.

.
.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

AD Fafe tem a melhor defesa de todos os campeonatos

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Defesa fafense ao lado da do Porto e do Benfica

O Fafe tem uma das melhores defesas de todos os campeonatos nacionais, incluindo os profissionais, com sete golos sofridos, os mesmos que FC Porto, Benfica, Salgueiros 08 e FC Vizela, sendo, portanto, a par da equipa de Paranhos e dos vizelenses a melhor defesa do Campeonato Nacional de Seniores. De referir que o Porto e Benfica têm apenas 14 jogos efectuados ao invés dos 15 já feitos pelos fafenses. 

Depois de ter falhado o objectivo de lutar pela subida à segunda liga na época passada, a equipa fafense consegui-o desta vez com uma margem confortável. Falta saber quem acompanha os fafenses nesta série, com Mirandela e Vilaverdense a perfilarem-se como candidatos com os transmontanos a estarem melhor posicionados. Na série B, os dois apurados deverão sair do trio, Varzim, Famalicão e Vizela. Na Série C, Salgueiros, Coimbrões, Cinfães e Sousense perfilam-se como candidatos. Já na D, os candidatos são o Cesarense, o Lusitano FCV (Açores) e o Estarreja.


No último jogo, em Viana do Castelo o Fafe vingou a derrota caseira da primeira volta por 2-1, a única até agora no campeonato, e festejou a presença antecipada na luta pela subida à 2.ª Liga.
.

Juniores - 1.ª Div. AF Braga: ACD Pica, 1 - CD Celoricense, 1

Redacção/Luísa Freitas 

Terminar com oito jogadores e conquistar um ponto foi do mal o menos

Em jogo de certo de calendário relativo à 7.ª jornada, a ACD Pica recebeu e empatou com o CD Celoricense a uma bola. 

As duas equipas entraram em campo com intenção de marcar nos minutos iniciais. Aos 3', o Celoricense poderia inaugurar o marcador com um remate à entrada da área para defesa de Peixinho. 

Aos 5', uma jogada rápida pelo lado direito onde Ricardo Cunha entra dentro da área a rematar para a defesa do guarda-redes do Celoricense. Aos 8' a Pica poderia inaugurar o marcador, uma boa metida nas costas da defesa onde César isolado remata para a defesa do guarda-redes. 

Aos 11', uma arrancada pela direita de Xavi, isola César e este torna a permitir a defesa do guarda-redes do Celoricence. Aos 38', um livre favorável ao Pica do lado esquerdo batido por Teixeira onde apareceu Toni ao segundo poste a cabecear rente ao mesmo. Aos 40', canto a favor do Celoricense com o seu jogador a cabecear sem oposição dos jogadores da pica a cabecear por cima da área. Chegando o descanso com o nulo no marcador. 

Ao intervalo Pedro Freitas fez sair Xavi entrando para o seu lugar Faruta. Aos 52' canto a favor do Pica, César a cabecear à barra e na recarga o mesmo jogador a cabecear para a baliza onde apareceu o jogador do Celoricense a evitar o golo. 

Quando nada fazia esperar, aos 62', uma bola metida nas costas da defesa do Pica, o capitão do Celoricense a isolar-se e a fazer o 1-0. Aos 67', Pedro Freitas fez entrar Carlitos para a saída de Tiago Rodrigues. O Pica tentava chegar à igualdade mas o Celoricense após ter marcado o golo e recuado nunca deixou a Pica criar muitas oportunidades de golo. 

Em contra-ataque o Celoricense poderia chegar aos 2-0. Aos 72', o Pica ficou reduzido a dez por expulsão de Gabi. Aos 75', fez a ultima substituição, saindo Teixeira e entrando Miguel Carvalho. Aos 78', o Pica fica reduzido a nove por lesão de Francisco Rodrigues. Aos 80', uma jogada rápida pelo lado esquerdo da Pica, Faruta vai à linha cruza para a área onde apareceu Miguel Carvalho a fazer o empate. 

Aos 85', Ricardo Cunha cruza para a área onde aparece Miguel Carvalho para finalizar para o golo, mas apareceu um defesa do Celoricence a cortar no momento exacto, para canto. Aos 43', o Pica fica reduzido a oito, por expulsão de Ricardo Cunha tendo visto o segundo cartão amarelo. 

O Pica não desanimava por estar reduzido a oito e aos 47 min da segunda parte Miguel Carvalho poderia ter feito já dentro da área o 2-1, acabando o jogo empatado uma bola sendo do mal o menos. 

O Pica defrontou uma excelente equipa, muito bem orientada pelo seu treinador fafense, Ismael Gonçalves. Este jogo também teve um bom trio de arbitragem. 

O Pica alinhou com, Peixinho, Gabi, Ezequiel , Toni, Cesar, Tiago Rodrigues, Duarte, Ricardo cunha , Xavi, Francisco Rodrigues e Teixeira. Jogaram ainda, Carlitos, Miguel Carvalho e Faruta. Treinador, Pedro Freitas.
.

AD Fafe - Limianos: 1 alimento por 1 bilhete em campanha solidária

Redacção 

Campanha reverte a favor de três instituições do Concelho

No próximo domingo, dia do jogo contra a AD Limianos, a AD Fafe irá promover uma campanha solidária de recolha de alimentos à entrada do Parque Municipal de Desportos. Neste que é o primeiro jogo depois do apuramento para o Playoff, a AD Fafe decidiu associar-se a uma causa nobre e incentivar os seus adeptos a assistirem ao jogo em troca de um gesto solidário. 

O processo é muito simples: na entrega de um alimento, a AD Fafe garante o bilhete de entrada para o jogo. Importa esclarecer que deverão ser doados alimentos facilmente armazenáveis e práticos de transportar, tal como enlatados, leite, massa, cereais, arroz, açúcar, sal, bolachas, café solúvel e chá, entre outros bens essenciais. 

A campanha tem como destino final três instituições de solidariedade do nosso concelho: o Lar da Criança de Revelhe, a Cruz Vermelha Portuguesa - delegação de Fafe e a Conferência São Vicente de Paulo. 

O pontapé de saída já foi dado pelos jogadores do plantel sénior. A restante família AD Fafe irá também contribuir através dos jovens atletas da formação, atletas do futsal, nadadores, treinadores e diretores. Apoie esta causa e venha ver a AD Fafe
.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Futsal: Zé Fernando e Paulo Novais são reforços do Nun'Álvares

Zé Fernando (esq.) e Paulo Novais (dir.)
Texto: João Carlos Lopes / Fotos: DR 

Juventude e experiência para ajudar

O Grupo Nun'Álvares acaba de contratar dois jogadores para a sua equipa de futsal sénior masculino com vista a perseguir o objectivo de alcançar um dos quatro lugares que darão direito a disputar a "poule de subida" aos campeonatos nacionais. Zé Fernando que jogava no Contacto Futsal mas que devido ao facto de estar a estudar em Fafe lhe dá mais jeito ter uma equipa por perto é um jogador jovem que joga a fixo. Paulo Novais é um jogador experiente, antigo atleta do Clube quer em Futsal quer em Hóquei em Patins mas daqueles que era bom nas duas modalidades. Joga na posição de pivot e pode ser uma ajuda preciosa para o GNA.    

recorde-se que estes dois jogadores Vêm colmatar as saídas de João Vítor e de Fonseca que recentemente deixaram a equipa orientada por Hugo Oliveira que ainda está à procura da regularidade no que a resultados diz respeito nesta temporada. O GNA encontra-se na quinta posição com 16 pontos, os mesmos que o seu próximo adversário, Rio Caldo, onde jogará na condição de visitante, em jogo que marca o início da segunda volta desta fase do campeonato.
.

Antigo jogador do Benfica, Carlitos, jogou contra a Ass. F. Fafe/Sol Poente

Texto e foto: João Carlos Lopes 

"Há muita adrenalina nos pavilhões"

Carlitos é um nome incontornável do Futebol português pelo menos para uma ou mais gerações que o viram jogar. Fez a sua formação no Gil Vicente que mais tarde representaria nos seniores e passou por muitos outros respeitáveis emblemas nacionais e não só. Esteve no Real Madrid B, Sp. Braga, Estrela da Amadora, Benfica, Poli Ejido, FC os Belenenses e Vitória de Guimarães. Foi ainda Internacional Sub 20, 21 e 23. Quem não se lembra da sua velocidade e dos golos que marcava? No futsal é diferente mas ainda está na fase de adaptação. 

Carlitos, que tem agora 37 anos, fez um total de 374 Jogos na Primeira Liga mas agora, e desde há duas épocas a esta parte joga Futsal. Esteve em Fafe na última sexta-feira em representação do Clube de Futsal os Galos de Barcelos, na vitória da sua equipa sobre a Associação de Futsal de Fafe/Sol Ponte por 3-2. Apesar de ter jogado no Benfica não mostrou tiques de vedeta, revelou humildade, respeito pelos colegas e adversários e profissionalismo dentro do recinto de jogo. Falamos com ele sobre a partida e sobre esta mudança na sua actividade desportiva. 

“Não há jogos fáceis no futsal. Defrontamos uma boa equipa com jogadores com muita qualidade mas nós também temos valor e viemos demonstrar que merecemos vencer a partida. Este é o meu segundo ano na modalidade e é óbvio que é completamente diferente do que estava habituado a fazer. Estou-me a adaptar bem porque sempre gostei de jogar futsal quando era miúdo. Perdi bastantes hábitos é óbvio que também dá para entreter e o mais importante é que está tudo a correr bem. Vamos tentar agora ir o mais longe possível no campeonato e na taça. Para o nosso primeiro ano está a correr bem o campeonato e queríamos dar continuidade com a Taça. Conseguimos passar, demos um grande passo e agora vamos tentar chegar o mais longe possível. Entre o futebol e o futsal há diferenças e igualdades. Há muita adrenalina nos pavilhões, é tudo muito mais próximo mas é sempre bom e um prazer jogar à bola”.
.

Andebol Juvenil: Águas Santas venceu Torneio de Natal de Fafe

Redacção 

AC Fafe ficou em 3.º lugar

Decorreu de 26 a 28 de Dezembro de 2014, o Torneio de Andebol para equipas Juvenis Masculinos, na cidade de Fafe, organizado pela Associação de Andebol de Braga e pelo Andebol Clube de Fafe.

Com a participação das 5 equipas pertecentes à A.A. Braga, o AC Fafe, ABC, CCR Fermentões, Xico Andebol e AAPLanhoso, às quais se juntou o A.A.A. Santas,, que lilitam na 1ª divisão do campeonato nacional de juvenis masculinos.

As equipas inicialmente divididas em duas séries de 3 equipas, para posterormente se apurarem para os jogos que determinariam os lugares de 1º a 6º da classificação final.

Assim, se chegou ao vencedor do Torneio, a equipa maiata do Aguas Santas, que na final venceu a equipa bracarense do ABC.

Foi um Torneio muito disputado e que serviu essencialmente para a preparação das equipas para os jogos que se vão seguir a contar para o Nacional da 1ª divisão.

No final foram entregues Troféus correspondentes aos diversos lugares ocupados pelas equipas em presença.

Calendário e resultados dos Jogos:


1ª Jornada - 26.12.14
16:00 horas - AC Fafe : AAPL 29 - 24 
18:00 horas - ABC : CD Xico Andebol 37 - 30

2ª e 3ª Jornadas - 27.12.14 
09:45 horas - CD Xico Andebol : CCR Fermentões 29 - 20
11:30 horas - Águas Santas: AC Fafe 21 - 20
15:00 horas - CCR Fermentões : ABC 23 - 32
16:45 horas - AAPL : Águas Santas 29 - 29


FASE FINAL - 28.12.14
10:30 horas - 5º e 6º - AAPL - CCR Fermentões 34 - 20
15:00 horas - 3º e 4º - AC Fafe - CD Xico Andebol 20 - 19
16:45 horas - 1º e 2º - ABC - Águas Santas 21 - 23

Classificação Final

1º - Águas Santas
2º - ABC
3º - AC Fafe
4º - CD Xico Andebol 
5º - AAP Lanhoso 
6º - CCR Fermentões

.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Futsal - Declarações de Vítor Pereira no final do jogo com os Galos de Barcelos

Texto e foto: João Carlos Lopes 
"A nossa equipa tem uma margem de progressão muito grande"

O treinador da Associação de Futsal Fafe/Sol Poente, Vítor Pereira, teceu o seguinte comentário no final da partida com o Clube de Futsal Os Galos de Barcelos, a contar para a segunda eliminatória da Taça AF de Braga.  

“Aos 50 segundos já estávamos a perder por 1-0. Depois conseguimos acalmar o jogo e dar a volta ao resultado mas não fomos eficazes o suficiente para mantermos essa vantagem. Na segunda parte os árbitros marcaram cinco faltas muito cedo para ambos os lados o que condicionou o jogo. A nossa equipa é jovem e inexperiente nestas andanças teve algumas dificuldades para gerir esses momentos. Defrontamos uma boa equipa que ocupa o 3.º lugar na outra série que se revelou mais madura e soube aproveitar melhor uma desconcentração que tivemos, pois íamos para o contra-ataque num 3X2 não fizemos golo e no contragolpe sofremos, o que nos veio a condicionar. Ficamos eliminados e temos agora que apostar tudo no campeonato e lutar para ficar nos quatro primeiros lugares para podermos disputar a fase de subida. A nossa equipa tem uma margem de progressão muito grande e já tem apresentado níveis muito interessantes para o primeiro ano mas queremos desde já deixar a nossa marca. Estou satisfeito com aquilo que os meus atletas fizeram. Obviamente que há coisas que temos de corrigir pois quando o jogo se parte temos que o saber gerir melhor mas julgo que isso com o tempo vai surgir porque a margem de progressão destes jogadores é enorme.”
.

Júlio ex-GD Silvares assinou pelo Agrupamento Santa Cristina

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Reforço de peso para a baliza 

O guarda-redes Júlio que começou a época no GD Silvares, sob as ordens de PH, que entretanto deixou, vai agora representar o Agrupamento de Santa Cristina, no campeonato do Futebol Popular de Fafe sob o comando de Hélder Oliveira. 

Aos 24 anos, o guarda-redes que terminou a formação no OFC Antime, Clube onde se manteve como sénior durante mais duas temporadas, passou ainda pelo Arões SC, regrssou mais duas épocas a Antime para iniciar a presente temporada no Silvares. 

É uma mais valia para a formação do Agrupamento de Santa Cristina que tem aspirações a vencer o Campeonato de Futebol Popular concelhio, do qual é detentor da supertaça.
.  

Associação Fut. Popular de Fafe: Resultados Taça Futsal fem./Sub 17 e Sub 13


Karaté: Luís Fernandes (CBF) a um passo de representar Portugal

Redacção/CBF 

Voltou a destacar-se durante o I Encontro de Seleções Portugal – Espanha

O atleta Luís Fernandes, do Centro Budo de Fafe, poderá representar Portugal no próximo campeonato europeu de karate, após uma boa prestação no primeiro encontro ibérico de seleções, recentemente decorrido na cidade de Pombal.

Depois de se ter sagrado vice-campeão durante a época desportiva de 2013/2014 no escalão cadete -52 quilogramas, Luís Fernandes voltou a destacar-se durante o I Encontro de Seleções Portugal – Espanha, que a cidade do Pombal acolheu entre os dias 19, 20 e 21 de dezembro.

Formado no Centro Budo de Fafe, o jovem, de 15 anos, poderá assim vir a representar Portugal no 42.º Campeonato da Europa de Karate de cadetes, juniores e sub-21, organizado pela EKF - European Karate Federation, que se vai disputar entre os dias 06 e 08 de fevereiro em Zurique, na Suíça.

Atualmente a frequentar o 10.º na escola secundária de Fafe, Luís Fernandes tornou-se numa referência obrigatória depois de ter conquistado o título de campeão nacional no escalão juvenil, na época 2012/2013, sendo uma das promessas desta escola de karate fafense.
.

domingo, 28 de dezembro de 2014

Fisioterapeuta Pedro Pinto é pioneiro no País em novo método de tratamento

Texto: HC/B 

"Vontade de arriscar e crescer profissionalmente"

- Jovem fafense é Fisioterapeuta dos juniores da AD Fafe e considerado um excelente profissional na sua área 

Enche-nos de orgulho partilhar com os nossos seguidores que dois fisioterapeutas portugueses que já trabalham com a metodologia Human Tecar estão a poucas semanas de começar a trabalhar em pleno com o método. Basílio Macedo e Pedro Pinto da região norte são dois jovens fisioterapeutas que se tornaram recentemente nos primeiros clientes doSynergy HCR em Portugal.

A vontade de arriscar e crescer profissionalmente foi um sentimento comum de ambos e que despoletou a ambição de oferecer aos seus pacientes o melhor e mais inovador tratamento em Fisioterapia.

A Synergistic Healthcare Methodology da Human Tecar casa muito bem 3 elementos fundamentais: a terapia manual, os produtos funcionais e a tecnologia. Pode-se dizer que a tecnologia “estrela” da Human Tecar é o Synergy HCR. Trata-se de um estimulador eletromagnético da circulação. Quando aplicado no tecido biológico gera movimentos iónicos, criando assim uma estimulação intensa a nível celular, com aceleração dos processos de reparação natural do organismo. Influencia portanto, positivamente processos metabólicos e bioquímicos envolvidos na inflamação, edema e dor.

Estes dois fisioterapeutas cuja área de atuação é em grande parte a terapia manual terão com esta tecnologia oportunidade de potenciar o poder das suas mãos e tirar o máximo partido das potencialidades da Synergistic Healthcare Methodology no tratamento e prevenção da lesão.

Esta sinergia atua num vasto leque de áreas oferecendo resultados rápidos e duradouros. Com utentes cada vez mais exigentes e ocupados, a rapidez de resultados é um fator imperativo no sucesso do profissional de saúde, dando mote ao slogan da própria Human Tecar “Feel Your Best”.

Fortalecida por uma sinergia vencedora que inclui tecnologia avançada e produtos funcionais, a Human Tecar representa a evolução daqueles profissionais que têm coragem de sair da sua zona de conforto!

Pedro e Basílio ainda vamos ouvir falar muito de vocês! :)
.

Futebol Popular - Sub 17: GD Paços, 2 - GD Estorãos, 1

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Vitória suada deu para segurar a liderança

Um Paços muito desfalcado venceu na manhã de Domingo o Estorãos por duas bolas a uma, em jogo a contar para o campeonato de Futebol Popular em Sub 17, contando por vitórias todos os jogos dusputados  .

Paulo Martins teve uma razia no plantel, faltando cinco jogadores num total de apenas 14, pelo que teve de improvisar perante uma equipa aguerrida como é a do GD Estorãos.

O jogo começou bastante lento com as duas equipas a terem medo de arriscar para não sofrerem golos porque qualquer deslize podia ser fatal, e assim aconteceu aos 15 minutos em que Fabinho correu meio campo com a bola passando pelo ultimo defesa do Estorãos e na cara do guarda-redes fez o 1-0 para a equipa da casa, mas volvidos dois minutos o Estorãos empatou por Da Silva numa jogada parecida à do golo do Paços.

As equipas jogavam devagar, à espera do intervalo, pois não estava a ser um jogo bonito mas nem sempre se pode jogar para o espectáculo. Por vezes é necessário serem pragmáticos para se conseguir o que se pretende e jogar com as peças que se dispõe.

Chegou assim a segunda parte, jogando se na mesma toada lenta mas com a equipa do Paços a tentar chegar à vitória e a fazer passar a bola por todos os jogadores para tentar abrir espaços na defesa do Estorãos que estava a fazer um bom trabalho até ao minuto 15, quando Rui Rocha de fora da área desferiu um remate colocado e bate pela segunda vez o guarda-redes da equipa contrária, colocando 2-1 no marcador que deu os três pontos a sua equipa.

Foi Uma partida difícil mas o Paços conseguiu manter o 1.º lugar, com 3 jogos e 3 vitórias, tendo já folgado, somando assim 9 pontos. O líder vai jogar agora na casa do Pica.

Jogo-Treino: GCD Regadas, 2 - FC Felgueiras B, 3

Texto: João Carlos Lopes 
Um apronto para rodar jogadores 

O GCD Regadas realizou um jogo-treino com a formação do FC Felgueiras B, disputado no Campo das Cerdeirinhas em que aproveitou para rodar jogadores pouco utilizados, tendo perdido por 3-2.

A equipa fafense foi orientada por Marcelo Teixeira e Duarte Marinho, adjuntos até então da equipa técnica de Vítor Pacheco e conhecedores do plantel do GCD Regadas ate à prematura saída do técnico que foi orientar o GD Serzedelo. 

Ao intervalo o Felgueiras B encontrava-se a vencer por 2-0 tendo chegado ao fazendo 3-0 logo no início da segunda parte. Nos minutos finais o GCD Regadas ainda reduziu para 3-2, por Gomes mas não conseguiu evitar a derrota, a fechar o ano no Campo das Cerdeirinhas, ainda que não passasse de um jogo-treino.

Foi uma partida em que a equipa técnica aproveitou para fazer novas experiências, dando minutos a jogadores menos utilizados alinhando na 1.ª parte com: Rafa, Tiago, Marco André, Serginho e Pauleta, Camilo, Rui, Buga, Terinho, Nuno e Flávio. Na 2.ª parte alinhou com: Rafa, Russo, Sobrança, Julien, Quim, Rui, Gomes,  Buga, Samu, Pedro e Diogo.

O GCD Regadas informa que nas próximas horas será anunciada a constituição da nova equipa técnica do GCD Regadas, sendo a mesma liderada, no imediato, por Marcelo Teixeira e Duarte Marinho.

Div. Honra AF Braga: GD Travassós, 4 - Arco Baulhe, 0

CN Seniores: SC Vianense, 0 - AD Fafe, 1

Redacção/ADF 

Já está! play off de subida na cabeça de Silvestre 

A AD Fafe com a vitória em Viana do Castelo, por uma bola a zero, garantiu já a disputa do play-off que dá acesso à 2ª Liga.

Bastava a vitória nesta partida e mesmo que o terceiro classificado vencesse, a A. D. Fafe ia manter o primeiro lugar, com dez pontos de diferença, quando há apenas para disputar nove pontos. 

Em Viana do Castelo, a A. D. Fafe mostrou-se sempre uma equipa compacta a defender e perigosa a atacar. Na primeira parte, há a assinalar pela negativa a saída de Ferrinho do jogo, por lesão e o remate ao travessão por parte de Silvestre, que pela esquerda e à entrada da área, rematou cruzado.

Na segunda metade a A. D. Fafe veio com mais acutilância ofensiva e numa boa jogada individual pela direita, Vasco Costa na linha, “partiu os rins” ao seu adversário e centrou para a pequena área onde entrou de rompante SILVESTRE, a empurrar de cabeça para o golo. A perder a equipa da casa, subiu no terreno para tentar chegar ao empate, mas não conseguia penetrar na muralha defensiva fafense. 

Nem com lançamentos pelo ar a equipa vianense conseguia criar real perigo, pois Marçal era “dono e senhor” da área. Ao invés, a A. D. Fafe apostou no contra ataque e teve mais perto do golo, do que propriamente o Vianense. Após boa jogada de Nuninho na direita, entrou na área e serviu ao segundo poste Sócrates, que não conseguiu a emenda fatal, quando estava completamente isolado.

Com esta vitória, a quinta consecutiva, a A. D. Fafe lá está isolada no topo da tabela desta Série A, terminando o ano já com o objectivo cumprido. 

Na próxima jornada, a ser jogada em 2015, a A. D. Fafe recebe a A. D. Limianos, onde irá tentar lograr mais uma vitória.

sábado, 27 de dezembro de 2014

Futsal Fem. AF Braga: CDRC Tebosa, 3 - Nun'Álvares, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Falta de agressividade deu brinde natalício

A equipa sénior feminina do Grupo Nun'Álvares começou a segunda volta do campeonato a perder, num reduto em que era pouco provável a derrota mas que foi uma realidade, tendo as bracarenses do Tebosa vencido as fafenses por 3-2. 

As jogadoras fafenses abordaram este jogo com espírito natalício tendo permitido que a equipa do Tebosa chegasse à vantagem de dois golos, tendo sofrido o primeiro aos 3' e o segundo aos 11'. 

Uma equipa demasiado macia a defender permitiu que as adversárias fossem mais agressivas e conseguissem ter vantagem anímica e no marcador. O golo de Mariana aos 22', ainda atenuou uma má prestação que as jogadoras do GNA tiveram no primeiro tempo. 

Na segunda parte o GNA perseguiu o empate o qual veio a conseguir a meio deste período através de Liana. Depois correu atrás da vitória mas faltou acerto no último toque e a nove minutos do final a equipa bracarense chegou novamente à vantagem concretizando o 3-2. 

Com nove minutos para jogar tudo ainda era possível mas não era dia sim para a equipa fafense que acabou por averbar a segunda derrota no campeonato contra o quinto classificado, a quem tinha vencido em casa na primeira mão por 6-1. 

É uma derrota que não estava nas cogitações das fafenses mas que pesará certamente nos jogos futuros pois a margem de erro nesta segunda fase é menor. As equipas já se conhecem da primeira mão e abordam os desafios de forma diferente pelo que é necessário estar concentradas nos jogos com os níveis máximos para evitar calafrios como este. Só por si, o GNA já é um alvo a abater porque é candidato ao título, o que dá uma dose de adrenalina extra aos adversários. A equipa fafense tem que ser mais agressiva em todos os jogos, abordando-os como se de finais se tratassem para que no final consiga atingir o patamar a que se propôs. Esta derrota já ninguém a tira mas as ilações deste jogo podem vir a ser muito úteis no futuro. 

A próxima partida é contra a "besta negra" do GNA nos últimos anos, Juventude de S. Pedro, em jogo a disputar no início de Janeiro no Pavilhão do Grupo Nun'Álvares.
.   

Futsal -Taça AF Braga: Ass. F. Fafe/Sol Poente, 2 - CF Galos Barcelos, 3

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Jogo de grande qualidade com a AFF/SP a cair de pé


Foi um grande e intenso jogo de futsal o que se viu na última sexta-feira no Pavilhão Municipal em que a equipa da Associação de Futsal Fafe/Sol Poente (AFF/SP) protagonizou com o Clube de Futsal Os Galos de Barcelos, a contar para a segunda eliminatória da Taça AF Braga, com quem perdeu por 3-2.

A equipa de Barcelos tinha nas duas fileiras o antigo jogador da 1.ª Liga de Futebol, Carlitos que, aos 37 anos, ainda se mantém em actividade, ao serviço do Futsal.

Depois de um primeiro remate de Vítor para a AFF/SP, o jogo começou praticamente com o golo dos galos que inaugurou o activo ainda no primeiro minuto através de Hélder Puto, que encostou numa bola a meia altura. 

Foi praticamente na jogada seguinte que a AFF/SP chegou à igualdade com Gijo a finalizar à frente da baliza uma bola surgida da direita. 

A partida prosseguiu com muita velocidade e com as duas equipas a demonstrarem futsal de muita qualidade e com as duas equipas em busca do segundo golo. 

A equipa da casa deu a volta ao marcador aos nove minutos através de Mica, depois de uma falta sobre Carlos que o árbitro deixou passar. 

Os Galos tentaram de imediato recuperar da desvantagem com Carlitos a fazer dois remates que Nuno defendeu. Depois foi Grilo a tentar um remate colocado mas a não conseguir acertar no alvo. Seguiu-se um remate de Hélder Puto com Nuno novamente em destaque. 
Os Galos chegaram ao 2-2 numa jogada de contra-ataque de dois para um, com Bruno Ribeiro a fazer golo depois de servido pelo colega. 

A dois minutos de terminar a primeira parte, o treinador da AFF/SP pediu um minuto para reorganizar mentalmente a equipa. 

Os Galos atingiram as cinco faltas a 33 segundos do intervalo mas foram deles as duas últimas oportunidades, através de Guéu e Carlitos. 

Na segunda parte o jogo foi mais táctico, com menos espaços e com os nervos à flor da pele, quer nas quatro linhas quer nos bancos de suplentes. 

Foi a AFF/SP a tentar chegar à frente, com remates de Mica que Hélder defendeu. Logo de seguida Leiras atitou à barra de Nuno. Novamente os Galos com Guéu a rematar e Nuno a defender. 

O jogo estava vivo e emotivo com as equipas a mostrarem garra e determinação. Quando faltavam 12,25 minutos para o final a equipa de Barcelos atingiu as cinco faltas mas depois disso esteve perto do 3-2 por Leiras. 

A equipa da AFF/SP também atingiu as cinco faltas um minuto e 15 segundos depois do adversário. A partir daqui as cautelas teriam de ser maiores para os dois lados. 

A faltarem oito minutos e 20 segundos os Galos chegam à sexta falta. Vítor foi chamado a converter. Primeiro colocou-se do lado esquerdo a dar a entender que chutaria com o direito, depois trocou e acabou por rematar com o pé esquerdo, mas ao lado. A AFF/SP perdeu aqui a uma grande oportunidade de ganhar o jogo e passar a eliminatória.

Aos 33’ o treinador da AFF/SP, foi expulso por protestos eaos 34’ Mica rematou para defesa de Pedro que voltou a defender a custo, logo a seguir um remate de Vítor.

A equipa da AFF/SP voltou a tentar por Carlos que viu Pedro ceder canto. 

A equipa de Barcelos chegou à vantagem em jogada de contra-ataque conduzido por Guéu que entrou a Hélder Puto e este bateu Nuno sem apelo nem agravo. 

Ainda havia um minuto e vinte segundos para jogar e a AFF/SP jogou de imediato com o guarda-redes volante mas os Galos foram unidos e ainda tiveram a oportunidade de ampliar através de Gijo que se precipitou no remate de longe por duas vezes.

A AFF/SP caiu de pé, fez um grande jogo mas encontrou pela frente uma equipa mais experiente que soube melhor o que fazer nos momentos cruciais da partida. 

A lamentar a lesão de Ruca já na segunda parte que saiu bastante combalido para não mais entrar.

Jogo no Pavilhão Municipal de Desportos em Fafe.

Árbitros: Miguel Rego e Rui Paredes, com Vítor Faria na mesa. 

ASSOCIAÇÃO FUTSAL FAFE/SOL POENTE: (5 inicial) Nuno Magalhães; Vítor, Ruca, Gijo (1) e Miguel. Diogo Meireles, Mica (1), Roberto, Carlos, David, Teixeira e Rafa. Treinador, Vítor Pereira.

CLUBE FUTSAL OS GALOS DE BARCELOS: (5 inicial) Pedro; Leiras, Guéu, Hélder Puto (2) e Barrega. Hélder Cardoso, Jabbar, Grilo, Carlitos, e Bruno Ribeiro (1). Treinador, José Teles.
.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Fafe comemorou o 21. ° Aniversário

Texto e fotos: João Nuno Oliveira 

Com a presença do canoísta Emanuel Silva

O Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Fafe comemorou o 21. ° Aniversário no passado domingo, dia 21 de Dezembro, em almoço realizado na Quinta do Labaçoso, Vinhós, onde se viveram momentos de animada confraternização clubista e de solidário companheirismo associativo.

O evento contou com a presença de cerca de oito dezenas de simpatizantes sportinguistas, aos quais se juntou, o canoísta, medalhado Olímpico em Londres 2012, K2 1000 m e campeão do mundo k2 500m, Emanuel Silva. 

Após a refeição, discursaram alguns elementos presentes entre os quais o Sr. Padre José Peixoto Lopes, o presidente da mesa da Assembleia Geral Professor José Freitas e o convidado especial Emanuel Silva. O presidente da Direção do Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Fafe, Mário António Alves, felicitou e agradeceu a presença de todos os sócios e simpatizantes e recordou alguns dos nomes que ao longo dos mais de cem anos do Sporting Clube de Portugal fizeram do Sporting Clube de Portugal a maior potência desportiva Portuguesa. 

Posteriormente procedeu-se à entrega de recordações alusivas ao 21º. Aniversário, tendo sido homenageados o ilustre Sportinguista Padre José Peixoto Lopes, o sócio senhor Magalhães, o canoísta Emanuel Silva e ainda o Sr. Silva, proprietário da Quinta do Labaçoso, devido ao contributo e apoio que tem prestado ao longo destes vinte e um ano ao Núcleo do Sporting Clube e Portugal de Fafe.

Por fim, cantaram-se os parabéns ao Núcleo e de seguida deu-se a partilha do bolo de aniversário.
.

Agenda Desportiva de fim-de-semana

ATLETISMO 
S. Silvestrre do Porto 
COM A PARTICIPAÇÃO DA SR CEPANENSE Dia/Hora: Domingo, 28 Dezembro – 18H00
Local: Avenida dos Aliados, Porto. 

ANDEBOL 
Torneio de Natal em Juvenis - Cidade de Fafe 2014
Jogos no Pavilhão Municipal de Desportos

1ª Jornada - 26.12.14
16:00 horas - AC Fafe : AAPL 
18:00 horas - ABC : CD Xico Andebol 

2ª e 3ª Jornadas - 27.12.14 
09:45 horas - CD Xico Andebol : CCR Fermentões
11:30 horas - Águas Santas: AC Fafe
15:00 horas - CCR Fermentões : ABC
16:45 horas - AAPL : Águas Santas

FASE FINAL - 28.12.14

10:30 horas - 5º e 6º -
15:00 horas - 3º e 4º -
16:45 horas - 1º e 2º -

FUTSAL DISTRITAL
Taça AF Braga - Seniores Masculinos
ASS. FUTSAL FAFE/SOL POENTE - OS GALOS DE BARCELOS
Dia/Hora: Sexta, 26 Dezembro – 21H30
Local: Pavilhão Municipal de Fafe 

Campeonato Seniores Femininos - AF Braga
CDRC TEBOBA - GCR NUN'ALVARES
Dia/Hora: Sábado, 27 Dezembro – 18H00
Local: Pavilhão Gimnodesportivo de Tebosa, Braga 

FUTEBOL NACIONAL
Campeonato Nacional de Seniores 
SC VIANENSE - AD FAFE
Dia/Hora: Domingo, 28 Dezembro – 15H00
Local: Estádio Dr. José de Matos, Viana do Castelo
  
FUTEBOL DISTRITAL
Divisão de Honra - AF Braga
S. COSME - GD TRAVASSÓS 
Dia/Hora: Domingo, 28 Dezembro – 15H00
Local: Campo de Jogos Manuel Gonçalves, S. Cosme, Famalicão


JUNIORES AF BRAGA 
Campeonato da 1.ª Divisão 
ACD PICA - CD CELORICENSE
Dia/Hora: Domingo, 28 Dezembro – 15H00
Local: Campo de Jogos da Pica


ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL POPULAR DE FAFE 
Futebol Sénior e Juvenil - Futsal Masculino e Futsal Feminino
Confira todos os jogos AQUI

Consulte os cartazes destes e doutros jogos AQUI
.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

AC Fafe - Gala de Natal distinguiu atletas, treinadores e dirigentes

Redacção 

Reconhecido o mérito a quem contribui para o crescimento global do Clube 

Decorreu no passado sábado na Casa do Cancelo (Complexo de Rilhadas) a habitual Gala e Jantar de Natal do Andebol Clube de Fafe. No evento estiveram mais de 200 pessoas, entre atletas, treinadores, dirigentes e familiares. A Câmara esteve representada pelo Vereador do Desporto Dr. Pompeu Martins.

Foi um convívio muito bonito pois a família do Andebol pode conviver em especial os atletas que deram largas á sua alegria. Após o jantar houve os discursos da praxe: O Presidente do Clube Artur Magalhães agradeceu a presença e desejou a todos um Natal e Festas felizes, fazendo votos para que o clube cada vez mais possa subir patamares de excelência. Recordou o fato de num espaço curto terem sido chamados ás várias selecções 8 atletas da formação o que por si diz muito do trabalho desenvolvido no clube. 

De seguida falou o Presidente da Assembleia Geral Eng.º Pedro Valente que como máximo representante do clube desejou também umas festas felizes a todos e enalteceu o quanto tem crescido sustentado o clube e fazendo votos que possa crescer patamares de qualidade.

Para finalizar os discursos falou Dr. Pompeu Martins que em seu nome e do Sr. Presidente da Câmara desejou também umas festas felizes, referiu o enorme carinho que é devotado à grande instituição que é o ACF, falou da carta desportiva que está praticamente feita e será sem dúvida um instrumento que balizará toda a política desportiva do município, sendo que o Andebol é no panorama concelhio uma modalidade de eleição. Mostrou-se agradado pela excelente vitória da equipa sénior frente ao Fermentões (25-11), e pela bonita festa que o clube proporcionou a todos os presentes.

Em seguida foram distinguidos os atletas, treinadores e dirigentes que tiverem de alguma forma mérito na época 2013/2014:

Bambis - Suéli Fernandes e Pedro Damasceno Martins
Minis - Carla Beatriz Teixeira e Gonçalo Gonçalves
Infantis Femininas - Petra Silva 
Infantis Masculinos - José Moniz Fernandes (equipa A) e José Oliveira (equipa B)
Iniciados Femininos - Diana Machado
Iniciados Masculinos - Tiago Ribeiro (equipa A) e Francisco Ribeiro (equipa B)
Juvenis Femininas - Sara Freitas 
Juvenis Masculinos - Fernando Magalhães
Juniores Masculinos - Mário Pereira
Equipa do Ano - Infantis masculinos (7.º lugar Encontro Nacional de infantis - Fafe 2014)
Troféu de Mérito - António Martins
Dirigente do Ano - Florinda Freitas
Seccionista do Ano - Filipe Lopes
.

Vítor Pacheco trocou o GD Regadas pelo GD Serzedelo

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Treinador sai antes do dérbi com o Antime

É uma notícia que não estava nas previsões para este final de ano de 2014, mas parece ser um dado adquirido que Vítor Pacheco já não é treinador do GD Regadas, tendo assinado pelo GD Serzedelo da Divisão Pró-Nacional da AF Braga. 

Esta situação vai originar a que a equipa que joga no Campo das Cerdeirinhas vá, eventualmente, conhecer o terceiro treinador na presente temporada, depois de ter começado a mesma sob a orientação de Sérgio Pereira, quer foi rendido à meia dúzia de jogos atrás por Vítor Pacheco. 

De referir que o Regadas jogará já no próximo dia 3 de Janeiro mais um dérbi concelhio quando receber nas Cerdeirinhas o OFC Antime. 


Andebol - Juvenis: Torneio de Natal - Cidade de Fafe 2014

Redacção 

Com oito equipas e nove jogos 

O AC Fafe, em colaboração com a Associação de Andebol de Braga, leva a efeito o Torneio de Natal - Cidade de Fafe 2014, em Juvenis Masculinos, com a participação do AC Fafe, ABC de Braga, CCR Fermentões, CD Xico Andebol, AAPL e Águas Santas, a decorrer nos dias 26, 27 e 28 de Dezembro de 2014, no Pavilhão Municipal de Fafe.

Calendário e resultados dos Jogos:

1ª Jornada - 26.12.14
16:00 horas - AC Fafe : AAPL 
18:00 horas - ABC : CD Xico Andebol 

2ª e 3ª Jornadas - 27.12.14 
09:45 horas - CD Xico Andebol : CCR Fermentões
11:30 horas - Águas Santas: AC Fafe
15:00 horas - CCR Fermentões : ABC
16:45 horas - AAPL : Águas Santas

FASE FINAL - 28.12.14

10:30 horas - 5º e 6º -
15:00 horas - 3º e 4º -
16:45 horas - 1º e 2º -
.

Futsal AF Braga: Contacto Futsal, 3 - Nun'Álvares, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes

Cortaram o contacto aos fafenses 

O Grupo Nun'Álvares não foi feliz na deslocação que fez a Refojos, Cabeceiras de Basto, onde perdeu com a formação do Contacto Futsal por 3-2, isto depois de ter vencido o dérbi concelhio. Foi um partida muito condicionada pela equipa de arbitragem que prejudicou a equipa fafense em momentos cruciais do jogo. 

O GNA teve a primeira contrariedade ainda na primeira parte quando se deu a expulsão de Ribeiro, por acumulação de cartões amarelas em apenas duas faltas que o jogador fafense fez.

A formação cabeceirense jogou dois minutos em vantagem numérica 4x3 mas os condestáveis foram bravos e não permitiram que a sua baliza fosse violada e assim se manteve até ao intervalo que chegou com um nulo no marcador. 

Na segunda parte o Contacto chegou à vantagem e depois conseguiu chegar ao 2-0 através de um penalti. POrém, Tiago Nogueira isolado reduziu para 2-1 e relançou o jogo. 

Ao ver que não estava fácil marcar Hugo Oliveira arriscou tudo e colocou a equipa a jogar em 5x4, conseguiu muitas oportunidades para marcar mas o golo aconteceu para o lado do Contacto.

Ainda na situação de 5x4 o GNA haveria de reduzir para 3-2 por João Nuno que finalizou em jogada bem desenhada pelos fafenses. 

O Grupo Nun'Álvares ocupa a 5.ª posição com 16 pontos e na próxima jornada vai defrontar o 4.º com os mesmos pontos, Rio Caldo, em Terras de Bouro. O 1.º é o Caldelas com 25 pontos; 2.º Associação Futsal Fafe/Sol Poente, 22; 3.º Contacto, 20.
.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Nun´Álvares Formação: Convívio de Natal entre pais e filhos

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: GNA

Espírito de Natal sempre presente

A Secção de Futsal do Grupo Nun'Álvares, nomeadamente o sector da formação, levou a efeito mais um convívio entre pais e filhos, no âmbito da quadra natalícia. 

A tarde do último sábado foi animada pelas crianças que depois se juntaram aos mais velhos para ajudarem a fazer numero nas equipas entre os pais que, desta vez não compareceram em grande número devido aos elevados afazeres que a época exige.

Os mais novos foram brindados com um lanche natalício, porque a colectividade não quis deixar passar em claro uma época em que a família é tão importante e o Futsal do GNA já tem uma família enorme com atletas de vários escalões e ambos os sexos. Além disso, a colectividade movimenta no geral centenas de pessoas distribuídas por outras modalidades e secções culturais e sociais.  


O que disse o capitão Xavi no final do jogo com o Pedras Salgadas?

Texto e foto: João Carlos Lopes 

"Não vamos baixar a guarda mas sim continuar a trabalhar como temos feito"

Declarações de Xavi, capitão da AD Fafe, no final do jogo com o Pedras Salgadas que praticamente garantiu o primeiro objectivo da AD Fafe para a temporada. 

“Tínhamos como objectivo ficar nos dois primeiros lugares e foi para isso que nós trabalhamos, felizmente que através do nosso trabalho e empenho os resultados têm surgido. Com mais esta vitória estamos numa situação em que sabemos que é bastante vantajosa para nós. No entanto não vamos baixar a guarda mas sim continuar a trabalhar como temos feito. Este era um jogo difícil contra uma equipa que jogava uma cartada importante para poder sonhar com os dois primeiros lugares e assim que fizemos o golo encaramos o jogo com a maior segurança possível e creio que conseguimos. Apesar de termos marcado um só golo não permitimos ao adversário grandes jogadas de perigo, sendo o resultado justo. Não há um segredo para sermos uma das equipas menos batidas do Nacional de Seniores mas isso deve-se ao trabalho e valor de toda a equipa e não apenas ao sector mais recuado. Um dos factores que ajuda a isso é haver jogadores que já jogam aqui há bastantes anos juntos. Desejo um bom natal a toda a gente.”
.

O que disse o treinador Agostinho Bento no final do jogo com o Pedras Salgadas?

Texto e foto: João Carlos Lopes 


"Na minha opinião pecamos após o golo..."

Declarações de Agostinho Bento, Treinador da AD Fafe, no final do jogo com o Pedras Salgadas que praticamente garantiu o primeiro objectivo da AD Fafe para a temporada.  

“Dependíamos deste jogo para dar um salto importante naquilo que pretendíamos para esta fase da época que era ficar nos dois primeiros lugares e também sabíamos que o adversário jogava aqui uma cartada decisiva. Penso que a vitória foi justa porque fomos a equipa que mais fez para ganhar, que mais oportunidades de golo criou e que praticamente anulou as intenções do adversário. Na minha opinião pecamos após o golo, pois em superioridade numérica, talvez fruto da vantagem, criou-se alguma ansiedade na equipa e algum desequilíbrio mental porque sobretudo sabíamos que tínhamos que segurar o resultado. Com mais tranquilidade e confiança podíamos ter resolvido o jogo com o segundo golo. Não tivemos muitas oportunidades apesar do grande volume de jogo e das muitas bolas paradas que dispusemos, fomos sobretudo algum deficientes no último passe. Dou os parabéns aos meus atletas não só por esta vitória mas por tudo o que têm feito até agora. Aproveito para desejar a todo os sócios e simpatizantes do Fafe um bom Natal e um bom ano de 2015.”

Jantar de Natal do GD Fareja foi muito animado

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Um “Dia da família” cheio de alegria

O GCD Fareja reuniu cerca de setenta pessoas no restaurante Janta Comigo, onde comemorou a sua tradicional festa de Natal em ambiente de grande cumplicidade e muita alegria. Marcaram presença para além dos atletas e equipas técnicas, directores, patrocinadores, colaboradores e alguns convidados. A animação musical esteve a cargo do atleta Marcelo, com boa selecção de música para o momento. No Karaoke brilhou muita gente, desde atletas, como o próprio Marcelo, Moisés, Monteiro e os treinadores Rafa e Nilton, entre outros. 

Em jeito de balanço, o jovem presidente Jonathan Dias considerou o ano de 2014 muito positivo, porquanto marca a transição da Colectividade do Futebol Popular para os Campeonatos Distritais. Considerou ainda que relativamente a isso que “pensou que a mudança ia ser mais difícil pois está tudo a correr acima da expectativa. Nos distritais é tudo muito mais exigente e rigoroso e com árbitros mais qualificados mas, nós temos sabido estar à altura. Para os Juniores é que tem sido mais difícil pois nota-se a falta de um fio de jogo, bem como um passado de formação que permita dar mais consistência à equipa. Estamos a estudar a possibilidade de na próxima época arrancarmos com uma equipa de Juvenis, porém isso vai depender de muitos factores, entre eles, o aparecimento de alguém que se encarregue simplesmente da coordenação do Futebol Juvenil, pois o que nos limita é a falta de pessoal para novos projectos”.

Jonathan Dias disse também, “ainda estamos na fase de aprendizagem a este nível distrital que é outra realidade embora já tenhamos uma boa relação com todos os clubes do Concelho de Fafe. Uma das coisas que muito nos orgulha é a assiduidade aos treinos que se cifra nos 87%, num plantel onde ninguém ganha nada e todos colaboram com o Clube. Para se ter uma ideia, houve jogadores que adiantaram a verba para fazer a sua inscrição a nível federado e só depois foram reembolsados, isto porque sabiam que ia haver necessidade de dinheiro no início da temporada para resolver muitos assuntos da Colectividade e estavam dispostos a colaborar. É uma colectividade em que cada um contribui com aquilo que pode e sabe em benefício de todos.” 

Para o jovem presidente este jantar de Natal “é o “Dia da Família” de um Clube que tem agora mais gente a ver os jogos do que tinha no Popular e as entradas agora são pagas. Este Clube não se limita só ao futebol, faz festas e contribui em actos de solidariedade como ainda recentemente fez uma recolha de alimentos para uma instituiç~ºao de solidariedade social em que todos os atletas, sem excepção, contribuíram na medida do possível”. 

Para o treinador da equipa sénior Rafael Leite, “a época está a correr dentro da expectativa criada, enquadrado com o que esperavamos para este primeiro ano. Só estamos a sentir dificuldades no capítulo da finalização. Estou satisfeito com o desempenho dos jogadores que se têm dedicado para ajudar o Clube, comparecendo aos treinos e esforçando-se nos jogos para dignificar o Fareja, entendendo as ideias de jogo que definimos e lutando pela vitória em cada partida”. 

Apesar de ser o primeiro ano nos Distritais, o treinador não esconde alguma ambição e aponta para o 4.º lugar no final da temporada. “Na segunda volta contamos fazer mais pontos até porque já conhecemos os adversários”. 

Sobre o dérbi com o Silvares que será logo no início do ano o técnico diz que “não tem dúvidas de que é para ganhar. Já estamos a trabalhar para esse jogo pois queremos que fique registado pela positiva o primeiro dérbi distrital da história do Clube”. 

Relativamente a reforços, foi apresentado um neste jantar, Mica, que é um regresso e estará ao serviço do Fareja até Março, altura em que rumará de novo ao estrangeiro. Além dele podem vir mais dois ou três reforços, para o meio campo e para a frente de ataque. 

O Cabaz de Natal do Fareja foi sorteado à vista de todos e coube ao n.º 1, entre centenas de bilhetes. De louvar o facto dos atletas, entre todos, terem ficado com os bilhetes que ainda restavam no decorrer do jantar.

MAIS FOTOS DESTE EVENTO AQUI
.

Liga Los + Fashion: Resultados da 7.ª Jornada


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

GD Fareja entregou alimentos no Lar da Criança de Revelhe

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Pequenos gestos que fazem a diferença 

Numa iniciativa interna o GD Fareja resolveu fazer algo diferente neste Natal e promoveu entre todos os atletas e elementos ligados ao Clube uma recolha de alimentos para entregar mo Lar da Criança de Revelhe, o que fez nesta terça feira pelas 15 horas. 

Os elementos da Direção, bem como alguns atletas seniores e juniores, juntamente com a equipa técnica, deslocaram-se ao Lar da Criança, em Revelhe, para fazer a entrega pessoal dos donativos recolhidos nos últimos dias por esta carismática instituição desportiva 

A direcção do GD Fareja deixa um "bem-haja a todos quanto colaboram nesta iniciativa, porque são os pequenos gestos que fazem a diferença". Aproveita ainda para deixar "votos de umas festas repletas de alegria".
.

Futsal A.F. Braga: Ass. Futsal Fafe/Sol Poente, 3 - CAR Taipense, 3

Texto: Pedro Veloso

Exibição merecia outro resultado 

A Ass. Futsal Fafe/ Sol Poente disputou ontem a 11ª e última partida da primeira volta do campeonato de futsal sénior masculino, série B, da A.F. Braga, contra a equipa taipense do CART. Apesar de exibição dominadora e de bom nível apresentada pela congénere visitada, o resultado acabou por não espelhar essa mesma superioridade acabando tudo num empate a três bolas. Com este resultado a formação fafense continua no segundo posto da tabela a três pontos do líder Caldelas.

Com o objectivo de apagar o resultado negativo sofrido no dérbi fafense, a equipa da AFFSP entrou determinada para o último jogo da primeira volta do campeonato e desde cedo dominou a partida impondo o seu habitual futsal com elevada percentagem de posse de bola e boas transições para o ataque. O conjunto das Taipas, optou por um jogo mais de expectativa, no qual ia tentando aproveitar da melhor maneira os erros dos da casa para tentar criar perigo junto da baliza fafense.

Apesar de ter tido um maior fluxo de jogo, boas combinações no processo atacante e de evidenciar uma boa entreajuda e solidez defensiva, a AFFSP viria a sofrer o primeiro golo do encontro no minuto 15 da primeira parte. Após um passe mal executado durante um processo de transição, a bola sobrou para o jogador da equipa vimaranense Laureta que isolado e no cara-a-cara com o guardião Teixeira encostou para o fundo das redes.

A resposta da equipa fafense seguiu-se de imediato, massacrando ainda mais a equipa adversária da qual se ia destacando o respectivo guarda-redes, com defesas para todos os gostos e feitios incluindo um livre de 10 metros. Pelo meio ainda houve tempo de Miguel enviar um “tiraço” ao poste. Por seu lado, a equipa vimaranense apenas criou nova oportunidade digna de registo através de um livre de 10 metros. Valeu Teixeira a desviar a bola de forma subtil mas determinante. O merecido golo do empate acabaria mesmo por aparecer quando faltavam apenas 15 segundos para o final do primeiro tempo. Gijo acabou por dar o melhor seguimento a um passe de rutura de David.

O segundo tempo foi mais do mesmo mas com alguma diferença na eficácia na finalização das oportunidades. Logo aos 7 minutos do segundo tempo completou-se a reviravolta no marcador após uma rápida jogada de contra-ataque da equipa fafense, conduzida por Mica. O número 5 entregou para Vitor que cruzou tenso para o miolo da área. A bola sobrou para o segundo poste onde apareceu Carlos para encostar.

Com o golo sofrido a equipa do CART arriscou um pouco mais e equilibrou mais a partida através algumas oportunidades que obrigaram a boas intervenções do guardião da AFFSP. O quarto golo do jogo seria favorável aos fafenses. David colocou a equipa orientada por Vitor Pereira a vencer por 3-1.

No entanto, nos últimos 6 minutos a equipa visitante conseguiria mesmo chegar à igualdade a três bolas. O 3-2 surgiu num lance de insistência, onde a bola sobrou dentro da área para um jogador vimaranense que fuzilou autenticamente as redes dos da casa. Na sequência de um lance completamente normal, o árbitro da partida, extremamente bem colocado, resolveu assinalar uma falta completamente inexistente e que contribuiu de forma directa para o desenlace final. A suposta irregularidade cometida deu origem a um livre da marca dos 10 metros, convertida novamente por Laureta.

O empate acaba por não assentar ao conjunto fafense face ao volume de jogo e de oportunidades criadas mas que em nada afecta a grande união do grupo. Resta apenas continuar a trabalhar da mesma maneira e encarar o próximo jogo, a disputar-se no dia 26 para a Taça, com a naturalidade de sempre.
.