sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

AGENDA DESPORTIVA DE FIM DE SEMANA


FUTEBOL NACIONAL 

Campeonato de Portugal Prio - FASE SUBIDA 
AD FAFE - GONDOMAR SC
Dia/Hora: Domingo, 14 Fevereiro - 15H00 

Local: Parque Municipal de Desportos, Fafe

Campeonato de Portugal Prio - FASE MANIETENÇÃO/DESCIDA
ARÕES SC - UNIÃO TORCATENSE
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro - 15H00 


Local: Campo Centro Formação da Juventude de Arões, Fafe

FUTSAL NACIONAL 

Campeonato Nacional da 1.ª Divisão

NUN'ÁLVARES - SC CANIDELO
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro - 17H00 
Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe 

FUTSAL DISTRITAL MASCULINO

Campeonato Distrital da 1.ª Divisão

A. VIEIRA FUTSAL - NUN'ÁLVARES
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro - 21H30 
Local: Pavilhão Prof. Aníbal Nascimento, Vieira do Minho 

A.E.I.P.C.A. - AF FAFE/SOL POENTE
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro – ??H00
Local: Pavilhão Municipal de Barcelos

FUTSAL DISTRITAL FEMININO

Campeonato Distrital da 1.ª Divisão

CLUBE SAÚDE DE FAFE - CD JUVENTUDE S. PEDRO 
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro - 18H30 
Local: Pavilhão do Arco de Baúlhe, Cabeceiras de Basto  



FUTEBOL DISTRITAL 

PRÓ-NACIONAL BRAGA

OFC ANTIME - VIEIRA SC 
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro – 15H00
Local: Campo de Jogos de Antime, Fafe.

GD TRAVASSÓS - GD SERZEDELO 
Dia/Hora: Domingo, 14 Fevereiro – 15H00
Local: Campo dos Carvalhinhos, Travassós, Fafe

Divisão Honra AF BRAGA

AMIGOS DE URGESES - ACD PICA
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro – 15H00
Local: Campo de Jogos de Urgeses, Guimarães. 

1.ª Divisão AF BRAGA


GD SILVARES - GD FAREJA  
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro – 15H00
Local: Campo Prof. Manuel José Dias, Silvares S. Martinho, Fafe. 

GCD REGADAS - GDC MOSTEIRO
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro – 15H00
Local: Campo das Cerdeirinhas, Regadas, Fafe.

UTEBOL VETERANOS 

UD FAFE A60 - VETERANOS DE VISEU 
Dia/Hora: Sábado, 13 Fevereiro – 17H30
Local: Campo de Jogos de Antime, Fafe.

FUTEBOL POPULAR  - VÁRIAS COMPETIÇÕES 

Competições da Associação de Futebol Popular de Fafe AQUI

FUTSAL CONCELHIO - LIGA G SPORT E OUTRAS COMPETIÇÕES

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Restauradores Granja na 7.ª concentração Sub 12 de Basquetebol de Vermoim


Redacção


Já se nota alguma evolução

A equipa de Sub 12 de Basquetebol dos Restauradores da Granja participou no passado sábado (30/01/20106), na 7.ª Concentração de Minisbasquete, em Vermoim, Vila Nova de Famalicão.

Os atletas dos Restauradores da Granja demonstraram evolução e entrega total nos jogos realizados, fruto do trabalho semanal durante os treinos.

Restauradores da Granja, AD Esposende, ATC-Associação Teatro Construção e Vitória Sport Clube foram as equipas participantes, numa supervisão da Associação de Basquetebol de Braga.

Juniores 2.ª Div. Fase Subida: AD Fafe recebe o Padroense SC na 1.ª Jornada

Texto: SML 

AD Fafe começa e acaba em casa

Já é conhecido o calendário de Jogos da fase de subida do Campeonato nacional de Juniores da 2.ª Divisão, com a AD Fafe a jogar a primeira jornada em casa na recepção ao Padroense FC. Segue-se deslocação sempre complica a Chaves, para regressar a casa com jornada dupla, contra Académico de Viseu e UD Oliveirense. O ùltimo jogo da primeira volta é uma deslocação aos Açores para jogar com o Clube Operário Desportivo.  

Agora mais que nunca a equipa orientada por Ivo castro merece o apoio de todos os fafenses, pois com ele os jogos tornarão-se mais fáceis de superar. A AD Fafe vai começar e terminar esta fase em casa, pois o último jogo será a recepção aos insulares do Operário dos Açores.  


CALENDÁRIO DE JOGOS

1.ª Jornada | 20-02-2016| AD Fafe - Padroense FC

2.ª Jornada |27-02-2016 | GD Chaves - AD Fafe 
3.ª Jornada |05.03.2016 | AD Fafe - Académico Viseu FC
4.ª Jornada |12.03.2016 | AD Fafe - UD Oliveirense
5.ª Jornada |02.04.2016 | Clube Operário (Açores) - AD Fafe

DIVULGAÇÃO - FUTSAL FEM.: Clube Saúde Fafe - CD Juventude S. Pedro

Futsal - Taça AF Braga: Nun'Álvares desloca-se ao recinto do Nogueiró

Texto: João Carlos Lopes

Um duelo de titãs pela final

O sorteio sorteios da Taça em Futsal que se realizou no auditório da A. F. Braga na última segunda feira ditou uma deslocação do Nun'Álvares a Braga para defrontar a difícil equipa do Nogueiró, actual líder do campeonato, em jogo a dipsutar numa só mão. 

A meia final está marcada para o dia 26 de Março e o vencedor terá presença garantida na ambicionada final da competição. 

De referir que o Nun'Álvares eliminou o Espinho Activo a duas mãos e a Associação Futsal Fafe/Sol Poente, enquanto o Nogueiró eliminou os Marretinhas a duas mãos e o Mouquim.

Recorde-se que na última jornada do campeonato Nun'Álvares e Nogueiró defrontaram-se para o Campeonato, no recinto dos Condestáveis, numa emocionante partida que os fafenses venceram por 6-5.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

DIVULGAÇÃO FUTSAL FEM. - Juniores AFB: Nun'Álvares - AD Outeirense

DIVULGAÇÃO FUTSAL FEM. - 1.ª Div: Nun'Álvares - SC Canidelo

DIVULGAÇÃO - LIGA JUVENIL SOG: Todo os jogos dos três escalões

DIVULGAÇÃO - DIV HONRA AF BRAGA: Amigos Urgeses - ACD Pica

DIVULGAÇÃO - PRÓ-NACIONAL: GD Travassós - GD Sezedelo

DIVULGAÇÃO - CPP: Arões SC - União Torcatense

DIVULGAÇÃO - CPP: AD Fafe - Gondomar SC

DIVULGAÇÃO: Todo os jogos do OFC Antime

DIVULGAÇÃO: Todo os jogos do Grupo Nun'Álvares

DIVULGAÇÃO: Todo os jogos do Arões SC

DIVULGAÇÃO: Todo os jogos do GCD Fareja

Ricardo Morais (ex-Carregal) reforça o meio campo do OFC Antime

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Internacional Português para ajudar na manutenção 

O médio defensivo e internacional português Ricardo Morais está de volta ao futebol fafense para representar o OFC Antime e tentar ajudar os antimenses a ficar na divisão Pró-Nacional, juntando-se a outro médio, Paulo Daniel, ex- Arões SC. 

O jogador de 25 anos que teve um percurso invejável na formação do Vitória SC, que o levou a ser chamado por várias vezes às Selecções Nacionais, tinha representado a ACD Pica antes de rumar à Zona Sul para representar o CF Carregal do Sal, também no futebol distrital. 

As lesões e a profunda reestruturação que sofreu o futebol nacional têm impedido este jovem jogado de se afirmar mas ainda está muito a tempo de demonstrar as qualidades que demonstrou na formação. 

Como sénior, Ricardo Morais representou o GD Serzedelo, Amarante FC, Sporting de Espinho, FC Lixa, Ponte da Barca, Vila Meã, ACD Pica e Carregal do Sal. Chega a Antime com a esperança de poder ajudar um clube da terra a concretizar os seus objectivos.          

Futebol Popular Sub 17: GCD Paços, 7 - GCD Armil, 0 (Póker de Rui Rocha)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Paços apanhou Armil em dia não

O Paços goleou o GD Armil por 7-0, em mais uma jornada do campeonato Sub 17, em futebol de 7, da tendo os pacenses conseguido uma vitória importante diante de um dos eternos rivais, num jogo bem conseguido.

O Paços dominou por completo a partida desde do início e marcou cedo, aos 5', por Carlos Freitas e de seguida Rui Rocha dilatou o marcador para 2-0.

Sem conseguir reagir o Armil consentiu ainda mais dois golos por Fábio Castro e Mário Pião aos 15' e 20'.

Na segunda parte o Armil equilibrou a partida e ainda chegou a assustar o guardião pacense mas sem resultados práticos.

Mas a equipa de Paulo Martins não baixou os braços e disso resultou em mais três golos por Rui Rocha que foi o herói do jogo ao fazer o seu primeiro Póker ao serviço do Passos.

o treinador da equipa que lidera o campeonato, Paulo Martins, referiu no final.: “o jogo era muito importante para nós e pensávamos de antemão que seria ainda mais complicado e com o decorrer do mesmo é que foi se tornando mais fácil, devido a grande atitude dos meus jogadores que levaram a sério a partida do início até ao fim e de um dia não do Armil. Só assim, tudo somado, é que deu este resultado tão dilatado e não acredito que volte a acontecer num futuro próximo. De salientar que sendo um jogo entre duas equipas rivais não houve nenhum cartão exibido por parte da equipa de arbitragem que se portou muito bem, contando também com o bom comportamento das duas equipas. Quero dizer que por termos ganho hoje não quer dizer que quem perdeu está fora da corrida porque o Armil tem uma grande equipa e com bons valores, e "amanhã" poderão ser eles a ganhar desta forma também."

AF Popular de Fafe: Resultados Seniores/Sub 13 e Sub 17

AF Popular de Fafe: Resultados Futsal Seniores Feminino e Sub 10

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Brasileiro, Paulo Daniel (ex-Arões SC) reforça OFC Antime


Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 


Médio ofensivo para acrescentar qualidade

O médio ofensivo, de 21 anos, Paulo Daniel que até há bem pouco tempo representava o Arões SC, no Campeonato de Portugal Prio é reforço confirmado do OFC Antime e já se encontra à ordens do treinador Luís Gomes. 

Trata-se de um jogador ainda jovem que tinha sido pouco utilizado por Luís Miguel Barros na equipa aronense mas com predicados suficientes para acrescentar qualidade aos antimenses que estão a fazer um último esforço no sentido de ainda irem a tempo de se manterem na divisão Pró-nacional, pelo que este não será o único reforço da equipa, que entretanto também perdeu algumas unidades, por vários motivos.     

O OFC Antime encontra-se na penúltima posição, a sete pontos da linha de água mas enquanto for matematicamente possível vai tentar tudo para se manter na Pró-Nacional. 

CPP: Maicon (ex-Lixa) é reforço do Arões SC

Texto: Ricardo Jorge Castro | Foto: DR

Brasileiro chega para o centro da defesa

O defesa-central Maicon é o segundo reforço confirmado pelo Arões para atacar a permanência no Campeonato de Portugal Prio. O brasileiro, de 29 anos, chega do Lixa, clube da Divisão de Elite da AF Porto.

Em Portugal, Maicon jogou pelo Barrosas entre 2007/2008 e 2010/2011. Esteve no FC Felgueiras nas duas épocas seguintes e voltou ao Barrosas para a temporada de 2013/2014. Transferiu-se depois para o Lixa, onde estava há época e meia.  

O brasileiro, de 1,90m, aumenta as opções de Luís Miguel Barros para o centro da defesa. Na presente época, fez 24 jogos pelo clube portuense.

Mike Cunha está de regresso ao GD Silvares

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Mais experiência do meio campo para a frente

O antigo jogador das camadas jovens da AD Fafe, Michael Cunha, conhecido no futebol por Mike, está de regresso ao GD Silvares de onde saiu no final da época passada para ingressar no Futsal do Grupo Nun'Álvares. 

É um médio esquerdo combativo e com faro para o golo como atestam as suas passagens por vários clubes incluindo a formação, repartida pelo Vitória de Guimarães e pela AD Fafe.

O jogador fez a sua primeira época de sénior no ano de 2005/2006, ao serviço do Atei Futebol Clube, equipa do Distrito de Vila Real, pela qual fez 27 jogos e marcou 11 Golos. Nesse mesmo ano as suas qualidades levaram-no a ser chamado à Selecção Sub 20 da Associação de Futebol de Vila Real.

No segundo ano de sénior, em 2006/2007, foi cobiçado pelo técnico Vítor Pereira, actual treinador do Mondinense FC que, na altura treinava o Sporting Clube de Lamego e queria levar Mike para essa colectividade. Esse namoro do SC Lamego acabou por não se concretizar devido à distância e aos estudos e nesse mesmo ano Mike acabou por ingressar no Arco de Baúlhe, onde fez 30 jogos e marcou 14 Golos.

Na época de 2007/2008 Vítor Pereira voltou a insistir com Mike para ingressar no SC Lamego e o jogador voltou a rejeitar pelos mesmos motivos que tinha alegado anteriormente, optando por jogar no Vilarinho F. C., outra equipa da AF de Vila Real onde fez 29 jogos e apontou 12 golos.

Na época de 2008/2009 jogou meia no Vilarinho FC, onde marcou seis golos em onze jogos e em Janeiro rumou ao F. C. Cerva para fazer 12 jogos e marcar mais 8 golos.

Na época de 2009/2010, ingressou no Silvares tendo realizado 11 jogos e obtido 7 golos mudando-se em Janeiro para o FC Gandarela onde realizou mais 16 jogos e marcou mais 15 golos.

Depois, ingressou na universidade para tirar curso de Desporto, rejeintabdo algumas propostas para jogar, tendo-se mantido sempre activo desportivamente jogando futsal, onde representava a Sociedade de Recreio Cepanense no Campeonato de Futsal Concelhio.

Em Janeiro desse mesmo ano de 2011, recebeu propostas de três clubes da Região de Basto, tendo optado finalmente pelo Mondinense.

Depois disso ainda representou o GCD Regadas e o GD Silvares, onde regressa agora, aos 29 anos, a convite do treinador, Jorge Teixeira.

GRUPO NUN'ÁLVARES: Resultados de todas as equipas de futsal

Fafe Trail Run (13 de Março): 500 participantes já estão garantidos!


Texto: JVM

Beneficia dos descontos até 15 de fevereiro

A 13 de março realiza-se a primeira edição do Fafe Trail Run, prova de Trail Running que levará os participantes desde a Barragem de Queimadela, ponto de partida e chegada, “À Conquista do Maroiço”. 

O evento conta com três vertentes: uma prova principal, com 25km (Trail Longo), uma prova mais curta, com 17km (Trail Curto) e a Caminhada da Primavera (8km). A organização está a cabo dos Fafe Runners e Bolota Campestre. 

O Trail Running é uma modalidade de corrida por trilhos em contexto montanhoso e contacto directo com a Natureza, associando geralmente declives positivos e negativos muito acentuados. O número de praticantes deste desporto está em franco crescimento, facto que se tem refletido positivamente no número de inscritos no Fafe Trail Run, sendo que, a cerca de um mês da sua realização, a prova conta já com 500 participantes, número que superou já as expectativas iniciais da organização. 

Está lançado o cenário para uma grande montra que dará a conhecer alguns dos mais bonitos cenários do concelho de Fafe, como a já referida Barragem de Queimadela, o Alto do Maroiço, a Laje Branca e o Alto de Morgair, com passagens nas aldeias de São Miguel do Monte, Casal de Estime, Luílhas e Queimadela. 

Apesar de ambas as provas de Trail estarem orientadas para quem tem alguma preparação física, a organização convida todos a participarem no evento, seja a correr, seja a caminhar, pois a Caminhada da Primavera é perfeita para conhecer de forma descontraída a Natureza das Serras de Fafe, permitindo também sentir de perto as emoções de uma prova de Trail e assistir à alegria da superação dos atletas ao cortar a meta. 

O Fafe Trail Run conta, actualmente, com os vários apoios: Município de Fafe, União de Freguesias de Monte e Queimadela, Transnos, Farmácia Sousa Alves, FisioPerform, StudioD e Cerveja Artesanal Fanfe. Como Media Partners contam com o apoio da Fafe Tv, Montelongo Desportivo, Notícias de Fafe e Revista O Praticante. 

As inscrições podem ser feitas em www.lap2go.com e, até 15 de fevereiro, têm um custo de 10 euros (Trail Longo e Trail Curto) e 3 euros (Caminhada da Primavera), sofrendo um ligeiro agravamento a partir dessa data. A 13 de março, todos os caminhos vão dar à Barragem de Queimadela. Não deixe de participar!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Saiba o que diz Mário castro sobre as Taxas de inscrição no Rali Serras de Fafe

Redacção/Mário Castro

"Para quem compete na maior classe é uma aberração"

Depois de analisar as taxas de inscrição para o rali Serras de Fafe 2016 fico agradavelmente surpreendido por ver que os pilotos que competirão nas classes mais baixas pagarão menos que os que competem nas classes superiores mas ainda assim acho que continuam exageradamente caras!!!

Primeiro €1200 para quem compete na maior classe é uma aberração e até se confirma que houve um aumento relativamente a 2015.

Depois o desconto que as outras classes têm é irrisório com apenas cerca de €200 mais baratas. No que diz respeito aos concorrentes á Taça FPAK ainda é mais caricato pois que tem desconto são apenas os concorrentes que utilizem viaturas até 1400cc !!!... Quem é que corre com carros abaixo dessa cilindrada?...

Sempre defendi que as taxas de inscrição deveriam variar consoante a categoria do carro em questão mas desta forma não me parece que seja a fórmula ideal.
Quanto a mim deveria ser da seguinte maneira para o CNR:
- Carros da categoria R5 / S2000 valor máximo de €1000
- Carros da categoria Gr N 4x4 valor máximo de €750
- Carros da classe R3 valor máximo de €600
- Carros da categoria R2 / R1 valor máximo de €500

Para explicar o porquê da minha indignação dou o seguinte exemplo:
Um piloto que participe no rali Serras de Fafe com um carro da categoria R5 tem um orçamento para o rali entre €15000 a €20000 dependendo se tem carro próprio ou alugado e irá pagar €1200 de inscrição, mas se eu quisesse participar com o meu carro (classe R2) precisaria de um orçamento a rondar apenas os €2500 e teria de pagar uma inscrição de cerca de €1100 (quase 50% do orçamento total para o rali). 

Admito que para mim o rali até se torna mais barato pois estaria a correr em casa mas mesmo um outro qualquer piloto de fora que participe num carro da categoria R2 não gastaria certamente mais de €4000 a €5000 neste rali.
Desta forma acho muito difícil atrair pilotos que tenham carros menos competitivos a tirá-los da garagem e virem para os ralis!!!...
Sei que não é fácil para os clubes cobrir as despesas inerentes á organização de uma prova desta envergadura mas não pode ser apenas os pilotos a suportarem todas essas despesas. Os clubes tem de arranjar forma de cativar patrocinadores de maneira a comparticipar nos custos inerentes.
Mas atenção que este não é um problema apenas da Demoporto mas de todos os clubes em geral. Penso é que a FPAK deveria alterar os regulamentos no que a isto diz respeito."

AFP Fafe - Futebol 7: GCD Estorãos é campeão em Sub 13



Redacção 

14 jogos sem conhecer a derrota 

A equipa de Sub 13 do GCD Estorãos venceu o Campeonato de Futebol de 7 2015/2016 organizado pela Associação de Futebol Popular de Fafe, à 14.ª jornada, quando ainda falta disputar uma jornada.

Com 51 golos marcados e apenas 5 golos sofridos, ainda não perdeu qualquer jogo esta temporada.

A formação do GCD Armil foi o seu mais directo adversário sendo a única equipa a perseguir o líder na tabela classificativa.

A AFPF endereça os parabéns ao campeão 2015/2016!

CPP: João Dias a caminho do Arões SC

Texto: Ricardo Jorge Castro | Foto: ADN

Ex-Ninense chega para o meio campo

O médio João Dias vai ser reforço do Arões para a segunda metade do Campeonato de Portugal, para ajudar o clube na luta pela manutenção na Série B.

Aos 32 anos, o ex-Ninense volta a um clube fafense, após passagem fugaz pelo GD Travassós, na época 2012/2013.

João terminou a formação no FC Famalicão e subiu à equipa principal do clube, tendo passado depois pelo Tirsense, Caçadores das Taipas, Oliveirense e Boavista. Voltou a Famalicão antes de ingressar no Travassós, Serzedelo e Ninense, onde cumpria a sua segunda época.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Futsal - Iniciados AF Braga: Nun'Álvares, 4 - Vila Nova Sande, 2 (Reacção)

Redacção 

Nervosismo chegou a assustar 

A equipa de iniciados do Nun'Álvares recebeu e bateu o Vila Nova de Sande, por 4-2. O jogo não correu bem de inicio, pois os fafenses entraram muito mal no jogo e não conseguiam impor o seu futsal. E foi sem surpresa que se viu a equipa visitante inaugurar o marcador. 

Os Condestáveis reagiram bem e Serginho igualou a partida. Mas foi sol de pouca dura, pois os forasteiros voltaram a marcar. Dentro do nervosismo que se gerou nos nunalvaristas, foi Serginho que mais uma vez igualou o jogo. E assim chegou o intervalo com um empate a dois golos.

Na segunda parte a equipa de Nelo Barros e Ricardo Silva entrou melhor no jogo obrigando o adversário a jogar no seu meio campo e sem grandes possibilidades de sair no contra ataque. Numa dessas bolas de boa pressão, Ricardinho desarmou um adversário e depois de dar dois passos, disparou forte e certeiro ao ângulo da baliza, fazendo um belo golo e que pela primeira vez colocava o Nun'Álvares na frente do marcador. 

Havia que manter o adversário longe da área, mas estes optaram pelo sistema de 5x4 o que provocou um certo pânico na equipa local, que nunca se tinha visto nesta situação. Numa perda de bola 
Júnior rematou de longe e fez o 4-2. 

No resto do jogo a equipa nunalvarista conseguiu aguentar o ataque e acabar o jogo com uma  vitoria.

NUN'ÁLVARES: Marco, Goncalo, Tiago Lopes, Serginho e Júnior. Jogaram ainda Rui Cunha e Ricardinho. Treinadores, Nelo Barros e Ricardo Alves.

Futsal - Infantis AF Braga: Marretinhas, 1 - Nun'Álvares, 10 (Esclarecedor)


Texto e foto (arquivo): BML

Regresso às goleadas

A equipa de infantis do Grupo Nun'Álvares deslocou-se na manhã de Domingo a Braga para defrontar os Marretinhas, na décima quinta e última jornada da primeira volta. 

O jogo ficou marcado por uma alteração do pavilhão que não foi comunicada, tendo a equipa fafense chegado ao local já em cima da hora do início da partida.
 
Apesar de disporem de pouco tempo para realizar o aquecimento, os Condestáveis mostraram a sua superioridade desde início, colocando-se em vantagem com um golo de Rafa aos 5 minutos. O marcador só voltou a alterar-se aos 22 minutos com golo de Rui Pedro. Levando o Nun'Álvares a vantagem de 2-0 para o intervalo.

Na segunda parte, os fafenses entraram mais soltos e marcaram logo aos 26 minutos com novo golo de Rui Pedro, que após recuperar a bola no meio campo passou por dois adversários antes de fazer o golo. Aos 29 minutos foi a vez de Rúben marcar após passe de Rui. No minuto 31, a equipa da casa reduziu para 4-1 através de jogada individual. Na resposta Rúben volta a marcar. 

O 6-1 surgiu aos 37 minutos na sequência de um canto, com Guilherme a aproveitar um ressalto para encostar ao segundo poste. Aos 43 minutos, Ruben completou o hat-trick e aos 45 minutos novo golo, desta vez por Rafa, que depois de tirar um adversário do caminho rematou cruzado sem hipóteses para o guarda redes. 

No mesmo minuto Afonso marcou um excelente golo num remate de fora da área. O 10-1 final surgiu por Fábio no último minuto de jogo.

Na próxima semana os Condestáveis deslocam-se novamente a Braga para defrontar o Figueiredo, na primeira jornada da segunda volta. 

Grupo Nun'Álvares: Francisco, João Pedro, Rui, Rafa e Rúben. Jogaram ainda: Tiago, Teresa, Guilherme, Ivo, Diogo, Fábio e Afonso. Treinadores: Luís Barros, Nuno Barbosa e Nuno Miguel Barbosa.

Juvenis - 2.ª Div. AF Braga: GD Serzedelo, 2 - OFC Antime, 2 (Recuperação)


Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Excelente atitude dos leões azuis 

O jogo de Juvenis entre o GD Serzedelo e o OFC Antime, a contar para o campeonato da 2.ª Divisão Distrital, terminou com um empate a duas bolas. 

O Antime teve a primeira oportunidade de golo num livre batido por Dantas. O Serzedelo cresceu tendo marcado na sequência de uma bola nas costas da defensiva azul na qual o extremo esquerdo dos visitados fez o 1-0. 

Os vimaranenses voltaram a marcar na sequência de um livre, em que a bola bateu á frente do guarda-redes antimense e entrou. 

O Antime foi à procura do golo e esteve perto num livre batido por Dantas com grande defesa para canto do guarda-redes do Serzedelo. Na sequência do canto batido por João Silva, Bruno reduziu no marcador na sua estreia pelos leões azuis. 

Após o intervalo, o Antime entrou motivado e marcou por David, num livre directo colocado com força. O mister Zé do Salto mexeu na equipa, tendo substituído Miguel, Zé Pedro e João Silva por Paulinho, José Cigas e Francisco Freitas, respectivamente. 

O 2-2 manteve-se até ao fim da partida. Apesar dos quatro golos não foi um jogo muito disputado mas ficou bem assente o espírito de equipa do Antime.

OFC ANTIME: Vaz; Ruizinho(c), Dantas, André, Ferreira, Bruno, João Silva, Miguel, João, Zé Pedro Banco de suplentes: Dany, Paulo, Paulo Ricardo, Francisco, Cigas, Paulinho, Tony. Treinador, Zé do Salto.

Pedro Castro marcou e assistiu pelo Vieira SC na vitória sobre o Ronfe

Foto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Foi o primeiro golo da temporada 

O extremo fafense Pedro castro que joga no Vieira SC esteve em destaque no jogo que a sua equipa Vieira SC venceu, em Vieira do Minho, o Ronfe por 3-0, a contar para a 22.ª jornada do Pró-Nacional. 

Foi o primeiro golo do jogador esta temporada em que já alinhou até sensivelmente final do ano de 2015, na equipa do SC Maria da Fonte, de onde se transferiu para o Vieira SC e reencontrou o seu antigo treinador das camadas jovens da AD Fafe, nomeadamente Juvenis e Juniores, Miguel Paredes.

O jogador espera que este seja o primeiro de muitos golos, a exemplo do que aconteceu noutras épocas. Na próxima jornada o Vieira SC que ocupa o 7.º lugar desloca-se a Fafe para jogar com o OFC Antime que luta desesperadamente pela manutenção.

Juniores - 1.ª Div. AF Braga: ACD Pica, 4 - CD Ponte, 1 (Bis de Pincha)

Pincha bisou
Texto: João Carlos Lopes/ Fotos: A. Freitas

Elevado índice de eficácia   

A ACD Pica recebeu o CD Ponte e venceu por 4-1, num jogo em que o resultado é enganador, porquanto a equipa visitante também criou muitas oportunidades de golo mas a equipa de Ismael Sousa foi muito mais eficaz. 

A Pica começou ao ataque e logo aos 30 segundos Rui Pedro rematou ao poste.

Aos 15', Rui Pedro foi derrubado dentro da área mas o árbitro deu a lei da vantagem, a bola sobrou para Pincha, que preparado para marcar foi derrubado pelo jogador do Ponte, o árbitro marcou grande penalidade e deu cartão vermelho ao jogador visitante, no entanto esteve mal no primeiro lance porque nos penaltis não há lei da vantagem. Carlitos converteu o castigo máximo e fez o primeiro golo do jogo.

Aos 25', o Ponte podia ter empatado num remate dentro da área para grande defesa de Sérgio. Aos 27', o rei das assistências, Cenoura, cruzou para a área onde apareceu Pincha a fazer o segundo golo da Pica. 

Aos 32', o Ponte poderia ter marcado novamente, mas Sérgio evitou que o Ponte marcasse mantendo a vantagem de 2-0 até ao intervalo.

O Ponte entrou melhor na segunda parte e podia ter reduzido com um jogador já na pequena área, só com a baliza à sua frente, a atirar ao lado. 

Aos 60', a Pica esteve perto do chegar dos 3-0, num remate de Pincha e que o jogador do Ponte tirou em cima da linha. 

Aos 62', grande jogada de Rui Pedro, que entrou na área, tocou para Pincha fazer o 3-0. bisando na partida 

Aos 69', o Ponte reduziu para 4-1, numa bola metida na área onde apareceu um jogador a rematar para o golo e aos 71', os vimaranenses enviaram a bola à barra.

Aos 80', a Pica chegou ao quarto golo, numa jogada rápida de Xuxu, que depois de tirar dois adversários da frente, entrou na área e à saída do guarda-redes desviou a bola dos eu alcance para o fundo da baliza.

Uma Vitória justa mas difícil porque o Ponte é uma excelente equipa poderia ter marcado mas que uma vez à Pica.

ACD Pica: Sérgio; Gabi, Pincha, Rúben, Carlitos, Xuxu, Rui Pedro, Cenoura, Lipe, Fábio Nobre e Rúben Nobre. Jogaram ainda, Miranda, Miguel Carvalho e Tiago Rodrigues. Treinador, Ismael Sousa.

Pró-Nacional AF Braga: GD Serzedelo, 3 - OFC Antime, 0 (Falta confiança)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Operários são trabalhadores mas não aproveitam 

O OFC Antime foi perder a Serzedelo por 3-0, num jogo em que mais uma vez não conseguiu concretizar nenhuma das oportunidades criadas e pagou caro os erros cometidos, através dos quais o adversário obteve dois excelentes golos e se adiantou no marcador. Apesar da ligeira superioridade da equipa da casa os fafenses, esforçados colectivamente, criaram várias oportunidades para marcar mas tem faltado confiança para as concretizar.  

A equipa do Serzedelo novamente orientada pelo antigo treinador do Antime, Vítor Pacheco, entrou forte no jogo, a tentar surpreender os fafenses e podia ter marcado aos 5', quando a bola foi metida nas costas do lateral direito, ficando um homem da casa isolado mas a rematar rente ao poste. 

A equipa vimaranense conseguiu chegar ao golo, aos 15', numa situação em que o Antime ia sair em contra-ataque, num dois para um, mas Samu a perder a bola para um adversário que tirou um Coelho da cartola ao fazer um potente remate de fora ada área e a marcar um grande golo.

A equipa orientada por Luís Gomes não desarmou, apesar de estar a jogar num relvado natural muito fustigado pelo mau tempo e podia ter chegado à igualdade aos 22', quando Joel cobrou um canto e Malhado cabeceou com a bola a passar rente ao poste.

Os vimaranenses chegaram ao 2-0 aos 33', em novo erro dos fafenses e em novo grande golo do Serzedelo com os avançados a trabalharem bem numa tabela com o ponta de lança a desferir um potente remate para mais um tento de belo efeito. 

Antes de terminar a primeira parte o Antime podia ter marcado, novamente na sequência de um canto, este apontado por Ismael, com Vasco a cabecear rente à trave. 

Com o resultado favorável, o Serzedelo deu algum domínio do jogo ao Antime que conseguia chegar ao último terço mas, como vem sucedendo ao longo da época, não conseguia concretizar. 

Face ao jogo que estavam a praticar, os fafenses podiam ter relançado a partida aos 74', quando vasco foi derrubado dentro da área mas Ismael bateu o penalti e permitiu a defesa ao guarda-redes do Serzedelo. 

Aos 85', o Antime teve uma nova situação por Jorginho que acabou por rematar fraco e à figura do guardião da casa. No minuto seguinte o guarda-redes do Serzedelo voltou a brilhar quando Vasco rematou em folha seca e o viu voar para negar o golo. 

Sobre os noventa minutos, em jogada de contra-ataque, com um homem da casa em fora do jogo mas a árbitra auxiliar que não conseguiu acompanhar as jogada devido ao mau estado do terreno o Serzedelo chegou ao 3-0. Depois disso podia ter chegado ao 4-0, numa situação idêntica. 

Na próxima jornada os antimenses recebem o Vieira SC, treinado pelo fafense Miguel Paredes.       



Pró-Nacional AF Braga: FC Amares, 2 - GD Travassós, 0 (Começa a ser utopia)

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: BL 

Travassós continua sem marcar em 2016

Num jogo importante para as contas da manutenção, o GD Travassós deslocou-se a Amares onde perder por 2-0. Cada vez se complicam mais as contas para o Travassós, cuja manutenção começa a entrar na esfera da utopia. 

Até entrou melhor os fafense, com uma jogada de Mickey a tirar Saviola do caminho e de pé direito a fazer um cruzamento milimétrico com Calicas a cabecear por cima da baliza de Talaia. 

Com o Travassós por cima coube a Carioca tentar surpreender com um remate do meio campo, numa grande intenção mas Talaia estava atento. Nova oportunidade para o Travassós com Calicas do lado esquerdo a ganhar em velocidade a Petit, a cruzar mas Nuno Gonça a falhar a emenda por pouco. 

Mas a partir dai, o Amares começou a ganhar o meio campo e sem surpresa criou o primeiro remate de perigo, Maka fez Tozé brilhar num remate a entrada de área. A ameaça dos amarenses passou a confirmação quando Nelinho, numa arrancada pela esquerda fuzilou Tozé e inaugurou o marcador. 

O Travassós reagiu bem e podia ter empatado, num remate espectacular de Mickey que Talaia defendeu com grande qualidade . Os fafenses dominavam em todo o terreno e Nuno Gonça num cabeceamento, após um livre lateral marcado por Gil, a fazer a bola passar a milimetros do poste. 

Até ao intervalo o Travassós podia ter feito alguns golos, mas foi para as cabines a perder 1-0. 

Na segunda parte a equipa fafense "perdeu o gás" e só de bola parada criou perigo, com Carioca a falhar o remate acrobático. A partir dos 50', a quebra física foi mais que evidente e o Travassós deixou de existir, com o Amares a dominar o jogo a seu belo prazer e sem surpresa fez o segundo golo, num lance de contra-ataque onde se pedia um pouco mais ao ataque travassolista no lance precedente. 

Até ao fim do jogo o Amares só não marcou mais golos porque Mickey num auxílio defensivo e Chico o impediram. 

Nova derrota numa equipa em crise, que neste ano civil ainda não fez qualquer golo tendo sofrido 14 golos. A manutenção parece cada vez mais um sonho utópico. 

GD TRAVASSÓS: Tozé; Laureano (Tozé Fernandes), Tiago (Martins) , Chico, Samuel, Nuno Almeida, Carioca (C), Gil ( Rui), Calicas, Mickey, Nuno Gonça. Treinador António Pereira.