.

.
.

sábado, 31 de outubro de 2015

Juniores - 2.ª Div. Nac.: AD Fafe, 4 - SC Freamunde, 0 ("Munarquia")

Texto: João Carlos Lopes 

Muna fintou quatro e fez golo

A AD Fafe voltou a vencer, agora ao SC Freamunde em jogo realizado ao princípio da noite no Campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos em Fafe, goleando o actual 3.º classificado por 4-0, numa vitória que permite aos fafenses ter agora os mesmos 14 pontos do seu opositor deste jogo. A equipa orientada por Ivo Castro voltou a mostrar muita entrega, com uma grande concentração e eficácia nos vários momentos do jogo. 

Assistiu-se a um início de jogo intenso com ambas as equipas a procurar marcar cedo. Ainda dentro do primeiro quarto de hora, Lousada combinou com Ricardo que passou a Rui e este foi atingido dentro da área pelo defensor. Grande penalidade que Lousada se encarregou de converter no 1-0.

Volvidos quatro minutos, aos 18', bola longa do Freamunde, com o guarda-redes Gonçalo a sair dos postes mas a chocar com o avançado e na segunda bola o médio a remata por cima da baliza fafense.

Ao minuto 20, o Freamunde tentou sair a jogar, Muna interceptou um passe e depois fintou 1, 2, 3 e 4 adversários para desferir um remate cruzado fora do alcance do guarda-redes para o 2-0. Mas que grande jogada individual de Muna esta.

O Freamunde tentou circular a bola, tirou um cruzamento, Costa cortou o lance, mas ainda surgiu o remate que Gonçalo segurou, fazendo um passe longo para Lousada, o central falhou o corte na cara do guarda-redes e o avançado fafense fez um "chapéu" ao aguarda-redes para o 3-0, aos 37'.

No intervalo Norberto ficou no balneário e entrou Chico. Já o Freamunde fez duas alterações.

O Fafe estava tremendamente eficaz e aos 55', Lousada passou João, que endossou para Rui e este driblou um adversário para assistir Muna para o 4-0.

Tentou reagir ao Freamunde, aos 59', ao fazer uma triangulação no meio, com um passe a isolar o avançado mas Gonçalo, atento saiu e fez um mancha muito arrojada com defesa para canto

Até ao final não houve jogadas de grande registo e Ivo Castro ainda fez mais duas substituições. Aos 71' saiu Rui e entrou Sousa e aos 76', Lousada deu a vez a Olavo.

Div. Honra AF Braga: GD Caldelas, 1 - ACD Pica, 2 (Merecido)


Texto e foto: João Carlos Lopes 

Ossos de Rui sustentaram Pedro e Rafa

A ACD Pica deslocou a amares para defrontar e vencer o GD Caldelas por 2-1 o que lhe permite continuar em contacto com os lugares da frente aos quais, naturalmente, aspira. 

Ao contrário do que tem sido habitual desta vez a Pica não entrou bem no jogo e teve cerca de oito minutos para se reencontrar com o bom futebol, o que passou a fazer a partir dessa altura aproveitando as grandes dimensões do campo que era grande e largo. 

A equipa orientada por Paulo Soares aproveitou uma situação de ataque da equipa da casa e num roubo de bola de Rui Ossos esteve a origem do golo que Pedro Mendes, isolado, veio a concretizar depois de um grande passe do companheiro.

Até pouco depois da meia hora de jogo a Pica controlou e dominou a partida e só no último terço da primeira parte o Caldelas criou algumas situações em que podia ter chegado à igualdade, uma delas num lance de bola parada. O primeiro tempo terminou novamente com A Pica a controlar o jogo.

Na segunda parte a partida foi mais dividida e os caldelenses chegaram aos empate aos 60', na sequência de uma bola parada desviada para o segundo poste onde um homem da casa marcou o golo. 

A equipa da Pica reagiu de imediato ao golo sofrido e como só a vitória lhe interessava conseguiu concretizar aos 70'. Novamente Rui Ossos na jogada a meter a bola em Rafa que tinha entrado no decorrer da segunda parte e o jovem jogador a aparecer na cara do guarda-redes e num lance de bela execução a fazer o 2-1 para os fafenses. 

O Caldelas tentou chegar ao empate mas a vitória do Pica nunca esteve em causa e principalmente na primeira parte podia ter marcado mais golos e evitar este vantagem mínima que permitiu aos amarenses acreditar até ao final, criando duas ou três situações depois de estarem novamente em desvantagem. 

Futsal Sénior AF Braga: A.F.Fafe/Sol Poente, 7 - Espinho Ativo, 1

Texto e fotos: Ricardo Castro

Regresso às vitórias com goleada

Foi com chapa sete que a Associação Futsal de Fafe/Sol Poente regressou aos triunfos. Após dois empates consecutivos no campeonato, a equipa de José Magalhães recebeu e goleou o Espinho Ativo, por 7-1.

Numa primeira parte equilibrada e com ocasiões de golo para ambas as equipas, o conjunto fafense foi mais eficaz e aproveitou os lances de bola parada para ganha vantagem. Após um canto, Gijo fez o 1-0, com um minuto e 20 segundos de jogo. Aos 15’, Bruno Sousa, em lance idêntico, dobrou a vantagem dos fafenses. No minuto seguinte, Mica concluiu uma jogada coletiva e levou a AFFSP a vencer por 3-0 para o intervalo.

Na segunda parte, os da casa salvaram algumas ocasiões de golo do Espinho Ativo e chegaram ao quarto golo aos 24 minutos, com David a concluir da melhor maneira um contra-ataque.

O Espinho Ativo tentou chegar ao golo em cinco para quatro, mas seria a AFFSP a aumentar para 5-0, com Meireles a ganhar a bola no meio campo defensivo e a rematar com êxito para a baliza deserta. A dez minutos do fim, Gijo aguentou a carga de um adversário e rematou cruzado para o 6-0.
 
O Espinho Ativo só conseguiu responder com eficácia aos 36’, ao reduzir para 6-1 na marcação de um livre de 10 metros, a castigar a sexta falta dos fafenses. Logo a seguir, David fechou as contas do jogo com um golo de, literalmente, se lhe tirar o chapéu. A passe de Bruno Sousa, o jogador da AFFSP picou a bola por cima do guardião e fechou as contas do resultado em 7-1.

O jogo ficou marcado pela lesão de Vito, que saiu queixoso na primeira parte, não se conhecendo ainda a gravidade do problema.

1.ª Div. AF Braga: GCD Regadas, 5 - S. Nicolau Basto, 1 (hat-trick de Flávio)

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Goleada em ritmo de treino

O GCD Regadas recebeu e bateu o S. Nicolau basto por cinco bolas a uma numa partida que os fafenses venceram com relativa facilidade e ficaram em dívida com o marcador pois podia ter marcado mais perante uma equipa demasiado macia e que compete quase por prazer e nada mais. 

O Regadas entrou bem no jogo e chegou ao primeiro golo aos 12', com Tiago que jogou a defesa esquerdo a tirar um excelente cruzamento para Flávio inaugurar o marcador, de cabeça.

A equipa de José Manuel Teixeira continuou a mandar no jogo e a fazer boas jogadas, bem pensadas e feitas e executadas com critério, tendo chegado ao segundo golo aos 28'. Lipinho fez um grande cruzamento do lado direito para Flávio cabecear novamente o segundo pessoal e da equipa no jogo.

Até ao intervalo ainda ficou um penalti por marcar depois de uma grande jogada de Tiago, que cruzou para Gomes com o avançado a ser derrubado na área mas o árbitro a inverter a situação. 

Ainda antes do apito para o descanso Tiago enviou uma bola à barra, na sequência de um canto batido por David. 
    
Na segunda parte, O Regadas voltou a estar por cima e depois de um ressalto após um lançamento lateral a bola sobrou para Buga que rematou com frieza, colocando o marcador em 3-0, aos 55'.

A equipa de Basto reduziu numa bola metida das costas da defensiva do Regadas em que o seu avançado bateu Júlio, num lance que a defesa regadense podia ter feito melhor um pouco. 

O quinto golo do Regadas apareceu aos 79'. David cobrou um livre do lado direito e Flávio, agora com os pé, fez o hat-trick.

O último golo do desafio também nasceu de uma bola parada em que Jorge carneiro cabeceou de costas para a baliza e fez um chapéu ao guarda-redes do S. Nicolau. 

Até final a equipa fafense ainda podia ter marcado por Lipinho e Flávio mas o resultado já estava feito.

O Regadas venceu com facilidade num jogo que acabou por fazer em ritmo de treino, muito por culpa da falta de ambição do adversário.

GCD REGADAS: Júlio, Lipinho, Marco André, Sobrança, Tiago, Buga (Nuno Freitas), Jorge Carneiro, David (David), Terinho (Alex),  Gomes e Flávio. Treinador, José Manuel Teixeira.  

Pró Nacional AF Braga: GD Travassós, 2 - CCD Santa Eulália, 1

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: Gil Soares

Grande jogo no regresso ás vitórias 

O GD Travassós regressou às vitórias ao vencer o CCD Santa Eulália num grande jogo de futebol que se assistiu no campo dos Carvalhinhos. 

Com este resultado, o Travassós deu uma grande resposta ao fraco jogo que fez na semana anterior. 

A equipa orientada por António Pereira, entrou na partida a  todo gás e criou duas oportunidades para inaugurar o marcador. Ao minuto 20 fez mesmo o primeiro golo após um livre de Tozé ll, num a jogada em que a bola sobrou para Edu e este bateu pela primeira vez o guarda-redes da equipa visitante. 

Dez minutos depois, chegou o segundo golo da equipa fafense. Mais um livre de Tozé ll e desta vez foi Francisco a fazer o golo. 

Até ao intervalo apenas mais uma oportunidade para o Travassós, quando Tozé ll, sempre em evidência,  rematou a centímetros do poste. 

Na segunda parte mais do mesmo, com o Travassós a estar mais perto do terceiro golo do que o Santa Eulália de reduzir. Porém, ao 77' , o Santa Eulália reduziu e apesar de tentar chegar à igualdade a equipa da casa não deu qualquer hipótese para a alteração no marcador. 

Uma vitória justa do Travassós, num jogo em que Tozé ll e o jovem Tiago Pereira, de apenas 19 anos, estiveram em grande plano e se evidenciaram não esquecendo os marcadores dos golos, Edu e Francisco. 

1.ª Div. AF Braga: Santiago Mascotelos, 0 - GCDR Fareja, 0 (Monteiro outra vez)

Texto: João Carlos Lopes 

"Saírem de casa para desabafar com palavreados que não pertencem ao futebol é mesmo feio"

O GD Fareja foi a Santiago de Mascotelos empatar sem golos diante uma equipa com jogadores experientes, que jogava em casa e ainda sem derrotas no campeonato.

Viu-se uma primeira parte sem grande futebol, com a equipa de Fareja sempre muito coesa a nível defensivo. Aos 20' o Santiago beneficiou de uma grande penalidade mas Monteiro voltou a estar em grande, com uma grande defesa, evitou o golo.

A equipa de Rafael Leite despertou e começou a criar alguma situações de perigo, mas pecava no último passe. Até ao final da primeira parte o jogo manteve-se equilibrado.

Na segunda parte, o Fareja entrou mais forte subindo o bloco, dificultando as saídas do Santiago que utilizava quase sempre jogo directo para os corredores, mas sem dar muito trabalho ao guarda-redes fafense. 

O jogo mudou a partir dos 65', com a expulsão de um jogador do Santiago com o segundo cartão amarelo, o qual já veio tarde pois onde na primeira tinha feito uma falta sobre André que passou impune disciplinarmente. A expulsão levou os companheiros a ficar exaltados e sempre a contestar as decisões de arbitragem, tendo o jogo ficado mais duro.

Aos 80' com um passe longo nas costas da defesa do Santiago, Moisés ficaria isolado mas foi-lhe assinalado, mal, um fora de jogo. 

O Fareja ainda tentou chegar ao golo mas Santiago reduzido a dez unidades fechava quase sempre as linhas de passe. Aos 92' Moisés ganhou a bola, virando-se rápido em direção da baliza e mesmo à entrada da área quando se se preparava para finalizar sofreu falta que originou a expulsão do central Santiago com cartolina encarnada directa. Livre perigosso que acabou por embater na barreira, pouco depois terminou o jogo .

DECLARAÇÕES (Rafael Leite treinador do GD Fareja)

"Um campo difícil com equipa difícil, o resultado acaba por se ajustar, pelo trabalho das duas equipas. Tivemos mais Santiago na primeira parte e mais Fareja na segunda .
Única ações que me deixam mais chateado e estarmos constantemente a ser "xingados", até a nossa fisioterapeuta hoje levou com palavras menos boas. As pessoas e mesmo atletas devem medir as suas palavras, porque todos têm famílias e futebol não é mesmo isto. Saírem de casa para desabafar com palavreados que não pertencem ao futebol é mesmo feio. 

Quero também deixar claro até ao dia de hoje Fareja nunca assumiu uma subida de divisão, mas é bom vermos outras equipas a dizem isso por nós . Desejo ao Santiago um bom campeonato e sei que em casa será difícil derrota los".

GD FAREJA: Monteiro, Jorge, Marino, Barbosa, Cardoso, Ferrinho, Óscar, André, Nuno (Aimar ), Bento (Pirolas), Stuca (Moisés). Treinador, Rafael Leite. 

Pró Nacional AF Braga: OFC Antime, 1 - CC Taipas, 2 (Não está fácil)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes

Pedro Ismael marcou mas não chegou

O Operário Antime sofreu derrota caseira por 2-1 contra os Caçadores das Taipas, numa partida em que mais uma vez pecou no capítulo da eficácia, mantendo-se abaixo da linha de água, num campeonato que não está nada fácil para esta equipa fafense. Faltou mais alguma coisa a este Antime e dentro disso mais um pouco de classe e competência. 

O Antime entrou mais defensivo que o Taipas, dando a iniciativa ao adversário mas teve um denominador comum neste jogo, fez muitos cruzamentos atrasados mas nenhum deles teve o desfecho esperado, ou por falta de correspondência dos companheiros de equipa em relação a quem cruzava ou mesmo por má opção na hora de decidir do jogador que operava os cruzamentos. 

O Antime teve duas situações em que podia ter criado perigo. Uma aos 5', em que Raul Babo foi à linha cruzar atrasado para ninguém aparecer para a emenda e outra aos 9', em que Tiago cabeceou à figura na sequência de um livre de Pedro Ismael. 

O Taipas chegou à vantagem aos 10', na sequência de um pontapé de canto marcado à maneira curta em que a bola foi metida ao segundo poste para um taipense marcar. 

O Antime foi obrigado a jogar mais adiantado e dispôs de uma série de lances em que as tais más opções ou falta de correspondência foram uma constante. 

No minuto 25', Pedro Ismael serviu Castanha sobre a direita que se isolou mas sem oposição acabou a rematar por cima da trave. O mesmo castanha ainda dispôs de outro lance até ao final da primeira parte. 

O Antime apareceu mais forte na segunda parte e logo a começar Castanha foi à linha e cruzou mas nenhum colega acompanhou a jogada como era previsto.
O Taipas mostrava boa circulação de bola e aos 54', podia ter chegado ao 2-0 com o seu jogador a falhar sem ninguém a cobrir a baliza. 

Também o Antime esteve perto do empate aos 55', após um canto em que depois de uma confusão na área Castanha rematou ao poste e depois Hélder Carvalho rematou mas viu a bola bater na cabeça de Neves e sair pela linha de fundo junto ao poste.

Respondeu o Taipas aos 63', em contra-ataque numa situação que Rui teve que se aplicar para negar o golo aos forasteiros. 

Tudo ficou mais complicado para os Operários quando aos 59', Neves fez um falta à margem da lei no meio campo e viu o cartão vermelho directo. 

O Taipas chegou ao 2-0 aos 77', em jogada de contra ataque em que apareceu um taipense isolado na cara de Rui. 

O Antime reduziu para 2-1 aos 81', com Pedro Ismael a marcar no regresso na cobrança de um livre directo que marcou de forma exímia, rasteiro e fora do alcance do guarda-redes. Até ao final o Antime ainda tentou o empate mas não conseguiu.     


Campeonato Portugal Prio: FC Vizela, 4 - Arões SC,1

Texto e fotos: João Carlos Lopes


Dar a direita na 1.ª parte não foi benéfico 

O Arões SC perdeu em Vizela por 4-1 numa partida em que mostrou bom futebol e sofreu dois golos pelo desguarnecido lado direito na primeira parte, tendo chegado à igualdade um minuto após sofrer o primeiro, aos 11’, através de Zéze na transformação de uma grande penalidade. 

Na segunda parte o Arões entrou mais solto, à procura do empate e praticamente na primeira vez que o Vizela apareceu com perigo junto da baliza aronense chegou ao 3-1 que deixou tudo mais difícil. O quarto golo dos vizelenses apareceu de livre directo. 

Com o resultado feito o Arões continuou a jogar um futebol agradável, com a bola no chão e apesar de ter tentado não conseguiu marcar mais nenhum golo. O Vizela depois do 4-1 também pouco ou nada fez.


3' - Canto a favor do Vizela, cedido por Russo. Barbosa tirou de cabeça ao primeiro poste, ainda houve um remate de um vizelense mas muito ao lado. 

6' - Vizela a jogar mais no meio campo do Arões, Russo cortou, de cabeça, um lance com destinatário na área. 

7' - Remate de Luiz Ferraz à meia volta na área, saiu contra um aronense. 

10' - [1-0 PANIN] - Jogada ao primeiro toque pelo lado esquerdo do Vizela, a bola sobrou para Panin que solto de marcação bateu Zé Fernandes sem apelo nem agravo. 

11 ' - [1-1 ZÉZE g.p. ] (Zezé apareceu na esquerda a tentar o cruzamento, a bola foi à mão de Cláudio que tinha escorregado, grande penalidade que Zézé se encarregou de marcar e converter no empate.

13' - Zé Fernandes negou com os pés o golo Kevyn, num remate já muito perto da baliza. 

15' - Canto para o Vizela, Arões arrumou com dificuldade. 

18' - Novo canto para o Vizela, Óscar foi mais forte e de cabeça arrumou para longe junto à baliza.  


20' - Primeiro canto para o Arões. Bateu Filipe, Zézinho por pouco não emendou para golo. 

21' - [2-1 FELIPE] - O Vizela a aparecer novamente pelo lado esquerdo onde Russo está sempre muito só e Felipe a fazer um primeiro remate, a bola ressaltou e foi-lhe ter ao pé esquerdo e com um remate de pronto fez um grande golo, com a bola a entrar junto ao poste. 
Jogo no Estádio do FC Vizela. 

27' - Arões desta vez não conseguiu reagir ao golo e tem sido o Vizela a espreitar o terceiro. 

31' - Muita dificuldade da equipa aronense em sair do seu meio campo, com grande pressão do Vizela que em último recurso recorre falta para não deixar a equipa fafense avançar. 

34' - Livre para o Arões, a cerca de cinco metros da linha da área, remate seco de Filipe para grande defesa de Pedro Albergaria.

37' - Cartão amarelo para Pato, Arões SC.

43' - Descida em contra-ataque do Arões, com Filipe a tentar servir Zéze e depois Pato e Russo a tentarem o remate. Já há muito que o Arões não levava perigo à área do Vizela.  

2.ª PARTE

46' - Não houve alterações ao intervalo.

47' - Canto para o Vizela, defesa do Arões a arrumar bem a casa. 

49' - Descida em contra-ataque do Arões, com Filipe a colocar em Zéze na área mas este a ser apanhado em fora de Jogo. 

51' - Nova descida do Arões mas desta vez a bola a perder-se pela linha de fundo. 

55' - Felipe a rematar de fora da área por cima da baliza de Zé Fernandes porque até agora o Vizela tem tido muita dificuldade em chegar à baliza do Arões.  

57' - Canto para o Vizela em que depois de uma carambola a bola foia aliviada para fora. 

58' - [3-1 FELIPE] Descida rápida de Kevyn pela direita para ir à linha cruzar ao segundo poste onde apareceu Felipe a bisar na partida. 


60 ' - Saiu Filipe e entrou André no Arões.  
     
62' - [4-1 Luís Ferraz] Óscar fez  falta sobre Felipe e livre perigoso para o Vizela perto da linha da área apontado de forma irrepreensível por Luís Ferraz.

64' - Canto para o Arões, a bola ainda andou perdida na área vizelense mas sem muitas hipóteses para os aronenses a alvejarem.



66' - Remate de Pedro de fora da área para defesa fácil de Pedro Albergaria. 

67' - Saiu Zéze e entrou Raimundo no Arões. 

68' - Vizela perto do quinto golo com Panin, na área a enviar ao poste e a bola a sair. 

70' - Canto batido de forma directa por André, Pedro Albergaria mostrou estar atento. 

73' - Vizela esgotou as substituições. Saiu um dos seus melhores jogadores Panin para a entrada de David Bessa. 

77' - Com a partida praticamente resolvida a favor do Vizela o Arões tem tentado chegar junto da baliza contrária tentando sair a jogar.

81' - Saiu Zé Pedro e entrou Daniel no Arões.


84' - Jogo entrou há muito numa toada morna. 

86' - Livre de André batido para a área com Pato a cabecear mas a sair fácil para o guarda-redes. 

- Compensação 3'.


Jogo no Estádio do FC Vizela 

Árbitro Albano Correia, Auxiliado por Pedro Costa e Leonel Ferreira (AF Braga)

FC VIZELA: Pedro Albergaria; Luís Ferraz, Kevyn, André Pinto, João Cunha, Vilela, João Pedro (Diogo Lamelas, 72’), Cláudio, Felipe (Zé Pedro, 65’) e Panin (David Bessa, 74’). Treinador, Ricardo Soares. 

ARÕES SC: Zé Fernandes; Russo, Zé Pedro, Óscar, Zézinho, Barbosa, Agostinho, Pedro Silva (Daniel, 81’), Filipe (André, 60’), Zezé (Raimundo, 68’) e Pato. Treinador, Luís Miguel Barros. 

DISCIPLINA: Cartões amarelos – André Pinto, 33’; Pato, 37’; Zéze, 44’; Óscar, 62’) e Zé Pedro, 90+1’.

GOLOS: Panin, 10´; Zéze, 11’ (g.p.); Felipe, 21’ e 58’ e Luís Ferraz, 62’.

Campeonato Portugal Prio: AD Fafe, 0 - AD Oliveirense, 3


Texto e fotos: Ricardo Castro

Eficácia visitante custa primeira derrota da época

O Fafe sofreu a primeira derrota da época, ao perder em casa com a Oliveirense por três bolas a zero, com o resultado a ser feito na primeira parte. 

Rui Li adiantou a Oliveirense aos 51 minutos, James dobrou a vantagem aos 65 e, já nos descontos, o árbitro entendeu que Marçal derrubou Fatai na área, expulsou o guardião fafense e Neves fixou o resultado em 0-3.

1.ª PARTE


Remate de Williams a proporcionar defesa apertada de Ricardo Fernandes para canto. Na sequência da bola parada, o guardião da Oliveirense segurou.

6' - Remate de primeira de João Nogueira para grande defesa de Ricardo Fernandes! O guarda-redes negou o primeiro da partida com um voo espectacular. Na sequência, dois cantos para o Fafe dos quais nada resultou.

8' - Marçal a sair bem da baliza, evitando que Neves concluísse o lance. 

15' - Contra-ataque de Fatai pela esquerda, mas André a não se deixar iludir e a cortar na hora certa o lance do extremo da Oliveirense.

18' - Paragem no jogo para assistência a Alan Júnior, que regressou a jogo logo após ter saído das quatro linhas.

20' - Ataque rápido do Fafe, com Marquinhos a não chegar por muito pouco ao cruzamento de Ferrinho.

Metade da primeira parte cumprida e o Fafe com mais presença no meio campo contrário, mas sem concretizar as ocasiões junto à baliza de Ricardo Fernandes.

28' - Remate de James a sair ao lado da baliza de Marçal.

31' - Cartão amarelo a Neves (Oliveirense). 

37' - Cruzamento para a área do Fafe e Jacob a cabecear ao lado. Jogo mais equilibrado, mas não tão bem jogado, com dificuldades de parte a parte em criar jogadas de golo.

40' - Falta de Portugal sobre Vasco Cruz, junto ao vértice direito da área da Oliveirense. Silvestre para bater. 

41' - Livre de Silvestre, desviou na área para canto de João Nogueira, do qual nada resultou em benefício do Fafe.

Intervalo em Fafe.

2.ª PARTE

Equipas regressam ao relvado sem alterações nos onzes.

48' - Primeiro canto da segunda parte a favorecer a Oliveirense.

49' - Vinícius perto do golo, a cabecear pouco ao lado após o canto.

50' - João Nogueira perto do golo! Cruzamento de Ferrinho, defesa incompleta do guarda-redes e o médio fafense a rematar conta a muralha defensiva.

51'- [0-1 RUI LI] - falha de André, a não conseguir cortar a bola metida nas costas da defensiva e o avançado Rui Li a surgir isolado e a bater Marçal num remate cruzado.

54' - Alteração no Fafe. Sai Marquinhos e entra Giovani.

56' - Amarelo a Isaiah (Oliveirense), a cortar um contra-ataque certo ao Fafe.

58' - Contra-ataque rápido da Oliveirense, Isaiah a servir Fatai na esquerda e este à procura de Rui Li na área. Cortou André para canto, do qual resultou uma falta ofensiva sobre Marçal.

60' - Primeiro canto da segunda parte para o Fafe. Silvestre bateu e André cabeceou ao lado.

65' - [0-2 JAMES] - bola na área após lançamento e James a rematar seco e de primeira para junto ao canto superior da baliza, sem que Marçal conseguisse parar o remate. Missão mais difícil para os fafenses.

67' - Sai Raviola e entra Zé Pedro no Fafe.

69' - Fafe com melhor reação ao segundo golo sofrido, conquistando já dois cantos.

70' - Remate colocado de Giovani e grande defesa de Ricardo Fernandes. Na insistência, Alan Júnior e Ferrinho não conseguiram dar com a baliza.

72' - Amarelo a Vinícius a impedir a tabela de Alan Júnior com Zé Pedro. Livre perigoso em zona frontal para o Fafe.

73' - Livre de Silvestre a passar pouco por cima da baliza de Ricardo Fernandes.

75' - Contra-ataque da Oliveirense e remate de Rui Li ao lado.

77' - Sai Rui Li, entra Tucka (Oliveirense).

80' - Amarelo a Alan Júnior, por alegada simulação na área contrária.


81' - Jogo parado para assistência a James.

82' - Sai James, lesionado, para a entrada de Bruno Sousa (Oliveirense).

84' - Fafe com contínuas dificuldades em chegar com perigo à área da Oliveirense. 

86' - Amarelo a Jacob e a Ricardo Fernandes, ambos da Oliveirense, por retardarem a continuidade do jogo.

88' - Mais um amarelo à Oliveirense, para Bruno Sousa.

89' - Livre de Silvestre para a área e Ferrinho, na sequência do lance, a levar a bola muito perto do poste.

Quatro minutos de compensação.

90+1' - Grande penalidade para a Oliveirense. Fatai arrancou no meio campo defensivo, aguentou a pressão de Vasco Cruz e o árbitro entendeu que Marçal travou o jogador da Oliveirense na área, mostrando-lhe o cartão vermelho.

90+2' - Entra Fred e sai Williams (Fafe).

90+3' - [0-3 Neves (g.p)] - na conversão do castigo máximo, Neves bateu Fred.

90+4' - Sai Fatai e entra Paulinho (Oliveirense).


Fim do jogo.

Jogo realizado no Parque Municipal dos Desportos, em Fafe.

Árbitro: Pedro Ferreira, auxiliado por Paulo Miranda e Fernando Pereira (AF Braga).

AD FAFE: Marçal, Vasco Cruz, Xavi, André, Williams, João Nogueira, Silvestre, Marquinhos, Raviola, Ferrinho, Alan Júnior. Treinador: Agostinho Bento.

Suplentes: Frederico (gr), Xico, Ruizinho, Zé Pedro, Fred, Silva, Giovani.

AD OLIVEIRENSE: Ricardo Fernandes, Manuel Pedro, Vinícius, Neves, Jacob, Rui Li, Isaiah, Portuga, Fatai, Marco André, James. Treinador: Tonau.


Suplentes: Ricardo, Paulinho, Junior, Sérgio, Tucka, Bruno Sousa, Vicente.

Disciplina - cartões amarelos: Neves, 31'.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

SOLIDARIEDADE: Saiba o que vai acontecer no ABRAÇO AO LEITES (massagista)

Texto: João Carlos Lopes

A Arcada vai-se encher de Solidariedade

É já no dia 15 de Novembro que todos juntos vamos dar um abraço ao "Leites" ex-massagista da AD Fafe, através de um multifacetado evento de solidariedade em que todos podem participar e mesmo quem não queira participar pode adquirir um bilhete para ajudar nesta campanha de solidariedade.

As actividades vão começar bem cedo, às 8H00 na Arcada em Fafe e é de lá que partem todas as iniciativas, desde a Caminhada Solidária, Passeio Todo o Terreno, Passeio de Cicloturismo, Passeio de BTT, Corrida (Fafe a Correr especial), Passeio de Motas e até uma experiência radical. 

Por isso não há razão para não participares e ajudares o "Leites" a ter uma vida melhor com a angariação de fundos que vai servir para lhe proporcionar uma maior mobilidade.   

Futsal Feminino: Clube de Saúde de Fafe ficou isento da 2.ª eliminatória

Texto: SRT 

Salto directo para a 3.ª Eliminatória

O Clube de Saúde de Fafe já marcou presença na 3.ª Eliminatória da Taça de Portugal, ao ficar isento na segunda eliminatória conforme ditou o Sorteio realizado esta sexta-feira. 

Na verdade, os únicos clubes ainda em prova da AF Braga, o CS Fafe e SC Maria da Fonte ficaram isentos.




AGENDA DESPORTIVA DE FIM DE SEMANA


FUTEBOL NACIONAL 

Campeonato de Portugal Prio

AD FAFE - AD OLIVEIRENSE 
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Parque Municipal de Desportos, Fafe. 

FC VIZELA - ARÕES SC
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Estádio Municipal de Vizela

Campeonato Nacional de Juniores 2.ª Divisão - 1.ª Fase

AD FAFE - SC FREAMUNDE
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 18H00
Local: Campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos   

FUTSAL NACIONAL 

Campeonato Nacional de Seniores Femininos

GRUPO NUN'ÁLVARES - SANTA LUZIA
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 18H15
Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe.

FUTSAL DISTRITAL MASCULINO

Campeonato AF Braga

AF FAFE/SOL POENTE - ESPINHO ATIVO
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 18H00
Local: Pavilhão Municipal de Fafe

CF BARCELOS - GRUPO NUN'ÁLVARES
Dia/Hora: Domingo, 1 Novembro – 20H00
Local: Pavilhão Municipal de Barcelos

FUTSAL DISTRITAL FEMININO

Campeonato AF Braga

CLUBE SAÚDE FAFE - CDRC TEBOSA
Dia/Hora: Sábado, 01 Novembro – 20H00
Local: Pavilhão de Refojos, Cabeceiras de Basto


FUTEBOL DISTRITAL 

Campeonato Pró-Nacional AF BRAGA

GD TRAVASSÓS - CCD SANTA EULÁLIA
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Campo dos Carvalhinhos, Travassós, Fafe.

OFC ANTIME - CC TAIPAS
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Campo de Jogos de Antime, Fafe.

Divisão de Honra AF BRAGA

GD CALDELAS - ACD PICA
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Campo da Cachadinha, Amares, 

1.ª Divisão AF BRAGA

GCD REGADAS - S. NICOLAU BASTO
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Campo das Cerdeirinhas, Regadas, Fafe

GD SILVARES - GDC MOSTEIRO
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Campo Prof. Manuel José Dias, Silvares S. Martinho, Fafe.  

SANTIAGO DE MASCOTELOS FC - GDCR FAREJA
Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 15H00
Local: Campo de Candoso, S. Tiago, Guimarães.

FUTEBOL VETERANOS 

UD SOUSENSE - UD FAFE A60
Dia/Hora: Dia/Hora: Sábado, 31 Outubro – 18H00
Local: Complexo Desportivo da UD Sousense, Gondomar.

FUTEBOL POPULAR  - VÁRIAS COMPETIÇÕES 

Competições da Associação de Futebol Popular de Fafe AQUI

FUTSAL CONCELHIO - LIGA G SPORT E OUTRAS COMPETIÇÕES

DIVULGAÇÃO: Futsal Fem. AF Braga: Clube Saúde Fafe - CDRC Tebosa


quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Queres ser árbitro de Atletismo? Informa-te aqui!

Cronometro1
A Associação de Atletismo de Braga em conjunto com a FPA,  divulga a realização do Curso de Acesso à Categoria de Juiz Regional.
O Curso é Gratuito e destina‐se a indivíduos que cumpram os seguintes requisitos:
  • a) Ter, pelo menos, 16 anos de idade, com referência a 31 de Dezembro do ano do Curso;
  • b) Ter completado à data do Curso, pelo menos, a escolaridade obrigatória;
  • c) Ter bom comportamento moral, cívico e desportivo.

O Curso irá realizar-se nos dias 17,18,19,24,25,26 e 28 do mês de Novembro na sede da Associação de Atletismo de Braga, para participar será necessário enviar, se possível, até ao dia 10 de Novembro a ficha de inscrição para aab.conselho.arbitragem@gmail.com

DIVULGAÇÃO - 1.ª Div. Distrital: GCD Regadas - S. Nicolau Basto


DIVULGAÇÃO - 1.ª Div. Distrital: GD Silvares - GDC Mosteiro


Futsal: 2.ª Jornada da Liga de Veteranos joga-se esta quinta feira


Futsal Veteranos AF Popular Fafe: Resultados da 1.ª Jornada


Bilhar - Pool: Café Sueco venceu e segue em 2.º lugar

Texto: JCL 



Uma partida muito renhida

A equipa fafense de Bilhar Pool, do Café Sueco realizou, na última quarta feira a 5.ª jornada a contar para o Campeonato, contra a equipa do bem conhecido Paulo Pereira, 1.° jogador a sagrar-se campeão nacional em 2010 e único Português a representar Portugal no Campeonato da Europa da EBSA, tendo levado a melhor sobre a equipa visitante. 


Nesta partida, a equipa fafense conseguiu a vitoria com o resultado de 7-5, com grande destaque para o jogador João Oliveira que conseguir fazer com que o resultado termina-se na vitória e evitando o empate a seis.

Com este resultado, o Café Sueco fica a dois pontos do 1.° Classificado SL-MARI'S, equipa das Taipas.

Liga de Futsal Juvenil Sog 2015/16: Confira os jogos de todos os escalões


DIVULGAÇÃO: Centro Social de Arões - Convívio Solidário


DIVULGAÇÃO: Futsal - Todos os jogos do Grupo Nun'Álvares


DIVULGAÇÃO: Todos os jogos do Arões SC


DIVULGAÇÃO: Todos os jogos da A. Futsal Fafe/ Sol Poente


DIVULGAÇÃO - CPP: AD Fafe - AD Oliveirense


DIVULGAÇÃO - Futsal Masculino: Futsal Clube de Barcelos - Nun'Álvares


DIVULGAÇÃO: GD Travassós - CCD Santa Eulália


DIVULGAÇÃO - Futsal Feminino: Nun'Álvares - Santa Luzia


DIVULGAÇÃO: Santiago Mascotelos FC - GDCR Fareja


DIVULGAÇÃO: GD Caldelas - ACD Pica


DIVULGAÇÃO: OFC Antime - Jogos de todos os escalões


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

ÚLTIMA HORA: Carlos (ex-GD Serzedelo) substitui Mica na baliza da ACD Pica

Texto: João Carlos Lopes 

Troca de guarda-redes entre os dois clubes 

O jovem de 26 anos, Carlos Dias (ex-Serzedelo), é o novo guarda-redes da ACD Pica, substituindo o veterano Mica que por sua vez vai representar o GD Serzedelo. 

O novo guarda-redes da ACD Pica só acertou ao fim da tarde de hoje a sua vinda para Fafe que à partida será para ocupar a titularidade na equipa orientada por Paulo Soares. Nas duas últimas temporadas defendeu as cores do GD Serzedelo mas também já passou por outros clubes entre os quais o Vieira SC. 

Acaba por ser curiosa esta troca inesperada de guarda-redes entre a ACD Pica, da Divisão de Honra e o GD Serzedelo, da Divisão pró-Nacional, sem que nada o fizesse prever.

83.º Aniversário do Grupo Nun'Álvares - Programa das comemorações


Bilhar - Pool: Café Sueco recebe hoje a equipa do Campeão Nacional

Texto: BTD

A partir das 21 horas 

Esta quarta quarta-feira, dia 28/10/2015, a equipa Fafense de Pool recebe no Café Sueco, em Estorãos, Fafe, a equipa do Campeão Nacional de Pool Paulo Pereira.

O confronto desenrola-se a partir das 21:00 horas, em partida de abertura da 5.ª jornada do Campeonato Nacional de Pool.

Golfe P&P: Arnaldo Paredes venceu em Rilhadas mas Hugo E.S. já era campeão

Redacção

Uma época em grande 

Arnaldo Paredes venceu o 6.º e último Torneio do Circuito de Pitch & Putt da FPG e consolidou o seu estatuto de 2.º classificado no ranking federativo da especialidade que, pelo sexto ano, terminou com Hugo Espírito Santo do CG Rilhadas a concluir uma época como nº 1. 

Os dois primeiros do ranking também foram os dois primeiros desta etapa final da temporada, que decorreu no Clube de Golfe de Rilhadas, o campo do campeoníssimo Hugo Espírito Santo, que já tinha ganho neste palco um dos seus quatro títulos de 2015 (o 2.º Torneio, em março). 

Nessa altura, Arnaldo Paredes foi 3º (+1), mas, desta feita desforrou-se sem apelo nem agravo e «andou sempre na frente», como sublinhou Hugo Espírito Santo. Nesta época, o Circuito de P&P da FPG estava a ser dominado por dois jogadores, com Hugo Espírito Santo a somar títulos no CityGolf, Rilhadas, Quinta das Lágrimas e Paredes, e João Maria Pontes a revalidar o cetro de campeão nacional e a vencer também no Oporto Golf Club. Neste cenário, Arnaldo Paredes partiu para o último torneio no 2.º lugar do ranking devido à sua regularidade, sendo o 2º lugar no Oporto a sua melhor classificação do ano. 

No Domingo os atletas de Rilhadas, Hugo Espírito Santo, Gonçalo Rodrigues e Francisca Alves estiveram muito bem, com Espírito Santo a ganhar o Ranking Absoluto da Galiza, e Gonçalo a vencer a 1. ª Categoria e também Júnior este ano na Galiza . «Este fim de semana ficará para sempre na minha memória. (…) Joguei a final do Ranking da Galiza no campo Barbanza no Boiro e terminei com um agregado de -11, vencendo a final e o Ranking Absoluto da Galiza 2015, e dando um passo gigante para o Mundial de equipas para 2016», disse Espirito Santo. «urge repensar o modelo competitivo no sentido de tornar o circuito mais atrativo» O campo está de parabéns, Ricardo Gonçalves também por ter sempre o campo num brinco para estas competições.

Juvenis - 2.ª Div. AF Braga: GD Golães, 4 ARC Pencelo, 0

Texto: João Carlos Lopes 


Jogo de de sentido único

Com uma entrada forte, o Golães começou a criar oportunidades de golo, com Nuno aos 6' e João Cunha aos 12' mas ambos a falharem o alvo. Voltou a criar situações de perigo aos 20', num bom lance de futebol onde a bola passou por Nuno, Tiago e Nuno Ribeiro para uma grande finalização por João Cunha num remate cruzado, estava feito o 1-0.

O jogo continuava a ser controlado pelo Golães e sem reacção do Pencelo. Num lance aos 31', onde Eusébio fez um grande passe a Rui que driblou sobre o defesa adversário para depois cruzar e aparece Nuno na pequena área a rematar para o 2-0. 

Volvidos 5', num cruzamento para a área, a equipa visitante alivia mal e apareceu Costa que mandou uma bomba para fazer o 3-0, com que foi atingido o intervalo. 

O Golães adormeceu um pouco na segunda parte e num bom lance da equipa visitante, o guarda-redes Bruno fez grande penalidade aos 60'. Contudo, o jogador do Pencelo falhou ao rematar por cima da barra. 

O quarto golo do Golães chegou aos 64', através de Costa, o trinco goleador que fez um grande golo do meio campo, num remate bem colocado.

Os treinadores do Golães, João e Flávio, mexeram ao fazer entrar Leitão para o lugar de Tiago, e logo de seguida Zé para o lugar de Tomás e pouco depois, aos 73', João Fernandes para o lugar de Nuno, com a intenção de minutos aos jogadores menos rodados.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Pedro Castro (ex-Maria da Fonte) é reforço do Vieira SC

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Reencontra o técnico Miguel Paredes

O extremo Pedro Castro acabou de assinar contrato com o Vieira SC, válido até ao final da presente temporada, transferindo-se do SC Maria da Fonte onde esteve desde a época 2014/2015 até há bem pouco tempo. 

Com reconhecida qualidade para desempenhar qualquer posição em todo o corredor esquerdo o jovem jogador, actualmente com 22 anos, vai encontrar um treinador, Miguel Paredes, que bem conhece e que o orientou nos juvenis e nos juniores da AD Fafe

Castro foi uma das peças fundamentais na "Geração de Ouro" que foi campeã distrital em juvenis na AD Fafe e mais tarde nos juniores. Aliás marcou golos decisivos enquanto frequentou a formação do Clube, sobressaindo mais nos juvenis e nos juniores, nestes últimos já no campeonato nacional. Ao todo foram oito anos que esteve no Fafe, seis na formação e duas nos seniores, depois de ter feito duas épocas nos Infantis do Boavista FC.