segunda-feira, 30 de março de 2015

Benjamins AF Braga: AD Fafe, 6 - Desportivo de Ronfe, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Bruno e Dinis bisaram 

Os Benjamins da AD Fafe receberam e e bateram o Desportivo de Ronfe por 6-2 em jogo da 20.ª jornada do campeonato distrital. 

Os comandados de Pedro Gomes e Anita Marinho inauguraram o marcador por intermédio de Bruno para depois Dinis elevar a contagem para 2-0. A equipa de Ronfe reduziu para 2-1 e antes do intervalo a equipa fafense voltou a marcar através de Sousa. 

Na segunda parte Dinis bisou no jogo ao fazer o 4-1, seguindo-se um bis de Ivo que elvou a contagem para 6-1, com a equipa vimaranense a marcar ainda o 6-2. 

Na próxima jornada a equipa fafense desloca-se a Cabeceiras de Basto para jogar com a Casa do Benfica de Vila Nova de Famalicão.    

domingo, 29 de março de 2015

Juvenis – 2.ª Div. AF Braga: GD Serzedelo, 1 – Arões SC, 4

Texto: Ricardo Castro

Bis de Emanuel abriu caminho à vitória

Os juvenis do Arões venceram este domingo, no reduto do Serzedelo, por quatro bolas a uma. Um triunfo dedicado por toda a equipa Pedro ‘Nani’, jogador do plantel que foi operado na última sexta-feira a um joelho.

Na sequência de dois pontapés de canto, Emanuel deu vantagem ao Arões na primeira parte, com um bis aos 11 e aos 18 minutos. Na segunda parte, e após novo canto, Vítor ampliou para 0-3. 

Aos 69 minutos, o Serzedelo reduziu a desvantagem e pouco depois, aos 71’, Pedrinho fixou o resultado com o quarto golo aronense.

O Arões segue isolado, com doze pontos de vantagem sobre o Torcatense. O campeonato para no próximo fim-de-semana, antes de a formação de Ricardo Cunha receber o Ponte, em jogo da 24.ª jornada.


Juvenis - Div. Honra AF Braga: GD Joane, 1 - AD Fafe, 0

Texto e foto: João carlos Lopes 

Joane desequilibrou de bola parada 

Os juvenis da AD Fafe foram perder ao terreno do GD Joane, equipa que estava perfeitamente ao seu alcance e este é o terceiro jogo consecutivo sem vencer porquanto tinha empatado as dois golos com o Vizela e perdeu a meio da semana também em casa com o Gil Vicente em jogo de acerto de calendário. 

Uma fase menos boa dos pupilos de José Manuel Teixeira, contra equipas que estavam abaixo na tabela. A equipa fafense não desaprendeu e melhores dias hão-de vir. Já na próxima quinta feira jogará em casa com o FC Marinhas em mais uma partida de acerto de calendário relativa à 16.ª jornada, que ocorrerá pelas 18 horas no campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos de Fafe.

Em Joane, assistiu-se a um jogo dividido mas um lance de bola parada, neste caso um livre, já na segunda parte, fez toda a diferença. 

Apesar desta derrota o Fafe mantém o quinto lugar na classificação. 

AD FAFE: Marcos; Panike, Ricardo, Pinta, Coelho, Olavo, Henrique, Lopes, Moura e Sousa. Entraram, Chico, Gomes e Coutinho. Treinador, José Manuel Teixeira.

Natação: Diana Durães bateu o recorde nacional dos 400m livres em Espanha

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Retirou 27 segundos ao anterior recorde

A nadadora fafense Diana Durães que faz parte dos quadro de nadadores do FC Porto e que neste momento se encontra a competir no Open de Espanha em Málaga, pela Selecção Nacional, bateu o recorde nacional dos 200 metros livres no segundo dia desta prova que está a decorrer desde o último Sábado e termina na próxima terça-feira. 

A nadadora fafense obteve o tempo de 2:03:14 e retirou 27 segundos ao anterior recorde que pertencia a outra nadadora do FC Porto, Sara Loureiro que tinha o registo de 2:03:41 e que já durava desde 2009. 

Diana Durães vai competir esta segunda feira nos 100m livres mas as esperanças de estão todas depositadas na prova dos 400m livres a realizar na próxima terça-feira, neste mesmo Open. 

Quando regressar a Portugal Diana não vai ter descanso uma vez que na quarta-feira começam os Campeonato Absolutos de Portugal que vão decorrer até sábado nas Piscinas Olímpicas de Coimbra. As finas destes campeonatos podem ser seguidas diariamente na Bola TV, a partir das 16 horas.      

Div. Honra AF Braga: CRP Delães, 0 - GCD Regadas, 1

Texto e foto: João Carlos Lopes

Regadas mostrou melhor futebol mesmo reduzido a dez durante uma hora

- Terinho marcou o golo que deu os três pontos 

O GCD Regadas foi vencer ao sempre difícil terreno do CRP Delães, pela margem mínima mas com os três pontos a darem mais esperança à equipa orientada por Francisco Castro que tem seis jornadas para sair debaixo da linha de água. Está em 15.ª com 24 pontos mas o 11.º tem apenas mais dois pontos. Aliás há quatro equipas com 26 pontos, Gerês, Ponte, Arco Baúlhe e Caldelas, pelo que a luta pela sobrevivência vai ser até ao fim. 

Foi jogo complicado num campo também dificílimo, em que o Regadas arrecadou os três pontos de uma forma justa e clara, em termos de oportunidades de golo,mesmo jogando desde os 32 minutos com dez elementos por expulsão injusta do central Julien, devido ao primeiro cartão amarelo mostrado injustamente.

Com algumas novidades no onze inicial, a equipa de Francisco Castro que vinha de uma derrota injusta e muito penalizadora pela equipa de arbitragem contra o Caldelas, entrou bem no jogo, com a lição bem estudada e não deixou o adversário ser superior em termos de posse de bola, sendo, ao mesmo tempo, muito forte e concentrada naquilo que, por sinal, a equipa de Delães é fortíssima em sua casa que é nas bolas paradas. Aliás, neste jogo tanto o árbitro e o seu auxiliar do lado dos bancos de suplentes a marcarem faltas sucessivas que não existiram contra o Regadas. Exemplo disso foi o lance do primeiro cartão amarelo a Juliem quando o adversário se travou sozinho com a bola e o árbitro assinalou falta e mostrou um cartão que viria a ser decisivo na partida.

Com a expulsão e já depois de Gomes, isolado, fazer um chapéu ao guarda-redes e ver a bola bater na barra,o Regadas, numa organização muito forte e ajustada continuou a criar lances de golo. Logo a seguir, Silva depois de ganhar dois ressaltos isolou-se sobre o lado esquerdo e já dentro da área chutou ao lado. Volvidos três minutos o mesmo Silva depois de uma grande jogada colectiva que envolveu também Vasco, Samu e Flávio ficou na cara do guarda-redes, descaído para a direita mas foi egoísta pois, com três colegas na cara em excelentes condições para fazerem o golo preferiu rematar à malha lateral.

Na 2 parte a toada manteve-se, com o Delaes a jogar muito directo e o Regadas a sair em contra-ataque mas muitas vezes os seus jogadores foram carregados em falta mas o mesmo auxiliar e o árbitro já não marcavam tudo. 

Sem criar grande perigo a não ser em dois lances de bola parada com o jogador do Delães já dentro da área a chutar por cima e mais tarde Sobrança a tirar o pão da boca ao avançado do Delães, os famalicenses pouco fizeram. 

Francisco Castro refrescou a equipa fafense com a entrada de Terinho, Rui e Nelinho e esta foi-se acercando mais da baliza adversária e mesmo com dez elementos em campo, aos 85', numa boa jogada de Vasco, Nelinho e Rui, este mandou uma bomba à barra com a bola a sobrar para Terinho que dominou e de pé esquerdo e rematou para o fundo da baliza. Momentos antes, num contra-ataque rápido de cinco para dois, Silva na condução da bola não teve a melhor opção no passe e perdeu-se mais uma boa oportunidade.

Até ao final e com muitas bolas bombeadas pelo adversário para a área regadense os fafenses controlaram as operações e o resto do jogo, conseguindo uma importante vitória com grande resposta dos jogadores do Regadas.

Futsal - Benjamins AF Braga: CDRC Tebosa, 1 - Nun'Álvares, 15

Texto: BML 

Goleada com direito a estreias a marcar pelo GNA

A equipa de Benjamins do Nun'Álvares deslocou-se neste domingo a casa do Tebosa, tendo vencido por quinze bolas a uma.

Os fafenses entraram a fundo no jogo e aos cinco minutos já vencia por dois a zero, com golos de Zé Carlos e Rúben. Aos doze e dezasseis minutos Rui Pedro marcou mais dois para os Condestáveis. Ainda antes do intervalo Rúben marcou por mais duas vezes, completando um hat trick ainda na primeira parte. O intervalo chegou com uma vantagem de seis bolas a zero, favorável ao Nun'Álvares.

Aos vinte e quatro minutos Luís estreou-se a marcar pelo Nun'Álvares e três minutos depois Rúben voltou a maracar. No minuto seguinte foi Zé Carlos a bisar na partida. Aos trinta e dois minutos a equipa do Tebosa reduziu, tendo marcado um golo na sequência de um livre. 

Volvidos uns minutos os Condestáveis voltaram a marcar, por intermédio de João Espincho, mais uma estreia no livro dos marcadores. Aos trinta e seis minutos Rui Pedro marcou mais um e dois minutos depois foi a vez de Bia faturar. Nos últimos cinco minutos mais três golos para os fafenses. Primeiro por Rui Pedro, que completou um póker, depois foi a vez de Rafa fazer o gosto ao pé e no último minuto Rúben fez o quinto golo da conta pessoal. 

Foi um bom jogo do Nun'Álvares, onde todos os elemento jogaram bastante tempo e deu ainda para preparar a próxima jornada, onde terá um jogo bastante complicado contra a equipa do Contacto Futsal. O jogo realiza-se no sábado, dia 4 de Abril, pelas 15:00 no pavilhão do Grupo Nun'Álvares.

NUN'ÁLVARES: Francisco, Rúben (C), Zé Carlos, João Espincho e Rafa. Jogaram ainda: Rui Pedro, Tiago Pires, Luís, Teresa e Bia.
TREINADORES: Luís Barros e Nuno Barbosa

GOLOS: Rúben (5), Rui Pedro (4), Zé Carlos (2), Rafa, João Espincho, Luís e Bia.

Juniores – 1.ª Div. AF Braga: Arões SC, 3 – CD Celoricense, 0

Texto e foto (arquivo): Ricardo Castro 

Vitamina M no regresso às vitórias

- Morais, Miki e Marcos fizeram os golos

Os juniores do Arões voltaram às vitórias no campeonato. Depois de três jogos sem vencer, a equipa de Miguel Castro recebeu e venceu o Celoricense por 3-0.

Após o nulo dos primeiros 45 minutos, Morais abriu a contagem de grande penalidade e Miki dobrou a diferença da mesma maneira. O terceiro golo foi da autoria de Marcos.

A turma aronense segue em primeiro com 56 pontos e tem o Polvoreira a dezassete da liderança, ainda que os vimaranenses tenham dois jogos a menos.

Na próxima jornada, o Arões desloca-se a São João de Ponte.

Div. Honra AF Braga: GD Caldelas, 3 - OFC Antime, 2

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Tinha tudo para ganhar e perdeu 

O OFC Antime foi a Amares perder com o Caldelas por 3-2 e, dessa forma voltar a entregar o segundo lugar à ACD Pica, o qual lhe tira roubado, no dérbi, de forma directa na jornada anterior. O Antime esteve em superioridade numérica e não aproveitou essa vantagem. na primeira parte jogou bem e saiu a perder e na segunda a equipa eclipsou-se. A equipa já sabia que o Pica tinha ganhou ao Arco de Baúlhe no dia anterior e nem assim conseguiu pontuar. Nesta jornada os dois primeiros perderam, já que o Travassós não fez melhor em Caldelas, Pedralva onde perdeu por 1-0. 

A equipa de Carlos Salgado fez uma excelente primeira parte mas mesmo assim foi para o descanso a perder por 2-1. O Antime entrou bem na partida e podia ter marcado aos 2' quando Vasco cruzou e Malhado chegou atrasado. 

A equipa fafense chegou aos golo aos 13', com Vasco a fazer uma boa triangulação e depois a meter nas costas da defesa onde apareceu Ismael a fazer um golo espectacular aplicando um chapéu ao guarda-redes. 

A equipa do Caldelas chegou ao golo do empate aos 19', num cabeceamento após cruzamento para a área. Volvidos dois minutos a equipa da casa ficou reduzida a dez elementos. Mas antes o Antime voltou a desperdiçar mais uma oportunidade com Malhado a não aproveitar o trabalho de Gustavo. 

O Antime voltou a estar perto do golo aos 38' quando Ismael bateu um livre de forma primorosa e o guarda-redes da casa foi buscar a bola ao ângulo. 

Foi já na compensação da primeira parte que o Caldelas chegou ao golo da vantagem em mais um cabeceamento. 

Na segunda parte o Antime não teve a mesma atitude e baixou de rendimento, mostrando-se mais nervoso e menos esclarecido. 

A equipa da casa aproveitou para chegar ao 3-1 numa jogada de contra-ataque em que a defesa do Antime foi lenta a reagir. 

O Antime ainda conseguiu reduzir para 3-2 aos 70', com Vasco a aproveitar um cruzamento de Vítor Beijinhos para reduzir, numa boa cabeçada. 

A equipa do Caldelas ainda ficou reduzida a nove elementos mas o Antime não teve discernimento suficiente para aproveitar a superioridade de duas unidades, apesar do campo ser pequeno e favorecer quem defendia e neste caso estava em vantagem. 

Apesar de ter criado situações para pelo menos empatar, com Jonas a mostra-se perdulário e Vasco a ver outra cabeçada a ser defendida pelo aguarda-redes, o Antime acabou por perder.     

OFC ANTIME: Rui; Vítor Beijinhos, Neves, Oliveira, Vitinha, Malhado, Lobo, Gustavo, Miguel, Ismael e Vasco. Treinador, Carlos Salgado.
.

Div. Pró-Nacional AF Braga: Arões SC, 2 - Merelinense FC, 4

Div. Honra AF Braga: GD Pedralva, 1 - GD Travassós, 0


Texto e foto: João Carlos Lopes 

Travassós vai pedir audiência à AF Braga devido a ter mais expulsões em 2 jogos que nas 22 jornadas anteriores

O líder GD Travassos perdeu na deslocação a Braga com o GD Pedralva por uma bola a zero onde, o protagonista do jogo terá sido o árbitro da partida. "Tudo fez para prejudicar a equipa fafense". Depois deste jogo o Travassós ficou com cinco pontos de vantagem sobre o Pica que recuperou o segundo lugar mantém os  seis sobre o Antime que, também perdeu caiu para terceiro.  

As queixas do Travassós começaram aos 5' numa falta claríssima sobre Rui Ossos em que o árbitro incompreensivelmente deu cartão amarelo ao jogador do Travassós. 

Na única desatenção da defensiva do Travassos, surgiu o golo do Pedralva. Depois disso, tudo serviu para enervar os jogadores da equipa fafense. Faltas não assinaladas e cartões amarelos que não foram mostrados à equipa da casa. 

Para complicar ainda as contas e a vida ao Travassós o árbitro da partida mostrou dois cartões vermelhos a Nuno Gonça e a ao médio centro Tozé.

Mesmo com dois jogadores a menos, o Travassós continuava a atacar e o Pedralva a fazer anti-jogo. 

Para a história desta partida fica a "vergonha da actuação da equipa de arbitragem" e na próxima segunda-feira os directores do Travassós vão pedir uma audiência com os responsáveis da Associação de Futebol de Braga, pois "querem perceber o que se tem passado, ja que nos últimos dois jogos o líder do campeonato teve mais expulsões do que no resto do campeonato todo.

Uma coisa é certa, na próxima partida, quando receber os Amigos de Urgeses, não vai poder contar com Fernando Peixoto, Nuno Gonça e Tozé
.

Div. Honra AF Braga: CRP Delães, 0 - GCD Regadas, 1

CN Seniores: AD Fafe, 2 - Varzim SC, 1

Texto: João carlos Lopes e Tiago João Lopes / Fotos: Ricardo Castro

E o público gritou Fafe! Fafe! Fafe!

- Ouviram-se os bombos e o povo rejubilou

Jogo grande entre segundo e terceiro classificado e de extrema importância para a AD Fafe que tinha que ganhar para não ficar longe dos dois primeiros lugares, de onde já distava seis pontos. E ganhou!Muita 

O Fafe recebeu e bateu o Varzim por 2-1, e encurtou para três pontos a distância entre os dois, segundo e terceiro, respectivamente numa partida em que os fafenses mostraram atitude e raça. 

Frente a um conjunto de excelentes jogadores os fafenses não se mostraram inferiores, ganhando no resultado, na vontade e no querer. 

Silvestre marcou logo no minuto inicial de cabeça depois de bom trabalho de Willliams na direita. Depois teve a estrelinha do seu lado com duas bolas a baterem nos postes de Marçal. 

Na segunda parte o Varzim pouco fez mas ainda enviou um abola ao poste. Aos 59’, uma grande penalidade marcada por Vasco Costa deu mais ânimo ao Fafe e o Varzim ainda teve uma boa ocasião para marcar mas aí Marçal disse presente com uma grande defesa e manteve a vantagem de dois golos. 

O Varzim ainda reduziu aos 88’ pelo fafense Sandro que marcou na sua terra. Até ao final foi deveras emocionante. 

De referir que o Varzim trouxe a Fafe antigos jogadores da AD Fafe. Entre eles, o guarda-redes Ricardo, o central Sandro e o médio Nelsinho. Mais tarde entrou na partida Bijou, que também já vestiu as cores da canarinha. De resto, muita gente a assistir com os adeptos do Varzim a darem muita vida à bancada do lado do peão e os fafenses a preencheram as duas alas da bancada coberta, ficando o sítio dos cativos mais folgado.   

Com esta vitória adivinha-se casa cheia no próximo jogo em casa contra o Famalicão


1' [1-0 GOOOOOLO SILVESTRE] Williams foi à linha e cruzou ao segundo poste onde Silvestre foi mais forte que o defesa e cabeceou para o golo. Fafe entrou praticamente a ganhar.

4' - Ferrinho na linha tentou o corte atrasado, houve corte de um poveiro. Fafe com as linhas subidas sem deixar o Varzim subir.

6' - João Carneiro entrou na área tentou contornar Ricardo caiu, reclamou-se grande penalidade, o árbitro apontou canto.

7' - Primeiro amarelo do jogo para João Carneiro.

8' - Canto para o Varzim. Novo canto para os poveiros Pedro Sá ao primeiro poste obrigou Marçal a sacudir com dificuldade.

10' - Livre a cerca de sete metros da área do Fafe, descaído para a esquerda. Organista enviou uma raquetada em arco ao poste esquerddo á guarda de Marçal.

14' - Jogo muito animado pelas duas equipas.

17' - Remate espectacular de Silvestre de fora da área, de pé esquerdo, a bola ia ao ângulo mas Ricardo fez uma grande defesa para canto. João Nogueira bateu e Ricardo sacudiu.

19' - Canto para o Varzim. Batido ao primeiro poste, Marçal atento cedeu novo canto. Rui Coentrão bateu, Sandro desviou ao primeiro poste e Tanela, ao segundo atirou por cima de cabeça.

23' - Williams teve que receber assistência, ressentiu-se de um toque que tinha levado numa jogada anterior.

24' - Varzim reclamou grande penalidade. Rui Coentrão cobrou livre na direita, Vasco Costa cabeceou e a bola foi ao braço de Vasco Cruz.

25' - Cartão Amarelo para Nelsinho.

29' Desde os 17' que o varzim joga muito mais tempo no meio campo do Fafe.
30' - Canto de Sérgio Organista, Sandro na área cabeceou por cima.

33' - Canto batido por Rui Coentrão Marçal afastou o perigo. Seguiu-se um remate de Amilton, Marçal encaixou.

35' - Fafe conseguiu descer perto da área do Varzim mas a tentativa de cruzamento de Williams foi anulada.

37' - Livre perpendicular à quina da área, do lado direito. Silvestre

38' - Depois de Raul ter ganhou dois ressaltos surgiu o cruzamento e desvio de Tanela mas, Marçal atento, defendeu o desvio.

39' - Marçal antecipou-se a Rui Coentrão num lance de arrojo.


39' - Amiltou fez tudo bem feito sobre João Carneiro na área mas depois desligou-se do lance e Marçal acorreu para agarrar a bola.

41' - Fafe a tentar segurar a bola perto da área do Varzim, na tentativa de segurar a vantagem até ao intervalo.

44' - Remate de Sérgio Organista à entra da área, saiu muito por cima.



[2.ª PARTE]

 
46' - Saiu Raul e entrou Hernâni no Varzim.

50' - Varzim a tentar chegar à área do Fafe mas para já sem muita convicção.

51' - Livre de Organista para desvio de Tanela ao primeiro poste com a bola bater mais uma vez no poste direito da baliza de Marçal.

52' - Cartão amarelo para Amilton.

54' - Cartão amarelo para Ferrinho.

55' - Ferrinho reclamou com o árbitro sobre uma falta que sofreu e levou uma advertência.

56' - Canto para o Varzim. Organista bateu directo para as mãos de Marçal.

57' - João Nogueira meteu em Ferrinho rematou para defesa apartada de Ricardo e depois Vasco Costa debaixo na linha da baliza atirou à barra.

58' - Canto batido por João Nogueira, vários remates do Fafe na área, no último Organista meteu a mão na bola. Grande penalidade e cartão amarelo para Organista.

59' - 1' [2-0 GOOOOOLO - VASCO COSTA] Vasco Costa bateu o penalti, bola para um lado guarda-redes Ricardo para outro.

67' - Saiu Pedro Sá e entrou Stanley no Varzim.

68' - Saiu Williams, sob forte aplauso, e entrou Nuninho na AD Fafe.

70' - Fafe sem deixar o Varzim chegar com perigo à área e a tentar jogar o mais próximo da área Poveira.

73' - Livre de Organista quase dava autogolo do Fafe, deu canto que nada resultou.

75' - Novo canto para o Varzim, Marçal tirou da zona de perigo.

77' - Marçal negou o golo a Hernâni com uma grande defesa quando o avançado só tinha o guarda-redes pela frente e depois Amilton ainda fez a recarga e Ricardo Fernandes tirou sobre a linha de golo.

80' - Saiu Sérgio Organista e entrou Bijou no Varzim.

82' - Remate de Amilton, saiu ao lado.

83' - Saiu Vasco Costa e entrou Zé Brochado no Fafe.

84' - Atraso de um varzinista para Ricardo deu livre indirecto para o Fafe. Toque para Vasco Cruz, remate saiu forte, ao lado.

88' - 1' [2-0 GOOOOOLO SANDRO] - Bola metida na área, Hernani rematou, Marçal defendeu, sobrou para a cabeça de Sandro que empurrou para o golo.

90' - Saiu João Nogueira e entrou Digas.

CINCO MINUTOS DE COMPENSAÇÃO 

90+1 - Cartão Amarelo para Rui Coentrão.
90+2 - Pressão do Varzim. Marçal sacudiu o perigo.

90+3 - Tudo exaltado. Banco do Varzim e publico fafense.

90+4 - Falha de Carneiro, Ricardo Fernandes cedeu canto. Cabeceamento ao lado. O público grita Fafe.


Jogo realizado no Parque Municipal de Desportos, em Fafe

Árbitro, André Gralha (AF Santarém), auxiliado por Carlos Covão e Pedro Sousa. 

AD FAFE: Marçal; Vasco Cruz, Xavi, Ricardo Fernandes, João Carneiro, André, Silvestre, João Nogueira (Digas, 89'), Ferrinho, Vasco Costa (Zé Brochado, 83') e Williams (Nuninho, 68'). Treinador, Agostinho Bento. 

VARZIM SC: Ricardo; Tiago Lopes, Sandro, Nelsinho, Tanela, Nelson Agra, Raul (Hernâni, 46'), Pedro Sá (Stanley, 67'), Amilton, Sérgio Organista (Bijou, 80') e Rui Coentrão. Treinador, Vítor Paneira.

DISCPLINA: Cartões amarelos: João Carneiro, 7'; Nelsinho, 20'; Amilton, 52'; Ferrinho, 54', Sérgio Organista, 58' e Rui Coentrão, 90+1.

GOLOS: Silvestre, 1'; Vasco Costa, 59' (g.p.) e Sandro, 88'.

sábado, 28 de março de 2015

Andebol - 2.ª Div. Nac.: AC Fafe, 33 - Académica de S. Mamede, 28

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

AC Fafe já está no "play off" de subida  

O Andebol Clube de Fafe garantiu matematicamente a presença na fase de subida do campeonato nacional da 2.ª Divisão ao vencer a Académica de S. Mamede por 33-28, numa partida em que mais uma vez o treinador José António Silva, fez rodar a sua equipa, o que pode não suceder com tanta frequência na nova etapa que se revela muito mais exigente. Mas para já ainda faltam disputar mais duas partidas nesta fase, deslocação ao Boavista e recepção ao S. Bernardo.

Nesta partida entre o AC Fafe e a Académica de S. Mamede foram marcados 14 livre de sete mentos, oito para os fafenses e seis para a formação matosinhense, com uma eficácia elevada, porquanto apenas foram falhados dois, um por cada equipa. A partida teve ainda oitos exclusões de dois minutos com os fafenses a ficarem mais tempo a jogar em inferioridade, cinco vezes, sem contar a desclassificação por vermelho directo de Eduardo Sampaio.

O jogo manteve-se equilibrado durante os primeiros vinte minutos em que o ACF esteve sempre na frente do marcador mas sem conseguir descolar da equipa de Matosinhos. Disso mesmo dão contas os parciais de 7-5 aos 12 minutos, 10-17 aos 16 e 12-9 aos 20 minutos. A partir daí os fafenses ganharam algum ascendente e passaram pelos 13-9; 13-10, 14-10, 15-10 e 16-10, o S. Mamede ainda marcou o 16-11 mas César Gonçalves ainda obteve o 17-11 para os fafenses. 

O AC Fafe começou mal a segunda parte mas foi mantendo uma margem confortável, 18-13; 19-14, 21-15. Até que surgiram quatro livres de sete metros seguidos com o S. Mamede a marcar três o ACF a falhar um, 21-18. Pouco depois, quando estavam decorridos dez minutos desta etapa, Eduardo Sampaio reagiu mal a uma abordagem mais agressiva de um adversário e foi expulso. Com mais golo ou menos golo os fafenses foram mantendo vantagem 23-20; 24-21 e 26-22, aos 20 minutos. Pouco antes dos 25 minutos chegou à vantagem de cinco golos, 29-24, os matosinhenses aproximaram-se 29-25, aos 25 minutos mas até final os fafenses mantiveram a vantagem que oscilava entre os quatro e os cinco golos, terminando com 33-28. 

No AC Fafe César Gonçalves mostrou que é o melhor marcador da equipa ao apontar oito golos mas, o capitão Armando Pinto revela um grande momento de forma e facturou sete golos, sendo verdade que tanto um como outro marcaram livres de sete metros. Nuno Pimenta com seis golos, todos em jogadas corridas e Cláudio Mota com cinco também se revelaram certeiros no remate. Já na equipa de S. Mamede Gustavo Almeida apontou 13 golos, mais oito que o segundo melhor marcador da equipa neste jogo André Quelhas. 

AC FAFE: Miguel Marinho e João Santos; Armando Pinto (7), Sérgio Ribeiro, Cláudio Mota (5), Tiago Silva (1), César Gonçalves (8), Nuno Pimenta (6) Nuno Pinheiro, José Sampaio (1), João Castilho (3), Vladimiro Pires, Mário Pereira (2), Luís Pereira, Vítor Ribeiro e João Fernandes. Treinador, José António Silva.
.

Futsal – AF Braga Fase Subida: Nun’Álvares, 1 - Ass. Futsal Fafe/Sol Poente, 4

Texto e fotos: Ricardo Castro 

Três minutos de Sol intenso decidiram dérbi

- Gijo confirmou vitória ao bisar

A Associação de Futsal de Fafe/Sol Poente venceu o primeiro jogo da fase de subida ao impor uma derrota por quatro bolas a uma em casa do Nun’Álvares, equipa com quem tinha perdido os dois jogos da fase regular. Na maior assistência da época no pavilhão dos condestáveis – praticamente cheio – o resultado ficou decidido na segunda parte. O Sol Poente marcou dois golos de rajada ao minuto 29 e logo a seguir, Mateus relançou o jogo, antes de Gijo confirmar a vitória com um bis.

Nos primeiros minutos o Nun’Álvares teve mais bola. O Sol Poente foi respondendo ao ímpeto inicial dos da casa e tentou várias vezes jogadas ao primeiro toque, mas encontrou uma defensiva coesa pela frente.

As oportunidades foram surgindo e aos oito minutos, Teixeira socou um remate de Shake. Na resposta, Luís evitou o golo a Carneiro, com uma saída a ‘fechar’ a baliza. O aval atacante de parte a parte foi abrindo brechas nas defesas e Mica esteve perto de inaugurar. O desvio de cabeça após bica de David foi insuficiente e a bola saiu ao lado. 

Os minutos finais da primeira parte trouxeram mais emoção. Aos 18’, Vito aproveitou um desentendimento entre Tiago Nogueira e Hugo Lemos, seguiu para a baliza e assistiu Miguel para um golo certo, não fosse Diogo Rafael cortar a bola na pequena área. Pouco depois, Vito apareceu na cara de Luís e este, com ajuda de Hugo Lemos, negou o primeiro ao ex-Nun’Álvares.

Nos últimos vinte segundos, Luís e Teixeira em evidência. O primeiro voltou a ganhar o duelo a Vito e com sete segundos para o fim, Mateus arrancou e rematou para defesa do segundo. Já se gritava golo no pavilhão, quando o mesmo guardião voou para negar a recarga a Diogo Rafael.

Na segunda parte, Diogo Rafael e Carneiro tentaram o golo em ambas as balizas, mas os guardiões mantiveram tudo a zeros. Aos 25 minutos, Mateus teve a melhor ocasião após o reatamento. Como que por instinto - e com eficácia - o guardião visitante defendeu o remate do capitão condestável com a ponta dos dedos.

Com a coesão das duas equipas, nada fazia prever dois golos para o mesmo lado em tão pouco tempo. O minuto 29 foi de ouro para o Sol Poente. Mica fez o 0-1, desviando com êxito à saída de Luís. O nº 5 aproveitou da melhor maneira o lançamento de Teixeira e David não ficou atrás do colega. Assistido por Carlos Alberto, rematou de pronto para o fundo da baliza e dobrou a vantagem no lance seguinte.

À súbita mudança no jogo, o Nun’Álvares respondeu da melhor forma. Mateus ganhou espaço no meio e reduziu para 1-2, com um forte remate de pé esquerdo. O golo renovou as hostes locais, mas uma bola parada alargou a vantagem do Sol Poente. Canto de Vito e remate de Gijo para o 1-3. Decorria o minuto 32.

O terceiro golo desorientou os objetivos do Nun’Álvares e a equipa de Tista esteve perto do quarto. Vito desviou para a baliza, mas Tiago Nogueira manteve o jogo em aberto com um corte eficaz em carrinho. 

Nos cinco minutos finais, Hugo Oliveira colocou Tiago Nogueira como guarda-redes avançado e foi o mesmo jogador a ter a melhor ocasião até final. Solto na área, o nº12 rematou desenquadrado com a baliza de Teixeira. No último lance do jogo, Gijo ganhou a bola a Tiago no meio campo ofensivo e atirou a contar para o 1-4. 

O Sol Poente levou a lição bem estudada para o reduto adversário e contrariou as derrotas da fase regular. Na próxima jornada, a equipa de Tista recebe o Covense, que venceu o São Mateus (1-3). O Nun’Álvares volta a jogar em casa, com o outro derrotado da primeira jornada.


Jogo realizado no Pavilhão do Grupo Nun’Álvares, em Fafe.

Árbitros: Luís Magalhães e Filipe Silva. Cronometrista: José Ferreira.

NUN’ÁLVARES: Luís, Ribeiro, Diogo Rafael, Mateus (cap.), Tiago Nogueira. Suplentes: Shake, Hugo Lemos, Zé Nando, Paulo Simões, Paulo Novais, Vitinha (gr), Diogo (gr). Treinador: Hugo Oliveira.

AFFSP: Teixeira, Gijo, Vito, Carlos, Mica. Suplentes: Nuno (gr), Carneiro, Roberto (cap.), Ruca, David, Nuno Sousa, Miguel. Treinador: Vítor Pereira "Tista".

Disciplina – cartões amarelos: Vito, 14’, Diogo Rafael, 18’, Tiago Nogueira, 18’, Mateus, 25’, Mica, 25’, David, 32’.

Golos: Mica, 29’, David, 29’, Mateus, 30’, Gijo, 32’ e 40’.

1.ª Div. AF Braga: GD Selho, 3 - GD Silvares, 2

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Mariana Teixeira 

Mesmo sem treinar Silvares só perdeu nos descontos e de penalti 

Depois de uma semana conturbada com o treinador PH a anunciar do abandono e alguns jogadores a manifestarem solidariedade e intenção de seguir o treinador mas que tudo não passou de um mal entendido, originando, no entanto que a equipa não treinasse, o GD Silvares foi a Selho lutar pela vitória com os jogadores a revelarem-se uns autênticos guerreiros, com um empenho fantástico no jogo.   

O Silvares não teve a sorte dos eu lado nesta partida e não obstante os problemas que atrás mencionamos, entrou na partida praticamente a perder pois logo no primeiro minuto o guardião Nuno Preto defendeu uma bola que ainda foi à trave mas que acabou por sobrar para um vimaranense que na recarga aproveitou para marcar. 

O empenho do Silvares na partida surtiu efeito e aos 10', César marcou um grande golo com um remate à meia volta de fora da área. 

O Silvares voltava a não ter a sorte do seu lado aos 44' minutos quando um homem do Selho rematou, a bola bateu em Óscar e acabou por trair Nuno Preto. 

Na segunda parte a equipa orientada por PH voltou com intenção de não se deixar abater e aos 51'. Depois de ratão ter protagonizado um grande lance, Coelho teve um momento de inspiração para fazer um golo espectacular. 

Não era mesmo dia do Silvares que viria a sofrer o terceiro golo já no segundo minuto de compensação, numa partida em que os jogadores deram tudo e dignificaram as cores e o nome do GD Silvares. 

Na próxima jornada a equipa de PH vai receber o GD Cavez. 

Div. Honra AF Braga: ACD Pica, 5- GD Arco Baulhe, 0

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Bis de Rafa na estreia do júnior Tiago Rodrigues 

Depois de ter perdido o dérbi com o Antime na jornada anterior a ACD Pica recebeu o GD Arco de Baúlhe e venceu por expressivos 5-0, num jogo em que a equipa de Marcelo Fernandes foi extremamente eficaz, chegando ao intervalo já com três golos de vantagem. O jogo ficou  teve um sabor especial para Tiago Rodrigues um júnior do Clube que se estreou pelos seniores aos 78'. De salientar que o guarda-redes suplente foi outro júnior, Peixinho.   

O Pica começou a tentar chegar ao golo nos primeiros minutos com uma cabeçada que saiu ao lado aos seis minutos. Volvidos mais três, André Jardim cobrou um livre à entrada da área com a bola a sair por cima da trave. A equipa anfitriã dominava mas sem criar oportunidades de grande perigo até que aos 26', Toninho rematou para defesa do guarda-redes arcoense.

Os fafenses chegaram ao golo aos 27', com Rafa a fazer um chapéu ao guarda-redes com um toque subtil. O golo animou os jogadores do Pica que passaram a ter mais eficácia no controlo da partida. 

O segundo golo surgiu aos 36', com Miguel Soares a ir à linha de fundo e a cruzar para Rafa bisar na partida. No minuto seguinte o Pica chegou ao 3-0 com André Jardim a ter uma jogada de insistência ganhando por três vezes as bolas divididas com adversários para a bola chegar a Toninho e este ampliar a vantagem. 

Na segunda parte as equipas melhoraram na produção a nível de futebol praticado, com mais luta, mais agressividade e muita competitividade. O Pica chegou ao 4-0 aos 62', numa jogada de insistência do ataque com Toninho a fazer quase tudo para entregar ao defesa Rui Abreu que acompanhou a jogada e acabou por marcar aos segundo poste. 

O quinto e último golo do jogo foi apontado por Huguinho que se estreou a marcar pela equipa do Pica ao apontar o 5-0.
        

1.ª Div. AF Braga: GD Fareja, 3 - UD Airão, 1

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: Carmo Machado 

Comboio de Fareja está no trilho certo 

O Fareja recebeu e bateu a UD Airão por 3-1, pontuando pela terceira vez consecutiva, com duas vitórias e um empate pelo meio. 

Depois do sabor amargo da derrota na primeira volta em Airão por 1-0, o Fareja veio comprovar que já nessa altura tinha competência para vencer, pois já nessa partida tinha mostrado futebol no mínimo para ter pontuado. Por isso mesmo é que os jogadores do Fareja estavam confiantes nestes três pontos.

A equipa orientada por Rafael Leite entrou muito forte no jogo, não deixando a o Airão pensar, dificultando todas as saídas e fechando muito bem as linhas de passe . 

O Fareja efectuou várias transições ofensivas e muito perigosas. Aos 20' Moisés antecipou-se ao guarda-redes do Airão e sofreu falta dentro da área, penalti que o mesmo se encarregou de converter em golo. 

Os jogadores da equipa da casa ficaram motivados com o golo e aos 28', André entrou na área e depois de chegar à linha de fundo cruzou atrasado para a entrada de Cardoso que encostou para o 2-0, num um excelente remate. 
Até ao final da primeira parte o Fareja poderia ter marcado pelo menos mais dois golos. 

A equipa do Fareja ressurgiu na segunda parte com a mesma atitude. Aos 55' numa recuperação de bola ao meio campo deu origem a várias tabelas ao primeiro toque, acabando com um grande golo de Coelho que fez o 3-0. 

Apesar de estar a ganhar por três golos de diferença, o Fareja não levantou o pé do acelerador, e numa grande jogada em que Moisés foi à linha tentar cruzar a bola acabou por ir à mão de um um adversário, originando mais uma grande penalidade que André acabou por falhar. 

O jogo só tinha um sentido, o da a Baliza do Airão e o Fareja continuou a criar perigo. Aos 80', numa bola bombada para a área , o guardião do Fareja quando tudo indicava que tinha a bola controlada deixou-a escapar, sobrando para um jogador contrário que aproveitou para reduzir para 3-1. 

No final da partida, Rafale Leite mostrou-se "orgulhoso dos meus atletas, mais uma vez é de realçar a grande entrega e o bom futebol praticado. Agora temos que continuar a trabalhar com os pés bem assentes no chão. Não vamos parar por causa da Páscoa e vamos aproveitar essa paragem do campeonato para efectuar um jogo treino com uma equipa do Campeonato do Futebol Popular de S. Tirso. Quero agradecer a todos os adeptos que mais uma vez foram enormes."

sexta-feira, 27 de março de 2015

AF Braga - Disciplina: 7 jogadores fafenses, de 5 clubes, foram castigados

Texto: João Carlos Lopes / Fonte: CM 

João Miguel (Maria da Fonte) apanhou 3 jogos de suspensão

Desta vez o Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Braga teve muito que escrever sobre jogadores fafenses. João Miguel, que actua no Maria da Fonte, foi o jogador mais penalizado ao levar três jogos de suspensão na Divisão Pró-Nacional.

Já na Divisão de Honra, Tiago Ribeiro, do GCD Regadas e Fernando Peixoto, do GD Travassós, levaram dois jogos de castigo. Já   Raul Babo e Leo do OFC Antime, bem como Joel Oliveira e Laureano Ferreira, ambos da ACD Pica, levaram um jogo de suspensão cada, fruto das expulsões do dérbi entre as duas equipas na última jornada.  

CASTIGOS DOS TRÊS ESCALÕES 


PRÓ-NACIONAL 

3 JOGOS: João Miguel (Maria da Fonte)

1 JOGO: Pedro Reis (Celeirós), José Ferreira (Marinhas), Jorge Maciel (Marinhas), Emanuel Quinteiro (Águias Graça), António Silva (Porto d’Ave), e Pedro Oliveira (S. Paio Arcos). 

15 dias de suspensão e 15 euros de multa: Agostinho Baptista (dirigente do Porto d’Ave). 

DIVISÃO DE HONRA 

6 JOGOS: André Oliveira (Ruivanense); 

4 JOGOS: Tiago Oliveira (Arco de Baúlhe); 

3 JOGOS: Miguel Manso (Martim); 

2 JOGOS: Carlos Peixoto (Martim), Fernando Gomes (Gerês), João Moreira (Gerês), Tiago Ribeiro (Regadas) e Fernando Peixoto (Travassós). 

1 JOGOS: Bruno Bernardo (Dumiense), João Veiga (S. Veríssimo) e André Mendes (Carreira), Crispim Carvalho (Forjães), João Batista (Louro), Raúl Babo (Antime), Levan (Antime), Luís Teixeira (Delães), Marco Vaz (Pedralva), Cirilo Pereira (Pedralva), Nuno Oliveira (Pica), Laureano Ferreira (Pica), Mário Antunes (Caldelas); 

15 dias de suspensão e 75 euros multa: Crispim Carvalho (Forjães), 15 dias de suspensão e 50 euros de multa: Aníbal Araújo (Martim); 25 euros de multa: Martim;

20 dias de suspensão e 100 euros de multa: Gabriel Ribeiro (Arco de Baúlhe) e Ricardo Rodrigues (Desportivo de Ponte);


I DIVISÃO 



4 JOGOS: Abel Lopes (Rendufe); 

3 JOGOS: José Pinto (S. Nicolau de Basto); 2 jogos: Diogo Ferreira (Bairro Misericórdia); Luis Araújo (Peões); 

1 JOGO: Ângelo Ferreira (Palmeiras); Nuno Fernandes (Guisande); Diogo Cunha (Peões); Paulo Pereira (Campelos); 

15 dias de suspensão e 15 euros de multa: João Freitas (dirigente do Ases Santa Eufémia); 20 dias de suspensão e 50 euros de multa: Joaquim Ribeiro (Dirigente do Ases Santa Eufémia); e Manuel Capa (dirigente do Panoiense);

Basquetebol - Formação: Restauradores da Granja retomaram os treinos

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: Gabriel Soares

Uma alternativa aos desportos já existentes 

Depois de algum tempo de interregno os Restauradores da Granja voltaram a reunir condições para retomar os treinos e a captação de atletas para a modalidade de Basquetebol no sentido de implementar mais um deporto na cidade e Concelho de Fafe, dando mais alternativas a quem não quiser seguir os desportos já existentes.  

Nesse sentido, os interessados devem dirigir-se ao pavilhão da Escola Montelongo (perto do Pavilhão Multiusos de Fafe) às terças e quintas-feiras entre as 18:30 e as 20 horas, onde serão recebidos pelos treinadores Sofia Coelho e Pedro Ismael.

Este é um projecto dos restauradores da Granja com o apoio da Câmara Municipal de Fafe. Mais informações podem ser obtidas no local dos treinos ou através do mail dos Restauradores: restauradoresdagranja@gmail.com 


Treinos dos Escalões de formação

Horário: 18:30 h - 20 h
Dias: 3.ªs e 5.ªs - feiras

Local: Pavilhão da Escola Montelongo

Treinadores: - Sofia Coelho (coordenadora)

- Pedro Ismael 


Apoio: Câmara Municipal de Fafe

Futsal Veteranos: Liga Los + Fashion - 1ª Div.: Resultados da 5.ª Jornada



I DIVISÃO 

5.ª JORNADA 

Amigos de Quinchães, 1 - AD Revelhe, 3 

Travassós Futsal, 3 - GD Silvares, 4

GD Golães, 1 - AD Fafe, 3

Apurados: AD Fafe, Travassós Futsal, GD Silvares e GD Golães.

Agenda Desportiva de Fim-de-Semana

ANDEBOL NACIONAL
Nacional da  2.ª Divisão
AC FAFE - AA S. MAMEDE 
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 18H00
Local: Pavilhão Municipal de Fafe 

Outros jogos de andebol AQUI

FUTEBOL NACIONAL 
Campeonato Nacional de Seniores - Fase Subida - Zona Norte
AD FAFE - VARZIM SC
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 15H00
Local: Estádio Municipal de Desportos, Fafe. 

FUTSAL DISTRITAL
Campeonato da AF Braga - Fase Subida - Seniores Masculinos
GCR NUN'ÁLVARES - Assoc. Futsal Fafe/Sol Poente
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 18H00

Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe.
Outros jogos de Futsal AQUI

FUTEBOL DISTRITAL
Divisão Pró-Nacional AF Braga
ARÕES SC - MERELINENSE FC
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 16H00
Local: Campo do CFJ Arões, Fafe


Divisão de Honra AF Braga - Série B
CRP DELÃES - GCD REGADAS
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 16H00
Local: Parque Desportivo de Delães, Famalicão.

ACD PICA - GD ARCO BAÚLHE
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 16H00
Local: Campo de Jogos da Pica, Fafe

GD CALDELAS - OFC ANTIME 
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 16H00
Local: Campo Municipal de Terras do Bouro 

GD PEDRALVA - GD TRAVASSÓS
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 16H00
Local: Campo das Carvalheiras, Pedralva, Braga


1.ª Divisão AF Braga - Série C
GD FAREJA - UD AIRÃO
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 16H00
Local: Campo de Jogos de Fareja, Fafe.

GD SELHO - GD SILVARES
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 16H00
Local: Campo do Monte do Bouro, Selho S. Lourenço, Guimarães.

JUNIORES - AF BRAGA
1.ª Divisão AF Braga - Série D 
ARÕES SC - CD CELORICENSE  
Dia/Hora: Sábado, 28 Março, 16 horas
Local: Campo do CFJ Arões, Fafe.

OS SANDINENSES - GD FAREJA
Dia/Hora: Domingo, 29 Março, 11 horas
Local: Campo D. Maria Teresa, S. Martinho de Sande, Guimarães 

ACD PICA - CD PONTE
Dia/Hora: Domingo, 29 Março, 10 horas
Local: Campo de jogos da Pica

JUVENIS AF BRAGA 
Divisão Honra
AD FAFE - FC MARINHAS
Dia/Hora: Quinta, 2 Abril – 18H00
Local: Campo n.º 2 do PMD Fafe

1.ª Divisão - Série B
AD FAFE - DESPORTIVO DE RONFE
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 16H00
Local: Campo n.º 2 do PMD Fafe.

2.ª Divisão - Série C
GD GOLÃES - AD NINENSE
Dia/Hora: Domingo, 29 Março  – 10H00
Local: Campo Agostinho P. Silva, Golães, Fafe

2.ª Divisão - Série D
CD PONTE - ASES S. JORGE
Dia/Hora: Domingo, 29 Março  – 16H00
Local: Campo de Jogos Dr. João Almeida, Ponte, Guimarães. 

GRD DONIM - GD VASCO DA GAMA
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 16H00
Local: Campo da Portela, Donim, Guimarães.

GD SERZEDELO - ARÕES SC
Dia/Hora: Domingo, 29 Março  – 10H00
Local: Parque de Lazer de Selho S. Cristovão, Guimarães

INICIADOS - AF BRAGA
Divisão de Honra AF Braga
AD FAFE - FC MARINHAS
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 11H00
Local: Campo n.º 2 do PMD Fafe.

1.ª Divisão AF Braga - Série B
BAIRRO FC - ASES S. JORGE
Dia/Hora: Domingo, 29 Março  – 09H00
Local: Campo de Jogos de Lousado, Famalicão.

2.ª Divisão AF Braga - Série D
ARÕES SC - GDCR GOLÃES
Dia/Hora: Domingo, 29 Março – 10H00
Local: Campo do CFJ Arões, Fafe.

CB VN FAMALICÃO - AD FAFE
Dia/Hora: Sábado, 28 Março – 16H00
Local: Campo Coronel Reis, Alvite, Cabeceiras, Basto.


LIGA DE FUTSAL JUVENIL - SOG
Jogos de vários escalões

Confira todos os jogos AQUI

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL POPULAR DE FAFE 
Futebol Sénior e Juvenil - Futsal Masculino e Futsal Feminino
Confira todos os jogos AQUI

Consulte os cartazes destes e doutros jogos AQUI
.