.

.
.

sábado, 30 de novembro de 2019

1.ª Div. AFB | GD Silvares, 1 - D. Arco Baúlhe, 2 (Eficácia e falta dela)

REDAÇÃO

Perdeu quem mais quis ganhar 

O GD Silvares recebeu o Desportivo Arco de Baúlhe e voltou a não ter a sorte do seu lado, perdendo por 2-1. Este foi mais um jogo em que o resultado não espelha aquilo que se passou dentro do campo. 

Entrou bem o Silvares, a pressionar em cima, a controlar o jogo, na tentativa de fazer golo cedo, acabando por chegar aos 25' por Rafa. O Arco procurava o jogo direto sem causar perigo, até que aos 40' em mais uma bola bombeada, Zé Pereira saiu da baliza e no entender do árbitro cometeu penálti que deu o golo do empate. 

O resultado ao intervalo era injusto para o Silvares que na segunda  parte voltou a entrar forte estando 45' em cima do adversário, falhando várias ocasiões de golo.

O Arco de Baúlhe se limitou-se a defender e a queimar tempo mas aos 93' em mais uma bola bombeada aproveitando um mau alívio da equipa da casa chegou ao 1-2. 

O Silvares saiu bastante penalizado deste jogo porque foi durante os 90 minutos a única equipa que quis ganhar. 

Futsal - Taça Portugal | Nun'Álvares venceu Rio Ave (2-3) ÉPICO

TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES

Condestáveis foram enormes até ao fim 

O Grupo Nun'alvares eliminou o Rio Ave no Pavilhão deste por 3-2 no prolongamento após empate a duas bolas nos 40 minutos.

Alex e Tiago Nogueira deram vantagem de 2-0 ao GNA mas o Rio Ave reduziu antes do intervalo e na segunda para 2-1.

Na segunda parte o Rio Ave beneficiou de um autogolo de Ribeiro perto do final, quando jogava em 5x4 para chegar ao empate, e a segundos do fim Luís Paulo enviou ao poste.

No prolongamento Luís Paulo mandou mais duas bolas aos postes a primeira delas num livre de 10 metros e depois numa recuperação de bola do GNA Guedes colocou o marcador em 2-3.

Depois foi saber sofer até final e ainda atirar duas bolas ao lado quando o Rio Ave jogava em 5x4.

Uma vitória colectiva na equipa que ainda não conta com Rafa e neste jogo não teve também Ismael e Morrinho. 

O jogo teve ainda dois golos anulados ao Nun'Álvares e pelo menos um deles foi considerada falta ao guarda-redes quando na verdade foi ao contrário. No outro foi considerado que a bola tinha saído fora da linha lateral mas neste não nos é possível confirmar ou não essa situação.

No Rio Ave joga o pivot fafense João Miguel que muito trabalho deu aos condestáveis e assistiu para o primeiro golo dos rioavistas tendo estado envolvido no segundo. Mal aproveitado pelo seu treinador que o deixa demasiado tempo dentro e fora de campo. 

Pró-Nacional AFB | Arões SC, 5 - SC Cabreiros, 2 (Bis bis)

TEXTO E FOTO(ARQUIVO): JOÃO CARLOS LOPES 

Regresso às vitórias seis jogos depois 

O Arões SC regressou às vitórias, depois de seis jogos sem vencer, na recepção ao SC Cabreiros e de forma caprichosa pois conseguiu uma vitória expressiva por 5-2.

A equipa orientada por Rui Novais vencia por 2-0 ao intervalo com golos de Gil e de Ferreira uma margem confortável mas que não dava para relaxar.

Os bracarenses reduziram na segunda parte para 2-1 mas Ricardo Lousada haveria de colocar novamente a vantagem de dois golos. 

O Arões manteve-se  activo no jogo e Ferreira bisou ao ampliar o marcador para 4-1, o Cabreiros ainda reduziu para 4-2 mas Gil também bisou e ficou o resultado final em 5-2.

Na próxima jornada o Arões desloca-se a Vizela para jogar com o CCD Santa Eulália.  

Bilhar - Liga ABV (Fafe) - 8.ª Jornada | Café R surpreendeu os Restauradores

Equipa do Café R
REDAÇÃO 

Café Sueco 'A'  é agora líder mais isolado 

Jogou-se esta semana a 8.ª jornada da Liga de Pool ABV (Fafe), onde os líderes Suecos 'A' deslocaram-se ao Café da Eira para vencer por 4-1. A equipa de Estorãos soma e segue com 26 pontos na tabela.

Já os segundos classificados, Restauradores da Granja, foram completamente surpreendidos pela equipa do Café R, depois de estarem a vencer por 2-0. A equipa do Café R  deu cambalhota no marcador virando o resultado para 3-2 perdendo a Granja um precioso ponto, estando agora a dois do comandante, com 24 pontos .

Outra equipa que se destaca nesta jornada é a dos Suecos 'B' que recebeu em Estorãos a equipa 'A' de do Morrisson Bar que continua sem vencer e continua como lanterna vermelha. Já os Suecos 'B' ocupam o 3.º  lugar com 21 pontos.

No 4.º, 5.º e 6.º lugares encontram se três equipas todas com 20 pontos. São elas a equipa do GDCR Pardelhas  que recebeu e venceu os moreirenses do Café Casa Nova 'A' por 3-2. O Casa Nova 'B' recebeu o Bar do Século e foi derrotado por 3-2, somando os do Século a sua segunda vitória. , A equipa do Cafe 'R' com a vitoria na Granja junta-se também com 20 pontos.

O Café China deslocou se ao Pavilhão Nun'Álvares para conquistar os três pontos, derrotando uma equipa que vinha de duas vitórias consecutivas mas desta vez saíram derrotados por 3-2.

A grande surpresa da jornada aconteceu em Seidões, a equipa  dos Morrisson 'B'  recebeu e venceu por 3-2 a experiente formação do Bar da Estação de Cepães. Os cepanenses somam a quinta derrota em 8 jornadas, descendo para a 10.ª posição na tabela.

A próxima jornada esta agendada para os dias :

03 DE DEZEMBRO 2019 

Bar do Século - Café Sueco 'B'

Café Casa Nova 'A' - Restauradores da Granja

05 DE DEZEMBRO 2019 

Bar da Estação -  Grupo Nun'Álvares 

Café 'R' - Bar Morrisson 'B'

Café Sueco 'A' -  GDCR Pardelhas

Morrisson 'A' - Café da Eira

Café China - Café Casa Nova 'B'

1.ª Trail da Chafarica | Fique a conhecer todo o programa


sexta-feira, 29 de novembro de 2019

OFC Antime | 1.ª Gala Leões d'Ouro é já este Sábado

REDAÇÃO

Nesse dia será entregue a Bandeira da Ética Desportiva

O Operário Futebol Clube de Antime juntamente com a Escola de Futebol “Os Operários”, escola certificada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), vai organizar a 1.ª Gala “Leões d'Ouro” a realizar no dia 30 de Novembro de 2019 pelas 21:30 horas no auditório da junta de Freguesia de Antime.

Os Operários têm como objetivo celebrar valores e práticas éticas ao longo da temporada de 2018/19 no seu clube.

Este evento terá também a representação do IPDJ de Portugal para proceder à entrega da Bandeira da Ética Desportiva.

Bancada do Campo n.º 2 do Municipal de Desportos de Fafe já tem cobertura


TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES | FOTOS: DR

Faça sol ou chuva não há desculpa para não apoiar a AD Fafe

O Campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos, em Fafe, já tem cobertura parcial que muito vai ajudar no apoio aos jovens jogadores da equipa fafense. 

O primeiro jogo oficial a contar com esta cobertura será o dos Infantis B, na recepção ao Unidos do Cano/Aldão, este sábado pelas 9 horas da manhã.

Seguem-se, no mesmo dia os jogos dos Benjamins A e B contra Salgueiral e Antime, pelas 10:30 e 11.30 horas, respectivamente. 

Na tarde de Sábado, pelas 15 horas será a ver dos Juvenis A, entrarem em acção na recepção ao GD Joane. 

Como se pode ver pelas fotos a cobertura da bancada é parcial e está centrada na zona do meio campo mas a apanhar uma área considerável para cada lado incluindo a entrada onde podem ser fechados os guarda-chuvas. Agora faça sol ou chuva não há desculpa para não apoiar a AD Fafe. 

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Futsal | Todos os jogos da formação da AD Fafe

Futebol | Todos os jogos da formação da AD Fafe

ACD Portela | Já restam poucas vagas para o Jantar de Natal

Associação de Ciclismo do Minho | Ciclismo de lazer federado é mais seguro

REDAÇÃO 

O seguro desportivo cobre os acidentes resultantes da prática diária do ciclismo

Licença desportiva adequada à prática diária do ciclismo na via pública e à participação em eventos de ciclismo oficiais.

Inclui seguro desportivo com as coberturas de acidentes pessoais e responsabilidade civil.

Inscrições e renovações online em www.acm.pt (pagamento por multibanco).

Estão abertas as filiações e renovações de cicloturistas e betetistas, cuja licença desportiva inclui o seguro desportivo (acidentes pessoais e responsabilidade civil) dequado à prática diária do ciclismo na via pública (treino e deslocação) e à participação participação em eventos oficiais, como passeios e provas abertas (em Estrada ou BTT) ou "grandfondos".

Conferindo o direito ao seguro desportivo (acidentes pessoais e responsabilidade civil) e a cartão de identificação da Federação Portuguesa de Ciclismo, reconhecido pela União Ciclista Internacional, a emissão ou revalidação da licença de cicloturista ou de betetista tem o custo de apenas 35 €. 

O seguro desportivo cobre os acidentes resultantes da prática diária do ciclismo (estrada ou BTT), de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2020, em Portugal ou no estrangeiro, incluindo a participação em eventos oficiais licenciados pela Federação Portuguesa de Ciclismo. A filiação permite ainda o acesso a descontos diversos, ao abrigo dos protocolos celebrados pela Federação Portuguesa de Ciclismo e pela Associação de Ciclismo do Minho.

O pagamento da quota anual de filiação poderá ser efetuado por multibanco (dados fornecidos após o preenchimento do formulário). Embora não seja obrigatório, a Associação de Ciclismo do Minho aconselha a realização prévia de exame médico-desportivo.

Os praticantes poderão agrupar-se na Associação de Ciclismo do Minho individualmente ou em clubes/grupos, sendo a inscrição da agremiação gratuita.
O formulário de inscrição de clubes (disponível aqui) deverá ser assinado pelo presidente da entidade e pelo delegado desportivo para posteriormente envio para a sede da ACM.

Para esclarecimentos adicionais deverá contactar a Associação de Ciclismo do Minho (Rua das Violetas, nº 600, Urbanização da Atouguia, Bloco A, 2ª fase, 4810-059 Guimarães - Telefone: 253 416946, Telefax: 253 408839 – Email: geral@acm.pt).


CONDIÇÕES DO SEGURO DESPORTIVO 2020

Válido até 31 de Dezembro de 2020 para treino e eventos (Estrada ou BTT) ou circulação na via pública.


COBERTURAS ACIDENTES PESSOAIS (AP)
- Morte ou incapacidade permanente por acidente: 28 043,00€
- Despesas de tratamento e repatriamento por acidente: 5 000,00€  
- Despesas de funeral (gastos): 2 700,00€ 

COBERTURAS RESPONSABILIDADE CIVIL (RC)
- Capital coberto por associado, sinistro e anuidade: 50 000,00€


Notas:

- Inclui seguro de Acidentes Pessoais (AP) e Responsabilidade Civil (RC)
- Isento de franquia AP e RC
- Sem limite de idade
- Nos termos do art.14º do Decreto-Lei 72/2008, de 16 de abril, a apólice não cobre o risco de morte por acidentes para os menores de 14 anos, mantendo-se todas as restantes coberturas
- As apólices AP são válidas em Portugal e no resto do mundo e a apólice de RC é válida em Portugal e na União Europeia
- As coberturas permitem escolher livremente os prestadores de serviços médicos/outros

AF Braga - Seniores | Jogos de todas as divisões em que participam equipas de Fafe


DIVISÃO DE HONRA 

Futebol e Futsal | Todos os jogos do Arões SC

Campeonato de Portugal | AD Fafe desloca-se ao recinto da AD Oliveirense (Famalicão)

Futsal | Todos os jogos da formação do Nun'Álvares

Futsal - 1.ª Div. Nac. | Nun'Álvares recebe o líder Novasemente


Futsal - Taça de Portugal | Nun'Álvares desloca-se ao recinto do Rio Ave


quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Curso de cuidados básicos de Saúde | Destinado a todos os agentes desportivos


REDAÇÃO

Com suporte básico de vida e desfibrilhação automática externa

A Portugal Football School, em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Associação Nacional de Enfermeiros e Massagistas de Futebol (ANEDAF) e Associações de Futebol Regionais, lançam esta quarta-feira a primeira edição do Curso de Cuidados Básicos de Saúde, com suporte básico de vida e desfibrilhação automática externa (SBV e DAE).

Esta formação decorrerá entre os dias 13 de janeiro a 10 de fevereiro, na Cidade do Futebol, nas instalações da Associação Nacional Enfermeiros e Massagistas de Futebol (ANEDAF) e das seguintes Associações Distritais e Regionais de Futebol: Algarve, Angra do Heroísmo, Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco,Coimbra, Évora, Guarda, Horta, Leiria, Madeira, Ponta Delgada, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

O curso destina-se a todos os agentes desportivos que pretendam colaborar na resposta a situações de emergência que possam ocorrer no seio de um clube desportivo, estando estruturado em cinco módulos temáticos, que, articulados entre si, permitem uma progressão dinâmica na abordagem dos conteúdos de aprendizagem.

O primeiro módulo oferece aos participantes a aquisição de competências que lhes permitam realizar manobras de SBV e DAE numa vítima com paragem cardiorrespiratória. Os restantes módulos dotam os participantes de conhecimentos sobre primeiros socorros (feridas, hemorragias e traumatismos; lesões desportivas; proteção do jogador).

Pode preencher o formulário de candidatura no link:FORMULÁRIO

Para mais informações consulte o link AQUI

Andebol - 2.ª Div. Nac. | AC Fafe, 29 - Xico Andebol, 33 (Maré negra)

TEXTO E FOTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Terceira derrota seguida complica contas 

Depois das derrotas fora de portas contra FC Porto 'B' e Ginásio de Santo Tirso o AC Fafe regressou a casa para tentar inverter esse ciclo em jogo da 11.ª jornada da 1.ª Fase Zona 1 tendo perdido novamente com o vizinho Xico Andebol por 29-33.

Ao intervalo a equipa orientada por Armando Pinto perdia por 9-12 depois de um bom começo acabou por permitir que o adversário se superiorizar-se no marcador nos últimos dez minutos. 

Na segunda parte o jogo manteve-se equilibrado por muito tempo mas ainda assim terminou com vantagem da equipa visitante por 20-21.

Um resultado que deixou a equipa fafense mais longe dos lugares que dão acesso à fase de subida.

Luís Nunes apesar dos seus 40 anos voltou a ser o melhor marcador da equipa e do jogo com sete golos. No Xixo Andebol, Paulo Abreu e João Macedo foram os melhores marcadores com cinco golos cada.  

Na próxima jornada a equipa fafense desloca-se ao recinto do líder  Póvoa AC, em jogo a realizar na Póvoa de Varzim. 

AC FAFE: João Carvalho, Hugo Fernandes, Tiago Gonçalves, Daniel Miranda, Cláudio Mota (5), Miguel Fernandes (3), Pedro Ribeiro (2), Pedro Dantas (2), Luís Nunes (7), Afonso Ferreira (3), Vítor Ribeiro (2), Tiago Ribeiro, Virgílio Pereira (4), Mário Pereira (3), Tiago Silva, Luís Pereira  e Ivo Silva. Treinador, Armando Pinto.

Nun'Álvares disponibiliza autocarro por 3 euros para ida a Vila do Conde | Bilhete de jogo não está incluído


terça-feira, 26 de novembro de 2019

Div. Honra AFB | S. Paio Vizela, 2 - OFC Antime, 2 (Acreditar)

REDAÇÃO

Após dois golos de desvantagem e com 10

O Operário de Antime foi a São Paio de Vizela arrancar um empate a duas bolas, depois de ter estado a perder por dois golos de diferença.

Jogo disputado num terreno de jogo de dimensões muito reduzidas, o que proporciona um futebol mais directo.

Com as equipas muito encaixadas no seu posicionamento em campo, ambas exerciam uma forte reacção à perda da bola, pelo que o futebol foi mais de embate físicio e sem grandes aprimores  técnicos.

O Antime sofreu aos 20' uma contrariedade ao ver o seu jogador Matheus ser expulso. Por este facto o São Paio aproveitou para exercer algum domínio sobre os operários, mas nunca importunou com perigo a baliza à guarda de Zé Carlos, com excepção de aos 34' através de  um remate, já dentro da área, com a bola a passar mesmo junto à trave.

M​​​​​as ainda antes, aos 26', o Antime poderia ter inaugurado o marcador mas a cabeçada de Coelho embateu  na trave após cruzamento de Abílio.

Aos 40', o Antime ainda reclamou uma grande penalidade por um derrube sobre Ricardo Morais mas a equipa de arbitragem assim não entendeu.

O São Paio chegou ao golo aos 45' através de uma grande penalidade indiscutível, mas bastante contestada pelos jogadores do Antime a reclamarem falta de "fair play" dos jogadores da casa e com a condescendência da equipa de arbitragem, pois  Rui Abreu após queda aparatosa ficou deitado dentro da sua área defensiva a reclamar assistência médica.

A perder ao intervalo, o técnico do Antime, Paulo Soares, arriscou com a entrada do atacante Diogo, por troca com o médio Ricardo Morais, mas viu o São Paio ampliar o marcador aos 56'. Canto do lado esquerdo a bola foi metida ao segundo poste com o jogador vizelense a finalizar sem qualquer oposição.

Aos 60' Paulo Soares arriscou ainda mais com a saída do defesa Rui Abreu e a entrada de Pedro Mendes. A partir deste momento o Antime passou a ter mais  bola e com mais critério acercava-se mais da baliza do São Paio.

Aos 66' reduziu a desvantagem com alguma felicidade. Cruzamento de Abílio ao segundo poste e o defesa local com as costas introduziu a bola na sua própria baliza.

Este golo fez tremer o São Paio e galvanizou os jogadores do Antime que acreditaram até ao fim poder chegar, pelo menos, ao empate. Aos 90 minutos veio mesmo a consegui-lo, e que golaço. Livre à entrada da grande-área, descaído para a direita do ataque do Antime e Abílio, com um portentoso remate, fez um golo de levantar um estádio.

Empate que se aceita por aquilo que se passou em campo, onde o São Paio esteve melhor nos primeiros quarenta e cinco minutos e o Antime melhor na etapa complementar.

Boa arbitragem.

OFC ANTIME: Zé Carlos; Rafa, Rui Abreu (Morais, 60'), Óscar, João Ribeiro, Malhado, Ricardo Morais (Diogo, 45'); Abílio; Castanha (Pedro Mendes, 53'), Coelho e Matheus. Treinador, Paulo Soares. 

Esta quarta-feira o AC Fafe recebe o Xico Andebol e conta contigo

Juniores 1.ª Div. AFB | OFC Antime, 2 - Ases Santa Eufémia, 2

REDAÇÃO

Faltou aproveitar melhor as oportunidades 

Aos 7', o Antime poderia ter inaugurado o marcador, Diogo Castro entra na área descaído para a esquerda, já dentro da pequena área remata para grande defesa do guardião adversário para canto. Aos 8', chegou mesmo ao golo, canto batido por Jony para a área, onde apareceu Augusto de cabeça a inaugurar o marcador.

Aos 31', o Santa Eufémia poderia ter chegado à igualdade, livre batido para área onde apareceu um jogador adversário sozinho a cabecear por cima da barra. Aos 43' chegou mesmo, canto batido ao segundo poste onde apareceu o Luís Fernandes a fazer a igualdade.

Na segunda parte, aos aos 46' o Antime esteve perto de fazer o segundo golo. Grande jogada de Augusto que remata para grande defesa do guarda redes adversário, defendendo para a frente, onde apareceu Jony, com a baliza toda aberta a rematar por cima da barra.

Aos 55' o Santa Eufémia chegou ao seu segundo golo, num canto em que a bola foi metida para o segundo poste, Geninho defende para a barra com a bola a ressaltar para a zona de penalti onde apareceu Pedro Nogueira a fazer o 1-2.

Aos 63 minutos Augusto isola-se mas permite a defesa do guarda redes adversário. O Antime perdia muitas oportunidades de golo.

Aos 81', o Antime chegou à igualdade, livre batido por Diogo Castro ao segundo poste , onde apareceu Freitas a rematar para o 2-2.

Aos 89' novamente Augusto isolado, permitiu a defesa do guarda redes do Santa Eufémia.

Uma boa arbitragem do fafense Pedro Alves e seus pares.

OFC ANTIME: Geninho; Robinho, Augusto, Rocha (c), Jony, Francisco Pires, Almeida, S. Brás, Diogo Castro, Chiquinho e Nandinho. Jogaram ainda: Freitas ,Rui Oliveira e Marinheiro. Ricardo Teixeira.  

BTT | Nem a chuva afastou os 225 participantes do 5.º Passeio da Roda Regadas

REDAÇÃO

Um Evento que agradou a todos 

No passado dia 24 de Novembro, realizou-se o 5.º Passeio de BTT, organizado pela equipa GCDR Roda Regadas. 

Este evento contou com a presença de 225 participantes. Além dos fafenses, marcaram presença betetistas de várias localidades , desde Ribeira de Pena até Peniche o número de participantes só não superou o dos últimos anos devido as condições climatéricas. 

No final a satisfação dos participantes era enorme, tudo isso graças ao esforço realizado pela secção de ciclismo do Grupo Cultural e desportivo de Regadas (Roda Regadas). 

Para saudar e bem receber todos os participantes marcaram presença o veredador do Desporto da Câmara municipal de Fafe, Pompeu Martins, a presidente da Junta de Freguesia de Regadas Laura Alves e o presidente do Grupo Cultural e Desportivo de Regadas, Zézé Lobo. 

Desde Regadas; Ardegão; Seidões; São Bartolomeu e Borba, todas estas freguesias foram presenteados com a passagem dos amantes do BTT. 

A equipa Roda Regadas agradece a todos os participantes, colaboradores e patrocinadores. 

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Arões SC | Estão abertas as inscrições para o Jantar de Natal

Futsal Fem - Juniores AFB | Santa Luzia, 1 - Nun'Álvares, 4

REDAÇÃO

Condestáveis bem iluminadas 


A equipa júnior feminina do Nun'Álvares deslocou-se a Viana do Castelo para defrontar o Santa Luzia, na quinta jornada do Campeonato Interdistrital e venceu por 4-1.

O jogo começou equilibrado com o Nun'Álvares a ser sempre mais ofensivo e perigoso. Aos 22' Leninha inaugurou o marcador. Aos 24' a equipa da casa empata a partida, para no minuto seguinte Larinha pôr novamente as condestáveis na frente do marcador. O intervalo chegou com as fafenses a vencerem por 2-1.

Na segunda parte a equipa do Nun'Álvares foi mais compacta, organizada e ia sempre criando mais perigo do que o adversário. Aos 12' a capitã Inês aumenta a vantagem com um belo remate de fora da área e Leninha bisa na partida ao minuto 21 da segunda parte, fechando o marcador em 1-4. 

Foi uma vitória importante, depois de na semana passada a equipa de Luís Barros e Cátia Coelho ter sofrido uma derrota caseira. Neste momento o Nun'Álvares está na terceira posição, a um ponto da dupla da frente, Académicos e S. Mateus, que será o próximo adversário.

NUN'ÁLVARES: Mariana, Andreia, Carol, Leninha e Teresa. Suplentes: Maria, Joana, Inês (C), Beatriz, Rita, Larinha e Jenifer. Treinadores: Luís Barros e Cátia Coelho

domingo, 24 de novembro de 2019

Futsal - 2.ª Div. Nac. | AD Fafe, 5 - Amigos de Cerva, 1 (Focados)

TEXTO: JCL | FOTO: DR

Segundo melhor ataque tem feito mossa 

Depois do empate na jornada anterior também em casa com o Nogueiró e Tenões, a AD Fafe recebeu os Amigos de Cerva, equipa orientada pelo fafense Hugo Oliveira, tendo construído uma vitória robusta ao vencer por 5-1. 

Os golos da equipa orientada por Alex Pinto foram assinados por André, que rubricou duas vezes, Bertinho, João Mota e Carlos André.

O Fafe tem o segundo melhor ataque da série com 32 golos, menos seis que o líder Macedense. Já no diz respeito à defesa é a quarta melhor. 

Na próxima jornada desloca-se a Lordelo, equipa vimaranense que tem os mesmos 14 pontos que o Fafe, ambas com menos três que os dois primeiros, Macedense e Nun'Álvares. 


Futsal 2.ª Div. Nac. | Nun'Álvares, 4 - Contacto Futsal, 0 (Dois bis)

TEXTO: JOÃO CARLOS LOPES 

Melhor defesa e um dos piores ataques 

Os seniores do Grupo Nun'Álvares receberam na tarde de Sábado a formação cabeceirense do Contacto Futsal e levaram a melhor ao vencerem por 4-0, o que lhe permite continuar com os mesmos pontos do líder Macedense. 

O resultado não revela as dificuldades que os condestáveis sentiram na quadra tendo chegado o intervalo sem que o marcador tivesse funcionado. 

Na segunda parte a equipa orientada por Hugo Oliveira acabou por ser mais eficaz que a de João Nuno Sousa e obter quatro golos com bis de Maia e Luís Paulo. 

Um factor importante é que o Nun'Álvares tem até ao momento a melhor defesa da Série A com 15 golos sofridos em oito jogos. Este foi o segundo jogo em que não sofreu qualquer golo, o outro tinha sido em Lordelo onde venceu por 1-0. Já no que diz respeito ao ataque o GNA é a segunda pior equipa com 25 golos marcados. De referir que Hugo Oliveira ainda não contou esta temporada com um dos seus melhores jogadores, o ala Rafa. 

Na próxima jornada o GNA desloca-se ao Concelho de Ribeira de Pena para defrontar a equipa do seu antigo treinador que tem o mesmo nome do actual, Hugo Oliveira, Amigos de Cerva. 

Equipa do GCD Regadas no jogo com o GD Silvares | 23.04.2019


Equipa do GD Silvares no jogo com o GCD Regadas | 23.04.2019


Futsal 1.ª Div. Nac. | Póvoa Futsal, 1 - Nun'Álvares, 5 (Hat-trick de Leninha)

TEXTO: JCL

Que esta vitória traga mais alento 

Depois das derrotas em casa contra o Águias de Santa Marta e fora contra o Santa Luzia as seniores do Grupo Nun'Álvares estão de regresso às vitórias ao vencerem no recinto do Póvoa Futsal por 5-1. 

Ao intervalo a equipa orientada por Rui Pedro Cunha já vencia por 2-1. Nádia inaugurou o marcador, a equipa da casa empatou e Leninha devolveu a vantagem chegando.

Na segunda parte, Leninha bisou e aumentou para 1-3, Ana Loira fez o 1-3 e Leninha chegou ao hat-trick ao fechar o marcador em 5-1.

Na próxima jornada o GNA recebe o líder Novasemente.  


Andebol - 2.ª Div. Nac. | GC Santo Tirso, 29 - AC Fafe, 26 (Derrapagem)

TEXTO E FOTO (ARQUIVO): JOÃO CARLOS LOPES 

Contra o Xico em casa é importante o apoio do público 

O Andebol Clube de Fafe não começou da melhor forma a segunda volta da primeira fase do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão ao perder em Santo Tirso com o Ginásio Clube local por 29-26. 

A equipa de Armando Pinto ainda se superiorizou na primeira parte do jogo, chegando ao intervalo com um parcial de 10-11 mas na segunda metade os locais foram mais eficazes no ataque e venceram por um parcial de 19-15. 

Luís Nunes foi o melhor marcador do jogo, com 10 golos. Registo ainda para os cinco de Cláudio Mota. No Santo Tirso o melhor foi Tiago Pereira com sete golos. 

Na próxima jornada a equipa fafense recebe o Xico Andebol e tem obrigatoriamente de vencer depois destas duas derrotas contra Porto 'B' e Santo Tirso.

AC FAFE: João Carvalho, Hugo Fernandes, Tiago Gonçalves (2), Daniel Miranda (1), Cláudio Mota (5), Miguel Fernandes, Pedro Ribeiro, Pedro Dantas (1), Luís Nunes (10), Afonso Ferreira, Vítor Ribeiro, Virgílio Pereira (3), Mário Pereira (3), Tiago Silva, Luís Pereira (1) e Ivo Silva. Treinador, Armando Pinto.

1.ª Div. AF Braga | GCD Regadas, 1 - GD Silvares, 0 (Muito aguerrido)

TEXTO E FOTOS: JOÃO CARLOS LOPES 

Desvio de Antunes leva Regadas ao comando 

Regadas e Silvares protagonizaram um dérbi intenso com duas equipas muito aguerridas na pressão sobre a bola sem dar muita margem de progressão e que terminou com a vantagem de 1-0 para os da casa, golo apontado por Antunes aos 55', na sequência de um pontapé de canto, mas com o Silvares a discutir o resultado até ao apito final, apesar de ter ficado reduzido a dez aos 58'. Com esta vitória o Regadas chega ao comando da classificação enquanto o Silvares cai alguns lugares na tabela.

Com o Regadas moralizado pelas cinco vitórias consecutivas e o Silvares a vir de uma série menos boa, ambas as equipas quiseram vencer este jogo de início a fim, a de Marcelo Fernandes para manter a senda vitoriosa e a de Sérgio Costa para quebrar o ciclo negativo cujos resultados não se coadunam com as exibições. 

A equipa da casa tentou fazer uso da rapidez dos seus extremos mas a pressão alta do Silvares estancou essa pressão inicial ainda que tivesse a oportunidade de marcar aos 11' por Jorge Carneiro cujo remate dentro da área foi desviado para canto. Aos 15' foi Joãozinho a tentar a meia distância mas a sair ao lado. 

O Silvares dispôs de um livre à entrada da área aos 17' em que Tomé atirou contra a barreira e um companheiro na recarga não acertou na baliza. Aos 28 foi Samu II a cruzar para Filipe que cabeceou na área ao lado. O Silvares ainda dispôs de novo livre aos 31' em que Rafa servido por Tiago atirou por cima. 

Na segunda parte o Silvares entrou mais forte e aos 50' Jorginho servido por Joãozinho esteve perto de inaugurar o marcador. Até que aos 55' Rafinha cobrou um canto do lado direito, a bola sobrou para a entrada da área onde estava Jorginho a rematar forte para o desvio providencial de Antunes área fazer o único golo do desafio. 

O Silvares ficou reduzido a 10 elementos aos 58' quando Joãozinho ia a isolar-se para a baliza e foi travado em falta pelo guardião Artur já distante da sua área. Sérgio Costa teve que retirar Tomé para a entrada do jovem guarda-redes Zé Pereira.


Apesar de jogar com menos um elemento o Silvares não baixou os braços e o Regadas não tirou muito partido da superioridade numérica mantendo-se um jogo muito equilibrado. 

O Silvares ainda dispôs de um livre de Ratão aos 87', com a bola a sobrar para Zé Adão com este a rematar ao lado. 


Jogo no Campo das Novas Cerdeirinhas, em Regadas. 

Árbitro, José Silva, auxiliado por Daniel Vale e José Lopes. 

GCD REGADAS: Fábio; Antunes, Sobrança, Tiago, Sobrança, Pauleta, Buga, Jorge Carneiro, Joãozinho (Fernando Beijinhos, 75'), Teixeira (Bruno, 80'), Jorginho (Coelho, 90') e Rafinha. Treinador, Marcelo Fernandes. 

GD SILVARES: Artur; Filipe, Ratão, Diogo, Zé Adão, Rafa, Samu I, Samu II (Hugo, 79'), Biscate (Baió, 52'), Tomé (Zé Pereira, 59') e Coelho. Treinador, Sérgio Costa.

GOLO: Antunes, 55'.

sábado, 23 de novembro de 2019

Natação | Diana Durães pulverizou recorde nacional absoluto dos 1500m livres

REDAÇÃO

Uma nadadora doutro mundo 

Diana Durães (Benfica) estabeleceu este sábado um novo recorde nacional absoluto nos 1500 livres, durante a sessão da tarde dos Campeonatos Regionais de Juvenis, Juniores e Seniores da Associação de Natação do Norte de Portugal que estão a decorrer na Piscina Municipal de Felgueiras.

A competir em regime de extra-competição, a nadadora, que já tem mínimos para os Jogos de Tóquio-2020, completou a distância em 15.55,19, superando o anterior máximo de 15.58,19 que já lhe pertencia desde dezembro do ano passado, também obtido na mesma piscina.

Nestes dois dias de competição, vários recordes caíram nas estafetas mistas: 4x100 livres - Fluvial Portuense (Vasco Cunha, Inês Nogueira, Ema Ribas e Vasco Alves) – 4.08,00 – Juvenis e Juvenis B; Leixões (David Antunes, Vítor Tato, Luísa Quinta e Joana Silva) – 3.59,98 – Juvenis A e Juvenis; FC Porto (Porfírio Nunes, Catarina Ferreira, Pedro Santos e Ana Rita Faria) – 3.41,86 – 19+ e Seniores; Colégio Efanor (Bernardo Ferreira, Samson Costa, Mariana Cunha e Ana Rita Oliveira) – 3.45,27 – Juniores; 4x100m estilos - FC Porto (Maria Francisca Cabral, Alexandre Amorim, João Sousa e Ana Rita Ramos) – 4.03,93 – Seniores; Fluvial Portuense (Carolina Rocha, Rui Silva, João Cunha e Madalena Santos) – 4.21,17 – Juniores.

Participam 411 atletas (237 masculinos e 174 femininos) em representação de 21 clubes.

Div. Honra AF Braga | ACD Pica, 4 - Ruivanense AC, 0(Bis de Ruben)

TEXTO E FOTO (ARQUIVO): JOÃO CARLOS LOPES 

Jogo de transição deu goleada à Costa 

A ACD Pica fez o primeiro jogo após a saída de Rafael Leite, sob o comando interino de Henrique Costa, com o novo treinador Vítor Pacheco a assistir e acabou por fazer um resultado robusto ao vencer o Ruivanense AC por 4-0.

O primeiro golo da Pica golo surgiu aos 25', numa jogada pelo lado esquerdo, cruzamento rasteiro de Pedro e um jogador famalicense a marcar na própria baliza. O segundo golo apareceu aos 38', numa jogada em que Flávio pica a bola por cima da defesa para Ruben e este depois a fazer um chapéu ao guarda redes.

Na segunda parte, aos 67', Chiquinho sofreu penalti que Dedé bateu para o 3-0. Aos 73' Henrique Costa tirou André Jardim para a entrada de Laureano e aos 77', Ruben bisava e fechava a contagem em 4-0.

Ainda houve tempo para a estreia de Feirinha aos 78' para render Chiquinho aos 87' foi Dedé a dar a vez a Duarte.

ACD PICA Tozé; Norberto, Henrique, Lemos, Pedro, Flávio, Tozé, Dedé, Chiquinho, André Jardim e Ruben. Treinador, Henrique Costa.

Fut. Popular - AMAF | GA Travassós, 0 - ADCR Santa Cristina, 1 (Carlos resolveu)

REDAÇÃO

Quatro expulsões em jogo pacífico

O GA Travassós, após a saída do treinador, Sérgio Pereira, tentou dar uma resposta positiva nesta fase do campeonato e até começou melhor que a experiente  formação do Santa Cristina mas, também, a qualidade desta equipa foi determinante perante um GAT que, mais uma vez, pagou caro os seus erros, tendo os visitantes vencido por 1-0.

A primeira parte foi bastante equilibrada cabendo ao GA Travassós a primeira oportunidade de golo, numa situação de falta de concentração pois Raul facilmente fazia o golo, sobrando a bola para Bagano que em posição ilegal encostou para o fundo das redes. 

O Santa Cristina chegaria à vantagem num lance em que Zé Manel facilitou e Carlos ganhou o lance não dando hipóteses a Vaz. A segunda parte foi parca em ocasiões de golo, com o GAT na procura do empate e o Santa Cristina a controlar, sem apostar muito no ataque. Sem ser um jogo violento, as equipas acabaram o encontro reduzidas a nove elementos.

LANCES PRINCIPAIS 

6’: Raúl desvia a bola do guarda-redes e, quando podia finalizar, deixou para Bagano que estava em posição de fora-de-jogo.

11’: Golo- falha defensiva e Carlos a ganhar o lance, isolando-se e subtilmente a elevar a bola sobre Vaz e inaugurar o marcador.

21’: Livre direto de Faruta para defesa tranquila de Rodrigues.

40’: Bom remate de Pincha para defesa de Vaz.

42’: Fred e Mota são expulsos num lance em que se envolveram de forma mais rispída.

Intervalo:0-1

57’: livre direto, descaído não direita, marcado por Hélder a obrigar Rodrigues a boa defesa.

60’: Remate forte de Hélder a sair à figura de Rodrigues.

77’: Excelente oportunidade do ataque do Santa Cristina.

78’: Miranda expulso por acumulação de amarelos. GAT reduzido a nove.

88’: Santa Cristina reduzido a nove por expulsão de Zé que levou o segundo amarelo.