulado. Pablo marcou um livre ao segundo poste, com Zezinho a cabecear para a baliza mas, quase sobre a linha de golo André tocou na bola e foi-lhe assinalado fora-de-jogo. 

Aos 56', o Arões levou muito perigo junto da baliza do Pica. A bola saiu dos pés de Raimundo para André com este a deixar a bola passar para Bruno Cunha que rematou mas ao lado. Aos 59' Barbosa recebeu um passe de Bruno Cunha e ao tentar colocar demasiado o remate atirou ao lado. 

Era evidente a pressão do Arões na segunda parte e as dificuldades que o Pica tinha de chegar à baliza de Paulo Jorge que estava de forma tranquila a ver a sua equipa jogar. 

Decorria o minuto 72 quando Raimundo colocou a bola no segundo poste onde apareceu Bruno Cunha a rematar de primeira ao lado, perdendo o Arões mais uma boa oportunidade de golo. Aos 73', Barbosa atirou ao poste após cruzamento de Vítor Beijinhos e na recarga ganhou canto. Aos 77', novamente após cruzamento de Vítor Beijinhos Raimundo não conseguiu o desvio para o golo por muito pouco. 

Aos 81' Garcia que tinha entrado aos 67' para o lugar de André, rematou à queima dentro da área após passe de Gustinho mas a bola sofreu um desvio do corpo que Rampa que o árbitro considerou ser com o braço, apontando a marca de grande penalidade, tendo de seguida expulso o jogador do Pica. Depois de alguma contestação Pablo bateu forte e colocado fazendo o golo solitário da partida. 


Aos 88' o insólito aconteceu no jogo que deixou o Pica a jogar apenas com nove unidades que nem os jogadores do Pica se aperceberam e foram alertados pelo público. A história conta-se assim. Alguém do lado Pica levantou a placa com o número 29, o mesmo de Fernandes, que por sinal se encontrava perto do balneário e saiu de imediato. Porém, quem era para sair era o número 25, Rafa, que por estar perto do banco de suplentes foi informado verbalmente, originando duas saídas em simultâneo, sem que nenhum dos dois jogadores tivesse culpa. Só depois de alertado pelo público os jogadores do Pica se manifestaram para o seu banco que, de imediato mandou reentrar Fernandes que estava nas escadas de acesso ao balneário. Porém, o árbitro mandou-o esperar mais algum tempo. Entre a saída e a entrada passaram sensivelmente dois minutos numa situação pouco ortodoxa que raramente volta a acontecer mas que só acontece a quem lá. 

O árbitro ainda deu mais três minutos de compensação mas o resultado já estava feito e o Arões passa à eliminatória seguinte, a quarta.   
  

Jogo realizado no parque de Jogos da Pica       

Árbitro, Pedro Costa, auxiliado por Júlio Moura e Albano Correia. 

ACD PICA: Pimenta; Davide (c), Rampa, Tiago, Joel; Edú (Bruno Teixeira, 85'), Raúl, (Óscar, 75'), Brinca, Rafa (Álvaro, 88') e Vasco. Treinador, Luís Carlos.

ARÕES SC: Paulo Jorge; Vítor Beijinhos, Fernando Beijinhos, Zezinho, Hugo, Nené, Barbosa (Gustinho, 80'), Bruno Cunha, Pablo, André (Garcia, 67') e Raimundo (Kéke, 90'). Treinador, Miguel Paredes.

DISCIPLINA: Cartões amarelos: Joel, 48'; Hugo, 65'; Óscar, 79'; Vítor Beijinhos, 85' e Álvaro, 90+3. cartão Vermelho: Rampa, 82'. 

MARCADOR: Pablo, 83' (g.p.)
.

Benjamins - Série K AF Braga: OFC Antime, 2 - AD Fafe, 2

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Um empate que se ajusta 

O dérbi entre o OFC Antime e a AD Fafe de acerto de calendário ainda relativo à primeira jornada do Campeonato Distrital de Benjamins, Série K, jogou-se este Sábado e terminou com um empate a duas bolas. 

O jogo teve duas fazes distintas com  a equipa do Antime a ter algum ascendente sobre os fafenses na primeira parte e o Fafe a fazer o mesmo na segunda. 

Foi a equipa do Fafe a marcar primeiro através de Pedro que conseguiu marcar um canto directo, no lado esquerdo com o a sua equipa atacava. O Antime respondeu através de Zé que de pé esquerdo rematou com o guarda-redes do Fafe ainda a tocar na bola e esta a ir ao poste e entrar. 

Ainda antes do intervalo o Antime deu a volta ao marcador com um golo de Diogo Rosado com um remate de longe, tendo a bola batido à frente do guarda-redes fafense e passado por cima deste. 

Na segunda parte o Fafe superiorizou-se e chegou ao golo da igualdade através de Gabi que aproveitou um mau alívio da defesa antimense. Depois disso, podiam ter surgido mais golos quer numa baliza quer noutra com o Fafe a ter mais oportunidade para o fazer pois foi quem rematou mais nesta segunda parte. 

Depois deste jogo o Fafe continua uma posição à frente do Antime, com mais um ponto, com oito e sete pontos respectivamente. A melhor equipa fafense neste escalão é a do Ases de S. Jorge com 18 pontos, ocupando o terceiro lugar com menos um ponto que o 2.º Vitória de Guimarães e menos quatro que o primeiro Vizela, equipa que tem mais um jogo que os fafenses. Quem também está a fazer um bom campeonato é o Arões que segue em 4.º com 13 pontos. Já a outra equipa fafense deste escalão, o GD Fornelos, ocupa o décimo lugar, logo a seguir ao Antime, com sete pontos.  
.

Bruno Malhado regressa ao GD Travassós

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Acaba por subir um patamar 

O médio Bruno Malhado que recentemente deixou a ACD Pica, alegando motivos pessoais já tem novo Clube pois assumiu compromisso até ao final da temporada com o GD Travassós onde será orientado por Paulo Soares. 

O médio defensivo regressa assim a um Clube que bem conhece onde ficará às ordens de Paulo Soares, acabando por subir um patamar em relação à divisão que estava uma vez que o Travassós se encontra na Divisão Pró-Nacional. 


Bruno Malhado tem de 26 anos, e tinha-se transferido precisamente do GD Travassós para a ACD Pica onde se manteve por três época e meia depois de ter feito toda a formação na AD Fafe e ter passado pelo Cerva da AF Vila Real, também já representava os piquenses à quatro anos e, depois da lesão, estava a jogar com regularidade.

Tínhamo-lo dito que um jogador com as suas qualidades não ia ficar muito tempo sem jogar e a verdade é que logo após a notícia da sua saída do Pica começou a receber convites de vários clubes acabando por optar pelo GD Travassós. 
.  

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

AD Fafe tem a melhor defesa de todos os campeonatos nacionais


Texto e foto: João Carlos Lopes

Defesa de betão em equipa solidária 

A AD Fafe que continua a surpreender na presente temporada pois além de ainda não ter perdido, detém ao mesmo tempo, a melhor defesa de todos os Campeonatos Nacionais de Futebol à frente do Sporting e do FC Porto. 

A equipa orientada por Agostinho Bento sofreu apenas seis golos em 14 jogos a contar para o Campeonato Nacional de Seniores. Sporting CP (I Liga), FC Porto (I Liga), Vianense (CNS), Mafra (CNS), Pinhalnovense (CNS) e Boavista (CNS), são as equipas que se seguem, todas com nove golos sofridos no mesmo número de jogos. Depois seguem-se Vitória de Guimarães (I Liga) Mirandela (CNS) e Tourizense (CNS), com dez golos sofridos. 

Este é um prémio mais que merecido para um sector recuado quer conta basicamente com Pedro Freitas (GR), sendo que Zé Marçal também contribui para esta estatística pois já foi titular esta época enquanto o seu colega estava castigado. Depois os pilares na defesa são Raviola, João Carneiro, Xavi e João Leite, os mais utilizados. Primo jogou muito pouco esta temporada mas não fica de fora da estatística.    

Não são defesas mas também contribuíram muito para este sucesso porque quando é preciso estão solidários com os restantes companheiros. André, João Nogueira, Silvestre, Ferrinho, Vasco Cruz, Ferrinho, Tiago, Zé Brochado, Dino e Castro, claro está que uns mais que outros porque também jogaram mais minutos. 

Por último e não menos importantes, os avançados da equipa, quando foi necessário também ajudaram no sector recuado. Adul, Gil e Filipe também foram solidários quanto baste. Não podemos esquecer a equipa técnica, liderada por Agostinho Bento, que tem sabido gerir todos estes atletas. 

Tivesse a AD Fafe um matador e nesta altura provavelmente que já tinha garantido um dos dois lugares do topo da classificação, apesar de se encontrar em 1.º lugar mas ainda com quatro jogos por disputar dois deles contra adversários directos, o primeiro já no próximo Domingo contra o Bragança e logo de seguida na deslocação ao Vianense. 

Tudo indica que a AD Fafe vai manter a sua defesa ao melhor nível e até passar o ano no topo das menos batidas e também que a AD Fafe vai garantir um dos dois primeiros lugares e assim dar novo alento para a segunda fase com a visita de clubes diferentes e mais fortes dos que agora está a defrontar, sendo verdade que vai ser acompanhado por um deles nessa transição. 
.    


Agenda Desportiva de fim-de-semana

NOTA: Jogos dos escalões de formação da AD Fafe, OFC Antime, GDCR Golães, Ases S. Jorge, Arões SC, GD Fornelos, GD Travassós, GD Silvares, GD Vasco da Gama, Amigos de Quinchães, Grupo Nun'Alvares bem como as competições das Associações de Futebol Popular e de Futsal de Fafe, Andebol Clube de Fafe e ainda do Grupo Nun'Álvares, podem ser consultados na NOVA PÁGINA [ACTIVIDADES DE FIM DE SEMANA] deste Bolg Jornal em cartazes, na sua maioria, feitos pelos próprios clubes onde concentram as actividades de cada um. Nesses cartazes constam todas as actividades desportivas das respectivas Colectividades quando há competições.

CONSULTA A NOVA PÁGINA ACTIVIDADES DE FIM-DE SEMANA 


ANDEBOL 

TORNEIO DE NATAL - CIDADE DE FAFE  

Jogos no Pavilhão Municipal de Fafe  

VEJA O PROGRAMA AQUI 

FUTEBOL NACIONAL 

CAMPEONATO NACIONAL DE SENIORES

Domingo, 15:00 horas | Parque Municipal de Desportos, Fafe

AD Fafe - GD Bragança

FUTEBOL DISTRITAL - DIVISÃO PRÓ-NACIONAL AF BRAGA

GD Travassós - Caçadores das Taipas | Domingo, 15:00 horas | em Travassós, Fafe.


FUTEBOL DISTRITAL - TAÇA AF BRAGA

ACD Pica - Arões | Sábado, 14:30 horas | Campo de Jogos da Pica 

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL POPULAR FAFE  

.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Camp. Nac. Seniores: AD Fafe - GD Bragança é Dia do Clube

.
.

Taça AF Braga: ACD Pica - Arões SC é este Sábado às 14:30

.
.

Andebol - Juvenis: Torneio Cidade de Fafe de 27 a 29 de Dezembro


Divisão Pró-Nacional: GD Travassós - CC Taipas é este Domingo

.
.

Pista de Cicloturismo: Cuidado! Perigo à espreita!

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

De pedras gigantes a terras e árvores caídas 

O temporal que nos últimos dias se fez sentir em todo o país, não poupou o Concelho de Fafe nem a pista de cicloturismo que é frequentada todos os dias por dezenas de pessoas que caminham a pé ou andam de bicicleta. 

Desde derrocadas de terras pois a chuva deixou os solos muito permeáveis com a grande quantidade de precipitação que caiu, pequenas derrocadas de pedras a uma de uma pedra de grandes proporções que no seu percurso tombou árvores tombou árvores e partiu tudo que encontrou pelo caminho tudo aconteceu nestes dias de temporal, sem contudo serem conhecidos danos humanos. Aliás esta pedra só terminou o seu percurso graças a um dos postes que foram colocados para iluminação, caso contrário poderia ter galgado a pista e atingido as casas que estavam do outro lado da mesma.  

A Câmara Municipal e Fafe, como tem sido seu apanágio de pronto procurou deixar a pista circulável. No entanto o perigo agora não está naquilo que aconteceu mas mais no que poderá ainda acontecer, uma vez que a fortes chuvadas deixaram fendas nas terras das encostas e as mesmas, juntamente, com algumas pedras, poderão vir a deslizar, daí todo o cuidado que se deve ter para não se ser surpreendido por uma destas derrocadas. pelo menos até que o tempo melhore e as terras consolidem de novo.
.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Infantis do Arões SC e do OFC Antime realizaram jogo-treino


Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva

Prevalecem as boas relações entre os clubes

- Jogo terminou com um empate a três golos

Num fim-de-semana em que os campeonatos das camadas jovens pararam, além da proximidade da quadra natalícia, as equipas de Infantis do Arões SC e do OFC Antime realizaram, no passado sábado, um jogo-treino entre as suas formações, que participam nos distritais da AF Braga.

As boas relações entre os dois clubes fafenses voltaram a estar em evidência neste convívio, onde, para além da possibilidade de confraternização, troca e partilha de ideias, foi particular destaque o facto de Arões e Antime terem jogado em todo o campo, com onze jogadores, o que acabou por ser uma experiência, dado que na competição oficial ambas jogam no futebol de sete.

O resultado pouco importou, num jogo em que ambos os técnicos aproveitaram para observar a evolução dos seus atletas. Os seis golos marcados resultaram num empate a três, numa manhã que se tornou colorida pela componente da amizade e pelos bons adeptos das duas equipas, que apesar de se tratar de um jogo-treino, não deixaram de dar incentivo e apoio de fora para dentro das quatro linhas.
.

OFC Antime teve um mega jantar de Natal




Texto e fotos: João Carlos Lopes


O maior de sempre na história do Clube

No ano do seu 70.º Aniversário e em que o Operário Futebol de Antime oficializou as suas escolinhas de Futebol com mais de meia centena de crianças, o habitual jantar de Natal foi o maior de sempre, reunindo toda a grande família do Antime desde as escolinhas aos seniores. Ao tudo, numa sala totalmente lotada, estavam mais de duzentas pessoas, o que revela bem a postura séria e idónea com que a agremiação antimense encara o desporto. 

A grande participação dos pais das crianças revela a forma como o Clube as tem acarinhado, sendo mesmo elas a dar o verdadeiro toque de Natal nesta festa ao fazerem grande algazarra, extravasando toda a sua alegria. Aqui, louva-se também o excelente trabalho que os responsáveis pela formação têm feito, com uma grande sintonia com os restantes órgãos da Direcção, não deixando que nada falte aos pequenos operários, fazendo com quem se sintam acarinhados e abençoados por estarem ao serviço de um clube como este, onde nada falta. 

A mesa de honra foi composta, para além dos membros da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal, pelo Vereador do Desporto e representante da Câmara Municipal de Fafe, Pompeu Miguel Martins, o representante da Junta de Freguesia de Antime e do Infantário de Antime e S. Clemente José Manuel, o grande amigo do Clube, Dr. João Silva Rego e o principal patrocinador da equipa sénior António Augusto Pinto, gerente da Fabincal Calçados. 

Enquanto a Direcção presenteou os patrocinadores com um quadro que continha uma foto das respectivas equipas, os responsáveis pela formação ofereceram um gorro a cada um dos seus pequenos operários para marcar simbolicamente esta quadra que se caracteriza por dar e receber. No entanto é do conhecimento geral que a generosidade é sentida pelos atletas durante toda a época, com ofertas de equipamentos, fatos de treino, agasalhos e com o pagamento de uma mensalidade simbólica. 

Na hora dos discursos o presidente Jorge Marinheiro regozijou-se pela grande família que tinha na sua presença e desabafou ao dizer “nunca o Antime teve uma festa de Natal com tanta e tão boa gente junta”, para depois dizer que a mesma “revela a pujança da Colectividade”. 

Relativamente á equipa sénior Jorge Marinheiro disse que “o desempenho da mesma está dentro do projectado e que estão orgulhosos dos jogadores e da forma digna como representam o Clube com um fair-play de fazer inveja a muita gente. A nossa confiança em vós é inabalável”, disse o timoneiro do Operário.

Sobre a formação, o presidente do OFCA salientou que esta “é a menina dos olhos do Clube nesta altura. Sentimo-nos orgulhosos de contribuir para o crescimento dos atletas enquanto jovens”. Mas referiu “que primeiro têm de ser bons alunos para poderem ser bons jogadores. Para isso a formação antimense conta com a colaboração de todos os pais”. Referiu ainda que “não estamos na formação para ganhar dinheiro mas sim para contribuir para o desenvolvimento físico e intelectual e só depois o desportivo. No Antime não falta nada a ninguém seja em que escalão for”, referiu. 

Por último dirigiu-se ao vereador do Desporto, Pompeu Martins, para fazer um pedido que não foi só para o Antime, “resolver o problema dos transportes para as crianças da formação. É preciso arranjar alternativas e não só para o Antime”. 

Ainda falaram o representante da Junta de Freguesia, José Manuel, que salientou que gostam de ajudar e que o Antime é rico em instituições e que tanto o Infantário como a Junta têm colaborado com todas”. Também o capitão da equipa sénior, Oliveira, disse que estão todos bem neste clube, falando dos seniores e da equipa de formação que ajuda a treinar”. 

A encerrar o protocolo, falou Pompeu Miguel Martins, que reforçou o facto deste “ser o maior jantar de que tem memória num Clube que é uma referência no Concelho de Fafe”. Sobre a formação frisou que os sintéticos são um investimento e a prova está no que o Antime está a fazer, pois foi para isto que os sintéticos foram feitos. Muita gente se questionou para que se gastou tanto dinheiro nos sintéticos em tempo de crise. Está aqui a prova”, reforçou. Relativamente aos transportes, diz “assumir o compromisso no apoio. No entanto, salienta que “termina agora um quadro comunitário de apoio e começa outro em 2014, que só terá efeitos em 2015”. 

A festa prosseguiu depois com alegria até à debandada final.
.

Futsal Popular (AFPF) - Feminino: Resultados/Classificação

 .
-

Futsal Popular (AFPF) - Veteranos: Resultados/Classificação

.
.

Futebol Popular (AFPF) - Séniores - Taça CIdade Fafe: Resultados/Classificação

.
.

Futebol Popular (AFPF) - Sub 13: Resultados/Classificação

.
.

Futebol Popular (AFPF) - Sub 17: Resultados/Classificação

.
.

Div. Pró-Nacional: Travassós - Taipas joga-se a 29 de Dezembro

Texto João Carlos Lopes / Foto: Gil Soares 

Fica ainda por realizar o que 
resta do GD Travassós - Vieira SC

O jogo entre o GD Travassós e o Clube Caçadores das Taipas a contar para a 17.ª jornada do Campeonato da Divisão Pró-Nacional da AF Braga não se realizou devido ao intenso nevoeiro que se fez sentir no Campo dos Carvalhinhos na tarde do último Domingo. Depois de cumpridas as formalidades legais e de acordo com os regulamentos da Federação Portuguesa de Futebol o jogo não se efectuou. 

Jogo que ficou no entretanto adiado para o dia 29 de Dezembro, por comum acordo entre as três partes, AF Braga, GD Travassós e Clube Caçadores das Taipas.

De recordar que ainda recentemente e pelo mesmo motivo o jogo entre o GD Travassós e o Vieira SC pois foi interrompido quando estava disputada cerca de uma hora. Nesse jogo verificava-se uma igualdade a uma bola e, segundo os regulamentos será apenas jogado o tempo restante. Por estes motivos o Travassós tem menos dois jogos que a maioria das outras equipas.

.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

ADF Natação nos Campeonatos Nacionais de Piscina Curta e Zonal Norte



Texto e foto: AD Fafe 

Tiago Teixeira sobressaiu 

5 novos recordes pessoais

- Honroso 10.º lugar nas medalhas entre 70 Clubes

ADF Natação encerra primeiro ciclo de competições da época 2013/14 com brilhante participação nos Campeonatos Nacionais de Juniores e Seniores com 4 pódios e a consagração de Tiago Teixeira nos estilos de Costas e Livres e obtenção de mais 2 mínimos para o estágio da Selecção Nacional.

A equipa de juniores e seniores da ADF – natação constituída pelos nadadores Tiago Teixeira, Vítor Cunha, Paulo Magalhães, Paulo Miranda, Inês Bastos, Ana Meireles, acompanhados pelos treinadores Filipe Carvalho e Filipe Marinho, participaram de 20 a 22 de Dezembro nos Campeonatos Nacionais de piscina curta que decorreram nas piscinas municipais de Felgueiras. 

Estes Campeonatos Nacionais registaram a participação de 441 nadadores (274 masculinos e 167 Femininos) em representação de 70 clubes e traduziu-se num sucesso desportivo para a natação fafense. Sendo considerado o ponto alto deste período da época, antes da paragem de natal em termos de competições, esta também era a terceira competição em quatro fins-de-semana. Como tal e analisando as 14 provas individuais e 1 estafeta nadadas pela totalidade dos nadadores da ADF merecem especial referência os 5 novos recordes pessoais, um deles por estafetas e os 2 mínimos obtidos por Tiago Teixeira nos 200 Livres e 100 Costas. 

Em termos de prestação individual destacamos todos os nadadores fafenses presentes nestes campeonatos porque entendemos que a sua presença nesta competição é por si só feito de grande mérito, não só para eles, mas também para a estrutura do clube, os treinadores (os actuais, mas também aqueles que participaram na sua formação) e os pais. 

Mesmo assim, analisando desportivamente os resultados obtidos no conjunto das participações individuais merece grande destaque a prestação altamente competitiva do nadador Tiago Teixeira, que após ter participado ao mais alto nível em Leiria nos Campeonatos Nacionais de Clubes, voltou a afirmar todo o seu talento na natação ao obter o ouro nos 100 Livres (51,32) e 50 Costas (26,39 – novo recorde pessoal), prata nos 50 Livres (23,54), bronze nos 100 Costas (57,32 – mínimo para estágio da Selecção Nacional), 5.º lugar nos 200 Livres (1:52,78 – à 6 décimas do primeiro lugar e também mínimo para estágio da Selecção Nacional); Paulo Magalhães com 1 novo recorde pessoal nos 100 Livres (54,17); Paulo Miranda com novo máximo aos 100 Livres (57,84), Vítor Cunha a melhorar também os 100 Livres (55,77), assim como o Paulo Magalhães (54,17); Beatriz Meireles que após ter melhorado substancialmente os seus tempos nas últimas competições conseguiu desta feita obter novo máximo aos 50 Costas (31:80). Por fim uma palavra de apreço para a nadadora Inês Bastos que não tem conseguido atingir o nível a que nos habituou, mas acreditamos que nos tempos mais próximos voltará a mostrar o seu melhor nado. Colectivamente assinalamos o 5.º Lugar da estafetas de 4x100 Livres obtido pelos nadadores Tiago Teixeira, Paulo Magalhães, Vítor Cunha e Paulo Miranda com o tempo de 3:39,15 (novo recorde face ao anterior tempo de 3:42,14). 

Estes campeonatos ficaram marcados pelo elevado nível competitivo e ao longo da competição foram estabelecidos 23 novos recordes nacionais (seis absolutos, cinco seniores e doze juniores) e observando o medalheiro da competição a ADF Natação obtém um honroso 10.º lugar (em 70 Clubes) no número de medalhas conquistadas. 

Nos dias 13, 14 e 15 de Dezembro tinha sido a vez dos juvenis participarem no Torneio Zonal no Complexo de Piscinas do Clube Fluvial Portuense. Esta prova de cariz nacional referente a zona norte contou com a presença de 246 nadadores (126 masculinos e 120 Femininos) em representação de 40 clubes. A natação fafense esteve representada pelos juvenis Luís Fonseca, Natália Cunha e Noémia Verdi que nadaram um conjunto de 8 provas. Em suma, o nadador Luís Fonseca melhorou a globalidade das suas marcas (4 provas nadadas, 4 novos recordes pessoais), caso dos 200 Livres (2:04,58), 1500L (17:45,89), 200 Estilos 2:24,07 e 400 Estilos (5:05,23) ficando o sabor amargo de não ter alcançado os mínimos para os campeonatos nacionais por menos de 1 segundo em 3 delas. No caso da Natália Cunha a vontade e o querer deram os seus frutos, nadando apenas uma prova, os 200 Costas a atleta melhorou substancialmente o seu tempo de inscrição, realizando mínimos de participação para os campeonatos nacionais. A atleta Noémia verdi ainda em recuperação de uma lombalgia que a assolou nos tempos mais recentes teve nestes campeonatos uma participação modesta face ao seu real valor, que acreditamos que voltará a atingir já nas próximas competições. 

Por fim uma palavra de apreço e reconhecimento à todos aqueles que durante o fim-de-semana fizeram questão de lembrar e participar, directa ou indirectamente no apoio à natação da ADF. 
.