.

.

terça-feira, 31 de Agosto de 2010

Regadas apresenta-se Sábado contra o Travassós

Texto: João Carlos Lopes
.
Muita juventude com sede de vitórias
 .
O Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Regadas, que vai militar na 2.ª Divisão Distrital, na presente temporada vai fazer a apresentação da sua equipa, no próximo Sábado, pelas 17 horas, no seu parque desportivo, contra a equipa da 1.ª Divisão, mas também do Concelho de Fafe, do Grupo Desportivo de Travassós.
.
Recorde-se que o Regadas será orientado por Jorge Teixeira que terá como adjunto Duarte Teixeira, estando ainda em aberto um lugar para preparador físico.
.
Apesar de fazer agora a apresentação aos associados e simpatizantes, de recordar que esta equipa participou recentemente no Torneio de Silvares, onde ficou no terceiro lugar. É uma formação recheada de jogadores com espírito guerreiro e vontade de vencer, da qual se espera um bom campeonato.
.

Taça AF de Braga também tem dérbi na 1.ª Eliminatória

Texto: João Carlos Lopes
 .
Fornelos mede forças com o Antime
 .
O sorteio da Taça AF de Braga determinou um dérbi entre o Fornelos, de Carlos careca e o Antime de Vítor Pacheco. Os jogos desta competição estão agendados para 11 e 12 de Setembro relativamente à primeira mão e para cinco de Outubro a segunda mão.
Nas restantes partidas, o Agrupamento de Santa Cristina de Marcelo Freitas, recebe o Águias de Alvite; o Travassós, de Paulinho, faz a recepção ao Guilhofrei, o Silvares, de Luís Alberto, desloca-se a Cavez,  o Pica, de Carlos Salgado viaja até Mosteiro e o Regadas de Jorge Teixeira, viaja até S. Nicolau.
.

Calendário da 1.ª Divisão da AF de Braga

Texto: João Carlos Lopes

Antime recebe o Travassós na segunda jornada

O calendário da 1.ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Braga reservou logo para a segunda jornada um dérbi entre as equipas fafenses do Antime e do Travassós, com a contenda a disputar-se no terreno do Operário.
.
Na primeira jornada, aprazada para o fim-de-semana de 18/19 de Setembro, o Pica, de Carlos Salgado, recebe o Atlético Cabeceirense de Luís Carlos, enquanto o Silvares, de Luís Alberto, joga em casa com o Águias Negras de Tabuadelo. Já o Travassós estreia-se no seu terreno com os bracarenses do Lagense.
.
No que respeita a dérbis, o Antime cruza-se com o Silvares à quarta jornada, em casa dos antimenses e o Silvares recebe o Travassós à quinta ronda. Na sétima jornada haverá um Pica-Antime e na oitava um Travassós-Pica. O último dérbi da primeira volta disputa-se à décima jornada entre o Silvares e o Pica, na casa do primeiro. De recordar que o campeonato, se correr dentro da normalidade, terá trinta jornadas.
.

segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

Legião Estrangeira - Começou a II Liga

Texto: João Carlos Lopes / Fotos sites ligados aos clubes ou jogadores
.
Fafenses fazem o pleno em tempo de jogo
.
No arranque da II Liga de Futebol todos os fafenses que militam neste escalão foram titulares sem terem sido substituídos, o que equivale a dizer que fizeram uma pré-época convincente ganhando a confiança dos respectivos treinadores, o que só eleva o futebol fafense e a formação feita na AD Fafe onde todos eles passaram pelas camadas jovens.

Nesta primeira ronda nem todos ganharam mas também não houve quem perdesse. Para começo não se podia pedir melhor.

O GIL VICENTE, de Sandro, recebeu e bateu o Trofense por 2-1, estreando-se da melhor forma nesta temporada. O galo começou a cantar logo na alvorada da temporada, se não se calar lá se vai o sossego.

O MOREIRENSE, de Castro, recebeu, a abrasileirada equipa do Estoril, onde joga um ex-AD Fafe, Nelsinho, com os Cónegos a vencerem por 1-0. Apenas um canto gregoriano chegou para dizer Aleluia!

O SANTA CLARA, de Bruno Monteiro, jogou em casa com o recém-promovido Arouca tendo registado uma igualdade a uma bola. O anticiclone dos Açores deve ter influído no resultado.

O FEIRENSE, de Henrique, recebeu o Freamunde, tendo a contenda terminado da mesma maneira que se iniciou, sem golos. Feira e “capões” são uma combinação de coexistência. Talvez venha daí o nulo.
.

domingo, 29 de Agosto de 2010

Médio Samu assinou pelo GD Ribeira de Pena

Texto e foto: João Carlos Lopes
.
Mostrou serviço apenas numa época de sénior
.
O jovem médio Samu, que na época passada deu nas vistas ao serviço do Grupo Desportivo de Silvares, está de malas aviadas para o Grupo Desportivo de Ribeira de Pena, equipa que disputa a Divisão de Honra do campeonato Distrital de Futebol da Associação de Vila Real.
.
Por norma, os jogadores jovens que saem da formação têm alguma dificuldade em impor-se, no entanto Samu parece ser um caso á parte pois na primeira época de sénior após ter saído da formação da AD Fafe, revelou-se um jogador maduro dentro de campo.
.
Trata-se de um atleta rápido que faz bem as diagonais e que ao mesmo tempo é irreverente dentro de campo o que torna difícil de o marcar quando em situiação de ataque. ´
.
Samu junta-se a outros dois fafenses naquele clube transmontano, Celso seu antigo colega no GD Silvares e Billa (ex-OFC Antime).
.

Torneio de Silvares - Final: GD Silvares, 1 - Atei, 0

.
Texto e fotos: João Carlos Lopes
.
Quim não deixou sair o troféu
.
O Grupo Desportivo de Silvares, do treinador Luís Alberto,  surpreendeu ao arrecadar o torneio que a própria colectividade organizou, levando de vencida, na final, a formação da Divisão de Honra da AF de Vila Real, Atei Futebol Clube, equipa onde jogam os fafenses, Óscar, Rui, Aldo, Nuno Freitas e Dani (em breve falaremos deste contingente de jogadores).
.
No primeiro período da partida a equipa do Atei teve ascendente sobre os homens da casa mas não materializou em golo nenhuma das seis oportunidades em que o podia ter feito. Pode-se até queixar da sorte porque enviou uma bola ao poste neste período.
.
O Silvares teve menos oportunidades mas fez tudo por tudo para chegar perto da baliza adversária e, pelo menos em duas ocasiões também poderia ter marcado.
.
Ao intervalo a igualdade a zero bolas parecia deixar satisfeitos os dois treinadores.
.
No segundo tempo o Silvares apareceu transfigurado para melhor, fazendo recuar a formação do Concelho de Mondim de Basto no terreno e acercando-se com bastante perigo da baliza forasteira.
.
O único golo da partida aconteceu aos 57 minutos com o ex-júnior do Clube Desportivo Celoricense, Manel, a ter uma arranca fulminante e a ver o guarda-redes contrário negar-lhe o golo, no entanto, na recarga, Quim estava no sítio certo e atirou para dentro da baliza. Apenas uma palavra para o Manel que tem muito bons pés e parece ser um jogador acima da média, apesar da sua ainda muita juventude.


.
A reacção esperada do Atei não surgiu e o Silvares continuou por cima na partida.
.
Já com Óscar em Campo, o Atei começou finalmente a reagir a cerca de vinte minutos do final. Desperdiçou algumas ocasiões para fazer o empate e Óscar ainda enviou uma bola à trave da baliza do Silvares. No meio destes vinte minutos finais, os da casa também tiveram uma oportunidade para ampliar que desperdiçaram.
.
Com uma equipa quase feita de recurso o Silvares surpreendeu pela positiva pois os seus jogadores parecem estar imbuídos de espírito de luta e sacrifício, entregando-se de corpo e alma ao jogo. A ver vamos se vão manter este estatuto nos jogos oficiais.
.
Quanto ao Atei, onde o fafense Óscar é capitão, notou-se ainda falta de entrosamento e de ritmo competitivo, o que é natural para início de época. No entanto deu indicações, que após acertar essas agulhas, poder fazer uma época tranquila na Divisão de Honra da AF de Vila Real, a exemplo do que tem feito nas últimas temporadas.
.
Jogo realizado no Campo Professor Manuel José Dias
.
Árbitro: Armando Gonçalves, auxiliado por José Peixoto e Luís Manuel.
.
GD SILVARES: Vitinha; Luciano, Pinto, Fábio, Miguel Pi, Nuno, Samu, Carlos, Manel, Ivo e Quim. Jogaram ainda: Preto, Coelho, Buba, Lemos, Fábio, Secundino, Vitorino e Tiago. Treinador, Luís Alberto.
.
ATEI FC: Rabiola; Guima, Aldo, Ricardo, Roberto, Rui, Guicho, Fintas, Nuno, Zé Russo e Junior. Jogaram ainda: Gabi, Miguel, Tiago, Pedro, David e Luís. Treinador, Carlos Silva.
.
MARCADOR: Quim, 57.


.
Regadas ficou em 3.º lugar
- Talho fez hat-trick
.
No jogo de atribuição do 3.º e 4.º lugar, o Regadas, comandado por Jorge Teixeira, levou de vencida a equipa de Juniores do Maria da Fonte por 5-3, registando-se uma igualdade a uma bola ao intevalo. Aqui o destaque vai para o ex-União Moreirense, Talho, que só á sua conta apontou três golos, prometendo alimentar esta equipa do Regadas como o fazia em Moreira de Rei. Os outros dois golos dos fafenses foram apontados por Nelson e Russo.
.
Também o Regadas, treinado por Jorge Teixeira, deu boas indicações de poder vir a fazer um bom campeonato e surpreender toda a gente. Tem uma equipa jovem mas muito voluntariosa com uma entrega total ao jogo e uma vontade enorme de vencer que parece estar no sangue dos jogadores desta equipa.

Torneio Vila de S. Torcato: Taipas, 2 - Arões, 2 (5-4 g.p)

.
Valeu pela rodagem da equipa
- Serzedelo foi o vencedor do Torneio
.
O Arões Sport Clube empatou a partida com o Clube Caçadores das Taipas a duas bolas, no jogo de atribuição do 3.º e 4.º lugar, mas cedeu na marcação de grandes penalidades.

Tal como já tinha acontecido no jogo anterior com o Serzedelo, que venceu a final deste torneio com vitórria de 3-2 sobre o Torcatense, os fafenses voltaram a não temer o estatuto de equipa nacional do Taipas. Ao intervalo registava-se uma igualdade a uma bola. 

No segundo tempo as equipas marcaram mais um golo cada uma.

As grandes penalidades parecem fáceis mas são como os melões, só depois de marcadas é que se sabe. Aí o Taipas foi mais feliz mas o Arões deixou uma imagem digna e, apesar do último lugar, honrou as suas cores porque lutou até ao fim. 
. 

sábado, 28 de Agosto de 2010

Futsal: Benfica venceu o Torneio Cidade de Fafe

Texto e foto: João Carlos Lopes
.
Um desfecho previsível
.
Ainda que a formação do Modicus tenha feito resistência, nomeadamente na primeira parte, em que sofreu apenas um golo, a equipa do Benfica acabou por fazer valer o seu estatuto e arrecadar o 1.º Torneio de Futsal Cidade de Fafe, ao vencer, o jogo da final, por 7-1. 

Com um pouco menos assistência que no dia anterior o Pavilhão Multiusos de Fafe voltou a registar uma boa moldura humana para assistir aos dois jogos da tarde.

No que respeita ao 3.º e 4.º lugar, o confronto entre a Fundação Jorge Antunes e o Boavista resultou numa vitória para os vizelenses por 4-1.

O que se notou neste torneio foi um Benfica, sem se aplicar a fundo, à velocidade da luz e as outras equipas a ficarem a alguns planetas de distância na qualidade de Futsal apresentada. Isso corresponde à diferença entre o profissionalismo e o amadorismo.
.

Jogo-treino seniores: AD Fafe, 4 - FC Vizela, 2



Texto e fotos: João Carlos Lopes
.
Big show Fafe
- Esta equipa promete muito
.
O Fafe venceu sem espinhas o Futebol Clube de Vizela por 4-2, no último jogo agendado para a pré-epoca. Os fafenses deram mesmo espectáculo em praticamente todo o jogo, quer com o onze inicial, que deverá corresponder à equipa titular, quer com os restantes jogadores que entraram na partida. A equipa cantou em uníssono e a melodia arrancou sorrisos dentro e fora do campo. A verdade é que os quatro podiam ter sido quase outros tantos, tal foi o empenho de todos os fafenses, sem qualquer excepção, dentro de campo. Este foi sem dúvida o melhor jogo de pré-época que vimos fazer aos fafenses, sendo certo que não os vimos todos.
.
A turma orientada por Agostinho Bento entrou determinada no jogo e logo aos três minutos colocou-se em vantagem. Jorginho marcou um canto, a bola sobrou para Silvestre que a colocou no fundo das malhas fora do alcance do guarda-redes.
.
Até aos 32 minutos o Fafe foi dono e senhor do jogo, altura em que o Vizela despertou um pouco para a partida. Mesmo assim, o Fafe podia ter ampliado aos 35 minutos quando se encontrou em superioridade numérica no ataque e desperdiçou essa grande ocasião.
.
Na jogada seguinte o Vizela chegou à igualdade com a bola a surgir do lado esquerdo e a ser introduzida na baliza com uma antecipação com o pé ao primeiro poste. Três minutos depois, os vizelenses podiam ter chegado à vantagem. Foi o melhor e praticamente único bom período do Vizela.
.
O Fafe marcou pela segunda vez antes do intervalo, com Silvestre a bater forte uma bola parada que o guarda-redes não susteve e Mike, na recarga a não perdoar.
.
No segundo tempo o Vizela chegou á igualdade logo nos primeiros minutos na conversão de uma grande penalidade.
.
O Fafe reagiu e bem e, aos 55 minutos, colocou-se de novo em vantagem. Jorginho cruzou com conta peso e medida para o pé de Hugo que, ao primeiro poste, meteu a bola na baliza. Cinco minutos depois, Primo esteve perto de marcar para os fafenses, mas a bola saiu rente ao segundo poste.
.
Aos 63 minutos, João Nogueira atirou à malha lateral. Aos 69, gerou-se a confusão dentro do campo com alguns empurrões entre jogadores que no entanto acabaram por se entenderem de forma a permitir que o jogo prosseguisse, sendo certo que os treinadores fizeram a sua parte ao retirarem os contendores envolvidos na quezília.
.
Aos 77 minutos o Fafe massacrava o Vizela já com a equipa inicial praticamente toda alterada, tendo sido mal anulado um golo legal obtido por Jader. Aos 78 Ferrinho obrigou o guarda-redes do Vizela a grande defesa. O Fafe pressionava e o quarto golo era iminente.
.
Aos 80 minutos, João Nogueira marcou, de forma rápida, um livre com a ajuda de Agostinho Bento que disse a Carneiro para ser ele a marcar o que distraiu os adversários. Na verdade, a bola foi endossada para o próprio Carneiro (ex-Joane) com este a mandar um bilhete à baliza e a fazer um grande golo.
.
Depois do quarto golo ainda podiam ter acontecido mais a favor do Fafe. No entanto as situações criadas acabaram por não resultar em mais produtividade, embora o que fez  tenha sido muito bom. O aproveitamento do jogo e a forma como o Fafe se exibiu foi simplesmente excelente.
.
Esta equipa promete fazer um bom campeonato. As indicações que tem dado vão todas nesse sentido. Oxalá que assim seja.
.
O treinador fafense, Agostinho Bento, apresentou o seguinte onze inicial: Ricardo; Primo, Xavi, Zé Manel, Mike, Bruno, Bijou, Silvestre, Filipe, Hugo e Jorginho. Entraram no decorrer da 2.ª parte: Carneiro (g.r), Café, João Nogueira, Miguel Veiga, ferrinho, Miguel Mendes, Jader, Rui Nogueira, Ricardo e Samora.
.

Torneio Vila de S. Torcato: Serzedelo, 3 - Arões, 2

Texto: João Carlos Lopes
.
Outro andamento
.
O Arões perdeu por 3-2 com o Serzedelo em jogo a contar para o 16.º Clinilago/Vila de S. Torcato.

Ainda com poucos treinos, apenas uma semana de trabalho, os fafenses ainda deram a réplica possível a uma formação que se encontra na 3.ª Divisão Nacional.

Como o mais importante era ver como estão os jogadores fisica e psicologicamente, o resultado, ainda que a vitória estivesse no horizonte dos fafenses, não faz qualquer mossa.

Marcaram para o Arões André que se estreou a marcar com a camisola da sua nova equipa e Tiago o artilheiro-mor da época passada, este através da conversão de uma grande penalidade.
. 

Torneio de Silvares

Texto e foto: João Carlos Lopes
.
Silvares discute o troféu com o Atei
.
O Atei, equipa da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real, e o Grupo Desportivo de Silvares são os finalistas do torneio quadrangular organizado pela equipa de Silvares S. Martinho. 

Na primeira partida da tarde, confrontaram-se o Atei e a formação do Regadas, que regressa esta temporada ao futebol distrital para jogar na 2.ª Divisão. Este jogo terminaria com uma igualdade a zero bolas, tendo havido necessidade de partir para a marcação de grandes penalidades, uma vez que o regulamento do torneio não comtempla o prolongamento. Na lotaria dos pénaltis a sorte sorriu aos de Mondim de Basto que acabaram por vencer por 5-4.

No segundo jogo da tarde, a equipa da casa defrontou os juniores do Sport Clube Maria da Fonte e venceu por 5-1, garantindo desde logo a presença na final do Torneio.

RESULTADOS:

Atei, 0 - Regadas, 0 (5-4 nas grandes penalidades)

Silvares, 5 - juniores do SC Maria da Fonte, 1

Domingo 29 de Agosto
.
15:00 Horas: apuramento do 3.º e 4.º lugar// Regadas - Juniores Maria da Fonte
.
17:30 Horas: apuramento do campeão// Atei - Silvares
.

Jogo-treino: Pica, 0 - Juniores AD Fafe, 0

Texto: João Carlos Lopes

Defesas melhores que os ataques

O Pica de Carlos Salgado recebeu os Juniores da AD Fafe, orientado por Miguel Paredes e a contenda registou uma igualdade sem golos, o que revela que as defesas das respectivas equipas estiveram melhores que os ataques.

Nem a maior maturidade dos jogadores da equipa que vai disputar a 1.ª Divisão Distrital sobressaiu nem a força da juventude dos fafenses se fez valer.

O que se sabe é que quer uma e outra equipa, com esta partida, ganharam mais ritmo competitivo e um melhor conhecimento do seu próprio grupo, o que é sempre bom para integrar os que surgem de novo e, tanto uma como outra equipa têm gente nova.
.

Juvenis - Jogo-treino: Mondinense, 3 - AD Fafe, 2

Texto: João Carlos Lopes
.
Apesar da derrota um bom treino

Os Juvenis da AD Fafe perderam por 3-2, com a equi+pa congénere do Mondinense Futebol Clube, naquele que foi o primeiro jogo-treino da presente temporada.

Segundo os técnicos fafenses, resultado à parte, este foi um bom treino onde os jogadores do Fafe mostraram algum do serviço praticado nos treinos.

Para o Fafe marcaram Rafa e Brasileiro.
.

Futsal: Torneio Cidade de Fafe

.

Texto e fotos: João Carlos Lopes
.
Modicus e Benfica disputam a final
.
O Torneio de Futsal Cidade de Fafe revelou-se um verdadeiro êxito em termos de público, sendo verdade que só o Benfica mobilizou mais de um milhar de adeptos que assistiram com ferver ao jogo dos lisboetas contra o Boavista num Pavilhão Multiusos de Fafe com a bancada quase repleta.

Na primeira partida o Modicus acabou por surpreender perante uma Formação Jorge Antunes que já não é o que era. Essa partida, depois de uma igualdade a duas bolas, decidiu-se nos pénaltis com a equipa de Sandim, Vila Nova de Gaia.

No jogo mais aguardado da noite, o Benfica bateu o Boavista por concludentes 11-2. Aqui foi visível a diferença de estatuto entre as duas formações com os benfiquistas a darem verdadeiro espectáculo sem precisarem de imprimir um ritmo elevado ao jogo.

Para a tarde de hoje estão marcados jogos que decidem o 3.º e 4.º lugar e ainda o Campeão deste torneio. Jogos a disputar às 15:30 e 17:30 horas, respectivamente. O preço dos ingressos é de três euros para os dois jogos.

RESULTADOS

Módicus, 2 - Fundação Jorge Antunes, 2 (5-4 em grandes penalidades)

SL Benfica, 11 - Boavista FC, 2
.

Jogo-treino: OFC Antime, 0 - FC Vila Boa de Quires, 0

Texto e fotos: João Carlos Lopes
.
Só com quatro dias de treinos já não foi mau

.
A diferença de ritmo marcou o jogo-treino entre o Operário de Antime e a formação do Futebol Clube Vila Boa de Quires, que se deslocou do Marco de Canaveses, mas, no final, isso não provocou qualquer diferença no marcador, pois o jogo terminou tal e qual como começou.
.
A equipa marcoense já leva três semanas de treino enquanto os fafenses se treinam a apenas uma semana. Na verdade, apresentaram-se para esta partida com quatro treinos realizados, o que, para uma equipa com muitas caras novas não é nada fácil. Houve ainda a situação do veterano Nelo ter efectuado apenas um treino, no entanto, foi “menino” para aguentar o jogo todo.
.
Com os dois treinadores muito interventivos, quer António Babo, por parte do Quires, quer Vítor Pacheco nos antimenses não deram descanso aos seus atletas.
.
Os visitantes, mostraram ter um maestro nas bolas paradas, Alex, mas a defesa e os guarda-redes do Antime, com a ajuda abençoada dos ferros da baliza, foram chegando para as encomendas.
.
Ao intervalo Pacheco chamou à atenção dos seus atletas para alguma passividade a meio campo e para a necessidade de atacar em bloco a bola depois de deixar jogar o adversário na sua retaguarda. De resto motivou e incentivou os atletas para o muito que já fizeram no pouco que estiveram juntos.
.
No segundo tempo, a maior frescura física do Quires veio ao de cima mas o Antime também teve uma ou outra ocasião para marcar. No entanto o maior perigo surgiu mesmo da parte dos marcoenses que enviaram uma bola à barra e outra ao poste e desperdiçaram mas uma ou outra jogada de golo certo. O Antime soube sofrer e aguentar e na parte final da partida beneficiou de três cantos consecutivos que não resultaram em nada de especial.
.
Acabou por ser um bom apronto para os fafenses contra esta equipa da 2.ª Divisão da Associação de Futebol do Porto que pratica um bom futebol, tem bons jogadores e parece ser organizada dentro de campo.
.
Jogo realizado no Campo de Jogos de Antime
.
Árbitro: Arlindo Lopes, auxiliado por Rui Pereira e Nuno Batista
.
OFC ANTIME: 1ª parte: Júlio, Catita, Pinto, Barbosa, Vítor Rocha, Jorge, João (Nelo), Hugo, Brokinha, Gastão e Paulo. 2ª parte: Rui Sampaio, Ricardinho, Isac (Paulo II), Oliveira, César, Ferrinho, Nelo, Teles, Ricardo Palinhas, Bruninho e Pedro. Treinador, Vítor Pacheco.
.
FCVB QUIRES: Pedro Silva; Pedro, Carlitos, Tiago, Ribeiro, Pinheira, Daniel, Nuno, Campino, Alex e Telmo. Jogaram ainda: Veiga, Agostinho, Magalhães, Vitinha, Fábio, Gusto e André. Treinador, António Babo.

sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

Grupo Cultural e Desportivo de Paços tem nova vida

..
.
Texto e fotos: João Carlos Lopes

Novos passos para o futuro

O Grupo Cultural e Desportivo de Paços está, agora, a ser gerido por uma direcção jovem e dinâmica, presidida por Paulo Esteves, um jovem de 35 anos, que, aos poucos, dá nova vida ao seu parque desportivo, chamando a si a juventude que parecia dispersa e desamparada, fazendo dela o estandarte que chamará as pessoas em torno da colectividade.

Quando se quer mudar começa-se por algum lado. Assim, o Paços que em tempos foi uma colectividade respeitada a nível de futebol regional e que ultimamente apenas se dedicava ao Futsal, vai ter novas valências. Desde já deixa de existir a equipa de Futsal para dar a vez a uma de futebol de onze que competirá no Campeonato Concelhio de Futebol Popular.

O grande objectivo desta colectividade é a formação, pois entendem que, proporcionando desporto saudável às crianças lhes estão a dar objectivos e uma melhor qualidade de vida pois o desporto faz bem à saúde e à mente. Nesse sentido, o Paços vai ter uma equipa a competir no Futebol Popular, vertente de sete.
Também as mulheres de Paços e não só, vão ter a possibilidade de representarem o Clube pois está garantida a participação no Campeonato Concelhio Sénior de Futsal.

Para dar mais dignidade aos seus atletas, o Paços fez algumas melhorias nas suas infra-estruturas, nomeadamente nos balneários, melhorando o sistema de água quente e os habitáculos para o banho. Para tal contaram com a preciosa e indispensável ajuda da Junta de Freguesia.

O Parque Desportivo de Paços está agora dotado de um moderno e funcional polidesportivo com piso sintético que permite a prática de Futsal, Basquetebol, Andebol, Ténis e outros eventos desportivos e culturais.

Esta nova direcção do Paços já está no activo desde Julho de 2009 mas, só agora, porque começa nova época desportiva, vai poder fazer aquilo que realmente motivou os seus elementos a devolver a dignidade ao Grupo Cultural e Desportivo de Paços.

Mas nem tudo vai ser alterado. A “Taça Baninho” continua a merecer todo o destaque e respeito que o malogrado atleta e sua família merecem. Esse é aliás, um ponto de honra desta Direcção que pretende que os seus elementos remem todos para o mesmo lado.

Uma gestão cuidada e rigorosa vai permitir que o Grupo Cultural e Desportivo de Paços proporcione a prática desportiva a mais gente com menos investimento monetário.

Actualmente, o Clube tem duzentos sócios pagantes. Vive das quotizações e dos subsídios ordinários da Câmara e da Junta de Freguesia e ainda da prestimosa colaboração do Zeca, gerente do Café Venda Nova, que tem conseguido vender no seu estabelecimento comercial artigos relacionados com o Clube.

Além da vertente desportiva, também a vertente social está patente neste novo Paços. Rogério Martins é o homem que se encarrega de organizar eventos para ocupar e fomentar a socialização dos jovens da freguesia, organizando jogos de sala, passeios pedestres e de bicicleta, entre outras actividades.
.
ORGÃOS SOCIAIS DO GRUPO CULTURAL E DESPORTIVO DE PAÇOS
.
DIRECÇÃO
.
PRESIDENTE: Paulo Orlando Esteves Ribeiro
.
VICE-PRESIDENTE: Paulo César Rodrigues Martins
.
VICE-PRESIDENTE: João Vicente Dias Gonçalves
.
TESOUREIRO: António Alexandre Rocha Oliveira
.
SECRETÁRIO: Maurício Cipriano Carneiro Dias
.
SECRETÁRIO: Rui Manuel Castro Gonçalves
.
1º VOGAL: Nuno André Silva Barbosa Fernandes
.
ASSEMBLEIA GERAL
.
PRESIDENTE: Agostinho de Jesus Silva Teixeira
.
VICE-PRESIDENTE: António Alberto Oliveira Gonçalves

SECRETÁRIO: Victor
.
CONSELHO FISCAL
.
PRESIDENTE: António Dias Gonçalves
.
VICE-PRESIDENTE: Nelson Tiago Oliveira Duarte Silva
.
RELATOR: Luís José Lobo Marinho
.

Ciclismo: Recomendações muito úteis da “Brigada de Trânsito”

.
Por entendermos que este texto faz todo o sentido e tem toda a utilidade e ainda porque pode ajudar muita gente, vamos publicá-lo na íntegra, pelo que recomendamos atentamente a sua leitura. (o título e sub-títulos, bem como a foto são nossos).
.
Respeitar para ser respeitado
- As mortes de ciclistas podem ser evitadas
.
“O uso dos velocípedes sem motor (bicicletas) tem crescido no nosso País, a nível de transporte e laser, mas sobretudo a nível da prática desportiva.
.
Na semana transacta, ocorreram pelo menos dois acidentes de viação com velocípedes, dos quais resultaram duas vítimas mortais.
.
Assim, entendeu o Fórum Brigada de Trânsito, (www.brigadatransito.com), relembrar aos nossos membros, algumas regras aquando da condução desses veículos, bem como conceitos e sugestões, com o fim de evitar mais acidentes.
.
Esperamos que este texto lhe venha a ser útil, benéfico e informativo.
.
O Velocípede, é um veículo com duas ou mais rodas accionado pelo esforço do próprio condutor por meio de pedais ou dispositivos análogos, podendo este ser, sem ou com motor eléctrico.
.
Não é exigível uma idade mínima ao condutor, nem necessário ter carta ou licença de condução, mas recomendamos fortemente, (Fórum Brigada de Trânsito, www.brigadatransito.com), que o ciclista conheça o Código da Estrada, as regras de circulação de velocípedes e os principais sinais de trânsito, para sua própria segurança e dos outros utilizadores da via pública.
.
Sempre que circule à noite ou em condições meteorológicas ou ambientais de fraca visibilidade a bicicleta tem que ter reflectores e luzes em funcionamento (frente e trás).
.
Na condução de velocípedes simples, não é obrigatório a utilização do capacete, mas por motivos de segurança recomendamos o seu uso (Fórum Brigada de Trânsito, www.brigadatransito.com).
.
Se transportar uma criança obriga a ter um dispositivo para o efeito e que esta utiliza capacete, já no caso de velocípede com motor é obrigatório ao condutor também o uso do capacete.
.
O transporte de carga, deve ser num reboque ou caixa de carga, de forma a que não prejudique a condução ou constitua perigo para a segurança das pessoas, das coisas e embaraço do trânsito, não sendo também permitido o transporte de passageiros, excepto o transporte de crianças, atrás referido e nas condições mencionadas, ou, em caso de bicicletas com um par de pedais para cada passageiro capazes de accionar o veiculo, (exemplo das bicicletas duplas).
.
É proibido o uso do telemóvel durante a condução, que implique o manuseamento do mesmo, mas é permitido o uso de um auricular, bem como o uso de um headphone em um só ouvido, sendo que o (Fórum Brigada de Trânsito, www.brigadatransito.com), não aconselha o uso headphone, por motivos de segurança uma vez que pode diminuir o poder de audição ao condutor.
.
Não é permitido na via pública os velocípedes circularem a par, excepto nas ciclovias e apenas se não causarem perigo ou embaraço para o restante trânsito, bem como não é permitido conduzir com os pés fora dos pedais, mãos fora do guiador, levantar a roda da frente ou fazerem-se rebocar.
.
Sempre que houver pistas especiais para bicicletas (ciclovias, é obrigatório circular nas mesmas, excepto se forem velocípedes com mais de três rodas que não sejam em linha, uma vez que estes, não podem circular nas referidas pistas especiais.
.
Não é permitido as bicicletas circularem nos corredores dos BUS ou nas pistas para peões, apenas podendo circular nesta ultima, se circular com a bicicleta pela mão.
.
Os condutores de velocípedes têm de respeitar os semáforos (sinalização luminosa) e bem como restante sinalização vertical ( exemplo dos sentidos proibidos e obrigatórios) e sinalização no pavimento (exemplo de linhas continuas), bem como deixar passar os peões nas passadeiras.
.
Nos cruzamentos e entroncamentos onde não exista sinalização, os condutores dos velocípedes têm de ceder sempre prioridade aos condutores dos veículos a motor.
.
Para melhor segurança cumpra todas as regras de trânsito e circule com precaução, respeitando para ser respeitado.
.
Ao divulgar este email, divulgue também a sua fonte (www.brigadatransito.com)
.
MORTES NA ESTRADA VAMOS TRAVAR ESTE DRAMA!
.
Cordialmente
.
A Administração do Fórum BRIGADA DE TRÂNSITO”
.

Jorge Teixeira rende Parcídio Sumavielle no comando do Regadas

Texto: João Carlos Lopes
.
Não houve chicotada
.
Ao que tudo indica, por motivos de foro unicamente profissional, Parcídio Sumavielle já não é treinador do Grupo Desportivo de Regadas para a temporada 2010/2011. O facto só foi desvendado porque a equipa que agora regressa aos Distritais tinha um jogo-treino agendado com o Operário de Antime para esta sexta-feira e o mesmo foi cancelado à última hora.
.
A solução, pelo menos por enquanto, passa por um homem da casa, Jorge Ribeiro, que assumiu o comando da equipa que, entretanto, participará, neste fim-de-semana, no torneio do Grupo Desportivo de Silvares.
.
Esta situação já estava mais ou menos prevista uma vês que o técnico Parcídio quando assumiu o comando da mesma colocou as cartas em cima da mesa, relativamente à sua situação profissional que lhe poderia vir a alterar todos os planos, o que, de facto veio a suceder.
.

quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

Torneio quadrangular do GD Silvares joga-se este fim-de-semana

Texto: João Carlos Lopes
.
Uma montra cheia de fafenses
.
O torneio quadrangular do Grupo Desportivo de Silvares, a realizar nos próximos dias 28 e 29 de Agosto (Sábado e Domingo), vai ter a virtude de mostrar uma grande quantidade de jogadores fafenses em acção.

Começando desde logo pela equipa organizadora que este ano aposta na prata da casa e em jogadores do Concelho, passando pelo Regadas, equipa que vai despertar a curiosidade, por este ano ser o de regresso aos Distritais depois de reinar três anos consecutivos no futebol popular e terminando no Atei, equipa da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real que este ano recrutou “meia dúzia” de fafenses. A outra formação é a equipa de Juniores do Sport Club Maria da Fonte.

Um torneio com três equipas onde muitos fafenses vão mostrar as suas capacidades futebolísticas. A outra já se sabe, são juniores do Maria da Fonte.
.
CALENDÁRIO DE JOGOS
.
Sábado 28 de Agosto
.
15:00 Horas: Regadas – Atei
.
17:30 Horas: Silvares – Juniores Maria da Fonte
.
Domingo 29 de Agosto
.
15:00 Horas: apuramento do 3.º e 4.º lugar
.
17:30 Horas: apuramento do campeão
.

Arões no 16° Torneio Clinilago / Vila de S. Torcato

Texto: João Carlos Lopes

Troféu discutido por quarteto de luxo

O Arões vai participar este fim-de-semana no 16° Torneio Clinilago/ Vila de S. Torcato. Um quadrangular com duas equipas da 3.ª Divisão Nacional e duas das melhores formações da Divisão de Honra da AF de Braga das últimas épocas. Aliás, o Torcatense também já passou pelos nacionais. Além dos fafenses e dos organizadores, os outros dois clubes são o Grupo Desportivo de Serzedelo e o Clube Caçadores das Taipas, ambos da 3.ª Divisão Nacional.

Para além do prestígio do torneio, que disputa no campo do Arnado, em S. Torcato, o Arões vê reconhecido, ao ser convidado, o estatuto que ganhou na última década no futebol distrital. De resto é de salientar aqui também o bom relacionamento entre as duas direcções.

De resto o certame futebolístico servirá como complemento de preparação da pré-época dando rodagem e entrosamento às equipas e servindo para as respectivas equipas técnicas tirarem as necessárias ilações para futuro aperfeiçoamento dos seus plantéis.

CALENDÁRIO DE JOGOS

Sábado dia 28-08-2010

15:30 Horas: Grupo Desportivo Serzedelo -Arões Sport Clube

17:30 Horas: Grupo Desportivo União Torcatense - Clube Caçadores das Taipas

Domingo dia 29-08-2010

15:30 Horas: Jogo de apuramento do 3.º e 4.º Classificados.

17:30 Horas: Jogo da Final do Torneio.

Jogo-treino Juniores: Mondinense FC, 1 - AD Fafe, 4

Texto: João Carlos Lopes
.
Primeira vitória da pré-época
.
Os juniores da AD Fafe conquistaram a primeira vitória da pré-temporada frente à equipa congénere do Mondinense Futebol Clube, ao vencerem no Estádio Municipal de Mondim de Basto por 4-1. 
.
A equipa de Miguel Paredes chegou ao intervalo a vencer por 2-1, com golos de Marcelo e Tozé.
.
No segundo tempo a AD Fafe consolidou e ampliou a vantagem para 4-1, mercê dos golos obtidos por João Miguel e Brochado. 
.
A equipa que tem sido submetida a duras cargas de treino, mostrou mais entrosamento e alguma evolução em relação às partidas anteriores, deixando o seu técnico agradado com o desempenho dos atletas. 
.

Jogo-treino Seniores: Amarante FC, 0 - AD Fafe, 0

Texto: João Carlos Lopes
.
Uma defesa de betão
.
A AD Fafe realizou mais uma partida de pré-epoca e continua a ter uma eficácia de quase cem por cento na defesa, pois no confronto que teve com o Amarante Futebol Clube naquela localidade, registou-se uma igualdade sem golos.
.
No Estádio Municipal de Amarante a defensiva fafense voltou a mostrar as credenciais que tem evidenciado ao longo desta pré época em que apenas sofreu dois golos.
.
O Fafe apenas perdeu o primeiro jogo da pté-época, em Vizela pela margem mínima. Depois disso, apenas sofreu mais um golo em Moreira de Cónegos, onde venceu o Moreirense da 2.ª Liga por 3-1. 
.
Sofrer dois golos em sete jogos de pré-época, em que os treinadores tanto mexem nas equipas é obra por parte da AD Fafe que tem revelado, deveras, uma defesa de betão. 
.
O próximo jogo realiza-se no Sábado, dia 28, e será o último antes de um jogo oficial. Os fafenses recebem nesse amistoso o Futebol Clube de Vizela, única equipa com quem perderam nesta pré-temporada. Depois disso já será tudo a sério. Visita ao Beira Mar de Monte Gordo a contar para a primeira eliminatória da Taça de Portugal, em jogo a realizar a cinco de setembro e, uma semana depois estreia no campeonato com deslocação ao Macedo de Cavaleiros.
.
JOGOS DE PRÉ-ÉPOCA
.
05/08:  F. C. Vizela, 1  - A. D. Fafe, 0
.
07/08: A. D. Fafe, 0 - S. C. Espinho, 0
.
11/08: Mondinense F. C, 0 - A. D. Fafe, 3 
.
14/08: A. D. Fafe, 1 - Amarante F.C, 0 
.
17/08: Moreirense FC, 1 - A. D. Fafe, 3 
.
21/08: A. D. Fafe, 3 - G. D. Joane, 0 
.
25/08: Amarante F. C, 0 - A. D .Fafe, 0 
.
28/08 - 17 horas. A. D. Fafe - F. C. Vizela
.

quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Andebol: 5.º Torneio Cidade de Fafe

Texto: João Carlos Lopes
.
Serve para preparar a nova época
.
O Pavilhão Municipal de Desportos vais acolher o 5.º Torneio Cidade de Fafe, em mais uma organização do Andebol Clube de Fafe.
.
Este torneio visa a preparação para a nova época desportiva 2010/2011, sendo certo que os fafenses vão militar na 2.ª Divisão Nacional.
.
HORÁRIO DOS JOGOS
.
Dia 27 de Agosto - Sexta-Feira
.
Jogo 1 - 19:30 - Ismai - Avanca
.
Jogo 2 - 21:30 - AC Fafe - Callidas
.
Dia 28 de Agosto - Sábado
.
Jogo 3 - 17:00 - Vencido do Jogo 1 - Vencido do Jogo 2
.
Jogo 4 - 19:00 - Vencedor do Jogo 1 - Vencedor do Jogo 2
.
20:15 - Cerimónia de entrega de prémios
.

Luís Carlos vai treinar o Atlético Cabeceirense

.
Técnico fafense foi o escolhido
para iniciar novo ciclo no Clube
.
O ´treinador fafense, Luís Carlos, foi o homem escolhido pelo Atlético Clube Cabeceirense para iniciar um novo ciclo desta prestigiada formação de Basto que bateu quase no fundo do poço, tendo-se andado a arrastar na última temporada, na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Braga, o que lhe custou a despromoção.
.
É mais uma desafio para quem está há muitos anos embrenhado no futebol, embora a sua experiência no futebol de onze como treinador, seja ainda recente, mas não inocente, pois no seu curto currículo já contam duas subidas de divisão pelo Fermilense.
.
Com o clube à procura de estabilidade financeira e emocional, numa espécie de ano zero, o técnico fafense herdou uma formação constituída basicamente por jogadores formados no próprio Cabeceirense. É com eles e com um ou outro reforço que ainda esteja disponível que o treinador vai jogar para tentar a manutenção na 1.ª Divisão Distrital.
.
No fundo é um desafio aliciante para o treinador fafense que pode marcar um novo ciclo desta Colectividade que já militou nos campeonatos nacionais e que quer agora reabilitar-se mas com os pés assentes na terra, tentando sanar todos os problemas que afectam o Clube.
.

Torneio de Futsal Cidade de Fafe

Texto: João Carlos Lopes
.
Para ver jogar quem sabe

O palco Pavilhão Multiusos de Fafe vai receber nos dias 27 e 28 de Agosto o Torneio de Futsal Cidade de Fafe, com a presença de quatro nacionais: Benfica, Modicus, Fundação Jorge Antunes e o Boavista.

No dia 27, pelas 20:30 horas, o Modicus joga com a Fundação Jorge Antunes e, pelas 22:15 horas o Benfica defronta o Boavista.

No Sábado, à tarde, dia 28, pelas 15:30 horas, discute-se o 3.º e 4.º lugares, estando a final marcada para se iniciar às 17:30 horas.
.
De recordar que o Pavilhão Multiusos vai ser palco já na próxima quinta-feira, dia 26 de Agosto, pelas 21h30, do jogo entre as selecções nacionais de basquetebol de Portugal e da Geórgia, a contar para a fase de apuramento do campeonato da Europa de Basquetebol.
.

terça-feira, 24 de Agosto de 2010

Com o elevador já a funcionar

Texto: João Carlos Lopes / Foto cedida pelo Bruno
.
Bruno manda um grande abraço
.
No âmbito da grande campanha de solidariedade “Abraço ao Bruno”, realizada a 21 de Fevereiro deste ano, com o intuito de facilitar a mobilidade do jovem Bruno, cujo acidente de bicicleta o deixou paraplégico, volvidos cerca de cinco meses foi concretizado um dos objectivos, a instalação de uma plataforma elevatória.
.
O Bruno, actualmente com 16 anos, e apto para frequentar o 12.º ano na Escola Secundária de Fafe, já usufrui, da mobilidade que esta infra-estrutura lhe permite, nomeadamente, proporcionando-lhe a deslocação entre o piso inferior e o superior da habitação onde mora com os seus pais, reduzindo com isso o impacto dos danos morais sofridos com o acidente, uma vez que com este equipamento o seu pai já não precisa de o transportar ao colo diariamente, o que não era fácil uma vez que o Bruno pesa cerca de 70 quilos.
.
O segundo objectivo é uma cadeira de rodas de liga leve com um dispositivo eléctrico “e-motion”, sendo certo que este mecanismo que é adaptado à própria cadeira, para facilitar nos acessos mais difíceis, foi oferecido pelos Clubes INTERACT e ROTARACT de Fafe.
.
Segundo informações recentes, colhidas junto do pai do Bruno, a cadeira e o dispositivo estão na iminência de chegar. Como são equipamentos importados, feitos de encomenda e que obedecem a regras criteriosas, de acordo com a estatura do jovem Bruno, levaram mais tempo a ser concretizados. A esperança é que estes últimos cheguem antes do início do ano escolar.
.
O Bruno e os seus pais estão eternamente gratos a todos os que se dignaram contribuir para que a aquisição destes equipamentos fossem uma realidade.
.