.

.
.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Div. Honra AF Braga: Os Sandinenses, 2 - OFC Antime, 2

REDAÇÃO

Primeiro empate fora de portas

O Operário de Antime obteve o seu primeiro empate fora de portas o qual se aceita tendo em conta o desenrolar da partida.

Nos primeiros quarenta e cinco minutos Os Sandinenses tiveram alguma supremacia no jogo. Boa circulação de bola entre os seus sectores, criando sempre algum perigo sempre que desciam pela faixa lateral esquerda da defesa do Antime.

O Antime numa postura mais retraída saía sempre também perigo para o ataque.

A primeira grande oportunidade surgiu aos 18 minutos, Castanha driblou todos os adversários e apareceu isolado perante o guarda-redes local mas na hora do remate final permitiu a defesa deste.

Aos 30 minutos Os Sandinenses adiantaram-se no marcador. Jogada de desenvolvimento pela direita do seu ataque, ganharam a linha de fundo, cruzamento atrasado para um jogador vindo de trás atirar sem hipótese de defesa para Cristiano.

Aos 32 minutos, após a marcação de um canto, a bola sobra para Samu que com a baliza à sua mercê atirou por cima da trave.

Aos 37 minutos foi Cristiano a evitar o segundo golo da equipa local ao defender o remate do adversário que lhe apareceu isolado.

Também Malhado aos 41 minutos poderia ter empatado a partida, após a marcação de um livre directo, mas o guarda-redes local efectuou a defesa da tarde com uma boa estirada mesmo junto ao poste.

Nos segundo quarenta e cinco minutos foi o Antime que esteve por cima do jogo e a entrada de Sousa foi determinante para isso.

Com uma frente de ataque mais alargada o Antime remeteu Os Sandienses para o seu meio campo defensivo, e advinhava-se que poderia a vir a empatar a qualquer momento.

Aos 64 minutos, Morais cruzou ao segundo poste e Di Maria apareceu nas costas dos defesas locais a rematar de cabeça para o fundo da baliza, fazendo assim o empate.

Os Sandinenses adiantaram-se novamente no marcador aos 69 minutos na conversão de uma grande penalidade.

Mas aos 80 minutos, novo cruzamento de Morais ao segundo poste e Di  Maria amorteceu para Rafa que vindo de trás arrancou um portentoso remate estabelecendo a igualdade.

Até final foi o Antime quem mais procurou chegar ao golo da vitória mas o resultado acabou por não se alterar mais.

Boa arbitragem.

No próximo Sábado o Antime recebe o Ruivanense.

OFCA: Cristiano (Nuno, 45'); Di Maria, Rui Abreu (Sousa, 54' ); Óscar; Samu; Carioca; Malhado; Zé Freitas (André Lopes, 73'); Castanha, Morais e Rafa. Treinador, Paulo Soares.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Leonardo Pereira (CBF) conquista o Bronze no Campeonato Nacional de Karaté

REDAÇÃO

Uma competição que se revelou de grande dificuldade

No domingo, dia 18 de novembro, o Complexo Desportivo da Universidade do Minho em Braga, acolheu o Campeonato Nacional Cadetes, Juniores e Sub 21, prova realizada sob a égide da Federação Nacional de Karaté - Portugal (FNK-P).

O Centro Budo de Fafe tinha apurado para o evento mais importante da época, no que diz respeito a estes escalões, oito atletas sendo que apenas seis competiram dois ficaram de fora por lesão.

Leonardo Pereira (cadete), Diogo Leite (cadete), Vítor Silva (júnior), João Rodrigues (júnior), Henrique Salgado (júnior) e Luís Fernandes (sub 21), foram os atletas que representaram o CBF na disciplina de Kumite (combate), numa competição que se revelou de grande dificuldade e de elevado nível competitivo como não poderia deixar de ser.

Leonardo Pereira (+ 70kg) teve um percurso brilhante ao longo dos combates disputados, apenas interrompido por um erro tático que o impediu de aceder à final, perdendo o combate por 4/3 quando estava a ganhar por 1/3 a 10 segundos do fim. Permitindo apesar de tudo a sua repescagem, conquistando em seguida a medalha de bronze. 

Outros competidores que poderiam ter igualmente feito pódio foram os atletas Vítor Silva (- 61kg) e Henrique Salgado (+ 76Kg), ambos estiveram na disputa da medalha de bronze, ficando-se, todavia, pelo 5º lugar.

O CBF destaca a prestação de todos os atletas que ganharam vários combates ao longo da competição, demonstrando enorme querer e grande espírito combativo.

2.ª Corrida de 10 KM com caminhada e BTT solidário de Vinhós

REDAÇÃO

Olá pessoal

Ainda não te inscreveste na corrida de Vinhós 2018? 

Não é só uma corrida, é muito mais do que isso… é um dia de convívio de diversão e sobretudo solidário, não se esqueçam, com a vossa inscrição estão a ajudar o Tiago… o Tiago precisa da vossa ajuda, acreditem que precisa mesmo, o Tiago é um “menino adulto” com mobilidade condicionada, que precisa da nossa ajuda, o Tiago precisa de uma casa adaptada para ele, com uma casa de banho com condições para que possa fazer a sua higiene diária, precisa de uma janela no quarto, isso mesmo, o Tiago não tem uma janela no seu quarto, que ele tando desejava, para poder ver a luz do dia, o Tiago precisa de mais espaço para que possa deslocar-se em sua casa livremente e não estar constantemente limitado aos 6m2 do seu quarto…. Por favor, sejam solidários e ajudem… 

Não se preocupem se vai chover ou fazer sol, não se preocupem se vão ou não ter um compromisso importante nesse dia, o mais importante é a vossa ajuda e para isso só tem que se inscrever na prova, é fácil… podem optar pela corrida de 10km, pelo passeio de BTT de 20Km, por uma curta caminhada de 5km ou simplesmente estar presente e conhecer o Tiago. 
A totalidade do dinheiro angariado, será utilizado nas obras, tão desejadas e tão necessárias da casa do Tiago. 

Vá lá pessoal não custa nada, conto convosco. 

Inscrições.


Um forte abraço!

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

25 de Novembro é Dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres


Futebol Veteranos: UD Fafe A60, 4 - UD Mourisquense,1 (Bis de Vitinha)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Equilíbrio acabou após primeiro golo 

Os veteranos da UD Fafe A60 receberam a equipa congénere da UD Mourisquense, equipa que se deslocou de Mourisca do Vouga, Águeda, tendo a equipa orientada por Arlindo Silva, Manuel Braga e Abílio Pires vencido por 4-1.

A formação fafense que jogou mais uma vez na "sua casa" o Campo de Jogos de Antime chegou ao intervalo com uma vantagem de dois golos, ambos apontados por Vitinha. 

Na segunda parte Artur Jorge elevou a contagem no marcador para 3-0, tendo a formação visitante reduzido para 3-1, o matador da equipa, Luís Mário, não quis ficar em branco e fechou a contagem nos 4-1.    

O jogo foi equilibrado nos primeiros 20 minutos, mas após o primeiro golo a superioridade da equipa da casa foi evidente, justificando-se o resultado final

Futsal - Taça de Portugal: GD Cedrense, 3 - Nun'Álvares/IESFafe, 6

domingo, 18 de novembro de 2018

Futsal - Taça de Portugal: AD Fafe, 3 - USC Paredes, 4

Juniores Div. Honra AF Braga: OFC Antime, 1 - AD Esposende, 1

REDAÇÃO

Operários trabalham muito mas produzem pouco

O Antime recebeu hoje o Esposende com quem empatou a uma bola num jogo onde os operários tiveram uma mão cheia de golo falhados. 

Aos 25 minutos, cruzamento de Tomé pára a área onde apareceu Diogo Castro a rematar para golo.

Diogo Castro que aos 20 minutos numa jogada com um jogador do Esposende foi empurrado para fora do campo tendo este batido no alcatrão junto aos balneários e sofrido algumas lesões nos braços e na face. Depois de assistido quis continuar no jogo e ainda bem para o Antime pois além de marcar o golo fez uma excelente jogo.

Aos 27 minutos grande remate de Diogo Castro para grande defesa do guarda redes do Esposende. Aos 30 minutos, Batista insolado atira à figura do guarda redes. Aos 34 minutos, Jony rematou à entrada da área para grande defesa do guarda redes do Esposende para canto.

Na segunda parte só deu Antime e aos 50 minutos uma bola metida no segundo poste onde apareceu Batista sozinho a rematar por cima. Aos 75 minutos, bola na área onde apareceu um jogador do Esposende a tentar aliviar a bola passa por cima do guarda redes do Esposende e foi bater no poste. 

Aos 79 minutos, o Esposende chegou ao empate com um remate a vinte metros de fora da área com a bola a bater nas costas de um jogador do Antime e a entrar mesmo no ângulo da baliza do Antime.

Aos 82 minutos, Rocha teve que sair depois de ter levado uma cotovelada de um adversário onde ficou mal tratado no nariz com um golpe, mas infelizmente nada de pior.

O Esposende na segunda vez que foi a baliza do Antime podia ter chegado ao golo aos 94 minutos com a bola a sair rente o poste de Pedro.

Foi um mau resultado para o Antime que teve muita oportunidades mas não conseguiu marcar mais, num jogo com uma excelente arbitragem.

OFC ANTIME: Pedro Durães; Rocha, Duarte, Jony, Tomé, Batista, Luisinho, Silva(C), Lousada, Diogo Castro e Alex Solano. Jogaram ainda Pedrinho, Henrique e Hugo.Treinador Pedro Ismael. 

Taça Campeões FFPN: SR Cepanense, 3 - Fame FC, 3 (INJUSTO)

REDAÇÃO

Guarda-redes João Mendes marcou de baliza a baliza

A Sociedade de Recreio Cepanense recebeu a equipa do Fame FC, equipa que milita no campeonato amador de Valongo, em jogo a contar para a 2.ª jornada da Taça dos Campeões 2018/19, prova organizada pela FFPN.

Num grupo onde o Cepanense tinha 3 pontos fruto da vitória na 1.ª jornada em Nespereira, os Cepanenses não conseguiram aproveitar a imensidão de oportunidades flagrantes criadas durante o jogo, tendo a equipa de Valongo saído com um ponto muito saboroso de Golães.

Após o apito inicial, verificou-se um jogo frenético, sendo que os homens de Fame no primeiro minuto a criarem algum perigo na área Cepanense. No minuto seguinte, foi Stuca a ter uma flagrante oportunidade, que após uma saída em falso do guardião visitante, aplica um chapéu que sai com demasiada força por cima. 

Ao minuto 7’ surgiu o primeiro golo da partida, golo do jogador mais improvável. O guarda redes João Mendes marcou de área a área, após enviar a bola para a área do Fame e o guarda redes visitante não ter previsto o ressalto no chão passando-lhe a bola por cima e para as redes. Volvidos quatro minutos foi a vês de Daniel Relho a passe de Stuca isolar-se e na cara do guarda redes a fazer um chapéu que saio demasiado longo, levando a bola a passar por cima da trave. O Cepanense continuou á procura do segundo golo, e tanto Timi como David Pereira testaram o guarda redes visitante que se redimiu do golo sofrido com duas belas defesas.

O Fame começava agora a crescer em confiança na partida e ao minuto 20’ levou a bola a embater na barra, fruto de um livre lateral, sendo que volvidos dois minutos João Mendes teve de se aplicar, após 2 remates plenos de intencionalidade. O Fame no seu melhor momento do jogo chegou à igualdade, quando fruto de um livre o homem de Valongo faz um grande golo, sem qualquer hipótese para João Mendes.

O Cepanense só voltou a ter uma grande oportunidade ao minuto 30’, numa grande jogada iniciada com Raul a começar e a assistir Relho que rematou por cima. Ao minuto 35’ foi a vez de Timi que permitiu ao guarda redes visitante uma defesa espetacular. 

O momento que ditou a segunda parte chegou ao minuto 40’, quando o guarda redes voltou a brilhar com uma defesa por reflexo num remate “à queima roupa”, e no contra ataque o Fame marcou, e levou o resultado de 1-2 para o intervalo.

A segunda parte foi completamente diferente, dominada na totalidade pelo Cepanense. Ao minuto 52’ após clara mão de um homem do Fame que evitou que bola fosse para a baliza, Tó Faria não perdoou. 

A partir do empate sucedeu-se um festival de golos falhados. Ao minuto 55’ Albano esteve perto após jogada de Relho, e ao minuto 60’ David Pereira atrapalha-se na cara do guardião do Fame. O terceiro golo do Cepanense surge ao minuto 61’ com David Pereira a não falhar.

As oportunidades flagrantes sucediam-se e esperava-se por mais um golo do Cepanense. Ao minuto 66’ grande lance criado por Stuca que permite a defesa da tarde ao guardião do Fame. Volvidos dois minutos foi a vez de Relho a voltar a criar muito perigo. Ao minuto 70’ Stuca mais uma vez isola-se e o guarda redes atira-se aos pés deste e acaba com o perigo. Após ter entrado Rui Leite também teve a oportunidade de marcar, quando ao minuto 85’ levou a bola a roçar na barra.

Um balde de água fria surgiu quando ao minuto 90’ o Fame numa das únicas vezes que rematou na segunda parte fez o golo do empate. Já com pouco tempo de jogo, Stuca ainda teve a oportunidade de restabelecer o mínimo de justiça no resultado mas a bola foi ás malhas laterais. 

Em suma um jogo em que o Cepanense poderia ter goleado, e que sai da 2.ª jornada com um empate muito amargo e injusto, face ao que foi o jogo.

AD Fafe: Carlos Fernandes (Sirenes) demite-se de treinador da equipa B de Iniciados

REDAÇÃO


"Não há mais condições para continuar!"

"Boa noite caros amigos!!! Depois de bastante reflectir, venho comunicar que me vou demitir do cargo de treinador dos Iniciados B! 


É com alguma tristeza que assim o faço, mas quando há coisas que não estão bem na formação e não se mudam, neste caso a Direção AD Fafe, por vezes tem que ser uma pessoa a tomar certas iniciativas e decisões! Como se costuma dizer, "quando se está mal, muda-se" e assim eu o vou fazer, porque é inadmissível certas coisas que se passam, ao qual muita gente nem sequer sabe! 

É triste, repito, muito triste na AD Fafe, um clube histórico, não haver condições de trabalho na formação, um treinador quer dar um treino e não há bolas suficientes, as que existem na maior parte estão velhas, não existir coletes para todos os escalões! É triste, o Presidente do clube só saber quem sou, (fui eu que me apresentei perante ele), passado um mês depois de lá estar! É triste, no início de época ter que ser eu próprio a ir fazer os exames médicos à clínica com os miúdos! É triste, ouvir por fora, por outras pessoas, que o Presidente comentou que o meu lugar pudesse estar em perigo nesta altura. 

Por isto e muito mais peço minha demissão, mas sim também porque me sinto desamparado, pois não há organização nenhuma, porque se falam que antes havia pouca, agora muito menos há, pois basta ver o caso de ontem que é de lamentar ter que ser o próprio Presidente do AD Fafe vir como meu diretor ao jogo, é lamentável 

E com estes casos todos que estão a surgir, só tenho fazer o que colegas meu já fizeram, neste caso o Jaime Castro (ex coordenador), este homem que apostou em mim e me deu confiança para orientar os Iniciados B, o Pedro Freitas (ex sub-coordenador), homem de confiança, que qualquer coisa que precisasse estava lá para me ajudar também no que fosse preciso e por fim o Marco Rodrigues e seu adjunto Joel (mister dos Juvenis A), que para mim além de colega, era o melhor mister que poderia estar na formação do AD Fafe e que certamente seria o mister que mais alegrias e êxitos podia dar há família Fafense, neste caso na formação!

Com isto tudo, quem irá perder é a AD Fafe! No meu caso juntando isto tudo, aos resultados obtidos venho-me demitir pois não há mais condições para continuar!


Tenho pena dos miúdos que deixo, mas qualquer coisa que eles precisem sabem onde me encontrar!!! 

Assim sendo chega ao fim minha ligação com o AD Fafe!!!!

Resta me desejar as maiores felicidades a toda a formação, pois os miúdos de nada têm culpa!"

Div. Honra AF Braga: D. Arco Baúlhe, 2 - ACD Pica, 0

TEXTO: JCL / Foto de arquivo

Piquenses acabaram com nove jogadores 

A ACD Pica deslocou-se a Cabeceiras de Basto para jogar com o Desportivo Arco de Baúlhe orientado pelo fafense José Manuel Teixeira, tendo perdido por 2-0.

Ao intervalo a equipa treinada por Rafael Leite já perdia por 1-0 e acabou por sofrer novo golo na segunda metade. Porém acabou a partida com menos dois jogadores por expulsão do avançado Toninho e do guarda-redes Monteiro. 

1.ª Div. AF Braga: GCD Regadas, 3 - GD Vasco da Gama, 0

Texto: JCL / Foto: DR

Experiência falou mais alto

Ainda sob o comando técnico de Marcelo Teixeira o GCD Regadas recebeu e bateu em jogo de dérbi concelhio a formação do GD Vasco da Gama a quem venceu por 3-0. 

No novo piso sintético das Cerdeirinhas foi o central Fábio a abrir o activo, levando a vantagem de 1-0 para o intervalo. 

Na segunda metade a experiência do Regadas voltou a falar mais alto nos momentos decisivos e a render-lhe mais dois golos, estes apontados por Bruno e Hugo e podiam ter sido mais pois o Regadas falhou duas grandes penalidades, por Hugo e Rui, que o guarda-redes do Vasco da Gama, Bruno, defendeu.  

Taça dos Campeões da FFPN: ADCR Santa Cristina, 2 - Árvore, 1

REDAÇÃO

Um bom jogo com a vitória a sorrir aos da casa

Em jogo a contar para a Taça dos Campeões da FFPN, a ADCR Santa Cristina recebeu a equipa da Árvore a quem venceu por 2-1. A nota do encontro  vai para o equilíbrio e a luta que duas boas equipas tiveram durante todo o jogo.

Uma primeira parte com um futebol nem sempre atrativo, mas com ambas as equipes a  lutar muito pelos três pontos. Tanto o Agrupamento como o Árvore tiveram oportunidades para fazer o golo. Já mesmo em cima do intervalo o capitão do Árvore vê o segundo cartão amarelo e é expulso.

Na segunda parte o futebol praticado por ambas as equipes já foi diferente sempre com muita luta e entrega mas bem jogado, O agrupamento a jogar com mais um soube tirar partido disso e ao minuto 60, Rafa cruza para a área, o guarda-redes do Árvore não consegue amarrar a bola e esta sobra para Cardoso que faz o 1-0.

Aos 75 minutos, Chinelo faz o 2-0, com um bom cruzamento da direita feito por Fred e Chinelo aparece  no centro da área para encostar para o golo.  

Aos 76 minutos o Árvore vai reduzir o marcador de grande penalidade 2-1. Aos 81 minutos Chinelo vê cartão vermelho direto deixando o agrupamento a jogar com dez. 

Até ao fim houve varias ocasiões de golo de ambas as equipas, mas o resultado não sofreu alterações.  

Campeonato de Portugal: Todos os númetos da 12.ª jornada

FONTE: ZEROZERO

Campeonato de Portugal: AD Fafe, 3 - AD Limianos, 0

Texto: JCL / Foto: DR

Continua a senda vitoriosa 

Com golos de João Sousa e Paulo Monteiro ainda na primeira parte e de Joel Silva na segunda, a AD Fafe recebeu e venceu a AD Limianos por 3-0 e mantém a senda vitoriosa no campeonato. 

A equipa de Álvaro Pacheco venceu os últimos três jogos para o campeonato e se tivermos em conta que a derrota sofrida em Barcelos não conta para a contabilidade final subirá para cinco o número de vitórias sob o comando deste técnico.

Na próxima jornada o Fafe regressa ao Campo do Montinho para defrontar o CC Taipas.  

sábado, 17 de novembro de 2018

Futsal: AF Braga homenageou Condestáveis Campeãs Olímpicas da Juventude

REDAÇÃO

Reconhecido o papel do Grupo Nun'Álvares na formação de atletas 

A Associação de Futebol de Braga homenageou esta tarde, no Pavilhão do Grupo Nun’Álvares, as atletas Telma Pereira, Helena Nunes, Marta Teixeira e Carina Luís, que se sagraram campeãs olímpicas de Futsal, no passado dia 17 de outubro, nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, Argentina. 

Reconhecendo, com orgulho, este feito que tanto eleva o nome de Portugal e do distrito de Braga, o Presidente Manuel Machado, entregou, na presença de Pedro Dias, em representação da Federação Portuguesa de Futebol, e de Pompeu Martins, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Fafe, o Diploma de Honra de Sócio de Mérito desta Associação e, ainda, um pergaminho alusivo a esta conquista.

A Associação de Futebol de Braga saudou também o Grupo Nun’Álvares, reconhecendo o seu papel na formação destas atletas, com a entrega de uma salva de prata alusiva a este momento histórico para o Futsal Nacional.

Futsal Fem. - 1.ª Div. Nac.: Nun'Álvares/IESfafe, 4 - GD Chaves, 2 (Bis de Martinha)

Texto: JCL / Foto (arquivo)

Foi melhor a 2.ª parte 

As seniores do Grupo Nun'Álvares/IESFafe receberam o GD Chaves e venceram por 4-2, em jogo da 9.ª jornada da primeira fase do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão. 

A equipa orientada por Manuel Almeida inaugurou o marcador logo no primeiro minuto através de Leninha mas pouco depois as flavienses igualaram. 

Telma voltou a colocar as Condestáveis na frente para a formação do Chaves empatar de novo, agora  a dois. 

Na segunda parte Dois golos de Martinha acabaram por dar a vantagem necessária para a turma fafense conquistar a vitória e consolidar o 3.º lugar na tabela logo após o Vermoim e o Novasemente e com mais três pontos que o Santa Luzia. 

Juvenis - Div. Honra AF Braga: FC Marinhas, 1 - AD Fafe, 1

Texto: Tiago João Lopes / Foto: JCL 

Tiago André Nogueira foi o treinador da equipa

Os juvenis da AD Fafe fizeram o primeiro jogo após a saída do treinador Marco Rodrigues, tendo ido empatar a Esposende contra o FC Marinhas a um golo, com a equipa fafense a ser orientada pelo jogador da equipa sénior Tiago André Nogueira. 

Ao intervalo a equipa fafense vencia por 1-0 com um golo de Jota marcado por volta dos dez minutos de jogo. A primeira parte terminou com a vantagem do Fafe e o Marinhas a jogar com menos um elemento. 

Na segunda parte a equipa da casa chegou à igualdade através de uma grande penalidade que originou o segundo cartão amarelo a um jogador fafense e a consequente expulsão. 

Jogo entre o GD Silvares e a AC Gonça não terminou devido a desacatos

REDAÇÃO

Houve necessidade de reforço policial 

O jogo entre o GD Silvares e a AC Gonça a contar para a 7.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, Série D não chegou ao fim devido a desacatos ocorridos à margem do mesmo os quais vieram a envolver alguns dos intervenientes da partida. 

Numa altura em que a equipa de Silvares perdia por 3-2 e em que já tinham sido expulsos o treinador do Gonça e o guarda-redes suplente e um jogador do Silvares, por volta da meia hora da segunda parte, um eventual desentendimento entre um director do Silvares e o tal guarda-redes expulso terá acabado em confronto físico e por ter ocorrido nas escadas de acesso ao recinto do jogo, devido à proximidade do mesmo, veio a envolver outros intervenientes na partida. 

Ao que apuramos, criou-se um cenário de grande aparato tendo havido necessidade de chamar reforço policial para colocar água na fervura. Esta situação foi de todo inesperada pois antes do início do jogo, responsáveis de ambas as equipas estiveram a confraternizar. 

Resta agora saber as consequências que vão advir deste incidente para as duas equipas.   

Pró-Nacional AF Braga: Arões SC, 1 - GD Prado, 2 (Manietados)

Texto: JCL / Foto: DR

Arbitragem esteve mal técnica e disciplinarmente 

O Arões SC voltou a ceder pontos na derrota caseira ao que tudo indica forçada contra o GD Prado, contra quem perdeu por 2-1, numa partida em que os aronenses se queixam fortemente da equipa de arbitragem nomeadamente no lance em que resultou o golo do empate da equipa de Prado em que a bola foi ao peito de Zezinho e foi assinalada uma grande penalidade contra a formação aronense.

Ao intervalo o resultado mantinha-se a zeros mas o Arões já jogava com menos uma unidade por expulsão de Rampa num lance em que terá havido excesso de zelo por parte da arbitragem que atribuiu vermelho directo a um lance de pé alto merecedor de cartão amarelo. 

A virilidade com que a equipa do Prado entrou no jogo foi nefasta para os jogadores aronenses que além da expulsão de Rampão tiveram que retirar Barbosa do jogo e transportá-lo ao hospital após traumatismo num pé. 

Mesmo com menos um elemento o Arões chegou à vantagem aos 55' através de Korta. Depois a equipa do Prado chegou ao empate através do tal penalti que não existiu. 

Entretanto o Arões ficou reduzido a dez por nova expulsão com cartão vermelho directo a Marcos, ficando a equipa de Rui Novais reduzida a nove.

Mesmo com nove jogadores o Arões tentou chegar à vitória mas acabaria por sofrer o segundo golo num lance de contra-ataque. 

Uma partida que teve a presença de dirigentes de outros clubes na bancada e em que a massa adepta do Arões ficou fortemente abalada com a actuação da equipa de arbitragem que terá empurrado o Arões para atrás com mas decisões técnicas e disciplinares.    

Juniores - Div. Honra AF Braga: AD Fafe, 2 - GDU Torcatense, 0

Texto e foto (arquivo): JCL 

Fafe continua a desperdiçar muitos golos

Os juniores da AD Fafe receberam e bateram por 2-0 o GD União Torcatense, em jogo referente à 9.ª jornada. 

Numa partida em que o guarda-redes Luís Ferreira foi praticamente um mero espectador a equipa fafense chegou à vantagem aos 32 minutos através de Carlos Daniel. 

Na segunda metade a equipa orientada por Luís Carlos Fernandes continuou a dominar o jogo mas só viria a apontar o golo da confirmação aos 89 minutos por Vítor. 

Foi mais uma partida em que a equipa fafense ficou a dever muitos golos ao marcador.    

Taça Federação FPN: Amigos de Quinchães, 7 - GD Recarei, 0 (Póker de Flávio)

REDAÇÃO

Golos, espectáculo e muito fair play 

Em jogo a contar para a taça da federação, os Amigos de Quinchães receberam a formação do Recarei, equipa do Concelho de Paredes, a quem devolveu à proveniência com sete golos no bornal.   

Os Amigos a entrarem muito fortes no jogo e aos 4 minutos, Flávio a fazer o primeiro do jogo. Aos 9 seria Xavi a fazer o gosto ao pé. Os Amigos não deixavam o Recarei respirar e Bento aos 17 fazia o terceiro para a turma de Quinchães. Flávio, aos 25 minutos, fazia o quarto para os Amigos e aos 34 Flávio novamente a fazer o quinto para os Amigos e um hat-trick pessoal, resultado que se manteve até ao intervalo.

Com o jogo resolvido os Amigos baixaram a intensidade e o Recarei  a dar um ar da sua graça e a tentar ter mais bola mas sem criar perigo para a baliza de Vitinha, e seria Flávio a marcar o golo da tarde aos 71, fazendo o póker e Bento fechava as contas aos 80.

Os Amigos mereceram este resultado, num jogo em que o guarda redes Vitinha foi um mero espetador, não fazendo uma defesa digna de registo.

De salientar também que a equipa de arbitragem não mostrou um único cartão durante o jogo todo.

1.ª Div. Af Braga: GDCR Fareja, 2 - GRC Rossas, 2 (Duas faces)

REDAÇÃO/JCL

Segunda parte comprometedora

O GDCR Fareja recebeu o GRC Rossas em jogo a contar para a Série D da 1.º Divisão Distrital e a partida acabou por terminar com uma igualdade a dois golos. Pela primeira parte que os farejenses fizeram e a segunda menos conseguida, o empate acaba por ser um resultado justo.

O Fareja entrou muito bem no jogo com, duas boas situações para marcar e aos 30 minutos chegou ao golo por intermédio de Zé Pinto. Os ferroviários foram para o intervalo a ganhar por uma bola a zero com toda a justiça.

Na segunda parte a equipa orientada por Stephane Varela entrou algo adormecida e o Rossas com a excelente equipa que tem chegou ao empate aos 54 minutos e volvidos mais quatro minuros virou o jogo a seu favor.

O Fareja tinha que correr agora atrás da desvantagem e aos 62 minutos Pinto enviou uma bola à barra.

A quinze minutos do final o treinador do ferroviários arriscou a jogar com 3 defesas e aos 89 a equipa chegou ao golo por intermédio de Abraão através de um livre direto.

Estão de parabéns os jogadores do Fareja por nunca desistirem de lutar e os sócios e simpatizantes pelo apoio que sempre deram até ao último minuto à equipa o que deixa o treinador dos ferroviários satisfeito. 

Passeio de BTT Roda Regadas (Fafe) é já a 25 de Novembro


REDAÇÃO


Reserva a tua presença 

Está agendado para o dia 25 de novembro, em Fafe, o 4º Passeio de BTT Roda Regadas promovido pela seção de ciclismo do Grupo Cultural e Desportivo de Regadas.
A iniciativa tem o apoio da Associação de Ciclismo do Minho e as inscrições devem ser formalizadas online (aqui).

O Passeio de BTT Roda Regadas será uma oportunidade para desfrutar dos trilhos da região de Fafe, tendo a organização preparado um percurso na extensão de cerca de 35 quilómetros de dificuldade física e técnica média/baixa.
O início está marcado para as 09h00 no Aquaplay - Play Soccer (Piscinas - Rua Santa Maria, Fafe).
O custo de inscrição é de 15 euros (com almoço) ou de 10 euros (sem almoço). As inscrições apenas são aceites no site da Associação de Ciclismo do Minho (aqui - pagamento por multibanco) e devem ser formalizadas até ao dia 23 de novembro (as inscrições são limitadas aos primeiros 250 inscritos com participação paga).

A equipa Roda Regadas, filiada na Associação de Ciclismo do Minho, alia a prática do ciclismo à parte lúdica, nomeadamente através da participação e organização de convívios com outras equipas, Passeios BTT, Caminhadas etc. Surgida no seio do Grupo Cultural e Desportivo de Regadas (GCDR), cuja fundação remonta a 1976, a secção de ciclismo (denominada equipa Roda Regadas) tem como principal objetivo o fomento da prática da modalidade nas vertentes de ciclismo de estrada e de BTT.
Regadas é uma freguesia do concelho de Fafe, com uma área de 5,9 Km2, nela residindo cerca de 1700 habitantes. Trata-se de uma freguesia muito bairrista onde abundam instituições e associações, sendo uma delas o grupo de futebol, designado por Grupo Cultural e Desportivo de Regadas (GCDR), que também promove a prática de outras modalidades. 

NATAÇÃO: Fafense Inês Castro sagrou-se campeã regional 100m bruços

Texto: JCL / Foto: DR

Mais um título para a nadadora da AD Fafe 

A nadadora fafense Inês Castro sagrou-se campeã regional de natação em 100m bruços nos campeonatos regionais de natação que decorrem este fim de semana em Felgueiras e onde participam cerca de meio milhar de nadadores de todo os escalões e de ambos os sexos. 

A nadadora da AD Fafe já npos tem habituado a estas conquistas ao longo da sua carreira e esta não fugiu à regra confirmando as suas qualidades e capacidades. 

Diana Durães bate recorde absoluto dos 1500 livres em Felgueiras em piscina curta

REDAÇÃO

Fafense não pára de bater recordes 

Diana Durães bateu hoje o recorde nacional absoluto dos 1500 livres em piscina curta no decorrer da primeira jornada do Campeonatos Regionais Juvenis, Juniores e Seniores PC Felgueiras, da Associação de Natação do Norte de Portugal (ANNP).

A nadadora do Benfica, a competir extra-competição, terminou a prova com 16.08,10 minutos, superando o anterior máximo que pertencia a Tamila Holub, com 16.11,67, desde 11 de dezembro de 2015 no Porto.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

1.ª Div. AF Braga: GCD Regadas recebe o GD Vasco da Gama em dérbi concelhio

Todos os jogos da formação de futsal da AD Fafe

Pedro Freitas também vai deixar a formação da AD Fafe

REDAÇÃO

"Não terei qualquer problema em esclarecer o que quer que seja"

Numa mensagem dirigida aos colegas, à qual tivemos acesso, Pedro Freitas, sub-coordenador para a Formação da AD Fafe e treinador da equipa de Iniciados escreveu: "Para esclarecimento de todos ontem (4.ª feira) no fim da reunião renunciei ao cargo de sub-coordenador. Depois de tudo o que foi dito, não faz sentido continuar. Não o fiz no momento a quente pois acredito que agora se precise de estabilidade e não discussões como outra pessoa tentou que acontecesse ao longo da reunião. Irei estar mais uns dias pelo clube pois não sou capaz de abandonar os meus jogadores de um dia para o outro e não terei qualquer problema em esclarecer o que quer que seja".      

Todos os jogos do OFC Antime


1.ª Div. AF Braga: GD Silvares recebe a AC Gonça

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

AD Fafe: Solidário com Jaime Castro, Marco Rodrigues demitiu-se de treinador dos Juvenis

REDAÇÃO

Outros podem fazer o mesmo 

Ao que apuramos e segundo nota que recebemos na redação existem novos desenvolvimentos em sintonia com a demissão do ex-coordenador da AD Fafe, Jaime Castro, com mais uma demissão em cima da mesa a do técnico da equipa A de Juvenis, Marco Rodrigues 

Também o adjunto de Marco, Joel Sousa, se demitiu tendo ambos comunicado hoje mesmo esse facto aos atletas não avançando com a orientação do treino agendado para esta noite, que foi orientado por um dos adjuntos da equipa júnior, Sérgio Castro.  

Ao que apuramos há treinadores de outros escalões a ponderar fazer o mesmo nos próximos tempos. 

Todos os jogos da formação do Grupo Nun'Álvares/IESfafe

Futsal Fem. - 1.ª Div. Nac.: Nun'Álvares/IESFafe recebe o GD Chaves

Div. Pró-Nacional AF Braga: Líder Arões SC recebe o GD Prado