.

.
.

sábado, 15 de junho de 2019

Guardião Paulo Freitas transfere-se do Arões SC para a União Torcatense

TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Um guardião muito experiente que vai para acrescentar 

O guarda-redes Paulo Freitas que defendeu as cores do Arões SC, no Campeonato de Portugal e na Divisão Pró-Nacional da AF Braga, acaba de se transferira para a União Torcatense, primeiro Clube como sénior depois de terminar a sua formação no Vitória SC. 

O atleta, actualmente com 32 anos começou a jogar nos Restauradores da Granja com cerca de 8 anos. Depois jogou três anos nos asses de S. Jorge e foi para o Vitória SC (Guimarães) aos 13 anos, onde percorreu todas as camadas jovens e assinou pelos seniores. No primeiro ano de sénior foi emprestado ao União Torcatense e quando acabou o contrato com o Vitória e jogou três temporadas na AD Fafe. Seguiu-se o Rebordosa e o FC Vizela. 

Tinha assinado com o Amarante FC no seu último ano em Portugal, mas acabou por não jogar e emigrar para França. Em França foi para um clube da CFA 2 chamado, Chambery mas acabou por não assinar porque entretanto arranjou emprego na zona de Lyon onde assinou pelo St Fons, um clube distrital, no qual se destacou não na baliza mas como ponta de lança onde facturou muitos golos. Regressou a Portugal para representar o Arões SC onde se manteve por três temporadas a última das quais com muito azar pois teve uma lesão que o impediu de jogar quase toda a temporada.

Paulo Freitas é mais um guarda-redes fafense contratado para a baliza do União Torcatense onde poderá por em prática toda a sua experiência e onde encontrará também outro guarda-redes de Fafe, Gonçalo Pereira.

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Jorge Teixeira é o novo treinador dos felgueirenses do GDST Pinheiro

REDAÇÃO

Regresso ao futebol federado com ambição

Jorge Teixeira é o treinador escolhido para assumir os destinos da a equipa do GDST Pinheiro, na próxima temporada, para dirigir a equipa da 1.ª Divisão Distrital da AF de Braga.

A equipa que milita na 1.ª divisão da AF Braga, elegeu Jorge Teixeira para ser o homem do leme na próxima temporada, com o objetivo claro de alcançar uma respeitável classificação no campeonato, querendo inverter a tendência daquilo que tem sido os resultados das últimas épocas.

Jorge Teixeira chega acompanhado da sua equipa técnica, depois de na última época ter feito um trabalho irrepreensível e meritório, tendo alcançado o 4.º lugar no campeonato e a meia-final da taça da Federação, pela equipa da ACR Sendim que na época transata reactivou a sua equipa de futebol, tendo disputado o campeonato da AMAF.

“Agradeço, desde já, todos os contactos e convites que recebi para esta época desportiva, é sempre bom ver reconhecido o meu trabalho ao longo destes anos, nas equipas pela qual tenho passado. Optei por abraçar este projeto, pela ambição que o mesmo me exige, sendo também o que melhor consigo conciliar com a minha atividade profissional", disse o novo técnico do Pinheiro.

"Vamos começar a preparar a época atempadamente, para conseguirmos um plantel equilibrado e com qualidade necessária, que nos dê garantias para atingirmos os objetivos definidos”, rematou.

FUTSAL: Selecção Nacional Sub-21 vai jogar em Fafe nos dias 22 e 23 de Junho


Futsal - Sub-21

REDAÇÃO

Dois jogos frente à República Checa 

José Luís Mendes chamou 14 jogadores para as partidas de preparação que se realizam a 22 e 23 de junho, em Fafe.

A Seleção Nacional de futsal sub-21 vai realizar dois encontros de preparação diante da República Checa, nos dias 22 e 23 de junho, pelas 19h00, no Pavilhão Multiusos de Fafe.

Os trabalhos arrancam a 19 de junho e para o dia 21 está agendado um treino conjunto com a Seleção A. José Luís Mendes chamou 14 elementos para o estágio.

Eis a lista de convocados:

AD Fundão: Rodrigo Costa;

AD Modicus Sandim: Paulinho;

ADCR Caxinas Poça Barca: Alexandre Cunha, José Martins e Ruben Góis;

CCRD Burinhosa: Nuno Chuva;

CS São João Urgicentro: Daniel Costa e Leandro Costa;

CR Leões Porto Salvo: Francisco;

Futsal Azeméis by Noxae: Rúben Freire;

Futsal Minerva: Dinis Ramos;

SC Braga/AAUM: Tiaguinho;

SL Benfica: Afonso Jesus e André Correia.

Programa:

19 de junho de 2019 | quarta-feira

22h00: concentração em Guimarães (Santa Luzia ArtHotel)

20 de junho de 2019 | quinta-feira

10h30: treino (Pavilhão da Universidade do Minho)

16h30: treino (Pavilhão Multiusos de Fafe)

21 de junho de 2019 | sexta-feira

10h30: treino (Pavilhão da Universidade do Minho)

16h30: treino com a Seleção A (Pavilhão da Universidade do Minho)

22 de junho de 2019 | sábado

19h30: jogo Portugal x República Checa (Pavilhão Multiusos de Fafe)

23 de junho de 2019 | domingo

19h30: jogo Portugal x República Checa (Pavilhão Multiusos de Fafe)

Vimaranense Ricardo Silva apontado como novo técnico da AD Fafe

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: DR

Seja quem for o novo técnico vai ter 
uma missão muito difícil pela frente 

O vimaranense Ricardo Silva, que esteve nas duas últimas temporadas ao serviço da Juventude de Pedras Salgadas, tem sido apontado como o sucessor de Álvaro Pacheco na AD Fafe.

O técnico, de 37 anos, treinou a formação do CC Taipas, FC Vizela e Vitória de Guimarães sempre em Sub 19 e nos seniores orientou as equipas do CC Taipas, União Torcatense, Vianense, FC Felgueiras e Pedras Salgadas.   

Caso se confirme o seu ingresso deste técnico na AD Fafe, a verdade é que, este ou qualquer outro, não vão ter missão fácil pela frente, começando pela exigência dos adeptos, pela boa imagem deixada pelo técnico anterior, pela saída de jogadores nucleares da equipa e ainda pelo facto de em 2109/20 a AD Fafe ter na sua série além e outras formações fortes que vão lutar para subir, as equipas equipas B do Vitória SC e do SC Braga, que serão à partida dois fortes candidatos à subida. 

FUTSAL: Selecção Nacional vai realizar dois particulares contra a Noruega em Fafe

REDAÇÃO

Jogos no Pavilhão Multiusos de Fafe 



Jorge Braz divulgou a lista dos eleitos para os jogos que realizam nos dias 22 e 23 de junho em Fafe.

O selecionador Nacional de futsal, Jorge Braz, revelou esta sexta-feira a lista de convocados para os dois encontros de preparação agendados para os dias 22 e 23 de junho diante da Noruega, em Fafe.

Entre os 14 convocados, destaque apara a estreia de Gonçalo Portugal (Sporting CP) e Ludgero (Quinta dos Lombos).

A Equipa das Quinas concentra-se na próxima terça-feira.

Eis a lista de convocados:

AD Fundão: Márcio e Pauleta;

AD Modicus Sandim: Rui Pedro Cardoso;

CRC Quinta dos Lombos: Ludgero;

SL Benfica: André Coelho, Bruno Coelho, Fábio Cecílio, Miguel Ângelo e Tiago Brito;

Sporting CP: Erick Mendonça, Gonçalo Portugal, João Matos, Pany e Pedro Cary.

Árbitros de todas as categorias recebem formação para salvar vidas

REDAÇÃO

Projeto arranca já nas próximas semanas, nos cursos de preparação para a nova época.

Os árbitros de todas as categorias dos escalões nacionais vão ser dotados de conhecimentos em Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática Externa, de forma a estarem preparados para quaisquer ocorrências nos jogos em que sejam intervenientes.

Presentes em todos os jogos e competições nacionais, o Conselho de Arbitragem e a Unidade de Saúde e Performance da FPF entenderam que os árbitros devem receber formação específica que pode ajudar a salvar vidas.

A formação começará nos cursos de arbitragem que terão lugar durante as próximas semanas, a tempo do início da nova temporada desportiva.

O projeto manter-se-á nos próximos anos. «O objetivo é formar os árbitros que dirigem os jogos das provas nacionais, permitindo-lhes intervir em situações de perigo de vida dos mais diversos protagonistas dos jogos de futebol e futsal», afirmou José Fontelas Gomes, presidente do CA, em declarações ao site oficial da FPF.

Os cursos vão iniciar-se já em meados de julho, com os 96 árbitros e assistentes que fazem parte das categorias C1Pro, AAC1, C1, AAC2 e VAR, e continuam no início de agosto com a categoria C2 futebol, num total de 70 árbitros, prosseguindo com as categorias CF1 e CF2, num total de 50 árbitras em finais de agosto. A estes 216 árbitros e assistentes vão juntar-se mais 177 árbitros de futsal, cujos cursos estão ainda por calendarizar. Feitas as contas, a formação vai envolver quase 400 elementos apenas neste Verão.

Clubes com melhor preparação para emergências cardíacas

Com o objetivo de dotar os clubes de futebol e futsal de meios humanos e técnicos capazes de assegurar o socorro em situações de morte súbita ou paragem cardíaca, foram recentemente celebrados protocolos entre a Ocean Medical e várias Associações de Futebol Distrital e Regional.

Esta iniciativa possibilitará que os clubes tenham acesso a formação certificada em Suporte Básico de Vida (SBV), além da implementação de Programas de Desfibrilhação Automática Externa (DAE) nas suas instalações.

Este projeto partiu de um desafio lançado pela Federação Portuguesa de Futebol, que procurou encontrar uma solução que cobrisse todo o território nacional, a preços acessíveis e com um alto padrão de qualidade e segurança.

Até ao momento, em Portugal Continental, já participam 12 das 18 Associações de Futebol, sendo que nas próximas semanas ainda vão decorrer reuniões nas Regiões Autónomas. Entretanto já foram adjudicados 27 Programas de DAE e respetiva formação, sendo expectável que até dezembro de 2019 se ultrapasse a meta dos 150 clubes aderentes.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Futebol Veteranos: Arlindo Silva um herói improvável em Inglaterra


TEXTO E FOTOS: JOÃO CARLOS LOPES

Dos dois penaltis defendidos um 
foi uma defesa do outro mundo

Os veteranos da UD Fafe A60 venceram o torneio de Chester, em Inglaterra com um herói improvável no jogo das meias finais, o central e treinador da equipa Arlindo Silva, guarda redes improvisado, defendeu dois penaltis, após empate a dois nos 50 minutos de jogo contra o Upton JFC.

As defesas foram feitas no jogo das meias finais, merecendo os elogios da sua equipa, dos adversários e até do árbitro. Se no primeiro penalti defendido voou para o lado direito no segundo fez um defesa à João Pinto, "chutando a bola com o pé que tinha mais à mão",  e ainda que a bola tenha ido para o lado esquerdo conseguiu chegar lá com o direito, numa decisão incrível que arrancou gargalhadas a todos, mas acima de tudo garantiu a presença na final que foi meio caminho andado para a conquista do torneio.    

Os golos fafenses contra o Upton JFC foram apontados por Vitinha e Luís Mário.

No segundo jogo contra a equipa da casa, Chesire Corinthians FC, os fafenses chegaram a estar a perder por 2-0 mas conseguiram igualar antes do intervalo. Braga reduziu para 2-1 e Vitinha empatou de penalti.

Na segunda parte o jogo manteve-se equilibrado mas foram os fafenses a chegar ao 3-2 com golo de Luís Mário.

Dois jogos muitos disputados contra equipas inglesas que não davam um lance por perdido, muito fortes fisicamente. A arbitragem também foi à inglesa.

Apesar de os veteranos da UD Fafe A60 terem três guarda-redes, por motivos diversos não foi possível viajar nenhum, mas esta vitória só é inédita nos penaltis porque no ano passado em Itália os veteranos também venceram o torneio com o jogador Vitinha na baliza.

Pedro Castro (ex-Vieira SC) comprometeu-se com a ACD Pica

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: DR

Extremo só estará apto em Outubro 

Apesar de ainda se encontrar a recuperar de uma lesão grave como é a rotura de ligamentos, o extremo Pedro Castro que se tinha desvinculado do Vieira SC, comprometeu-se com a ACD Pica de Rafael Leite para a época 2019/2010, na Divisão de Honra da AF Braga.

O jogador que desempenha qualquer posição no corredor esquerdo regressa aos 26 anos a uma equipa fafense, pois pretende estabilizar a sua vida perto de casa. 

Pedro Castro foi uma das peças fundamentais na "Geração de Ouro", da qual é um os poucos sobreviventes, que foi campeã distrital em juvenis pela AD Fafe e mais tarde nos juniores. O extremo marcou sempre golos decisivos ao longo da sua formação e também enquanto sénior. 

O jogador fez formação no Boavista e no Fafe, jogou nos seniores da AD Fafe (3), passou pelo Maria da Fonte (2) e pelo Vieira SC (4), regressando agora a Fafe para representar a ACD Pica.

Taças Nacionais de Futsal disputadas em Fafe vão ter entrada livre

REDAÇÃO


Juniores femininos do Nun'Álvares/IESFafe vão lutar pelo título nacional 

No fim de semana de 21 a 23 de Junho, Fafe recebe as Finais das Taças Nacionais de Futsal. O evento, considerado um dos maiores eventos nacionais de futsal, levará a Fafe 340 atletas, num total de 20 equipas. As Taças Nacionais de Futsal serão disputadas por equipas Séniores Femininos, Júniores Femininos e Júniores Masculinos 

A Federação Portuguesa de Futebol deliberou, em Reunião de Direção realizada a 3 de abril, que as Taças Nacionais de futsal seriam discutidas em Fafe aceitando a candidatura conjunta da Associação de Futebol de Braga e do Município de Fafe.

Manuel Machado, presidente da Associação de Futebol de Braga, afirmou "É um momento importante e pode ajudar-nos a estimular o crescimento da modalidade no distrito de Braga. Estamos felizes por nos terem atribuído este evento, cujo caderno de encargos foi realizado em parceria entre a CM de Fafe e a AF Braga." e elogiou a política de descentralização da FPF: “A Federação tem desenvolvido um importante papel na descentralização destas iniciativas e os resultados têm sido muito positivos, nomeadamente no crescimento do número de praticantes nos últimos anos. Nós cá estaremos para ajudar nesse propósito", concluiu.

Pompeu Martins, Vereador do Desporto do Município de Fafe, reconhece que “Fafe tornar-se-á, no próximo fim de semana, a Capital do Futsal. Vamos acolher 340 atletas, de diversas regiões do país, para disputar uma competição de futsal, desporto muito acarinhado também pelos fafenses. Temos quase mil praticantes de futsal e este número revela bem o trabalho que está a ser feito por inúmeros agentes desportivos para promover a modalidade. Penso que estamos no bom caminho e estou absolutamente convicto que vamos continuar a crescer a este nível”. Este é mais um passo representativo da promoção do desporto que o Município de Fafe tem desenvolvido ao longo dos anos e que reflete a ambição de serem uma Terra amigo do Desporto. 

Os jogos vão ser disputados no Multiusos de Fafe, no Pavilhão Municipal e no Pavilhão do Grupo Nun'Álvares e a entrada é livre.

Grupo de Amigos de Travassós promove Arraial de Santo António

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Mudança de cidade obriga defesa Samú a terminar a ligação ao OFC Antime

REDAÇÃO

"Não existem palavras suficientes para descrever este clube!"

"Chegou o fim de mais uma época. Uma época repleta de alegrias infinitas.

Uma época difícil, com adversidades e até mesmo medos, mas atingimos objetivos, lutámos, acreditámos e vencemos todos os obstáculos. Sobrevivemos. Não desistimos!

Conquistámos corações, fortalecemos alicerces e alcançámos vitórias. Vitórias essas que se manifestam em confiança, atitude, esperança e honra.

Tive a honra de vivenciar na primeira pessoa, de trabalhar com todos vós e, por isso, quero agradecer a todos que sempre me apoiaram nos momentos mais árduos, a todos os adeptos incansáveis e incríveis do O.F.C Antime e a toda a equipa técnica que prima pelo profissionalismo e pela paixão ao Futebol.

Um especial agradecimento à Direção e a todos os membros dos órgãos sociais que se dedicam de corpo, alma e coração a este clube. Graças a vós não nos faltou nada. Graças a vós este clube é uma família que partilha alegrias, mas que acima de tudo se apoiam uns aos outros e acreditam que somos todos capazes. Capazes de vencer e capazes de sermos melhores, todos os dias.

Aos meus colegas de batalha desejo-vos um futuro promissor e próspero. Agradeço-vos do fundo do meu coração por todos os momentos vividos durante esta época e pelo apoio incondicional.

Não existem palavras suficientes para descrever este clube! Juntos somos união, somos força, somos orgulho, somos uma equipa.

Levo para a vida estes 2 anos e meio junto a vós. São e serão para sempre parte de mim, um exemplo para a vida!

Um bem haja a todos. Estarei sempre ao vosso lado!"

Silvares não deu a volta ao jogo em Rossas e falhou a subida à Honra

TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Depois da euforia veio a desilusão 

O GD Silvares deslocou-se a Rossas para efectuar os restantes 30 minutos de jogo da partida referente à 18.ª jornada que tinha sido interrompida aos 60 minutos, numa altura em que a equipa da casa vencia por 2-1 e apesar do empate chegar para os fafenses subirem falharam o objectivo.

Os jogadores do Silvares não conseguiram marcar em 30 minutos o golo que daria a igualdade na partida, que seria suficiente para a subida e viram os barcelenses dos Viatodos subir à Divisão de Honra um dos dois 2.ºs melhores classificados de todas as séries da 1.ª Divisão da AF Braga, sendo certo que o Caldelas já estava garantido. 

Depois da euforia de ter festejado antecipadamente a subida na última jornada, após vitória contra o GD Fareja por 2-1 os silvarenses viveram a desilusão de não ver confirmada essa subida. 

Independentemente de quem sobe de divisão é incompreensível que a AF Braga marque os 30 minutos restantes do jogo mais de um mês depois de ter terminado a temporada.  

Capitão da ACD Pica Davide diz que chegou o momento de terminar a carreira

REDAÇÃO

"Nunca foi só Futebol…nunca foi, nunca será!"

"Momento pensado e consciente, mas sobretudo de grande sentimento e emoção…

O momento de terminar a minha carreira de Jogador de Futebol.

Foram 25 anos ininterruptos de dedicação e paixão a um desporto que marcou a minha vida e me ajudou a ser a pessoa que sou hoje. Muitas histórias para contar, muitas recordações felizes que ofuscam todos os momentos ou circunstâncias menos positivas. Pessoas maravilhosas que tive oportunidade de conhecer e outras que me ajudaram a ter certezas sobre aquilo que eu jamais quererei ser. Acima de tudo termino este percurso em paz, feliz e de consciência tranquila. Não passei por cima de ninguém, não misturei interesses pessoais com futebol. Desde o primeiro dia até ao último, o que conquistei ou não conquistei, deve-se simplesmente ao reconhecimento dos clubes, das pessoas, em relação à minha dedicação e ao meu valor. Esse é um título pessoal que me orgulha, porque é ele que me confere a liberdade, o respeito e a dignidade destes 25 anos.

Porém, não quero esta seja mais uma manifestação egocêntrica, ou propaganda barata como tantas outras, quero sobretudo aproveitar este tempo que vos tomo para exteriorizar a gratidão que eu sinto, num simples…Obrigado.

Obrigado a Deus por estar comigo em todas as horas, em todos os momentos.

Obrigado à minha família e aos meus amigos, pelo suporte, pela compreensão, pelo amor. São tudo para mim. O meu Pai, companheiro de todas as horas, nunca esteve só na bancada, eu nunca estive só dentro de campo.

Obrigado à rua que me viu nascer, rua de amizades que se perpetuam até aos dias de hoje. Futebol do nascer ao por do sol - escola de Futebol, escola de Vida.

Obrigado aos 4 clubes representados nesta foto:

Ao Nun´Álvares e D.A. Baúlhe por me terem acolhido e tratado tão bem. À A.D. Fafe, clube da cidade que me viu nascer, onde eu tive a oportunidade de me formar como atleta e de cumprir o sonho de ser atleta profissional. Orgulho enorme ter vestido aquela camisola. À A.C.D. Pica que acompanhou e marcou a minha vida adulta. Anos intensos, repletos de ensinamentos, de superação e de felicidade. Anos que me ajudaram a amadurecer e centrar nos princípios basilares da minha vida, negociáveis seja qual for o interesse ou conveniência. O respeito que conquistei no futebol devo-o em grande parte a este clube e a todas as pessoas maravilhosas que tive o prazer de conhecer. Serei mais a um a torcer por vocês…muito mesmo.

Obrigado a todos os companheiros com os quais partilhei balneário. Obrigado pelo respeito, pela amizade e por tudo o que vivemos juntos. Fiz amizades para a vida desde a formação até este momento e não tenham dúvidas que aprendi muito com todos vocês. Obrigado aos grupos que tive o prazer de capitanear, com particular carinho para este de 18/19, o último. Balneário de grande valia desportiva e humana que muito tem para dar ao futebol. Dei o melhor de mim para vos ajudar e inspirar a ser melhores desportistas e homens, num futebol, numa sociedade cada vez mais pobres sob o ponto de vista dos valores que os deviam sustentar. Na pessoa de um grande amigo e ser humano - Jorge Monteiro, agradeço a cada um de vocês.

Obrigado a todos os treinadores que sabiamente me ensinaram e inspiraram, dos quais tenho de destacar o mister Fernando Peixoto, Paulo César, Nelo Barros e Prof. Rogério Rodrigues, todos eles essenciais no meu percurso de formação. Obrigado a todos os treinadores no futebol sénior e suas equipas técnicas, não deixando de referir alguns nomes importantes, mister Braga, Carlos Salgado, Luís Carlos, Zé Maria, Fernando Fontão e Rafael. Treinadores e Homens verdadeiramente inspiradores.

Obrigado aos dirigentes da Formação da A.D. Fafe e do Futebol Sénior, nomeadamente ao sr António Silva e Tó Lima, por terem tido a coragem de retomar uma aposta sustentada na formação do clube. Obrigado ao Presidente Lemos (grande senhor do futebol) que tudo fez para que eu ingressasse na A.C.D. Pica, assim como a todos os diretores, na pessoa de um grande ser humano - sr. Fonseca. Gente de bem e de princípios que sempre me respeitaram e acarinharam. Obrigado aos grandes amigos que fiz nesta caminhada de 15 anos no clube (Álvaro, Catita, Fernando Peixoto, Paulo Russo, Alírio, Piairo, Hélder, Arlindo, Ademar, Manuel, Carvalho). Obrigado aos ex técnicos da rouparia Sr. Cândido e Joaquim. Obrigado ao vice-presidente António Cunha pela amizade e forma sábia de gerir as relações humanas dentro do clube. Por fim, um enormíssimo obrigado ao presidente do clube Francisco Oliveira, pela amizade, pela honestidade, pelo respeito, pelo reconhecimento do meu valor e por saber sempre honrar os princípios e a história do clube.

Leio, releio e sinto que jamais estas palavras conseguem traduzir o que vai no meu coração...

Nunca foi só Futebol…nunca foi, nunca será!"

Meio milhar encantado com a III Caminhada Travassós em Movimento

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTOS: DR

"Temos um pequeno paraíso à nossa porta"



A III Caminhada Travassós em Movimento dentro das expectativas e deixou encantado meio milhar de pessoas que quiseram ver um percurso fantástico com muitos pontos de verdadeira beleza, tudo isto porque a organização da ADT Travassós Running (ADTTR) se esmerou em preparar um trajecto que ficasse na memória das pessoas o que efectivamente foi conseguido porque o feedback das pessoas assim o confirmou. 
Os participantes tiveram um comportamento excelente percorrendo os dez quilómetros de forma ordeira e civilizada o que enaltece a organização. 

O presidente da ADTTR, Damião Duarte, referiu "sabíamos que o trabalho que desenvolvemos ia criar impacto e a reacção dos participantes foi a que estávamos à espera, todos gostaram o que nos deixou extremamente satisfeitos e realizados".

Adiantou ainda que "o que mais impacto causou impacto nos participantes foram as pontes e os passadiços que construímos de raiz, mas penso que a nível geral a beleza total do percurso também marcou principalmente os que não conheciam e vieram de mais longe".

Até mesmo o inesperado percalço no tamanho das t'shirts, ao a organização foi totalmente alheia, permitiu que a organização contornasse a situação, conseguindo resolver a questão de maneira que ninguém ficasse prejudicado".

ELEMENTOS DA ORGANIZAÇÃO QUE FORAM INCANSÁVEIS
No meio de tanta gente é natural que os incidentes aconteça e nesse capítulo há a registar um com uma participante que se lesionou, mas o caso foi devidamente encaminhado para o seguro, mas a organização deseja à senhora que se lesionou umas rápidas melhoras.

A organização esmerou-se para colocar a caminhada o mais alto possível a todos os níveis, no entanto confia nas suas capacidades para continuar a melhorar e a surpreender, "até porque temos um pequeno paraíso à nossa porta. Já temos alguns projectos em mente que mais uma vez irão surpreender os participantes na próxima edição".

Nuno Fernandes e Paulo Mendes representaram Portugal no Trail Guérledan

TEXTO: JVM / FOTOS: DR


Com direito a pódio coletivo

A contar para a Taça Celta de Trail, os atletas fafenses Nuno Fernandes e Paulo Mendes foram até à Bretanha, região francesa, para alinhar na equipa que representou Portugal nos 26km do Trail Guérledan.

A prova correu de feição a ambos, tendo Paulo Mendes sido 6° da geral, enquanto Nuno Fernandes foi 17°.

Os resultados individuais dos atletas portugueses permitiram que a equipa nacional masculina terminasse, coletivamente, no 2.º lugar do pódio. 

Foi uma grande experiência desportiva, mas que, fora do contexto da prova, permitiu também a ambos conhecer aquela belíssima região francesa e o convívio com atletas internacionais do mais alto nível, incluindo François D´Haene, um dos nomes maiores do Trail Running mundial.

Futsal 2.ª Div. Nac.: João Mota é um Ala que vem para acelerar na AD Fafe


TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: DR

Um ala que tem os olhos na baliza 

O Futsal da AD Fafe contratou o Ala de 26 anos João Mota, jogador de 26 anos que representava o GDR Retorta, equipa de Valongo, na 2.ª Divisão Nacional.  

O jogador fez formação no CSRDC Santiago (Penafiel), onde jogou também sete épocas como sénior, saindo depois para o Lousada de onde transitou duas épocas depois para o GDR Retorta. 

Na época passada, ao serviço do Retorta marcou 13 golos em 27 jogos. 

Gabriel Castro foi ao pódio em Master 40 no 1.º Grande Prémio de Ciclismo Alto Minho

REDAÇÃO

DCC/ACD Pica teve uma boa prestação na prova


O 1.º Grande Prémio de Ciclismo Alto Minho decorreu nos dias 8 e 9 de Junho nas categorias de masters, elites amadoras e sub 23 e contou com a presença das melhores equipas amadoras nacionais e algumas espanholas da zona da Galiza que teve como vencedor absoluto o espanhol Damian Cordero Marques da equipa ACDC TROFA, uma jovem promessa do ciclismo ibérico. O Concelho de Fafe esteve representado nesta prova pela DCC/ACD Pica que obteve um pódio em Master 40, com o 3.º lugar alcançado por Orlando Cabriel Castro. 

A prova decorreu em dois dias e teve três etapas, com o prólogo de manhã e uma etapa de tarde com 95 km (Ponte da Barca - Ponte da Barca) e no segundo dia uma etapa com 84 km (Ponte da Barca - Melgaço).

A equipa da DCC/ACD Pica marcou presença neste evento velocipédico com quatro ciclistas: Orlando Gabriel Castro, Paulo Almeida, Pedro Freitas e Rafael Gonçalves, com este ultimo a só poder alinhar no primeiro dia por motivos profissionais partimos. A equipa partiu para o prólogo para tentar não perder tempo onde foi obtida uma boa classificação. Gabriel Castro no escalão M40 foi 5.º com 2 segundos de diferença para o 3.º e 4.º classificados; Paulo Almeida em M40 foi 14.º classificado; Pedro Freitas em M40 foi 21.º e Rafael Gonçalves foi 6.º em Elites.

Da parte de tarde na 1.ª Etapa na distância de 95km, Orlando Castro entrou na fuga inicial com 13 ciclista que foram alcançados a meio da prova. Na classificação da etapa; Gabriel Castro, foi 20.º na geral e 5.º na categoria de Master 40; Paulo Almeida foi 27.º e 10.º em Master 40; Pedro Lopes, 44.º e 15.º em M 40 e Rafael Gonçalves 53.º e 6.º em Elites. No primeiro dia a DCC/ACD Pica terminou em 6.º por equipas. 

No segundo dia decorreu a etapa final de dificuldade acentuada e típica para trepadores a qual teve muitos ataques de vários ciclistas no início na tentativa de tentarem descolar do pelotão. Foram três montanhas difíceis que em alguns sítios tinha uma inclinação de 22 por cento. Foi nesse tipo de terreno que Orlando Castro fez a diferença, atacando e deixando para trás o líder de Master 40, tendo o fafense embalado sem parar até à meta o que lhe permitiu alcançar o 2.º lugar da geral em Master 40 na etapa o que lhe valeu o 3.º lugar na geral final da categoria e 14.º na geral absoluta. Paulo Almeida também subiu na categoria Master 40, tendo sido 8.º na categoria e 24.º na geral e Pedro Lopes, estreante nesta vertente de ciclismo de estrada também subiu na geral, tendo sido 40.º na categoria.

GD Vasco da Gama convocou nova Assembleia Geral para o dia 14 de Junho

Tony Machado estreia-se como treinador no Clube da sua terra o GDCR Fareja

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: DR

"É o clube ideal para iniciar o meu percurso de treinador"

O GDCR Fareja escolheu um treinador que conhece os cantos à casa, pois frequentou-a como atleta e como técnico adjunto durante muitas temporadas e por isso é merecedor desta oportunidade de iniciar a sua carreira como treinador principal o que faz com conhecimento prático e teórico pois possui o Nível I de treinador, ao qual junta os cursos de preparador físico e de metodologia de treino.


O treinador, de 41 anos, confessou ao Montelongo Desportivo, "aceitei o convite do GDCR Fareja porque neste momento é o clube que me dá mais tranquilidade e estabilidade para começar o meu percurso como treinador principal, mas também não podia virar as costas ao clube do meu coração, onde nasci e cresci como homem e como jogador. Por tudo isso este é o clube ideal".

Sobre a construção do plantel referiu "já está em marcha. Vamos fazer um plantel muito competitivo e capaz de lutar pelos três pontos a cada jogo, com jogadores jovens e com muita vontade de fazer uma excelente época".

Já o principal objectivo para Tony Machado "é formar uma equipa coesa e competitiva, tendo em conta que vamos construir um plantel quase de raiz, podemos construir boas bases para o futuro. Um futuro que será de muitas alegrias, com o empenho e dedicação que esta Direcção tem em construir um Clube que a curto prazo se tornará mais apetecível.

O novo técnico dos ferroviários agradece "a toda a direcção do GDCR Fareja pela enorme confiança que deposita em mim. sem nunca esquecer duas pessoas que foram e serão das mais importantes para mim, os meus avós que já não os tenho que lá no céu, onde estão, devem estar orgulhosos pois foi sempre esse o desejo deles de um dia eu ser o treinador do grande GDCR Fareja. Gostava também de de agradecer a todos os meus amigos pelo carinho e apoio que me estão a dar , a todos o meu muito obrigado".

terça-feira, 11 de junho de 2019

ANDEBOL: Petra Silva marcou 300 golos esta época nas juvenis, Juniores e seniores da AA Didaxis

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: ISABEL FONSECA 



Um diamante por lapidar que já ofusca 

Petra Silva tem apenas 16 anos mas já é um autêntico fenómeno no andebol, como já o havia demonstrado ao serviço do AC Fafe, tendo-o confirmado agora ao serviço da Didaxis onde foi sempre titular na equipa sénior que milita na 2.ª Divisão Nacional, apesar de ser a jogadora mais nova. 

A jovem lateral esquerda aceitou o convite para integrar o projecto da Associação Académica Didaxis mas aproveitou a oportunidade para evoluir e mostrar os seus dotes para a modalidade onde é um verdadeiro terror para as guarda-redes adversárias.

Nos 58 jogos efectuados, distribuídos pelas equipas de juvenis, juniores e seniores, a jogadora fafense marcou 300 golos e fez outras tantas assistências, além de defender de foram implacável, mostrando ser uma jogadora completa.

Tudo isto é mais relevante se tivermos em conta a idade desta jovem e a enorme margem de progressão que tem pela frente. Não é, portanto, de admirar que novos e mais altos voos se adivinhem porque mostrar aquilo que mostra nesta idade não é, de facto, para qualquer atleta. 

Ala Diogo Dias é mais um reforço para o Nun'Álvares/IESFafe

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES/FOTO: DR  


Um jovem que promete muito 

Diogo Dias é mais um reforço que chega ao Grupo Nun'Álvares/IESFafe, proveniente da equipa bracarense do ADC Nogueiró e Tenões.

O ala começou por jogar futebol,o que fez até ao penúltimo ano de júnior na equipa do Braga, Maximiniense, Arsenal da Devesa e Merelinense. No Futsal iniciou-se nos juvenis do SC Braga e depois fez duas épocas de júnior no Nogueiró e Tenões onde prosseguiu como sénior. 

Na época passada apontou nove golos em 24 jogos pela equipa do Nogueiró e Tenões.

Futsal - 2.ª Div. Nac.: João Nuno regressa ao Contacto Futsal agora como treinador


REDAÇÃO

"O bom filho a casa torna"

A Contacto Futsal, tem o prazer de anunciar que chegou a acordo com João Nuno (ex- A.D. Fafe), para comandar a sua equipa técnica para a próxima época. É uma aposta, visando dar continuidade ao trabalho dos últimos anos e respeitando a filosofia do clube de aposta permanente na sua formação.

É uma mais valia pelas suas qualidades enquanto técnico, assim como enquanto homem. Qualidades essas que ficaram bem patentes aquando da sua passagem pelo clube, na qualidade de jogador, na qual foi um exemplo de postura, compromisso, entrega, seriedade e honestidade. O bom filho a casa torna

Guarda-redes fafense Filipa Henriques sagrou-se campeã Nacional da 2.ª Divisão pelo ABC

REDAÇÃO / FOTO: ISABEL FONSECA 


Jogadora joga pelas seniores mas tem idade de juvenil 


A última jornada da Fase Final do Campeonato Nacional de Seniores Femininos da 2ª Divisão foi decisiva para encontrar o Campeão Nacional. A jogar em casa, o ABC/UMinho recebeu a AA Didáxis-A2D, num jogo com uma primeira parte bastante equilibrada, em que a formação bracarense vencia, ao intervalo, por 13-12. 

Na segunda parte, porém, a equipa da casa entrou a todo o gás e, pouco a pouco, foi ganhando maior vantagem no marcador, até ao apito final. Com uma vitória por 29-21, o ABC/UMinho assegurou o primeiro lugar da Fase Final e o primeiro título de Campeão Nacional de Seniores Femininos da 2ª Divisão.


No final do jogo, a Vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Braga, Sameiro Araújo e o presidente da Associação de Andebol de Braga, Manuel Moreira, consagraram o ABC/UMinho, com a entrega das medalhas e da Taça de Campeão Nacional.

O ABC/UMinho, a par com o segundo classificado - SL Benfica - são promovidos ao Campeonato 1.ª Divisão Feminina, na próxima época.

A guarda-redes fafense Filipa Henriques que se transferiu esta época do AC Fafe para o ABC tem ainda idade de juvenil mas jogou pelas seniores desta equipa onde se sagrou campeã nacional, tratando-se de uma atleta com um grande futuro à sua frente, já referenciada pelos responsáveis máximos da modalidade em Portugal.

Nené (ex-AD Fafe) deu o salto para o Santa Clara da I Liga

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: DR

Um jogador que deixa a sua marca em Fafe 

Nené, médio de 24 anos, que a AD Fafe foi buscar há duas épocas ao CDC Montalegre está de abalada para os Açores, pois rubricou contrato como Santa Clara da I Liga, dando assim um salto qualitativo de um campeonato não profissional para um profissional. 

O jogador que é natural da Graciosa, Açores, fez a sua formação no Guadalupe e no SC Braga. Como Sénior representou o SC Braga B, o CDC Montalegre e a AD Fafe onde fez duas boas temporadas e de onde levanta voo para S. Miguel outra das ilhas do Arquipélago dos Açores. 

Ao serviço da AD Fafe marcou 13 golos em 60 jogos e deixou a sua marca no Clube com o seu pé esquerdo e o seu futebol calibrado.    


sábado, 8 de junho de 2019

Álvaro Pacheco não treinará a AD Fafe em 2019/20

REDAÇÃO

Deixa uma boa imagem

A Associação Desportiva de Fafe, Futebol, SAD vem por este meio anunciar a saída do mister Álvaro Pacheco do comando técnico da nossa equipa sénior de futebol.

A administração esteve reunida durante esta semana com o treinador, que chegou à AD Fafe já no decorrer da época desportiva 2018/19, sendo entendimento de ambas as partes dar por terminado o vínculo.

Dessa forma, a AD Fafe deixa-lhe os maiores desejos de felicidade e sucesso para o futuro.

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Veteranos da UD Fafe A60 partem hoje (6.ª feira) para Inglaterra


TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Mais uma viagem da equipa mais internacional de Fafe 


Os veteranos da UD Fafe A60 partem esta sexta-feira para Inglaterra onde vão retribuir a vinda a portugal de uma equipa inglesa situada em Chester, localidade situada entre Manchester e Liverpool. 

A colectividade presidida desde a sua fundação pelo dedicadíssimo Rogério Ferreira e actualmente orientada desportivamente por Arlindo Silva parte esperança de conquistar mais uma grande vitória, não dentro das quatro linhas mas fora dela com o intercâmbio desportivo e cultural que tem sido um dos seus cartões de visita nos vários países onde a UD Fafe já se deslocou e no total e já não se contam todos por uma mão o que é muito gratificante para uma colectividade com apenas 12 anos de existência.

Em Inglaterra os fafenses vão jogar futebol e visitar toda a monumentalidade de algumas cidades próximas do local de desembarque.

Os veteranos fafenses já participaram em jogos e torneios na Espanha, França, nestes dois países por mais que uma vez e em regiões diferentes, Holanda, Luxemburgo, Suiça e Itália, com visitas ainda, por questões de proximidade, na viagem à Holanda, à Bélgica e Alemanha.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

CELORICO BASTO: IX Convívio Internacional de Veteranos Fernando Ramos conta com 15 equipas e a UD Fafe A60 é uma delas


Nun'Álvares/IESFafe vai marcar presença no Vitória Futsal Cup em Santarém



REDAÇÃO 

Venceu em traquinas em 2018

Viajamos até ao Minho para encontrar o representante do distrito de BRAGA no VITÓRIA FUTSAL CUP MASTERS GOLD EDITION 2019!

O Vitória Clube de Santarém tem o privilégio de receber, pelo segundo ano consecutivo, o @Grupo Nun'Álvares/IESFafe, emblema do seu distrito com maior número de atletas de FUTSAL federados e escola de referência no panorama nacional.

Vencedores no escalão de traquinas em 2018, os "Condestáveis" pontificarão nesta edição com os escalões de INFANTIS e INICIADOS.

Bem-vindos neste regresso a Santarém!

OFC Antime: Ricardo Teixeira sucede a Pedro Ismael como técnico dos Juniores

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES / FOTO: DR

Início de uma nova fase nos Operários

O OFC Antime já encontrou sucessor para Pedro Ismael Gonçalves no comando técnico da equipa de Juniores dos Operários, abrindo assim um novo ciclo naquele escalão, sendo certo que Ricardo Teixeira vai treinar a equipa na 1.ª Divisão Distrital depois de na presente temporada a equipa não ter logrado a manutenção na Divisão de Honra. 

Ricardo Jorge Teixeira, tem 32 anos e é professor de Educação Física com experiência como treinador de futebol juvenil. Possui o mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário obtido no Instituto Superior da Maia.

No seu currículo desportivo conta passagens pela formação do GD Ribeirão e CD Trofense e além de participar na organização de diversos eventos desportivos em várias actividades desempenhou ainda funções de scouting como observador e analista de atletas para o departamento de formação do CD Trofense.

O novo treinador disse a Montelongo Desportivo: "aceitei o projecto acima de tudo pelas pessoas e pelo desafio. Fui recebido da melhor maneira e isso fez com que me sentisse comprometido. Desde o início desta época desportiva que me tenho reunido com o coordenador e com o presidente que me fizeram ver que se trabalha para o clube crescer e ser cada vez melhor e é bom sentir que posso ajudar neste projecto. O desafio dos juniores surge já com a época a terminar, onde o coordenador me pediu para assumir a equipa de juniores, sendo que aceitei prontamente ajudar sempre que necessário e quando necessário. Quando se muda de terra e se é recebido do modo como fui neste clube, é impossível dizer que não".

Quanto a objectivos ainda é cedo para estabelecer metas e concretizar desejos pois está a mudar de terra e de clube e ainda tem que se imiscuir na nova realidade e conhecer os seus atletas. 

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Andebol 1 - Grupo B/Man.: AC Fafe perde com o Avanca e não evita despromoção à 2.ª Divisão

TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES
 
Naufragar com a praia à vista  

O AC Fafe jogava o seu futuro na 1.ª Divisão Nacional em casa frente ao Avanca mas ao perder por 24-26 acabou por dizer adeus ao patamar maior do andebol nacional com a consequente descida à 2.ª Divisão.

Os fafenses estiveram a perder 0-4 aos 6', conseguiram aproximar-se aos 15', com um parcial de 6-7 e empataram aos 19', 9-9, tendo chegado ao intervalo a perder por 12-13. 

No início da segunda parte a equipa fafense igualou, 13-13 e conseguiu passar para a frente aos 34', 15-14, tendo chegado aos 17-14, aos 36' e aos 43' mantinha a vantagem de três golos 20-17, tendo-se mantido na frente até aos 53' 22-21.

Aos 56' o Avanca passava para a frente 22-23, empatou ACF mas o Avanca ficou novamente na frente 23-24, aos 58' com ataque perdido pelo ACF e pedido de time-out por Armando Pinto.

Devido a remates falhados do ACF o Avanca não largou a frente do marcador 23-25, 24-25, com pedido de time out feito pelo seu treinador para depois a partida terminar com 24-26.

Rafa é o reforço que vem de dentro para o Nun'Álvares/IESFafe

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES/ Foto: DR

Uma peça fundamental na máquina nunalvarista 

O universal de 26, Rafa, vai manter-se no Grupo Nun'Álvares/IESFafe, sendo uma notícia muito aguardada pela família Condestável, porque este jogador é uma mais valia para qualquer equipa tendo-o provado na época passada dentro da quadra 

Na época passada Rafael Lopes (Rafa), marcou 31 golos em 26 jogos e empolgou as bancadas no pavilhão dos Condestáveis com um futsal perfumado e de grande acutilância. 

Natural de Nelas, onde fez toda a formação até ingressar nos seniores, o jogador já passou pelo SC Braga, CS S. João, Burinhosa e CD Aves antes de chegar ao GNA/IESF sob as ordens do seu antigo e actual treinador na do CD Aves Hugo Oliveira.

500 inscritos e expectativa superada na III Caminhada Travassós em Movimento


TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Travassós Running vai transformar o seu
sonho em realidade após trabalho fantástico

Que haja conhecimento nunca ninguém trabalhou tanto como os elementos do Travassós Rnning Fafe para proporcionar momentos fantásticos aos participantes da III Caminhada Travassós em Movimento. 

Foram meses a fio a limpar caminhos a preparar passadiços a imaginar as fantasias das pessoas para lhes concretizar os sonhos. Empenharam-se tanto que a paisagem por onde vai passar a caminhada nunca mais vai ser a mesma pois ganhou algo mais de belo, de positivo, foi arranjada e modificada para muito melhor. 

O trabalho fantástico desta equipa vai ser premiado com a participação de meio milhar de pessoas e oxalá elas saibam desfrutar de tudo o que vão ver pela frente, fazendo a caminhada com os olhos atentos na natureza e retirando com o olhar e o pensamento o que de melhor ela tem. O convívio ente os participantes é garantido e a humildade e colaboração dos organizadores é inegável.  

Estamos cientes que vão ter o melhor apoio possível de todo o Staff da Organização que se esmerou nesta III Edição elevando o nível para um patamar muito alto mas reconfortante para uma freguesia que de repente passa a ser o centro das atenções neste tipo de ventos.  

Esta será certamente a caminhada que os participantes vão recordar toda a vida.