segunda-feira, 27 de abril de 2015

Futsal - Infantis AF Braga: D. Jorge Antunes, 5 - Nun'Álvares, 4

Texto e foto: João Carlos Lopes 


Derrota vendida muito cara 

Os Infantis do Grupo Nun'Álvares deslocaram-se a Vizela para defrontar o líder, Desportivo Jorge Antunes, onde perderam por 5-4, mas venderam muito cara a derrota.

A equipa de Nelo Barros e do Professor Ricardo esteve a perder por 2-0 mas ainda conseguiu dar a volta ao marcador com golos de Ricardinho, Sérgio e Rui e foi a vencer para o intervalo por 3-2. Já no jogo da primeira volta em Fafe tinha sido superior ao adversário e recolheu ao descanso em vantagem. 

Na segunda parte, a equipa da casa beneficiou de alguns erros dos fafenses para chegar ao 3-3 e depois virar o resultado novamente a seu favor com o 4-3. Os Condestáveis ainda igualaram por Junior a quatro mas a equipa da casa que conta todos os jogos por vitórias ainda chegou à vantagem, fazendo o 5-4 final. 


Na próxima jornada a equipa fafense recebe o Colégio Caldinhas.

domingo, 26 de abril de 2015

Arões SC é campeão distrital de juvenis



Texto: Ricardo Castro | Foto: Rui Silva 


Empate do Torcatense garante título a quatro jornadas do fim

Depois da vitória ante o Cabeceirense, os juvenis do Arões confirmaram, fora de campo, o título de campeão distrital na Série D da 2.ª Divisão. 

Este domingo, o Torcatense não foi além de um empate (2-2), diante do Ases de São Jorge e perdeu matematicamente a hipótese de chegar ao primeiro lugar.

Com 12 pontos por disputar nas restantes quatro jornadas, o Arões tem 14 de vantagem sobre a formação vimaranense, precisamente o adversário do próximo fim-de-semana.

A equipa de Ricardo Cunha soma 23 vitórias em 24 jogos e conta com 103 golos marcados e 11 sofridos. Os aronenses garantem o primeiro título distrital da história do clube e disputam, pela primeira vez na próxima época, a 1.ª Divisão Distrital.

Juniores - 1.ª Div. AF Braga: União Torcatense, 3 - ACD Pica, 1

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Nem tudo foi claro no Arnado

A ACD Pica deslocou-se na tarde de Sábado ao terreno do Torcatense para disputar mais um jogo do campeonato, onde perdeu por 3-1.

Carlitos marcou cedo para os fafenses, aos 3' num livre à entrada da área. O Torcatense reagiu e por duas vezes poderia ter marcado só que estava na baliza um super Peixinho que ia negando o golo ao Torcatense. 

Aos 35', num um livre frontal à entrada da área bem executado o Torcatense chegou ao empate e aos 42' Miguel Carvalho isolado permitiu a defesa do guarda-redes do Torcatense. 

Na segunda parte as duas equipas tentaram chegar ao segundo golo, mas a boa intervenção dos dois guarda-redes foi adiando a alteração no marcador. 

O Torcatense chegou ao segundo golo aos 75', num lance precedido de fora-de-jogo. O Pica podia ter marcado aos 88', num remate de César já dentro da área e quando a bola se encaminhava para o golo um jogador do Torcatense cortou-a com o braço, num lance que o árbitro mandou seguir ficando por marcar uma grande penalidade. 

Segundo responsáveis pelo clube fafense, "este trio de arbitragem já tinha prejudicado o Pica em Cabeceiras de basto quando a Pica ganhava por 3-0 e depois a expulsão de dois jogadores, em que perderam por 4-3".

A equipa da Pica sofreu o terceiro golo aos 47', numa jogada de contra-ataque.
Ademar Freitas, responsável pela formação do Pica, aproveitou para "dar os parabéns ao Arões Sport Clube pelo titulo conquistado em juniores".

ACD PICA: Peixinho; Gabi, Tchico, Ezequiel, Toni, Teixeira, Carlitos , Ricardo Cunha, César, Miguel Carvalho e Xavi. Jogaram ainda Diogo André, Bento e Rui Alves. Treinadores, Ismael Sousa e Henrique. 

Juniores – 1.ª Div. AF Braga: Cabeceirense, 0 – Arões SC, 4



Texto e foto: Ricardo Castro


Morais abriu caminho à goleada aos 26 segundos

Os juniores do Arões foram a Cabeceiras de Basto golear a equipa local por quatro bolas a zero, em jogo da 26.ª jornada do campeonato.

Em dia de aniversário, Pedro Morais bisou na partida, abrindo o ativo aos 26 segundos e marcando o 0-3 na segunda parte, na recarga a uma grande penalidade que o mesmo falhou à primeira.

Pelo meio, Rui Pedro fez o segundo golo antes do intervalo e também chegou ao bis, fechando as contas do jogo com o quarto golo do Arões.

A equipa orientada por Miguel Castro está no primeiro lugar, com 60 pontos e pode sagrar-se campeã distrital já na próxima terça-feira, no caso de o Polvoreira – única equipa com hipóteses de fazer os mesmos pontos do Arões – não vencer o jogo em atraso diante do Torcatense.

Varzim empatou e Fafe está a apenas um ponto do 2.º lugar

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Ricardo Castro

Subida nunca esteve tão perto 

A apenas uma semana do dérbi entre os dois primeiros, Famalicão e Varzim, a vitória da AD Fafe sobre o Salgueiros ganhou expressão extra depois do Varzim ter empatado a zero em casa com aquele que era o último classificado, o Lusitano de Vildemoinhos, precisamente o próximo adversário da AD Fafe, pelo que este desaire do Varzim merece atenção redobrada. 

Na próxima jornada os fafenses podem vir de Viseu a festejar o segundo lugar quando ficam a faltar apenas três jornadas para terminar esta fase com tudo a poder decidir-se precisamente no último jogo na Póvoa de Varzim.

A subida da AD Fafe, nunca esteve tão perto como está neste momento, deixando tudo em aberto na luta pelo segundo lugar. 

O percurso do Fafe até ao final da temporada é o seguinte: Lusitano de Vildemoinhos e Sousense fora de portas, recebe o Mirandela e desloca-se ao Varzim na última jornada.

VEJA AQUI OS RESULTADOS DA 10.ª JORNADA E CLASSIFICAÇÃO

Div. Honra AF Braga: OFC Antime, 3 - Amigos de Urgeses, 1

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Uma vitória cheia de simbolismo

Num jogo carregado de simbolismo em que foi cumprido um minuto de silêncio pelo falecimento do último fundador vivo do OFC Antime, Comendado Fernandes de Barros e em que foi atribuída a braçadeira de capitão ao guarda-redes redes Rui, a quem lhe faleceu a mãe no decorrer da semana, a equipa fafense recuperou o segundo lugar ao Pica depois de vencer em casa os Amigos de Urgeses por 3-1. Os colegas queriam oferecer esta vitória a Rui e dedicá-la à memória do comendador tudo fizeram por isso.  

A equipa fafense não teve vida fácil pela frente pois esteve a perder aos nove minutos, na primeira vez que o Urgeses foi à baliza fez golo, num cruzamento feito para a área em que Rui nada pôde fazer. 

A equipa orientada por Carlos Salgado chegou à igualdade aos 26', através de uma grande penalidade que foi sofrida por Ismael, que o mesmo jogador se encarregou de marcar.

Até ao final da primeira parte assistiu-se a um jogo repartido sem mais nada digno de registo, ainda que os lançamentos de linha lateral do Urgeses, no último terço do terreno, merecessem a maior atenção por parte do Antime pois eram sempre longos e bem direccionados para a área. 

Na segunda parte a equipa fafense foi mais agressiva sobre a bola e aos 47', Gustavo podia ter marcado, ao segundo poste, depois de uma assistência de Ismael. 

O Antime chegou à vantagem aos 54', num livre directo assinalado à frente da área, em que Pedro Ismael, em mais uma das suas tardes inspiradas, não desperdiçou, ao fazer o 2-1. 

O Urgeses podia ter empatado a partida aos 64', mas a sorte protegeu o Antime que viu a bola a bater no poste da baliza de Rui.

O terceiro golo do Antime chegou aos 78', com Lobo a cobrar um livre ao segundo poste, onde Neves assistiu para trás na direcção de Gustavo com este a fazer mais um golo de cabeça. 

O Antime ainda teve mais duas situações em que podia ter marcado, ambas por castanha que tinha entrado aos 85'. Aos 90', o jovem jogador atirou ás malhas laterais e pouco depois, livre de marcação na área, cabeceou por cima. 

O Antime desloca-se agora ao terreno do líder, Travassós, em jogo em que o líder pode festejar a subida e dar um grande passo para o título de campeão e em que o Antime não quer voltar a perder o segundo lugar. 

OFC ANTIME: Rui; Beijinhos, Neves, Salgado, Vitinha, Malhado, Patocas, Gustavo (Castanha, 85'), Ismael, Miguel (Lobo, 76') e Leo (Vasco, 68'). Treinador, Carlos Salgado.

Div. Pró-Nacional AF Braga: AD Ninense, 1 - Arões SC, 3


Texto e foto: João Carlos Lopes

Aronenses estão bem na luta! 

O Arões subiu ao segundo lugar a dois pontos do Torcatense depois de ter vencido no terreno do candidato AD Ninense por 3-1, com golos de de Bruno Cunha e Agostinho e um autogolo da equipa da casa, os fafenses conseguiram voltar à corrida pela subida de escalão quando faltam apenas três jogos para o fecho do campeonato e dois deles em casa. 

O Arões vai receber o Celoricense, desloca-se a Braga para jogar com o Celeirós e termina a época com o Terras de Bouro em casa. Há pelo menos ainda cinco candidatos à subida. 1.º Torcatense, Arões, 53; Maria da Fonte, 52'; Ninense, 52 e Amares 49 pontos. O Serzedelo é sexto com 47'

Notícia em actualização...   

Veja aqui a classificação DIVISÃO PRÓ-NACIONAL 

1.ª Div. AF Braga: GD Silvares, 2 - S. Paio Vizela, 2

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Empate acaba por saber a pouco 

O GD Silvares recebeu o actual líder, S. Paio de Vizela, a quem impôs um empate a duas bolas, em jogo da 22.ª jornada do campeonato da 1.ª Divisão Distrital, numa partida que os fafenses estiveram na frente do marcador por duas vezes.   

A equipa de PH, que esteve de fora por estar castigado, chegou à vantagem aos 9', quando Óscar marcou um canto e um defensor vizelense introduziu a bola na própria baliza. 

A equipa fafense podia ter ampliado aos 32' quando Jorginho ultrapassou o guarda-redes mas depois não conseguiu rematar, acabando por perder a bola. E a equipa voltou a não ter sorte aos 40', quando César enviou a bola à barra. 

Não marcou o Silvares e o S. Paio acabou por chegar à igualdade aos 42', levando o jogo para o descanso com essa igualdade a uma bola. Porém, aos 44', Stuca cruzou para a área onde Jorginho cabeceou para fazer o 2-1

Na segunda parte o Silvares podia ter chegado ao 3-1 aos 64', mas Jorginho acabou por falhar na cara do guarda-redes e aos 71' após canto de Mike, Papoila rematou mas a bola foi tirada por um adversário sobre a linha de golo.  

Os vizelenses chegaram ao 2-2 final aos 83', numa má abordagem de Nuno Preto, que tem sido um dos pilares da equipa, desta vez a ter azar na sua baliza.    

No quarto minuto de compensação Mike rematou para defesa incompleta do  guarda-redes, com a bola a sobrar para Stuca que não conseguiu ter êxito na recarga.

Quando o cronómetro assinalava 90+5' foi assinalada uma falta à entrada da área do S. Paio mas o juiz da partida  deu o jogo por terminado, não permitindo a marcação do respectivo livre É a segunda vez que isto acontece aos fafenses e ambas contra as equipas que iam em primeiro lugar, a primeira contra o Cavez agora contra S.Paio.

Na próxima jornada, o Silvares desloca-se a Campelos, recebe em casa o Fareja e  o Mota e na derradeira partida desloca-se ao S Nicolau.

Div. Honra AF Braga: GCD Regadas, 1 - GD Travassós, 3

Texto e foto: (arquivo) João Carlos Lopes

Travassós está a um ponto do Pró-Nacional

Num jogo muito difícil, em dérbi intenso, com muita coisa em jogo para as duas equipas, embora com aspirações bem diferentes, com o Regadas com a vida difícil neste campeonato, a tentar amealhar pontos importantíssimos para fugir à despromoção e o  Travassós líder destacado e muito próximo de conseguir a subida de divisão a equipa orientada por António Pereira, levou a melhor sobre a de Francisco Castro, ao vencer por 3-1 e ficar a apenas um ponto da subida ao Pró-Nacional. Recebe o Antime, desloca-se ao Arco de Baúlhe e desloca-se ao Ruivanense nos últimos três jogos.

O derbi de fafe deu vitória para o líder do campeonato.. Entrada muito forte do Regadas com forte pressão sobre o adversário culminando logo cedo com oportunidade de Nelinho que sozinho na área rematou ao lado. Resposta do Travassós com Mickey a cabecear para grande defesa de Rafa, tendo ainda outra situação em que podia ter marcado.  Logo de seguida o Regadas marca depois de jogada de Nelinho com Pauleta a acompanhar bem a jogada e a ganhar o ressalto e a fazer um grande remate que deu em golo.

De seguida num livre lateral Silva sozinho já dentro da área cabeceia por cima, mais tarde Vasco depois de mais uma assistência de Nelinho sozinho remata rente a barra, foram 20 minutos de domínio do Regadas mas que a partir daqui o Travassós começou a posicionar-se melhor a ter uma outra atitude a ganhar os duelos individuais e num desses lances Mickey leva a melhor sobre Milo com um domínio excelente e remate ainda melhor para um grande golo, pouco depois e numa bola parada com Rui Ossos a cruzar depois da bola ter sido tirada da área do Regadas mas o Travassós novamente a meter na área Ossos cruza e Carioca sozinho ao segundo poste de cabeça numa falha de marcação a fazer o segundo golo.

O Travassós estava melhor com os homens da frente a estarem muito activos e a criar problemas, com o Regadas a complicar o que era fácil de resolver. Num desses lances, desentendimento entre Março André e Rafa em que Zé Beto, aproveita para, de muito longe e sem ninguém na baliza, a fazer o terceiro golo em cima do intervalo.

Na segunda parte o Regadas tentou inverter a situação começou melhor e teve duas situações perigosas na área do Travassós mas sem conseguir reduzir. Na busca do golo expô-se em demasia aos contra-ataques do adversário, sempre venenosos e que poderiam dar em golo.

Com o terreno em lama e cada vez pior o jogo arrastou-se até ao fim sem grandes situações para a equipa da casa que não conseguiu resolver da melhor maneira aos erros individuais e colectivos que cometeu perante uma grande equipa do Travassós que justificou a vitória.

Uma vitória do Travassós que não sofreu contestação e reconhecida pelos dois técnicos. Está praticamente consumada a subida de divisão da equipa de Travassós e o Regadas já pensa na próxima final para tentar somar os pontos necessários rumo a tão desejada manutenção.

Juniores - 2.ª Div. Nac.: AD Fafe, 4 - SC Vianense, 0

Texto e foto: João Carlos Lopes

Vamos ter luta até ao fim!

Ao conquistarem a quarta vitória consecutiva, na vitória sobre o Vianense por 4-0, os juniores da AD Fafe conseguiram um lugar de manutenção directa ultrapassando a equipa do Neves FC na classificação e ficando a dois pontos do Tirsense, seu próximo adversário em jogo a disputar na cidade dos Jesuítas. Foi uma partida em que a equipa fafense esteve sempre por cima com inúmeras situações de finalização. A equipa de Ivo Castro demonstra mais maturidade e união e, essencialmente, o que estava a faltar, que era a eficácia na finalização. No entanto os próximos jogos são cruciais e muito competitivos para a conquista da manutenção: Tirsense e Chaves fora, Aves em casa e deslocação a Ronfe para finalizar a época. Vamos ter luta até ao fim!

O Fafe entrou ao ataque e logo no primeiro minuto, Chico endossou a bola a João, com este a driblar um adversário, a entregar a Lousada, que amorteceu para Ricardo prontamente rematar mas ligeiramente por cima.

À passagem do quarto de hora, Zé Pedro recuperou uma bola no meio campo, combinou com João que isolou Lousada, este tirou cruzamento rasteiro mas Zé Miguel chegou tarde para encostar.

O Vianense tentou responder aos 21', mas Chico cortou o lance e lançou de imediato Lousada, com este a cruzar e a bola encontrar Zé Pedro, que dominou e rematou com a bola a desviar no defensor. Do canto, marcado por João a defesa de Viana aliviou para longe.

O Fafe esteve quase a marcar à meia hora de jogo. Silva serviu Norberto que tirou cruzamento, com Lousada, ao segundo poste, a tocar para o meio onde apareceu Zé Miguel a encostar mas surgiu o corte providencial do central vianense sobre a linha da baliza.

O domínio do Fafe acabou por se traduzir em golo aos 39'. João cobrou um livre lateral em que o guarda-redes do Vianense saiu mal da baliza e Zé Pedro aproveitou para inaugurar o marcador. 

Ainda antes do intervalo chegou o 2-0, aos 45'. Canto a favor do Fafe em que João tocou curto para Ricardo, este tirou cruzamento e sem oposição. Lousada cabeceou para o fundo da baliza, levando o Fafe a vencer por dois para intervalo. 

Na segunda parte, aos 47', Ricardo fez um lançamento para João com este a servir Zé Miguel que rematou à meia volta e fez a bola a bater na trave.

Num jogada em que o vianense tentou jogar pelo meio, Edu cortou e meteu a bola Lousada, este acelerou o jogo pelo meio passou a João que desferiu um colocado remate com a bola a rasar o poste, aos 53'.

A supremacia do Fafe era evidente e aos 60', Chico endereçou a bola a Zé Miguel, que virou para João atrasar para Ricardo, este tirou cruzamento e Zé Miguel ao segundo poste cabeceou para defesa difícil do guardião forasteiro e na segunda bola o central a aliviar com toda a garra que tinha. 

O terceiro golo do Fafe chegou aos 66', numa jogada de circulação de bola em que Silva passou a Zé Pedro que amorteceu para João e este do "meio da rua" a fazer um remate certeiro.

Ivo Castro refrescou a equipa aos 67' com a saída de Carvalho e a entrada de Nuno. Aos 70', Silva isolou Zé Miguel, que atrasou para Nuno e este rematou colocado ao ângulo para mais uma grande defesa do guarda-redes vianense. 

Ivo castro voltou a mexer na equipa aos 73', com a saída de Zé Pedro e a entrada de Rapha. 

O Vianense deu um ar da sua graça aos 75' ao circular a bola da esquerda para a direita, de onde saiu cruzamento ao segundo poste com o avançado a cabecear mas a sair fácil para a defesa de Kavaco. 

O quarto golo do Fafe apareceu aos 84' com Nuno a solicitar Ricardo e este a isolar Rapha que, por sua vez, tirou um adversário da frente e na cara do guarda-redes permitiu a sua defesa mas, na recarga, Nuno encostou para o 4-0 final.

Div. Honra AF Braga: CD Ponte, 1 - ACD Pica, 1

Catita
Texto e foto: João Carlos Lopes 

Obra de arte de Catita merecia a vitória

Sabendo do desfecho que o resultado poderia ter no final da temporada, o Pica que está a lutar pelo segundo lugar foi defrontar o CD Ponte que está a lutar para não descer, tendo a contenda terminado com uma igualdade a uma bola.

A formação de Marcelo Fernandes que à partida para esta jornada estava no segundo lugar, encarou o jogo com muita seriedade e a tentar mandar no mesmo mas teve logo uma contrariedade no segundo minuto da partida com as expulsão de Pedro Mendes. Toninho meteu a bola na área que discutiu o lance com o guarda-redes que terá gritado, veio um colega do Ponte tirar satisfações com Pedro Mendes, este como eram conhecidos deu-lhe um chega para lá mas o árbitro entendeu outra coisa e colocou o jogador da equipa fafense na rua. 

Apear de reduzido o Pica prosseguiu nas suas intenções e aos 19', Catita iluminou-se por completo, a partir do meio campo, fintou três adversários, entrou na área levou a melhor sobre o guarda-rede marcou um golo de bandeira, a fazer lembrar os grandes momentos que viveu noutros tempos na equipa de Juniores da AD Fafe.

O Pica dominou na primeira meia hora mas o Ponte acabou por chegar à igualdade aos 43', deixando tudo em aberto para a segunda parte, sendo verdade que antes já tinha enviado uma bola ao ferro. 

A parte complementar foi mais dividida com posse de bola alternada, com as duas equipas a quererem ganhar sendo nítida a intenção que ninguém estava a jogar para o empate, num jogo aberto e disputado. 

Nesta período há a registar um bola de Álvaro à trave da baliza do Ponte num potente remate de fora da área, mas apesar das intenções as oportunidades de golo não abundaram para nenhum dos lados. 

O Pica ainda jogou mais nove minutos com nove elementos pois Catita foi expulso aos 86', com segundo cartão amarelo e o árbitro deu mais cinco de compensação. Nos derradeiros jogos, o Pica recebe o Pevidém, desloca-se ao Gerês e recebe o Louro.          

Bruninho marcou na vitória do Arco Baúlhe sobre o Pedralva

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Obteve o golo da tranquilidade

O avançado fafense Bruno Teixeira (Bruninho), marcou o quarto golo na vitória de 4-2 do Desportivo Arco de Baúlhe sobre o Pedralva, contribuindo para a importante conquista de mais três pontos da sua equipa, ao apontar o tento da tranquilidade.

O Arco de Baúlhe está a lutar pela manutenção e conseguiu assim trocar novamente com o GD Regadas que esteve dois dias acima da linha de água, devido à vitória no terreno do Gerês por irregularidades na utilização de um atleta mas, com esta vitória os arcoenses voltar a estar acima dessa linha imaginária nesta altura com mais um ponto que os fafenses. Curiosamente, o Regadas foi o último Clube de Bruninho em Fafe, onde era o melhor marcador. 

Veja aqui a classificação da DIVISÃO DE HONRA 

Futsal AF Braga - Fase Final: São Mateus, 2 - GNA, 1

Futsal AF Braga - Fase Final: Covense, 1 - AF Fafe/Sol Poente, 3

1.ª Div. AF Braga: SC Fermilense, 5 - GD Fareja, 2

Texto: João Carlos Lopes/ Foto: Carmo Machado 

Esteve a vencer por duas vezes

O GD fareja deslocou-se, ao campo da Rasa, em Fermil de Basto para jogar com o Fermilense SC, com quem perdeu por 5-2, em jogo da 22.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, Série C.

O Fareja iniciou bem a partida, tendo muita posse bola. Aos 5', numa boa transição Nuno fez o 1-0 para os fafenses. Poucos minutos após o Fermilense igualou o resultado. Mas, aos 10', o Fareja voltou a marcar com grande jogada de André que, frente ao guarda redes, fez um chapéu, marcando assim 2-1 a favor dos fafenses. 

A equipa fafense podia ter ampliado aos quando 14' André, dentro da área, sofreu falta à qual não foi assinalada a respectiva grande penalidade. Aos 20', a equipa de Rafael leite sofreu o 2-2 e aos 43' voltou a sofrer golo e a ficar pela primeira vez em desvantagem na partida. 

Logo no início da segunda parte uma falta marcada dentro da grande área do Fareja originou a grande penalidade que elevou o marcador para 4-2. Estava tudo mais difícil mas o Fareja lutou até ao último minuto, e  podia ter marcado dois golos mas o último toque não foi suficientemente eficaz. 

Rafael Leite arriscou ainda mais e passou a jogar com três defesas e já mesmo sobre o apito final, o Fermilense acabou por ser feliz e chegou ao 5-2. 

Os atletas do Fareja tiveram uma boa postura, nunca baixando os braços até ao apito final e vai trabalhar para que na próxima jornada, que é em casa em casa frente ao Os Sandinenses, poder regressar às vitórias.

Futsal - Benjamins AF Braga: Nun'Álvares, 13 - V.N. Sande, 1


Texto e foto: BML

Mais que uma dúzia 

A equipa de benjamins do Nun'Álvares recebeu e venceu, a equipa do V.N. Sande, por uns expressivos 13-1. 

O jogo começou com um ritmo e lento e algo confuso, até que aos 8 minutos João Espincho inaugura o marcador, a passe de Rui Pedro. Aos 10 minutos foi o próprio Rui Pedro a marcar, com assistência de Zé Carlos. 2 minutos depois, novamente Rui Pedro na assistência e Rafa a fazer o terceiro golo dos fafenses. Aos 15 minutos Rui Pedro volta a marcar, com um remate de fora de área. Aos 20 minutos Rúben faz o quinto, numa jogada individual. Pouco depois chegou o intervalo, com o resultado em 5-0, favorável aos condestáveis.

Na segunda parte os Nun'Álvarista entraram a todo o gás, tendo marcado 4 golos, nos primeiros 3 minutos. Primeiro por Rúben, em mais uma jogada individual, depois por Rui Pedro, completando o hat trick, com um chapéu fantástico sobre o guardião contrário. Depois foi Gonçalo e Zé Carlos a marcarem, com assistências de Rúben, em ambos os golos. Ao minuto 31 Rúben faz o terceiro da conta pessoal. Aos 39 minutos os visitante fizeram o seu golo, após uma desatenção da defensiva local. No minuto seguinte chegou a vez de António faturar, com nova assistência de Rúben. Aos 43 minutos Gonçalo bisa na partida e no último lance do jogo, Zé Carlos também fez o segundo da sua conta pessoal, colocando o resultado em 13-1.

NUN'ÁLVARES: Bernardo, Zé Carlos (C), Rúben, Cristiano, Gonçalo. Jogaram ainda: Francisco, Rui Pedro, Rafa, João Espincho, António, Biatriz, Luís.
TREINADORES: Luís Barros, Nuno Barbosa e Ricardo Novais.

GOLOS: Rúben (3), Rui Pedro (3), Zé Carlos (2), Gonçalo (2), João Espincho, António, Rafa.
.

Juvenis – 2.ª Div. AF Braga: Arões SC, 4 – Cabeceirense, 0

Texto: Ricardo Castro | Foto (arquivo): Rui Silva

Bis de Hugo e Marcelo 

A equipa juvenil do Arões impôs-se diante do Cabeceirense, ao vencer por quatro bolas a zero, em jogo da 26.ª jornada.

Hugo esteve em evidência na primeira parte, ao inaugurar o marcador aos nove minutos, repetindo a dose à meia hora de jogo. 

Na segunda parte, foi a vez de Marcelo bisar. O médio fez o 3-0 aos 54’ e fechou as contas do jogo, na marcação de uma grande penalidade, aos 60 minutos. 

O Cabeceirense só conseguiu criar perigo em livres laterais e frontais que não criaram grande perigo. Na frente, o avançado Armando tentou desequilibrar individualmente, mas os aronenses mantiveram a folha limpa na zona defensiva. 

O Arões segue em primeiro lugar, com 69 pontos e desloca-se a São Torcato na próxima jornada.

sábado, 25 de abril de 2015

CN Seniores: AD Fafe, 3 - Salgueiros 08, 2

Texto e fotos: Ricardo Castro
.
Vitória sofrida mantém Fafe na corrida

O Fafe venceu o Salgueiros por três bolas a duas e mantém a perseguição aos adversários do topo da tabela. A primeira parte sem golos deu lugar à mão cheia na etapa complementar. O capitão Xavi inaugurou o marcador e João Nogueira fez o segundo do Fafe, pouco depois do empate de Gradíssimo, de grande penalidade.

Depois de uma boa oportunidade desperdiçada por Digas, à entrada para o último quarto de hora, Sócrates deu mais tranquilidade ao Fafe a dez minutos dos noventa, com o terceiro golo dos da casa, três minutos após entrar para o lugar de Vasco Costa.

Aos 85 minutos, Igor Lopes voltou a marcar com êxito uma grande penalidade a favor do Salgueiros, mas os três pontos contaram para a equipa de Agostinho Bento, que assim iguala o Varzim no segundo lugar, com 20 pontos, ficando à espera do que a equipa de Vítor Paneira e também o Famalicão farão este domingo.


RELATO CRONOLÓGICO DO JOGO:

4' - Livre frontal de Gradíssimo e Marçal a parar o remate, agarrando o esférico após bater no relvado.

6' - Cruzamento de Vasco Cruz da direita e Nuninho a falhar o cabeceamento por pouco.

7' - Primeiro canto do jogo, para o Fafe. Nuninho bate da direita, Xavi desvia de cabeça desenquadrado com a baliza e a bola sobrou para o extremo, que cruzou sem perigo.

9' - Canto favorável ao Salgueiros. Tira a defensiva fafense.

12' - Boa jogada coletiva do Fafe e Ferrinho a aparecer na área, sem conseguir passar pelo meio de tantos homens de vermelho.

15' - Remate de Fábio Lopes na área a sair ao lado da baliza de Marçal.

Vinte minutos iniciais com equilíbrio e poucas oportunidades claras de golo.

21' - Digas passa por vários adversários, entra na área fafense e cruza para o corte do capitão da casa, Xavi.

26' - Cartão amarelo para Nuninho por falta sobre Dani. O jogador visitante sai do campo para ser assistido.

30' - Remate em arco de Ferrinho na meia lua e Pedro Miguel a segurar a bola.

34' - Vasco Costa chega atrasado ao cruzamento de Ferrinho, perdendo uma boa oportunidade para inaugurar o marcador.

35' - Vasco Costa tira um defesa do caminho e oferece o golo a Silvestre, que remata por cima sem oposição, junto à marca de grande penalidade. 

40' - Falta de Mário sobre Nuninho e cartão amarelo para o jogador do Salgueiros. Livre perigoso para o Fafe à entrada da área.

42' - João Nogueira bate o livre e Pedro Miguel voa para evitar o primeiro. Na sequência do lance, canto para o Fafe, do qual nada resultou.

45' - Livre de Pedro Nova para a área, com Marçal a tentar socar a bola e a sofrer falta. 

Recomeça o jogo em Fafe. 

48' - Fafe muito perto do golo. Jogada ao primeiro toque na área contrária, com Nuninho a cruzar após passe de Vasco Costa e Ferrinho a chegar tarde para a conclusão ao segundo poste.

50' - GOLO [1-0  -  Xavi]. Livre de João Nogueira na direita, Pedro Miguel tenta tirar a bola da área e esta sobra para Xavi, que remata de pronto para o fundo da baliza.

58' - Igor Lopes sofre um amarrar de camisola de Digas quando seguia isolado para a baliza. O central do Fafe viu o cartão amarelo, muito contestado por toda a equipa visitante, que pedia o vermelho.

64' - GOLO [1-1  -  Gradíssimo] Grande penalidade para o Salgueiros, por falta de Marçal sobre Igor Lopes. Na conversão do lance, Gradíssimo empata a partida.

66' -  GOLO [2-1  -  João Nogueira] Cruzamento da direita do ataque de Zé Brochado, Ferrinho chega em esforço à bola junto à linha de fundo e assiste de primeira para o remate certeiro de pé esquerdo do capitão fafense.

70' - Cruzamento de Pedro Nova e Marçal a ir ao relvado a socar a bola para fora da área.

71' - Depois da primeira substituição no Fafe, com a entrada de Zé Brochado para o lugar de Nuninho, entra Areias e sai Fábio Lopes no Salgueiros.

75' - Oportunidade soberana para o Salgueiros. Dani cruzou na direita, Igor Lopes desviou e Digas, solto na área, rematou por cima.

77' - Sai Vasco Costa e entra Sócrates no Fafe.


79' - Jogada individual de Digas e remate à entrada da área a sair desenquadrado com a baliza de Marçal.

80' - GOLO [3-1  -  Sócrates] Ferrinho evita que a bola saia junto à bandeirola de canto, cruza para a área e Sócrates, três minutos após entrar em campo, ganha posição na área e cabeceia para o fundo das redes. 

85' - GOLO [3-2   -  Igor Lopes] O árbitro entendeu que Vasco Cruz fez falta sobre Digas e apontou para a marca de grande penalidade. Na conversão, o avançado salgueirista faz o segundo da sua equipa.

Três minutos de compensação

90+1' - Cruzamento de Areias na direita e João Nogueira a 'pentear' a bola, evitando que esta chegasse à cabeça dos homens do Salgueiros.

Jogo realizado no Parque Municipal dos Desportos, em Fafe.

Árbitro: Daniel Cardoso, auxiliado por João Silva e Pedro Ribeiro (AF Aveiro).

AD FAFE: Marçal, Vasco Cruz, Xavi (cap.), Digas, João Carneiro, André, Silvestre, João Nogueira, Ferrinho, Nuninho (Zé Brochado, 65'), Vasco Costa (Sócrates, 77'). Treinador, Agostinho Bento.

SC SALGUEIROS 08: Pedro Miguel, Pedro Nova, Hélio, João Miguel, Moreira (cap.), Mário, Dani, Fábio Lopes (Areias, 71'), Digas, Gradíssimo (Gazela, 81'), Igor Lopes. Treinador, Paulo Gomes. 

DISCIPLINA - cartões amarelos: Nuninho, 26', Mário, 40', Xavi, 43', Pedro Nova, 49', Digas, 58', Marçal, 63', Dani, 71', Vasco Cruz, 85', Zé Brochado, 88', Ferrinho, 90+1'.

GOLOS: Xavi, 50', Gradíssimo, 64' (g.p), João Nogueira, 66', Sócrates, 80', Igor Lopes, 85' (g.p).

Futebol Veteranos: Sporting CP venceu o IV Torneio Cidade de Fafe


Texto e fotos: João Carlos Lopes

Leões mostraram mais eficácia 


O Sporting Clube de Portugal venceu a quarta edição do Torneio de Veteranos Cidade de Fafe ao bater na final a UD Fafe A60 por 2-0, com golo de Fernando Mendes e João Luís, ambos na segunda parte, período em que os leões revelaram mais eficazes.

1.ª PARTE

Depois de 10' de alguma contenção Condeço apanhou o guarda-redes do Sporting fora da baliza, tentou o chapéu mas Kikas ainda recuperou e defendeu. Dois minutos depois, Fernando Mendes em remate acrobático quase marcava na baliza de Paulo. 

Aos 14', Luís Mário, com marcação, não fez golo por muito pouco. No minuto seguinte Braga roubou uma bola ainda no meio campo do Sporting, iniciou o contra-ataque,  mas quando serviu Luís Mário este estava em fora de jogo. 

O Sporting voltou a estar perto do golo aos 17'. A UDF teve nova oportunidade aos 24', quando Nelo isolou Braga mas este foi desarmado dentro da área, ainda reclamando grande penalidade. 

Aos 25', livre de Nelo, ainda longe obrigou Kikas a fazer uma grande defesa, ainda sobrou para Braga que atirou ao lado. 

2.ª PARTE


26' - Miguel Andrade na área fafense enviou de cabeça ao poste direito da baliza de Paulo. Aos 32', Fernando Mendes rematou ao lado quando os colegas reclamavam o cruzamento.

37' GOOOOOOOOOOOLO [Fernando Mendes, 0-1] O antigo internacional português já dentro da área desferiu um potente remate de pé esquerdo sem hipóteses para Paulo Rocha.

47' GOOOOOOOOOOOLO [João Luís, 0-2] João Luís, já dentro da área fafense rematou colocado sem hipótese de defesa para Paulo Rocha.



50' - Sobre a hora Luís Mário desperdiçou uma oferta da equipa sportinguista permitindo a defesa do guarda-redes quando tinha Braga a pedir a bola. 



UD Fafe A60, 3 - US Ribercourt, 0

GOLOS: Braga, 18', Roberto, 31 e Agostinho, 49' 

Sporting CP, 4 - Estrela da Calheta, 1

GOLOS: João Luís, 3'; Libório, 10; Rui Pedro, 21'; Miguel Andrade, 40' e Rosário, 46'. 

3.º e 4.º lugar | US Ribecourt, 0 - Estrela da Calheta, 8

GOLOS: Fernando 1'; Samuel, 2; Sabino, 8'; Pedro Silas, 13' e Hélder, 17'; Zé, 21', Duarte, 23'; Pereira, 41'; .


FINAL | UD Fafe A60, 0 - Sporting CP, 2


UD FAFE A60: Anselmo; Samuel, Eugénio, Roberto, Leandro, Cunha, Condeço, Nelo, Feliciano, Braga e Torrinheira. Suplente: Paulo; Pereira, Carneiro, Afonso, Agostinha, Charta, Feira, Coelho, Pires, Jaime, Luís Mário, Gentil e Mota. Treinador, Gentil Antunes.


US RIBECOURT: David; Gerome I, Cristophe, Cristiane, Stephane, Gerome II, Wiefried, Fred, Patrice, Claude, Olive. Suplentes: Vitor. Treinador, Fred. 




SPORTING CP: Mário Fonseca; Adriano, Brito, Paiva, Ribas, Carneiro, Rui Pedro, Mergulhão, Rosário, João Luís e Fernando Mendes Suplentes: Kikas, Covelo, Batista, Alberto, Romeu, Edel, Pérides, V. Martins, Miguel Andrade. Treinador, Vítor Esmoriz. 



ESTRELA DA CALHETA: Vasco; Bruno, Eduardo, Aniceto, Hélder, Pereira, Pedro, Ricardo, Libório, Morgado e Zé. Suplentes; Orlando, Sardinha, Duarte, Cláudio, Nelson, Carlos, Sarda, Alberto, Sabino, Fernando, Samuel, João Nazário e Ruca. Treinador, Roberto Jardim.    

Liga “Los+Fashion” 1.ª e 2.ª Div.: Resultados dos 1.ºs jogos da final

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Travassós Futsal, 0 - AD Fafe, 0 (0-0 prolongamento 3-1 penaltis)

Rumo ao Futuro, 4 - CD Vinhós, 3

O Travassós Futsal e o Rumo ao Futuro, venceram os primeiros jogos da final da Liga de Futsal Los+Fashion, na 1.ª e 2.º Divisão, respectivamente. 

O Travassós Futsal teve um jogo equilibrado com a AD Fafe, em que qualquer equipa podia ter marcado no decorrer do jogo e do prolongamento mas só ficou decidido nas grandes penalidade com a equipa de Travassós ter uma partida de vantagem à melhor de três, sendo verdade que se vencer o segundo jogo se sagra campeã. 

Já na segunda Divisão, a equipa do Rumo ao Futuro, também de Travassós, bateu a vizinha equipa do CD Vinhós por 4-3, em mais uma partida em que os números evidenciam o equilíbrio e em que a vantagem está, para já do lado da equipa do Rumo que se vencer o segundo jogo é a campeã. 

Face a estes resultados as equipas que perderam vão dar tudo por tudo para deixar a decisão para o último jogo, pelo que se adivinham grandes jogos na segunda ronda destas finais.  

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Conselho disciplina puniu o Gerês e GCD Regadas já respira

Texto: SML / Foto: JCL 

Fica acima da linha de água antes do dérbi com o Travassós

O Conselho de disciplina da Asociação de Futebol de Braga atribuiu a vitória e os consequentes três pontos relativamente ao jogo “GD Gerês - GCD Regadas”, que tinha terminado com um empate a uma bola, devido à equipa serrana ter utilizado nesse jogo um atleta impedido por motivos disciplinares

Desta feita, o GCD Regadas passa a ter 28 pontos na classificação ficando acima da linha de água, sendo uma óptima notícia para o treinador Francisco Castro e seus jogadores antes do dérbi com o GD Travassós, já este Sábado no Campo da Cerdeirinhas, em que o Travassós vai tentar ficar a um ponto da subida e o Regadas vai querer afastar-se da linha de água. 

Disciplina AF Braga: Muitos fafenses penalizados na última jornada

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes / Fonte: CM

Jogadores, treinadores, dirigentes e Clubes ninguém foi poupado

O Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Braga, não teve mãos a medir no que diz respeito a jogadores que representam equipas de Fafe e outros fafenses que fazem parte de equipas que militam nos Campeonato Distritais.   

No que respeita a jogadores a equipa do OFC Antime foi a mais penalizada ao ver três atletas suspensos, um deles, Samu, com três jogos e mais dois, Jonas e Raul, com uma partida de castigo. Também Fernandes, do GD Travassós, está suspenso por dois jogos. 

Nos restantes castigos estão o do agora ex-treinador do Desportivo de Ronfe, Paulo Soares, que apanhou 15 dias de suspensão e 75 euros de multa. No que a treinadores dis respeito, também Philip Cunha (PH), do GD Silvares, ficou suspenso por 15 dias, com 15 euros de multa. 

Ainda registar os castigos e multas aplicadas a Osvaldo Neves (dirigente do Antime) e Marcelo Teixeira (dirigente do Regadas), ambos com 15 dias de suspensão e 15 euros de multa. Já o OFC Antime foi multado em 25 euros.

PRÓ-NACIONAL

3 JOGOS:  André Monteiro (Celoricense);

2 JOGOS: Vítos Silva (Serzedelo) e Ângelo Gonçalves (Torcatense);

1 JOGO: jogo: André Andrade (Celoricense), Duarte Gonçalves (Torcatense) e João Silva (Ronfe);

15 dias de suspensão e 75 euros de multa: Paulo Soares (ex-treinador do Ronfe) e António Silva (dirigente do Porto d’Ave); 10 dias de suspensão e 50 euros de multa: Carlos Santos (dirigente do Ninense).

DIVISÃO DE HONRA

3 JOGOS: Emanuel Oliveira (Tadim) e Tiago Gonçalves (Antime)

2 JOGOS: Francisco Fernandes (Travassós).

1 JOGO: Júlio Braga (Dumiense), Hélder Silva (Tadim), Francisco Miranda (Ág. Alvelos), Tiago Magalhães (Arco de Baúlhe), Raúl Babo (Antime), Jonas Faria (Antime), André Sousa (S. Cosme) e João Etilano (Amigos Urgeses).

15 dias de suspensão e 15 euros de multa: Fábio Sousa (dirigente do Pousa); Multa de 50 euros: Dumiense e MARCA; 15 dias de suspensão e 15 euros de multa: Osvaldo Neves (dirigente do Antime) e Marcelo Teixeira (dirigente do Regadas); Multa de 25 euros: Antime; Derrota por 3-0 e multa de 50 euros: Gerês.

I DIVISÃO

4 JOGOS: Luís Teixeira (Fermilense).

3 JOGOS: José Silva (Ferreirense), Nuno Almeida (Mouquim) e João Rodrigues (Sobreposta).

2 JOGOS: José faria (Ucha), Vasco Teixeira (Fermilense) e José Silva (Prazins)

1 JOGO: Tiago Seara (Ucha) e João Oliveira (Bairro FC); Fernando Pereira (Adaúfe) e João Barbosa (Peões), Luís Freitas (Sobreposta), Carlos Veríssimo (Leões das Enguardas) e Luís Silva (Mota).

15 dias de suspensão e 75 euros de multa: Joaquim Correia (dirigente do Sequeirense); 15 dias de suspensão e 15 euros de multa: Ricardo Rocha (dirigente do Mouquim). 25 dias de suspensão e 125 euros de multa: César Costa (dirigente do Selho); 15 dias de suspensão e 15 euros de multa: Philip Luís Cunha (treinador do Silvares).

Hélder Ferreira convocado para a Selecção Nacional Sub 18

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 


Fafense já tem duas internacionalizações

O avançado fafense Hélder Ferreira, que representa os juniores do Vitória SC, Clube com o qual já tem contrato profissional, foi de novo convocado para a selecção Nacional de Sub 18 para cumprir um estágio de preparação de três dias, entre 26 e 28 de abril, no Centro de Estágios de Rio Maior, sob as ordens do Seleccionador Nacional Emílio Peixe.   
O fafense já conta com duas internacionalizações nas quais tem 78 minutos jogados. A Seleção Nacional sub-18 cumprirá mais um estágio de preparação no Centro de Estágios de Rio Maior.

Nestes três dias de trabalho, o treinador nacional, Emílio Peixe, contará com o contributo de 23 jogadores, entre os quais uma estreia: Diego Alves (AS Nacy).

O estágio visa preparar a formação lusa para os jogos do Torneio Internacional de Lisboa, competição que terá lugar nos inícios de junho e encerrará a época.
LISTA DE JOGADORES CONVOCADOS 

AS Nancy: Diego Alves;

Bayer 04 Leverkusen: Eric Veiga;

FC Internazionale: Pedro Delgado;

FC Porto: João Cardoso, Jorge Fernandes e Luis Mata;

FC Sochaux: Calvin Ferreira;

FC Zurich: André Ribeiro;

Moreirense FC: Almeida;

RC Lens: Paulo Pinho;

SL Benfica: Buta, Diogo Gonçalves, Fábio Duarte, Francisco Ferreira, Gonçalo Rodrigues, Hugo Santos, João Carvalho, Pedro Amaral e Yuri Ribeiro;

Sporting CP: Bruno Paz e Pedro Silva;

Vitória SC: Denis Martins e Hélder Ferreira.

Div. Pró-Nacional AF Braga: Gil persegue Ricardo Cruz nos artilheiros

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 


Fafense esta com o pé quente esta época

Gil, avançado fafense, ao serviço do SC Maria da Fonte é um dos melhores artilheiros da temporada 2014/15, da Divisão Pró-Nacional da AF Braga, seguindo na segunda posição com 14 golos a três de Ricardo Cruz (Brito SC). o segundo melhor marcador fafense neste escalão é João Miguel do SC Maria da Fonte, com sete golos, metade de Gil. Destaque ainda para os seis golos de Filipe, ao serviço do Arões SC e os cinco de Castro também da equipa marifontista. 

No que diz respeito a equipas de Fafe, Zezé do Arões SC leva 9 golos, Pablo (Arões SC), 5; Barbosa, Sampaio e Zezinho, também do Arões SC já marcaram quatro golos.

Aos 30 anos, Gilberto Rodrigues (Gil), está ainda na posse de todas as faculdades que o notabilizaram ao serviço de vários clubes. Já representou como sénior o SC Vianense, AD Fafe, GD Joane, AD Amarante e está no maria da Fonte pela segunda vez, onde já tinha sido feliz na anterior passagem. Além dos golos Gil notabiliza-se pelas muitas assistências que faz para os seus companheiros. Aliás, só não está num escalão acima porque pensa a vida para além do futebol. Um exemplo para os seus colegas mais novos de Clube, entre os quais outros dois avançados goleadores, João Miguel e Pedro Castro.  


LISTA DOS MELHORES MARCADORES 

17 GOLOS: Ricardo Cruz (Brito); 14 GOLOS: Gil (Maria da Fonte); 13 GOLOS: Flávio (Amares); Pedro Rui (Torcatense); 12 GOLOS: João André Rato (Marinhas); Rúben Feiteira (Marinhas); 11 GOLOS: Telmo (Merelinense); Canetas (Ninense/Serzedelo); Bié (Amares); Casinhas (Celoricense);10 GOLOS: Zezé (Taipas); Neto (Celoricense); 9 GOLOS: Zezé (Arões); Rogério (Águias da Graça); 8 GOLOS: Luís Salgueiro (Terras de Bouro); Geraldo (Porto d’Ave); Dúnio (Taipas); 7 GOLOS: Rui André (Merelinense); Moreno (Ronfe); João Miguel (Maria da Fonte); 6 GOLOS: Zé Manel (Taipas); Nelson Feliz (Celeirós); Danilo (Torcatense); Vitinha (Serzedelo); Maka (Amares); Simão (Maria da Fonte); Ângelo (Torcatense); Bruno (Taipas); Filipe (Arões); Diogo Soares (SP Arcos) Pepe (Celoricense); Belela (Ág. Graça); 5 GOLOS: Castro (Maria da Fonte); Rui Abreu (M.ª Fonte); Vitor Hugo (Joane);Tiago (Celoricense); Kevin (Porto d’Ave/Torcatense); André Costa (Ronfe); Barbosa (Marinhas); Pablo (Arões); Moreira (Celeirós); Hugo Dias (Ronfe/Maria Fonte); Miguel Lima (Joane); Nelinho (Amares); João Araújo (Merelinense) Rui Machado (Joane); João Ribeiro (Torcatense); Hugo Matos (Serzedelo); 4 GOLOS: Meira (Ninense); Cadete (Ninense); Belinha (Merelinense); Barbosa (Arões); Rui Gomes (Porto d’Ave); Carlos Campos (Ronfe); Zezinho (Arões); Elvio (Ronfe); Ricardo Sousa (Joane); Tiago Pereira (Ág.Graça); Best (Torcatense); Goody (Ág. Graça); Bispo (T. Bouro); Marco Lima (Celeirós); Bruno Telli (Ninense); Fábio (Serzedelo) e Sampaio (Arões);

Futebol Veteranos: IV Torneio Cidade de Fafe é já este Sábado

Texto: João Carlos Lopes

Torneio internacional com a presença do Sporting

- A partir das 15 horas de Sábado no Campo do OFC Antime com ENTRADA LIVRE

A IV edição do Torneio Internacional Cidade de Fafe, vai ocorrer este Sábado, dia 25 de Abril, nas instalações do OFC Antime, que desde a inauguração do sintético é a casa dos veteranos fafenses da UD Fafe A60. 

Para a edição deste ano estão confirmadas as presenças do Sporting Clube de Portugal, dos veteranos franceses do Union Sportive Ribecourt, dos insulares do Estrela da Calheta e obviamente da equipa organizadora da UD Fafe A60.

De lembrar que as primeiras três edições tiveram como vencedores, o Vitória de Guimarães, Rio Ave e Vega de Espinareda, respectivamente. 

O torneio tem entrada livre e as equipas vão usufruir das excelentes instalações proporcionadas pelo OFC Antime, que tem balneários para albergar as quatro equipas e os árbitros individualmente, com um piso sintético bem tratado e num excelente enquadramento paisagístico. Os Trofúes do torneio serão entregues na Quinta das Vinhas, onde a disposição dos participantes é sempre feita de forma a misturar os atletas de todas as equipas para fomentar o intercâmbio. Festa é boa disposição é algo que nunca falta nestas ocasiões. Por isso mesmo é que muitas equipas querem participar neste Torneio.

Relativamente à organização ninguém tem dúvidas que prima sempre pelo rigor, qualidade,, pelo saber estar e receber de uma forma que lhe permite deixar sempre saudades a quem vem a Fafe para jogar com a UD Fafe ou nos Torneios que organiza. Aliás todas as equipas que participaram neste torneio não pouparam nos elogios.

A organização do torneio está a cargo da UD Fafe A60, com a colaboração da Câmara Municipal de Fafe e os preciosos apoios das seguintes entidades: Rogernito - Contabilidade e Serviços; Vinhos Norte, J.G.L - Construções; Resifafe - Pavimentos Insdustriais, Lda; Joaquim A. Vieira - Construções; Invicta Cargo; Gomes da Silva - Seguros; MFP - Serralharia Civil; Golcar; Confecções Carlismar; Doce Retiro - Padaria Pastelaria; Moagem Cepanense - Farinhas, Cereais, Rações, Sementes, Leguminosas; Textêis Lilieste; Anabela & Cruz - Confecções interior exterior; CM2A - Confecções; Corteatever - Corte, embalagem e Confecção de Vestuário, Quinta das Vinhas e Montelongo Desportivo.

O alinhamento do Torneio já está organizado com o primeiro jogo a acontecer às 15 horas entre a UD Fafe A60 e a US Ribercourt, segue-se pelas 16 horas, o Sporting- SC com o Estrela da Calheta. Ás 17 jogar-se-á para o 3.º e 4.º lugar, estando a final marcada para as 18 horas. 

PROGRAMA 

15H00 | UDF A60 - US Ribercourt

16H00 | Sporting CP - Estrela da Calheta

17H00 | Apuramento 3.º e 4.º lugar

15H00 | Jogo da final do Torneio