sábado, 25 de Outubro de 2014

Div. Pró-Nacional AF Braga: Arões SC, 2 - Brito SC, 3

Texto: Ricardo Castro / Fotos: Rui Silva 

Quem erra, paga! E o Arões pagou!

Quem erra, paga. E o Arões pagou. Depois de uma grande penalidade desperdiçada, a defensiva aronense ‘deu’ dois golos ao Brito. Na segunda parte, Rampa lançou a equipa para a discussão do resultado. Mas novo erro ditou o 1-3. Marquinhos ainda reduziu. Porém, o Arões voltou às derrotas: a terceira em dez jornadas.

O Arões teve um início de jogo prometedor. Mais ofensivo, a remeter o Brito para trás. E as oportunidades foram surgindo. Logo aos três minutos, Bruno Cunha picou a bola para André. Mas o domínio não foi o melhor e Manel segurou. 

Aos 15 minutos, Barbosa entrou na área e rematou cruzado. Manel defendeu com dificuldade e o perigo passou, depois de um remate desenquadrado de Zezé. 

Aos 18 minutos, o primeiro de três capítulos para o Arões esquecer na primeira parte. Na área do Brito, Bruno Cunha foi derrubado por Luís. João Moreira apontou para a marca de grande penalidade. Contudo, Zezé permitiu a defesa de Manel.

O Arões carregava. E os visitantes espreitavam o contra-ataque. Aos 29 minutos, o primeiro golo da partida, num lance mal abordado por Paulo Jorge. O guardião aronense não segurou o cruzamento de Leandro e a bola sobrou para Ricardo Cruz. Com um remate frouxo, o avançado inaugurou o marcador. 

Pouco depois, o segundo. No meio campo defensivo, Leandro colocou a bola em profundidade nas costas da defesa aronense. Paulo Jorge não se entendeu com Rampa e a bola ficou à mercê de Ricardo Cruz. Com Rampa pela frente, o nº9 bisou na partida. Antes do intervalo, Michael obrigou Paulo Jorge a grande defesa.

Na segunda parte, um Arões com outra atitude. Aos 56 minutos, Miguel Paredes lançou Gustinho e Agostinho para os lugares de Barbosa e André. E o efeito alteração resultou. Três minutos depois, Rampa cabeceou para o fundo da baliza. Uma entrada fulminante ao segundo poste, após livre de Marquinhos.

A equipa da casa estava com a ‘carne toda no assador’. Mas na hora da finalização, pecava. Ou via Manel a socar a bola para fora da área. Receio de falhar, confundido com a vontade de fazer bem. Aos 68 minutos, Pablo rematou à entrada da área. Manel segurou.

O Arões não marcou. E voltou a sofrer, num contra-ataque iniciado no meio-campo. Nexa deixou Rampa para trás e bateu Paulo Jorge, pela terceira vez. O desespero pairou sobre as cores aronenses.

Miguel Paredes lançou Garcia na última substituição. E foi o extremo a pôr à prova Manel, que evitou o golo perto dos descontos. Pouco depois, o Arões reduziu. Bola tensa para a área do Brito, Marquinhos surgiu solto e marcou de cabeça na recarga, depois de um remate defendido. Contudo, os instantes finais foram insuficientes para o Arões chegar a novo golo. E o Brito levou os três pontos para casa.


Jogo realizado no Parque Desportivo Centro para a Formação e Juventude de Arões.

Árbitro: João Gabriel Moreira, auxiliado por Paulo Leitão e Andreia Sousa (AF Braga)..

ARÕES SC: Paulo Jorge, Marquinhos, Fernando Beijinhos (cap.), Rampa, Zezinho, Néné, Barbosa (Gustinho, 56'), André Sampaio (Agostinho, 56'), Bruno Cunha, Pablo e Zezé. Treinador: Miguel Paredes.

BRITO SC: Manel, Gil, Leandro, Michael, Paulinho, Ricardo Cruz (cap.) (Dinis, 70'), Meira, Vasco, André, João Ribeiro (Nexa, 46') e Luís. Treinador: André Pereira.

DISCIPLINA - cartões amarelos: Barbosa, 14', João Ribeiro, 17', Gil, 21', Pablo, 34', Marquinhos, 38', Rodrigues, 42', Fernando Beijinhos, 54', Paulinho, 66', Dinis, 73', Néné, 75', Manel, 87', Luís, 90+3'.

MARCADOR: Ricardo Cruz, 29' e 35', Rampa, 59', Nexa, 79' e Marquinhos, 90+1’.
.

1.ª Div. AF Braga: Os Sandinenses, 3 - GD Silvares, 0

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Nada correu bem neste jogo 

O Silvares entrou bem no jogo que na primeira parte estava a ser um jogo equilibrado em que houve uma situação de golo para cada lado. 
Depois surgiu um lance que originou um penalti em que Pedro Costa derrubou o ponta-de-lança quando o mesmo já não conseguia fazer o remate à baliza, tendo originado o 1-0 para a equipa da casa.

Ainda na primeira parte Stuka, de cabeça, enviou uma bola ao poste, estando muito perto a igualdade. O mesmo jogador marcaria um golo a seguir mas este foi mal anulado por pretenso fora-de-jogo.

A equipa orientada por PH tentou lutar para conseguir o golo da igualdade e até teve boas jogadas para o conseguir mas acabou sempre por pecar na finalização. Quem aproveitou foi o Sandinenses num lance em que a bola foi metida nas costas da defesa do Silvares onde apareceu o jogador da equipa adversária isolado a fazer o segundo golo já perto do intervalo.

Os Sandinenses marcaram o terceiro golo em mais uma desconcentração defensiva fafense deixando o jogo muito difícil para o Silvares que teve que mexer no jogo para refrescar a frente e o meio campo. PH fez entrar Óscar para o lugar do Papoila e o Coelho para a vez de Jorginho.

Com algumas limitações os fafenses tentaram sempre diminuir a desvantagem a praticar bom futebol. Tiveram até um lance de grande penalidade a seu favor que o juiz da partida marcou e se dirigiu para a marca do penalti mas mais tarde o seu auxiliar, com alguma pressão dos jogadores adversários fez sinal ao juiz para marcar livre fora da área. 

Já perto do final da partida, Coelho isolado em frente ao guarda-redes tentou-lhe fazer um chapéu mas acabou por lhe entregar a bola.

GD SILVARES: Preto, Gualter Costa, Moura, Rafa, Papoila, Russo, Landinho, Jorginho, Mike Nogueira e Stuka. Entraram Coelho, Óscar e Jorge. Treinador, PH.
.

Div. Honra AF Braga: OFC Antime, 3 - GD Louro, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes 

O segredo do melhor jogo da época esteve no meio campo 

O Operário de Antime venceu o GD Louro por 3-2, numa partida em que os números mostram equilíbrio mas que na realidade foi praticamente toda dominada pela equipa fafense, orientada por Carlos Salgado. 

A equipa fafense dominou a partida na primeira e segunda parte graças a um meio campo junto pela primeira vez assente em Patocas, Malhado e Lobo, três guerreiros irredutíveis e combativos. Os operários estiveram sempre por cima do jogo, a praticar bom futebol e a pressionar logo o adversário à saída da sua área.  

Nos primeiros minutos de jogo Armando teve nos pés duas oportunidades de inaugurar o marcador, sendo a última flagrante mas a bola não quis nada com a baliza. 

Também Miguel teve nos pés a oportunidade de marcar mas o seu remate saiu muito perto do poste pela linha de fundo. O único remate do Louro na primeira parte foi aos 35' e saiu perto do poste da baliza de Bruno.  

A primeira parte chegou ao fim sem golos. 

Na segunda parte o Antime inaugurou o marcador aos 55' através de Miguel, que rematou de primeira na sequência de um canto.

No prazo de dois minutos o Louro igualou a partida, aproveitando uma falha defensiva do Antime e pouco depois, aos 62', virou o jogo com um jogador a saltar solto de marcação no meio dos centrais antimenses. 

O Antime não tremeu e continuou a praticar o seu futebol apoiado o qual veio a dar novamente frutos aos 78', num cabeceamento fulminante de Malhado, após canto cobrado por Samu. 

Já em período de compensação, aos 90+2' o Antime beneficiou de uma grande penalidade sobre Leo que Pedro Ismael converteu no 3-2, fazendo nova remontada no marcador mas desta vez a favor do Antime. De salientar que o marcador do terceiro golo, tal como Castanha, vieram agitar o jogo ofensivo do Antime, pois tinham começado a partida no banco e entraram na segunda parte.

Na próxima semana o Antime joga para a Taça na deslocação ao Bairro da Misericórdia.
.

Futebol Veteranos: FC Lixa, 3 - UD Fafe A60, 1

Divisão Honra AF Braga: GCD Regadas, 1 ACD Pica, 1

Texto e fotos: João Carlos Lopes / Tiago João Lopes 

A vitória mostrou-se aos dois lados e fugiu 

O segundo dérbi da época, jogado no Campo das Cerdeirinhas, terminou com uma igualdade a uma bola, com a equipa da casa a marcar primeiro logo no início da segunda parte e o Pica a igualar já perto do fim através de uma grande penalidade. Apesar do bom tempo a assistência foi apenas razoável, pois esperava-se mais gente a assistir a um dérbi destes. Pelo futebol produzido principalmente na primeira parte a haver um vencedor este teria que ser o Pica, contudo, o Regadas quando estava em vantagem teve oportunidade de sentenciar o jogo e desperdiçou-a e teve ainda outras ocasiões em que podia ter marcado.

A primeira parte foi praticamente toda dominada pelo Pica e enquanto numa baliza Marçal era quase mais um espectador, na outra Rafa tinha que fazer com alguma regularidade. 

O Pica agarrou no jogo no primeiro minuto e começou desde logo a acercar-se com algum perigo da baliza do Regadas quer em lances de bola corrida quer de bola parada. Aos 3’, um livre de Edu sofreu um corte providencial e na recarga Feirinha atirou contra um defesa. No minuto seguinte Álvaro rematou forte mas ao lado. 

Aos 10’ diagonal longa de Ricardo Morais para Feirinha que teve que ir á linha cruzar mas Rafa interceptou. Aos 15’, Joel roubou a bola no meio campo a Pedro e isolou Feirinha e quando viu Rafa a sair da baliza rematou demasiado colocado tendo a bola saído por cima. 

O Regadas estava completamente ausente da partida e aos 17’ Sobrança teve este desabafo para os colegas “não vamos ganhar o jogo de fato”, encorajando os colegas a acordar para o jogo. 

Aos 24’, Ricardo Morais, em jogada providencial, isolou Rafa, este evitou um adversário para desferir um potente remate para grande defesa do outro Rafa, na baliza do Regadas. 

Esta perdida obrigou o capitão do Pica Álvaro a ter também um desabafo para os colegas. Vamos a lá. Lances destes não caem do Céu, vamos aproveitar!”. 

Aos 33’, substituição forçada no Regadas com a saída de Pedro, lesionado, para a entrada de Leandro. 

Aos 36’ jogada de grande perigo do Pica na área do Regadas com André Jardim e Rafa a terem muitas cerimónias para rematar, ganhando apenas um canto. Aos 44’, Feirinha rematou à meia volta mas saiu fácil para Rafa.

O único remate do Regadas na primeira parte foi aos 44’, por Nelinho, tendo saído ao lado. 

Logo no início da segunda parte surgiu o golo do Regadas. Quim fez um lançamento lateral na esquerda, a bola sofreu um primeiro desvio de Flávio e depois Leandro antecipou-se a Marçal e fez o golo de cabeça. 

O Pica tentou reagir e aos 52’ um livre tenso de Edu não encontrou correspondência na área. Aos 55’ o mesmo Edu rematou forte na área, com a bola a sair na diagonal com grande defesa de Rafa para canto. 

O Regadas voltou a cheirar o golo aos 60’. Novo lançamento de Quim ao primeiro poste, onde apareceu Nelinho a fazer o desvio para grande defesa de Marçal para canto. 

Edu tentou o remate de longe aos 63’, com a bola a sair com força sobre a baliza contrária. Respondeu o Regadas aos 63’, com um canto estudado, com Gomes a dar a Buga e este a rematar à entrada da área por cima da barra. 

O Regadas teve a oportunidade de sentenciar a partida aos 71’. Nelinho e Leandro entenderam-se na perfeição a meio campo, ficando o segundo isolado e quando se pensava que ia fazer golo voltou a entregar ao remetente mas o lance que podia decidir tudo para os da casa terminou apenas em pontapé de canto. 

O Pica respondeu de bola parada, aos 75’. Livre cobrado por Feirinha perto da linha, levava lume e direcção mas Rafa, mais uma vez evitou o golo com uma enorme defesa.

O Pica chegou à igualdade aos 80’, de grande penalidade apontada por Rui Abreu a castigar eventual falta de Marco André sobre Catita que tinha entrado momentos antes no jogo. 

Aos 85’’ Feirinha rematou à entrada da área e novamente Rafa a defender. No minuto seguinte o melhor marcador do Pica rematou á meia volta tendo a bola saído por cima. 

Aos 87’, Buga foi protestar verbalmente com o juiz de linha Duarte Oliveira e este ordenou a sua expulsão directa. 

Até ao final dos quatro que acabaram por ser cinco minutos de compensação apenas a registar um livre de Edu que Rafa defendeu com os punhos. 

Jogo realizado no Campo de Jogos da Pica. 

Árbitro, Xavier Fernandes, auxiliado por Licínio Vieira e Duarte Oliveira. 

GCD REGADAS: Rafa; Russo, Sobrança, Marco André, Quim (Tiago Ribeiro, 66’), Rui, Buga, Nelinho, Pedro (Leandro, 33’), Flávio (Silva, 77’) e Gomes. Treinador, Sérgio Pereira.

ACD PICA: Marçal; Miguel Soares, Tiago, Rui Abreu, Joel, Edu, Álvaro, Ricardo Morais (Catita, 76), Feirinha, Rafa e André Jardim (Vasco, 57’). Treinador, Marcelo Fernandes.

DISCIPLINA: - Cartões amarelos: Álvaro, 32’; Gomes, 34’; Marco André, 79’; Rafa, 88’ e Feirinha 90+4’. Cartão vermelho - Buga, 87’.

MARCADORES: Leandro, 46’ e Rui Abreu, 80’ (g.p.).
.

Andebol - 2.ª Div. Nac.: CS Marítimo, 22 - AC Fafe, 21

Juniores - 2.ª Div. Nac. FC Vizela, 5 - AD Fafe, 1

Texto e foto: João Carlos Lopes 
Primeira volta não terminou bem

- Duas semanas para rectificar debilidades

Os juniores da AD Fafe perdem por 5-1 no recinto do Vizela em partida a contar para a última volta desta fase inicial do campeonato nacional da 2.ª Divisão. A equipa do Vizela revelou-se individualmente melhor, e o Fafe não conseguiu fazer frente a essa superioridade. Vem agora uma paragem de duas semanas onde a equipa técnica vai tentar combater algumas das debilidades do plantel e trabalhar para colmatar as ausências por lesão prolongada de atletas importantes. 

Nesta partida em Vizela, aos 4’ uma combinação entre Ricardo e João, o primeiro cruza rasteiro para Zé Pedro que remata mas a defensiva corta para canto, que foi cobrado por Ricardo para novo corte da defensiva do Vizela. 

O Vizela beneficiou de um livre na direita aos 13’ que terminou com um cabeceamento por cima da trave. No minuto seguinte, Lousada arranca pelo meio, cruza para Zé Pedro que desvia de cabeça para o remate de primeira de Norberto passar perto da baliza. 

O Vizela beneficiou de um penalti aos 15’ que foi muito contestado pela comitiva fafense que afirmam que o memso foi fora da área. De nada valeram os protestos e o Vizela chegou ao 1-0. Ainda assim, houve uma boa reacção da equipa fafense a assumir o jogo na busca do empate. 

Aos 22’, Zé Pedro luta pela bola no meio dos dois centrais vizelenses e conquista canto. João bate o canto e a bola vai directamente para a baliza com o guarda-redes do Vizela a desviar para novo canto, do qual nada resultou.

Aos 26’, boa transição do Vizela pelo meio, sai cruzamento rasteiro mas André corta para longe. Aos 35’ a equipa da casa faz o 2-0 na sequência de um lançamento em que o extremo consegue passar pelo lateral fafense e cruza rasteiro para trás onde aparece um seu colega a finalizar.

O Fafe sempre a tentar reagir e aos 37’, jogada na esquerda, cruzamento de Norberto, Lousada aparece ao segundo poste a cabecear para defesa do guarda-redes. 

A dois minutos do intervalo o Vizela chegou ao 3-0 e deitou por terra as esperanças do Fafe. Jogada pelo lado direito com a falha da defensiva fafense a consentir a marcação do golo.

No início da segunda parte sai André e entra Edu e Ricardo dá o lugar a Filipe. 

Aos 49’ Carvalho, arranca em progressão na direita, tabela com João, este cruza para Nuno que não consegue encostar para o golo. Aos 52’, Filipe combina com Nuno que cruza para João, este finta um adversário e chuta para defesa do guarda-redes. 

Aos 54’, mau atraso da defensiva do Vizela para o seu guardião, Nuno pressiona até ao fim, ganha a bola e é derrubado dentro da área. Penalti a favor do Fafe e expulsão para o guarda-redes do Vizela. 

Foram precisos cinco minutos para o outro guarda-redes estar pronto pois estava equipado de amarelo como os jogadores do Fafe e teve que mudar. Aos 59’, Zé Pedro, bate o penalti para defesa do guarda-redes mas no ressalto não perdoou e fez o 3-1. 

Aos 67’ dai Norberto e entra Raphae aos 68’ Filipe pica a bola sobre a defensiva do Vizela para Nuno, que puxa para o meio e remata ao lado. Ripostou o Vizela aos 72, numa transição que termina com remate ao lado.

Aos 83’, Edu foi expulso. Desentendimento dos centrais do Fafe, o avançado isola-se e é travado em falta pelo fafense, lance que deu origem a livre frontal, em que Gonçalo defende a primeira bola mas é impotente para defender a segunda e evitar o 4-1 para o Vizela. Aos 89’ nova falha na equipa fafense a permitir que o avançado do Vizela se isole e aproveite para fazer o 5-1. 

Quando faltavam 30 segundos para o jogo terminar e com o resultado já mais que feito o árbitro decidiu expulsar o treinador fafense Ivo Castro e o seu adjunto do banco de suplentes. 
.

Futsal - AF Braga: Assoc. Futsal Fafe/Sol Poente, 4 - ACR Lordelo, 3

AD Fafe estreou-se a vencer na Liga Fadedry 2014/2015

Redacção/AD Fafe 

Grande partida de futsal 

A A. D. Fafe entrou com o pé direito na Liga Fafedry, ao vencer o CD Vinhós por 4-3. A A. D. Fafe controlou a primeira parte de onde saiu a vencer por duas bolas a zero, com golos apontados por Rui Fernandes e Diogo Mota. 

Na segunda metade, a equipa de Vinhós ainda conseguiu marcar por duas vezes e chegar à igualdade, mas logo de seguida, Bertinho voltou a colocar novamente a A. D. Fafe à frente no marcador. 

A vantagem voltou a ser dilatada por Rui Fernandes, mas o CD Vinhós voltou a reduzir para o 4-3 final.

Na próxima jornada a A. D. Fafe vai defrontar o GCD de Regadas.
.

sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Div. Honra AF Braga: Regadas - Pica um dérbi que promete

Texto: João Carlos Lopes 

Cerdeirinhas vão ser palco de grande jogo  

Depois do primeiro dérbi da temporada na semana passada no campo de Jogos da Pica ter sido favorável ao GD Travassós, o segundo, agora em Regadas, promete por várias razões. O saldo dos jogos entre o Pica e o Regadas é favorável à equipa anfitriã. Por outro lado ambas as equipas vêm de derrotas na jornada anterior. O Pica, pela margem mínima, em casa no primeiro dérbi da época, contra o Travassós e o Regadas em Louro por números pouco abonatórios, 5-2.

Na época passada, nesta mesma Divisão, o Regadas (7.º) empatou na Pica e venceu em casa. Ambas as equipas querem vencer este jogo, três pontos separam os dois conjuntos, com vantagem para o Regadas que tem 10, contra os sete do Pica (10.º).

No que respeita a golos marcados e sofridos, o Regadas apresenta um ataque com 11 golos e uma defesa com dez, cinco dos quais na última partida em Louro. Já o Pica marcou os mesmos onze do Regadas e sofreu sete.

Em casa, em três jogos disputados o Regadas averbou duas vitórias e uma derrota, enquanto o Pica na condição de visitante, ainda não venceu, registando um empate e duas derrotas. 

A todos estes dados estatísticos se junta o facto do campo da Cerdeirinhas ser pelado o que favorece quem lá treina. Contudo, só no final da partida se podem contar as espingardas e dizer quem ganhou esta batalha, numa guerra chamada campeonato.
.  

AF Braga - Castigos: Três jogos para Pedro Neves (OFC Antime)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Três equipas fafenses envolvidas nos castigos

O Conselho de Disciplina da AF Braga aplicou três jogos de Castigo ao jogador Pedro Neves, partida que os antimenses foram perder ao GD Gerês, sendo esse o castigo mais pesado para equipas de Fafe nesta deliberação. 

Além do atleta do Operário de Antime, também Raimundo do Arões SC que defrontou e venceu o CC Taipas  e Nuno Gonça do GD Travassós, equipa que ganhou o dérbi fafense na Pica por um zero com o golo a ser precisamente marcado por este jogador, foram sancionados apenas com uma partida.    


A.F. Braga. Os castigos ontem revelados são os seguintes:

QUATRO JOGOS: João Moreira (Gerês) e Carlos Costa (Parada de Tibães).  

TRÊS JOGOS:  Pedro Neves (Antime); Ricardo Marinho (Mota FC). 

DOIS JOGOS: Adrian Mota e Ricardo Sousa (GD Joane); Rui Silva (SP Arcos); Adriano Cónego (Soarense); André Oliveira (Carreira); David Ribeiro (Pevidém); Tiago Seara (Sp. Ucha); Pedro Gama (Lanhas); 

UM JOGO: Miguel Machado (GD Joane); Jorge Gomes e João Araújo (Merelinense); Sérgio Duarte (Maria da Fonte); Diogo Gomes (Águias da Graça); Raimundo Freitas (Arões SC); Bruno Vieira e Daniel Ferreira (Soarense), André Patrão (Vila Chã); Nélson Pereira (Viatodos); Ivo Gonçalves (Roriz); Jorge Cunha (São Veríssimo); António Silva (Carreira); João Penouco (Louro); Marco Oliveira (Pedralva); Luís Soares (Regadas); Nuno Gonçalves (Travassós); João Costa (Emilianos); Cláudio Andrade, Rui Lima, Carlos Fonseca e Ricardo Paixão (Fradelos); Pedro Costa (Panoiense); Leando Azevedo (Sequeirense); Vítor Correia (Gondifelos); José Silva (Rendufe); Jorge Mendes (Leões das Enguardas) e Carlos Oliveira (Airão).
.

Faleceu o ex-presidente da ADF e GNA Álvaro Moreira Mendes (Chester)

Texto: SML / Foto AD Fafe 

Fica ligado a grandes obras no desporto fafense

Faleceu no dia de ontem (5.ª Feira) o empresário e antigo presidente da AD Fafe e do Grupo Nun'Álvares, Álvaro Moreira Mendes, também conhecido como Álvaro "Chester", de 64 anos de idade, e que ficou ligado a grandes obras e grandes feitos destas duas instituições, entre outros empreendimentos desportivos para os quais contribuiu. Ao que foi possível apurar o antigo dirigente desportivo faleceu de morte súbita no início da noite daquele dia.   

Na AD Fafe fica ligado ao único título alcançado pelo Clube, quando em 1995/96 foi Campeão nacional da 3.ª Divisão. É também o responsável, entre outras obras, pela construção do edifício do auditório do Clube.    

No Grupo Nun'Álvares meteu mãos à obra para o actual edifício sede e Pavilhão, depois da octagenária colectividade andar anos com a casa às costas. Nesta colectividade teve participações importantes em organizações das festas do concelho, nomeadamente na marcha luminosa.  

É uma figura que marcou várias décadas no desporto fafense e não só. Montelongo Desportivo manifesta condolências à família enlutada. 
.

Agenda desportiva de fim-de-semana

.
ANDEBOL NACIONAL
Campeonato Nacional 2.ª Divisão
CS MARÍTIMO - AC FAFE
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Pavilhão do Funchal, Madeira

FUTEBOL NACIONAL
Campeonato Nacional de Seniores
AD OS LIMIANOS - AD FAFE
Dia/Hora: Domingo, 26 Outubro – 14H30

Local: Campo do Cruzeiro, Ponte de Lima 
  
Campeonato Nacional Juniores 2.ª Divisão
FC Vizela - AD FAFE
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 
15H00
Local: Campo de treinos do FC Vizela 


Veja os jogos da formação da AD Fafe AQUI

FUTSAL DISTRITAL
Campeonato Distrital AF Braga
ASS.FUTSAL FAFE/SOL POENTE - ACR LORDELO
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 18H00

Local: Pavilhão Municipal de Fafe  

NUN´ÁLVARES - CART BY PF
Dia/Hora: Domingo, 26 Outubro – 18H30

Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe  

FUTEBOL DISTRITAL
Divisão Pró-Nacional AF Braga
ARÕES SC - BRITO SC
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Campo do CFJ Arões, Fafe  


Divisão de Honra AF Braga 
OFC ANTIME GD LOURO
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Campo de Jogos de Antime, Fafe 

GCD REGADAS - ACD PICA 
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Campo das Cerdeirinhas, Regadas, Fafe.

GD TRAVASSÓS - GD CALDELAS
Dia/Hora: Domingo, 26 Outubro – 15H00
Local: Campo dos Carvalhinos, Travassós, Fafe 

1.ª Divisão AF Braga 
OS SANDINENSES - GD SILVARES
Dia/Hora: Sábado, 18 Outubro – 15H00
Local: Campo D. Maria Teresa, S. Martinho de Sande, Guimarães

MOTA FC - GD FAREJA
Dia/Hora: Domingo, 126 Outubro – 15H00
Local: Campo de Jogos de Agilde, Celorico de Basto

JUNIORES - AF BRAGA
ARÕES SC - FC PRAZINS E CORVITE
Dia/Hora: Domingo , 26 Outubro – 15H00
Local: Campo de jogos do CFJA, Fafe


ACD PICA - GDCR FAREJA
Dia/Hora: Domingo, 26 Outubro – 10H00
Local: Campo de Jogos da Pica, Fafe

JUVENIS AF BRAGA 
Divisão Honra
GD RIBEIRÃO - AD FAFE
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Campo n.º 2, GD Ribeirão, Fanalicão

1.ª Divisão
AD FAFE B - AMIGOS DE URGESES
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Campo n.º 2 PMD, Fafe

2.ª Divisão
GDCR GOLÃES - RUIVANENSE AC
Dia/Hora: Domingo, 26 Outubro – 15H00
Local: Campo Agostinho Pereira da Silva, Golães, Fafe

GD VASCO DA GAMA - ASES S. JORGE
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro – 15H00
Local: Campo de Jogos de S. Jorge, Fafe.

GD UNIDOS DO CANO - ARÕES SC
Dia/Hora: Domingo, 26 Outubro – 10H00
Local: Campo Águas das Cabras, Gonça, Guimarães.  


ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL POPULAR DE FAFE 
Futebol - Futsal Masculino e Futsal Feminino
Confira todos os jogos AQUI

ASSOCIAÇÃO DE FUTSAL DE FAFE  
Liga Fafedry em Futsal e de Veteranos
Confira todos os jogos AQUI

FUTEBOL VETERANOS
Campeonato Interplanetário da Amizade
FC LIXA - UD FAFE A60
Dia/Hora: Sábado, 25 Outubro –
Local: Campo de Jogos da Lixa


Consulte os cartazes destes e doutros jogos AQUI
.

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Liga de Futsal Juvenil - SOG arranca este fim de semana: Jogos


Hélder Ferreira estreia-se na convocatória da Selecção Sub 18

Redacção/JCL 

Fafense continua a dar nas vistas

Hélder Ferreira, avançado fafense que joga nos juniores do Vitória de Guimarães, foi convocado pelo treinador Nacional Emílio Peixe que divulgou esta quinta-feira a lista de convocados para o primeiro estágio da temporada da Selecção Nacional sub-18.

Entre os convocados destacam-se as estreias de André Ribeiro (Zurich), David Sualehe (FC Porto), Hélder Ferreira (Vitória SC), João Gomes (Académica), Calvin Ferreira e Matias Ferreira (Sochaux).

Eis a lista de convocados:
Académica de Coimbra: João Gomes;
Benfica: Diogo Gonçalves, Gonçalo Rodrigues, Hugo Santos, João Carvalho, Pedro Rodrigues, Renato Sanches, Rúben Dias e Yuri Ribeiro.
Casa Pia AC: Francisco Ferreira;
FC Porto: David Sualehe, Jorge Fernandes, João Cardoso e Luís Mata;
FC Sochaux: Calvin Ferreira e Matias Ferreira;
FC Zurich: André Ribeiro;
Moreirense FC: Almeida;
Rio Ave FC: Vitor Emanuel;
SC Braga: Daniel Clemente;
Sporting: Pedro Silva;
Vitória SC: Alexandre Silva, Denis Martins e Hélder Ferreira.

PROGRAMA 
27 de outubro de 2014 | segunda-feira
15h00: Concentração no Centro de Estágios de Rio Maior
16h15: Treino no Centro de Estágios de Rio Maior

28 de outubro de 2014 | terça-feira
10h15: Treino no Centro de Estágios de Rio Maior
15h30: Treino no Centro de Estágios de Rio Maior
.

Patrício Elói Costa Silva diz-lhe alguma coisa?

Texto e foto: João Carlos Lopes

Rambóia, da irreverência dos 
relvados ao calor do Pavilhão

Patrício Elói Costa Silva é um nome que à primeira vista não diz nada a ninguém mas se dissermos que de trata de Rambóia, toda a gente sabe de quem se trata. 

Parece que ainda foi ontem que se sagrou campeão distrital de Juniores pela AD Fafe, no campo da Ponte, em Braga e já tem 33 anos, deixando o futebol na época passada ao serviço do Pica. 

Falar de Rambóia é falar da irreverência dentro de campo, de astúcia, rapidez e inteligência a jogar na área, apesar de ser um extremo. À custa dele as equipas que representou beneficiaram de muitas grandes penalidades e de muitos pontos que resultaram dos seus muitos golos. Era um artista da bola no futebol de onze. 

Depois dos juniores da AD Fafe, representou a ACD Pica, Atlético Cabeceirense, Vieira SC, clube onde conheceu os melhores momentos da sua carreira, FC Amares, Vilaverdense FC, novamente no Vieira, Mondinense e Pica nas duas últimas temporadas, terminando a carreira de sénior onde a tinha começado. 

Com a sua "ratice" enervava os jogadores dentro de campo com a mesma facilidade com que fazia amizades fora dele. Foi um jogador que deixou marca por onde passou, com a sua maneira de estar, o discurso de piada fácil e o ar descontraído com que o fazia. 

Rambóia trocou o futebol pelo Futsal onde evolui na Liga Fafedry, a nível concelhio, ao serviço da ARCO Santo Ovídio. Estreou-se a conquistar uma Supertaça e teve a felicidade de marcar nesse jogo de estreia. 

Dos palcos grandes ao ar livre, este artista da bola actua agora em recintos fechados com a mesma arte e o espectáculo de sempre, numa autêntica ramboiada.
.     

Futebol / Legião Estrangeira

Sandro 
TAÇA DE PORTUGAL

Varzim de Sandro tombou o Estoril Praia 

Já não são muitos os fafenses que continuam em prova na Taça de Portugal,. Para além da AD Fafe que triunfou por 3-1 em Mortágua, apenas Sandro do Varzim SC e Tomané do Vitória SC vão marcar presença na quarta eliminatória. A equipa do central fafense, foi mesmo a grande protagonista ao eliminar o Estoril Praia, da I Liga. Já os vimaranenses tiveram de se aplicar para vencer, no Alentejo, a modesta equipa do Moura.    

O Varzim SC, de SANDRO, do Campeonato Nacional de Seniores, destacou-se na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal ao ser tomba gigantes, deixando o Estoril Praia pelo caminho a quem venceu por 2-1. 

O SC Coimbrões de DIOGO COSTA (CNS) sucumbiu em casa contra o Rio Ave da I Liga, pela margem mínima, vendendo muito cara a derrota.   

O CD Tondela de BRUNO MONTEIRO (II Liga), salta fora da competição depois de ter perdido no recinto do FC Penafiel (I Liga), por 4-3 na marca de grandes penalidades, após uma igualdade a duas bolas nos 90 minutos mais prolongamento. 

O Vitória de Guimarães de TOMANÉ (I Liga), o terreno do Moura (CNS), vencer por 2-0, numa partida em que os vimaranenses tiveram que puxar dos galões.  
O FC Tirsense (CNS), de TIAGO ANDRÉ, foi ao Algarve perder com o Operário de Lagoa (CNS), por 3-1 e ficar fora da competição.
.

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Juvenis do GD Paços vão treinar com o Celoricense

Paulo Martins - Treinador
dos Juvenis do GD Paços
Texto: João Carlos Lopes 

Para preparar o Campeonato de Sub 17 da AFP Fafe 

Ao fim de um mês de trabalho a equipa dos Sub 17 do GD Paços vai fazer um jogo de pré temporada com os juvenis do Celoricense, no Complexo Desportivo de Celorico de Basto.

Será um jogo para ganhar forma, uma vez que será disputado em futebol de 11 e não em futebol de sete, versão em que os fafenses vão competir no Campeonato da Associação de Futebol Popular de Fafe. 

Segundo o treinador do GD Paços, Paulo Martins, uma das coisas a rever no campeonato por parte da AFP Fafe é colocar estes miúdos a jogarem futebol de onze. 
Nesta altura o que conta mesmo não são os resultados desportivos nos jogos de preparação mas sim o nível físico e táctico dos jogadores que é trabalhado e afinado neste tipo de jogos.
.

Futsal - Liga Fafedry: AD Fafe apresentou 11 reforços

Redacção/AFF 

José Nunes (ex-Sol Poente) é o treinador

É já na próxima Sexta-Feira pelas 23:30 no Pavilhão Municipal que a equipa da AD Fafe se estreia nesta temporada, diante do CD Vinhós. 

As mudanças relativamente ao ano passado são muitas, alterando-se a equipa técnica, com apenas 4 jogadores a transitarem para a nova temporada, tendo havido 11 contratações, que certamente irão mostrar o seu valor. 

O treinador será José Nunes, vencedor da última Edição da Taça Cidade de Fafe pelo Sol Poente sendo o seu Adjunto Nuno Barbosa.

Plantel da AD Fafe Época 2014/15

1 – Rui Rodrigues”BETI” GR (Ex-AS Sol Poente)
99 – PAULO Cunha GR (sem clube)
2 – BRUNO Teixeira (Ex-Juvenil AD Fafe)
5 – DUARTE Silva (Ex-GR Ardegão)
6 – Rui Fernandes “XUMOXO” (Ex-AS Sol Poente)
7 – Diogo MOTA
8 – Jorge Lameiras “GINHO” (Ex-GDC Armil)
10 – Alberto Fernandes “BERTINHO”
16 – João ROQUE  (Ex-SR Cepanense)
17 – André MAÇAIRA
20 – José Pedro “ZEPAS” (sem clube)
21 – DIOGO Costa
22 – SIMÃO Félix (sem clube)
30 – Tiago Teixeira “TITO” (Ex-GR Ardegão)
77 – Pedro Velho “BUBA” (Ex-FC de Fafe)

Ismael (ex-Arões SC) vai jogar Futsal nos Amigos de Fafe

Texto: João Carlos Lopes

Uma colaboração temporária 

O extremo felgueirense Ismael Ribeiro está de volta a uma equipa de Fafe mas desta vez para jogar Futsal, na equipa do Grupo Desportivo Amigos de Fafe e na liga de Futsal Fadedry, da Associação de Futsal de Fafe.   

Depois de ter representado o Grupo Desportivo de Silvares, a Associação Cultural e Desportiva da Pica, e o Arões Sport Clube desde a temporada 2011/2012 até 2013/2014, altura em que emigrou para Suiça, o jogador está de volta ao país mas temporariamente pelo que só jogará nos Amigos de Fafe até Dezembro.

No futebol de 11 foi um dos mais talentosos extremos esquerdos que passou pelo futebol distrital em Fafe. E no futsal como será? Nada melhor que ir ver um jogo da sua nova equipa para ver se o talento em recintos pequenos é o mesmo que nos campos grandes. O primeiro jogo é já no próximo Sábado e logo contra o Arões SC.  

Futsal: Leões do Ferro/Fafedry apresentou-se


Texto e foto: João Carlos Lopes 


Tentar fazer o melhor possível


A equipa dos Leões do Ferro/Fafedry fez a apresentação oficial do seu plantel de Futsal que irá participar no Campeonato Concelhio de Futsal, a Liga Fafedry 2014/2015, na última Terça-feira, no Pavilhão Multiusos de Fafe.

A exemplo do que aconteceu na época passada a equipa dos Leões que este ano será treinada por José Carlos Cardoso, vai tentar fazer o melhor possível, entrar na competição para discutir todos os jogos, sabendo que as vitórias nem sempre acabam nas equipas que merecem e que podem depender de muitos factores onde se inclui a sorte e a disponibilidade física e psicológica dos jogadores em cada partida. No entanto, há a promessa por parte do plantel de ter uma atitude que dignifique o nome da Colectividade e honre a aposta feita pelos patrocinadores. Só assim fará sentido entrar nesta competição, onde a equipa vai tentar ser o mais disciplinada possível.

A Taça é outra competição em que a equipa quer chegar o mais longe possível, sabendo que em jogos a eliminar a motivação é diferente, pelo que os atletas serão mentalizados nesse sentido. 

Este carismático clube de um dos bairros mais emblemáticos de Fafe viu sair alguns jogadores mas recebeu um punhado de atletas que vêm para a equipa para somar.

A equipa dos Leões do Ferro tem como patrocinador principal a Lavandaria Fafedry, pelo que agradecem ao dono da empresa José Filipe Ferreira, que é ao mesmo tempo o principal impulsionador da modalidade na Colectividade. O Leões contam também com o apoio do E.Leclerc de Fafe, da Watt.pt. e dos Pneus Telo. Apoios que a direcção da Colectividade agradece e sem os quais não era possível manter a equipa de futsal em actividade. 

No jogo e apresentação os Leões do Ferro/Fafedry defrontaram a equipa taipense do CART que milita nos distritais de futsal da AF Braga servindo o mesmo para dar rodagem e maior experiência ao plantel antes do primeiro jogo oficial da temporada que ocorre no Sábado pelas 22 horas no Pavilhão Municipal. 

Plantel Leões do Ferro/Fafedry 2014/15

Transitam da época passada: Ricardo Gonçalves (GR); Carlos Lima, Micael Lima, Pedro Lima, Miguel Martins, Ricardo Brites, 

Reforços: Rui Leite (GR) (sem Clube), Rafael Lima (sem Clube), Miguel Rodrigues (sem Clube), José Silva (ex-Armil), David Cunha (ex-Vinhós). 

Equipa técnica: José Carlos Cardoso (treinador); José Filipe Ferreira (Adjunto).

Delegados: Sérgio Paulo Peixoto e Carlos Eduardo Santhim.

Massagista: Fernando Manuel Santos.
.

terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Karate: Fábio Gonçalves e Bruno Freitas no Pódio no Torneio das Vindimas

Redacção/CBF  

Centro Budo Fafe saiu reforçado da competição

No dia 19 de Outubro, realizou-se no Pavilhão Rota dos Móveis em Lordelo - Paredes, o 3º Torneio de Karate das Vindimas, organizado pela Associação de Karate Shotokan de Paredes e Vale do Sousa (AKSPVS).

Este evento visa criar oportunidades a todos os atletas nacionais, com o intuito de lhes dar mais experiência competitiva.

O Centro Budo de Fafe fez-se representar por atletas do escalão juvenil, cadete e Sub21 na modalidade de Kumite (combate).

Fábio Gonçalves (Sub 21) competiu na prova de Kumite na categoria dos - 78kg, realizando um percurso notável até à final que perdeu para outro competidor de grande qualidade. Apesar dessa derrota o Fábio tem demonstrado estar em grande forma e extremamente motivado neste início de época.

Já Bruno Freitas (júnior) - 70 kg, apesar de também ter efetuado grandes combates, logrou apenas alcançar o 3º lugar no pódio que soube, também, a pouco tendo em conta o potencial.

Com uma representação de 9 atletas, o CBF esteve em duas outras ocasiões próximo do pódio, no escalão juvenil (- 50 kg) com Hugo Novais e no escalão Sub21 (- 70 Kg) com Lucas Fernandes, ambos ficaram em 4º lugar, faltando apenas uma “pontinha” de sorte para conseguirem uma medalha que seria de todo merecida.

Para além destes competidores estiveram também presentes: Vítor Silva; Diogo Leite; João Rodrigues (juvenis) e Paula Ferreira (cadete), que tiveram igualmente muito bem neste encontro, vencendo alguns combates. 
.

Natação - AD Fafe: Maior comitiva de sempre saiu vitoriosa de Vila Meã

Redacção/AD Fafe 

Objectivos cumpridos no Torneio de Preparação de Infantis

No passado fim de semana, entre os dias 18 e 19 de Outubro, os nadadores do escalão Infantil da Associação Desportiva de Fafe (ADF) deslocaram-se à Piscina Municipal de Vila Meã, que conta com um tanque de 25m com 8 pistas e excelentes condições para a prática da modalidade, para participar na primeira competição da época para este escalão, o Torneio de Preparação de Infantis. Entre 240 nadadores de 18 clubes participantes, a ADF apresentou uma das comitivas mais numerosas e é já uma referência, com 20 nadadores, superada apenas pelo FC Porto (28), CF Portuense (22), GDN Famalicão (25) e Leixões SC (23), o que reflete o trabalho desenvolvido pela natação fafense nos últimos anos, apesar das evidentes limitações de espaço, equipamentos adequados no concelho e apoios.

Objetivos cumpridos

Mas os nadadores da ADF não se limitaram a marcar presença e nadaram concentrados para cumprir os objetivos definidos pela equipa técnica para esta fase de preparação: disciplina, qualidade técnica em todos os estilos, desenvolvimento do espírito de equipa, da motivação e da atitude competitiva. Num total de 60 inscrições, a ADF obteve ainda 47 recordes pessoais, com uma evolução média de 2,1%.

10 mínimos para Zonais e Nacionais

Quanto aos resultados individuais, destacaram-se Mariana Sampaio com 3 recordes pessoais, 3 mínimos para o Torneio Zonal e 2 mínimos para os Campeonatos Nacionais nos 200m Costas, prova que venceu, e Inês Castro com 2 recordes pessoais e 4 mínimos para o Torneio Zonal, primeira classificada nos 400m Livres e nos 200m Estilos e segunda nos 200m Costas. Para além destas nadadoras, destacam-se também os nadadores que melhoraram todos os seus tempos de inscrição, Bruno Castro, Carolina Silva, Diogo Moura, João Peixoto, Luís Alves, Ricardo Oliveira, Romeu Fernandes e Rui Martins. Vitória Henriques conseguiu também apurar-se para o Torneio Zonal nos 200m Costas e obteve 2 recordes pessoais, o mesmo número de melhores marcas pessoais que obtiveram Bruno Silva, Catarina Ferreira, Diogo Freitas, João Freitas, Margarida Leite, Rui Pinto e Tiago Guedes. Beatriz Alves esteve perto dos seus melhores tempos, enquanto João Cunha se apresentou nesta fase inicial da preparação com um nível técnico bastante abaixo do exigido para as competições que agora se iniciam, o que acabou por desqualificá-lo em duas das suas provas. Numa competição realizada no início da preparação dos nadadores, foi com satisfação que os treinadores da ADF viram os seus “golfinhos” realizar algumas marcas de bom nível, enquanto se esforçavam por cumprir o que lhes foi pedido.

Os campeões fafenses irão agora, em conjunto com a equipa técnica, analisar a sua prestação na primeira competição do ano para corrigir possíveis falhas, definir novos objetivos e treinar para apresentar-se na máxima forma nos momentos competitivos mais importantes da época. As próximas competições da ADF serão as Provas de Preparação para Cadetes A/B e o Open Vale do Sousa, a decorrer durante as próximas semanas.
.

Fernando Silva (R. Granja/C. Óptico Fafe) venceu o 2.º BTT DHI de Sendim

Redacção/ACM 

Fernando Silva e Diogo Pinto são campeões do Minho 

- Restauradores da Granja /Centro Óptico de Fafe São campeões do Minho por equipas

Fernando Silva (RG - Centro Óptico de Fafe) foi o grande vencedor do 2.º BTT DHI de Sendim. A sexta e última prova do Campeonato do Minho de DHI - Cision chamou a Sendim milhares de espetadores que também assistiram ao triunfo de Ana Leite (femininos), Rafael Sousa (juniores), Ricardo Soares (Masters 30), José Carneiro (Masters 40), Bruno Almeida (cadetes), Bruno Ferreira (promoção) e RG - Centro Óptico de Fafe (equipas).

Após a última prova, estão definidos os Campeões do Minho de BTT DHI de 2014: Fernando Silva (elites), Ana Leite (femininos), Emanuel Sousa (juniores), Ricardo Soares (masters 30), José Carneiro (masters 40), Augusto Pedrosa (masters 50), Diogo Pinto (cadetes) e equipa Restauradores da Granja - Centro Óptico de Fafe.

Organizada conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pelo Bicicleta Clube de Felgueiras, o 2.º BTT DHI de Sendim foi disputado numa pista que se revelou do agrado generalizado, tendo atraído milhares de espetadores que acompanharem do princípio ao fim o desempenho de mais de uma centena de pilotos.

A derradeira e decisiva prova do Campeonato do Minho não podia ter corrido da melhor forma até porque, depois de alguns dias de chuva, o domingo amanheceu nublado mas o sol instalou-se a partir do meio da manhã. Os atletas proporcionaram um belíssimo espetáculo de Down Hil numa pista rápida com muitas zonas do agrado do público.

Com a realização do 2º BTT DHI de Sendim foram encontrados os Campeões do Minho de BTT DHI nesta temporada de 2014: Fernando Silva (elites), Ana Leite (femininos), Emanuel Sousa (juniores), Ricardo Soares (masters 30), José Carneiro (masters 40), Augusto Pedrosa (masters 50), Diogo Pinto (cadetes) e em equipas a formação Restauradores da Granja – Centro Óptico de Fafe.

Em Sendim, Fernando Silva (RG – Centro Óptico de Fafe) triunfou na categoria de elites, relegando para a segunda posição, com quase cinco segundos de diferença, José Vasconcelos (A.D. Jorge Antunes / Bike Zone) e para a terceira Rui Teixeira (RG – Centro Óptico de Fafe).

Em femininos, Ana Leite (Bicicleta Clube de Felgueiras) foi a vencedora.

Rafael Sousa (MS Mad / Team Racing Portugal) foi o vencedor em juniores com Raúl Rodrigues (A.D. Jorge Antunes / Bike Zone) a obter o segundo melhor tempo e Luís Costa (RG – Centro Óptico de Fafe) o terceiro.

Ricardo Soares (A.D. Jorge Antunes) colecionou nova vitória no escalão de masters 30 e alcançou o quinto título consecutivo no campeonato minhoto de BTT DHI. Jorge Afonseca (RG – Centro Óptico de Fafe) foi segundo classificado e Josué Alves (Individual) completou o pódio.

José Carneiro (Famalicense Atlético Clube) venceu em masters 40 encerrando em beleza uma época em que, além de renovar o título de Campeão do Minho, se sagrou Campeão Nacional. Paulo Abreu (M.C. Felgueiras / Nobrand) foi o segundo classificado e José Rodrigues (RG – Centro Óptico de Fafe) o terceiro.

No escalão de cadetes, Bruno Almeida (individual) foi o mais veloz em Sendim com Diogo Pinto (RG – Centro Óptico de Fafe) e Rui Ribeiro (BTT Torcatense / Casa Myzé / Quer) a ocuparam os restantes lugares do pódio.

Na vertente de promoção os melhores foram Bruno Ferreira, seguido de Rui Almeida e Miguel Pereira.

Coletivamente a grande vencedora do 2º BTT DHI de Sendim foi a formação do Restauradores da Granja - Centro Óptico de Fafe, enquanto a Associação Desportivo Jorge Antunes / Bike Zone ficou em segundo e o Bicicleta Clube de Felgueiras em terceiro.

O 2º BTT DHI de Sendim teve o apoio das seguintes entidades: Câmara Municipal de Felgueiras, Federação Portuguesa de Ciclismo, Cision, Arrecadações da Quintã, Herdmar, POPP Design, Bike Magazine (revista oficial), acmTV (www.acmtv.pt) e do comércio e indústria local.

Recorde-se que os prémios finais dos Campeonatos do Minho e do Troféu Revelações de Ciclismo de Estrada - Herdmar (2014) serão entregues na Gala de Encerramento da Época Desportiva de 2014, agendada para o dia 15 de novembro (Parque de Exposições de Braga), em que também serão homenageados os atletas minhotos que se sagraram Campeões Nacionais em 2014 e que conquistaram resultados de relevo a nível internacional.
.

Futebol Veteranos: CD Trofense, 2 - UD Fafe A60, 0

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Primeira derrota da temporada 

Os veteranos da UD Fafe A60 disputaram mais uma partida a contar para a Liga Interplanetária da Amizade perdido com o Clube Desportivo Trofense por 2-0, no Complexo Desportivo da Cidade da Trofa. 

Ao intervalo a equipa de Gentil Antunes registava uma igualdade sem golos e na segunda parte a equipa da casa conseguiu chegar aos 2-0, numa partida em que a arbitragem não esteve à altura do desafio. Esta foi a primeira derrota do actual treinador da UD Fafe desde que assumiu o comando técnico da equipa.  

Os fafenses voltam a jogar no próximo Sábado, com uma deslocação ao Concelho de Felgueiras para defrontar o FC da Lixa, no Estádio da cidade lixense.

Ass. Futebol Popular de Fafe: Resultados de todas as competições

.

Liga de Futsal Juvenil de Fafe: Conheça as equipas



PETIZES


ACR Fornelos A
ACR Fornelos B
Arões SC A
Arões SC B
AD Fafe 
OFC Antime
FB Crescer Guimarães


TRAQUINAS SÉRIE A

ACR Fornelos B
AD Fafe
AF Celorico Basto A
Arões SC B
FB Crescer Guimarães B
GCR Nun' Álvares A
GDC Paços
OFC Antime A


TRAQUINAS SÉRIE B

ACD Pica
ACR Fornelos A
AF Celorico Basto B

Arões SC A
FB Crescer Guimarães A
GCR Nun' Álvares B
GCRSM Ribeiros
OFC Antime B


BENJAMINS

ACR Fornelos
AD Oleiros
AFA Estorãos
AF Celorico Basto
FB Crescer Guimarães
GD Amigos de Quinchães
G-Team
OFC Antime
SR Cepanense
.