.

.
.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Futsal – Juniores AF Braga: Pirata Luís Paulo decisivo contra o S. Mateus

Texto e foto: Ricardo Castro

Luís Paulo foi "Poker Man"

Luís Paulo foi o homem do jogo grande da terceira jornada do Distrital de Juniores da AF Braga em Futsal. Vitória dos Piratas de Creixomil por 5-4 diante do São Mateus, com o ala fafense a assinar um poker, decisivo para o terceiro êxito em outros tantos jogos.

A primeira parte não foi nada fácil para o Piratas. Só com derrotas até ao momento e sendo na teoria uma das equipas candidatas aos primeiros lugares, o São Mateus entrou bem e surpreendeu com a vantagem que levou para o intervalo (1-2).


Na segunda meia hora, houve um ‘pirata fafense’ a desbloquear o adversário. Luís Paulo fez o 2-2, num remate forte e cruzado. Pouco depois bisou na partida, ao desviar com êxito uma bola ao segundo poste. O São Mateus viria a empatar pouco depois, mas o ala fafense chegou ao hat-trick de seguida, através de um livre. 

O São Mateus estava convicto num bom resultado e voltou a marcar. Porém, a tarde era de Luís Paulo, que marcou o golo decisivo e deu a vitória aos Piratas. Numa transição rápida, remate forte e rasteiro, entre as pernas do guarda-redes do São Mateus, para o poker e consequente 5-4 no marcador. Ao fim de três jogos, os Piratas de Creixomil lideram com nove pontos e na próxima jornada jogam em Nogueiró, contra o Ascredno.

.

Taça Portugal - 3.ª Eliminatória: AD Fafe recebe o Piense SC

Texto e montagem: João Carlos Lopes 


Sorteio voltou a sorrir aos fafenses
"Uma equipa acessível e em casa".   

O sorteio da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal voltou a sorrir à AD Fafe. Depois de ter eliminado o Perafita vai receber o Piense Sporting Clube, uma modesta equipa dos distritais da Associação de Futebol de Beja, onde milita na 1.ª Divisão distrital. O escrutínio vai de encontro daquilo que o treinador pedia, "uma equipa acessível e em casa".   

Apesar de ser um clube modesto o Piense SC, que pertence ao Concelho de Mértola, foi fundado antes da AD Fafe, em 1944. Na eliminatória anterior o Piense eliminou o Vitória de Sernache nas grandes penalidades(4-3) depois de um empate a duas bolas ao longo dos 120 minutos. 

O Piense SC, está sediado em Pias que se situa na região alentejana da margem esquerda do Rio Guadiana, constituída pelos Concelhos de Mourao, Moura, Serpa, Barrancos e parte do concelho de Mértola. A freguesia de Pias faz, na actualidade, parte do Concelho de Serpa e esta situada a meio caminho entre Moura e Serpa: 13 km distante de Moura e 16 km de Serpa. A freguesia situa-se numa planície a cerca de 200 metros de altura e expande-se por declives suaves a moderados e por zonas bastante planas. A área da freguesia ocupa mais de 100 Km2.

A contenda está marcada para o dia 20 de Outubro pelas 15 horas no Parque Municipal de Desportos, em Fafe. 
.

Jogo-treino: Juvenis GD Vasco Gama, 0 – Iniciados GD Golães, 1

Texto: João Carlos Lopes 

Cardoso marcou em Medelo 

Os Juvenis do Vasco da Gama receberam na tarde de Sábado os Iniciados do Golães naquele que foi o ultimo jogo de pré-temporada dos homens de Medelo, os quais não deram uma resposta muita positiva frente a uma equipa inferior. 

Na exibição da equipa do Vasco notou-se uma melhor preparação física que se pode aprovar para o arranque do campeonato. Contudo, os aspectos técnicos e os processos de jogo terão de ser melhorados até ao próximo fim-de-semana em que a equipa se estreia no campeonato frente ao Polvoreira.

O Vasco da Gama falhou várias oportunidades de golo num jogo em que o vento e a chuva também foram factores a ter em conta. O campo também não se encontrava nas melhores condições devido ao mau tempo.

Na primeira parte o Golães esteve por cima do jogo criando algumas oportunidades de perigo tendo a mais perigosa nascido de um livre directo. Remate forte de Mira e Sérgio Ferreira fez uma grande defesa ao amarrar a bola que saiu a meia altura para o lado direito da baliza.

Na segunda parte houveram trocas no onze e o Golães fez o golo mesmo no início da segunda parte com o avançado Cardoso, isolado na cara de Moura, a marcar o tento solitário da partida.

Reagiu o Vasco mas não conseguiu marcar. Primeiro foi Ruben que rematou com a bola a embater na trave e de seguida foi David com a bola a bater novamente no ferro. 

No final e com o vento contra o Vasco da Gama um remate forte de Ruben em que a bola já parecia ir para dentro da baliza sofreu uma variação de velocidade do vento que fez a bola embater na trave tendo a lama parado a circulação da mesma.

O Golães mostrou boas tendências no jogo e o Vasco da Gama também. No entanto, a equipa da casa tem de melhorar os seus índices atacantes.

No próximo fim-de-semana o Vasco da Gama inicia o campeonato frente ao Polvoreira no campo de jogos José Manuel Oliveira Rodrigues, em Medelo.
.

domingo, 29 de setembro de 2013

Futsal Feminino AF Braga: S. Nicolau Basto, 0 - Nun'Alvares, 4

Texto e fotos: João Carlos Lopes

Bis de Pisco e Liana

- Alvarinhas a um ponto do 1.º lugar

A equipa feminina de Futsal do Grupo Nun'Álvares foi a Cabeceiras de Basto vencer a formação do S. Nicolau Basto por 4-0, em jogo realizado no Pavilhão da Escola EB 2,3 do Arco de Baúlhe. 

Apesar de ser festa em Cabeceiras, com o S. Miguel, as fafenses não foram contemplativas e mostraram que para perder pontos já bastou no primeiro jogo em casa com a Juventude de S. Pedro. Sendo, assim, as comandadas de João Nuno Sousa resolveram praticamente o jogo na primeira parte pois já venciam por 3-0. 

A segunda parte foi mais equilibrada mas mesmo assim as fafenses ainda conseguiram marcar mais um golo. As marcadoras de serviço foram a Pisco que marcou o primeiro e o terceiro e Liana ao marcar o segundo e o quarto. Pisco já fazia o gosto ao pé na época passada e Liana é um dos reforços oriundos da extinta formação da Associação de Futsal de Fafe. 

Com este resultado o GNA ocupa o quarto lugar com seis pontos, a apenas um ponto do líder CD Lousado. Na próxima jornada as alvarinhas recebem a AD Carvalhal. 
.  

Futebol Popular: Fareja venceu a Supertaça: (2-0 aos Amigos Quinchães)



Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes 

Primeiro troféu da época vai para Fareja  


O GDCR Fareja venceu o primeiro troféu da temporada ao bater na Supertaça José Ribeiro a formação dos Amigos de Quinchães por 2-0. Recorde-se que o Fareja tinha vencido a Taça da época passada e os Amigos o campeonato. 

Foi um partida disputada na sua maioria sob o efeito da chuva e o mau tempo só por si não atraiu muitos espectadores ao sintético do Parque Municipal de Desportos, como costuma ser habitual nestes jogos. 

A equipa do Fareja entrou mais pressionante no jogo e aos 15 minutos na sequência de um canto cobrado por Fifi, o central Henrique, ao segundo poste, cabeceou ao lado. Aconteceu o mesmo aos 20 minutos mas a cruzamento de Batata. 

Devido à grande pressão que estava a exercer adivinhava-se o golo para o Fareja o qual aconteceu aos 23 minutos com Mika a receber a bola pela esquerda a progredir alguns metros e a desferir um pontapé monumental de pé esquerdo indefensável para o guardião Vítor.

Os Amigos tiveram uma reacção imediata e aos 26 minutos Flávio cobrou um livre para a área mas viu um companheiro a cabecear ao lado já com o guardião batido. No minuto seguinte, um remate de Leonel saiu à figura. Mais um minuto e Rui Freitas disparou uma bomba do meio da rua a que Luís correspondeu com uma grande defesa para canto. O Quinchães conquistaria dois cantos seguidos nesta jogada mas sem conseguir alvejar a baliza. 

Aos 38 minutos Mika marcou mais um canto com Henrique a subir novamente à área, a rematar de cabeça mas ao lado. 

Na segunda parte o primeiro remate foi do Fareja com Mika a rematar e Vítor a defender. 

Os Amigos deram a entender que não queriam aquele resultado e também ripostaram seguindo-se mais um remate para cada lado. 

A chuva intensificou-se, a visibilidade no número dois do Municipal de Desportos já não era a melhor e o Fareja acabou por obter o segundo golo aos 73 minutos, numa jogada em os Amigos ficaram a protestar fora de jogo que Vasco Coelho aproveitou para, na insistência fazer golo. Este lance motivou muitos protestos e um deles levou á expulsão de Flávio nos Amigos. 

Sentindo o jogo controlado o Fareja ainda tentou chegar ao terceiro, aproveitando o desânimo da equipa contrária mas o jogo acabou por terminar com o 2-0. 

No final os protestos foram apenas para o árbitro com os jogadores dos Amigos a considerarem que este estragou o jogo com o lance do segundo golo do Fareja. No resto, houve cordialidade cumprimentos entre vencedores e vencidos. 

Este foi também o último troféu entregue por José Ribeiro na qualidade de Presidente da Câmara de Fafe. 

Jogo realizado no Campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos, em Fafe. 

AMIGOS DE QUINCHÃES: Vítor Costa, Nuno Lopes, Edagr, Tiago, Bruno, Filipe, Paulo, Rui, Pedro Batata, Leonel e Flávio. Suplentes: Vítor Cardoso, Manuel, Marcelo, Mário, Nuno Sampaio, Fábio e Pedro Rodrigues. Treinador, António Santos – “Quim”.

GD FAREJA: Luís; Vítor Fifi, Mário, Samuel, Jorge Batata, Vasco, José Freitas, Tiago Martins, Mika, Miguel e Rui. Suplentes: Jorge, Monteiro, Hélder, António Ribeiro, Tiago Ribeiro, Vasco Coelho, Maia e Moisés. Treinador, Rafael Leite. 

MARCADORES: Mika, 23 e Vasco Coelho, 73. 
.

Andebol: ADA Maia Ismai, 22 - AC Fafe, 26

Marco Sousa
Texto e foto: João Carlos Lopes 

Partes simétricas deram primeira vitória 

- Marco Sousa obteve oito golos 

O AC Fafe obteve a primeira vitória na temporada na deslocação que fez à Maia onde jogou e venceu o Ismai por 26-22. É uma vitória que vem no tempo certo, depois de quatro jogos a jogar com equipas nitidamente doutro campeonato mas em que os fafenses, apesar de uma ou outra exibição intermitente, deram provas do que podem fazer com formações do seu nível. Recorde-se que o Ismai já tinha ido vencer o Avanca na segunda jornada. 

Em termos produtivos o ACF fez uma exibição simétrica pois venceu por 13-11 na primeira parte e pelos mesmos números na segunda.

Em especial destaque esteve um dos reforços da temporada, Marco Sousa que apontou oito golos na partida, o equivalente a quase um terço do total da equipa. Quem continua em grande forma é o capitão Armando Pinto que está afazer um bom início de época com exibições regulares acompanhada de golos, tendo apontado mais cinco nesta partida. Cláudio, Sampaio e Peneda marcaram quatro cada um e João Castilho marcou um.

Nesta partida o treinador fafense, Nuno Santos pediu o primeiro "time out" aos 28:30 minutos e o segundo aos 49:23, tendo ainda utilizado o terceiro aos 57:51. O Ismai dispôs de um livre de sete metros o qual converteu e o ACF dispôs de dois que também transformou em golos.

O ACF subiu ao sexto lugar mas a classificação é irrelevante, porquanto os fafenses levam 5 jogos e há equipas com quatro, e outras com três e com dois jogos apenas disputados. 

O próximo jogo é no Sábado, dia 5 de Outubro, pelas 18 horas no pavilhão Municipal de Fafe, com o ACF a receber o Madeira SAD. 

AC FAFE: Miguel Marinho, Hugo Fernandes e João Santos; Armando Pinto (5), Cláudio Mota (4), Nuno Pimenta, Eduardo Sampaio (4), João Castilho (1) Luís Gonçalves, Vladimiro Pires, Mário Pereira, Luís Pereira, Vítor Ribeiro, Pedro Peneda (4) e Marco Sousa (8). Treinador, Nuno Santos.
.

sábado, 28 de setembro de 2013

Juniores - 2.ª Div. Nac.: Vianense, 1 - AD Fafe, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Fafe a apenas um ponto do 
líder e com o melhor ataque 

A AD Fafe venceu no recinto do  Vianense por 2-1 e mantém-se a um ponto do líder, o SC Freamunde, que visita os fafenses na próxima jornada, naquela que vai ser uma luta de titãs sendo verdade que o Fafe, a par do Gil Vicente ainda não perdeu em cinco jornadas e o Freamunde já sabe o que é perder. 

A equipa de Ivo Castro voltou a estar em desvantagem pois saiu para o intervalo a perder por uma bola a zero num campo que não é de boa memória para outras gerações da formação fafense neste mesmo escalão.

Na segunda o Fafe não só teve a capacidade de empatar com um golo de grande penalidade apontado por Samu, mais uma que o central soube aproveitar ao bater certeiro, como teve o ensejo de dar a volta ao marcador através de Carvalho. Dois jogadores que já tinham facturado nesta temporada. 

Com este resultado, os fafenses ocupam o segundo lugar a um ponto do próximo adversário o Freamunde, com os mesmos 11 que o 3.º Gil Vicente, e com apenas mais um que o 4.º e 5.º Famalicão e Desportivo das Aves. 

A registar ainda na equipa fafense o facto de ter, ao cabo de cinco jornadas, o ataque mais produtivo desta série com 16 golos. Já agora o Freamunde tem a melhor defesa com apenas cinco golos sofridos. Já o fafe sofreu oito. 

Taça AF Braga: OFC Antime, 1 - CD Ponte, 1 (4-5 g.p.)

Texto e foto: João Carlos Lopes 

O Antime não soube nadar

O Operário de Antime ficou-se pela segunda eliminatória da Taça AF Braga ao perder nas grande penalidades contra a formação do CD Ponte, após uma igualdade a um golo nos noventa minutos mais prolongamento. 

Apesar de ser de escalão inferior a formação do Ponte que regressou este ano à competição distrital após alguns anos de interregno está recheada de jogadores experientes, muitos deles saudosistas, alguns que tinha até já colocados as chuteiras nas prateleiras que corresponderam à chamada do presidente da equipa vimaranense para darem uma ajuda neste regresso. 

O Antime cai na Taça por culpa própria, essencialmente pelas inúmeras falhas no capítulo da finalização, as quais acaba por pagar a factura de uma derrota que tem como consequência directa a eliminação na prova. É verdade que o treinador Francisco castro fez mexidas na equipa para este jogo mas não foi por aí que o perder mas sim no capítulo da finalização.  

Ainda com o resultado em branco, aos 22 minutos, Hugo falhou uma grande penalidade a favor do Antime ao permitir a defesa do guarda-redes.    

O Antime desperdiçou várias situações de finalização e o Ponte colocou-se em vantagem aos 40 minutos com o experiente Vasco a aproveitar uma falha na defensiva do Antime e a bater o guardião Bruno quando ficou cara a cara. 

O Antime viria a empatar a partida aos 70 minutos, através de Bruno Ventura, levando o jogo para prolongamento, onde voltou a falhar várias situações de golo. Numa delas Bruno Ventura atirou ao poste e Hugo com o guarda-redes batido não aproveitou. 

Na marcação das grande penalidades ambas as equipas estavam certeiras. No Antime marcaram por esta ordem, Vitinha, Leo, Bento, Diogo Durães e Bruno Ventura. Foi precisamente o último que falhou quando a equipa de Ponte já tinha apontado o quinto golo na marca dos 11 metros. 

Os vimaranenses tentaram usar a ponte para surpreender o Antime e não conseguiram mas a equipa de Francisco Castro obrigada a ir a nado neste jogo para não ser apanhado no meio da ponte acabou por não saber nadar quando a outra margem estava ao seu alcance. 
.

Taça AF Braga: GD Silvares, 2 - ACD Pica, 3

Vasco marcou
o golo decisivo
Texto e foto: João Carlos Lopes 

S. Martinho do Pica chegou mais cedo  

Foi preciso um jogo da Taça para que houvesse desempate em todos os dérbis que já se disputaram esta época em que o Pica foi a Silvares vencer por 3-2. Ao todo, incluindo a Divisão Pro-nacional, já tinham existido quatro empates em dérbis esta temporada na qual a procissão ainda vai no adro. 

A equipa de Sérgio Pereira, a jogar em casa, teve uma contrariedade logo aos 16 minutos com a expulsão do seu defesa central, João Pedro. Contudo, isso não obstou a que, aos 19 minutos Flávio inaugurasse o marcador para os da casa. Mas antes Finza já tinha visto um golo anulado, depois de remate de Ratão e de defesa de Marçal, com a bola a ir à barra e a sobrar para o experiente avançado.

Pouco antes da meia hora, aos 28 minutos, a Pica, orientada por Luís Carlos, chegou à igualdade por intermédio de Raul, resultado com que foi atingido o intervalo. 

No início da segunda parte seria o Pica a dar a volta ao marcador com Nelinho a colocar a sua equipa em vantagem aos 50 minutos. Este lance levantou protestos por parte dos elementos do Silvares que consideram que o avançado do Pica estaria em fora de jogo. 

Mesmo em inferioridade o Silvares discutiu o resultado, jogando o jogo pelo jogo e sabendo de antemão que nestas partidas não há pontos conquistados mas sim passagem ou não de eliminatória, chegando ao golo da igualdade a dois através do jovem Ratão, jogador que na época passada ajudou os Amigos de Quinchães a sagrarem-se campeões do Campeonato de Futebol Popular de Fafe. 

A seis minutos dos noventa o Pica chegou ao golo da vitória com um golo apontado pelo experiente Vasco, o qual veio confirmar o carimbo no passaporte do Pica para a eliminatória seguinte. De salientar que brinca mandou uma bola ao poste nesta segunda parte e Vasco uma à barra.   

Mesmo a jogar com dez o Silvares lutou com as armas que tinha dignificando o jogo e o resultado mas sobretudo o futebol fafense, contra outra boa equipa como é a do Pica. Está a faltar um pouco de serenidade ao Silvares pois este é o terceiro jogo da presente temporada em que vê um jogador expulso, o que obriga a esforço extra para os restantes colegas. A equipa paga um pouco da falta de experiência de alguns jogadores a este nível. 

Quanto ao Pica acabou por conseguir na taça o que não tinha conseguido nos três jogos do campeonato que foi uma vitória, o que pode vir a mudar as agulhas principalmente no capítulo da finalização, sendo certo que voltou a consentir golos neste jogo e também terá que fazer acertos na zona mais recuada.
.

Div. Pró-Nacional AF Braga: Dumiense, 0 - Arões SC, 3

Texto: Ricardo Castro / Fotos: Rui Silva 

Dominar de fio a pavio 

O Arões foi ao Campo Celestino Lobo vencer o Dumiense, por três bolas a zero. A turma de Miguel Paredes esteve a vencer praticamente desde o início, conseguindo controlar o jogo e construir um resultado muito positivo e justo, que permite a manutenção da liderança na Pró-Nacional, com 13 pontos, condição que agora só o Merelinense pode atingir. Ismael abriu a contagem no primeiro minuto, para depois Bruno Cunha e Costa elevarem o resultado, com dois grandes golos.

1' - Lançamento lateral do lado esquerdo por Zezinho, bola para a área, um defesa do Dumiense penteia a bola na tentativa de cortar e a bola sobra para Ismael, que sem demora deu uma bicada na bola para o primeiro golo da partida.

15' - O Dumiense ia tentando contra-ataques rápidos e bolas nas costas da defensiva aronense, mas sem perigo para a baliza de Paulo Jorge.

20' - Livre de Bruno Cunha, da esquerda, com a bola a passar junto à malha lateral, dando a sensação de golo para quem estava na bancada.

21' - Bruno Cunha solta a bola para direita, Ismael simula e a bola chega a Barbosa, que atirou por cima da trave, só com o guarda-redes pela frente.

26' - Falta feia de Zé, capitão da equipa da casa, sobre o médio brasileiro Pablo.

29 – O Arões chega ao segundo golo no jogo. Após um cruzamento da esquerda, Ismael foi buscar a bola junto à linha lateral e deu para Bruno Cunha à entrada da área, que preparou e rematou colocado em arco com o pé esquerdo, com a bola a entrar junto ao canto da baliza, passando inclusive por cima do guarda-redes. Um golo de antologia do médio aronense.

32’ – Passe de Pablo a isolar Raimundo, que após perder algum tempo, driblou um defesa e rematou de pé esquerdo, com a bola a bater na cabeça de um adversário, que impediu o terceiro golo. Na recarga, Ismael atirou ao lado.

37’ – Moisés encheu-se de fé e rematou forte, para defesa a dois tempos de Paulo Jorge.

INTERVALO [0:2]

50' - Jogada de Roberto pelo meio e remate rasteiro, para defesa de Paulo Jorge.

56' - Pablo sentiu a falta sofrida na primeira parte. Fernandes entrou para o seu lugar.

57' - Canto da esquerda de Flávio, corte de Fernandes e Miguel Banana a rematar à entrada da área, mas ao lado.


61' - Remate forte de Zé Miguel na área, mas muito por cima.

66' - Miguel Paredes previne e tira o amarelado Fernando Beijinhos, fazendo entrar Costa.


70' - Remate perigoso de Vítor junto à pequena área, defesa de Paulo Jorge. Dumiense com bastante atitude na primeira metade da etapa complementar, mas sem a eficácia necessária.

76' - Após falta por trás de Afonso sobre Ismael, livre para o Arões. Na marcação, Costa rematou forte, fez a bola passar pelo lado direito da barreira e marcou o terceiro golo do Arões na partida. Mais um grande golo do central aronense, que é especialista neste tipo de lances. 

80' - Entrada de Alírio, para o lugar de Raimundo.

87' - Ismael surge em boa posição, pára à entrada da área e cruza para Bruno Cunha, que à saída de Alex, tentou picar a bola, mas o ângulo era reduzido e o guarda-redes defendeu para canto.

89' - Numa das melhores oportunidades do Dumiense, Roberto trabalhou bem à entrada da área e rematou forte, com a bola a bater no poste da baliza de Paulo Jorge.

Na próxima jornada, o Arões recebe o Pevidém. Primeiro e último defrontam-se no Parque Desportivo de Arões. O Dumiense desloca-se a Ronfe.


Jogo realizado no Campo Celestino Lobo, em Dume, Braga.

Árbitro: André Salazar, auxiliado por Tiago Ribeiro e Pedro Gonçalves.

DUMIENSE FC: Alex, Zé (cap.), Ricardo (Filipe 77'), Flávio, Vítor, Roberto, Miguel, Alex Júnior (Zé Miguel, 45'), Moisés, Miguel Banana (Sandro, 58') e Afonso. Treinador: Paulo Pires.

ARÕES SC: Paulo Jorge, Pedro Rosita, Fernando Beijinhos (cap.) (Costa, 66'), Óscar, Zezinho, Néné, Barbosa, Bruno Cunha, Pablo (Fernandes, 56'), Ismael e Raimundo (Alírio, 80'). Treinador: Miguel Paredes

Disciplina - cartões amarelos: Fernando Beijinhos, 18', Zé, 26', Pedro Rosita, 30', Ricardo, 32', Pablo, 43', Moisés, 63', Sandro, 64', Raimundo, 75' e Afonso, 76'.

Marcador: Ismael, 1', Bruno Cunha, 29' e Costa, 76'.
.

Taça AF Braga: GCD Regadas, 1 - GD Louro, 3

António Águia
viu o Louro a vencer 
Texto e foto: João Carlos Lopes 

Não se repetiu o êxito do ano passado   

O GCD Regadas foi eliminado na primeira eliminatória em que participou na Taça AF de Braga na presente temporada ao ser batido em casa pelo GD Louro, do mesmo  escalão, por 3-1. 

A jogar em casa a equipa de António Águia foi surpreendida ainda na primeira parte, tendo ido para o descanso a perder por duas bolas a zero. 

Na segunda parte Diogo Gomes ainda conseguiu marcar para o Regadas mas os famalicenses tinham o jogo controlado e também fizeram um golo. 

Depois de ter brilhado na edição da Taça na época passada o Regadas não conseguiu repetir o mesmo êxito mas não fica só pelo caminho. Nesta mesma eliminatória, da Divisão de Honra, ficam também as equipas fafenses do Antime e do Silvares e só o Pica segue em frente. 
.

Div. Pró-Nacional AF Braga: GD Travassós, 1 - Celeirós, 1

Texto: João Carlos Lopes 

Dois pontos a voar nos Carvalhinhos  

O Travassós perdeu dois pontos em casa ao permitir um empate caseiro a uma bola com o CD Celeirós. Apesar de tudo a equipa de Paulo Soares é uma das três desta divisão que ainda não perdeu esta temporada. As outras são o Arões que é líder e o Merelinense. 

A equipa de Celeirós colocou-se em vantagem no marcador aos 15 minutos através de uma grande penalidade. O Travassós reagiu e partiu para cima do adversário quer em futebol quer através de cruzamentos com Feirinha a ser preponderante nesse capítulo. 

Quase sobre o apito para o intervalo a equipa do Travassós também beneficiou de uma grande penalidade, convertida por Chiquinho.

Na segunda parte o Travassós tudo tentou para chegar ao golo da vantagem mas a bola não queria entrar. Aos 70 minutos a equipa bracarense ficou reduzida a dez unidades. Aos 75 minutos uma boa oportunidade para a equipa fafense com  Feirinha a cabecear e a ver o guardião do Celeirós a negar-lhe o golo e ceder canto. 

Acabou por chegar o final do jogo com o resultado ainda feito na primeira parte com uma grande penalidade para cada lado. 
.  

Futebol Veteranos: FC Penafiel, 1 - UD Fafe A60, 0

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Novamente limitados mas a dar luta 

A UD Fafe A60 deslocou-se a Penafiel para mais uma partida do Campeonato Interplanetário da Amizade tendo perdido pela margem mínima, 1-0. 

O resultado foi ainda feito na primeira parte e esse golo solitário diz bem da luta e entrega que a equipa orientada por Pereirinha teve, pois apresentou-se mais uma vez limitada, com pouco mais que o onze inicial, para disputar este encontro frente a uma equipa recheada de bons valores e que, a exemplo dos fafenses, joga bom futebol. 

Não deu para pontuar mas valeu a atitude, a entrega e a luta demonstrada pelos fafenses que voltam a jogar já no próximo Sábado para receberem no Parque de Jogos de Antime os Estrelas Vermelhas de Silvalde, equipa que viaja de Espinho. 
.

Campeonato Nacional Seniores: AD Fafe, 3 - AD Ninense, 0

Carneiro Marcou o 2-0
e festejou assim
Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes 



Acabou por ser fácil  

O Fafe venceu o Ninense por 3-0 num jogo que acabou por ser fácil, nomeadamente na segunda parte em que os fafenses dominaram por completo. O ninense viu o seu guarda-redes expulso aos 30 minutos e isso acabou por condicionar a estratégia do treinador Rogério Amorim que treina uma equipa que subiu este ano dos Distritais. Com esta vitória, a equipa de Agostinho Bento ascendeu ao 1.º lugar na tabela classificativa. 

2' - Canto de Filipe na esquerda, Ricardo Fernandes de cabeça, na área, atirou ao lado.


1-0, aos 7 minutos, Filipe fez uma maldade a um contrário, serviu Raviola, este cruzou atrasado, Silvestre recebeu, ajeitou e escolheu o sítio onde meter a bola, já com jogadores do Ninense sobre a linha de golo.

16' - Remate de Emerson saiu ao lado 

20' - O Ninense conquistou dois cantos consecutivos numa tentativa de reacção.

8 ' - Ninense, respondeu com Hélder a obrigar Pedro Freitas a ceder canto.

28' - Jogo numa fase mais monótona, com as equipas sem conseguirem levar perigo às respectivas balizas contrárias, com a disputa de bola mais a meio campo. 

30' descida rápida do Fafe à área do Ninense com o guarda-redes a sair fora da área e a defender com a mão, levando o respectivo cartão vermelho e deixando a sua equipa com menos um. 

33' - 3 minutos para entrar o novo guarda-redes, João, com Rogério Amorim a tirar Pedrinho. Do livre directo, apontado por Silvestre, nada resultou.

41' - 1.º amarelo da partida para Silvestre numa falta cometida no meio campo da equipa do Ninense.

A equipa do Ninense arrisca pouco e quando defende é sempre com toda a gente atrás da linha da bola.  

45+1' Silvestre meteu na área e Filipe, de cabeça, quase surpreendia João, a bola saiu ao lado.

INTERVALO [1-0]

46' - Canto para o Fafe com a defensiva do Ninense a aliviar. 

50' 2-0 - Golo de antologia de Carneiro com este a receber a bola na área e de pé esquerdo a colocar em arco ao poste mais distante da baliza à guarda de João. O jogador meteu a bola debaixo da camisola a simular uma gravidez e chuchou no dedo (ver foto), pois a esposa está grávida e vem um filho a caminho. 

54' Saiu Silvestre e entrou Gil

60' - Quarto de hora de grande domínio do Fafe sem deixar o Ninense passar praticamente do meio campo e sempre a tentar chegar ao 3.º golo.

63' - Filipe serviu Adul e este rápido na área aproveitou a saída de João para simular grande penalidade a que o árbitro anuiu. Escreveu-se direito por linhas tortas com o próprio Adul a marcar e João a defender o penalti.

69' - Saiu Filipe, entrou Pedro Castro que se estreou esta temporada pelo Fafe. 

71' - Cruzamento de Castro para Gil e este na área de cabeça, atirou ao lado. Gritou-se golo.  

75 - 3-0 - Cruzamento de Castro ao segundo poste, Adul de cabeça obrigou João a defender, sobrou para um fafense que serviu Xavi, este beneficiou de uma simulação de Ricardo Fernandes e foi só colocar para golo. 

85' - Verdadeira asfixia da AD Fafe ao Ninense na segunda parte. Recorde-se que a equipa famalicense, está jogou com menos um jogador desde a meia hora. 


Jogo realizado no Parque Municipal de Desportos, em Fafe. 

Árbitro: Hugo Araújo (CA Vila Real), auxiliado por João Teixeira e Ruben Clemente.

AD FAFE: Pedro Freitas; Raviola, Ricardo Fernandes, Xavi, João Carneiro, André, João Nogueira (Vasco, 77'), Silvestre (Gil, 54), Filipe (Pedro Castro, 69) Adul e Ferrinho. Treinador, Agostinho Bento.

AD NINENSE: André Ferreira; André Correia, China, David, Luís Tiago, Bruno Silva (Canetas, 74), Cesário, Emerson (Tiago Fernandes, 67), João Duarte, Hélder e Pedrinho (João, 33´). Rogério Amorim.

DISCIPLINA - Amarelos: Silvestre, 41'; Emerson, 48; João, 63, Adul, Vasco 81' e Luís Tiago, 89. Vermelho, André Ferreira, 30. 

MARCADOR: Silvestre, 7'; Carneiro, 50; e Xavi, 75.

.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Pedestrianismo: É já este Sábado em Cepães a XVIII Marcha Nacional de Veteranos

XVIII Marcha Nacional de Veteranos
Cepães – Fafe
28 de setembro de 2013
* * *
Foi preciso esperar pela maioridade da Marcha Nacional de Veteranos para que Fafe a recebesse. É que este ano realiza-se a décima oitava edição deste importante evento do Calendário Nacional de Actividades de Montanha da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. Os Restauradores da Granja acolheram com prazer a distinção de lhes ter sido entregue a organização deste evento para o corrente ano de 2013.
Marcha Nacional de Veteranos já é o encontro que os praticantes de montanhismo/pedestrianismo, veteranos ou não, marcam como um objectivo anual a cumprir. É, na realidade, o regresso à montanha e ao campo, após o período estival e de ócio passado em regiões mais próprias para a época.
E para tanta expectativa, nada melhor que as terras de Fafe – a Sala de Visitas do Minho. Será já num ambiente outonal, quando a Natureza se nos apresenta com cores mais quentes, que iremos percorrer a “Rota do Milénio”, um dos diversos percursos pedestres implantados no concelho, para a apreciarmos no seu máximo esplendor.
Não faltes à festa dos Veteranos, num reencontro de amigos e companheiros.

Programa:
LOCAL -  Cepães (Fafe)
PONTO DE ENCONTRO – Escola Primária de Cepães, junto à Igreja

28 setembro (sábado)
09:00 horas: Abertura Secretariado na Escola Primária de Cepães, junto à Igreja
09:30 horas: Boas vindas
10:00 horas: Início da XVIII Marcha Nacional de Veteranos
13:30 horas: Final da marcha (previsão)
13:45 horas: Almoço
                      Animação
                      Visita ao Museu Nossa Senhora de Guadalupe

16:00 horas: Encerramento da atividade

VEJA O PROGRAMA COMPLETO: AQUI
.

Regresso do Futebol Popular - Supertaça: GD Fareja - Amigos de Quinchães

.
.

Há dérbi na Taça AF de Braga: GD Silvares - ACD Pica

.
.

Agenda desportiva de fim-de-semana


PEDESTRIANISMO 

XVIII MARCHA NACIONAL DE VETERANOS


LOCAL - Cepães (Fafe) - SÁBADO 28 SETEMBRO
PONTO DE ENCONTRO – Escola Primária de Cepães, junto à Igreja


09:00 horas: Abertura Secretariado na Escola Primária de Cepães, junto à Igreja
09:30 horas: Boas vindas

10:00 horas: Início da XVIII Marcha Nacional de Veteranos
13:30 horas: Final da marcha (previsão)


ANDEBOL 

CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO

ADA Maia Ismai - AC Fafe 

Sábado, 17:30 horas | Pavilhão Municipal da Maia 


FUTEBOL NACIONAL 

CAMPEONATO NACIONAL DE SENIORES

Domingo, 15 horas | no parque Municipal de Desportos, Fafe 

AD Fafe - AD Ninense  



CAMPEONATO NACIONAL DE JUNIORES - 2.ª DIVISÃO

Sábado, 11 horas | em Viana do Castelo

SC Vianense - AD Fafe



FUTEBOL DISTRITAL PRÓ-NACIONAL 

AF BRAGA


Dumiense FC - Arões SC | Sábado, 16 horas | em Dume, Braga 

GD Travassós - CD Celeirós | Sábado, 16 horas | em Travassós, Fafe


FUTEBOL DISTRITAL - TAÇA AF BRAGA 


2.ª ELIMINATÓRIA 

GD Silvares - ACD Pica | Sábado, 16 horas | em Silvares, Fafe

OFC Antime - CD Ponte | Sábado, 16 horas | em Antime, Fafe


GCD Regadas - GD Louro Sábado, 16 horas | em Regadas, Fafe


FUTEBOL VETERANOS 

CAMPEONATO INTERPLANETÁRIO DA AMIZADE

FC Penafiel - UD Fafe A60 | Sábado, 17 horas | em Penafiel


FUTSAL DISTRTAL FEMININO 

S. Nicolau Basto - Nun'Álvares | Sábado, 15:00 horas | em Arco Baúlhe, Cabeceiras de Basto


FUTEBOL POPULAR

SUPERTAÇA 

Amigos Quinchães  - GD Fafeja | Sábado, 17:00 horas | Campo n.º 2 PMD, Fafe
.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Liga de Futsal de Fafe 2013/14: Pardelhas também entra

Texto: João Carlos Lopes 
.
Mais uma equipa oriunda do Futebol Popular

- SR Cepanense, AD Fafe, Santa Maria de Ribeiros, GCD Armil também vão fazer parte desta Liga 

O G.D. Pardelhas é a última equipa conhecida a confirmar a sua participação na Liga de Futsal 2013/14 organizada pela Associação de Futsal de Fafe que está na fase de pré-arranque. 

O Pardelhas é mais um dos dissidentes do Futebol Popular que se junta ao Futsal, a exemplo de outras equipas que por lá passaram como o Ribeiros e o Armil que também vão fazer parte da Liga 2013/14. 


Assim, além do G.C.R.S.M. Ribeiros, SR Cepanense e A.D.Fafe o Pardelhas engrossa o lote das equipas que vão actuar neste competitivo campeonato que abrange todo o concelho e já atrai para as equipas de Fafe jogadores doutras localidades do Norte do País. 

CLUBES QUE SE MANTÊM: Arões SC, Sol Poente, Leões do Ferro, CD Vinhós, Travassós Futsal, AD Revelhe, Futsal Clube de Fafe, Ara do Bugio, Rumo ao Futuro, Junta Freguesia de Estorãos e GR Ardegão.   

EQUIPAS QUE DESISTIRAM: GD Fornelos, Ases de S. Jorge, GD Silvares, CD Amigos de Fafe e Junta de Freguesia de Moreira de Rei.

EQUIPAS NOVAS: SR Cepanense,  AD Fafe, Santa Maria de Ribeiros, GCD Armil e GD Pardelhas.

NOTA: Uma noticia inserida na Página da AFF sobre as equipas estreantes (em que só consta o emblema do Pardelhas, do Cepanense, do Ribeiros e da AD Fafe  induziu-nos em erro pelo que o GD Armil também vai participar nesta Liga)
.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Andebol - 1.ª Div. Nac: AC Fafe, 21 - ABC, 27

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Exibição intermitente  

O AC Fafe recebeu e perdeu com o ABC por 21-27, em jogo relativo à 4.ª Jornada realizado na quarta-feira, no Pavilhão Municipal. 

A equipa de Nuno Santos voltou a entrar mal no jogo tendo permitido um avanço de seis golos aos bracarenses com apenas 14 minutos jogados (3-9). Após isso ainda conseguiu uma boa recuperação tendo reduzido para 9-12 mas acabaria por chegar ao intervalo a perder por 10-14. 

O início da segunda parte também não foi famoso agravado com a exclusão simultânea por dois minutos de Nuno Pimenta e João Castilho, com dois minutos de jogo decorridos. 

O jogo foi de desacerto total quer para um lado quer para o outro com as equipas a falharem muitos ataques. Aos 10 minutos o marcador estava em 13-17 e nesta altura o guarda-redes Miguel Marinho também foi excluído por reclamar de forma tempestiva uma decisão. 

A partir dos 14 minutos o ACF encetou uma recuperação no marcador: 15-20; 16-20; 17-20 e aos 19 minutos teve a possibilidade de reduzir, por mais que uma vez, a diferença apenas para dois golos. Como não o fez o marcador disparou a favor do ABC que cavou uma diferença de oito golo 18-26. Nos últimos dois minutos os fafenses ainda marcaram mais três golos mas o ABC tinha o jogo controlado e venceu por 21-27. 

Como o próprio marcador demonstra houve baixa produtividade na partida. Pedro Peneda foi mais uma vez o melhor marcador do ACF com seis golos. Do lado do ABC, Nuno pereira destacou-se com sete. 

AC FAFE: Miguel Marinho, Hugo Fernandes e João Santos; Armando Pinto (4), Cláudio Mota (5), Nuno Pimenta (2), Eduardo Sampaio, João Castilho (2) Luís Gonçalves, Vladimiro Pires, Mário Pereira, Luís Pereira, Vítor Ribeiro, Pedro Peneda (6) e Marco Sousa (2). Treinador, Nuno Santos.
.

Liga de Futsal de Fafe: Desistiram 4 equipas e entraram outras 4

Texto: João Carlos Lopes 

Ribeiros, Armil e AD Fafe estreiam-se na competição 

- SR Cepanense regressa

A Liga de Futsal de Fafe, organizada pela Associação de Futsal de Fafe já conhece os intervenientes para a época 2013/2014, sendo certo que saíram quatro equipas em relação à época passada e entram quatro novas formações.

Uma das equipas, a Sociedade de Recreio Cepanense já tinha entrado na competição pelo que é um regresso. Já o Santa Maria de Ribeiros, o Armil e a AD Fafe estreiam-se na competição. 

As equipas do GD Fornelos, Ases de S. Jorge, CD Amigos de Fafe e Junta de Freguesia de Moreira de Rei são as equipas que desistiram, deixando algumas delas no ar a eventualidade de um regresso.

Entretanto a reunião com os clubes para definir os contornos das competições para a época 2013/14 é na próxima segunda Feira pelas 21:30 horas no auditório da casa da Cultura, desconhecendo-se o inicio da Liga. 

Entretanto, a temporada 2013/14 inicia-se no próximo dia 5 de Outubro com a realização da Supertaça entre o Campeão Sol Poente e o vencedor da Taça Santo Ovídio.   

CLUBES QUE SE MANTÊM: Arões SC, Sol Poente, Leões do Ferro, CD Vinhós, Travassós Futsal, AD Revelhe, Futsal Clube de Fafe, Ara do Bugio, Rumo ao Futuro, Junta Freguesia de Estorãos e GR Ardegão.   

EQUIPAS QUE DESISTIRAM: GD Fornelos, Ases de S. Jorge, CD Amigos de Fafe GD Silvares e Junta de Freguesia de Moreira de Rei.

EQUIPAS NOVAS: SR Cepanense,  AD Fafe, Santa Maria de Ribeiros e GCD Armil
.

Futebol / Legião Estrangeira

Tiago André
GD Ribeirão
Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

LIGA ZON SAGRES - Jornada 5

O Arouca (11.º), de HENRIQUE, não conseguiu a 3.ª vitória consecutiva ainda que tenha perdido apenas pela margem mínima (0-1), em casa contra o Sporting de Braga. Caiu três posições na tabela.   

TAÇA DE PORTUGAL - 2.ª ELIMINATÓRIA 

O Moreirense FC, de SANDRO recebeu o Merelinense, naquele que foi um dérbi minhoto em que só os de Moreira de Cónegos tiveram motivos para festejar e logo por nove vezes (9-0). 

O FC Felgueiras, do treinador Adjunto MIGUEL CASTRO, recebeu o Bustelo e venceu por 2-0 marcando presença no sorteio da 3.ª eliminatória.

O Maria da Fonte, de RUBEN FERNANDES, foi eliminado em casa pelo O Grandolense ao perder por 2-3, resultado apurado no prolongamento.

A AD Limianos de RICARDO NOGUEIRA, foi eliminada pela UD OLiveirense, ao perder em Oliveira de Azeméis por 2-1.

O GD Ribeirão, de TIAGO ANDRÉ, recebeu o Juventude de Évora e ao vencer por 4-0 marcou presença na próxima eliminatória.

O Santa Clara, do treinador, CARLOS CONDEÇO, do adjunto TÉNIO TENEV e do defesa MIKE, foi ao recinto do Pinhalnovense vencer por 1-0 o que foi suficiente para passar a eliminatória.


DIVISÃO PRÓ NACIONAL 


AF BRAGA - JORNADA 5

União Torcatense (5.º) de RICARDO SOARES, foi ao terreno do Taipas empatar para sem golos e ascender ao 5.º lugar numa tabela a carecer de muitos acertos de jogos, pois já há equipas com 5 jornadas cumpridas, outras com quatro e outras apenas com três e em que o Arões é líder à condição, com quatro jogos disputados.   

O GD Serzedelo (10.º), do guardião JOÃO SAMPAIO, não actuou nesta jornada em que só se realizaram quatro dos nove jogos previstos, devido a algumas equipas estarem ainda envolvidas na Taça de Portugal.


AF PORTO - JORNADA 2

A AD Lousada (.17.º), de PEDRO ISMAEL, foi ao recinto do Oliveira do Douro perder por 2-1, continuando sem vencer neste início de campeonato. 

O Vila Meã (7.º), de RICARDO MORAIS, recebeu o Serzedo e venceu por 2-1, tendo subido 13 lugares na tabela.

.