.

.
.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Equipa do Vasco da Gama no jogo com a ACD Pica B (17-02-2018)


Equipa da ACD Pica B no jogo com o Vasco da Gama (17-02-2018)


Futebol Popular - Taça Campeões: ADCR Stª Cristina, 2 - FC Boelhe, 1 (Bom jogo)

REDAÇÃO

Planalto vibrou mesmo perto do fim

O Agrupamento de Santa Cristina recebeu a equipa que viajou de Penafiel, FC Boelhe, a quem venceu por 2-1,em jogo a contar para a Taça dos Campões da FFPN. Foi um bom jogo entre duas boas equipas, qoe se viu no planalto de Santa Cristina. 

Assistiu-se a uma primeira parte onde o Boelhe entrou melhor, mas a partir dos 10' o agrupamento foi tomando conta do jogo e já com algumas oportunidades perdidas chegou ao golo aos 36', com Cardoso a passar pelo guarda-redes do Boelhe e com a baliza aberta a não desperdiçar. Até ao intervalo ambas as equipes tentaram mais golos mas o resultado não sofreu mais alterações.  

Na segunda parte, o jogo foi sempre muito equilibrado. O Boelhe chegaria ao golo da igualdade  num remate fora da área aos 71'. O Agrupamento não baixou os braços e lutou até ao fim pelos três  pontos, com a recompensa a chegar aos 90'. Num pontapé de canto, a bola sobrou para Carlos que com um bom remate fez o 2-1. 

Div. Honra AF Braga: GCD Regadas, 1 - CD Celoricenese, 2 (Faltou pragmatismo)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes

Nova vantagem que fugiu

O GCD Regadas voltou a jogar em casa e voltou a não ser feliz, tal como tinha acontecido com o Airão na jornada anterior, ao perder com o CD Celoricense de Carlos Salgado por 2-1. 

A equipa orientada por António Pereira chegou ao intervalo a bater o pé à formação de Basto, o que levou a que o marcador não sofresse alterações. 

Na segunda parte foi o Regadas a chegar à vantagem, através de Joãozinho, mas a formação visitante havia de dar a volta ao marcador. Foi a segunda vantagem em dois jogos consecutivos que a equipa regadense deixou fugir.  

1.ª Div. AF Braga: GDCR Fareja, 1 - GD S. Tiago de Pinheiro, 1 (Fraca 1.ª parte)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Pinheiro tirou meio bilhete  ao Fareja 

Ainda não foi desta vez que o Fareja venceu a primeira partida temporada em casa para o Campeonato, tendo empatado a uma bola com os felgueirenses do S. Tiago de Pinheiro em jogo da 16.ª jornada 

Ao intervalo a equipa orientada por Stephane Varela perdia por uma bola a zero, fruto de uma primeira parte pouco conseguida do Fareja que entrou no jogo do adversário com a bola sempre no ar. 

Na segunda metade o técnico da equipa fafense tentou rectificar e ainda deu para empatar através de Fonseca, mas já não foi possível dar a volta à contenda por parte dos ferroviários.

1.ª Div. AF Braga: GD Vasco da Gama, 1 - ACD Pica B, 0 (Mika resolveu)

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Medelenses ganharam na entrega

Com um golo apontado por Mika aos 43', o GD Vasco da Gama, e Medelo, voltou a vencer a ACD Pica B, pela margem mínima, fazendo deste o seu adversário predilecto da temporada, contra o qual somou seis pontos.

Assistiu-se a uma entra pro-activa do Vasco da Gama, perante alguma apatia dos piquenses mas no primeiro quarto de hora, apenas a registar um remate à malha lateral de Antunes. Sobre os 15', Flávio, um dos melhores jogadores da Pica, teve de ser substituído com uma entorse no joelho. 

Aos 16', o Vasco da Gama podia ter chegado ao 2-0 quando Fernando já dentro da área atirou por cima da trave e aos 19', na sequência de um canto, Mika cabeceou ao lado. 

A Pica nem de bola parada estava assertiva neste jogo e o livre de Hugo que saiu muito ao lado aos 25'., foi o comprovativo disso. 

A melhor situação da Pica surgiu aos 37', com Marquinhos a assistir Leiras que de muito longe obrigou Fábio a desviar para canto. 

O único golo da partida apareceu aos 43', na sequência de um canto apontado por Fernando com Mika a cabecear à vontade na zona de penalti. 

Os medelenses tentaram surpreender no início da segunda parte com um remate de Rui mas este encontrou uma muralha de pernas pela frente. 

A partir dos 50', a Pica tomou conta do jogo e o Vasco da Gama praticamente que não incomodou o guardião Marcos. 

Hugo cobrou um livre aos 54', que saiu com muito perigo ao segundo poste sofrendo desvio de um local para canto. Na resposta Fernando também marcou um livre directo que saiu muito ao lado da baliza da Pica. 

Aos 57' a Pica teve uma excelente oportunidade com Rui Pedro a cabecear na área para grande defesa de Fábio. Aos 60' 0 guarda-redes voltou a brilhar para negar o golo de livre a Marcelo com um remate traiçoeiro e junto ao solo na diagonal. 

O Vasco da Gama voltava a tentar de livre aos 69', com China a rematar ao lado. Dou outro lado novo livre de Hugo aos 75', saiu à figura de Fábio.     

Rui Pedro rematou aos 85', em esforço numa zona perigosa para a bola sair fácil para Fábio. A Pica bem insistiu na segunda parte mas jogou sempre mais com o coração que com a cabeça e do outro lado encontrou uma equipa unida em todas as adversidades que joga sempre no limite das suas possibilidades mas nunca vira a cada a nenhum lance. 

Ainda a registar a expulsão de Antunes, no Vasco da Gama, ao segundo minuto de compensação.   

    
Jogo no Campo José Manuel Oliveira Rodrigues, em Medelo, Fafe. 

GD VASCO DA GAMA: Fábio; Antunes, Borba, Marco, China, Marcelo, Mika (Ginho, 68'), Rui (Fernando II, 87'), Miguel (Quelhas, 77') e Tiago Pirolas. Treinador, Tiago Silva. 

ACD PICA B: Marcos; Leiras( Preto, 65'), Bruno, Diogo, Hugo, Pizzi, Bruno Carvalho, Flávio (Marcelo, 15'), Marquinhos, Chico (Rui Pedro, 51'), e Telmo. Treinador Rafael Leite.

Div. Honra AF Braga: ACD Pica, 1 - CD Ponte, 1 (Sabe a pouco)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Ponte não deu margem para mais 

Depois da derrota sofrida no Bairro na semana anterior a ACD Pica recebeu a formação vimaranenses do CD Ponte e empatou a uma bola. 

O resultado ficou feito ainda na primeira parte com a equipa do Ponte a ser a primeira a marcar e a formação orientada por Paulo Soares a marcar pouco depois através de Ruben.

A equipa da Pica ocupa o primeiro lugar acima da linha de água com mais nove pontos que o primeiro submergido, o Parazins e Corvite.   


Div. Honra AF Braga: FC Prazins e Corvite, 1 - OFC Antime, 2

Andebol 1: AC Fafe recebe o ABC/UMinho


sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

AGENDA DESPORTIVA DE FIM DE SEMANA

ANDEBOL NACIONAL

ANDEBOL 1
AC FAFE B - ABC/UMINHO
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 18H00
Local: Pavilhão Municipal de Fafe.

3.ª DIVISÃO NACIONAL
AD AMARANTE - AC FAFE B 
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 19H00
Local: Pavilhão Municipal de Amarante

FUTSAL NACIONAL FEMININO 

TAÇA DE PORTUGAL - 4.ª ELIMINATÓRIA
GD VALVERDE - NUN'ÁLVARES/IESFAFE
Dia/Hora: Domingo, 18 Fevereiro – 16H00
Local: Pavilhão Gimnodesportivo de Valverde

FUTSAL DISTRITAL MASCULINO

CAMPEONATO DA 1.ª DIVISÃO AF BRAGA
NUN'ÁLVARES/IESFAFE - CABEÇUDENSE
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 18H15
Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe

 FUTEBOL NACIONAL 

Campeonato de Portugal 
AD OLIVEIRENSE - AD FAFE 
Dia/Hora: Domingo, 18 Fevereiro – 15H00
Local: Estádio de Ribes, Oliveira Santa Maria, Famalicão

AR S. MARTINHO - ARÕES SC
Dia/Hora: Domingo, 18 Fevereiro – 15H00
Local: Estádio Comendador Abílio Ferreira de Oliveira, S. Martinho do Campo

FUTEBOL DISTRITAL MASCULINO

DIV. HONRA AF BRAGA
FC PRAZINS E CORVITE  - OFC ANTIME
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 15H00
Local: Parque Desportivo da Morreira, Braga 

ACD PICA - CD PONTE 
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 15H00
Local: Campo de Jogos da Pica, Fafe

GCD REGADAS - CD Celoricense
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 15H00
Local: Campo Prof. Manuel José Dias, Silvares S. Martinho, Fafe

1.ª DIV. AF BRAGA
GDCR FAREJA - GD S. TIAGO PINHEIRO 
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 15H00
Local: Campo de Jogos de Fareja, Fafe

GD VASCO DA GAMA - ACD PICA B
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 15H00
Local: Campo José Manuel Oliveira Rodrigues, Medelo, Ffe

FC GANDARELA - GD SILVARES
Dia/Hora: Domingo, 18 Fevereiro – 15H00
Local: Campo de Morgade 2, Arco Baúlhe, Cabeceiras de Basto

FUTEBOL VETERANOS

CAMPEONATO INTERPLANETÁRIO DA AMIZADE 
CD CINFÃES - UD FAFE A60 
Dia/Hora: Sábado, 17 Fevereiro – 18H00
Local: Estádio Municipal de Cinfães

TODOS OS JOGOS DA AMAF
Informe-se aqui 

MAIS INFORMAÇÕES DE JOGOS E EVENTOS DESPORTIVOS
CLIQUE AQUI PARA VER OS CARTAZES DOS CLUBES

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

1.ª Div. AF Braga: Vasco da Gama recebe a Pica B em dérbi concelhio


1.ª Div. AF Braga: GDCR Fareja recebe o S. Tiago de Pinheiro

Todos os jogos do OFC Antime

Futsal: Todos os jogos da Formação do Grupo Nun'Álvares/IESFafe


Futsal: Todos os jogos da AD Rumo ao Futuro


Futsal: Todos os jogos da Formação da AD Fafe

Todos os jogos da Formação do Arões SC

Futsal - 1.ª Div. AF Braga: Nun'Álvares/IESFafe recebe o Cabeçudense


Futsal Fem. Taça Portugal: Nun'Álvares/IESFafe vai ao Fundão jogar com o Valverde


Saiba os preços dos bilhetes e viagem para ver a AD Fafe na Oliveirense

Campeonato de Portugal: Arões vai a S. Martinho sob nova batuta

Campeonato de Portugal: AD Fafe vai à Oliveirense focado na 7.ª vitória

Futebol Popular Taça FN: Cepanense recebe o Ringe

Futsal - 2.ª Div. Nac.: Veja o calendário da AD Fafe na fase de manutenção

Câmara de Fafe atribuiu 85 mil euros ao Andebol Clube de Fafe



REDAÇÃO

"...em Fafe, muita gente gosta de andebol"

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, visitou, na tarde de ontem, o Andebol Clube de Fafe para formalizar a assinatura de um protocolo que atribui 85 mil euros ao clube, subsídio aprovado, por unanimidade, em reunião de câmara.

Artur Magalhães, Presidente do Andebol Clube de Fafe, agradeceu "o apoio contínuo do Município de Fafe ao clube. A Câmara Municipal é um dos nossos maiores pilares e só temos que agradecer e mostrar a nossa total disponibilidade para manter e reforçar esta boa relação."

"O Andebol Clube de Fafe tem 230 atletas, quatro equipas a disputar o Campeonato da Primeira Divisão, temos os Seniores no patamar mais alto da competição e temos também trazido, para Fafe, a organização de jogos de relevo. Esperamos, que nos próximos tempos, e lançando aqui já o repto, trazer a Fafe algo ainda de mais substantivo, porque sabemos que, em Fafe, muita gente gosta de andebol.

Esperamos continuar a levar o nome de Fafe aos mais altos patamares do Desporto", rematou.

Na ocasião, Raul Cunha, aproveitou para felicitar o Clube pelo esforço, dedicação e os óptimos resultados alcançados.

"O Andebol Clube de Fafe é um clube importante para o concelho, não só pelos resultados alcançados, mas também pela crescente adesão e formação de jovens. 
A vinda da Câmara ao Andebol Clube de Fafe é uma forma também de demonstrar o apoio e reconhecimento que o Município tem pelas instituições desportivas do concelho. Temos com este Clube uma relação saudável, porque envolve muitos jovens fafenses, em vários equipas, e movimentam mais de 200 atletas. É, sem dúvida, um clube que tem uma forte implantação no Município.”

O Autarca adiantou ainda que "para além deste apoio financeiro de 85 mil euros, a Câmara cede as instalações para os atletas puderem treinar e temos já previsto uma intervenção neste Pavilhão, ao nível dos Balneários - que precisam de ser recuperados - e na melhoria das condições para a prática desportiva. Temos uma candidatura, já deferida, que ronda os 400 mil euros, para a requalificação deste espaço e, por isso, contamos, em breve, poder proporcionar melhores condições a estes mais de 200 atletas."

“Continuaremos este boa relação e, acima de tudo, manteremos este apoio ao Desporto em Fafe.”, concluiu.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Futsal - 2.ª Div. Nac.: João Miguel foi o melhor marcador da série A


Texto: João carlos Lopes / Foto: Ricardo Castro

Fafense apontou 25 golos 

Ala/pivot fafense destacou-se entre os melhores marcadores da Série A do Campeonato nacional da 2.ª Divisão Série A, tendo terminado a primeira fase como o melhor marcador, o que faz dele um dos jogadores mais cotados desta série, não só pelos golos mas também pela sua qualidade na modalidade. 

"Numa série tão competitiva, recheada de jogadores de tanta qualidade, orgulho-me de ter finalizado a fase regular como melhor marcador da prova ao serviço do clube do meu coração. Trocava ir aos play-offs de subida por isto, sem pensar duas vezes, mas como não se pode ter tudo na vida, agradeço aos meus fantásticos colegas de equipa, a todo o nosso staff e aos nossos adeptos que cantam sem parar, seja onde for, porque sem eles, isto seria impensável. O meu muito obrigado a todos.", disse o jogador



Atletismo: Pires e Castro (SRC) não “brincaram” ao Carnaval em Rio Tinto

Texto: Rui Silva / Foto: DR 


Mais uma participação honrosa do Cepanense


A S. R. Cepanense participou, pelo segundo ano consecutivo, na Corrida de Carnaval em Rio Tinto, Gondomar, numa prova de 10km, percorridos junto à linha do metro, num circuito de 4 voltas, com partida e chegada em frente ao Estádio do S.C Rio Tinto.

Apesar do ambiente Carnavalesco, com muitos atletas mascarados e num ambiente de festa, a prestação dos atletas do Cepanenses foi quase irrepreensível, com um 2º lugar e 4º lugares na classificação geral.

José Pires com 33:46:38 viu o atleta Pedro Ferreira do Benfica cortar a meta no 1.º lugar com o tempo de 33:11:68, contentando-se assim com um honroso 2.º lugar. Quanto a Ricardo Castro que vem evidenciando uma evolução tremenda, completou a prova com o tempo de 34:58:64, não subindo ao 3º lugar do pódio por escassos 4 segundos, obtendo no escalão M35 o 1º lugar.

No setor feminino Cristina Carneiro também a atravessar um bom período, e já habituada a subir aos pódios, arrecadou o 2º lugar no seu escalão (F45). 

A festa não terminou, sem que fosse atribuído o troféu coletivo à S.R. Cepanense, premiando a prestação coletiva da equipa.

AC Fafe: Análise dos jogos da formação

Texto: Diogo Gonçalves 

Empate das juniores em Ílhavo

Neste fim-de-semana apenas se realizaram dois jogos da formação do Andebol Clube de Fafe, AC Fafe “A” x CD Xico Andebol “A”, em Infantis masculinos e Ílhavo x AC Fafe, em Juniores femininas. Os outros escalões estão em paragem até começarem as novas fases dos respetivos campeonatos. 

Os Infantis masculinos “A” receberam no passado sábado a equipa vimaranense na 2ª jornada do Campeonato Regional de Infantis masculinos.
Na primeira parte a equipa o jogo esteve muito equilibrado. Um jogo entre duas equipas de um bom nível. O Xico Andebol conseguiu criar uma vantagem mas mínima, recuperável facilmente pelos fafenses. A partida foi para o intervalo 13-15 favorável à equipa visitante. A segunda parte foi decisiva para o vencedor do jogo pois o Fafe poderia ter aproveitado melhor, estava apenas a dois golos do empate ao intervalo. Na segunda parte os fafenses não entraram bem como esperado e permitiam aos vimaranenses ganhar uma vantagem confortável. Os fafenses que não tinham soluções e acabaram por perder o jogo. O resultado final foi 22-36 para a equipa do CD Xico Andebol. O melhor marcador foi Victor Ribeiro com 8 golos. Com dois jogos a equipa do ACF soma duas derrotas uma contra o Arsenal e esta. 

As Juniores femininas empataram na deslocação a Ílhavo, equipa que ocupa a 7ª posição. Na primeira parte a equipa local esteve melhor, estando a maior parte do tempo na frente do marcador. A partida foi para o descanso 13-9 desfavorável às fafenses. Para a segunda metade Margarida Oliveira reajustou algumas falhas que o ACF estava a ter. Com isto o AC Fafe foi melhorando ao longo da última meia hora. Conseguindo empatar o jogo com a boa segunda parte que fez, 23-23. Apesar de ser um empate este é um bom resultado para as fafenses que têm 23 pontos, mais cinco que o ultimo classificado. No próximo jogo o Fafe encontra-se com o Colégio de Gaia.

AC Fafe: Novo treinador, Ricardo Guimarães, falou na sua chegada ao Clube

Texto e fotos:João Carlos Lopes 

"Temos de ser sérios e competentes"

O novo treinador do AC Fafe, Ricardo Guimarães, tem 51 anos e chega ao Clube para tentar inverter a marcha de resultados negativos que a equipa tem somado depois da paragem de Natal. Eduardo Rodrigues e Hugo Silva serão os adjuntos do novo treinador. Ricardo Guimarães,tem 51 anos, é Natural de Guimarães e  licenciado em Educação Física, com formação de alto rendimento - opção andebol. Como treinador este duas temporadas na Académica de S. Mamede e Xico Andebol em todos os escalões até aos seniores, tendo passado ainda pelo Fermentões e pelas selecções juniores nacionais. Como atleta representou o Desportivo Francisco de Holanda e o Vitória SC, ocupando a posição de central/lateral esquerdo.      

Foi um desafio do presidente que me expressou claramente os objectivos e as ideias a que se proponha e foi muito fácil com ele e perceber as expectativas para ver até que ponto estariam criadas dinâmicas comuns no sentido de abraçar este projecto. 

Sobre as condições para treinador o Clube referiu, "não impus nada porque já ando no andebol há muitos anos e percebo que gerir o Clube não é fácil e sei perfeitamente qual é a realidade, intenções e potencial do ACF".

Relativamente ao conhecimento da equipa referiu, "alguns dos atletas que aqui jogam já foram treinados por mim, outros são conhecidos. Também me procurei informar rapidamente dos restantes atletas. 

Questionado da possibilidade de entrada de atletas referiu que "isso para já não faz parte das questões prementes deste novo cenário. Temos é que entrar no balneário e no espírito do Clube, sermos sérios e competentes. Vou estar sempre com a minha consciência tranquila porque preparei sempre o trabalho por forma a que ele pudesse ser realizado e só me interessa trabalhar e criar uma dinâmica positiva no grupo e que haja ambição e compromisso de todos em prol do AC Fafe".  

Já o presidente Artur Magalhães afirmou que "o objectivo é dar mais qualidade à equipa, referindo-se à manutenção mas tínhamos como objectivo inicial ficar em lugares mais acima da tabela. Perspectivavamos ficar nos oito primeiros lugares e evidente que este plantel não foi criado pela actual equipa técnica e não há que transferir essa responsabilidade. Sabendo que são pessoas do Andebol estou convicto que nos vão levar a esses objectivos e por isso é que fomos buscar alguém com experiência para transmitir à equipa pois julgamos ter bons valores e consideramos que os lugares onde estamos agora não correspondem ao que queremos nem à capacidade da equipa. Tivemos que mudar. Estou no ACF há dez anos e nunca tive que usar este expediente de mudar de técnico com a temporada a correr mas infelizmente tivemos que o fazer com alguma mágoa porque críamos laços com as pessoas que cá estão e tínhamos uma óptima relação com o treinador anterior mas o Clube está sempre em primeiro lugar. Só procuramos o melhor para o Clube porque tínhamos que dar uma sapatada na situação". 

Andebol – 3.ª Div. Nac.: AC Fafe B, 18 – CCR Fermentões, 29

Texto: Diogo Gonçalves 

Má abordagem ao jogo

Os Seniores masculinos “B” receberam o CCR Fermentões, na 19ª jornada do Campeonato Nacional da 3ª divisão e perderam por 18-29. Um jogo em que o ACF não teve uma boa entrada no jogo e isso ditou a derrota.

O Fermentões começou a vencer o jogo, fazendo o 0-1, logo de seguida os fafenses responderam através de Tiago Ventura que empatou a partida 1-1. De seguida a equipa de Guimarães fez o 1-5 o que obrigou António Martins, treinador do ACF a pedir um desconto de tempo para aperfeiçoar o ataque. A equipa do Fafe estava a ter muitos problemas em finalizar. Apesar do Time-out a equipa do Fermentões conseguiu fazer ainda o 1-7, 6 golos consecutivos sem resposta. Isto obrigou o técnico do Fafe a pedir novamente um Time-out. Aos 25 minutos a equipa fafense perdia por 5-12, chegando ao intervalo derrotada por 6-14. Nesta primeira parte a equipa do Fafe teve muitas falhas ofensivamente o que permitiu à equipa visitante ganhar uma vantagem favorável ao intervalo, através de alguns contra-ataques.

No segundo tempo o ACF melhorou mas não o suficiente para diminuir a desvantagem que ao intervalo era de 8 golos. Aos 21 minutos os fafenses perdiam por 16-24, o resultado esteve também 17-27. E a partida terminou 18-29. Neste jogo os fafenses estiveram a perder por 10, 6 golos. 

O melhor marcador no ACF foi Pedro Ribeiro com 4 golos. 

O Andebol Clube de Fafe é agora 6º classificado com 39 pontos, o 1º tem 50 pontos. Na próxima jornada o ACF desloca-se a Amarante.

OFICIAL: Ricardo Guimarães é o novo treinador do Andebol Clube de Fafe


REDACÇÃO

Está encontrado do sucessor de Luís Silva 

Ex-atleta de andebol (jogou no D. Francisco de Holanda e Vitória de Guimarães) e licenciado pelo FCDEF (opção andebol Alto Rendimento) foi discípulo de grandes mestres do andebol nacional, onde pontuam o Professor António Cunha e Fernando Jorge Oliveira, entre outros. 

No seu currículo de treinador, constam a Selecção Nacional, a Selecção Regional, bem como a Académica de S. Mamede, Desportivo Francisco de Holnada e Fermentões. Recentemente subiu o Xico Andebol à 1.ª divisão Nacional mas não quis continuar na equipa no escalão maior do andebol nacional. 

Conheceu o sucesso através de títulos diversos, nos escalões de formação, quer como técnico principal, quer na condição de adjunto.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

OFICIAL: Eduardo Pereira já não é treinador do Arões SC

Texto: João Carlos Lopes

Maus resultados na origem da rescisão

O Arões SC terminou o vínculo que tinha com o treinador Eduardo Pereira, com base nos resultados "menos positivos", o mesmo sucedendo com o o adjunto Romeu Ferreira.

A Direcção liderada por Vítor Castro agradece a colaboração e todo o trabalho desenvolvido ao serviço do Clube na última época e meia. 

A partir desta altura a equipa sénior será orientada pelo professor Rui Novais, que aceitou continuar a colaborar com o Clube.     

OFICIAL: Luís Silva deixa o comando técnico do AC Fafe


REDAÇÃO / Foto: Rui Dario Correia


Treinador não resistiu aos maus resultados  

O treinador do AC Fafe, Luís Silva, foi dispensado pela direcção do comando técnico do Clube, não resistindo aos maus resultados, na sequência de uma fase menos positiva da equipa.

A esta situação não é alheia os últimos resultados após a paragem de Natal. Derrotas frente ao Gaia (Taça de Portugal), Belenenses e Xico Andebol.

O Presidente Artur Magalhães anunciou que vai efectuar contactos de forma a arranjar o mais rápido possível um substituto e a direcção agradece "o empenho do ex-treinador Luís Silva que ajudou na manutenção na época transacta e as maiores ventura no futuro seja onde ele for.

Futsal - 1.ª Div. Nac.: SL Benfica, 3 - Nun'Álvares/IESFafe, 0 (Luta quanto baste)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Um jogo competente das Condestáveis

O grupo Nun’Álvares /IESFafe deslocou-se ao Pavilhão n.º 2 da Luz para defrontar o Benfica naquele que seria o primeiro jogo de sempre para o campeonato entre as duas equipas, com as encarnadas a vencer por 3-0. 

A equipa da casa iniciou o jogo com um ritmo muito forte criando muitas dificuldades à equipa fafense que se mostrou algo nervosa na fase inicial do jogo. Esta superioridade foi traduzida em golo à passagem do minuto 3 por intermédio de Sara Ferreira. 

O Benfica continuou a ter as despesas do jogo, porém, o GNA/IESF foi ganhando confiança, melhorou defensivamente e teve algumas transições ofensivas que criaram perigo na baliza da guarda-redes benfiquista. O resultado ao intervalo era de 1-0 que traduzia o que se passou em campo na primeira parte. 

Na segunda parte a equipa orientada por Rui Pedro Cunha ressurgiu com o objetivo de defender bem e tentar aproveitar em ataques rápidos o espaço que a equipa da casa lhes dava. A estratégia estava a funcionar até que um auto golo de Mafalda ampliou a vantagem do Benfica quanto o cronómetro registava quatro minutos da etapa complementar. 

As alvarinhas não baixaram os braços e contaram com algumas oportunidades de golo que poderiam ter posto a equipa na discussão do resultado. Ainda assim foi a equipa da casa que ampliou o resultado para 3-0 por intermédio de Débora Venâncio quando faltavam 5 minutos para o final e que fechou as contas do marcador. 

Jogo competente da equipa fafense que contou com algumas dezenas de adeptos em Lisboa contra um adversário que conta por vitórias todos os jogos oficiais desde o início da temporada.