.

.
.

sábado, 22 de fevereiro de 2020

Div. Honra AF Braga I ACD Pica, 1 - OFC Antime, 3 (Deu operários)

TEXTO: JCL 

Lei seca só terminou para um 

O dérbi concelhio entre a ACD Pica e o OFC Antime terminou com vitória para os Operários por 3-1, com o vencedor a igualar o mesmo número de pontos do vencido, mas para já a levar vantagem no confronto directo. De referir que antes deste jogo ambas as equipas não venciam há quatro jornadas. 

Foi a equipa orientada por Tozé Fonseca a marcar primeiro por Matheus com a Pica a responder de grande penalidade aos 40' e a empatar através de Dédé.

Na segunda metade o Antime conseguiu passar para a frente através de Lousada na sua estreia a marcar pelos Operários num golo que surgiu aos 60'. Cinco minutos depois foi a vez de Castanha ampliar para 3-1. 

Na próxima jornada o Antime recebe o Polvoreira e a Pica desloca-se a Ronfe. 

Futsal - 2.ª Div. Nac. | Amigos de Cerva, 1 - AD Fafe, 3

Futsal Fem. - 1.ª Div. Nac./FC | GCR Nun'Álvares, 5 - Sporting CP, 5

1.ª Div. AF Braga I GCD Regadas, 3 - GDC Mosteiro, 1 (Reacção)

TEXTO: JCL 

Novamente no bom caminho 

O GCD Regadas voltou às vitórias ao bater o GDC Mosteiro por 3-1, aproximando-se daquilo que mostrou no início da temporada quando ainda faltam disputar 13 jornadas, pelo que a equipa de Marcelo Fernandes volta a acreditar que é possível chegar-se aos dois lugares da frente. 

Ainda que o resultado pareça folgado não foi tão fácil de obter como possa parecer. Depois de o marcador não se ter alterado na primeira parte foi a equipa do Mosteiro a inaugurar o marcador. 

O Regadas foi melhor a reagir do que agir pois conseguiu marcar três golos sem resposta que lhe permitiram dar a volta ao marcador e vencer a partida. Esses golos foram assinados por Fernando Beijinhos, Rafinha e Coelho. 

Na próxima jornada o Regadas desloca-se ao terreno da lanterna vermelha, Mota FC.  

Pró-Nacional AF Braga I Arões SC, 1 - Pevidém SC, 2 (Suado)

TEXTO: JCL 

Líder teve que vestir o fato de macaco 

O Arões SC recebeu o líder Pevidém com quem perdeu por 2-1 mas bateu-se bem com uma equipa que tem outros argumentos mostrando que dentro de campo são onze contra onze. Foi uma derrota mas com muita luta. 

Até ao intervalo as defesas tinham-se superiorizado aos ataques e o marcador não sofreu qualquer alteração. 

Na segunda parte marcou primeiro o Pevidém mas o ainda júnior de primeiro ano Filipe Katurra empatou a partida, empate que os vimaranenses viriam a desfazer ao marcarem o 1-2 final.

Na próxima jornada o Arões desloca-se ao terreno do último, GD Serzedelo.

Futsal - 2.ª Div. Nac. | Contacto FC, 3 - GCR Nun'Álvares, 5

1.ª Div. AF Braga I GD Silvares, 0 - SC Fermilense, 2 (Quebra)

TEXTO: JCL 

Expulsão de Ferruge condicionou 

Depois de duas  vitórias consecutivas, o GD Silvares recebeu o SC Fermilense e averbou uma derrota por 2-0, numa partida em que se a equipa fafense vencesse igualava o mesmo número de pontos do adversário que desta forma se conseguiu distanciar. 

Ao intervalo a equipa do Concelho de Celorico de Basto já vencia por 1-0 e o Silvares já jogava com menos um jogador desde a meia hora de jogo por expulsão de Rui Ferruge. 

Na segunda metade apesar de tentar chegar ao golo foi a equipa visitante a marcar e a ampliar a vantagem para 0-2. 

Na próxima jornada o Silvares desloca-se a Vieira do Minho para jogar com o Mosteiro. 

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Futsal feminino | Cinco Condestáveis convocadas para a Selecção Distrital Sub 17


TEXTO: JCL | FOTO: DR

GNA continua as destilar talentos 

A formação do Futsal do GCR Nun'Álvares continua a fabricar talentos e melhor que isso, a fazê-lo no feminino. Na senda do que já tinha acontecido com as internacionais, Leninha, Telma e Martinha que também começaram pelas selecções distritais foram agora chamadas mais cinco atletas a quem é legítimo sonhar com voos mais altos. 

O Nun'Álvares é o clube mais representado na convocatória com cinco atletas para a Selecção Distrital Sub 17. São elas: Mariana Mendes, Carina Leite, Teresa Correia, Carolina Afonso e Laura Costa. 

Estas atletas convocadas pela Associação de Futebol de Braga vão participar no Torneio Inter Associações sub-17 que se realiza em Viseu de 22 a 25 de Fevereiro.

CONVOCATÓRIA COMPLETA

Ana Nascimento (Futebol Clube "Os Académicos"), Catarina Martins (Futebol Clube de Vermoim), Laura Costa, Ana Afonso, Carina Leite, Mariana Mendes e Teresa Correia (Nun'Álvares Futsal), Margarida Correia (ACR "Os Marretinhas"/Jorgestores), Cristiana Carvalho, Lara Lopes e Francisca Cunha (GTEAM Guimarães F.C.) e Maria Costa (Desportivo Jorge Antunes).

Karaté | Centro Budo de Fafe destaca-se na II Liga Soshinkai

REDAÇÃO

18 primeiros lugares, 10 segundos e 13 terceiros

Decorreu no dia 15 de fevereiro no Pavilhão Desportivo da Escola Secundária D. Dinis em Lisboa, a segunda edição da Liga Soshinkai da presente época desportiva, competição realizada sob a égide da Associação Shotokan Internacional Portugal (ASKIP). 

Esta liga realiza-se em três jornadas, sendo o principal objectivo proporcionar e promover competitividade desportiva entre atletas. Tem, também, a particularidade de colocar os competidores em grupos em função da idade e da graduação, a competirem uns contra aos outros saindo como vencedor o atleta que tiver maior número de vitórias obtidas e/ou maior número de pontos marcados. 

O CBF alcançou nesta segunda jornada 18 primeiros lugares, 10 segundos e 13 terceiros, o que é demonstrativo do excelente desempenho conseguido pelos atletas do Centro Budo.  

Basquetebol Sub 18 | Restauradores da Granja recebem AT Construção para a Taça do Minho


Div. Honra AF Braga | ACD Pica recebe o OFC Antime no dérbi concelhio


Futebol e futsal | Todos os jogos do OFC Antime

AF Braga seniores | Todos os jogos das séries onde militam equipas de Fafe



CAMPEONATO DISTRITAL DA DIVISÃO DE HONRA 

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Futebol | Todos os jogos da formação da AD Fafe


Futsal | Todos os jogos da AD Rumo ao Futuro/CS Fafe

Campeonato de Setas de Fafe | Del Rio e Vítor Silva estão imparáveis

REDAÇÃO

Dois jogadores que se destacam 

Decorreu na última quarta-feira a 6.ª Jornada do Campeonato de setas de Fafe onde o jogador Vítor Silva que representa o Fokus Café e também o representante do Café Sueco Del Rio não sabem o que é ter qualquer derrota.

Um lidera o Grupo B com 18 pontos em 6 jogos e estamos a falar do atleta Vítor Silva que se deslocou ao Cafe Dudidi vencer o jogador Rogério Leite por 3-0. 

Já no Grupo A lidera com 15 pontos o jogador do Café Sueco Del Rio que em 15 partidas disputadas não houve um único jogador que lhe vencesse uma partida que fosse. Este o jogador Sueco encontra-se em excelente forma onde começa na verdade a ser o centro das atenções na cidade.

No dia 1 de Março vai realizar-se o sorteio para a Taça da Cidade de Fafe no Café Juventude às 22:00 horas e todos os participantes podem comparecer para saber in loco qual vai ser o seu adversário.

Futsal | Todos os jogos da Formação da AD Fafe


Futsal 2.ª Div. Nac. | GCR Nun'Álvares vai ao recinto do Contacto

Futsal Fem. - 1. ª Div. Nac. / FC | GCR Nun'Álvares recebe o Sporting CP

Campeonato de Portugal | AD Fafe recebe o GD Chaves Satélite

Futsal | Todos os jogos da formação do GCR Nun'Álvares

Futebol e futsal | Todos os jogos do Arões SC

Futsal 2.ª Div. Nac. | AD Fafe desloca-se ao recinto dos Amigos de Cerva

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Petanca | Uma modalidade em franco crescimento em Portugal

REDAÇÃO

42 clubes 734 jogadores masculinos e 74 femininos

O último domingo marcou o início da temporada de petanca a nível nacional com a realização na Zona Norte (Lordelo, Paredes) do Torneio de Abertura e na Zona Centro (Muge, Salvaterra de Magos) da eliminatória de mão a mão.

No domingo seguinte será o arranque da época das Associações do Algarve e do Barlavento Algarvio e Sudoeste Alentejano com a disputa do Torneio de Abertura em Lagos. 

São 11 as provas que integram o calendário de 2020 da Federação Portuguesa de Petanca: eliminatórias regionais e finais das 3 variantes (mão a mão, doublete e triplete), Taças de Portugal, Algarve, Lisboa, Porto e Abel Ferreira (inter-associações). 

Cada uma das 4 associações continentais de Petanca (Zona Norte, Zona Centro, Algarve e Barlavento Algarvio e Sudoeste Alentejano) têm programas próprios, dos quais fazem parte, para além das competições atrás referidas, torneios de abertura, encerramento, taças associativas, provas regionais promovidas por todos os clubes filiados e ainda torneios abertos para divulgação da modalidade.

A Associação de Petanca da Zona Centro é a mais representativa a nível nacional, com 15 clubes (Associação de Amigos da Petanca de Muge, Associação Cultural Recreativa Desportiva de Casal Cochim,
Associação Cultural e Recreativa da Urqueira, Associação Desportiva Cultural Solidariedade Social do Lavradio, Associação de Moradores Bairro Novo, Pinhal da Areia, Moita, Associação 20 km de Almeirim, Clube de Campismo de Lisboa, Clube Petanca São Pedro do Estoril, Grupo Desportivo do Granho, Grupo Desportivo Sobreirense Boulodrome, Petanca S. Mamede Batalha, Real Clube Petanca de Alpiarça, União Amigos de Olho Marinho, União Desportiva e Cultural do Alqueidão e União Desportiva de Gondemaria).  

Segue-se a Associação do Barlavento Algarvio e Sudoeste Alentejano com 10 clubes (Associação Pétanca Vale da Telha, Centro Cultural Desportivo Câmara Municipal de Lagos, Clube Desportivo Caça e Pesca de S. Miguel, Clube Desportivo Cultural da Nave, Clube Pétanca Montes de Alvor, Clube Petanca de Portimão, Estrela Desportiva de Bensafrim, Grupo Amigos do Chinicato, Juventude Clube Boavista e Sociedade Recreativa de Barão de S. Miguel).

Depois a Associação de Petanca do Algarve com 9 clubes (Associação Cultural de Boliqueime, Associação Onda Sólida Arraial, Centro Cultural Desportivo Trabalhadores da Câmara Municipal de Tavira, Clube Pétanca Escola de Loulé, Clube Pétanca de Faro, Clube Praticantes Petanca de Estoi, Grupo Desportivo Barreiras Brancas, Grupo Desportivo Cultural de Machados e Grupo Desportivo Recreativo Corte António Martins).

E por último a Associação de Petanca da Zona Norte com 8 clubes (Associação Bússola Partilhada, Casa do Pessoal da RTP-Porto, Centro Recreativo e Cultural de Briteiros, Clube Amigos da Petanca, Clube Caçadores de Rebordosa, Clube Petanca de Estorãos, Clube Petanca de Rebordosa e Clube Petanca das Taipas).      

Este ano houve um acréscimo significativo de filiações na Federação Portuguesa de Petanca, quer a nível de clubes, quer de atletas masculinos e femininos.

Os 42 clubes inscreveram 840 jogadores, dos quais 734 masculinos, 74 femininos e 32 jovens (cadetes, infantis e juniores).

No plano internacional Portugal estará presente no Europeu Feminino de Triplete, em Espanha, no Mundial Masculino de Triplete, na Suiça, e no Europeu de Mão a Mão e Doublete Masculinos, Femininos e Mistos, na Letónia.

Destaque ainda para a realização em Portugal da Copa Ibérica, na Batalha, e do Mundialito, em Portimão.

Andebol - 2.ª Div. Nac. | AC Fafe vai jogar no Grupo 'B' para a manutenção

REDAÇÃO

Após falhar fase de subida fafenses jogam para ficar na 2.ª Divisão

O Grupo A da Fase Final, que apura o campeão nacional, começa a 29 de fevereiro. Realizou-se, na tarde desta segunda-feira, o sorteio da Fase Final – Grupos A e B do Campeonato Nacional de Seniores Masculinos 2ª Divisão.

GRUPO A

O Grupo A é composto por 9 equipas, que vão jogar no sistema TxT a duas voltas, sendo que as 3 equipas apuradas de cada zona transportam os resultados e pontos obtidos nos jogos entre si na 1ª Fase, não voltando a defrontar-se na Fase Final.

O vencedor sagra-se campeão nacional e, juntamente com o 2º classificado, são promovidos ao Campeonato Placard Andebol 1 (exceto as equipas “B”, de acordo com o regulamento da prova). EQUIPAS DO GRUPO A

GRUPO B

No Grupo 3 foram constituídas três Zonas, de 7 equipas cada, que vão jogar no sistema de TxT a 2 voltas, partindo com 50% dos pontos alcançados na 1.ª Fase. A prova terá início também a 29 de fevereiro.

Os dois últimos classificados de cada Zona são despromovidos à divisão inferior na próxima época.

Solicita-se aos Clubes que procedam à marcação de campos e horas até à próxima quarta-feira, dia 19, para os jogos da 1ª jornada e até dia 20, quinta-feira, para os restantes encontros.

Os calendário do AC Fafe  pode ser consultado AQUI.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Bilhar (Pool ) | Seis fafenses já apurados para as finais do Multiusos de Fafe

REDAÇÃO

Ainda vais a tempo de marcar presença na final 

Realizou-se a 15 de Fevereiro vários jogos do Open de Pool, distribuídos por vários estabelecimentos comerciais e desportivos do Concelho de Fafe, com vista ao apuramento para as finais marcadas para o Multiusos de Fafe.

Dos 24 jogadores fafenses, apenas seis conseguiram carimbar a sua presença no mês de Julho no Multiusos que vai juntar diversos bilharistas de todo o País.

Os jogos decorreram no Café R onde se apurou o jogador Filipe Ferreira; no Café China apurou-se o jogador Fábio Martins, no Café Sueco apuraram.se os jogadores Ricardo Cardoso e Jogador Miguel Moreira do Café China. Em, Seidões no Morrisson Bar, apurou-se o jogador Paulo Soares também do Café Sueco. No Café Willow's apurou-se Carlos Miguel do Café Sueco B.

Para já são seis os apurados, mas a 14 de Março disputam-se mais jogos para apuramento. Continuam abertas as inscrições e pode participar quem quiser na modalidade porque este Open é aberto à comunidade.

41 anos | Restauradores da Granja juntam Carnaval ao aniversário



O G.C.D. Restauradores da Granja comemora os 
seus 41 anos nos dias 21 e 22 de fevereiro 2020.

No dia 22 de fevereiro também realizamos 
o concurso de fantasias de Carnaval.

PROGRAMA 
  
21 fevereiro 2020 (sexta-feira)

23:15 h - Torneio de Sueca relâmpago  

22 fevereiro 2020 (sábado)  

16:30 h - Jogo de Futsal: Solteiros x Casados

21:30 h - Concerto musical pela banda  Faz Sol Lá  

22:30 h - Concurso de Fantasias (animação pelo Grupo de Teatro Versátil)

23:30 h - Parabéns (bolo de aniversário)

Nos intervalos teremos Stand Up Comedy 

Futsal - 1.ª Div. Nac. | Lesão grave encurta época da internacional Carina Luís (GNA)

REDAÇÃO

Com necessidade de intervenção cirúrgica 

A atleta Carina Luís contraiu uma rotura do ligamento cruzado anterior com necessidade de operação cirúrgica, o que o vai afastar o resto desta época desportiva.

Quando corria tudo pelo melhor às nossas Seniores com a permanência conquistada e acesso à fase de apuramento de campeão, eis que o azar bateu novamente à porta do Grupo.

Numa época fustigada por lesões graves, a força deste Grupo apoiará os atletas nas suas necessidades com vista a estarem recuperados para que JUNTOS na próxima época as conquistas irão sobressair ás infelicidades.

Futsal | GD Chaves de Joana Melo e Bruna Salgado eliminou Novasemente da Taça de Portugal

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES | FOTOS DR

Presença garantida na final four

O Grupo Desportivo de Chaves onde jogam duas fafenses, a ala Joana Melo e a pivot Bruna Salgado garantiu no últimos domingo, a passagem às meias finais da Taça de Portugal de Futsal Feminino ao vencer por a forte formação do Novasemente por 1-0, com um golo alcançado na parte final do desafio.

Nem uma nem outra atleta puderam dar o seu contributo à equipa nesta partida, Joana porque se encontra lesionada mas deve voltar à competição no próximo jogo e Bruna por opção. 

Contudo Joana esteve no também épico jogo dos 1/8 de final em que o Chaves eliminou nas grandes penalidades o Lusitânia de Lourosa, após empate a três bolas no tempo regulamentar e de 4-4 no prolongamento, tendo vencido nos penaltis por 4-3.

Depois desse épico resultado das transmontanas nos oitavos a equipa chegou aos quartos e calçou as meias garantindo um lugar na final four. As equipas que conquistaram esse direito são  CDR Arneiros, GD Chaves, Santa Luzia FC e SL Benfica. 

1.ª Div. AF Braga | JP (ex-ACD Pica) é reforço do GD Silvares



TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES | FOTO: DR

Veio para acrescentar 

O lateral direito JP que começou a época na ACD Pica mudou-se recentemente para o GD Silvares onde já actuou nos últimos jogos estando de alguma forma também aliado aos bons resultados alcançados. 

o jogador, de 23 anos, fez formação no Desportivo Ases de S. Jorge. Cumpriu depois o primeiro ano de júnior no GD Travassos e o segundo no Arões. Durante a formação foi campeão Distrital de iniciados nos ases e de juniores no Arões.

Subi a sénior no Arões, mas uma rotura de ligamentos nesse ano estragou-lhe todos os palnos. Depois passou pelo Atei FC, ACD Pica B e na extinção desta ficou na equipa principal. Foi de lá que saiu para Silvares. 

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Futsal Fem. - Juniores AF Braga | GCR Nun'Álvares, 3 - FC Santa Luzia, 0 (Primordial)


REDAÇÃO

Equipa  depende apenas de si para revalidar o título 
As juniores do Grupo Nun'Álvares receberam e venceram a equipa do Stª Luzia por 3-0, numa vitória que relança a equipa na corrida pelo título.

Após derrota na última jornada, as pupilas de Luís Barros entraram a todo o gás e logo aos 2 minutos a capitã Inês marcou o primeiro golo da partida. Apesar de o jogo ser de sentido único o segundo golo apareceu apenas aos 29 minutos, por Joana, na cobrança de um penalti. Pouco depois chegou o intervalo com o resultado em 2-0.

A segunda parte foi o continuar da primeira, com Inês a bisar aos 35 minutos. Até ao final da partida, as Condestáveis poderiam aumentar o marcador por várias ocasiões, mas o resultado não mais se alterou até ao final da partida.

Com esta vitória, a equipa do Nun'Álvares passou a depender apenas de si para se sagrar campeã distrital pelo segundo ano consecutivo.

NUN'ÁLVARES: Bruna, Inês (C), Andreia, Leninha e Carol. Jogaram ainda: Mariana, Joana, Lara, Bes, Beatriz Pires, Teresa e Rita. TREINADORES: Luís Barros e Cátia Coelho.

Juniores - 1.ª Div. AF Braga | Pevidém SC, 3 - OFC Antime, 4 (Bis de Rocha)

REDAÇÃO 

Vitória construída sobre rocha dura  


O Antime deslocou- se a Pevidém no último sábado onde venceu por 4-3, num jogo em que os golos abundaram. O defesa central Rocha foi o homem de jogo ao bisar na partida e revelar-se como o goleador de serviço nesta partida e nem sequer fez os golos de cabeça como é hábito, marcando ambos com os pés.

O Antime entrou a controlar a partida, mas foi o Pevidém que aos 20' inaugurou o marcador. Aos 22' chegou ao empate, Diogo mete a bola entre os sois defesas, com Augusto a apanhar a bola, a correr para a área com os dois defesas a apertar Augusto dos quais se libertou e à saída do guarda-redes a fazer o golo do empate (1-1).

O 1-2 chegou aos 30'. Diogo Castro cruza para a entrada da área onde apareceu Oliveira a rematar e a fazer o golo. Aos 41', Augusto, isola-se na esquerda, entra dentro da área e remata para grande defesa do guarda redes do Pevidém. Aos 44' o Antime chegou ao 1-3. Livre de Diogo para a área , onde apareceu Augusto a desviar para o segundo poste onde apareceu Rocha a rematar para o golo.

Na segunda parte, aos aos 59', o Pevidém iria reduziu para 2-3. Aos 66' Chiquinho é derrubado dentro da área e o arbitro marcou grande penalidade mas Diogo Castro permitiu a defesa do guarda-redes da casa.

Aos 81' grande remate de Nandinho de fora da área, com a bola a bater na barra da baliza do Pevidém. Aos 82', canto batido por Nandinho para a área , onde apareceu Rocha a bisar na partida e a fazer o 2-4 para os Operários. 

Aos 85', o Pevidém chegou ao 3-4. Confusão na área, onde apareceu um jogador adversário e rematar e a bola a entrar junto ao poste.

O Antime foi ganhar a casa do 3.º classificado, uma excelente equipa muito bem orientada por Francisco Machado. Também o Antime, orientado por Sérgio Costa  está a fazer um excelente campeonato.

OFC ANTIME: Geninho; Almeida, Freitas, Rocha, Pedro Jorge, Pedrinho (c), Diogo Castro, Nandinho, Chiquinho, Oliveira, e Augusto. Jogaram ainda: Rui Miguel, S. Brás e Francisco Pires. No banco estava também Cádu, Marinheiro, Dany e Gianluca. Treinador, Sérgio Costa. 

Excelente arbitragem, Tiago Ribeiro e seus auxiliares.

Mais uma | BTT Downhill é a nova modalidade do GCR Nun'Álvares


TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Um desporto de ar livre para variar 

Depois do bilhar surge agora uma nova modalidade no GCr Nun'Álvares voltada para uma vertente até inexplorada, um desporto radical, neste caso o BTT, com a equipa mais virada para a vertente de Downhill um desporto de ar livre no meio de muitas modalidades de pavilhão. 

Foi perante algumas centenas de pessoas que a equipa de BTT do GCR Nun'Álvares foi apresentada no intervalo do jogo da Taça de Portugal de Futsal entre o GNA e os Leões de Porto Salvo. 

O anúncio da nova modalidade foi feito pelo presidente Orlando Alves e depois o speaker de serviço, Armando César, chamou um a um os atletas desta nova secção desportiva dos Condestáveis que tem coordenador Tiago Mendes. 

São os seguintes os atletas de BTT do GCr nun'Álvares: Ivo Teixeira, Tiago Mendes (Coordenador),  João Rodrigues, Raúl Freitas, Carlos Mendes, Daniel Salazar, João Fernandes e Daniel Silva.

domingo, 16 de fevereiro de 2020

Campeonato de Portugal - Série A | Todos os números da 22.ª Jornada


FONTE: ZEROZERO | FOTO: ADF


Div. Honra AF Braga | OFC Antime, 0 - GD Louro, 0 (Desafinados)

REDAÇÃO

Não se pode falhar tanto 

Ao receber o último classificado, o GD Louro, esperava-se uma vitória que já foge há quatro jornadas ao OFC Antime, fruto de uma derrota e três empates consecutivos, mas a partida terminou como começou, sem golos.

Por tal, o Antime apresentou-se com uma equipa com muito pendor atacante e realmente todo o encontro a bola rolou sempre dentro do meio campo defensivo do Louro. Excepção para os primeiros dez minutos em que o Louro dividiu o jogo com o Antime, mas a partir desse momento apenas se limitou a acções defensivas. Contudo, o caudal ofensivo do Antime não se materializou em golo e tantas foram as oportunidades criadas e que não foram aproveitadas pelos jogadores do Antime.

Das mais flagrantes há que evidenciar as seguintes: Aos 9', Rafa lançou Castanha que cruzou para Sousa na zona de penalti rematar junto aos poste; aos 17', jogada de entendimento entre Rafa e Castanha com este a servir Lousada que rematou aos poste; aos 28', João Ribeiro cruzou para Castanha que na zona frontal da área rematou à figura do guarda-redes forasteiro quando tinha a baliza toda à sua mercê; aos 38', arrancada de Lousada pela esquerda a servir Sousa que rematou com o pé esquerdo à meia volta mas a bola saiu novamente junto ao poste.

Para os segundos quarenta e cinco minutos a pressão do Antime acentuou-se e encostou por completo o Louro à sua defesa.

E voltou a criar inúmeras oportunidades de golo, designadamente: logo aos 47', jogada de Castanha pela direita do ataque serviu Lousada que sozinho na área rematou com o pé direito ao lado; Aos 61', cruzamento de Rafa da direita ao segundo poste aonde apareceu Morais de cabeça a rematar para grande defesa do guarda-redes famalicense; aos 64', novo cruzamento de Rafa e Sousa, dentro da pequena área, só com o guarda-redes pela frente rematou contra este, a bola sobrou para Morais que novamente sem opositor voltou a rematar contra guardião do Louro; aos 66, cruzamento de Zé Freitas a servir Sousa que rematou por cima do guarda-redes mas um defesa do Louro salvou mesmo em cima da linha de golo; aos 87', cruzamento remate de Diogo da esquerda e a bola a embater com estrondo no poste, a bola sobrou para Sousa que com a baliza completamente deserta rematou de cabeça por cima da trave.

O único remate do Louro nestes segundos quarenta e cinco minutos só aconteceu aos 70', e que levou muito perigo para a baliza de Zé Carlos pois o remate do Louro saiu mesmo junto ao vértice da baliza do Antime.

Resultado verdadeiramente injusto para o Antime que bem poderia estar outros noventa minutos a massacrar o seu adversário que se calhar nunca iria chegar ao golo tamanha foi a infelicidade dos seus jogadores na hora da finalização.

Boa arbitragem, com o senão de um golo invalidado ao Antime aos 74', pois na marcação de um canto Malhado saltou mais alto que o guarda-redes do Louro e só depois da bola estar dentro da baliza é que o guarda-redes se atirou para o chão. Aliás, o anti-jogo deste jogador foi uma constante durante todo o encontro, tendo a equipa de arbitragem dado 10 minutos de compensação e bem poderiam ter sido ainda mais tantas foram as interrupções para assistências dos jogadores visitantes.

OFC ANTIME: Zé Carlos; Rafa, Malhado, Capela, João Ribeiro, Carioca (Ricardo Morais, 88'), Zé Freitas, Lousada, Castanha (Morais, 58'), Sousa e Matheus (Diogo 80'). treinador, Tozé Fonseca. 

1.ª Div. AF Braga | GDCR Fareja, 0 - GD Cavez, 3 (Fustigados por lesões)

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Com as opções que tem Tony Machado não consegue fazer milagres


O GDCR Fareja regressou a casa para jogar como GD Cavez e com a equipa muito limitada por lesões acabou por ceder uma derrota por 0-3 diante o GD Cavez, com Tony Machado a ter que fazer muitos remendos pois tem praticamente uma equipa a menos desde que iniciou a temporada. Assim se explicam os últimos resultados de uma equipa que discutia os jogos todos e estava a ter bom desempenho.

De referir que a equipa ficou sem Fabinho que rumou ao Gonça, Tuxa,Tiago e Miranda, este devido a problemas de saúde que o impedem de praticar desporto por enquanto. Além disso, Cláudio lesionou-se num joelho e já foi operado. Lesionados estão também Pirolas, Zé Pinto, Joel e Pizzi com este a jogar este último jogo muito condicionado tentando ajudar a equipa.

Fareja entrou a controlar o jogo mais cdo adversário com mais posse bola mas sem criar grande perigo para a linha defensiva do Cavez. A equipa de Basto chega ao 0-1 num passe direto com a linha defensiva do Fareja a não conseguir aliviar a bola e esta a sobrar para um adversário que a coloca num colega e faz o golo.

Com este resultado o Fareja correu atrás do prejuízo tendo criado até ao intervalo duas situações de perigo. 

No descanso foram corrigidas e conversadas algumas situações no balneário para inverter o resultado, mas no inicio do segundo tempo um penalti a favor do Cavez estragou-nos a estratégia. 

A perder por 0-2 o Fareja teve que arriscar ainda mais na procura do golo que lhe daria ânimo, mas o Cavez chegou ao 0-3 e aí o jogo praticamente acabou. 

Segundo técnico Tony Machado a equipa tem que trabalhar mais um pouco e vai tentar reforçar-se pois tem sido assolada por lesões que provocaram queda de rendimento.

1.ª Div. AF Braga | GRC Rossas, 0 - GD Silvares, 2 (Podiam ser mais)

TEXTO E FOTO (ARQUIVO): JOÃO CARLOS LOPES 

Uma vitória com meio ano de atraso

O GD Silvares foi a Rossas fazer aquilo que na época passada lhe dava a subida de divisão e não aconteceu, vencer por 2-0, isto pelas razões que já são sobejamente conhecidas por todos. Contudo, a equipa está focada no presente e é esse que lhe dá ânimo para continuar como aconteceu com esta vitória. 

Por ironia do destino este jogo começou atrasado cerca de 30 minutos, situação atribuída ao trio de arbitragem que não chegou a horas protocolares do encontro. Esse foi precisamente o tempo que o Silvares teve que jogar na época passada de um jogo que não tinha terminado e cujos 30 minutos teve que realizar, também em Rossas, um mês depois da época ter terminado, numa das maiores vergonhas cometidas pela AF Braga que acabou por custar a subida aos silvarenses também comandados por Ismael Sousa. 

O Silvares chegou ao intervalo a vencer por 1-0 com um golo de Samu, aos 44 minutos e voltou a fazer o mesmo na segunda parte, agora a beneficiar de um autogolo aos 60 minutos. No entanto, podia ter feito o 3-0 se Rafa não tivesse falhado uma grande penalidade aos 85'. 

1.ª Div. AF Braga | SC Fermilense, 1 - GCD Regadas, 1 (1 hora com 10)

TEXTO: JCL

Travagem na progressão 

O GCD Regadas foi a Fermil de Basto registar o segundo empate da época ao empatar a uma bola contra o SC Fermilense num jogo em que se viu privado do seu valoroso defesa, Antunes, por expulsão ainda na primeira meia hora de jogo. 

A equipa de Fermil foi para o intervalo a vencer por 1-0, resultado que não interessava ao Regadas que surgiu ainda mais empenhado na segunda parte tendo conseguido chegar ao empate através de Nuno. 

Ainda faltam 13 jogos e pelo menos o segundo lugar ainda está ao alcance do GCD Regadas que estava a ter uma boa recuperação depois de um período negro e viu aqui a sua marcha a abrandar. 

Vai receber o Mosteiro na jornada seguinte. 

Campeonato de Portugal l Vitória SC 'B', 1 - AD Fafe, 1 (Firmes)

REDAÇÃO 

Evitar bem o cheque-mate e ficar sem o Cavalo 

A AD Fafe volta a estar inserida no jogo grande da jornada, ao deslocar-se até ao reduto do Vitória SC "B", onde se iria decidir que equipa terminaria a jornada em posição de acesso ao play-of de subida.

Vimaranenses e justiceiros acabaram por empatar a uma bola, valendo assim a continuidade isolada da equipa do mister Ricardo Silva na segunda posição da Série A do Campeonato de Portugal 2019/20.

Para esse facto valeu, em grande parte, a forte entrada dos fafenses na partida, que conseguem aproximar-se diversas vezes com critério da área da equipa da casa.

Combinações pelas laterais foram quase sempre a arma predileta dos fafenses para subirem no terreno, procurando depois posições mais centrais para a tentativa de remate.

Foi mesmo dessa zona, de forma frontal para a baliza, que Helinho rematou aos 23' de forma certeira para as redes adversárias, inaugurando o marcador a favor da AD Fafe.

Depois desse momento, o Vitória SC tentou pressionar mais de forma a procurar a igualdade retomar a disputa pelos três pontos. Entre algumas faltas de fórum questionável, os vitorianos disponibilizaram de lances de bola parada que levaram perigo à baliza de Pedro Freitas.

Aliás, foi mesmo o guardião justiceiro que, com uma grande defesa a um livre batido à entrada da sua área, manteve a vantagem da AD Fafe no marcador. Ainda assim, e graças a mais uma falta convertida em livre aos 36', a equipa da casa chegou mesmo ao empate.

Foi com esse empate a uma bola que as equipas recolheram aos balneários para tempo de intervalo, sendo que o segundo tempo mostrou um Vitória SC "B" a tentar tomar as rédeas do jogo e completar uma possível reviravolta.

Ainda assim, entre lances mais ou menos perigosos, a competência defensiva dos justiceiros mostrou-se afinada e não foi permitindo alterações no marcador.

Malik a comandar o ataque, com vários jogadores como Nei e um entretanto lançado Raúl a darem também contributos importantes, foi uma receita que deu um fator imprevisível à ofensiva fafense, conseguindo levar também algumas ameaças à área vimaranense.

Na reta final do jogo, novo momento crucial que levanta muitas dúvidas: a equipa de arbitragem marca falta de Paulo Monteiro (que para nova investida do ataque do Vitória) e decide expulsar o central justiceiro.

Após esse momento, a AD Fafe manteve-se compacta e bastante competente a segurar o resultado, a tentar explorar espaços para criar perigo na área adversária e a tentar gerir um segundo jogo consecutivo em que se vê reduzida a dez elementos.

Sem novos golos no segundo tempo da partida, o empate a uma bola foi mesmo o resultado final, permitindo assim aos fafenses continuarem em lugar de acesso ao play-of de promoção à LigaPro.

Os justiceiros regressam a casa no próximo domingo, às 15h00, para a receção ao GD Chaves Satélite.