.

.
.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Todos os jogos da formação de futebol da AD Fafe


Futsal - 2ª Div. Nac.: AD Fafe desloca-se ao recinto do Macedense


Todos os jogos da formação de Futsal da AD Fafe


Div. Honra AF Braga: GCD Regadas - AN Tabuadelo

Fut. Popular: SR Cepanense recebe o GD Amigos Quinchães

Todos os jogos do OFC Antime


Jogador de andebol fafense Luís Gonçalves morre vítima de acidente

REDAÇÃO

Jogador tinha apenas 28 anos

O jogador e capitão do Póvoa Andebol Clube e antigo atleta do Andebol Clube de Fafe, Luís Gonçalves, faleceu, de 28 anos, foi vítima de atropelamento na A11, que liga Esposende a Braga, não tendo resistido aos ferimentos.

O carro conduzido pelo fafense sofreu um despiste e foi socorrido por elementos ligados à equipa de Sub-23 de futebol do SC Braga, que regressava do jogo frente à Académica, mas ao que tudo indica a viatura despistada foi abalroada por um carro dos Bombeiros de Esposende, que seguia no mesmo sentido e que atingiu mortalmente Luís Gonçalves.

O jogador fez formação e jogou na equipa sénior do AC Fafe e em 2015/16 mudou-se para a Póvoa de Varzim, para representar o Póvoa AC, onde mantinha o estatuto de capitão de equipa.

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Todos os jogos da formação do Grupo Nun'Álvares/IESFafe

Pró-Nacional AF Braga: Arões SC recebe o Brito SC

Futsal - Taça de Portugal: Nun'Álvares/IESFafe desloca-se ao Arsenal de Parada (Maia)


Viagem de ida e volta para o Taipas - Fafe apenas por 5 euros


Campeonato de Portugal: AD Fafe desloca-se às Taipas

Futsal - 2.ª Div. Nac.: Nun'Álvares/IESFafe desloca-se a Valpaços

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Karate: Centro Budo de Fafe com excelentes resultados na I Liga Soshinkai

REDAÇÃO

Os objetivos definidos foram totalmente cumpridos

No dia 24 de novembro o Pavilhão da Associação Recreativa Os Restauradores do Brás-Oleiro, em Águas Santas - Maia, acolheu a primeira jornada da Liga Soshinkai, prova organizada pelo Clube de Karate Restauradores Brás-Oleiro sob a égide da Associação Shotokan Internacional Portugal (ASKIP).

Esta liga realiza-se em três jornadas, sendo que o principal objetivo deste evento passa por proporcionar a muitos atletas que, em razão da idade e da graduação não participam com regularidade em competições desportivas, tomem o gosto pela competição.

Esta competição tem, também, a particularidade de colocar os competidores em grupos em função da idade e da graduação, e competirem uns contra aos outros saindo como vencedor o atleta que tiver maior número de vitórias obtidas e/ou maior número de pontos marcados.

Os objetivos definidos pelo Centro Budo foram totalmente cumpridos, sendo vários os primeiros lugares alcançados, fazendo com que estejamos numa excelente posição para a conquista de medalhas aquando da terceira jornada desta prova, uma vez que só nessa altura é que os competidores com o maior número de pontos obtidos no somatório das três jornadas é que subirão ao pódio.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

4.º Passeio de BTT Roda Regadas superou todas as expectativas

REDAÇÃO

Atingidos níveis nunca antes alcançados

Foi mais um grande momento de satisfação o 4,º Passeio BTT organizado pela equipa GCDR Roda Regadas, ocorrido naquela freguesia no último Domingo. 

Este evento contou com a presença de 260 participantes de várias localidades vizinhas mas não só, pois compareceram betetistas desde Ribeira de Pena até Peniche e o número de participantes superou os das ultimas três edições.

A prática de BTT tem vindo a crescer nesta zona do concelho devido ao esforço realizado pela secção de ciclismo do Grupo Cultural e desportivo de Regadas, Roda Regadas, que além da prática desportiva divulga o que de melhor tem a natureza na zona em que se insere.

Para saudar e bem receber todos os participantes estiveram presentes a vereadora da Câmara Municipal de Fafe Márcia Barros, a presidente da Junta de Freguesia de Regadas, professora  Laura Alves, o presidente do Grupo Cultural e Desportivo de Regadas, Zé Zé Lobo e a apadrinhar o evento esteve o campeão regional do Minho de BTT na classe de Elites Tiago Ribeiro, que é um ilustre atleta fafense.

A todos eles a organização deixa o agradecimento devido, em nome da equipa Roda Regadas que agradece igualmente a todos os participantes, colaboradores e patrocinadores, pois só o esforço conjunto permitiu que este evento continue a ser um repetido sucesso .

Futebol Veteranos: CD Ponte, 2 - UD Fafe A60, 1

Texto: JCL 

Vantagem fugiu na segunda parte 

Os veteranos da UD Fafe A60 deslocaram-se a Guimarães para mais um jogo da Liga Interplanetária da Amizade, tendo baqueado perante a formação do Clube Desportivo de Ponte por 2-1, numa partida bem disputada em toda de equilíbrio.  

Ao intervalo a equipa orientada por Arlindo Silva, Neco Braga e Abílio Pires saiu na frente do marcador com um golo apontado por Luís Mário. 

Na segunda parte a equipa da casa deu a volta aos acontecimentos com a sorte a acabar por sorrir à equipa da casa, num jogo em que o empate seria o resultado mais justo.

Nuno Fernandes foi 14.º na Taça de Portugal de Trail



Texto: JVM / Fotos: DR

Clube de Atletismo de Fafe com 
dupla representação na Ilha das Flores

A magnífica Ilha das Flores, nos Açores, foi palco do Extreme West Atlantic Trail, prova de 36km que definia o vencedor da Taça de Portugal de Trail e, para a qual, o Clube de Atletismo de Fafe conseguiu apurar dois atletas.

Nuno Fernandes e Rui Pedro Povo representaram Fafe, numa prova que reuniu grande parte da “Nata” do Trail Running português.

Nuno Fernandes esteve em bom nível e terminou a prova no 14.º lugar, com 4h03min.

Por seu lado Rui Pedro Povo concluiu a dura prova, agravada pelas más condições climatéricas e pela agressividade do terreno, mas suavizada pelas paisagens de cortar a respiração, no 44.º lugar, com 5h06min.

Foi uma forma ímpar para os 2 fafenses de visitar umas das Ilhas mais bonitas, mas também mais remotas, do Arquipélago dos Açores.

Pelo Continente, nota para a prestação de Nuno Lemos na distância de 17km do Trail Rota do Granito, onde foi 2.º da geral e 2.º do seu escalão.

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Todos os resultados da formação do Arões SC

Todos os resultados da formação do Grupo Nun'Álvares/IESFafe


Div. Honra AF Braga: OFC Antime, 2 - Ruivanense AC, 1 (Saboroso)

REDAÇÃO

Melhor exibição da temporada

O Operário de Antime recebeu e venceu de forma categórica, por 2-1, o Ruivanense, quarto classificado, pois arrancou uma excelente exibição, talvez a melhor desta época.

Foi um encontro disputado a um ritmo muito elevado, com ambas as equipas a privilegiar jogadas rápidas de ataque.

Porém as jogadas com maior perigo para as ambas as balizas  pertenceram todas ao Antime. Assim, aos 18 minutos e 23 minutos, poderia ter inaugurado o marcador através de Rui Abreu e Óscar.

Contudo, quem primeiro marcou foi o Ruivanense aos 28 minutos. Corte de um defesa famalicense à saida da sua área defensiva que apanhou em contra-pé a defesa do Antime e perante Rui Neto desferiu um portento pontapé.

Este golo criou alguma intranquilidade à equipa do Antime, que necessitada de pontuar, mais uma vez viu o seu adversário marcar na primeira oportunidade que dispôs.

Até ao intervalo viu-se o Antime a tentar igualar a partida mas a defesa adversária foi resolvendo os problemas que os avançados locais lhes criavam, sobretudo por Sousa que não lhes deu um momento de  descanso.

Nos segundos quarenta e  cinco minutos o Operário de Antime entrou muito forte a pressionar o seu adversário e disposto a mudar o resultado. Fruto disso mesmo, logo aos 46 minutos, Morais isolou-se  mas não foi eficaz e expedito na hora do remate.

Aos 50 minutos, jogada de ataque desenhada pelo lado direito do ataque do Antime, Morais a cruzar e, Sousa, a saltar mais que o guarda-redes do Ruivanense, igualou a partida.

Aos 56 minutos e 60 minutos foi Malhado a ter duas boas chances para colocar a sua equipa em vantagem, mas em ambas não consegui concretizar.

O Antime chegou à vantagem aos 80 minutos, com uma grande cabeçada de Óscar após a marcação de um canto por Morais.

Até final o Antime ainda dispôs de mais duas ou três oportunidades para ampliar a vantagem, mas Morais e Castanha não deram o melhor seguimento às jogadas.

De referir que nesta segunda parte o guarda-redes Rui Neto foi um mero espectador.

Vitória justíssima do Antime, perante um valoroso adversário, e uma excelente arbitragem, apitando à inglesa dando sempre bem a lei da vantagem.

OFC ANTIME: Rui Neto; Rafa Óscar (Marcelo, 87' ), Rui Abreu (Ricardo Morais, 67'), Samu; Malhado, Carioca, Morais, Di Maria (Rui Pedro, 76'); Sousa e Castanha. Treinador, Paulo Soares.

AD Fafe: Resultados formação de futebol

ADR Rumo ao Futuro /CS Fafe: Resultados


Fut. Popular: AD Maçorra, 0 - ADCR Santa Cristina, 5 (Bis de Chinelo e Rosita)

REDAÇÃO

Valeu pela 2.ª parte 

Num jogo que valeu pela segunda parte do Agrupamento e onde Maçorra não conseguiu criar grandes problemas a equipa fafense venceu por 5-0.

Uma primeira parte com um ritmo de futebol muito baixo e nem sempre bem jogado, mesmo assim das poucas vezes que o bola chega a baliza o agrupamento aos 44 minutos chegou ao golo. Cruzamento da direita por Cardoso e Lizuarte ao segundo poste de cabeça a não perdoar. Resultado que se manteve até ao descanso.

Depois do intervalo o Agrupamento surgiu com vontade de resolver o jogo e logo no arranque da segunda parte aos 46 minutos Chinelo faz o 0-2. Logo depois do golo Cardoso é expulso e deixa o Agrupamento praticamente toda a segunda parte a jogar com 10. 

Mesmo assim, o Agrupamento continuou por cima do jogo e aos 57 minutos Chinelo iria bisar na partida e fazer o 0-3. 

O quarto e quinto golo ficaram a cargo de Pedro Rosita que também bisou na partida fechando a contagem em 0-5.

domingo, 25 de novembro de 2018

Futsal Fem - 1.ª Div. Nac.: CD Ourentã, 2 - Nun'Álvares/IESFafe, 1


Juniores - Div. Honra AF Braga: FC Marinhas, 3 - OFC Antime, 2 (Pássaro esteve na mão)

REDAÇÃO

Segunda parte de muitos azares 

O Antime perdeu no terreno do líder, Marinhas, por 3-2, depois de uma primeira parte de luxo em que chegou o intervalo a vencer por duas bolas a zero. Aos 10 minutos remate de Tomé do meio-campo a fazer um chapéu o guarda-redes e aos 20 minutos 2-0, cruzamento de Tomé para o primeiro poste onde apareceu Pedrinho de cabeça a fazer golo.

Aos 30 minutos grande remate de Pedrinho com a bola a tirar tinta do poste; aos 37 minutos canto para o Antime marcado para área onde não apareceu ninguém para encurtar com o intervalo a chegar com a vantagem de duas bolas para os operários.

Na segunda parte o Antime sofreu o 1-2 aos 55 minutos numa bola metida ao segundo poste onde apareceu um jogador do marinhas a encostar para golo; aos 62 minutos Duarte saiu lesionado e aos 65 o Marinhas chegava ao empate, numa golo bola para área com o vento a trair o guarda redes Pedro fazendo a bola a mudar de trajetória.
´
Aos 67 nova lesão, agora do Central Rocha  e aos 70 minutos o Marinhas chegou ao terceiro golo e a partir daí o Antime tentou chegar o golo más não conseguiu.

OFC ANTIME: Pedro Durães, Rocha, Duarte,  Silva(C), Tomé, Lousada, Pedrinho, Luisinho, Alex Solano, Henrique e Diogo Castro. Treinador, Pedro Ismael Gonçalves.

Anabela Mota obteve o 1.º lugar no escalão F50 no 5.º Trail de Lousada

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Uma vencedora por natureza 

A Atleta do Travassós Running Fafe, Anabela Mota obteve o primeiro lugar no escalão F50 do 5.º Trail de Lousada, confirmando que a persistência mais tarde ou mais cedo dá o devidos frutos e compensa o trabalho dispensado. 

Anabela é daquele tido de atletas que participa nas corridas por puro prazer, aproveitando ao máximo o convívio, desfrutando ao mesmo tempo dos belos recantos da natureza. 

De vez em quando consegue juntar o útil ao agradável e trazer para casa uma recordação que para si tem tanto significado como se tivesse ganho uma grande corrida porque quando parte e chega à meta isso já conta como uma vitória.  

Pró-Nacional AF Braga: FC Amares, 0 - Arões SC, 1 (Gil resolve)

REDAÇÃO

Marcar e defender o suficiente 

O Arões regressou às vitórias no campo do Amares após uma jornada anterior aziaga, tendo vencido por 1-0, com o golo solitário a ser marcado por Gil, num jogo muito disputado a meio campo. 

O Arões assumiu o controlo do jogo mas o Amares foi defendendo bem demonstrando porque é que ainda não perdeu em casa até à 13.ª jornada. O intervalo chegou sem oportunidades de golo. 

Na segunda parte saiu André  e entou Fausto. O Arões começa a pressionar o Amares mais junto da área e tem boa oportunidade aos 60' com Nuno a rematar para defesa apertada do guarda-redes. 

Aos 70' saiu Gutti  e entrou Agostinho. O meio campo fica mais fresco e segura a construção de jogo do Amares que só entra na área do Arões através de pontapé longo.

Aos 75', canto de Nuno Almeida e Zézinho ao segundo poste cabeceia para defesa por instinto do guarda-rede em cima da linha. 

Aos 80' saiu Fred  e entrou Diogo e o Arões passa a jogar em 4x4x2. Aos 85' Agostinho recupera bola no meio campo e lança Korta que mesmo sobre a linha final cruza para a zona de penalti onde aparece Gil a encostar para golo.

O Amares arrisca tudo balançando-se na frente e no contra golpe primeiro Diogo e depois Fausto podiam ter marcado.

Futsal - 2.ª Div. Nac.: AD Fafe, 6 - Âncora Praia, 1


Só restam duas equipas de jogadores fafenses na Taça de Portugal

Texto: JCL / Foto: DR

Hélder Ferreira, Tomané e Bruno Monteiro seguem em frente

Após a quarta eliminatória da Taça de Portugal passaram a restar apenas duas equipas onde jogam jogadores fafenses nesta competição. 

Assim, o Tondela de Tomané e Bruno Monteiro eliminou o Vale Formoso por expressivos 7-0. Também o Vitória SC, de Guimarães, de Hélder Ferreira segue em frente após ter vencido o União, na Madeira,por 2-0. 

Quem não teve a mesma sorte foi o Covilhã de João Nogueira que perdeu em casa com o Moreirense FC por 3-0.  



Div. Honra AF Braga: AC Gonça, 2 - GCD Regadas, 3 (Bem focados)

Texto: JCL / Foto: DR

Manter a sede de vitória 

O GCD Regadas deslocou-se a Guimarães para disputar o jogo da 8.ª jornada com o AC Gonça tendo vencido por 3-2, mantendo-se focado nos lugares da frente com vista o objectivo de regressar novamente à Divisão de Honra. 

Em Gonça foi a equipa casa a marcar primeiro mas a formação orientada por Marcelo Teixeira conseguiu igualar antes do intervalo por Bruninho. 

Na segunda parte a turma regadense passou para a frente do marcador com um golo apontado por Leandro e beneficiou de um autogolo para chegar ao 1-3. A equipa de Gonça ainda reduziu para 2-3 mas os regadenses não deixaram fugir a vitória.

Fut. Popular (AMAF): GDCR Pardelhas, 1 - SR Cepanense, 2 (Quebrada a malapata)

REDAÇÃO

Jogo extremamente difícil

A Sociedade de Recreio Cepanense deslocou-se ontem a Pardelhas, para jogar com a equipa local do Grupo Desportivo de Pardelhas, em jogo a contar para a 6.ª Jornada do Campeonato AMAF, tendo levado de vencida a equipa local por 2-1. .

Num dérbi que se previa extremamente difícil, num campo em que a Sociedade de Recreio Cepanense nunca consegui ganhar, a equipa de Cepães saiu com a vitória, após um jogo frenético e em que o Cepanense consegui dar a volta ao marcador. Os golos surgiram todos na segunda parte, com o Pardelhas a adiantar-se por Mendes e na equipa do Cepanense marcaram Raul Oliveira e Ivo Sá.

A primeira parte, começou logo com duas oportunidades de golo, uma para cada lado, com os respetivos defesas a conseguir afastar o perigo já perto da linha de golo. O Pardelhas entrou melhor e ao minuto 9,  por intermédio de Fábio Pincha fez o primeiro remate, este a sair ao lado. O Pardelhas dispôs de dois livre perto da área Cepanense aos minutos 11’ e 13’ sendo que o segundo passou a centímetros do poste esquerdo da baliza de João Mendes. 

Num inicio de jogo em que o Cepanense mostrou algumas dificuldades de adaptação ao terreno de jogo que fruto da chuva que se fez sentir pois estava bastante escorregadio. Os homens de Pardelhas estiveram mais uma vez perto do golo, quando ao minuto 18’ um homem Cepanense escorregou e o homem de Pardelhas Fábio Pincha em boa posição rematou por cima, naquela que foi a melhor oportunidade do Pardelhas na 1.ª parte. O Cepanense voltou-se a partir do minuto 20 começou a afastar a pressão e começou a assumir o jogo e a dispor de algumas oportunidades. Albano ao minuto 21 esteve muito perto de marcar, levando a bola a embater mesmo na parte de fora da barra. 

O mesmo Albano ao minuto 24’ após jogada individual esteve mais uma vez perto do golo, golo esse que acabou por marcar ao minuto 26’ mas foi-lhe anulado o golo e assinalado fora de jogo, fora de jogo esse bem assinalado diga-se. Volvidos dois minutos Rui Leite isolou-se e quando preparava-se para fazer um chapéu ao guarda redes da casa, um homem de Pardelhas fez um corte providencial, retirando assim praticamente o golo certo ao Cepanense. Até ao final da primeira parte registo para uma oportunidade para cada equipa. Primeiro Albano que após fintar 3 jogadores levou a bola a passar perto da baliza do Pardelhas e por último, ao minuto 37’ foi a vez do Pardelhas a rematar com perigo ao lado da baliza de João Mendes.

Na segunda parte, apesar de ter sido o Cepanense a criar a primeira oportunidade de golo ao minuto 49’ quando Raul cabeceou levando o guarda redes da casa a defender a meias com a trave, foi o Pardelhas que inaugurou o marcador. Fábio Pincha cruzou na direita, e livre de marcação o jogador do pardelhas Mendes só teve de cabecear para o fundo da baliza de João Mendes.

A resposta do Cepanense foi demorada, e só ao minuto 60’ é que incomodou o guarda redes da casa quando na sequencia de um canto  Tó Faria cabeceou á figura do mesmo. Poucos minutos volvidos da entrada de David Teixeira, o mesmo David Teixeira após trabalhar na esquerda rematou forte e na recarga da defesa do guardião, Raul cheio de oportunidade rematou para o fundo das redes, restabelecendo a igualdade no marcador.

Após o golo, o Cepanense agigantou-se e ao minuto 75’ David Teixeira após ganhar a frente e quando estava com o guarda redes pela frente é importunado por um homem de Pardelhas e sofre falta passível de grande penalidade. Na marcação da grande penalidade, Tó Faria permite uma grande defesa ao guarda redes de Pardelhas. Na sequência da grande penalidade defendida, o Pardelhas em contra ataque por intermédio de Fábio Pincha levou a bola a beijar a barra da baliza defendida por João Mendes.
O Cepanense após o penalti não ter convertido o penalti, continuou a tentar o golo, e quando o relógio assinalava 80’ minutos de jogo aconteceu uma situação bem caricata, quando sem ninguém na baliza, David Teixeira rematou mas a bola prendeu numa poça de água em cima da linha de golo, quando já se festejava a reviravolta no marcador. O golo tão esperado surgiu no minuto 82’ com Ivo Sá a desferir um remate que entrou junto ao ângulo, um grande golo, em que o guarda redes da casa nada podia fazer.

Até ao final o Cepanense poderia ter ampliado o resultado, uma vez que o Pardelhas apostou tudo, e deixou a sua defesa muito desguardada. Ao minuto 87’ David Teixeira isolado permite mais uma bela defesa ao guarda redes do Pardelhas, e ao minuto 90’ voltaram se a repetir os intervenientes. O guardião da casa fez a mancha e a defendeu com a cara, a remate de David Teixeira. Até ao final do jogo importou conservar a vitória, num jogo que foi extremamente difícil, não só porque as condições atmosféricas foram adversas para a prática de um melhor futebol, mas também porque a equipa do Pardelhas jogou o jogo pelo jogo, acabando assim por ser a primeira vez nos últimos anos que a Sociedade de Recreio Cepanense ganha em Pardelhas.   

sábado, 24 de novembro de 2018

jogo de Juniores da AD Fafe terminou aos 64 minutos devido ao mau tempo


Texto: JCL

Jogo estava empatado e faltam realizar 26 minutos  

O jogo que a equipa de Juniores da AD Fafe foi disputar ao Estádio Padre Sá Pereira  Esposende terminou aos 64 minutos devido ao mau tempo que se fez sentir na orla marítima, nomeadamente a muita chuva que caiu, a qual impediu o jogo que se encontrava empatado a duas bolas de prosseguir. 

O Fafe esteve a perder por 1-0 e empatou aos 44', por César. Começou a segunda parte da mesma forma que acabou a primeira e passou para frente do marcador aos 48', através de Carlos Daniel. A equipa da casa empatou aos 60' de penalti que deixou muitas dúvidas.

Agora os fafenses vão ter que se deslocar a Esposende em data ainda a marcar para realizar os 26 minutos que faltam.  

Fut. Popular (AMAF): GD Amigos de Quinchães, 3 - AD S. Clmente, 0

REDAÇÃO

Tarde inspirada na mata das águas 

Os Amigos de Quinchães receberam a AD S. Clemente em jogo a contar para a Liga da AMAF em Futebol Popular e venceram por expressivos 3-0. 

Os Amigos entraram bem no jogo sem deixar o S. Clemente ter bola e com naturalidade chegaram à vantagem através de Flávio a cabecear para o fundo das redes, aos 14 minutos

Aos 18 minutos seria Moreira a ampliar a vantagem numa jogada digna de primeira liga, com o resultado a manter-se em 2-0 até ao intervalo. 

Na segunda parte o jogo a ficar mais equilibrado mas o S. Clemente só chegava à baliza dos Amigos de bola parada. Amigos que criaram mais oportunidades flagrantes de golo com Castro e Bento a falhar só com o redes do S. Clemente pela frente. Seria mesmo Bento aos 83 minutos a fazer o terceiro para os Amigos, fechando assim as contas do jogo.

Resultado justo para a turma de Quinchães, que esteve quase sempre por cima do jogo, numa tarde inspirada.

Futsal - 2.ª Div. Nac.: Nun'Álvares/IESFafe, 4 GD Carrazedo de Montenegro, 1 (Bis de Tiago Nogueira)



1-0 Guedes 

INTERVALO 

1-1 

2-1 Tiago Nogueira 

3-1 Maia 

4-1 Tiago Nogueira 

O Nun'Álvares marcou cedo e esteve a vencer até dez minutos do final altura em que a equipa transmontana marcou mas os Condestáveis ainda foram a tempo de fazer um resultado robusto e resgatar os três pontos, com Tiago Nogueira a bisar na partida. 

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÕES AQUI 

Div. Honra AF Braga: ACD Pica, 1 - CD Ronfe, 0 (Renan resolve)

Texto: JCL / Foto: DR 

Brasileiro tem sido o abono de família

A ACD Pica recebeu o CD Ronfe e a equipa de Rafa Leite confirma a boa temporada que está a fazer com mais três pontos acumulados por esta vitória alcançada pela margem mínima com mais um golo do abono de família da equipa Renan Guerra que leva já nove golos apontados. 

O golo foi apontado ainda na primeira parte pelo jogador brasileiro que trocou a formação do Arões pela da Pica. 

Este resultado mantém a equipa da Pica no segundo lugar da tabela afirmando-se como um dos candidatos aos dois lugares da frente com uma enorme concorrência atrás de si, pelo menos das equipas até ao 8.º lugar. 

1.ª Div. AF Braga: AN Tabuadelo, 1 - GD Silvares, 2 (Remontada)


Texto e foto (arquivo): JCL 

Boa reacção depois da adversidade 

O GD Silvares não se deixou abalar com os acontecimentos ocorridos no jogo caseiro com o Gonça na jornada anterior e deslocou-se a Guimarães para defrontar o Águias Negras de Tabuadelo por 2-1. 

Depois de uma primeira parte sem golos marcou primeiro a equipa de Tabuadelo mas a formação comandada por Ismael Sousa deu a volta à contenda com golos de Coelho e Carlitos. 

Na próxima jornada o Silvares recebe o líder, Polvoreira.

1.ª Div. AF Braga: GD Vasco da Gama, 1 - GDCR Fareja, 1 (Tipico de dérbi)

Texto e foto (arquivo): JCL 

Rolou mais Fareja mas deu empate  

O GD Vasco da Gama recebeu o GDCR Fareja em mais um dérbi concelhio que terminou comuma igualdade a uma bola, mostrando mais uma que a equipa orientada por Tiago Silva ganha motivação extra nos dérbis e sabe muito bem tirar partido do factor casa. Do Outro lado esteve o Fareja orientado por Stephane Varela que apesar de estar a fazer uma boa temporada não conseguiu levar mais que um ponto deste dérbi concelhio. 

Foi um grande jogo de futebol em que o Fareja foi criando o maior número de oportunidades mas o nulo a manter-se até ao intervalo.

Na segunda parte o Fareja voltou a entrar forte mas numa jogada individual o Vasco da Gama chegou à vantagem através de Rui Freitas, aos 60 minutos.

Volvidos cinco minutos numa transição rápida Abraão fez o empate para o Fareja que ainda teve mais uma mão cheia de oportunidades mas já não conseguiu chegar à vitória.

Bilhar: Liga de Pool ABV tem líder isolado

REDAÇÃO 

Luta cerrada pelo 2.º lugar 

Na ultima Quinta feira 22 de Novembro  jogou-se a 8.ª jornada da Liga de Pool, em Fafe, para o Campeonato da Liga ABV onde os Restauradores 2.º classificado com 19 pontos os mesmos do GDCR Pardelhas viram a distância aumentar para os Suecos que são líderes do campeonato.


Os Suecos deslocaram-se à Sede do GDCR Pardelhas de onde levaram para Estorãos três pontos muitíssimo importantes, contra um adversário directo.

Já no Recinto dos Restauradores da Granja também não foi dia sim para os da Granja que precisavam de vencer para manter a distância de dois pontos para os Suecos mas acabaram derrotados pelo Zona Bowlling de Fafe por 3-2, resultado esse que foi igual ao dos Suecos´´A´´ que venceram também por 3-2 e ficam agora como lideres do campeonato com 24 Pontos já os Restauradores da Granja como o GDCR Pardelhas ficam as duas equipas com 20 pontos no 2.º e 3.º lugar respectivamente.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Carlos Salgado já não é treinador do CD Celoricense


Texto: JCL

Técnico fafense estava na segunda época ao serviço do Clube

O técnico fafense Carlos Salgado já não é treinador do CD Celoricense equipa da Divisão de Honra da AF Braga que treinava desde o início da época 2016/17, desconhecendo-se, por hora, os motivos da sua saída. 

Antes de chegar ao Celoricense Salgado, de 41 anos, treinou o Mondinense FC, clube que subiu ao Campeonato de Portugal. Esteve ainda duas temporadas ao serviço do Antime, quatro ao na ACD Pica e uma no GD Sillvares, com subidas de escalão em todos os clubes fafenses. 

O CD Celoricense ocupa o 3.º Lugar da Série B da Divisão de Honra com os mesmos 17 pontos do 2.º ACD Pica e a dez do líder GD Serzedelo.  Somou cinco vitórias, dois empates e três derrotas a última em casa por 2-1 frente ao Santiago de Mascotelos. 

Andebol Clube de Fafe tem novas carrinhas

REDAÇÃO

Já chegaram ao Pavilhão

Um enorme agradecimento ao Município de Fafe que nos permitiu adquirir as carrinhas e assim darmos um grande passo na segurança dos nossos atletas.

Uma vez mais o Município estava atento as dificuldades de um clube fafense e disse presente. 

Em nome dos mais de 200 atletas do ACF nosso muito obrigado.

GD Silvares emitiu comunicado sobre os incidentes no jogo com o Gonça


REDAÇÃO


"Comunicado

A Direção do G.D. Silvares lamenta e repudia o que sucedeu no passado sábado, dia 17/11/2018 no jogo de futebol, entre o G.D. Silvares e o A. C. Gonça, realizado no nosso campo de jogos.

Sempre entendemos e continuamos a entender que o desporto é um meio saudável para o desenvolvimento físico, psíquico e social das pessoas contribuindo para o seu bem estar e é desse modo que esta Direção, seguindo esses valores, tem prosseguido o seu mandato. 

No entanto, neste momento a Direção do G. D. Silvares decide não emitir quaisquer juízos sobre o ocorrido, sendo sua intenção prestar mais tarde os devidos esclarecimentos, após serem esgotadas todas as investigações levadas a cabo pelas entidades para o efeito competentes. 

A direção"

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Div. Honra AF Braga: Os Sandinenses, 2 - OFC Antime, 2

REDAÇÃO

Primeiro empate fora de portas

O Operário de Antime obteve o seu primeiro empate fora de portas o qual se aceita tendo em conta o desenrolar da partida.

Nos primeiros quarenta e cinco minutos Os Sandinenses tiveram alguma supremacia no jogo. Boa circulação de bola entre os seus sectores, criando sempre algum perigo sempre que desciam pela faixa lateral esquerda da defesa do Antime.

O Antime numa postura mais retraída saía sempre também perigo para o ataque.

A primeira grande oportunidade surgiu aos 18 minutos, Castanha driblou todos os adversários e apareceu isolado perante o guarda-redes local mas na hora do remate final permitiu a defesa deste.

Aos 30 minutos Os Sandinenses adiantaram-se no marcador. Jogada de desenvolvimento pela direita do seu ataque, ganharam a linha de fundo, cruzamento atrasado para um jogador vindo de trás atirar sem hipótese de defesa para Cristiano.

Aos 32 minutos, após a marcação de um canto, a bola sobra para Samu que com a baliza à sua mercê atirou por cima da trave.

Aos 37 minutos foi Cristiano a evitar o segundo golo da equipa local ao defender o remate do adversário que lhe apareceu isolado.

Também Malhado aos 41 minutos poderia ter empatado a partida, após a marcação de um livre directo, mas o guarda-redes local efectuou a defesa da tarde com uma boa estirada mesmo junto ao poste.

Nos segundo quarenta e cinco minutos foi o Antime que esteve por cima do jogo e a entrada de Sousa foi determinante para isso.

Com uma frente de ataque mais alargada o Antime remeteu Os Sandienses para o seu meio campo defensivo, e advinhava-se que poderia a vir a empatar a qualquer momento.

Aos 64 minutos, Morais cruzou ao segundo poste e Di Maria apareceu nas costas dos defesas locais a rematar de cabeça para o fundo da baliza, fazendo assim o empate.

Os Sandinenses adiantaram-se novamente no marcador aos 69 minutos na conversão de uma grande penalidade.

Mas aos 80 minutos, novo cruzamento de Morais ao segundo poste e Di  Maria amorteceu para Rafa que vindo de trás arrancou um portentoso remate estabelecendo a igualdade.

Até final foi o Antime quem mais procurou chegar ao golo da vitória mas o resultado acabou por não se alterar mais.

Boa arbitragem.

No próximo Sábado o Antime recebe o Ruivanense.

OFCA: Cristiano (Nuno, 45'); Di Maria, Rui Abreu (Sousa, 54' ); Óscar; Samu; Carioca; Malhado; Zé Freitas (André Lopes, 73'); Castanha, Morais e Rafa. Treinador, Paulo Soares.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Leonardo Pereira (CBF) conquista o Bronze no Campeonato Nacional de Karaté

REDAÇÃO

Uma competição que se revelou de grande dificuldade

No domingo, dia 18 de novembro, o Complexo Desportivo da Universidade do Minho em Braga, acolheu o Campeonato Nacional Cadetes, Juniores e Sub 21, prova realizada sob a égide da Federação Nacional de Karaté - Portugal (FNK-P).

O Centro Budo de Fafe tinha apurado para o evento mais importante da época, no que diz respeito a estes escalões, oito atletas sendo que apenas seis competiram dois ficaram de fora por lesão.

Leonardo Pereira (cadete), Diogo Leite (cadete), Vítor Silva (júnior), João Rodrigues (júnior), Henrique Salgado (júnior) e Luís Fernandes (sub 21), foram os atletas que representaram o CBF na disciplina de Kumite (combate), numa competição que se revelou de grande dificuldade e de elevado nível competitivo como não poderia deixar de ser.

Leonardo Pereira (+ 70kg) teve um percurso brilhante ao longo dos combates disputados, apenas interrompido por um erro tático que o impediu de aceder à final, perdendo o combate por 4/3 quando estava a ganhar por 1/3 a 10 segundos do fim. Permitindo apesar de tudo a sua repescagem, conquistando em seguida a medalha de bronze. 

Outros competidores que poderiam ter igualmente feito pódio foram os atletas Vítor Silva (- 61kg) e Henrique Salgado (+ 76Kg), ambos estiveram na disputa da medalha de bronze, ficando-se, todavia, pelo 5º lugar.

O CBF destaca a prestação de todos os atletas que ganharam vários combates ao longo da competição, demonstrando enorme querer e grande espírito combativo.