.

.
.

domingo, 30 de setembro de 2018

1.ª Div. AF Braga: GD Mosteiro, 1 - GD Vasco da Gama, 2 (Grande arranque)


Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Cambalhota no marcador 

O GD Vasco da Gama, orientado por Tiago Silva, não podia ter começado o campeonato de melhor maneira depois de ter ido a Vieira do Minho vencer o GD Mosteiro por 2-1. 

A equipa vascaína dominou o jogo mas haveria de sofrer um golo aos 15' contra a corrente do mesmo o que deixou a formação medelense desorientar-se um pouco e foi para o intervalo a perder por 1-0.

Na segunda parte, Tiago Silva fez entrar o Tiago Pirolas que revolucionou por completo a partida tendo marcado um golaço aos 70'. Aos 75', foi o Filipe a marcar, dando a cambalhota no marcador.

Mas nem tudo correu bem ao Vasco da Gama neste jogo já que, perto do final Marcelo viu o segundo cartão amarelo e foi expulso sendo uma baixa importante no onze medelense para o próximo jogo.

Plantel do Grupo Nun'Álvares IESFafe para a época 2018/19


1.ª Div. AF Braga: GDC Regadas, 4 - GDCR Fareja, 2 (Intenso)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Seis golos na segunda parte 

O GCD Regadas inaugurou o sintético das Cerdeirinhas em jogos oficiais com uma vitória no dérbi com os ferroviários do GDCR Fareja de 4-2 numa partida em que o marcador só funcionou na segunda parte e o resultado acaba por ser exagerado para aquilo que as duas equipas fizeram no jogo.    

Assistiu-se a uma primeira parte muito repartida mas em que até foi do Fareja a melhor oportunidade de golo mas o marcador manteve-se inalterado.

Na segunda parte Fábio inaugurou o marcador aos quinze minutos mas o Fareja reagiu de seguida e volvidos dois minutos chegou ao empate através de Maia e dez minutos depois deu a volta ao marcador através de Montoya.

A equipa ferroviária teve a oportunidade de chegar ao  3-1 mas o guarda-redes da casa fez uma excelente defesa.

O golo do empate do Regadas chegou sete minutos do final por Bruno Oliveira e empolgou a equipa da casa que a partir daí criou mais dificuldade em sair a jogar para o adversário.

Na sequência de um canto o Regadas chegou ao 3-2 através de Buga, aos 89' e aos 95' numa falta de entendimento entre os jogadores do Fareja Jorge selou a vitória regadense com o 4-2. 

Pró-Nacional AF Braga: GD Ribeirão, 1 - Arões SC, 2 (Enormes)

Texto e foto (arquivo) João Carlos Lopes 

Aronenses mais letais fora de portas

O Arões SC foi ao concelho de Famalicão vencer o GD Ribeirão por 2-1 em mais uma importante vitória fora de portas para a equipa orientada por Rui Novais que tem crescido aos poucos neste campeonato depois de um mau arranque. 

A equipa aronense que já não perde há quatro jogos chegou à vantagem à passagem da meia hora com um golo de Zé Pedro, levando essa vantagem de 1-0 para o intervalo. 

A formação famalicense chegou à igualdade aos 55 minutos mas o Arões voltou a alterar o marcador quando Korta fez o 2-1 aos 70'.

Na próxima jornada o Arões vai receber no seu terreno o UD Airão para tentar obter a primeira vitória dentro de portas. 

Div. honra AF Braga; Bairro FC, 1 - ACD Pica, 0 (Faltou eficácia)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Quem não marca sofre 

A ACD Pica de Rafael Leite foi a Famalicão perder com o Bairro FC pela margem mínima, tendo sofrido o golo solitário do jogo aos 85 minutos. 

A equipa fafense criou oportunidades suficientes para marcar e pelo menos não sair derrotada nesta partida mas acabou por ser penalizada pela falta de eficácia, queixando-se também de uma grande penalidade a seu favor que ficou por assinalar.

Zé Pedro entrou e ajudou ao empate do Vieira SC frente ao GD Porto D'Ave

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Fafense saltou do banco para dar mais força ao ataque


O Vieira SC recebeu o GD Porto D'Ave em mais um jogo da Divisão Pró-Nacional da AF Braga, tendo registado o empate a uma bola depois de ter estado a perder por 1-0.


A equipa do Concelho da Póvoa de Lanhoso colocou-se em vantagem aos 32' através de Pascal e o Vieira só viria a conseguir o empate aos 77', ap+os a entrda de Zé Pedro que iniciou esta partida como suplente. 

A equipa orientada por Miguel Paredes ainda tentou dar a volta ao marcador mas já não conseguiu alterar a marcha do marcador.

Taça de Portugal Placard: Surpresas e muitos golos na segunda eliminatória


REDAÇÃO

Equipas de fafenses com meio por meio 

Este domingo é dia de emoções na prova rainha do futebol português. São mais 40 os jogos agendados para este domingo e referentes à 2.ª eliminatória da Taça de Portugal, com alguns resultados surpreendentes e muitos golos marcados. Os vencedores vão juntar-se ao Cova da Piedade e ao Leixões, que bateram Gondomar e Leça, respetivamente, em partidas antecipadas para sábado.

Nas equipas que são representadas por fafenses, o S. Martinho de Agostinho Bento foi vencer por 1-0 o Beira Mar de Ricardo Ferreira. Já o Pedras Salgadas de Ricardo lousada bateu a Académica de Coimbra de Mik Moura por 1-0. Também o SC Covilhã de João Nogueira segue em frente após vitória no terreno do Cesarense por 2-1 após prolongamento.   

   
Confira aqui todos os resultados da competição FPF

RESULTADOS DO ZERO ZERO

1.ª Div. AF Braga: GD Silvares, 4 - FC Gandarela, 3 (bis de Carlitos)

Carlitos
Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Importante começar a ganhar 

O GD Silvares entrou oficialmente a ganhar na temporada 2018/19, ao vencer o FC Gandarela no 1.º jogo da Série D da 1.ª Divisão Distrital por 4-3. 

A equipa orientada por Ismael Sousa foi para o intervalo com uma igualdade a dois golos e na segunda metade chegou ao 4-2 com dois penaltis com a formação de Basto a reduzir para 4-3. 

Apontaram os golos do Silvares Rafa, de canto directo), Diogo e Carlitos este na conversão dos dois penaltis. Já para o Gandarela marcaram Cavacas, Diogo Costa e Fanzi.

Taça de Portugal: AD Fafe, 1 - SC Ideal, 0 (A toque de Ferrinho)

REDAÇÃO

Que venha agora outro clube ideal 

A AD Fafe entrou hoje em campo para disputar a terceira eliminatória da Taça de Portugal Placard, tendo pela frente o SC Ideal, equipa que se deslocou desde os Açores. Naquele que foi o primeiro jogo com a equipa ao comando de Álvaro Pacheco, os justiceiros deram uma resposta bastante positiva e conquistaram a passagem e continuidade na prova rainha do futebol português.

Início da partida forte por parte dos Justiceiros, logo aos dois minutos de jogo Joel Silva remata forte mas a bola a encontrar pelo caminho Ferrinho e a perder-se uma boa oportunidade. 

Aos 7 minutos de jogo foi a vez da equipa Açoriana tentar chegar com perigo à baliza defendida por Pedro Soares, através de uma bola parada, mas sem sucesso. 

Logo de seguida, a AD Fafe beneficiou de um canto, cobrado à maneira curta com passe recuado, mas a bola a parar nas mãos do guardião Imerson. 

Aos 12 minutos o SC Ideal criou algum perigo, com um jogador da equipa adversária a subir bem pela esquerda atirando depois forte para uma defesa com uma palmada de Pedro Soares, na recarga a bola ainda sobrou para os Açorianos, que atiraram por cima do travessão. 

Respondeu a AD Fafe aos 16 minutos, com bom entendimento entre Ferrinho e Joel Silva e este último a rematar forte mas por cima. No mesmo minuto, surge ainda uma boa oportunidade para a equipa adversária que obrigou Pedro Soares a sair de entre os postes para segurar. 

Aos 18 minutos de jogo, a AD Fafe volta a criar perigo, desta vez com Ferrinho na esquerda a cruzar, o guardião visitante não interceptou a bola, com a mesma a sobrar para Nuno Silva que em boa posição para inaugurar o marcador permitiu a intervenção de Imerson. 

Atingindo a meia hora de jogo em Fafe, num jogo bastante repartido, Pedro Soares voa para ceder canto para os Açorianos. 

Os Justiceiros com mais posse de bola, contudo encontraram um SC Ideal bem organizado que defende com bastante segurança. 

E é em cima do intervalo que a AD Fafe chega ao merecido golo, livre para Valdo Alhinho que bateu na direita, tenso, a bola fica por fim à mercê de Ferrinho que não perdoou. 

A AD Fafe recolheu assim ao balneário com vantagem no marcador, vantagem essa que se iria prolongar até ao final do jogo.

Aos 49 minutos, a equipa adversária beneficou de um canto, com a bola a chegar tranquilidade às mãos de Pedro Soares. 

Volvido 1 minuto é a vez de a AD Fafe beneficiar de um livre mas sem perigo para a baliza defendida por Imerson. 

Aos 67 minutos de jogo, a AD Fafe continua a mostrar pressão ofensiva, desta vez com um canto que a defensiva adversária sacudiu. 

70 minutos jogados e a AD Fafe perdeu uma grande oportunidade de aumentar a vantagem no marcador, Joel Silva correu largos metros pela esquerda com a bola controlada, efectuando depois um "passe de morte" para Ângelo Oliveira que à boca da baliza não conseguiu finalizar. 

Entramos no último quarto de hora, com a AD Fafe a controlar o jogo, mas os Açorianos a tentarem chegar à baliza de Pedro Soares.  

Aos 83 minutos, livre para os Justiceiros, Nené para bater mas contra a barreira Açoriana, ganhando canto. 

Tenta responder o SC Ideal aos 86 minutos, também de livre, mas a bola a sair por cima do travessão. 

A reta final da partida resumiu-se aos visitantes tentarem colocar a bola dentro da área fafense, através de livres e cantos, com Pedro Soares a ser decisivo nas suas intervenções e a evitar o golo do empate. 

A AD Fafe irá agora voltar a focar-se no Campeonato de Portugal, com uma longa deslocação no próximo fim de semana até ao recinto do GD Mirandês.

Nun'Álvares/IESFafe - 2.ª Div. Nac.: Serginho estreou-se pelos seniores aos 16 anos

Texto e foto: João Carlos Lopes

Um jogador que tem tudo para dar certo 

O dia 29 de Setembro de 2018 ficará para sempre na memória de Serginho, jogador que na equipa de juvenis do Grupo Nun'Álvares/IESFafe  joga a universal mas que se estreou pelos seniores contra o Arcas S. Paio como ala.  

Com apenas 16 anos o atleta tem vindo a fazer história dentro do Clube pois foi também o primeiro jogador da formação a ser chamado para estágio da selecção nacional, depois de ter brilhado na selecção distrital de Braga. Esta estreia dá-se no segundo escalão do futsal nacional o que valoriza ainda mais o valor e talento de Serginho. 

Trata-se de um diamante puro, um tecnicista nato, que joga para a equipa mas sabe quando tem que arriscar e partir para o um para um e fá-lo com classe, aplicando a sua finta curta sempre com o sentido da baliza para depois poder finalizar com o pé que lhe der mais jeito pois tem a virtude de jogar bem com os dois. Além disso tem um sentido táctico apurado, interpretando na perfeição todas as ideias de jogo dos seus treinadores dentro de campo. 

Estamos perante um atleta que seguramente chegará a profissional no futuro pois a todas as suas qualidades para a modalidade junta outra que é rara hoje em dia, a humildade.  

Nos cerca de cinco minutos que esteve em jogo ainda fez um remate ao lado colaborou no jogo colectivo da equipa.  

Juniores Div. Honra AF Braga: GD Prado, 3 - OFC Antime, 0 (Inexperiência)

REDAÇÃO

Arriscar tudo e não petiscar nada 

O OFC ANTIME começou logo a perder aos 3' numa bola metida nas costas da defesa onde apareceu um jogador do Prado isolado a rematar para grande defesa de Pedro para o lado onde a defesa ficou a dormir e na recarga apareceu outro jogador a cabecear para golo. 

Aos 5', o Prado poderia chegar ao segundo golo mas rematou ao lado. O Antime também poderia ter chegado ao empate com Batista a rematar já dentro de área para grande defesa do guarda redes pradense.

Na segunda parte, o Antime esteve melhor. Aos 65', Diogo Castro isolado na direita atirou para a defesa do guarda redes do Prado.

O Antime arriscou tudo, subindo a sua defesa e em contra-ataque sofreu mais dois golos aos 85' e 90'.

Apesar da derrota este jogo teve um trio de arbitragem com excelente qualidade. Bruno Leite e seus pares. 

OFC ANTIME: Pedro; Luisinho, Fonseca, Lousada, Henrique, Dany, Tito, Silva, Diogo Castro, Marinheiro e Pedrinho. Jogaram ainda: Soares, Hugo e Batista.

Juvenis Div. Honra AF Braga: AD Fafe, 6 - CC Taipas, 1 (Hat-trick de Gabi)

Texto: Tiago João Lopes / Fotos: João Carlos Lopes  

Meia dúzia para todos os gostos 

Os juvenis da AD Fafe receberam e cilindraram o CC Taipas por 6-1 em partida que os fafenses controlaram de fio a pavio.  

Os fafenses inauguram o marcador aos 6'. Zé Carlos pela direita entrou na área e serviu Zé Mota que atirou para o primeiro da partida.

Vinte minutos volvidos e Gabi, após assistência do Adriano, marcou o seu terceiro golo esta época. O mesmo jogador fez o 3-0 de livre direto com a bola a entrar directamente no ângulo esquerdo da baliza do Taipas com o guarda-redes a ser impotente para a defender. 

O Fafe dominava e Jota com uma boa jogada individual deixou para Gabi que com o guarda-redes fora da área aproveitou para o 4-0 e e apontar assim um hat-trick.

Na segunda parte o Taipas reduziu para 4-1 com um golo à entrada da área. A bola ainda bateu num adversário e enganou o guardião fafense Dani que não teve mínima hipótese. 

Com uma segunda parte menos produtiva o Fafe não deixou de mandar no jogo tendo chegado ao 5-1 por Pedrinho que, ao segundo poste, marcou o primeiro golo do Fafe na segunda parte após assistência de Osvaldo.

O 6-1 apareceu depois de Zé Carlos assistir novamente, desta feita para Osvaldo, que fechou a contagem no marcador.

Futsal Feminino (AMAF): GD Os Amigos de Quinchães venceu a Supertaça 2018


Com uma golo solitário de Ana Luísa, apontado já na segunda parte o GD OS Amigos de Quinchães levou a melhor sobre o CD Vinhós na Supertaça de Futsal Feminino organizado pela AMAF, continuando a sua saga vitoriosa na modalidade em que é bicampeã.

sábado, 29 de setembro de 2018

Futebol Popular (AMAF): UF Sousa venceu a Supertaça 2018


Ao bater a SR Cepanense por 3-0, em jogo realizado na tarde deste Sábado no novo campo sintético das Cerdeirinhas, em Regadas, a equipa felgueirense do UF Sousa venceu a Supertaça 2018.

Juniores Div. Honra AF Braga: FC Amares, 3 - AD Fafe, 2 (Bis de Luís Duarte não chegou)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Derrota surgiu nos minutos finais 

Os Juniores da AD Fafe deslocaram-se a Amares onde jogaram coma equipa local e perderam por 3-2, num jogo em que os fafenses foram perdulários na primeira parte. 

A equipa orientada por Luís Fernandes foi mesmo a vencer para o intervalo mas podia ter ido a golear pois neste período enviou três bolas à trave. O golo fafense foi marcado por Luís Duarte  
aos 40'.

Logo no início da segunda parte a equipa amarense chegou à igualdade e depois colocou-se na frente do marcador. 

Luís Duarte ainda bisou no jogo ao fazer o golo da igualdade aos 80', mas a equipa da casa haveria de chegar novamente à vantagem já sem direito a resposta por parte dos fafenses. 

De salientar que o Fafe pagou mais uma vez pela falta de experiência, uma vez que tem cerca de 80 por cento do plantel com jogadores de primeiro ano de juniores.          

Futsal - 2.ª Div. Nac.: Carrazedo de Montenegro, 1 - AD Fafe, 5 (Póker de Laureta)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Fafenses abriram o livro na segunda parte

A AD Fafe, orientada por João Nuno Sousa deslocou-se a Trás-os-Montes para defrontar o Carrazeda de Montenegro e veio de lá com uma vitória robusta por 5-1, com um póker de Laureta que foi o homem do jogo. 

Foi precisamente Laureta a abrir o activo para depois a equipa que jogava em casa empatar, resultado que se manteve até ao intervalo. 

Na segunda parte os fafenses abriram o livro com Laureta a fazer mais três golos e Mica a marcar também para a equipa dos justiceiros, que souberam fechar todos os caminhos para a sua baliza não permitindo que o adversário fizesse mais golos.     

OFICIAL: Leninha, Telma, Martinha e Carina obtiveram o passaporte para os jogos Olímpicos da Juventude na Argentina




Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR


Uma grande vitória para o futsal dos Condestáveis 

Montelongo Desportivo está em condições de adiantar que o selecionador nacional Luís Conceição convocou as quatro jogadoras do Grupo Nun'Álvares/IESFafe para os Jogos olìmpicos da juventude. Leninha, Telma, Martinha e Carina fazem parte de um lote de dez atletas escolhidas num grupo de 14 que Portugal levará a esta competição que se realizará em Buenos Aires, na Argentina.

As exibições das fafenses no estágio em Rio Maior com golos e muita e as suas qualidades inatas para a modalidade estiveram na base desta escolha. Telma, Leninha e Martinha fizeram golos nos dois jogos contra a Tailândia e Carina Luís não marcou mas vincou a sua presença.    

As competições de futsal nos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2018 ocorrerão entre 7 e 18 de outubro num total de dois eventos. As competições acontecerão no no Parque Tecnópolis, e no CeNARD, localizados no Parque Verde, em Buenos Aires, Argentina.

Para essa edição dos Jogos Olímpicos da Juventude houve a opção do futsal ao invés do futebol de campo, disputado nas duas edições iniciais. Dez equipas de cada género participarão nos torneios masculino e feminino, totalizando 200 jogadores.

Andebol 1: AC Fafe, 30 - Arsenal da Devesa, 20 (Contra os canhões...)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Segunda consecutiva sempre a marchar 

O Andebol Clube de Fafe recebeu e bateu o Arsenal da Devesa por 30-20, uma vitória concludente e a segunda consecutiva depois de ter vencido o Fermentões a meio da semana. 

Nesta partida referente à quinta jornada os fafenses tiveram uma entrada demolidora e aos 9' já venciam por 7-1. Aos 16', mantinham a mesma vantagem de seis golos com um parcial de 9-3. A equipa orientada por Viktor Tchikoulaev manteve os mesmos padrões de jogo e chegou ao intervalo com um resultado de 14-6.

Na segunda parte os fafenses continuaram a mandar no jogo e foram dando outra dimensão ao marcador aos 35' o resultado era de 17-10. Aos 39', a vantagem cifrava-se em 21-12, aos 51' era de 26-15 para depois chegar aos 30-19, com os arsenalistas a marcar o último golo do jogo e a fazer o 30-20. 

De registar a boa prestação do guardião João carvalho na segunda parte a empolgar os colegas e a bancada. Já Luís Nunes foi o melhor marcador do jogo com seis golos apontados.   


Futsal 2.ª Div. Nac.: Nun'Álvares/IESFafe, 6 - Arcas S. Paio, 1 (Muito fortes)

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Três bis em dia de estreias 

Os seniores do Grupo Nun'Álvares/IESFafe estrearam-se em casa para o campeonato nacional da 2.ª Divisão com uma vitória robusta sobre o Arcas S. Paio por 6-1, no jogo que marcou a estreia do jovem juvenil Serginho.

A equipa orientada por Hugo Oliveira já vencia ao intervalo por 3-0, com golos de Tiago Nogueira, Guedes e Rafa e esteve sempre por cima do jogo perante uma formação com bons executantes mas a demonstrar falta de consistência. 

Na segunda parte Guedes bisou ao fazer o 4-0 e a seguir a partida ficou relançada com um autogolo de Renato e outro golo do Arcas que reduziu para 4-2 em pouco mais de um minuto. 


O GNA voltou a tomar conta do jogo e Ribeiro falhou um livre de dez metros mas pouco tempo depois Tiago Nogueira bisava e fazia o 5-2 para Rafa bisar também ao fazer o 6-2 num grande golaço do lado esquerdo e com pouco ângulo para o remate. 

Depois do 6-2 Hugo Oliveira fez entrar Serginho por cerca de cinco minutos, com este a fazer um remate ao lado e nos minutos finais o Arcas jogou no 5x4 com Guedes e Maia a atirarem ao lado de longe com a baliza deserta e o guarda-redes Rafa Faria a ter algumas boas intervenções.          

Futsal sénior - AMAF: GCRSM Ribeiros venceu a Supertaça 2018


Ao bater o Arões sc por 3-0 com golos de Miguel Martins, Ruca e Sousa, o Santa Maria de Ribeiros começou a temporada 2018/19 em grande com a conquista do primeiro troféu em disputa. · 

Juvenis Div. Honra AF Braga: AD Fafe, 6 - CC Taipas, 1

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Bilhar: Campeonato de Pool de Fafe: Resultados e classificação


Futsal Fem. - Sub-19: Nova vitória sob a a Tailândia com três Condestáveis a marcar

REDAÇÃO 

Telma, Leninha e Martinha marcaram cinco golos

A Seleção Nacional de futsal feminino sub-19 garantiu, esta sexta-feira, mais um triunfo sobre a Tailândia (7-0), num jogo que serve os propósitos de preparação das duas equipas para os Jogos Olímpicos da Juventude.

FOTOGALERIA

As comandadas de Luís Conceição mantiveram a receita utilizada no primeiro jogo com as tailandesas. Marcaram logo a abrir, atacaram mais, correram mais, mostraram intensidade, pulsão e criatividade para vencer a partida. Ainda assim, só depois do intervalo é que se libertaram por completo das amarras defensivas das asiáticas, que se mostraram compactas e muito atentas na primeira parte.

Helena Nunes (2), Telma Pereira (2), Marta Teixeira, Beatriz Sanheiro e Beatriz Silva apontaram os golos com que Portugal venceu esta sexta-feira.

No primeiro embate entre portuguesas e tailandesas, disputado na passada quarta-feira, a Seleção Nacional venceu por 5-1.

Antes de iniciar os Jogos em Buenos Aires, a armada lusa irá defrontar também a Espanha. A viagem da comitiva lusa para a Argentina está marcada para a manhã de 3 de outubro.

Estreia diante do Chile

Os Jogos Olímpicos da Juventude vão decorrer entre os dias 6 e 18 de outubro, na capital da Argentina, em Buenos Aires. Portugal vai estrear-se na fase de grupos diante do Chile, a 7 de outubro, pelas 16h00**. Os restantes encontros estão agendados para os dias 9, frente à República Dominicana (14h00), dia 10, frente à seleção dos Camarões (16h00), e dia 13, diante do Japão (14h00).

O torneio olímpico de futsal feminino será disputado por dez seleções, divididas em grupos de cinco. Apuram-se para as meias-finais, marcadas para 15 de outubro, as duas melhores classificadas de cada grupo. A grande final está agendada para o dia 17, às 15h30.

A Taillândia integra o outro agrupamento em prova, onde estão as seleções de Trinidad e Tobago, Espanha, Bolívia e Tonga.

Participam nos Jogos Olímpicos da Juventude atletas entre os 15 e os 18 anos, em representação de 203 países. O futsal vai, pela primeira vez, fazer parte do programa dos Jogos, que inclui um total de 31 modalidades.

Ficha de jogo:

Jogo de Preparação para os Jogos Olímpicos da Juventude
Pavilhão do Centro de Estágio e Fomração Desportiva de Rio Maior
Portugal 7-0  Tailândia (1-0 ao intervalo)

Árbitros: Miguel Castilho e Rodrigo Teles
3.º Árbitro: João Duarte
Cronometrista: Ricardo Fernandes

Portugal - Ana Pinto, Beatriz Silva, Helena Nunes, Carolina Rocha, Beatriz Sanheiro.
Suplentes utilizadas: Marta Costa, Marta Teixeira, Elsa Ferreira, Telma Pereira - Cap.
Treinador: Luís Conceição
Golos: 1-0 Helena Nunes (2'); 2-0 Telma Pereira (23'); 3-0 Marta Teixeira (26'), 4-0 Beatriz Sanheiro (30'); 5-0 Telma Pereira (37'); 6-0 Beatriz Silva (37'), Helena Nunes (40')
Disciplina: nada a assinalar

Tailândia: Sorahong, Huajaipetch, Klinbunkaew, Stribunhom, Saovapa Tranga - Cap..
Suplentes  utilizadas: Pungpadung, Nuathong, Thongkhan, Chadaeng, Promnak, Khanmuenwai, Twinwong, Kaeophueak.
Treinador: Patt Sriwijt

GDC Serafão apadrinha apresentação do CA Castelões

Asfalto Friends celebra e convive a 20 de Outubro



6° Aniversário / Convívio Asfalto Friends Fafe
Local: Sede AFF

PROGRAMA:
- 14h00 - Encontro na Sede Asfalto Friends Fafe
- 14h15 - (Arranque do) Passeio Convívio
- 15h45 - Lanche
- 16h45 - Regresso à Sede
- 18h00 - Hora prevista de chegada
- 18h20 - Presença da mulher motard Gracinda Ramos/Apresentação do seu livro 
- 19h30 - Jantar convívio AFF
- 21h30 - Passeio de moto pela cidade

Até já, e... BOAS CURVAS!

Futsal - Supertaça Seniores masculinos joga-se hoje à noite

Futsal: Supertaça de seniores femininos realiza-se este Sábado


Caminhada nocturna em Travassós a 13 de Outubro com inscrição gratuita



2.ª CAMINHADA NOCTURNA - TRAVASSÓS RUNNING Fafe

13 de outubro

Inscrição gratuita

Oferta de reforço

Todos os jogos do OFC Antime

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Futsal Fem. - Sub-19: Portugal vence a Tailândia (5-1) com bis de Telma

REDAÇÃO

Em jogo de ensaio para os Jogos Olímpicos da Juventude

A Seleção Nacional de futsal feminino sub-19 venceu, esta quarta-feira, por 5-1, a congénere da Tailândia, num jogo disputado no Pavilhão Municipal de Almeirim. Este encontro serve de ensaio para os Jogos Olímpicos da Juventude, que a armada lusa irá disputar em Buenos Aires, entre os dias 6 e 18 de outubro.

Apesar de não ter feito uma exibição perfeita, Portugal voltou a revelar-se superior ao adversário, por isso chegou ao intervalo a vencer por 4-0, com três golos marcados logo nos instantes iniciais. A equipa comandada por Luís Conceição não só mostrou cedo a sua vocação ofensiva como mostrou consistência para correr riscos sem sofrer golos.

Menos intensa e com menor ligação entre os setores, a seleção tailandesa conseguiu criar perigo na segunda parte. No entanto, só teve arte para surpreender a defensa portuguesa uma vez, perto do apito final.

Márcia Ferreira, com dois golos, Telma Pereira, também com um ‘bis’, e Beatriz Sanheiro apontaram os golos da Seleção Nacional, que volta a encontrar a Tailândia na sexta-feira, em mais um jogo de preparação, marcado para o Pavilhão do Centro de Estágio e Formação Desportiva de Rio Maior.

Chile, Rep. Dominicana, Camarões e Japão no caminho de Portugal

Os Jogos Olímpicos da Juventude vão decorrer entre os dias 6 e 18 de outubro, na capital da Argentina, em Buenos Aires. Portugal vai estrear-se na fase de grupos diante do Chile, a 7 de outubro, pelas 16h00**. Os restantes encontros estão agendados para os dias 9, frente à República Dominicana (14h00), dia 10, frente à seleção dos Camarões (16h00), e dia 13, diante do Japão (14h00).

O torneio olímpico de futsal feminino será disputado por dez seleções, divididas em grupos de cinco. Apuram-se para as meias-finais, marcadas para 15 de outubro, as duas melhores classificadas de cada grupo. 

A grande final está agendada para o dia 17, às 15h30. No outro agrupamento em prova, encontram-se as equipas de Trinidad e Tobago, Espanha, Bolívia, Tonga e também a Tailândia.

Futsal em estreia

Participam nos Jogos Olímpicos da Juventude atletas entre os 15 e os 18 anos, em representação de 203 países. O futsal vai, pela primeira vez, fazer parte do programa dos Jogos, que inclui um total de 31 modalidades.

Ficha de jogo:

Jogo de Preparação para os Jogos Olímpicos da Juventude
Pavilhão Municipal Alfredo Bento Calado, em Almeirim
Portugal - Tailândia

Árbitros: Filipe Duarte e Cláudia Bica
3.º Árbitro: Luís Oliveira
Cronometrista: Luís Jesus Fernandes

Portugal - Marta Costa, Carina Luís, Márcia Ferreira, Beatriz Sanheiro e Telma Pereira - Cap.
Suplentes: Jéssica Martins, Ana Pinto, Beatriz Silva, Helena Nunes, Carolina Rocha, Marta Teixeira, Elsa Ferreira.
Treinador: Luís Conceição
Golos: 1-0 Márcia Ferreira (1'); 2-0 Beatriz Sanheiro (1'), 3-0 Telma Pereira (2'); 4-0 Telma Pereira (11'); 5-0 Márcia Ferreira (26')
Disciplina: nada a assinalar

Tailândia: Sorahong, Huajaipetch, Klinbunkaew, Chadaeng, Saovapa Tranga - Cap..
Suplentes: Pungpadung, Nuathong, Thongkhan, Stribunhom, Promnak, Khanmuenwai, Twinwong, Kaeophueak.
Treinador: Patt Sriwijt
Golos: 5-1 Khanmuenwai (39')
Disciplina: nada a assinalar

**As horas dos jogos mencionados em Buenos Aires são as locais. Em Portugal continental são mais quatro horas.

Dois dias dois jogos oficiais no Campo das Cerdeirinhas em Regadas


AD Fafe: Todos os jogos da formação do futebol

Pró-Nacional AF Braga: Arões SC desloca-se ao recinto do Ribeirão


Futsal - 2.ª Div. Nac.: Nun'Álvares/IESFafe estreia-se em casa frente ao Arcas S. Paio


Taça de Portugal: AD Fafe recebe o Sporting Ideal (Açores)


Todos os jogos da formação do Arões SC

AD Fafe: Esta sexta feira há Assembleia Geral


Rally de Portugal histórico passa por Fafe a 3 de Outubro

FONTE: Autosport 

Miki Biasion e Stig Blomqvist de regresso a Fafe

Miki Biasion e Stig Blomqvist em Lancia Delta Integrale e Audi Quattro regressam aos antigos troços do Rally de Portugal. Lousada estreia Especial e passagem por Fafe na edição deste ano.

A 13.ª edição do Rally de Portugal Histórico, uma das mais exigentes provas de regularidade histórica da Europa, vai para a estrada entre 2 e 6 de outubro. Este ano, com nomes de peso: Miki Biasion e Stig Blomqvist ao volante de um Lancia Delta Integrale e de um Audi Quattro. Pilotos e máquinas que marcaram a história dos ralis e que regressam aos troços do Rally de Portugal dos anos 70 e 80.

A passagem noturna pelos troços de Sintra, a 5 de outubro, vai ser aberta por Miki Biasion, bi-Campeão do Mundo e vencedor de três edições do Rally de Portugal, e o Campeão do Mundo Stig Blomqvist que vão rodar aos comandos de um Lancia Delta e de um Audi Quattro, respetivamente. No dia seguinte, os dois pilotos alinham também no Slalom do Autódromo do Estoril perante os milhares de adeptos esperados naquele circuito.

Outra novidade desta edição é a especial de Lousada, onde se realiza a Prova de Regularidade por Setores, no Euro Circuito, seguida de uma assistência em Fafe.

Mas a prova tem muito mais atrativos, já que este ano se insere no programa do Estoril Classics Week. Depois da tradicional partida dos Jardins do Casino Estoril rumo à Figueira da Foz, a segunda etapa leva as 87 equipas em competição no rally a Braga, junto à Câmara Municipal.

Ao terceiro dia, o pelotão passa por Lamego para mais uma especial na Rampa da Nossa Senhora dos Remédios e termina com o Controlo Horário junto à Câmara Municipal de Viseu. Sexta-feira é dia de as equipas rumarem aos Jardins do Casino Estoril, onde chegam de madrugada, depois de várias classificativas como a Rampa de Montalto, o Kartódromo dos Milagres e a noite de Sintra, sempre repleta de milhares de fãs. A prova termina no sábado, dia 6, com outra estreia: o regresso do Slalom do Autódromo do Estoril ao Rally de Portugal, etapa marcante nas edições dos anos 70 e 80.

Na edição de 2018 participam 87 equipas de 13 nacionalidades com carros fabricados entre 1946 e 1985. Cumprem quase dois mil quilómetros, 600 dos quais em regularidade, organizados em quatro etapas com mais de 40 especiais e que atravessam 78 concelhos do País.

Programa:
1 de outubro:
• Verificações administrativas no Hotel Palácio no Estoril
2 de outubro:
• Verificações técnicas no Circuito do Estoril
• Arranque da Prova nos Jardins do Casino do Estoril (13h30)
• Chegada à Figueira da Foz à Avenida 25 de Abril (19h30)
3 de outubro:
• Partida da Figueira da Foz (08h00)
• Circuito de Lousada (15h15)
• Serviço de Assistência em Fafe (17h15)
• Chegada a Braga à Camara Municipal (18h45)
4 de outubro:
• Partida de Braga da Camara Municipal (08h00)
• Chegada a Viseu à Camara Municipal (19h05)
• Flexi Service junto ao Hotel Montebelo (22h30)
5 de outubro:
• Partida de Viseu do Hotel Montebelo (08h00)
• Regularidade por Sectores no kartodromo de Leira (19h15)
• Dupla passagem pela Lagoa Azul / Peninha (23h55)
6 de outubro:
• Chegada aos Jardins do Casino do Estoril (01h50)
• Slalom no Circuito do Estoril (10h10 às 12h40)
• Exibição Slalom no Circuito do Estoril (15h05 às 15h35)
• Distribuição de Prémios no Casino do Estoril (20h00)

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Andebol 1: AC Fafe, 24 - CCR Fermentões, 18 (Primeira vitória da época)

Texto e fotos (arquivo): João Carlos Lopes  

Grande fôlego na segunda parte  

O Andebol Clube de Fafe conquistou a primeira vitória sob o comando de Viktor Tchikoulaev ao bater a equipa da vizinha cidade de Guimarães CCR Fermentões 24-18, em jogo de acerto de calendário, referente à 1.ª jornada do Campeonato Nacional de Andebol 1, que tinha sido adiada. 

Foi a equipa vimaranense a entrar melhor chegando aos parciais de 0-2 e 1-3, com o AC Fafe a chegar aos 3-3 aos quatro minutos, passando o Fermentões novamente para a frente 3-4, seguindo-se o 4-4, 4-5, 5-5 até com os fafenses a deslocarem com dois golos 7-5 mas a formação visitante a igualar a sete e prosseguindo este ritmo no marcador até aos 10-10, até que na parte final da primeira metade a equipa de Tchikoulaev ganhou dois golos de diferença 12-10. 

Na segunda parte, depois de algumas falhas técnicas das duas equipas o Fermentões reduziu mas o ACF voltou a colocar a vantagem em dois golos, 13-11. conseguindo depois chegar à vantagem por três 14-11 e 15-12, ganhando algum fôlego quando atingiu os 17-13, chegando aos seis golos de diferença aos 45', 21-15. Aos 52' o Fermentões tinha recuperado três golos, 22-18, tendo sido marcados apenas mais dois golos nos últimos oito minutos em que houve várias falhas técnicas, remates falhados e defendidos dos dois lados, tendo o jogo terminado com 24-18 a favor dos fafenses.

A equipa fafense volta a jogar novamente em casa no Próximo Sábado, pelas 21 horas, quando receber o Arsenal da Devesa no Pavilhão Municipal.