.

.
.

terça-feira, 31 de março de 2015

Natação: Campeões do Norte e do Sul juntam-se em Fafe

Redacção/AD Fafe 

Tiago Vilhena regressou a Fafe

Os campeões fafenses que recentemente dominaram o Torneio Zonal de Infantis (Zona Norte) receberam a presença do Campeão Zonal (Zona Sul) Tiago Vilhena, nadador com raízes fafenses que representa atualmente o Clube de Natação de Faro. 

A gozar as merecidas férias, o nadador algarvio fez questão de integrar o treino da ADF, numa demonstração de companheirismo e boas relações institucionais entre os dois clubes. No Verão, estes nadadores irão competir entre si no Campeonato Nacional de Infantis, que decorrerá no Complexo Olímpico do Jamor, em Oeiras. 

O treinador dos Infantis, Rui Ribeiro, mostrou-se satisfeito com "a presença de um dos melhores nadadores do país" e espera "poder encontrá-lo no pódio dos Nacionais, ao lado dos nossos nadadores".

Pró-Nacional AF Braga: Arões SC, 2 – Merelinense FC, 4

Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva 

Onda de maus resultados

O Arões somou o quinto jogo sem vencer na Pró-Nacional e atravessa o pior momento da época no que a resultados diz respeito. A equipa de Miguel Paredes sofreu nova derrota, em casa, diante do Merelinense, por quatro bolas a duas. As vitórias têm fugido e os adversários do topo da tabela vão, aos poucos, ficando mais distantes dos aronenses.

Os primeiros 20 minutos espelharam o desfecho de um jogo em que o Arões teve algumas dificuldades em chegar à baliza contrária na primeira parte. O Merelinense foi eficaz e marcou nas duas ocasiões mais claras. Telmo aproveitou uma bola na área e inaugurou o marcador aos cinco minutos. E Rui André dobrou a vantagem, ao culminar um contra-ataque após assistência de Telmo, num lance nascido de um canto favorável ao Arões.

À meia hora, Miguel Paredes tirou Pedro Rosita e lançou Zézé. A aposta no ataque aumentou a pressão dos da casa, traduzida em golo aos 40 minutos. Barbosa aproveitou da melhor maneira a confusão na área contrária e reduziu para 1-2, relançando a discussão do resultado para a segunda parte.

Aí, o Arões mostrou, desde cedo, vontade de dar a volta ao marcador. Pablo dispôs de uma primeira ocasião num livre, atirando pouco por cima. Aos 55 minutos, o brasileiro não falhou uma grande penalidade, por falta de Simões sobre Zézé. O jogador bracarense foi expulso e o Arões chegava ao 2-2, já em superioridade numérica.

Contra dez e já depois de recuperar da desvantagem de dois golos, esperava-se maior pressão dos locais. Tal não aconteceu. Alguma passividade na busca do terceiro golo – o da reviravolta - ditou nova vantagem dos visitantes. Rui André aproveitou uma jogada rápida e, na área, deu a melhor sequência a um cruzamento da direita. Era o bis na partida do avançado do Merelinense e o 2-3 no marcador. 

Aos 82 minutos, o recém-entrado David sentenciou a partida, atirando para o fundo da baliza de Paulo Jorge após uma bola metida nas costas da defensiva adversária.

Apesar do deslize, o Arões mantém o quinto lugar, com 44 pontos, mas já a sete do líder Torcatense. O segundo lugar, pertença do Maria da Fonte, está a três de distância. Na próxima jornada, a turma de Miguel Paredes procura nova lição diante do Desportivo de Ronfe, a quem venceu na primeira volta, por 4-1. Os vimaranenses, orientados pelo fafense Paulinho Soares, estão no 8.º posto com 41 pontos e acumulam um ciclo de sete jogos sem vencer.

No intervalo do jogo, foram apresentados todos os escalões de formação da equipa aronense e foi entregue uma camisola do clube a um dos dois militares fafenses que está de partida para uma missão de paz no Kosovo.

Jogo realizado no Parque Desportivo de Arões – Vila de Arões São Romão, Fafe.

Árbitro: Rui Amaral, auxiliado por André Duarte e Daniel Vale (AF Braga).

ARÕES SC: Paulo Jorge, Pedro Rosita (Zézé, 30’), Marcos, Rui Rampa, Zezinho, Barbosa (André, 64’), Gustinho, Agostinho, Pablo, Bruno Cunha (Zé Dias, 80’), Raimundo. Treinador: Miguel Paredes.

MERELINENSE FC: Alex, Cara (cap.), João Paulo, Simões, Ribeiro, Ni, Telmo, João Cardoso, João Araújo (David, 70’), Rui André (Pedrinho, 90’), Ruca (Costa, 60’). Treinador: Pedro Rocha.

Disciplina – cartões amarelos: João Araújo, 12’, Gustinho, 25’, Marcos, 50’, Rui André, 51’, Agostinho, 62’, Zezinho, 64’. Cartão vermelho: Simões, 55’.

Golos: Telmo, 5’, Rui André, 20’ e 65’, Barbosa, 40’, Pablo (g.p), 56’, David, 82’.

BTT - Open de Bragança: Rafael Martins venceu a Maratona do Azibo ao sprint

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Vitória mais discutida desde que está no Open

Rafael Martins, que representa o Centro de Ciclismo José Martins, venceu mais uma prova do Open Regional de Bragança em BTT 2015, ao ser mais rápido que toda a concorrência na Maratona do Azibo, em Macedo de Cavaleiros, numa vitória pouco usual, discutida ao sprint com Manuel Melo (Rompe Trilhos-BTT). 

O desportista fafense repetiu, assim o feito da primeira prova do Open, na IV Rota da Alheira e logo após o azar que teve na segunda prova, em Valbom dos Figos, em que furou por duas vezes, quedando-se pelo sétimo lugar mas ainda a tempo de vencer em Elites. 

Esta foi a vitória mais discutida desde que está no Open Regional de Bragança, em que foi campeão absoluto em 2014, pois Manuel Melo, andou sempre no seu encalço, tendo o betetista fafense tentado deixa-lo para trás na subida mais longa mas sem êxito, deixando a decisão da corrida para a meta final em que fez valer todos os seus conhecimentos e experiência na modalidade em todas as suas vertentes. 

Como referiu Rafael Martins, "esta não foi a vitória mais difícil, mas sim a mais discutida, pois o Manuel Melo está a andar muito bem e tive que fazer uma prova à defesa, uma vez que os ataques que fiz não foram suficientemente fortes para o deixar para trás o que me obrigou, a meio da prova, a decidir "jogar" à defesa.

Rafael Martins lidera o Open Regional de Bragança com 750 pontos, seguido de Paulo Reis, com 550 e do espanhol Rúben Alvarez Gil, com 350. A próxima prova é no dia 12 de Abril, na Maratona dos Trilhos do Douro Internacional.

Natação: Infantis da AD Fafe são os melhores do Norte do País

Redacção/ AD Fafe 

Recorde Regional para Mariana Sampaio

- AD Fafe brilhou em várias frentes

A natação da Associação Desportiva de Fafe (ADF) participou entre os dias 27 e 29 de Março em duas das competições mais importantes da época para os escalões de Cadetes e Infantis. 

Em Vila Praia de Âncora, os Infantis da ADF competiram no Torneio Zonal de Infantis, onde se juntaram 317 nadadores de 47 clubes do norte do país. Os jovens fafenses estiveram entre os melhores e trouxeram para casa 19 medalhas, o primeiro lugar no medalheiro Infantil B, o quarto lugar no medalheiro Infantil A, 33 recordes pessoais e fizeram História.

Um dos momentos mais brilhantes foi protagonizado pela nadadora Mariana Sampaio, que registou um novo Recorde Regional da ANNP nos 100m Livres, marca que lhe valeu ainda a melhor performance Infantil B feminina do torneio, para juntar aos 4 primeiros lugares, num total de 8 medalhas em 8 provas. 

Inês Castro, também Infantil B, sagrou-se Campeã Zonal nos 100m Bruços, e conquistou um total de 3 títulos e 6 medalhas. Dois dos títulos destas nadadoras foram conquistados nas estafetas de 4x100m Livres e 4x100m Estilos com a colaboração das Campeãs Zonais Carolina Silva e Vitória Henriques, que atingiram ainda o segundo lugar nos 4x200m Livres. No setor masculino, Diogo Moura apurou-se para os Nacionais nos 100m Bruços, onde atingiu o 4º lugar. Catarina Ferreira confirmou a sua evolução nos 100m e 200m Bruços. As estafetas Infantil B masculinas compostas por Luís Alves, Ricardo Oliveira, Bruno Castro, Tiago Guedes e Diogo Moura atingiram um 8º e um 9º lugar.

Nos Infantis A, Margarida Leite também se sagrou Campeã Zonal nos 200m Costas. Romeu Fernandes ficou em 2º lugar nos 100m Livres, a escassos 6 centésimos do primeiro lugar, e conseguiu 5 presenças no pódio. João Freitas conseguiu alcançar o 3º lugar nos 100m e 200m Costas e conquistou também 5 medalhas. 

Para 3 destas presenças no pódio, contribuíram Rui Martins e João Peixoto, que fizeram parte das estafetas medalhadas de 4x100m Livres, 4x100m Estilos e 4x200m Livres. Os nadadores foram orientados por Rui Ribeiro, Fernando Pelota e Miguel Antunes.

Cadetes mergulharam em Paços de Ferreira 

Os nadadores mais novos estiveram em ação no Torneio Regional de Grupos de Idades, em Paços de Ferreira. A ADF estava representada com 8 nadadores (Ana Sampaio, Gonçalo Pereira, Beatriz Silva, Diogo Seca, Diogo Pontes, Dinis Martins, Alexia Barros e Beatriz Oliveira), orientados pelos Treinadores Miguel Mota e Fernando Pelota, num total de 314 nadadores de 21 clubes. No final das jornadas as expectativas foram largamente superadas, com excelentes marcas e resultados. 
A ADF conseguiu um 1º lugar na prova de 100m bruços por Alexia Barros e na mesma prova a Beatriz Oliveira ocupou o 2º lugar do pódio. Também com uma medalha de prata ficou Gonçalo Pereira, obtida nos 100 bruços. 

No final dos dois dias de competição, a ADF recebeu a boa notícia que Alexia Barros e Beatriz Oliveira fazem parte da convocatória da Associação de Natação do Norte de Portugal (ANNP) para o Estágio de Capacitação Técnica.

segunda-feira, 30 de março de 2015

OFC Antime: Resultados de todos os escalões



Tony Freitas sucede a Inácio Pereira na presidência do Núcleo de Árbitros de Fafe

Texto: João Marques / Fotos: Cátia Leitão 

Várias propostas apresentadas para melhorar o NAFF 

Tony Freitas foi eleito como novo presidente do Núcleo de Árbitros de Fafe (NAFF), na última sexta- feira, 20 de Março, em Assembleia Geral marcada com o intuito de eleger os corpos gerentes para o biénio 2015/2016. 

Numa sala repleta de associados, foi apresentada uma lista encabeçada por Tony Freitas. Várias ideias foram propostas e debatidas entre as quais a criação de um cartão de associado, a aposta na captação de novos árbitros, a dinamização das redes sociais associadas ao núcleo, a criação de um orgão consultivo denominado "conselheiros do NAFF" e dotar o núcleo de melhores condições para os associados. 

Apresentadas as linhas mestras que orientarão a actividade do núcleo nos próximos dos dois anos, a lista foi posta à votação, tendo sido aprovada por unanimidade. 

Feitas as intervenções da praxe, todos os presentes comungaram da ideia de que a anterior direção, liderada por Inácio Pereira fez um trabalho meritório e consentâneo com os pergaminhos que o núcleo tem sabido manter, ao longo de mais de 30 anos. 

Para futuro ficou no ar a ideia que só com muito trabalho e dedicação se poderá manter e ampliar a importância do núcleo no panorama desportivo nacional. 

LISTA DOS ORGÃOS SOCIAIS DO NAFF 

ASSEMBLEIA GERAL

Presidente: Inácio Pereira 

Vice-Presidente: Jorge Ferreira 

Secretário: Xavier Fernandes 


DIRECÇÃO

Presidente: Tony Freitas 

Vice-Presidente: Joaquim Pereira 

Secretário: Leonel Ferreira 

Tesoureiro: Cátia Leitão

Vogal: Vitor Fernandes


CONSELHO FISCAL

Presidente: Afonso Ferreira

Vice-Presidente: Rui Pereira

Secretário: João Marques

3º BTT DHI de Atães: Fernando Silva (Restauradores da Granja) venceu

Texto e foto: ACM

Campeão do Minho não facilitou

Os Campeões do Minho Fernando Silva e Ana Leite venceram em elites o 3º BTT DHI de Atães, segunda prova do Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION disputada numa pista renovada nas imediações do Parque Desportivo do Atães Futebol Clube (Guimarães). Bruno Almeida foi o melhor atleta da categoria de juniores, João Teixeira de cadetes, Ricardo Soares de master 30, Antero Oliveira de master 40, José Rodrigues de master 50 e Ivo Teixeira em promoção. A formação Restauradores da Granja / Centro Óptico de Fafe venceu por equipas.

Promovido pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Comissão de Festas em honra de Santa Maria de Atães, a segunda etapa do campeonato minhoto foi disputada por mais de meia centena e meia de atletas na pista de Down Hill de Atães (estreada em 12 de Setembro de 2010) que beneficiou de melhoramentos para conferir ao espaço mais e melhores condições para a prática da modalidade. Além disso, a configuração da pista de Atães proporciona aos espectadores ótimas condições para o acompanhamento da competição, tendo sido muitos os espetadores que rumaram até à freguesia vimaranense para assistir à prova do Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION.

Campeão do Minho em 2014, Fernando Silva (RG - Centro Óptico de Fafe) - que na primeira prova do Campeonato não tinha conseguido em Armil (Fafe) melhor que o quarto lugar - venceu em elites o 3º BTT DHI de Atães com uma curtíssima vantagem para o seu colega de equipa Rui Teixeira e para José Vasconcelos (FAC / Famalicense Atlético Clube), respetivamente, segundo e terceiro classificado.

Em femininos venceu Ana Leite (Bicicleta Clube de Felgueiras) que na primeira prova do Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION tinha alcançado um quarto lugar.

Bruno Almeida (Seissa/A.C.R.Roriz/Matias e Araújo/Frulact), terceiro classificado no Campeonato do Minho de 2014 (cadetes) venceu em juniores e obteve o melhor registo de tempo absoluto do 3º BTT DHI de Atães (01:49.305) apesar da pequeníssima vantagem para o atleta elite Fernando Silva (01:49.352). Raúl Rodrigues (Desportivo Jorge Antunes) e Diogo Pinto (RG /Centro Óptico de Fafe), Campeão do Minho de 2014 em cadetes, classificaram-se em segundo e terceiro lugares no escalão da classificação de juniores.

Ricardo Soares (Desportivo Jorge Antunes), em master 30, somou em Atães o segundo triunfo no Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION, deixando Miguel Andrade (FAC / Famalicense Atlético Clube) no segundo lugar e Manuel Bessa (Desportivo Jorge Antunes) no terceiro.

Em master 40, depois do terceiro lugar em Armil, Antero Oliveira (Bicicleta Clube de Felgueiras) chegou ao triunfo, ocupando as restantes posições do pódio Maurício Conceição (RG /Centro Óptico de Fafe) e Paulo Abreu (Bicicleta Clube de Felgueiras).

No escalão de cadetes, o mais rápido na pista de Atães foi João Teixeira (RG /Centro Óptico de Fafe) seguido de André Ferreira (Downinfor / Sage) e João Pereira (Desportivo Jorge Antunes).

Coletivamente a vitória no 3º BTT DHI de Atães foi da formação Restauradores da Granja Centro Óptico de Fafe, tendo o Desportivo Jorge Antunes ficado em segundo e o Bicicleta Clube de Felgueiras em terceiro.

O 3º BTT DHI de Atães teve o apoio da União de Freguesias de Atães e Rendufe, Federação Portuguesa de Ciclismo, Cision, Arrecadações da Quintã, Herdmar, Raiz Carisma, POPP Design, Guivanex - Estamparia, Limpezas Martins, Bike Magazine (revista oficial) e acmTV (www.acmtv.pt).

A última vez que Atães tinha acolhido uma competição oficial de Down Hill foi em setembro de 2011 altura em que Joel Ferreira (RG - Centro Óptico de Fafe) venceu o 2.º BTT DHI de Atães, a quarta prova do Campeonato Regional do Minho de BTT - Down Hill e José Vasconcelos, então Campeão Nacional de DHU na categoria de juniores, registou o terceiro melhor tempo absoluto.

Depois do 3º BTT DHI de Atães o Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION rumará até Barcelos, no dia 26 de abril, para a disputa no Monte do Facho do 1.º BTT DHI Moto Galos.

Futsal : GCD Paços é bi-campeão do campeonato da AFPF Sub-13

Texto: João carlos Lopes / Foto: FFernandes/AFPF


Título decidido no último jogo

Ao vencer o GD Estorãos por 3-1, na última jornada, a equipa A do GCD Paços, treinado por Catarina Castro revalidou o título de Campeão do Escalão Sub 13 do Campeonato da Associação de Futebol Popular de Fafe

De referir que no derradeiro jogo as hipóteses de chegar ao título eram iguais para as duas equipas mas os pacenses acabaram por levar a melhor. Os golos dos campeões foram apontados por Pedro Miguel, Luís e Carlos Maurício, enquanto o do Estorãos foi marcado por H. Farias. 

Jogo realizado no Pavilhão Multiusos de Fafe

Árbitro, Rui Rodrigues.

GCD ESTORÃOS: Kelvyn, Daniel, Tiago, Nuno, Rui Pedro, Gabriel, Filipe, Tatiana, H. Farias, I. Farias e Dilan. Treinador, Hugo Fernandes. Treinador Adjunto, Luciano Gonçalves Presidente, José Vaz.

GCD PAÇOS :Rui Pereira, Pedro Miguel, Rui Filipe, Luís, Carlos Maurício, Sérgio, Hugo, Sérgio Emanuel e Pedro Daniel. Treinadora, Catarina Castro. Presidente, Rogério Martins.

Sporting TV esteve em Fafe e falou com ilustres sportinguistas

Padre Peixoto Lopes é um
Sportinguista dos quatro costados
Texto: João Nuno Oliveira / Fotos: DR

Recolhidas imagens em locais emblemáticos da Cidade


A Sporting TV esteve e Fafe no dia 25 de Março, a convite do Núcleo da cidade, em gravações para o programa “Núcleo Duro”. 

A equipa de reportagem percorreu e gravou em alguns dos mais emblemáticos locais da cidade, salientando-se o Teatro-Cinema, Jardim do Calvário, Monumento da justiça de Fafe, Museu Regional do Automóvel, Praça 25 de Abril, Complexo Turístico de Rilhadas e ainda na sede do Núcleo.

Mário António Alves é o
presidente do Núcleo do SCP de Fafe 
A reportagem contou com o depoimento de alguns dos mais ilustres Sportinguistas da nossa praça, tais como o causídico Ribeiro Cardoso, Padre José Peixoto Lopes, Manuel Salgado, José Martins (antigo ciclista) e o actual presidente do Núcleo do Sporting CP de Fafe, Mário António Alves. A registar ainda o depoimento do vereador do Desporto, Pompeu Martins que representou a autarquia de Fafe. 


Este evento vem uma vez mais realçar a importância do Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Fafe, na divulgação do concelho de Fafe a nível nacional.

Entretanto está agendada uma Assembleia Geral para o dia 3 de Abril, pelas 21:30 horas na sede do Núcleo fafense, para apreciação, discussão e votação do relatório de contas, com um período aberto a outros assuntos de interesse. 

Ass. Futebol Popular Fafe: resultados Futebol Sub17 e Futsal Feminino



Benjamins AF Braga: AD Fafe, 6 - Desportivo de Ronfe, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Bruno e Dinis bisaram 

Os Benjamins da AD Fafe receberam e e bateram o Desportivo de Ronfe por 6-2 em jogo da 20.ª jornada do campeonato distrital. 

Os comandados de Pedro Gomes e Anita Marinho inauguraram o marcador por intermédio de Bruno para depois Dinis elevar a contagem para 2-0. A equipa de Ronfe reduziu para 2-1 e antes do intervalo a equipa fafense voltou a marcar através de Sousa. 

Na segunda parte Dinis bisou no jogo ao fazer o 4-1, seguindo-se um bis de Ivo que elvou a contagem para 6-1, com a equipa vimaranense a marcar ainda o 6-2. 

Na próxima jornada a equipa fafense desloca-se a Cabeceiras de Basto para jogar com a Casa do Benfica de Vila Nova de Famalicão.    

domingo, 29 de março de 2015

Juvenis – 2.ª Div. AF Braga: GD Serzedelo, 1 – Arões SC, 4

Texto: Ricardo Castro

Bis de Emanuel abriu caminho à vitória

Os juvenis do Arões venceram este domingo, no reduto do Serzedelo, por quatro bolas a uma. Um triunfo dedicado por toda a equipa Pedro ‘Nani’, jogador do plantel que foi operado na última sexta-feira a um joelho.

Na sequência de dois pontapés de canto, Emanuel deu vantagem ao Arões na primeira parte, com um bis aos 11 e aos 18 minutos. Na segunda parte, e após novo canto, Vítor ampliou para 0-3. 

Aos 69 minutos, o Serzedelo reduziu a desvantagem e pouco depois, aos 71’, Pedrinho fixou o resultado com o quarto golo aronense.

O Arões segue isolado, com doze pontos de vantagem sobre o Torcatense. O campeonato para no próximo fim-de-semana, antes de a formação de Ricardo Cunha receber o Ponte, em jogo da 24.ª jornada.


Juvenis - Div. Honra AF Braga: GD Joane, 1 - AD Fafe, 0

Texto e foto: João carlos Lopes 

Joane desequilibrou de bola parada 

Os juvenis da AD Fafe foram perder ao terreno do GD Joane, equipa que estava perfeitamente ao seu alcance e este é o terceiro jogo consecutivo sem vencer porquanto tinha empatado as dois golos com o Vizela e perdeu a meio da semana também em casa com o Gil Vicente em jogo de acerto de calendário. 

Uma fase menos boa dos pupilos de José Manuel Teixeira, contra equipas que estavam abaixo na tabela. A equipa fafense não desaprendeu e melhores dias hão-de vir. Já na próxima quinta feira jogará em casa com o FC Marinhas em mais uma partida de acerto de calendário relativa à 16.ª jornada, que ocorrerá pelas 18 horas no campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos de Fafe.

Em Joane, assistiu-se a um jogo dividido mas um lance de bola parada, neste caso um livre, já na segunda parte, fez toda a diferença. 

Apesar desta derrota o Fafe mantém o quinto lugar na classificação. 

AD FAFE: Marcos; Panike, Ricardo, Pinta, Coelho, Olavo, Henrique, Lopes, Moura e Sousa. Entraram, Chico, Gomes e Coutinho. Treinador, José Manuel Teixeira.

Natação: Diana Durães bateu o recorde nacional dos 400m livres em Espanha

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Retirou 27 segundos ao anterior recorde

A nadadora fafense Diana Durães que faz parte dos quadro de nadadores do FC Porto e que neste momento se encontra a competir no Open de Espanha em Málaga, pela Selecção Nacional, bateu o recorde nacional dos 200 metros livres no segundo dia desta prova que está a decorrer desde o último Sábado e termina na próxima terça-feira. 

A nadadora fafense obteve o tempo de 2:03:14 e retirou 27 segundos ao anterior recorde que pertencia a outra nadadora do FC Porto, Sara Loureiro que tinha o registo de 2:03:41 e que já durava desde 2009. 

Diana Durães vai competir esta segunda feira nos 100m livres mas as esperanças de estão todas depositadas na prova dos 400m livres a realizar na próxima terça-feira, neste mesmo Open. 

Quando regressar a Portugal Diana não vai ter descanso uma vez que na quarta-feira começam os Campeonato Absolutos de Portugal que vão decorrer até sábado nas Piscinas Olímpicas de Coimbra. As finas destes campeonatos podem ser seguidas diariamente na Bola TV, a partir das 16 horas.      

Div. Honra AF Braga: CRP Delães, 0 - GCD Regadas, 1

Texto e foto: João Carlos Lopes

Regadas mostrou melhor futebol mesmo reduzido a dez durante uma hora

- Terinho marcou o golo que deu os três pontos 

O GCD Regadas foi vencer ao sempre difícil terreno do CRP Delães, pela margem mínima mas com os três pontos a darem mais esperança à equipa orientada por Francisco Castro que tem seis jornadas para sair debaixo da linha de água. Está em 15.ª com 24 pontos mas o 11.º tem apenas mais dois pontos. Aliás há quatro equipas com 26 pontos, Gerês, Ponte, Arco Baúlhe e Caldelas, pelo que a luta pela sobrevivência vai ser até ao fim. 

Foi jogo complicado num campo também dificílimo, em que o Regadas arrecadou os três pontos de uma forma justa e clara, em termos de oportunidades de golo,mesmo jogando desde os 32 minutos com dez elementos por expulsão injusta do central Julien, devido ao primeiro cartão amarelo mostrado injustamente.

Com algumas novidades no onze inicial, a equipa de Francisco Castro que vinha de uma derrota injusta e muito penalizadora pela equipa de arbitragem contra o Caldelas, entrou bem no jogo, com a lição bem estudada e não deixou o adversário ser superior em termos de posse de bola, sendo, ao mesmo tempo, muito forte e concentrada naquilo que, por sinal, a equipa de Delães é fortíssima em sua casa que é nas bolas paradas. Aliás, neste jogo tanto o árbitro e o seu auxiliar do lado dos bancos de suplentes a marcarem faltas sucessivas que não existiram contra o Regadas. Exemplo disso foi o lance do primeiro cartão amarelo a Juliem quando o adversário se travou sozinho com a bola e o árbitro assinalou falta e mostrou um cartão que viria a ser decisivo na partida.

Com a expulsão e já depois de Gomes, isolado, fazer um chapéu ao guarda-redes e ver a bola bater na barra,o Regadas, numa organização muito forte e ajustada continuou a criar lances de golo. Logo a seguir, Silva depois de ganhar dois ressaltos isolou-se sobre o lado esquerdo e já dentro da área chutou ao lado. Volvidos três minutos o mesmo Silva depois de uma grande jogada colectiva que envolveu também Vasco, Samu e Flávio ficou na cara do guarda-redes, descaído para a direita mas foi egoísta pois, com três colegas na cara em excelentes condições para fazerem o golo preferiu rematar à malha lateral.

Na 2 parte a toada manteve-se, com o Delaes a jogar muito directo e o Regadas a sair em contra-ataque mas muitas vezes os seus jogadores foram carregados em falta mas o mesmo auxiliar e o árbitro já não marcavam tudo. 

Sem criar grande perigo a não ser em dois lances de bola parada com o jogador do Delães já dentro da área a chutar por cima e mais tarde Sobrança a tirar o pão da boca ao avançado do Delães, os famalicenses pouco fizeram. 

Francisco Castro refrescou a equipa fafense com a entrada de Terinho, Rui e Nelinho e esta foi-se acercando mais da baliza adversária e mesmo com dez elementos em campo, aos 85', numa boa jogada de Vasco, Nelinho e Rui, este mandou uma bomba à barra com a bola a sobrar para Terinho que dominou e de pé esquerdo e rematou para o fundo da baliza. Momentos antes, num contra-ataque rápido de cinco para dois, Silva na condução da bola não teve a melhor opção no passe e perdeu-se mais uma boa oportunidade.

Até ao final e com muitas bolas bombeadas pelo adversário para a área regadense os fafenses controlaram as operações e o resto do jogo, conseguindo uma importante vitória com grande resposta dos jogadores do Regadas.

Futsal - Benjamins AF Braga: CDRC Tebosa, 1 - Nun'Álvares, 15

Texto: BML 

Goleada com direito a estreias a marcar pelo GNA

A equipa de Benjamins do Nun'Álvares deslocou-se neste domingo a casa do Tebosa, tendo vencido por quinze bolas a uma.

Os fafenses entraram a fundo no jogo e aos cinco minutos já vencia por dois a zero, com golos de Zé Carlos e Rúben. Aos doze e dezasseis minutos Rui Pedro marcou mais dois para os Condestáveis. Ainda antes do intervalo Rúben marcou por mais duas vezes, completando um hat trick ainda na primeira parte. O intervalo chegou com uma vantagem de seis bolas a zero, favorável ao Nun'Álvares.

Aos vinte e quatro minutos Luís estreou-se a marcar pelo Nun'Álvares e três minutos depois Rúben voltou a maracar. No minuto seguinte foi Zé Carlos a bisar na partida. Aos trinta e dois minutos a equipa do Tebosa reduziu, tendo marcado um golo na sequência de um livre. 

Volvidos uns minutos os Condestáveis voltaram a marcar, por intermédio de João Espincho, mais uma estreia no livro dos marcadores. Aos trinta e seis minutos Rui Pedro marcou mais um e dois minutos depois foi a vez de Bia faturar. Nos últimos cinco minutos mais três golos para os fafenses. Primeiro por Rui Pedro, que completou um póker, depois foi a vez de Rafa fazer o gosto ao pé e no último minuto Rúben fez o quinto golo da conta pessoal. 

Foi um bom jogo do Nun'Álvares, onde todos os elemento jogaram bastante tempo e deu ainda para preparar a próxima jornada, onde terá um jogo bastante complicado contra a equipa do Contacto Futsal. O jogo realiza-se no sábado, dia 4 de Abril, pelas 15:00 no pavilhão do Grupo Nun'Álvares.

NUN'ÁLVARES: Francisco, Rúben (C), Zé Carlos, João Espincho e Rafa. Jogaram ainda: Rui Pedro, Tiago Pires, Luís, Teresa e Bia.
TREINADORES: Luís Barros e Nuno Barbosa

GOLOS: Rúben (5), Rui Pedro (4), Zé Carlos (2), Rafa, João Espincho, Luís e Bia.

Juniores – 1.ª Div. AF Braga: Arões SC, 3 – CD Celoricense, 0

Texto e foto (arquivo): Ricardo Castro 

Vitamina M no regresso às vitórias

- Morais, Miki e Marcos fizeram os golos

Os juniores do Arões voltaram às vitórias no campeonato. Depois de três jogos sem vencer, a equipa de Miguel Castro recebeu e venceu o Celoricense por 3-0.

Após o nulo dos primeiros 45 minutos, Morais abriu a contagem de grande penalidade e Miki dobrou a diferença da mesma maneira. O terceiro golo foi da autoria de Marcos.

A turma aronense segue em primeiro com 56 pontos e tem o Polvoreira a dezassete da liderança, ainda que os vimaranenses tenham dois jogos a menos.

Na próxima jornada, o Arões desloca-se a São João de Ponte.

Div. Honra AF Braga: GD Caldelas, 3 - OFC Antime, 2

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Tinha tudo para ganhar e perdeu 

O OFC Antime foi a Amares perder com o Caldelas por 3-2 e, dessa forma voltar a entregar o segundo lugar à ACD Pica, o qual lhe tira roubado, no dérbi, de forma directa na jornada anterior. O Antime esteve em superioridade numérica e não aproveitou essa vantagem. na primeira parte jogou bem e saiu a perder e na segunda a equipa eclipsou-se. A equipa já sabia que o Pica tinha ganhou ao Arco de Baúlhe no dia anterior e nem assim conseguiu pontuar. Nesta jornada os dois primeiros perderam, já que o Travassós não fez melhor em Caldelas, Pedralva onde perdeu por 1-0. 

A equipa de Carlos Salgado fez uma excelente primeira parte mas mesmo assim foi para o descanso a perder por 2-1. O Antime entrou bem na partida e podia ter marcado aos 2' quando Vasco cruzou e Malhado chegou atrasado. 

A equipa fafense chegou aos golo aos 13', com Vasco a fazer uma boa triangulação e depois a meter nas costas da defesa onde apareceu Ismael a fazer um golo espectacular aplicando um chapéu ao guarda-redes. 

A equipa do Caldelas chegou ao golo do empate aos 19', num cabeceamento após cruzamento para a área. Volvidos dois minutos a equipa da casa ficou reduzida a dez elementos. Mas antes o Antime voltou a desperdiçar mais uma oportunidade com Malhado a não aproveitar o trabalho de Gustavo. 

O Antime voltou a estar perto do golo aos 38' quando Ismael bateu um livre de forma primorosa e o guarda-redes da casa foi buscar a bola ao ângulo. 

Foi já na compensação da primeira parte que o Caldelas chegou ao golo da vantagem em mais um cabeceamento. 

Na segunda parte o Antime não teve a mesma atitude e baixou de rendimento, mostrando-se mais nervoso e menos esclarecido. 

A equipa da casa aproveitou para chegar ao 3-1 numa jogada de contra-ataque em que a defesa do Antime foi lenta a reagir. 

O Antime ainda conseguiu reduzir para 3-2 aos 70', com Vasco a aproveitar um cruzamento de Vítor Beijinhos para reduzir, numa boa cabeçada. 

A equipa do Caldelas ainda ficou reduzida a nove elementos mas o Antime não teve discernimento suficiente para aproveitar a superioridade de duas unidades, apesar do campo ser pequeno e favorecer quem defendia e neste caso estava em vantagem. 

Apesar de ter criado situações para pelo menos empatar, com Jonas a mostra-se perdulário e Vasco a ver outra cabeçada a ser defendida pelo aguarda-redes, o Antime acabou por perder.     

OFC ANTIME: Rui; Vítor Beijinhos, Neves, Oliveira, Vitinha, Malhado, Lobo, Gustavo, Miguel, Ismael e Vasco. Treinador, Carlos Salgado.
.

Div. Pró-Nacional AF Braga: Arões SC, 2 - Merelinense FC, 4

Div. Honra AF Braga: GD Pedralva, 1 - GD Travassós, 0


Texto e foto: João Carlos Lopes 

Travassós vai pedir audiência à AF Braga devido a ter mais expulsões em 2 jogos que nas 22 jornadas anteriores

O líder GD Travassos perdeu na deslocação a Braga com o GD Pedralva por uma bola a zero onde, o protagonista do jogo terá sido o árbitro da partida. "Tudo fez para prejudicar a equipa fafense". Depois deste jogo o Travassós ficou com cinco pontos de vantagem sobre o Pica que recuperou o segundo lugar mantém os  seis sobre o Antime que, também perdeu caiu para terceiro.  

As queixas do Travassós começaram aos 5' numa falta claríssima sobre Rui Ossos em que o árbitro incompreensivelmente deu cartão amarelo ao jogador do Travassós. 

Na única desatenção da defensiva do Travassos, surgiu o golo do Pedralva. Depois disso, tudo serviu para enervar os jogadores da equipa fafense. Faltas não assinaladas e cartões amarelos que não foram mostrados à equipa da casa. 

Para complicar ainda as contas e a vida ao Travassós o árbitro da partida mostrou dois cartões vermelhos a Nuno Gonça e a ao médio centro Tozé.

Mesmo com dois jogadores a menos, o Travassós continuava a atacar e o Pedralva a fazer anti-jogo. 

Para a história desta partida fica a "vergonha da actuação da equipa de arbitragem" e na próxima segunda-feira os directores do Travassós vão pedir uma audiência com os responsáveis da Associação de Futebol de Braga, pois "querem perceber o que se tem passado, ja que nos últimos dois jogos o líder do campeonato teve mais expulsões do que no resto do campeonato todo.

Uma coisa é certa, na próxima partida, quando receber os Amigos de Urgeses, não vai poder contar com Fernando Peixoto, Nuno Gonça e Tozé
.

CN Seniores: AD Fafe, 2 - Varzim SC, 1

Texto: João carlos Lopes e Tiago João Lopes / Fotos: Ricardo Castro

E o público gritou Fafe! Fafe! Fafe!

- Ouviram-se os bombos e o povo rejubilou

Jogo grande entre segundo e terceiro classificado e de extrema importância para a AD Fafe que tinha que ganhar para não ficar longe dos dois primeiros lugares, de onde já distava seis pontos. E ganhou!Muita 

O Fafe recebeu e bateu o Varzim por 2-1, e encurtou para três pontos a distância entre os dois, segundo e terceiro, respectivamente numa partida em que os fafenses mostraram atitude e raça. 

Frente a um conjunto de excelentes jogadores os fafenses não se mostraram inferiores, ganhando no resultado, na vontade e no querer. 

Silvestre marcou logo no minuto inicial de cabeça depois de bom trabalho de Willliams na direita. Depois teve a estrelinha do seu lado com duas bolas a baterem nos postes de Marçal. 

Na segunda parte o Varzim pouco fez mas ainda enviou um abola ao poste. Aos 59’, uma grande penalidade marcada por Vasco Costa deu mais ânimo ao Fafe e o Varzim ainda teve uma boa ocasião para marcar mas aí Marçal disse presente com uma grande defesa e manteve a vantagem de dois golos. 

O Varzim ainda reduziu aos 88’ pelo fafense Sandro que marcou na sua terra. Até ao final foi deveras emocionante. 

De referir que o Varzim trouxe a Fafe antigos jogadores da AD Fafe. Entre eles, o guarda-redes Ricardo, o central Sandro e o médio Nelsinho. Mais tarde entrou na partida Bijou, que também já vestiu as cores da canarinha. De resto, muita gente a assistir com os adeptos do Varzim a darem muita vida à bancada do lado do peão e os fafenses a preencheram as duas alas da bancada coberta, ficando o sítio dos cativos mais folgado.   

Com esta vitória adivinha-se casa cheia no próximo jogo em casa contra o Famalicão


1' [1-0 GOOOOOLO SILVESTRE] Williams foi à linha e cruzou ao segundo poste onde Silvestre foi mais forte que o defesa e cabeceou para o golo. Fafe entrou praticamente a ganhar.

4' - Ferrinho na linha tentou o corte atrasado, houve corte de um poveiro. Fafe com as linhas subidas sem deixar o Varzim subir.

6' - João Carneiro entrou na área tentou contornar Ricardo caiu, reclamou-se grande penalidade, o árbitro apontou canto.

7' - Primeiro amarelo do jogo para João Carneiro.

8' - Canto para o Varzim. Novo canto para os poveiros Pedro Sá ao primeiro poste obrigou Marçal a sacudir com dificuldade.

10' - Livre a cerca de sete metros da área do Fafe, descaído para a esquerda. Organista enviou uma raquetada em arco ao poste esquerddo á guarda de Marçal.

14' - Jogo muito animado pelas duas equipas.

17' - Remate espectacular de Silvestre de fora da área, de pé esquerdo, a bola ia ao ângulo mas Ricardo fez uma grande defesa para canto. João Nogueira bateu e Ricardo sacudiu.

19' - Canto para o Varzim. Batido ao primeiro poste, Marçal atento cedeu novo canto. Rui Coentrão bateu, Sandro desviou ao primeiro poste e Tanela, ao segundo atirou por cima de cabeça.

23' - Williams teve que receber assistência, ressentiu-se de um toque que tinha levado numa jogada anterior.

24' - Varzim reclamou grande penalidade. Rui Coentrão cobrou livre na direita, Vasco Costa cabeceou e a bola foi ao braço de Vasco Cruz.

25' - Cartão Amarelo para Nelsinho.

29' Desde os 17' que o varzim joga muito mais tempo no meio campo do Fafe.
30' - Canto de Sérgio Organista, Sandro na área cabeceou por cima.

33' - Canto batido por Rui Coentrão Marçal afastou o perigo. Seguiu-se um remate de Amilton, Marçal encaixou.

35' - Fafe conseguiu descer perto da área do Varzim mas a tentativa de cruzamento de Williams foi anulada.

37' - Livre perpendicular à quina da área, do lado direito. Silvestre

38' - Depois de Raul ter ganhou dois ressaltos surgiu o cruzamento e desvio de Tanela mas, Marçal atento, defendeu o desvio.

39' - Marçal antecipou-se a Rui Coentrão num lance de arrojo.


39' - Amiltou fez tudo bem feito sobre João Carneiro na área mas depois desligou-se do lance e Marçal acorreu para agarrar a bola.

41' - Fafe a tentar segurar a bola perto da área do Varzim, na tentativa de segurar a vantagem até ao intervalo.

44' - Remate de Sérgio Organista à entra da área, saiu muito por cima.



[2.ª PARTE]

 
46' - Saiu Raul e entrou Hernâni no Varzim.

50' - Varzim a tentar chegar à área do Fafe mas para já sem muita convicção.

51' - Livre de Organista para desvio de Tanela ao primeiro poste com a bola bater mais uma vez no poste direito da baliza de Marçal.

52' - Cartão amarelo para Amilton.

54' - Cartão amarelo para Ferrinho.

55' - Ferrinho reclamou com o árbitro sobre uma falta que sofreu e levou uma advertência.

56' - Canto para o Varzim. Organista bateu directo para as mãos de Marçal.

57' - João Nogueira meteu em Ferrinho rematou para defesa apartada de Ricardo e depois Vasco Costa debaixo na linha da baliza atirou à barra.

58' - Canto batido por João Nogueira, vários remates do Fafe na área, no último Organista meteu a mão na bola. Grande penalidade e cartão amarelo para Organista.

59' - 1' [2-0 GOOOOOLO - VASCO COSTA] Vasco Costa bateu o penalti, bola para um lado guarda-redes Ricardo para outro.

67' - Saiu Pedro Sá e entrou Stanley no Varzim.

68' - Saiu Williams, sob forte aplauso, e entrou Nuninho na AD Fafe.

70' - Fafe sem deixar o Varzim chegar com perigo à área e a tentar jogar o mais próximo da área Poveira.

73' - Livre de Organista quase dava autogolo do Fafe, deu canto que nada resultou.

75' - Novo canto para o Varzim, Marçal tirou da zona de perigo.

77' - Marçal negou o golo a Hernâni com uma grande defesa quando o avançado só tinha o guarda-redes pela frente e depois Amilton ainda fez a recarga e Ricardo Fernandes tirou sobre a linha de golo.

80' - Saiu Sérgio Organista e entrou Bijou no Varzim.

82' - Remate de Amilton, saiu ao lado.

83' - Saiu Vasco Costa e entrou Zé Brochado no Fafe.

84' - Atraso de um varzinista para Ricardo deu livre indirecto para o Fafe. Toque para Vasco Cruz, remate saiu forte, ao lado.

88' - 1' [2-0 GOOOOOLO SANDRO] - Bola metida na área, Hernani rematou, Marçal defendeu, sobrou para a cabeça de Sandro que empurrou para o golo.

90' - Saiu João Nogueira e entrou Digas.

CINCO MINUTOS DE COMPENSAÇÃO 

90+1 - Cartão Amarelo para Rui Coentrão.
90+2 - Pressão do Varzim. Marçal sacudiu o perigo.

90+3 - Tudo exaltado. Banco do Varzim e publico fafense.

90+4 - Falha de Carneiro, Ricardo Fernandes cedeu canto. Cabeceamento ao lado. O público grita Fafe.


Jogo realizado no Parque Municipal de Desportos, em Fafe

Árbitro, André Gralha (AF Santarém), auxiliado por Carlos Covão e Pedro Sousa. 

AD FAFE: Marçal; Vasco Cruz, Xavi, Ricardo Fernandes, João Carneiro, André, Silvestre, João Nogueira (Digas, 89'), Ferrinho, Vasco Costa (Zé Brochado, 83') e Williams (Nuninho, 68'). Treinador, Agostinho Bento. 

VARZIM SC: Ricardo; Tiago Lopes, Sandro, Nelsinho, Tanela, Nelson Agra, Raul (Hernâni, 46'), Pedro Sá (Stanley, 67'), Amilton, Sérgio Organista (Bijou, 80') e Rui Coentrão. Treinador, Vítor Paneira.

DISCPLINA: Cartões amarelos: João Carneiro, 7'; Nelsinho, 20'; Amilton, 52'; Ferrinho, 54', Sérgio Organista, 58' e Rui Coentrão, 90+1.

GOLOS: Silvestre, 1'; Vasco Costa, 59' (g.p.) e Sandro, 88'.

sábado, 28 de março de 2015

Andebol - 2.ª Div. Nac.: AC Fafe, 33 - Académica de S. Mamede, 28

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

AC Fafe já está no "play off" de subida  

O Andebol Clube de Fafe garantiu matematicamente a presença na fase de subida do campeonato nacional da 2.ª Divisão ao vencer a Académica de S. Mamede por 33-28, numa partida em que mais uma vez o treinador José António Silva, fez rodar a sua equipa, o que pode não suceder com tanta frequência na nova etapa que se revela muito mais exigente. Mas para já ainda faltam disputar mais duas partidas nesta fase, deslocação ao Boavista e recepção ao S. Bernardo.

Nesta partida entre o AC Fafe e a Académica de S. Mamede foram marcados 14 livre de sete mentos, oito para os fafenses e seis para a formação matosinhense, com uma eficácia elevada, porquanto apenas foram falhados dois, um por cada equipa. A partida teve ainda oitos exclusões de dois minutos com os fafenses a ficarem mais tempo a jogar em inferioridade, cinco vezes, sem contar a desclassificação por vermelho directo de Eduardo Sampaio.

O jogo manteve-se equilibrado durante os primeiros vinte minutos em que o ACF esteve sempre na frente do marcador mas sem conseguir descolar da equipa de Matosinhos. Disso mesmo dão contas os parciais de 7-5 aos 12 minutos, 10-17 aos 16 e 12-9 aos 20 minutos. A partir daí os fafenses ganharam algum ascendente e passaram pelos 13-9; 13-10, 14-10, 15-10 e 16-10, o S. Mamede ainda marcou o 16-11 mas César Gonçalves ainda obteve o 17-11 para os fafenses. 

O AC Fafe começou mal a segunda parte mas foi mantendo uma margem confortável, 18-13; 19-14, 21-15. Até que surgiram quatro livres de sete metros seguidos com o S. Mamede a marcar três o ACF a falhar um, 21-18. Pouco depois, quando estavam decorridos dez minutos desta etapa, Eduardo Sampaio reagiu mal a uma abordagem mais agressiva de um adversário e foi expulso. Com mais golo ou menos golo os fafenses foram mantendo vantagem 23-20; 24-21 e 26-22, aos 20 minutos. Pouco antes dos 25 minutos chegou à vantagem de cinco golos, 29-24, os matosinhenses aproximaram-se 29-25, aos 25 minutos mas até final os fafenses mantiveram a vantagem que oscilava entre os quatro e os cinco golos, terminando com 33-28. 

No AC Fafe César Gonçalves mostrou que é o melhor marcador da equipa ao apontar oito golos mas, o capitão Armando Pinto revela um grande momento de forma e facturou sete golos, sendo verdade que tanto um como outro marcaram livres de sete metros. Nuno Pimenta com seis golos, todos em jogadas corridas e Cláudio Mota com cinco também se revelaram certeiros no remate. Já na equipa de S. Mamede Gustavo Almeida apontou 13 golos, mais oito que o segundo melhor marcador da equipa neste jogo André Quelhas. 

AC FAFE: Miguel Marinho e João Santos; Armando Pinto (7), Sérgio Ribeiro, Cláudio Mota (5), Tiago Silva (1), César Gonçalves (8), Nuno Pimenta (6) Nuno Pinheiro, José Sampaio (1), João Castilho (3), Vladimiro Pires, Mário Pereira (2), Luís Pereira, Vítor Ribeiro e João Fernandes. Treinador, José António Silva.
.

Futsal – AF Braga Fase Subida: Nun’Álvares, 1 - Ass. Futsal Fafe/Sol Poente, 4

Texto e fotos: Ricardo Castro 

Três minutos de Sol intenso decidiram dérbi

- Gijo confirmou vitória ao bisar

A Associação de Futsal de Fafe/Sol Poente venceu o primeiro jogo da fase de subida ao impor uma derrota por quatro bolas a uma em casa do Nun’Álvares, equipa com quem tinha perdido os dois jogos da fase regular. Na maior assistência da época no pavilhão dos condestáveis – praticamente cheio – o resultado ficou decidido na segunda parte. O Sol Poente marcou dois golos de rajada ao minuto 29 e logo a seguir, Mateus relançou o jogo, antes de Gijo confirmar a vitória com um bis.

Nos primeiros minutos o Nun’Álvares teve mais bola. O Sol Poente foi respondendo ao ímpeto inicial dos da casa e tentou várias vezes jogadas ao primeiro toque, mas encontrou uma defensiva coesa pela frente.

As oportunidades foram surgindo e aos oito minutos, Teixeira socou um remate de Shake. Na resposta, Luís evitou o golo a Carneiro, com uma saída a ‘fechar’ a baliza. O aval atacante de parte a parte foi abrindo brechas nas defesas e Mica esteve perto de inaugurar. O desvio de cabeça após bica de David foi insuficiente e a bola saiu ao lado. 

Os minutos finais da primeira parte trouxeram mais emoção. Aos 18’, Vito aproveitou um desentendimento entre Tiago Nogueira e Hugo Lemos, seguiu para a baliza e assistiu Miguel para um golo certo, não fosse Diogo Rafael cortar a bola na pequena área. Pouco depois, Vito apareceu na cara de Luís e este, com ajuda de Hugo Lemos, negou o primeiro ao ex-Nun’Álvares.

Nos últimos vinte segundos, Luís e Teixeira em evidência. O primeiro voltou a ganhar o duelo a Vito e com sete segundos para o fim, Mateus arrancou e rematou para defesa do segundo. Já se gritava golo no pavilhão, quando o mesmo guardião voou para negar a recarga a Diogo Rafael.

Na segunda parte, Diogo Rafael e Carneiro tentaram o golo em ambas as balizas, mas os guardiões mantiveram tudo a zeros. Aos 25 minutos, Mateus teve a melhor ocasião após o reatamento. Como que por instinto - e com eficácia - o guardião visitante defendeu o remate do capitão condestável com a ponta dos dedos.

Com a coesão das duas equipas, nada fazia prever dois golos para o mesmo lado em tão pouco tempo. O minuto 29 foi de ouro para o Sol Poente. Mica fez o 0-1, desviando com êxito à saída de Luís. O nº 5 aproveitou da melhor maneira o lançamento de Teixeira e David não ficou atrás do colega. Assistido por Carlos Alberto, rematou de pronto para o fundo da baliza e dobrou a vantagem no lance seguinte.

À súbita mudança no jogo, o Nun’Álvares respondeu da melhor forma. Mateus ganhou espaço no meio e reduziu para 1-2, com um forte remate de pé esquerdo. O golo renovou as hostes locais, mas uma bola parada alargou a vantagem do Sol Poente. Canto de Vito e remate de Gijo para o 1-3. Decorria o minuto 32.

O terceiro golo desorientou os objetivos do Nun’Álvares e a equipa de Tista esteve perto do quarto. Vito desviou para a baliza, mas Tiago Nogueira manteve o jogo em aberto com um corte eficaz em carrinho. 

Nos cinco minutos finais, Hugo Oliveira colocou Tiago Nogueira como guarda-redes avançado e foi o mesmo jogador a ter a melhor ocasião até final. Solto na área, o nº12 rematou desenquadrado com a baliza de Teixeira. No último lance do jogo, Gijo ganhou a bola a Tiago no meio campo ofensivo e atirou a contar para o 1-4. 

O Sol Poente levou a lição bem estudada para o reduto adversário e contrariou as derrotas da fase regular. Na próxima jornada, a equipa de Tista recebe o Covense, que venceu o São Mateus (1-3). O Nun’Álvares volta a jogar em casa, com o outro derrotado da primeira jornada.


Jogo realizado no Pavilhão do Grupo Nun’Álvares, em Fafe.

Árbitros: Luís Magalhães e Filipe Silva. Cronometrista: José Ferreira.

NUN’ÁLVARES: Luís, Ribeiro, Diogo Rafael, Mateus (cap.), Tiago Nogueira. Suplentes: Shake, Hugo Lemos, Zé Nando, Paulo Simões, Paulo Novais, Vitinha (gr), Diogo (gr). Treinador: Hugo Oliveira.

AFFSP: Teixeira, Gijo, Vito, Carlos, Mica. Suplentes: Nuno (gr), Carneiro, Roberto (cap.), Ruca, David, Nuno Sousa, Miguel. Treinador: Vítor Pereira "Tista".

Disciplina – cartões amarelos: Vito, 14’, Diogo Rafael, 18’, Tiago Nogueira, 18’, Mateus, 25’, Mica, 25’, David, 32’.

Golos: Mica, 29’, David, 29’, Mateus, 30’, Gijo, 32’ e 40’.