.

.
.

domingo, 30 de novembro de 2014

Futsal Fem. - AF Braga: Porto D'Ave, 0 - Nun'Álvares, 0

Texto: João Carlos Lopes 

Grande atitude merecia outro resultado 

A equipa feminina de Futsal do Grupo Nun'Álvares deslocou-se ao terreno da equipa líder, Porto D'Ave para o jogo da nona jornada o qual terminou da mesma forma que começou, com uma igualdade sem golos. Um resultado raro na modalidade. 

Para que a partida fosse perfeita por parte das jogadores orientadas por João Nuno Sousa só faltaram os golos, tendo pecado simplesmente no último toque para que fossem bem sucedidas. Do outro lado também estava uma formação moralizada pelo primeiro lugar. 

Assistiu-se a uma primeira parte equilibrada com ligeiro ascendente por parte do GNA mas a atenção defensiva das duas equipas a anular qualquer as intenções dos ataques.

Na segunda parte o GNA tentou por todos os meios chegar ao golo em jogadas apoiadas mas apesar da mais evidente supremacia nestes trinta minutos não conseguiu concretizar. Porém, a sua guarda-redes Belinha também não foi muito incomodada. O Porto D'Ave, face à pressão das alvarinhas aliviava a bola da sua zona de perigo e por vezes a sua guarda-redes, com lançamentos longos tentar surpreender. Nesse capítulo bem estiveram as as com garra, concentração e muita atitude. 

A qualidade do Futsal praticado pelo GNA tem vindo a crescer paulatinamente e os níveis de concentração e confiança também. As fafenses já ocupam o terceiro lugar com apenas menos um ponto que a equipa líder que continua a ser o Porto D'Ave. O S. Pedro tem os mesmos 16 pontos que o GNA, mas menos uma partida disputada.
.       

Juniores – 1.ª Div. AF Braga: ACD Pica, 3 - Arco de Baúlhe, 0

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Resolvido em meio tempo

O Pica recebeu e venceu o Desportivo Arco de Baúlhe por 3-0, em jogo a contar para a 8.ª jornada do Campeonato distrital de Juniores da 1.ª Divisão, o que lhe valeu a subida ao segundo lugar com 19 pontos, com menos um jogo que o líder isolado é o Arões SC, com 27. Já o 3.º classificado, o Polvoreira, tem 18 pontos. 

O Arco de Baúlhe entrou melhor no jogo e poderia ter marcado aos 7’ e aos 12’ mas, nessas circunstâncias, valeu a atenção do guarda-redes Mineu. 

A partir dos 17’ a Pica tomou conta do jogo e aos 20’, Cesar isola- se a passe de Carlitos, remata já dentro da área rente ao poste. Aos 26’, chegou o primeiro golo da Pica. Xavi é travado em falta na entrada da área, descaído para a esquerda, Teixeira marcou o livre para dentro a zona da pequena área onde apareceu Ezequiel a rematar e a fazer o golo. 

Aos 43’ Xavi arranca pelo lado esquerdo, cruza para área para César fazer o segundo golo e o terceiro golo veio quase de seguida. Uma bola ganha no meio campo por Ricardo Cunha, que tira dois adversários da frente e à entrada da área remata certeiro. 

Na segunda parte, o Pica controlou o jogo e poderia ter chegado aos 4-0, num remate de Teixeira em que o guarda-redes defendeu para a frente e depois apareceu Tiago Rodrigues a rematar e a defesa do Arco a tirar em cima da linha. 

Um jogo que teve um trio de arbitragem de excelente nível conduzido por Joaquim Pereira, Cesar Magalhães e Cátia Leitão. É desta qualidade de árbitros que o futebol precisa. 

ACD PICA: Mineu: Gabi, Ezequiel, Toni, Cesar, Tchico, Tiago Rodrigues, Carlitos, Xavi, Ricardo Cunha, Teixeira. Jogaram ainda, Hugo e Pedro Cunha. Treinador, Pedro Freitas.
.

Futebol Veteranos: UD Fafe A60, 4 - Cristelo, 1

Texto e foto: João Carlos Lopes

Pacato "cristelo" mas Nelo bisou 

Os Veteranos da UD Fafe A60 registaram mais uma vitória na sua casa, o Campo de Jogos de Antime, ao receberem e baterem a formação do Concelho de Paredes, Cristelo, por 4-1, em mais um bom jogo de futebol jogado no final da tarde do último sábado. 

A equipa treinada por Gentil Antunes, que é coadjuvado por Rogério Feira e Armando Mota mostrou mais argumentos para vencer este jogo e conseguiu levar a melhor sobre a formaçãoo do vale do Sousa, embora a primeira parte tenha sido jogada sob o signo do equilíbrio, a qual terminou com o resultado de 2-1, favorável aos fafenses. 

Na segunda metade a UD Fafe mostrou mais credenciais e alguma frescura, apesar do muito frio que já se fazia sentir e marcou mais dois golos que lhe acabaram por dar um resultado justo e tranquilo, numa partida apitada pelo antigo árbitros dos campeonatos Nacionais, Lopes Araújo. 

Desta vez o homem em destaque foi Nelo, que marcou dois golos à sua conta com Luís Mário (Pacato) e Lizuarte, a obterem os outros dois. 

Agora os Veteranos fafenses só voltam a jogar no dia seis de Janeiro novamente em Fafe, com o FC Lixa e entretanto, no dia 13 de Dezembro realizam o seu tradicional Jantar de Natal.
.   

Associação de Futebol Popular de Fafe: Todos os resultados


Div. Honra AF Braga: Emilianos FC, 2 – ACD Pica, 2

Rui Abreu voltou a
marcar pelo Pica
Texto e foto: João Carlos Lopes 

Jogo de equívocos, azar e algum marasmo

A ACD Pica foi empatar a duas bolas no novo campo sintético de Porto D'Ave, com o Emilianos FC, um adversário perfeitamente ao seu alcance numa partida em que o trio de arbitragem se equivocou algumas vezes, o Pica teve o azar de fazer três substituições forçadas mas também deu meia parte de avanço, deixando-se cair no marasmo. Ainda acordou a tempo de pontuar mas mesmo assim perdeu dois pontos nesta partida.

A equipa de Marcelo Fernandes entrou a pressionar na partida tendo criado situações de algum apuro para a equipa de Santo Emilião, nomeadamente por Toninho e num desses lances este jogador cruzou para André Jardim que cabeceou ao lado. 

Depois destes momentos iniciais o Emilianos baixou o ritmo de jogo situação que o Pica se deixou arrastar. Aos 16 e 19 minutos, através de um cabeceamento e de um livre a equipa da Póvoa de Lanhoso mostrou intenção de alvejar a baliza de Henrique. 

Pouco depois a primeira contrariedade para o Pica, com a lesão do Central Tiago, que acabou substituído por André Daniel. 

Quase sobre o apito para o intervalo a equipa do Emilianos chegou à vantagem num golo precedido de falta pois o seu marcador ajeitou a bola com o braço. Entretanto Ricardo Morais também se lesionou no Pica, tendo aguardado para o intervalo para avaliar a situação.  

Volvido cerca de minuto e meio e já em tempo, o Emilianos chegou ao 2-0 em mais um golo irregular. Depois de um ataque do Pica o guarda-redes meteu a bola rapidamente na frente, tendo apanhado dois companheiros em situação irregular com um deles a fazer o golo na cara de Henrique. 

O intervalo chegava com um misto de sabor a injustiça e também a alguma passividade por parte do Pica que se deixou arrastar no jogo do adversário. 

Ricardo Morais não recuperou ao intervalo e entrou o vimaranense Rafinha para o seu lugar, com o Pica a arregaçar as mangas para recuperar de uma desvantagem de dois golos, perante uma equipa do Emilianos que cedo começou a fazer antijogo. 

A terceira contrariedade para o Pica veio com a lesão de Álvaro aos 55', o qual levou uma pancada que o levou a queixar-se das costelas e já em Fafe a dirigir-se ao hospital.

O Emilianos defendia como podia e usava todos os truques para tentar evitar o ímpeto do Pica que podia ter reduzido aos 77' se fosse marcada uma grande penalidades de mão na bola na área do Emilianos, numa jogada de Joel a qual viria a dar canto. 

Como Deus escreve direito por linhas tortas na sequência desse canto o Pica reduziu para 2-1, depois da bola ter sobrado para o central Rui Abreu na área e este desviado do guarda-redes local. Estavam decorridos 79' e o Pica continuou a lutar. 

Depois do golo a equipa do Emilianos tentou retardar a reposição da bola em jogo mas de pouco lhe adiantou pois aos 84', Pedro Mendes arrancou um bom cruzamento ao qual Feirinha correspondeu com um remate de cabeça, fazendo a igualdade a dois. 

Ainda acreditou o Pica que podia chegar à vitória mas a equipa da casa continuou a tentar quebrar o seu ritmo de jogo e nem no tempo restante nem nos quatro minutos de compensação foi possível fazer a remontada.

Um resultado com algum sabor a injustiça mas com alguma dose de culpa para o Pica que na primeira parte não fez tudo o que devia e podia. 
.

Camp. Nac. Seniores: CD Cerveira, 0 - AD Fafe, 1

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Tiago João Lopes

Bastou a receita do Dr. Brochado


O Fafe foi vencer ao Estádio Municipal Rafael Pedreira, o Clube Desportivo de Cerveira por uma bola a zero com um golo de Zé Brochado, apontado aos 35 minutos da partida. 


Com este resultado o Fafe consolida o primeiro lugar da tabela classificativa e dá uma boa resposta depois da derrota por 4-0, em Famalicão para a Taça de Portugal. 

Como há males que vêm por bem, Zé Brochado desta vez foi titular, ao invés de entrar somente nos minutos finais das partidas e foi deste estudante de medicina a receita para vencer a partida. Isto porque três dos habituais titulares estavam impedidos de jogar, Ferrinho, Nuninho e João Nogueira.

Zé Brochado, actualmente com 22 anos, é o único jogador do plantel que está no Clube desde as escolinhas da formação até aos seniores de forma ininterrupta, sem ter vestido as cores doutros clubes. Continua a ser uma referência para os mais novos, dentro e fora do campo, pois sobra-lhe vontade, atitude e humildade. 

Com este resultado o Fafe continua no primeiro lugar com mais três pontos que o segundo classificado, Mirandela e mais cinco que o terceiro e o quarto, Pedras Salgadas e Vianense. 

Na próxima jornada a AD Fafe vai receber o Santa Maria que também venceu nesta jornada ao bater em casa o Limianos por 2-1.  

RESULTADOS DA JORNADA 
Santa Maria, 2 - Limianos, 1
Vilaverdense, 1 - Pedras Salgadas, 0
Vieira, 1 - Vianense, 1
Cerveira, 0 - Fafe, 1
Bragança, 2 - Mirandela, 3


sábado, 29 de novembro de 2014

Juniores – 1.ª Div. AF Braga: Arões SC, 2 – Ponte, 1

Miguel Castro tem feito um trabalho
louvável com os juniores do Arões SC
Texto: Ricardo Castro / Foto: DR 

Fortes pilares suportam a ponte da liderança 

- Em nove jogos Arões já ultrapassou a pontuação de toda a época passada

Os Juniores do Arões continuam a sua caminhada no campeonato de forma triunfante. Ao nono jogo, o mesmo número de vitórias. Desta feita, a equipa de Miguel Castro recebeu e venceu o Ponte, por duas bolas a uma.

Os aronenses começaram a todo o gás. Aos três minutos, Jorge aproveitou um mau alívio da defensiva do Ponte, ganhou na velocidade e perante o guarda-redes rematou de pé esquero para o primeiro da partida.

A equipa visitante reagiu com uma transição rápida, mas Miki evitou bem um remate perigoso. Na resposta, de novo a eficácia. Combinação entre Marco e Morais na direita e cruzamento rasteiro para a área, onde surgiu Miki a encostar para o 2-0. Em dez minutos de jogo, os aronenses construíam uma vantagem preciosa.

O Arões podia ter aumentado a vantagem pouco depois. Morais tirou dois adversários do caminho e assistiu Jorge. O extremo driblou um jogador contrário, mas perante o guarda-redes rematou rasteiro ao poste. 

À passagem da meia hora, o Ponte conseguiu reduzir a desvantagem ainda na primeira parte. Má interceção da defensiva aronense, que permitiu a um jogador visitante isolar-se e bater Rui. Até ao intervalo, o Arões podia ter aumentado a vantagem, mas Jorge, Morais e Miki não conseguiram a melhor finalização.

Na segunda parte, o Arões tentou controlar a vantagem. Sem grandes oportunidades de golo de parte a parte, o Ponte foi acreditando que seria possível chegar ao empate. Os lances de bola parada foram a grande arma dos vimaranenses, mas o resultado não mais se alterou.

A equipa de Miguel Castro segue 100% vitoriosa no campeonato e uma coisa é certa. Aconteça o que acontecer, esta já é uma prestação superior à da época passada. Os 26 pontos em outros tantos jogos de 2013/2014 já foram ultrapassados pelos atuais 27 que dão, para já, a liderança isolada à equipa fafense. Na 10ª jornada, o Arões joga fora, diante do Arco de Baúlhe.

O Arões jogou com: Rui Pedro, Marco, Filipe, JP, Carlos, Pizzi, Morais, Barros (Roberto, 65’), Miki, Jorge (Baleu, 85’) e Rui Pedro (Joca, 78’). Treinador: Miguel Castro.
.

Futsal - AF Braga: Nun'´Álvares, 3 - Lordelo, 0

Texto: Ricardo Castro / Fotos: João Carlos Lopes 

Regresso aos triunfos com exibição segura 

O Nun’Álvares fez de novo valer o fator casa e voltou às vitórias no campeonato. A equipa de Hugo Oliveira bateu o Lordelo por três bolas a zero.

O bom início de jogo do Nun’Álvares contrastou com a astúcia na hora da finalização. Nos primeiros dez minutos, destaque para um contra-ataque. Ribeiro lançou Diogo Rafael, mas o guarda-redes tapou os caminhos com uma boa saída da baliza. Na resposta, uma atrapalhação defensiva quase dava o golo aos visitantes.

Aos 11 minutos, o primeiro da partida. Ribeiro rematou e a bola contou um precioso toque de Shake, suficiente para abanar as redes. Logo a seguir, Diogo Rafael dispôs de nova oportunidade de golo, mas a bola não tomou o rumo desejado.

Moralizado pelo golo inaugural, Shake aproveitou uma boa jogada coletiva e desviou para a baliza. Contudo, o golo foi negado por um jogador do Lordelo, que evitou o feito de forma eficaz, em cima da linha.

No último minuto da primeira parte, o Nun’Álvares dobrou a vantagem, no melhor momento do encontro. Uma triangulação perfeita ao primeiro toque. Primeiro Tiago Nogueira, depois Shake e por fim Ribeiro, com a baliza à sua mercê, a encostar. Um desfecho feliz antes do intervalo.

O descanso trouxe novo fôlego às equipas. Mas era maior a luta do que a certeza, na hora de atacar a baliza. O Lordelo tentou reduzir a desvantagem, mas Luís mostrou estar atento.

Aos 33 minutos, o último golo do jogo. Jonas lançou Shake na esquerda, subiu no terreno e recebeu a bola ao segundo poste, encostando com êxito para o 3-0. Nos últimos minutos, Hugo Oliveira apostou em Vitinha para a baliza. O pequeno guardião foi gigante na baliza, assinando duas belas intervenções, uma delas um autêntico voo a evitar o golo dos vimaranenses.

Já nos últimos instantes, o episódio menos feliz do jogo. A dupla de arbitragem não foi de modas e, após confusão entre jogadores das duas equipas, mostrou o vermelho direto a Tiago Nogueira e a um jogador visitante.

Os três pontos permitem aos fafenses igualar o Lordelo na classificação, com 10 pontos, estando a apenas um do quarto classificado, o último a dar acesso à fase de subida.
.

Div. Honra AF Braga: FC Antime, 5 – GD Pedralva, 1

Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes  

“Big Show” Pedro Ismael 


- Castanha marcou o primeiro golo oficial como sénior 

O OFC Antime goleou o GD Pedralva por 5-1, numa partida muito bem conseguida por parte dos pupilos de Carlos Salgado que se mostrou muito coesa e dominou de princípio a fim, com Pedro Ismael a dar um autêntico espectáculo com três golos, uma assistência e uma exibição soberba. Já são dez os golos que o jogador fez esta temporada pelo Antime, sendo este o segundo hat-trick.

A primeira oportunidade da partida aconteceu para o lado do Pedralva, num alívio do guardião Bruno em que Pato de primeira acabou por atirar ao lado.

O Antime começou a tomar conta do jogo aos seis minutos, altura em que Pedro Ismael desferiu uma bomba de fora da área, a que Jota correspondeu com uma grande defesa para canto.

Aos 13’, Lobo cobrou um livre na direita apo segundo poste onde Jonas, de cabeça, serviu Miguel mas o remate deste saiu frouxo. O Pedralva tentou responder de livre mas a bola foi demasiado puxada ao segundo poste e saiu. 

Aos 22, Gustavo embalou para discutir uma bola com o guarda-redes Jota e foi travado por este na área, originando penalti, que Pedro Ismael se encarregou de bater e inaugurar o marcador. 

O segundo golo surgiu logo a seguir. Bola ao centro, Miguel roubou-a ao adversário, ainda se desviou de outro e fez um passe a rasgar para Pedro Ismael, com este a entrar na área e à saída de Jota meteu-lhe a bola por cima num remate cruzado. 

O Pedralva voltou a acercar-se da baliza do Antime aos 42’, de livre cobrado por Marquinho, com André ao segundo poste a fazer um remate acrobático mas sem acertar na baliza. O mesmo jogador atirou ao lado pouco depois na sequência de um canto.

Na segunda parte o Pedralva teve uma boa jogada aos 49’ com Peixoto a combinar com Xandi mas depois a atirar ao lado. 

O Antime sentenciou o jogo aos 52’, novamente com Pedro Ismael que mostrou porque é um jogador muito acima da média para este campeonato. Aparentemente o defesa do Pedralva tinha a bola controlada mas Ismael apostou no erro e deslocou-se para as duas costas para onde a mesma sobrou e depois à saída do guarda-redes fez o hat-trick. 

Aos 57’, o Pedralva ficou reduzido a dez por expulsão de Cirilo que acumulou cartões. 

O Antime continuava a dominar a partida com um bloco coeso a defende e jogadores móveis no ataque e chegou ao 4-0, aos 62’, num canto que Pedro Ismael ganhou. Lobo cobrou-o, Neves de cabeça atirou à barra e depois Jonas sobra a linha da baliza confirmou o golo. 

O Pedralva ameaçou aos 75’ com Peixoto, de livre, a atirar à barra e depois, aos 77’, Nelson em remate cruzado bateu Bruno e reduziu para 4-1. 

O minuto 81’ acabou por ter muito significado. O jovem Castanha, de 19 anos, estreou-se a marcar como sénior em jogos oficiais para o campeonato. Raul fez-lhe um passe mortífero o qual o jogador recebeu já na área, contornou o guarda-redes e já em queda fez o 5-1 para o Antime. 

O sexto golo podia ter acontecido aos 85’ quando castanha serviu Leo e este atirou por cima da barra. 

Já em tempo de compensação Garcia também viu o cartão vermelho, terminando o Pedralva com nove jogadores.

Jogo no Parque de Jogos de Jogos de Antime

Árbitro, Auxiliado por Gaspar Fernandes e Tiago Mendes.

OFC ANTIME: Bruno; Lobo, Salgado, Jonas (Leo, 66’), Vítor Beijinhos, Gustavo (Patocas, 63’), Raul, Malhado, Neves, Pedro Ismael e Miguel (Castanha, 73’). Treinador, Carlos Salgado.

GD PEDRALVA: Jota; André, Cirilo, David, Pato, Marquinho (Seara, 62’), garcia, Alex (Nelson, 46’), xandi (Zezé, 77’), Peixoto e Abílio. Treinador, Ricardo Dias. 

DISCIPLINA: Cartões amarelos: Jota, 23’; Abílio, 34’; Cirilo, 48’ e 57’ e Leo, 80’. Cartões Vermelhos: Cirilo, 57’ e Garcia, 90+1’.

GOLOS: Ismael, 24’, 25’ e 52’, Jonas, 62’, Nelson, 77’ e Catanha, 81’.
.

1.ª Div. AF Braga: Santa Eufémia, 0 - GD Fareja, 1

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

André volta a dar pontos ao Fareja 

O GD Fareja deslocou-se ao terreno dos Ases de Santa Eufémia onde obteve a primeira vitória fora de portas para o campeonato na presente temporada, ao vencer por uma bola a zero. 

Foi um jogo muito equilibrado com muita luta no meio campo. Na primeira parte foi houve algumas ocasiões para finalizar para as duas equipas, mas o marcador manteve-se em branco. 

Na segunda parte o Fareja entrou melhor, ganhando muitas segundas bolas mas sem haver grandes situações de golo de parte a parte. 

Aos 65', o Fareja chegou à vantagem num livre directo marcado por André que colocou a bola no ângulo sem qualquer hipótese para o guardião da casa.

Depois de estar a perder, a equipa de Santa Eufémia reforçou o ataque e começou a utilizar o jogo directo.  Porém, a linha defensiva do Fareja esteve sempre à altura dos acontecimentos.

Rafael leite reforçou o meio campo do Fareja com a saída de Jorge para a entrada de Cassu, ficando a ganhar mais altura e posse de bola no meio campo. 

A dez minutos do fim a equipa de Santa Eufémia arriscou tudo ao jogar com apenas três defesas e o Fareja voltou a a reforçar o meio campo com a entrada de Bosingwa para lugar de Zé .

Aos 85' minutos o guarda-redes do Fareja, Monteiro foi agredido dentro da área e o arbitro da partida expulsou o jogador do Santa Eufémia, porém, expulsou também o lateral esquerdo do da equipa fafense Cardoso, por factos que a equipa desconhece. 

A partir dessa confusão o Fareja teve de sofrer até ao final da partida. Rafael Leite ainda meteu Henrique para reforçar a defesa, retirando Coelho,

No final o treinador fafense confessou-nos: "todos os meus jogadores souberam sofrer com muita qualidade e ainda tivemos duas ocasiões em contra-ataque em que poderíamos ampliar marcador. De realçar a nossa linha defensiva que esteve em grande com muita concentração e o nosso guarda-redes Monteiro que fez um grande jogo. A vitória é merecida pela grande entrega de uma equipa muito unida no qual posso dizer que é um prazer trabalhar com todos esse atletas.

GD FAREJA: Monteiro, JP, David, Barbosa, Cardoso, Ferrinho, Zé, André, Jorge, Coelho e Moisés. Suplentes: Vasco (GR júnior), Bosingwa, Cassu, Júnio, Martinho, Cunha (júnior) e Henrique. Treinador, Rafael Leite. 

.

Juvenis - Div. AF Braga: CC Taipas, 0 - AD Fafe, 4

Texto: João Carlos Lopes 

Chico e Coelho com a mira acertada 

Os Juvenis da AD Fafe parecem ter embalado para as vitórias pois deslocaram-se ao Campo n.º 2 do Montinho, nas Taipas onde venceram o Clube Caçadores locais por 4-0, somando a quarta vitória consecutiva na presente temporada. 

A formação orientada por Zé Manel Teixeira já vencia por duas bolas a zero ao intervalo e nos segundos quarenta minutos, apesar da contrariedade da expulsão de Moura, aos 60', conseguiu dobrar a vantagem da primeira parte. 

Foi uma vitória inequívoca de uma equipa personalizada que começa a ter os princípios de jogo assimilados e que vem ganhando consistência de partida para partida. 

Na próxima jornada a equipa fafense, que ascendeu ao oitavo lugar e tem vindo a fazer um campeonato de trás para a frente vai receber a formação do Brito SC, que actualmente é o último classificado. 
.            

Juniores - Nac. 2.ª Div.: CD Aves, 2 - AD Fafe, 2

Texto e fotos (arquivo): João Carlos Lopes 

Excelente exibição merecia os três pontos  

- Equipa apela ao apoio no próximo jogo em casa contra o Chaves

Os juniores da AD Fafe foram empatar a duas bolas ao terreno do CD Aves, em jogo a contar para a 11.ª jornada da primeira fase do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão. Um jogo em que os fafenses mostraram garra e vontade de vencer e em que o empate acaba por servir mais a equipa que jogava em casa. 

O Aves entrou a criar perigo e aos 6', num ressalto à entrada da área o avançado do Aves surge isolado na cara de Gonçalo, mas demora a finalizar, chega Chico para um corte de carrinho a limpar e na segunda bola o guardião fafense resolve de vez.

Aos 8' o guarda-redes do Aves joga longo, novamente o avançado a ganhar espaço para cruzar, mas Ricardo atento ao segundo poste a cortar. No seguimento da jogada o Aves ainda consegue o remate mas a passar longe da baliza. 

O Fafe replicou aos 13' com Lousada num passe longo a isolar Rapha que hesita e permite que o guardião avense intercepte a bola. Prosseguiu o Fafe e aos 18', Rapha ganha em velocidade na linha toca de calcanhar para Carvalho que de primeira cruza, mas vê o guarda-redes do Aves atento, a agarrar.

O Fafe manteve a toda ofensiva e aos 21', Zé Pedro domina de peito para João que, sem deixar cair, vira o jogo para Rapha, este remata mas sai ao lado.

Novamente o fafe a teimar aos 31'. Canto a favor da turma fafense, Ricardo joga curto para João que devolve a Ricardo, este cruza e Zé Pedro cabeceia ao lado.

Uma desatenção podia ter custado o golo contra o Fafe. Aos 34', perda de bola do Fafe na direita, o Aves aproveita e circula rápido para o lado contrário onde surge o extremo do Aves a rematar mas Gonçalo a defender.

O golo do Fafe surgiu aos 37'. Livre na esquerda para o Fafe, Ricardo bate tenso, Zé Pedro falha o cabeceamento mas a bola desvia no central do Aves e entra na baliza. Estava feito o 0-1.

No minuto seguinte, esteve o Fafe perto do segundo. Rapha numa jogada individual finta dois adversários, vira para Ricardo, este passa para Zé Pedro que num remate à meia volta chuta forte com a bola a passar perto do poste.

O domínio do Fafe era avassalador e aos 39', nova jogada individual de Rapha a fintar mais dois e na cara do guarda-redes a permitir a sua defesa para canto. Canto batido por Ricardo, Zé Pedro de novo a subir mais alto e a cabecear mas com a bola novamente a passar ao lado.

Quem não marca sofre e aos 42', canto a favor do Aves, batido ao segundo poste, um jogador do aves antecipa-se e faz o empate. 1-1

Na segunda parte, aos 47', lançamento lateral, Zé Pedro ganha e tenta o cruzamento, a bola é interceptada com a mão pelo defesa do Aves. Penalti convertido por Lousada, que fez o 1-2.

O Fafe manteve a toda atacante da primeira parte. Aos 51', Rapha toca para Norberto que joga para Zé Pedro que remata de novo à meia volta com a bola a rasar a trave.

Mais uma vez o Fafe a pagar a falta de eficácia e os poucos erros que cometia. Aos 57', jogada do Aves na direita, cruzamento e a desconcentração da defensiva fafense a permitir que o extremo, sem oposição, fizesse o empate, 2-2.

O Fafe não baixou os braços e aos 62', jogada na direita, Rapha passa a Carvalho, este cruza e Lousada surge ao segundo poste a cabecear mas fácil para o guarda-redes da casa.

tentou responder o Aves aos 71', numa transição rápida a isolar o extremo que remata rasteiro mas fraco.

Aos 82' livre a favor do Fafe, Lousada bate e obriga o guarda-redes do Aves a aplicar-se numa defesa difícil, toca por cima da trave. Canto batido para corte da defensiva do aves

Aos 85, saiu João e entrou Nuno e aos 88' saiu Rapha e entrou Filipe.

O jogo termina empatado, com os fafenses a nunca baixarem os braços e a demonstrarem desde o primeiro minuto que foram a Aves com o único objectivo, a vitória. Não conseguiram mas, agora têm só de corrigir o que esteve menos bem e continuar com esta vontade de vencer e com a organização demonstrada. Veremos se serão capazes de manter a qualidade de jogo apresentada. Na próxima semana recebem o GD Chaves em Fafe e apelam para o apoio de todos os adeptos.
.

1.ª Div. AF Braga: GD Silvares, 1 - FC Prazins e Corvite, 0

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Stucka resolve em jogo de estrelinha 

O GD Silvares recebeu o Prazins e Corvite e conquistou a primeira vitória para o campeonato com um golo apontado por Stucka aos 52 minutos. Esta vitória é o fruto da persistência da equipa que tem lutado contra todo o tipo de adversidades e que tinha até então registado quatro empates e três derrotas. 

Foi uma partida muito equilibrada com as equipa fafense meio adormecida nos cinco minutos iniciais. Entretanto a equipa de PH despertou e equilibrou a o jogo tendo criado duas oportunidades para marcar. A primeira através de Landinho num lance de inspiração em que o mesmo dribla três jogadores, depois fica na cara do guarda-redes para de seguida rematar à figura deste. 

Na segunda ocasião Moura fez um cruzamento perfeito para Coelho que desimpedido acaba por cabecear ao lado. 

Na segunda parte PH deixou passar cinco minutos para fazer duas substituições de uma assentada, com as entradas de Mike e de Stucka na partida. 

Aos 51', Ratão lançou Stucka que se isolou e acabou por fazer o único golo da partida com alguma frieza de matador. 

O Silvares prosseguia com o seu futebol e aos 75' Gualter arrancou pela direita e quando tinha Stucka completamente só a pedir a bola, optou pelo remate, obrigando o guarda-redes a fazer uma boa defesa. 

O Silvares teve a estrelinha da sorte do seu lado aos 80' quando o jogador do Prazins e Corvite falhou uma grande penalidade, ao enviar a bola ao poste. 

Aos 85' surgiu a melhor jogada do desafio quando Mike driblou dois adversários na ala esquerda, entregou a Gualter no meio campo, este abriu na direita para Ratão que cruzou para Mike que entretanto tinha subido o qual rematou contra um defesa já dentro da área. 

Já em tempo de compensação, Nuno Preto voltou a mostrar que está em boa forma ao fazer uma grande defesa e negar o empate ao visitante.        
  
GD SILVARES: Preto; Gualter, Moura, Ferruge, Rafa, Óscar, Nuno Freitas, Landinho, Korginho, Coelho e Ratão. Treinador, PH.
.  

Div. Honra AF Braga: GD Regadas, 2 - Amigos de Urgeses, 1

Texto: João Carlos Lopes 

Cerdeirinhas voltam a cheirar a vitória

O GD Regadas venceu a formação vimaranense dos Amigos de Urgeses por 2-1 e ascendeu ao sétimo lugar da classificação geral, com 16 pontos, apenas menos dois que o adversário vencido e a menos sete que o líder à condição, OFC Antime, sendo certo que o GD Travassós que é segundo com 22 pontos, adiou o jogo desta jornada. De recordar que o Regadas já não vencia desde o dia 19 de Outubro.  
A equipa orientada por Vítor Pacheco, treinador que conseguiu a primeira vitória com as cores deste Clube naesta partida, já vencia ao intervalo por duas bolas a zero com os golos a pertencerem a Leandro e a Nelinho. 

Como é natural, a equipa de Urgeses tentou recuperar da desvantagem no segundo tempo, tendo vindo a reduzir no marcador mas o golo foi insuficiente para roubar pontos ao Regadas. 

Na próxima jornada há dérbi no Campo dos Carvalhinhos em Travassós, onde a equipa do Regadas se desloca para mais uma jornada. 
.    

Futsal - AF Braga: Rio Caldo, 1 - Ass. Futsal Fafe/ Sol Poente, 3


Texto: Pedro Veloso / Foto DR

Bruno e Vítor selaram a vitória

A Ass. Futsal Fafe/ Sol Poente fez na noite de ontem uma das deslocações mais difíceis do campeonato, ao Gerês, mais concretamente a Terras de Bouro para defrontar formação local do Rio Caldo, a quem venceu por 3-1. Frente-a-frente estiveram os 2.º e 3.º classificados da competição, pelo que deixava antever um jogo bastante equilibrado. 

A formação fafense fez um jogo recheado de grande carácter e atitude ao sair do Gerês com três preciosos pontos que permitem estar isoladamente no segundo posto da tabela classificativa a apenas três do líder Caldelas. 

Após um primeiro tempo a vencer pela margem mínima com um golo de Bruno Sousa, a formação da casa entrou no segundo tempo com maior intensidade e ao apostar no guarda-redes avançado conseguiu ainda estabelecer a igualdade a uma bola. 

As contas do jogo ficaram resolvidas por intermédio de Vítor que ao apontar dois decisivos e preciosos tentos, assumiu-se como protagonista da partida, fechando as contas do marcador em 3-1.

Na próxima jornada a formação da AFFSP recebe, no domingo, no pavilhão municipal, a formação do FC Amares, em jogo a contar para a 9.ª jornada do campeonato.
.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

GD Silvares procura um guarda-redes

Texto: João Carlos Lopes 

PH apenas pode contar com Nuno Preto 

O GD Silvares está à procura de um guarda-redes porquanto só tem Nuno Preto para ocupar o lugar na baliza uma vez que Júlio deixou a colectividade, alegando motivos profissionais na semana que antecedeu o jogo com o GD Selho. 

Nessa partida de má memória para o Silvares pois perdeu 3-1, Pedro Costa, que na altura estava lesionado, foi quem vestiu o equipamento de guarda-redes suplente, o que levou alguns dos seus companheiros a algumas brincadeiras verbais.

Na verdade o Clube da freguesia de Silvares S. Martinho necessita de outro guarda-redes pois, na eventualidade de uma lesão ou castigo de Nuno Preto fica descalço e fragilizado relativamente a uma posição tão específica. O técnico PH vê-se, assim, a braços com mais uma situação para resolver, depois dos muitos castigos e lesões que afectaram a equipa durante várias jornadas. 

Os interessados deverão contactar o treinador ou mesmo dirigir-se ao campo daquela colectividade, podendo também entrar em contacto por AQUI

AF Braga - Castigos: Apenas dois fafenses sancionados

Texto: João Carlos Lopes 

Semana calma com alguns castigos pesados  

Já são conhecidas as deliberações do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Braga,  relativas às últimas jornadas dos respectivos campeonatos distritais de futsal. Apenas dois atletas fafenses foram sancionados, sendo certo que um deles joga numa equipa de fora do Concelho, Mike Nogueira do Silvares e João ribeiro do Arco de Baulhe.  

   
PRÓ-NACIONAL

1 JOGO: Diogo Ribeiro (Celoricense), Adriano Salgado (Marinhas), João Paulo Oliveira (Merelinense), Rui Silva (S. Paio d’Arcos), Carlos Rocha (S. Paio d’Arcos) e Carlos Neto (Brito). 

DIVISÃO DE HONRA

6 JOGOS: Luís Rego (S. Cosme).

2 JOGOS: Vicente Miquelino (Esposende) e Francisco Nascimento (São Veríssimo).

1 JOGO: Gabriel Costa (Vila Chã), Nuno Ribeiro (MARCA), Ricardo Marinha (MARCA) e João Ribeiro (Arco de Baúlhe).

I DIVISÃO DISTRITAL

3 JOGOS: Vítor Correia (Gondifelos), Bruno Machado (Bairro) e Luís Teixeira (Fermilense).

2 JOGOS: Ivan Barbosa (Bairro), Rui Pereira (Adaúfe), Marco Silva (Mosteiro), Pedro Pimenta (Aboim da Nóbrega), Michael Nogueira (Silvares) e João Dias (Longos).

1 JOGO: Nélson Oliveira (Sp. Ucha), Eduardo Silva (Bairro), Eduardo Mouta (Este FC), Ricardo Costa (Leões das Enguardas) e António Silva (Prazins Corvite).
.

Agenda Desportiva de fim-de-semana

ANDEBOL NACIONAL
Campeonato Nacional 2.ª Divisão
AA S. MAMEDE - AC FAFE
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 17H00
Local: Pavilhão Eduardo Soares, Matosinhos


FUTSAL DISTRITAL
Campeonato Distrital AF Braga - Seniores Masculinos - Série B
GCR NUN'ÁLVARES - ACR LORDELO
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 17H30
Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares 

GDCR RIO CALDO - ASS. FUTSAL FAFE/SOLPOENTE
Dia/Hora: Sexta-feira, 28 Novembro – 19H30

Local: Pavilhão Escola EB 2,3 Rio Caldo, Terras Bouro. 

Campeonato Distrital AF Braga - Seniores Femininos
GD PORTO D'AVE - GCR NUN'ÁLVARES
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 17H00

Local: Pavilhão da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso 

FUTEBOL NACIONAL
Campeonato Nacional de Seniores 
CD CERVEIRA - AD FAFE
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 15H00
Local: Estádio Municipal Rafael Pedreira, VN Cerveira

Juniores Campeonato Nacional 2.ª Divisão
CD AVES - AD FAFE
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Campo do Parque Desportivo de Vila das Aves.
  
FUTEBOL DISTRITAL
Divisão Pró-Nacional AF Braga
CD CELORICENSE - ARÕES SC
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 15H00
Local: Estádio Municipal de Celorico de Basto 


Divisão de Honra AF Braga - Série B
EMILIANOS FC - ACD PICA 
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 15H00
Local: Parque de Jogos de Porto D'Ave, Póvoa de Lanhoso. 

GCD REGADAS - AMIGOS DE URGESES 
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Campo das Cerdeirinhas, Regadas, Fafe  

S. COSME - GD TRAVASSÓS (Adiado)

OFC ANTIME - GD PEDRALVA
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Parque de Jogos de Antime, Fafe. 

1.ª Divisão AF Braga - Série C
GD SILVARES - PRAZINS E CORVITE
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Campo Prof. manuel José Dias. Silvares, S. Martinho, Fafe.


ASES SANTA EUFÉMIA - GDCR FAREJA 
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Campo da Bouça da Reboreda, Prazins Stª Eufémia, Guimarães

JUNIORES - AF BRAGA
1.ª Divisão AF Braga - Série D 

ARÕES SC - CD PONTE
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Campo do CFJ Arões, Fafe


GDCR FAREJA - GD SERZEDELO
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 10H00
Local: Campo de Jogos de Fareja

ACD PICA - GD ARCO BAÚLHE
Dia/Hora: Domingo, 23 Novembro – 10H00
Local: Campo de Jogos da Pica, Fafe.

JUVENIS AF BRAGA 
Divisão Honra
CC TAIPAS - AD FAFE
Dia/Hora: Sábado, 20 Novembro – 18H00
Local: Campo n.º 2 do Montinho, Taipas, Guimarães 

1.ª Divisão - Série B
AD FAFE B - CD LOUSADO
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 15H00
Local: Campo n.º 2 do PMD Fafe. 

2.ª Divisão - Série C 

GDCR GOLÃES - GD FIGUEIREDO
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 10H00
Local: Campo Agostinho Pereira da Silva, Golães, Fafe

2.ª Divisão - Série D
ARC PENCELO - ASES S. JORGE
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro  – 15H00
Local: Campo do Monte do Bouro, Selho, S. Lourenço. 

CD PONTE - ARÕES SC
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – 10H00
Local: Parque Desportivo Dr. João Afonso Almeida, Ponte, Guimarães.

GD SERZEDELO - GD VASCO DA GAMA
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro – ???
Local: Parque de Lazer de Selho, Guimarães.

INICIADOS - AF BRAGA
Divisão de Honra AF Braga
AD FAFE - CC TAIPAS
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro  – 10H00
Local: Campo n.º 2 do PMD Fafe

1.ª Divisão AF Braga - Série B
ASES S. JORGE - BRITO  SC
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro  – 15H00
Local: Campo de Jogos de S. Jorge, Fafe.

2.ª Divisão AF Braga - Série D

BARCO ACADEMIA - OFC ANTIME
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro  – 15H30
Local: Campo da Fraga, Briteiros Stº Estevão, Guimarães. 

ARÕES SC - CC TAIPAS
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro  – 10H00
Local: Campo do CFJ Arões, Fafe

DESPORTIVO DE RONFE - AD FAFE B
Dia/Hora: Domingo, 30 Novembro  – 09H00
Local: Parque Desportivo de Ronfe, Guimarães


LIGA DE FUTSAL JUVENIL - SOG
Jogos de vários escalões 
Confira todos os jogos AQUI

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL POPULAR DE FAFE 
Futebol - Futsal Masculino e Futsal Feminino
Confira todos os jogos AQUI

FUTEBOL VETERANOS
Campeonato Interplanetário da Amizade
UD FAFE A60 - CRISTELO
Dia/Hora: Sábado, 29 Novembro – 17H30
Local: Parque de Jogos de Antime, Fafe


Consulte os cartazes destes e doutros jogos AQUI
.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Rafael Martins foi 7.º no Sanguinhedo APIK (contra-relógio a eliminar)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Fafense vai a todas sem medo

- Debateu-se com ciclistas do pelotão nacional

O Ciclista fafense Rafael Martins não perde um desafio e no passado Sábado participou em mais uma prova de Ciclismo, numa espécie de contra-relógio em subida por eliminatórias. 

A prova disputou-se em Sanguinhedo, Santo Tirso, numa dura subida de apenas 280 metros mas muito exigente para os ciclistas, tendo participado cerca de 120 corredores. 

Rafael apurou-se para os quartos de final e entre elevada concorrência, conseguiu obter um valoroso sétimo lugar na geral entre grandes nomes do pelotão nacional. 

Sanguinhedo APIK é uma prova que pretende acolher todos os utilizadores de bicicleta, sem distinção de idades, estilos e performance física. Nesta prova o importante é participar numa corrida louca e desafiante. Um contra relógio APIK, são duelos entre os mais rápidos até ao vencedor final. Além disso, teve som, luzes, açcão e espectáculo garantido.

Com esta prova o jovem ciclista de Golães deu por terminada a temporada competitiva de 2014, a qual lhe foi muito proveitosa quer no ciclismo de estrada quer no BTT. O mais novo do Clã Martins tem sido quem faz as honras da casa e da tradição familiar nas provas de ciclismo.  

.

Taça da Liga Los + Fashion: Jogos para esta Quinta-feira 27 Nov.

.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Juniores - 1.ª Div. AF Braga: CD Celoricense, 1 - Arões SC, 4

Texto e foto: Ricardo Castro

Oito vitórias em oito jogos  


Os Juniores do Arões permanecem invencíveis no campeonato, ao alcançarem a oitava vitória em outros tantos jogos do campeonato. Desta feita, triunfo em Celorico de Basto por quatro bolas a uma.

Numa primeira parte equilibrada, Morais desfez o nulo no marcador através da marcação de uma grande penalidade, a castigar falta sobre o esquerdino Jorge. Ao intervalo, o marcador era favorável ao Arões, pela margem mínima.

O Celoricense entrou para a segunda parte disposto a chegar a igualdade e aos 55 minutos chegou mesmo ao golo. Um belo cabeceamento após cruzamento da direita do ataque. Cinco minutos depois, uma contrariedade para a turma aronense, com a expulsão de Rui Marinho. 

Seguiram-se cerca de cinco minutos onde o Celoricense tentou tirar vantagem da superioridade numérica. Numa boa ocasião para os de Basto, o guarda-redes Rui fez uma grande defesa a um remate que levava selo de golo. 

A partir deste momento e mesmo em inferioridade numérica, o Arões assumiu as despesas do jogo e o recém-entrado Lisuarte, numa jogada de insistência na área adversária faz o 2-1, numa recarga a um remate efetuado pelo próprio. 

O Arões passou a gerir o ritmo do jogo e na sequência de um canto curto, Morais, com grande classe, ultrapassa dois adversários e coloca a bola no fundo das redes. A equipa de Miguel Castro não baixava a guarda e na sequência de uma bela jogada coletiva pela direita, o cruzamento encontrou Miki e o avançado, após dominar a bola, tirou um adversário do caminho e rematou forte para o fundo das redes, fechando a contagem no marcador. 

Uma importante vitória alcançada com mérito pelos juniores do Arões, num jogo diante de um adversário complicado, que tem sempre das melhores equipas do campeonato. O espírito de vitória e sacrifício esteve na base de mais três pontos alcançados. 

O Arões jogou com: Rui, Marcos (Lisuarte 75), Filipe, JP, Rui Marinho, Pizzi, Barros (Luís Carlos, 65) Morais, Miki, Jorge, Rui Pedro (Vítor, 80). Treinador: Miguel Castro.

GD Fareja: Presidente Jonathan Dias está entusiasmado

Texto e foto: João Carlos Lopes 

"O caminho que traçamos é o mesmo que devemos seguir" 

O GCD Fareja estreou-se este ano nos campeonatos Distritais, com uma equipa de Seniores e outras de juniores da qual pensam municiar a equipa principal num futuro próximo e volvidos que estão pouco mais de dois meses de competição resolvemos fazer com o jovem presidente da Colectividade, Jonathan Dias, um apanhado do que se passou até agora 

Para Jonathan Dias este “é um ano de profunda modificação em que penso que o caminho que traçamos é o mesmo que devemos seguir daqui para a frente. Federamos o Clube pela primeira vez na sua história, tanto a nível de seniores como de juniores, que eu considero ser um acto de coragem de todos os membros da presente Direção, sem nunca esquecer quem anteriormente dirigiu os destinos do Clube, permitindo que pudéssemos pegar no mesmo em perfeitas condições de fazer esta transição”. 

O Clube de uma das extremidades do Concelho de Fafe inovou em termos tecnológicos quando criou a Fareja TV, segundo o seu presidente “ainda a dar os seus primeiros passos no mundo desportivo”. 

Relativamente aos jogos efectuados pela equipa principal do Fareja Jonathan Dias frisa que “temos sido humildes em todas as nossas partidas, ouvindo até elogios das equipas adversárias. Com este conjunto de atletas, sem remunerações, afirmo que tenho o maior orgulho em gerir os destinos desta Coletividade”, referiu. 

Sobre o trabalho que a equipa técnica liderada por Rafael Leite tem feito, adianta que esta “está de facto, bastante empenhada. A forma que têm de ver e lidar com o futebol é extraordinária. O nosso técnico principal, Rafael, iniciou o curso de treinador, o que mostra vontade de aprender e de melhorar o excelente trabalho já efectuado”. 

Mas há outras coisas que deixam o presidente do Fareja feliz. “Os nossos adeptos, de forma carinhosa, têm-nos acompanhado e gostam da nossa forma de ver o futebol e a maneira como lidamos com as mais diversas situações”.

Em suma Jonathan Dias refere, “sinto que, incondicionalmente, tenho o apoio de todos para gerir o futuro desta Colectividade, o que me torna mais seguro e ambicioso, mas sempre com as devidas cautelas”, rematou.
.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Natação - Torneio Reg. de Fundo: Inês Castro foi a 3.ª melhor do torneio

Redacção / AD Fafe 

10 vitórias e 34 “pódios” em maratona competitiva

Nos dias 22 e 23 de Novembro, os nadadores da Associação Desportiva de Fafe (ADF) mergulharam no Complexo de Piscinas do Clube Fluvial Portuense (Porto), para participar no Torneio Regional de Fundo, nos escalões de Infantis e Juvenis. Com a presença de 411 nadadores, em representação de 17 clubes, este torneio foi uma verdadeira maratona competitiva, que obrigou os nadadores fafenses com idades entre os 11 e os 15 anos a lutar contra o cansaço acumulado, das 05h30 às 21h30, em ambos os dias.

Os 22 tubarões de Fafe provaram que estavam à altura do desafio, não se esconderam em desculpas e venceram 10 provas, atingindo os três primeiros lugares em 34 ocasiões. A progressão da equipa fafense mantém-se e os 82 recordes pessoais em 103 inscrições são a prova disso. Em destaque estiveram os 11 nadadores que se apuraram para os Torneios Zonais de Infantis e Juvenis, com 34 mínimos, sendo que 4 deles já garantiram o acesso aos Campeonatos Nacionais de Infantis, com 7 mínimos.

O principal objetivo para esta competição era a participação e avaliação dos nadadores nas provas de 800m Livres (Femininos) ou 1500m Livres (Masculinos) e 400m Estilos, cujas pontuações determinavam, segundo o regulamento da competição, os vencedores do Torneio Regional de Fundo. Neste capítulo, a nadadora Inês Castro foi a melhor classificada fafense, com um brilhante 3º lugar na competição Infantil B. Esta nadadora melhorou todos os seus tempos, obteve mínimos para o Torneio Zonal de Infantis em todas as suas provas e venceu ainda os 100m e 200m Bruços. Mariana Sampaio ficou logo atrás, em 4º lugar, venceu 3 provas e obteve mínimos para os Nacionais nos 100m e 200m Costas. Romeu Fernandes foi o 6º Infantil A e apurou-se para os Nacionais nos 400m Livres e 400m Estilos. Carolina Silva atingiu o 7º lugar da classificação e apurou-se para o Zonal. Diogo Moura ficou em 8º no torneio e venceu ainda os 200m Bruços, com 2 mínimos para o Zonal. Margarida Leite foi a 9º melhor Infantil A e apurou-se para os Nacionais. João Freitas ficou em 10º no seu escalão, confirmou os mínimos para os Nacionais nos 100m e 200m Costas e venceu os 200m Estilos. Beatriz Oliveira atingiu o 12º lugar da classificação geral Juvenil B e apurou-se para o Zonal.

 Natália Cunha ficou no 13º posto e apurou-se também para o Zonal de Juvenis. Francisca Carvalho ficou em 14º e apurou-se para o Zonal. Vitória Henriques mostrou uma grande evolução e apurou-se para o Zonal, atingindo o 15º lugar no escalão Infantil B. Rui Martins melhorou todos os seus tempos e confirmou a presença no Zonal de Infantis, mas foi afastado da classificação geral do Torneio de Fundo devido à única desqualificação do clube em 103 provas, nos 400m Estilos. Os restantes nadadores presentes em competição foram: Bruno Castro (17º), Tiago Guedes (19º), Catarina Ferreira (20º), Luís Alves (20º), Diogo Freitas (21º), João Peixoto (23º), Ricardo Oliveira (23º), João Cunha (25º), Beatriz Alves (27º) e Bruno Silva (27º).

A ADF participou ainda nas estafetas de 4x100m Livres, 4x100m Estilos e 4x200m Livres e também aqui brilhou ao vencer (segundo o regulamento específico da competição) as três estafetas Infantis B femininas (Mariana Sampaio, Inês Castro, Carolina Silva e Vitória Henriques). Os Infantis A masculinos (João Freitas, João Peixoto, Romeu Fernandes e Rui Martins) classificaram-se em 2º lugar nas três estafetas, enquanto os Infantis B (Bruno Castro, Diogo Moura, Tiago Guedes, Luís Alves e Bruno Silva) conquistaram o 2.º lugar nos 4x100m Livres e o 3.º lugar nos 4x200m Livres.

No próximo fim de semana, é a vez dos Juniores e Seniores competirem nos Campeonatos Regionais Absolutos de Piscina Curta, em Paços de Ferreira.
.