.

.
.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Fafe lés-a-lés visto por Ernesto Brochado

.

Desenho de Ernesto Brochado
.
O Portugal Lés a lés, em motociclismo, começa já no dia 8 em Fafe e antes de abandonarem o Concelho os motociclistas vão conhecê-lo de lés-a-lés em duas rodas. Excelente trabalho o desenho do artista Ernesto Brochado a ilustrar o trajecto a percorrer em Fafe por esta actividade que conta com mil "motards" e vai percorrer Portugal inteiro com destino a Aljezur, no Algarve. Este é, sem dúvida um mapa de Fafe nunca antes visto.
.

AD Fafe: Hoje há eleições e novo presidente deve surgir de dentro

Texto e foto: João Carlos Lopes

Até finais de Junho não há vazio directivo

A AD Fafe vai a votos esta noite, pelas 21:30 horas, no seu auditório e ainda que não exista, por enquanto, impasse directivo, pois a presente Direcção mantém-se em funções até final de Junho, há necessidade de eleger os novos corpos gerentes para começar a preparar a nova temporada e, acima de tudo, para não deixar fugir os jogadores que interessam ao Clube e que brilhantemente representaram a AD Fafe na época passada, sendo verdade que alguns deles estão a ser cobiçados por outros emblemas e alguns não devem resistir a esses apelos.  

Ao que tudo indica o Clube pode mudar de presidente mas a solução directiva vai partir desta mesma direcção com um dos actuais vice-presidentes a assumir o cargo que até agora foi ocupado nos últimos mandatos por Albino Salgado. Pelo menos assim se tem movimentado nos últimos tempos, tendo inclusive feito convites a outras pessoas ligadas ao desporto para integrar a Direcção da AD Fafe. Isto porque, parece haver intenção de substituir alguns elementos da actual direcção que foram criando certos "atritos", ao longo dos últimos anos e meter gente nova e activa conhecedora do meio.    

Apesar do visível esforço em reduzir às despesas do Clube, nomeadamente com o pagamento de vencimento a jogadores que tem sido encurtado de ano para ano, o passivo acumulado, "anunciado em cera de 900 mil euros, incluindo já os processos de contencioso" assusta qualquer outro candidato que queira tomar as rédeas da AD Fafe, quanto mais que na última Assembleia Geral foram anunciadas "dívidas ocultas e silenciadas". 
.

Pedestrianismo: Vamos "Descobrir o vale do rio Mau com os Restauradores da Granja

.
.
.

Arões SC - II Torneio FUT 7 VETERANOS: Resultados

.
RESULTADOS 

1.ª jornada | qua 29 Maio 2013

Restaurante D. José/Amigos de S.Romão 1 - Gerações Arões 1

Jorge Lemos & Filhos 0 - Tubarões 2

: Próximos jogos ::

2.ª jornada | sex 31 maio 2013

22h15: Amigos de Travassós - Restaurante D.José/Amigos de S.Romão

2.ª jornada | sáb 1 junho 2013

18h00: Cepanense - Pastelaria Refugium

19h00: Gerações Arões - Jorge Lemos & Filhos
.
20h00: Os Tubarões - OFC Antime / GBF
.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

OFC Antime: Programa das comemorações dos 70 anos

.
.

Festa do Futsal: Sábado 17 horas Pavilhão Municipal

.
.

Rali TT serras do Norte este fim-de-semana em Fafe

Texto: VR

Todo o terreno e velocidade ao melhor nível

No próximo sábado dia 1 de junho irá para a estrada a vigésima edição do Rali TT Serras do Norte, com a Super Especial a ser disputada pelas 15H20 nas especiais do WRC de Fafe, sendo percorrida pelas 22 equipas duas vezes, nesta segunda jornada do Campeonato de Portugal de Todo o Terreno.Para esta edição, o Motor Clube de Guimarães contará com o apoio das Câmaras Municipais de Fafe e Ribeira de Pena e do Sipsmith London dry gin.


O Rali TT Serras do Norte terá um percurso com cerca de 260 km ao cronómetro, sendo composto por uma Super Especial, que será percorrida no dia 1 de junho por duas vezes, e que ditará a ordem da partida para o primeiro Sector Seletivo com 122 km, que se disputará no dia seguinte e será percorrido por duas vezes. 

A partida será dada pelas 9H30, enquanto a segunda passagem está prevista para as 12H30, terminando junto ao Pavilhão Multiusos de Fafe, local escolhido para o pódio pelas 18H00.

Os rigores do Inverno obrigaram a trabalhos redobrados, mas o percurso terá pisos aceitáveis, intercalado com zonas técnicas e rápidas, idêntico ao da última edição.

Como já vem sendo habitual, o Motor Clube de Guimarães simplificou a deslocação dos espectadores, que assim poderão presenciar o evoluir deste Rali TT em vários pontos do percurso, destacando vários pontos da EN 312.

Os principais intervenientes marcarão presença neste evento, destacando o Campeão Nacional Miguel Barbosa no Mitsubishi Racing Lancer, Nuno Matos em Opel, Helder Oliveira no BMW Proto, Rui Sousa em Isuzu D-Max, Ricardo Porém no Evoque Cattiva e Pedro Grancha BMW EVO X1. Será este o grupo de pilotos que animarão a discussão pelo triunfo, mas há outras categorias em que a luta pela vitória será grande.
.

Andebol Clube de Fafe: Jogos para os dias 1 e 2 de Junho

.
.

Futsal Feminino: Veja as jogadas e os golos da Final da Taça Cidade de Fafe

.
Um trabalho de Vera Gonçalves

Futsal - Formação: Captações no Grupo Nun'Álvares

.
.

Veteranos da UD Fafe A60 com prestigioso convite de Espanha

Texto: João Carlos Lopes 

IV Torneo Internacional San Xoan Vila de Sarria 

O prestígio dos Veteranos da União Desportiva Fafe Anos 60 não pára de aumentar, sucedendo-se os convites para a participação em diversos torneios. Que serão três num curto espaço de tempo, em Penafiel, em Antime e também a 22 e 23 de Junho em Espanha onde marcarão presença no IV Torneo Internacional San Xoan Vila de Sarria. 

Este torneio em Espanha é um certame de futebol de Veteranos nunca visto em Portugal que vai juntar naquela Vila espanhola duas dezenas de equipas de Veteranos de Futebol, naquilo que será acima de tudo um grande convívio internacional entre antigos futebolistas.

Sarria é uma Vila espanhola da região autónoma da Galiza, pertencente à província de Lugo com uma superfície de 185 km quadrados e uma população de 13.524 habitantes e que tem como santo padroeiro San Juan (S. João). Esta Vila tem como pontos de principal interesse turístico a O mosteito de Madalena, a Igreja de Santa Marina, a Torre de um antigo castelo e uma ponte romana sobre o Rio Celeiro, encontrando-se dentro da rota do caminho de Santiago. 

É nesta simpática Vila que os português vão mostrar a sua qualidade futebolística mas acima de tudo o saber estar e conviver que de resto já é uma bandeira da UDF que marca todos os locais por onde passa pela  contagiante  boa disposição o que faz desta colectividade fafense uma das mais requisitadas para fazer jogos de veteranos em Portugal mas, nos últimos anos a receber inúmeros convites também para fora do país.
.

AD Fafe: Assembleia-Geral para Eleição dos Corpos Gerentes

.
"Associação Desportiva de Fafe

2.ª CONVOCATÓRIA

Nos termos Estatutários e Regulamentares convoco os estimados sócios da Associação Desportiva de Fafe para a continuação da Assembleia Geral Eleitoral de 24 de Maio de 2013 para o dia 31 do mês em curso pelas 21.30 horas.


PONTO ÚNICO


Eleições dos Corpos Dirigentes do Clube, Assembleia Geral, Direcção, Conselho Fiscal e Conselho Geral.

Fafe, 27 de Maio de 2013-05-27

O Presidente da mesa da Assembleia Geral,


José Manuel Ribeiro Cardoso"
.

Rali Cidade de Fafe: Castela e Faria triunfaram

Texto e foto: autosport 

Reinado de Castela e Faria  

Numa organização do Demoporto, o Rali da Cidade de Fafe coroou a dupla João Castela e Ricardo Faria, que, num Citroën Saxo venceu a prova pontuável para o Campeonato Inter Municípios Norte (CIN) e também o Rallysprint. Na primeira competição Castela bateu Gaspar Pinto num BMW M3, enquanto Hélder Miranda num SEAT Ibiza consolidou o terceiro posto nos troços que tiveram como cenário a Barragem da Queimadela.
Já no Rallysprint, o piloto do Saxo voltou a ser o mais eficaz, relegando, desta feita, Rui Ribeiro, num Ford Escort MK I para o lugar intermédio do pódio, enquanto o mesmo Hélder Miranda que já tinha fechado o pódio no CIN repetiu também a proeza no Rally Sprint após quatro passagens pelo troço da Queimadela.

Classificação CIN: 
1º João Castela/Ricardo Faria (Citroën Saxo), 11m04,3s; 2º Gaspar Pinto/Alberto Santos (BMW M3), a 1,6s; 3º Hélder Miranda/Rui Teixeira (SEAT Ibiza), a 2,4s; 4º Domingos Silva/Ricardo Oliveira (Fiat Punto GT), a 8,2s; 5º Jacinto Oliveira/Marco Costa (Renault Megane RS), a 11,6s. Classificaram-se mais 27 concorrentes.

Classificação Rallysprint:
1º João Castela/Ricardo Faria (Citroën Saxo), 14m42,7s; 2º Rui Ribeiro/Pedro Fernandes (Ford Escort), a 6,0s; 3º Hélder Miranda/Rui Teixeira (SEAT Ibiza), a 16,3s; 4º Domingos Silva/Ricardo Oliveira (Fiat Punto HGT), a 12,6s; 5º Gaspar Pinto/Alberto Santos (BMW M3), a 16,3s. Classificaram-se mais 19 concorrentes.
.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

AD Fafe - Captações para as camadas jovens: Datas e horários

.
.

Pedestrianismo: Restauradores vão "Descobrir o vale do rio Mau"

“Descobrir o vale do rio Mau”
Rio Mau – Penafiel
02-junho-2013

A Secção de Pedestrianismo dos Restauradores da Granja propõe para o próximo dia 2 de Junho (domingo) conhecer o “vale do rio Mau”.

É no monte castrejo do Mosinho que começa a ganhar vida e até se juntar ao rio Douro, junto da localidade com o mesmo nome, o rio Mau percorre cerca de 10 km em parte por um profundo vale entre a Serra da Boneca e a Serra das Banjas.

Será este trecho do rio que iremos conhecer com uma espetacular paisagem, de cores vivas e uma linda vista sobre o rio Douro…

Tudo faremos para que seja um dia com boas recordações!

Não se esqueça, o dia está por nossa conta!

* * *
Data: 02 de Junho de 2013, domingo

09:30 horas: abertura do secretariado na adega Lisboa em Rio Mau.
                    (junto da ponte do rio Mau)
                   
                     GPS: N41 03.168  W8 22.536

                     (estrada nacional 108, Porto – Entre-os-Rios)

10:00 Horas: Início da marcha (sem tolerância).

16:00 Horas: Previsão de chegada do final da marcha.

16:30 Horas:
           - Convívio gastronómico “trás do teu, come de todos”.


Taxa de Inscrição/Marcha: Efectuadas e pagas até de 31 de maio 2013

- Sócios dos Restauradores da Granja, com as quotas em dia e portadores da licença de montanheiro: 2,00 caminhadas;
- Restantes participantes: 5,00 caminhadas;

Elementos para efetuar o seguro: nome, data nascimento, n.º BI ou CC e NIF

Não esquecer: roupa confortável e calçado apropriado (levar uma muda de roupa), chapéu ou boné, mochila com água, sandes, fruta, saco para o lixo e a máquina fotográfica.
* * *
Organização: Restauradores da Granja/Fafe – Secção de Pedestrianismo

Apoios: Junta de Freguesia de Fafe

Colaboração: Jornal “Notícias de Fafe” / Montelongo Desportivo http://montelongodesportivo.blogspot.com/

.

OFC Antime: Torneio de Benjamins anima o dia da criança

.
.

Veteranos da UD Fafe participam no VII Torneio Cidade de Penafiel

.
.

AF Braga: Festa do Futebol Distrital já tem horários

.
.

Torneio Triangular de Veteranos em Antime com 3 equipas da "casa"

.
.

II Torneio Futebol 7 Arões SC - Veteranos: Resultados

.
1.ª jornada | ter 28 Maio 2013 

OFC Antime/GBF, 3 - Cepanense, 2

Pastelaria Refugium, 0 - Amigos de Travassós, 6

:: Próximos jogos ::

1.ª jornada | qua 29 Maio 2013

21h00: Restaurante D. José/Amigos de S. Romão - Gerações Arões


22h00: Jorge Lemos & Filhos - Tubarões
.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Futebol - Formação: Resultados

.
JUNIORES – 1.ª DIVISÃO – SÉRIE C


GRC Aldão, 2 - GD Travassós, 1


Arões SC, 2 – Santa Eulália, 1 

JUVENIS – 2.ª DIVISÃO – SÉRIE C

GD Vasco Gama, 1 – AD Fafe, 2



INICIADOS – 2.ª DIVISÃO – SÉRIE D


AD Fafe, 3 - Vasco da Gama, 0


CRP Delães, 0 - Arões SC, 3

INFANTIS – PROVA EXTRAORDINÁRIA – FASE FINAL

Competição realizada em Fafe


Meias-finais


F.C. Famalicão, 3 - Gil Vicente, 3 * 


Ases S. Jorge, 1* - Vitória S.C., 1


3.º e 4.º lugares 

F.C. Famalicão, 0 - Vitória S.C., 4


Final 

Gil Vicente, 1* - Ases S. Jorge, 1

 * equipa vencedora na decisão por penaltis 
.

Embaixador da Cidade Europeia do Desporto 2013 no Centro Budo de Fafe

Redacção 

"Presenteou alguns atletas do Centro Budo com o treino 
de uma riqueza e variabilidade técnica extraordinária"


No dia 24 de Maio, o Centro Budo de Fafe (CBF), teve o privilégio de receber nas suas instalações o Embaixador Sénior de Guimarães - Cidade Europeia do Desporto 2013, Sensei António Hermínio Moreira da Silva, 6º Dan de Karaté Shotokan da Kaizendo Associação de Karate (KAK). 


“Esta figura do karate nacional presenteou alguns atletas do Centro Budo com o treino de uma riqueza e variabilidade técnica extraordinária, demonstrando os imensos conhecimentos e experiências adquiridas ao longo de muitos anos de prática, junto de conceituados mestres.” disse fonte do CBF.


A sua designação como Embaixador Sénior de Guimarães Cidade Europeia do Desporto 2013 para além de enobrecer a nossa modalidade, orgulha o CBF de ter convivido com tamanha personalidade.
.

Troféu Rilhadas Kart/MC: Luís Pereira é o novo líder

Redacção 


Luta renhida pelo "poleiro"

Apesar de se tratar de uma “competição” mais direccionada para o convívio entre amigos, não há dúvida de que a mesma começa a tornar-se cada vez mais interessante de seguir, não só pela camaradagem entre os pilotos mas essencialmente pela competitividade em pista. 

A 4ª prova não fugiu á regra e podemos assistir a mais 3 corridas de grande nível no passado sábado. 

Debaixo de muito calor, os treinos cronometrados demonstraram desde logo que teríamos pela frente corridas muito animadas. Duarte Castro foi o mais rápido, alcançando a primeira pole position do ano seguido do seu irmão, André Castro e Carlos Pinto. Luis J. Pereira, Orlando Pereira e J. Marques Mendes fecharam os 6 primeiros lugares da grelha por esta ordem. 

Na primeira corrida, Duarte Castro arrancou na frente de André Castro e Carlos Pinto que se envolveram num incidente ainda durante a primeira volta, deixando o autor da pole isolado na frente da corrida, conseguindo assim a vitória ao fim das 14 voltas. Luis J. Pereira passou ileso no incidente da primeira volta e instalou-se na segunda posição até ao final, conseguindo assim um excelente resultado para o campeonato. Carlos Pinto, autor da volta mais rápida da corrida, cortou a meta em 4º mas vítima de uma penalização caiu para 7º. Com isso, Orlando Pereira surpreendeu e terminou em quarto na frente de Carlos Costa que também imprimiu um bom ritmo durante a corrida. 

Para a segunda corrida, com as posições na grelha invertidas, foi o piloto convidado (Vítor Pascoal) que arrancou da pole e manteve-se na frente da corrida quase até final, mas não resistiu aos ataques de André Castro e ficou num excelente 2º posto. Duarte Castro arrancou de 10º, mas fruto da sua rapidez foi subindo lugares terminando a corrida no último lugar do pódio, fazendo também a volta mais rápida da corrida. José Nogueira mostrou que cada vez está com um ritmo mais próximo dos primeiros e terminou em 4º na frente de Carlos Costa. Carlos Pinto ficou-se pelo 6º posto. 

Para a ultima corrida do dia, foi o até então líder do troféu (Pedro Morais) que arrancou da pole e tudo fez para segurar o primeiro lugar durante a corrida, mas devido ao lastro que tinha no seu karting, não consegui resistir aos ataques de vários pilotos e foi caindo posições vindo a terminar em 7º. Quem finalmente consegui impor um bom ritmo foi Carlos Pinto que se mostrou bastante rápido e consegui vencer a corrida, seguido de muito perto por Duarte Castro. André Castro foi 3º e conseguiu a volta mais rápida da corrida e Luis J. Pereira, que esteve muito regular ao longo do dia terminou em 4º e com isso posicionou-se na liderança do troféu por troca com Pedro Morais. Mais uma vez em destaque, esteve Orlando Pereira que foi 5º e Carlos Costa terminou em 6º. 

Após 4 provas e 12 corridas, Luis J. Pereira assume a liderança do troféu mas tem logo atrás André Castro, Pedro Morais e Carlos Pinto que certamente lhe darão muita luta até final do ano. 

Próxima prova será a 22 de Junho com a particularidade de as 3 corridas serem disputadas sob luz artificial e numa nova variante da pista adivinhando-se ainda mais animação. 
.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Vítor Pacheco já não é treinador do GD Silvares

Texto e fotos: João Carlos Lopes 


Terminou um ciclo de dois anos 


- Treinador deixou trabalho feito 

Vítor Pacheco que treinou o GD Silvares nas duas últimas épocas terminou um ciclo naquele Clube da Freguesia de S. Martinho, o qual coincide também com o mandato da actual Direcção presidida por Jorge Teixeira. Em conjunto devolveram a dignidade desportiva ao Silvares pois quando tomaram as respectivas posses o clube parecia ter os dias contados e estava até em riscos de não beneficiar do campo sintético por via disso. 

Pacheco é um jovem técnico de 32 anos, natural de Várzea, Felgueiras, funcionário público de profissão, mas um apaixonado pelo desporto em geral e pelo futebol em particular. Como técnico começou por baixo, nas escolinha s do FC Felgueiras, e já possui o curso de II Nível de treinador o que lhe permite treinar equipas da II Divisão B, e equipas do Nacional em camadas jovens, coisa que o I Nível não permite, Pode ainda ser treinador adjunto na II liga de futebol Profissional. Desde 2009 que faz parte do departamento de Scouting do Sporting Clube de Portugal, como observador do departamento de formação, tendo sido promovido em 2012 a observador residente. 

Como treinador iniciou a carreira em 2004/2005 no Felgueiras, como treinador adjunto no Escalão de Escolinhas. Na época seguinte, 2005/2006 iniciou a carreira como treinador principal no Felgueiras ao serviço do escalão de escolinhas, cargo que manteve até 2008, na época 2008/2009 passou para os iniciados do Felgueiras, onde esteve até Março, altura em que foi treinar os seniores do SC Rio Moinhos da Divisão de Honra da AF Porto, iniciando assim a sua carreira como treinador principal de seniores, alcançando nesse ano a manutenção nessa divisão, objectivo que lhe foi proposto aquando da sua contratação quando faltavam 8 jornadas para o final do campeonato. Na época seguinte 2009/2010 iniciou a época no Rio Moinhos onde permaneceu até à 8.ª jornada, deixando o clube no 10.º lugar da Divisão de Honra da AF Porto. Em Março de 2010 ingressou na AD Lousada como treinador dos Iniciados onde permaneceu até ao final da época. Ingressando em 2010/2011 como técnico principal do OFC Antime da 1.ª Divisão AF Braga onde alcançou o 4.º lugar na classificação. Na época seguinte mudou-se para o GD Silvares da mesma divisão, onde ainda permanece, tendo alcançado na época passada o 7.º lugar e na presente garantiu o 3.º lugar .

Quem o conhece sabe que é uma pessoa que vive e respira futebol e é muito meticuloso no trabalho que efectua, fazendo tudo ao pormenor para que nada falhe na hora da decisão. Quem já trabalhou com ele gaba-lhe as capacidades, o método de trabalho e a dedicação, revelando que o mesmo é um estudioso do futebol que sabe por em pratica os conhecimentos e augurando-lhe um bom futuro como técnico.

De momento o técnico não tem qualquer compromisso para treinar, encontrando-se disponível para o fazer se aparecer um projecto que entenda se coadune com as suas capacidades, ambições e maneira de estar no  desporto em geral e no futebol em particular. Na época passada garantiu a permanência do Silvares na 1.ª Divisão Distrital e na temporada que agora terminou alcançou o 3.º lugar e andou a lutar pelo primeiro posto até às últimas jornadas. 
.

domingo, 26 de maio de 2013

Futsal - Juniores Taça do Minho: Priscos, 6 - Nun'Álvares, 7

Texto e foto (arquivo): Ricardo Castro 

Hat-trick de Diogo Rafael em vitória saborosa

- Guarda-redes Carvalho marcou dois

Os Juniores do Nun’Álvares arrancaram uma difícil, mas saborosa vitória no reduto do Priscos, por 6-7. Após a derrota em casa na primeira volta (5-6), e da derrota caseira diante do DJ Antunes na passada semana (4-6), os fafenses demonstraram a superioridade face ao seu adversário, num triunfo que ainda têm mais sabor, face às muitas contrariedades para o jogo.

As ausências de Hugo Lemos e Marco por lesão, além do castigo de João Pedro, limitaram as opções de José Magalhães e Luís Barros, que só contaram com seis jogadores, dois dos quais guarda-redes, Carvalho e Bruno.

Mas a equipa uniu-se e arrancou a terceira vitória em nove jogos na Taça do Minho. Diogo Rafael voltou a ser destaque, com um hat-trick. Carlos e Xavi também marcaram por uma ocasião, mas a verdadeira nota vai para Carvalho, guarda-redes que foi utilizado como jogador de campo, tendo sido decisivo na vitória, ao apontar dois golos.

Os 10 pontos que ditam o 5.º e penúltimo lugar na competição interdistrital não espelham o valor de uma equipa que tem sido perseguida pelas lesões e pelas expulsões, jogo após jogo. A última jornada da Taça do Minho dita a recepção dos fafenses ao São Mateus.
.

Futsal Popular Feminino: GCD Armil também venceu a Taça




Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes 

Armil venceu todos os troféus da época  

A equipa de Futsal Feminino do GCD de Armil juntou a Taça à Supertaça e ao Campeonato ao vencer a formação do Grupo Nun’Álvares por 5-3. Foi mais um grande jogo de Futsal aquele que se assistiu no final da tarde de Domingo no pavilhão Multiusos de Fafe entre duas equipas recheadas de jovens valores que despontam para a modalidade mas já deu espectáculo quanto baste para agarrar o público de inicio a final dos jogos, com o aconteceu com esta final da Taça. 

O Nun’Alvares adiantou-se no marcador aos três minutos por Vanessa Costa mas pouco depois ficou sem a capitã e jogadora mais experiente Beatriz Mendes, que saiu lesionada deixando a juventude a comandar a nau das alvarinhas. Foi sem dúvida uma baixa de muito peso para as comandadas de Manuela Trigo.

O jogo foi ganhando velocidade com as equipas a entregarem-se de corpo e alma e os remates a surgirem em ambas as balizas com as guarda-redes a mostrarem coragem suficiente para enfrentarem os ataques que surgiam a cada instante.

O Armil acabou por chegar ao empate aos 17 minutos com um golo da sua melhor jogadora e também a melhor jogadora em campo, Tânia Salgado.

O intervalo chegou com essa igualdade a um golo e o jogo prometia muito mais para a segunda parte.

Logo no início da segunda parte Ivone Castro colocou de novo as alvarinhas na frente. Vantagem que durou sete minutos até que Susana Félix empatou a contenda para o Armil.

O jogo continuava empolgante com as equipas a procurarem o golo e o Armil, beneficiou de uma série de ressaltos para passar para a frente no marcador, através de Susana Félix que bisava no jogo.

As armilenses animaram e enquanto o Nun’Álvares não concretizava as oportunidades que dispunham a equipa de Jorge Magalhães marcou mais dois golos no mesmo minuto, apontados por Susana Félix e Sara Marinha, dando assim uma grande volta ao marcador em apenas dois minutos.

O resultado de 5-2 não espelhava na prática o que se passava nas quatro linhas e o Nun’Álvares veio a reduzir para 5-3 por Eduarda Gonçalves e acabou o jogo a pressionar em busca de mais golos os quais acabaram por não surgir.

Ganhou a equipa mais experiente que tirou bem partido da lesão da jogadora mais velha das alvarinhas a qual punha alguma ordem na equipa e deixou uma juventude muito tenrinha em idade mas já com um futsal de qualidade entregue á sua sorte. O Nun’Alvares tem uma jogadora muito destemida, Ana Castro, que não tem medo de meter o pé e luta como uma valente guerreira. O Armil mostrou entrosamento e tem jogadoras de inegável qualidade tendo-se destacado mais neste jogo Tânia Salgado, Sara Marina e Susana Félix.


As armilenses voltaram a dominar todas as competições da presente temporada em que conquistaram todos os troféus em disputa, Supertaça, campeonato e Taça e, desde que o Regadas e o Golães deixaram o Futsal Popular Feminino têm dominado praticamente em toda a linha mas, a curto prazo, vão ter nesta equipa B do Grupo Nun’Álvares um adversário à altura.

.

OFC Antime encerrou época com jantar muito animado

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

"Época correu bem mas podia 
ter corrido ainda melhor"

O OFC Antime encerrou a época em ambiente festivo não só por ter vencido o último jogo da época contra o Santo Adrião por 6-0 mas, também, porque se respirava um ar puro e saudável no jantar de encerramento que reunião a família antimense pela ultima vez na presente temporada.

Costuma-se dizer que onde há um Pintasilgo há alegria mas neste jantar este carismático jogador propagou-a a um bom lote de companheiros que entoaram diversas canções dirigidas aos muitos dos presentes o que levou à gargalhada geral. O bom relacionamento com o treinador adjunto Artur esteve sempre presente, até na homenagem que muitos jogadores lhe fizeram ao deixarem crescer o bigode, para serem iguais ao "pai". A verdade é que Artur contribui para um grande ambiente entre todos os antimenses e isso merece-lhe o reconhecimento geral.

Marcaram presença muitos directores, jogadores e equipa técnica, bem como o patrocinador principal e o médico do Clube.

Na hora dos discursos o presidente Jorge Marinheiro fez os agradecimentos da praxe salientando que terminaram a temporada no lugar perspectivado mas dizendo que faltou um pouco de motivação depois da manutenção estar garantida e que esse esmorecimento foi geral em toda a família antimense, pelo que a época correu bem mas podia ter corrido ainda melhor. Para tal lembrou que o Antime tinha perdido apenas quatro jogos em 25 realizados e depois em 5 perdeu quatro. No entanto, Agradeceu por tudo o que deram pelo Antime, considerando que a equipa terminou com uma das melhores defesas e também dos melhores ataques. Sobre o futuro relembrou que a equipa técnica aceitou o convite que lhe foi formulado e que o Antime continuará igual aos seus princípios, sendo realista e não prometendo aquilo que depois não pode dar isto alertando os atletas que possam vir a ser abordados para não se deixarem iludir, afirmando até que em Antime a as contas estão super controladas.

Já o treinador Francisco Castro relembrou que há um ano no mesmo local festejavam a manutenção conseguida de forma sofrida e que desta vez isso é feito com o sentido de dever cumprido. Disse ainda que os antimenses não tiveram estofo em momentos decisivos no campeonato, nomeadamente contra o Silvares e Pevidém e por isso não conseguiram uma classificação melhor. Acabou a dizer que está satisfeito com o trabalho que realizou pois as pessoas viram o Antime a jogar bem.


Por sua vez, o capitão Oliveira se mostrou satisfeito por pertencer a um grupo unido, considerando que fizeram uma época excelente, mostrando-se satisfeito com o 5.º lugar mas que a equipa devia ter terminado nos três primeiros. Acabou a dizer que neste Clube são todos 5 estrelas pelo que lhe faltam mais palavras para qualificar o Antime.
.

Juvenis - 2.ª Div. AF Braga: Vasco da gama, 1 - AD Fafe, 2

Texto: Redacção/João Carlos Lopes 

Dérbi escaldante a encerrar a época 


- Scolary foi o 2.º melhor marcador da prova com 18 golos 
O Campeonato Distrital de Juvenis 2.ª Divisão registou um dérbi escaldante entre GD Vasco da Gama e a AD.Fafe "B", que os visitantes venceram por 2-1. 

O jogo era importante para as duas equipas de um lado a equipa da casa queria conquistar o 5.º lugar, do outro lado o Fafe lutava pela vitoria para ser campeão na esperança de um deslize do Joane no terreno do seu maior rival, a AD Oliveirense "B". 

Porém nem os homens de Medelo , nem os pupilos de Mário Bi conseguiram alcançar o objectivo que tinham na mente para este jogo uma vez que o Joane venceu por 2-0 a Oliveirense "B" , e o Vasco também não ganhou e ficou a ver o CD Lousado manter o 5.º lugar após a derrota em casa com o Airão por 2-1.

Quanto ao jogo, foi de grande emoção para todos os apoiantes, e treinadores que estavam de ouvidos postos em Famalicão no jogo dos adversários mais directos. 

O primeiro golo surgiu logo as três minutos de jogo por parte do extremo Ivo, com este a arrancar do meio do campo para o lado direito e a fazer um remate cruzado para o lado esquerdo da baliza de Kavako, colocando o Vasco na frente. 

O Fafe teve logo de seguida uma boa oportunidade de golo. Canto a favor dos fafenses João Fernandes cruza para dentro da grande área e Lousada cabeceia por ligeiramente por cima da baliza de Duarte. 

Ao minuto 24 o Fafe restabeleceu a igualdade. Lance de grande polémica dentro da grande área com um jogador do Vasco da Gama a interceptar com a mão um remate de Scolary e depois um outro remate para uma defesa de Duarte que viu depois Lousada cabecear para o empate. A verdade é que existiu falta dentro da pequena área com Lousada a saltar para cima de Duarte tendo chegado mais cedo ao lance. O juiz da partida compensou um erro que foi não ter assinalado penalti, com outro erro deixando passar em branco a falta de Lousada sobre Duarte.

Num gesto de revolta, o central do Vasco da Gama Toni viu o cartão vermelho por protestar com a arbitragem. O Vasco ficaria reduzido a 10 elementos.

No que restou da primeira parte não ouve grandes lances de perigo, sendo que o Vasco tentava de todas as maneiras impedir o Fafe de chegar à baliza de Duarte colocando bastantes vezes de "chutão" no ar com bola para a frente mas o Fafe a por a bola no chão e a tentar aplicar o seu jogo a um campo pelado que dificultava a tarefa aos homens de Mário Bi. 

Ao intervalo registava-se a igualdade a um golo.

Na segunda parte o Vasco parecia entrar melhor mas, com mais um jogador, o Fafe tomou conta do encontro e deu uma verdadeira lição de posse de bola ao homens de Medelo.

Aos 55 minutos, o Fafe teve uma grande oportunidade com Scolary isolado perante Duarte, cabeceou ao lado da baliza. Dois minutos depois, o Fafe fez o golo que permitiu o triunfo. Lousada rematou com o pé esquerdo um pouco longe área de Duarte que mal colocado na baliza viu a bola escapar-lhe das mãos e a entrar junto ao poste direito da sua baliza. 

Perto dos 64 minutos , o Vasco teve a melhor oportunidade de restabelecer a igualdade num lance em que Kavako se saiu da baliza na tentativa de segurar a bola mas num lance de infelicidade o guardião fafense tropeçou e não segurou a bola, tendo depois Tiago, de baliza aberta, rematado muito ao lado.

Na sequência deste lance Kavako saiu lesionado dando vez a Rui Pedro que acabou por estar bem na baliza mostrando bastante segurança.

Nos últimos minutos, sentia-se a emoção por parte de jogadores, treinadores apoiantes e o Vasco tentava de todas as maneiras chegar ao golo mas quem haveria de falhar o terceiro golo foi Scolary que, isolado só com Duarte pela frente fez um forte remate rasteiro que o guarda-redes do Vasco defendeu com os pés, fazendo uma boa defesa. 

Destaque para Scolary que foi o 2.º melhor marcador da prova com 18 golos mais 2 do que Gonçalo Carvalho do Arco e 1 do que Maniche médio esquerdo do Airão. O melhor marcador foi Lanzinha do Arnoso, com 20 golos.

Com os ouvidos postos em Famalicão ficou-se a saber que o Joane venceu por 2-0 o Oliveirense "B" , tendo sido o Joane a conquistar o titulo de campeão distrital.


Termina assim a época para as duas equipas do nosso conselho que fizeram um bom campeonato mas ficando com a sensação que ainda poderiam ficar melhores classificadas. 


O Fafe acabou por subir de divisão mas se não fossem algumas más exibições dos fafenses mas também alguns jogos de onde os homens de Mário Bi saíram prejudicados pelas equipas de arbitragens, o campeonato poderia ter sido bem diferente. 

De realçar que o Fafe também teve durante grande parte da época um lote de poucas soluções sendo certo que houve jogos em que o grupo de Mário Bi teve apenas 4 suplentes.

O Vasco podia ter segurado o 5.º lugar pois a equipa de Hélder Oliveira demonstrou nestes últimos jogos praticar bom futebol. A má primeira volta da equipa de Medelo acabou por impedir a 5.ª posição. 

Lembre-se ainda que esta equipa da AD Fafe é constituída por atletas apenas de primeiro ano de Juvenis e que o campeonato que fizeram foi exemplar, dado que jogam contra atletas um ano mais velhos. 

Também é de realçar que a maior parte dos árbitros que apitaram a equipa do Fafe e do Vasco da Gama eram de Famalicão sendo certo que os árbitros tinham tendência a favorecer as equipas de Famalicão que no total eram 6 enquanto de Fafe são 2.

Jogo realizado no Campo de Jogos José Manuel Oliveira Rodrigues, em Medelo, Fafe.

VASCO DA GAMA: Duarte; Nuno, Gonçalves, Toni, Samuel, Filipe Cunha, Rui Marques, Ivo (Tiago ), Guido, Ricardo ( Baixinho ) e Flávio (Miguel Oliveira). Treinador: Hélder Oliveira 

AD FAFE : Kavako (Rui Pedro ); Ferreira, Costa, Mário, Rui Marinho (Pedro Silva), João Fernandes, Ricardo Ferreira, Zé Castro, Tchico (Kiko), Lousada e Scolary. Treinador : Mário Bi 

.

Sol Poente é Campeão da Liga de Futsal Viagens Fafetur



Texto e fotos: João Carlos Lopes

Juventude determinada até faz o sol brilhar à noite  

- "E o Sol Poente é Campeão Olé!"

Ao vencer novamente o Santo Ovídio na marca das grandes penalidades no segundo jogo da final o Sol Poente sagrou-se o vencedor da Liga de Futsal Fafetur 2012/2013, a mais competitiva de sempre organizada pela Associação de Futsal de Fafe. Foi mais um hino ao Futsal com um Pavilhão Municipal muito bem composto e as duas equipas a darem verdadeiro espectáculo tornando o jogo empolgante, sempre na iminência de alguém marcar, gerando expectativa de princípio a fim.    

Depois de ter perdido o primeiro jogo na marca das grandes penalidades, o Santo Ovídio partiu para esta partida determinado em vencer mas encontrou do outro lado uma equipa onde impera uma juventude cheia de garra, de raça e acima de tudo a praticar um futsal de alta qualidade, com rigor defensivo e muita acutilância atacante, atributos que se podem atribuir também aos ex-campeões que, no entanto, são um pouco mais velhos e por isso também mais experientes, o que só vem valorizar o título alcançado pela equipa de Vítor Pereira, o famoso “Tista”.

O Santo Ovídio entrou bem no jogo mas a primeira hipótese de marcar foi para o Sol Poente, com Fonseca a atirar ao lado, quando estava de caras com Pimenta. Dois minutos depois, e após uma jogada de contra-ataque, Mica inaugurou o marcador para os novos campeões.

O Santo Ovídio não abalou e voltou á carga e conseguiu até um livre de dez metros mas, Toni acabou por atirar ao lado, desperdiçando o empate.

O intervalo chegou com o Sol poente na frente e a segunda parte prometia mais do mesmo, ou seja, espectáculo e emoção.

Decorrido o primeiro terço da segunda parte Artur Costa, depois de se livrar de dois adversários, rematou com selo de golo mas Teixeira fez uma defesa monumental   

A meio da segunda parte o Santo Ovídio chegou ao golo com um remate forte sem que Teixeira tivesse oportunidade de evitar o empate.

O jogo prometia mais que nunca e já no início do segundo terço da 2.ª parte Mateus enviou com estrondo a bola ao poste da baliza de Pimenta.

Com mais um empate as equipas tiveram mais dez minutos de prolongamento para decidirem quem vencia o jogo ou o campeonato.

Nos instantes finais da primeira parte do prolongamento Pimenta esteve em grande ao evitar o golo após grande remate de Bito.

Na segunda parte do prolongamento nada se alterou pelo que o segundo jogo da final teria o mesmo desfecho do primeiro, decidia-se nos penaltis.

Na marcação dos penaltis o Sol poente voltou a ser mais forte, ao vencer por 5-4 com o guarda-redes Teixeira a brilhar mais uma vez tendo a responsabilidade cabido a Miguel que marcou o último penalti da sua equipa e deu a vitória aos rapazes do bairro onde o sol se põe.

Era a noite em que se jogava a Liga dos Campeões Europeus mas esta juventude determinada fez com que o Sol brilhasse à noite garantiu aqui mais um êxito que um dia poderão contar aos seus filhos e netos, porque realmente mostraram que mereceram esta vitória e isso viu-se na forma exuberante de festejar, por muitos e longos minutos no Pavilhão Municipal parecendo querer prolongar aquele momento para o resto das suas vidas. "E o Sol Poente é Campeão Olé! E o Sol Poente é Campeão Olé! E o Sol Poente é Campeão Olé!"
.

Infantis Prova Extraordinária - Final: Gil Vicente bateu Ases nos penaltis

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Nervos à flor da pele traem Ases 

O Gil Vicente Futebol Clube venceu a prova extraordinária de Infantis da AF Braga, cuja fase final decorreu em Fafe no último Sábado, ao bater na final a formação fafenses do Desportivo Ases de S. Jorge nas grandes penalidades, depois de a partida ter terminado com uma igualdade a bola nos 50 minutos regulamentares. 

Os Ases colocaram-se na frente aos 8 minutos através de Augusto  controlaram o jogo até ao intervalo apesar do adversário tentar chegar à sua baliza. 

No terceiro minuto da segunda parte os Ases sofreram o golo da igualdade através de uma grande penalidade desnecessária provocada pelo guarda-redes Leandro, com este a perder a cabeça e sem nada que o fizesse prever, pois tinha a bola na mão, pontapeou um adversário na grande área e o árbitro marcou de pronto grande penalidade. 

Se não fosse assim, os gilistas dificilmente chegavam ao golo pois os fafenses estavam muito determinados em segurar a vantagem. Foi uma boa prestação a do Ases treinados por João Gonçalves que estiveram mesmo muito perto de festejar este título. 

Findo o desafio com a igualdade a uma bola e na decisão por penaltis os barcelenses foram mais eficazes e venceram por 4-2. 

O Vitória de Guimarães, treinado pelo professor Rogério, ficou em 3.º lugar depois de bater o FC Famalicão por 4-0. Ao intervalo já vencia por 2-0, tendo Dani feito um hat-trick e Zé Luís marcado o outro golo. 
.

sábado, 25 de maio de 2013

Torneio de veteranos do Arões SC arranca na terça-feira

Texto e foto: Rui Silva

Geração Benfica e  Cepanense abrem competição

Realizou-se nesta tarde de Sábado o sorteio do Torneio de Futebol de sete de veteranos do Arões Sport Clube. O sorteio decorreu nas instalações do clube aronense e contou com a presença de quase todos os representantes das oito equipas participantes.
Contrariamente ao ano transacto, o torneio não se realizara por grupos, mas sim, com as oito equipas a 
disputarem um campeonato. Sendo assim, os quatro primeiros classificados apuram-se para os “play-offs” de onde sairão os 2 finalistas, que se defrontarão na final do torneio.


Dia 28 de Maio (Terça-feira) | 1ª jornada

- 21h00 : Geração Benfica x Cepanense


- 22h00 : Pastelaria Refugium x Amigos de Travassós

.

Juvenis - Div. Honra AF Braga: AD Fafe, 5 - Celoricense, 1

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Oitavo lugar soube a pouco

Os Juvenis da AD Fafe venceram o Celoricense por 5-1 no último jogo da temporada e com essa vitória subiram ao 8.º lugar na classificação geral que ficou um pouco aquém daquilo que inicialmente se esperava.

Ao intervalo os fafenses perdiam por uma bola a zero mas na segunda parte Zé Pedro restabeleceu a igualdade. Depois Nuno bisou e Vilas não lhe ficou atrás. 

Uma boa parte de jogadores desta equipa termina a sua estadia neste escalão e para o ano vai fazer parte da equipa de Juniores. A equipa A de juvenis do Fafe irá ser municiada com os jogadores do 2.º ano que esta temporada conseguiram chegar à 1.º divisão distrital mas agora vão ter um desafio maior ao actuarem na divisão de Honra. 

Uma defesa muito permissiva esteve na origem de um campeonato tão discreto por parte dos fafenses.
.   

Futebol Veteranos: FC Avintes, 1 - UD Fafe A60, 2

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Continua a vontade de vencer 

- Marcaram Torrinheira e Braga 

Os fafenses da UD Fafe A60 deslocaram-se a Vila Nova de Gaia para defrontar os veteranos do FC Avintes e saíram de lá com mais uma vitória em mais uma viagem junto do Rio Douro. 

Aos intervalo a equipa orientada por Condeço e Charta já vencia por uma bola a zero com um golo apontado por Abílio Torrinheira que parece estar a rejuvenescer para os golos, não fosse aquela barriga saliente e talvez ficasse à frente do Ronaldo. 

Na segunda parte Braga marcou para a UD Fafe mas a equipa da casa também quis provar a famosa broa da sua terra e lá marcou um golito.
.